Scielo RSS <![CDATA[Psicologia: Reflexão e Crítica]]> http://www.scielo.br/rss.php?pid=0102-797219980001&lang=en vol. 11 num. 1 lang. en <![CDATA[SciELO Logo]]> http://www.scielo.br/img/en/fbpelogp.gif http://www.scielo.br <![CDATA[<strong>Apresentação</strong>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-79721998000100001&lng=en&nrm=iso&tlng=en <![CDATA[<strong>Adolescence and the expectations of alcohol effects</strong>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-79721998000100002&lng=en&nrm=iso&tlng=en Trata-se dois estudos interdependentes. No Estudo 1, 188 estudantes secundaristas de uma escola pública de Porto Alegre - RS responderam a um protocolo sobre tipos de bebida, locais de consumo, idades de experimentação, uso mais comuns e efeitos esperados em relação a informação de consumo de álcool no mês anterior. Os resultados permitiram a classificação dos adolescentes em três padrões de consumo (abstinência, moderado e elevado) e mostraram que expectativas agradáveis dos efeitos do álcool estavam associadas ao consumo elevado. No Estudo 2, entrevistou nove sujeitos que haviam participado do Estudo 1, com o objetivo de conhecer os conteúdos das expectativas no contexto da história pessoal e familiar de consumo de álcool. A escolha dos sujeitos foi intencional, de acordo com idade (14 a 16 anos), freqüência do uso de álcool no último mês e tipos de expectativas, ou seja três representantes de cada perfil. As descrições das entrevistas foram classificadas em unidades de sentido e a seguir agrupados em categorias temáticas. As interpretações destacaram o uso do álcool como parte do desenvolvimento psicológico do adolescente em nossa sociedade e o impacto da orientação e modelo familiar nos hábitos de consumo e nas escolhas da bebida dos filhos adolescentes.<hr/>There are two interdependent studies . The Study One used a protocol to investigate: the most common characteristic of alcohol use, the most frequently expected effects from alcohol, and the relationship between the frequency of alcohol use during the previous month and the expectations. The subjects were 188 high school students from a public school in Porto Alegre, Brazil. The adolescents who had not drunk in the previous month or only taste some alcohol drinking had fewer positive expectations than those who drank with more frequency during the period. Study Two used an interview to investigate the expectation contents in relation to alcohol, and the alcohol use and effects in the adolescent's experience. Nine out of the 188 from the Study One were interviewed. They were selected by considering age (from 14 to 16), frequency of alcohol use in the last month, and types of expectations. The descriptions from the interviews were classified in meaning units and organized in thematic categories. The interpretations pointed to the alcohol use as a part of adolescent development in our society, and the impact of the family model and advising in their adolescent children’s habit and choice of alcohol drinking. <![CDATA[<strong>The interaction of street teenagers with Logo language</strong>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-79721998000100003&lng=en&nrm=iso&tlng=en O estudo relata condutas de adolescentes frente a "erros" e "acertos" quando em interação com a linguagem Logo de programação. Os sujeitos foram cinco adolescentes de catorze a dezessete anos de idade, alunos de séries inicias de 1o Grau de uma instituição estadual de atendimento social de Curitiba. As sessões de programação foram individuais, acompanhadas pelo pesquisador, com dados gravados em disquete e vídeo. As verbalizações dos sujeitos após "erros" e "acertos" foram qualitativamente descritas em níveis sucessivos. As categorias obtidas revelaram um processo de modificação na avaliação das condutas frente aos "erros", passando os sujeitos pau-latinamente de uma perspectiva negativa à incorporação positiva do erro ao processo. As verbalizações frente aos acertos revelaram avaliações positivas dos sujeitos sobre si mesmos e sobre a produção própria.<hr/>This study describes teenagers’ behaviors related to "errors" and "successes" on Logo programming. Five subjects were randomly selected among teenagers of a special public institution in Curitiba, Brazil. They were 14 to 17 years old and attended the initial grades of elementary school. They worked with Logo language in individual sessions assisted by the researcher. The output was registered on disk. The individual verbal behavior after "errors" and "successes" were registered on video and described on different levels of qualitative analyses. The categories which were obtained indicated a changing process on notions and attitudes toward "errors" and a positive evaluation about themselves and their production. <![CDATA[<strong>Anxiety, sex, socioeconomic status, and birth order</strong>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-79721998000100004&lng=en&nrm=iso&tlng=en O objetivo do estudo foi verificar o efeito do sexo, nível sócio-econômico (NSE) e ordem de nascimento em ansiedade traço-estado. Participaram 437 estudantes do 1° e 2° graus, de ambos os sexos, de níveis sócio-econômicos médio-alto e baixo, primogênitos e não-primogênitos. No que se refere à ansiedade estado (AE), observaram-se efeitos principais de sexo e NSE. As mulheres apresentaram escores mais altos que os homens, e também os sujeitos de NSE baixo com relação aos de NSE médio-alto. Houve interação entre NSE e ordem de nascimento. Os estudantes primogênitos de NSE médio-alto evidenciaram menor AE que os primogênitos e não-primogênitos de NSE baixo. Em outra interação, as mulheres primogênitas de NSE baixo apresentaram maior AE que os homens de NSE médio-alto, primogênitos e não-primogênitos, e, também, que as mulheres primogênitas de NSE médio-alto. Nos resultados de ansiedade-traço, as mulheres obtiveram pontuação mais alta que os homens, e também os sujeitos de NSE baixo com relação aos de NSE médio-alto. Não houve interações. Discutem-se os resultados enfatizando-se a importância do sexo, nível sócio-econômico e ordem de nascimento nos níveis de ansiedade traço-estado.<hr/>The objective of this study was to verify the effect of sex, socioeconomic status (SES) and birth order on state-trait anxiety. The subjects were 437 primary and secondary school students of both sexes, firt-borns and non-first-borns, belonging to both upper-middle and lower socioeconomic levels. Regarding state-anxiety (SA), main effects of the variables sex and SES could be observed. Women presented higher scores than men, and so did the subjects from lower SES in relation to the subjects of upper-middle SES. There was an interaction between SES and birth order. Students who were first-borns of the upper-middle SES showed lower SA than first-borns and non first-borns of lower SES. In another interaction, female first-borns of lower SES showed higher SA than males of upper-middle SES, both first-borns and non-first-borns, and also higher than female first-borns of upper-middle SES. The results of trait-anxiety showed taht women obtained higher scores than men, as well as subjects of low SES did in relation to subjects of upper-middle SES. There were no significant interactions. The results are discussed by emphasizing the importance of sex, socioeconomic status and birth order on levels of state-trait anxiety. <![CDATA[<strong>Organ donation</strong>: <strong>my body, my society</strong>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-79721998000100005&lng=en&nrm=iso&tlng=en A doação de órgãos é um problema de relevância social e científica, pois envolve as formas como a vida é perpetuada através do corpo de outra pessoa, especificamente por meio de seus órgãos. Quais são os fatores de resistência e de facilitação à doação de órgãos? Este artigo propõe um fator de resistência e um de facilitação. O primeiro, o narcisismo pelo próprio corpo; o segundo, o desejo de perpetuar-se a si mesmo e a vida.<hr/>Organ donation is a problem of social and scientific relevance because it involves the ways through which life is perpetuated across another person’s body, specifically by its organs. What are resistance and facilitation factors to organ donation? This article proposes one factor of resistance and one of facilitation. The first, the narcissism of the own body; the second, the desire of perpetuate oneself and life. <![CDATA[<strong>A semiotic-phenomenological analysis of the self-reflexive messages of adult children of alcoholics</strong>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-79721998000100006&lng=en&nrm=iso&tlng=en O propósito deste estudo é interpretar as mensagens auto-reflexivas de filhos adultos de alcoolistas (FAA) por meio de uma análise semiótico-fenomenológica. O ser humano tem múltiplas percepções a respeito da miríade de fenômenos que ocorrem em relacionamentos consigo mesmo e com os outros. Confere-se a validade de tais percepções deslocando-se de um nível de percepção para outro, podendo então contemplar a percepção anterior. Em outras palavras, é preciso sair da floresta para poder observar as árvores. Continuando a metáfora, o FAA encontra dificuldade em sair da floresta. Para este estudo foram entrevistados seis FAAs. O procedimento de análise dos dados inicia com (1) a leitura da descrição das reações dos participantes da pesquisa a um excerto da biografia de um outro FAA, seguindo-se (2) a descoberta das mensagens auto-reflexivas dos participantes e (3) a interpretação de perspectivas diretas, metaperspectivas e meta-metaperspectivas das mensagens auto-reflexivas. Os resultados da análise corroboram o trabalho de psicólogos clínicos que têm identificado o mundo-vivido do FAA como um sistema fechado. De um ponto de vista pragmático, os resultados sugerem que as mensagens auto-reflexivas podem ser a chave que fecha e abre o sistema interacional defeituoso do FAA.<hr/>Interpreting the ACoA’s (adult children of the alcoholic) levels of perceptions through their self-reflexive messages is the primary objective of this study. Humans have multiple perceptions regarding the myriad of issues that occur in relationships with self and other. In order to check the validity of those perceptions, the individual must move to a higher level of perception in order to look back at the previous perception. In other words, we have to get out of the forest in order to see the trees. To continue the metaphor, the ACoA has difficulty leaving the forest. Six ACoAs were interviewed. The purpose of this study is to interpret the self-reflexive messages of ACoAs through a semiotic-phenomenological analysis. This process begins by (1) reading the description of the ACoA’s reactions to an excerpt from another ACoA’s autobiography, (2) uncovering the self-reflexive messages of the ACoAs, and (3) interpreting the direct, meta, and meta-perspectives of the self-reflexive messages. The results of the analysis support the work of clinical psychologists who have identified the lived-world of the ACoA as a closed system. From a pragmatic point of view, the results suggest that self-reflexive messages may be the key that close and open the dysfunctional interactional system of the ACoA. <![CDATA[<strong>The lost letter technique as a social research instrument</strong>: <strong>a study of prejudice and helping</strong>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-79721998000100007&lng=en&nrm=iso&tlng=en A técnica da carta perdida foi adaptada para o contexto cultural brasileiro. Trezentas cartas endereçadas e seladas, foram colocadas "por engano", simulando perda, nos pára-brisas de veículos em dois estacionamentos. Um bilhete anexo explicava que o autor se desencontrara do amigo, "dono do carro". O bilhete variou, dando a entender que seu autor era masculino ou feminino (fator 1); tinha características pessoais distintas: homossexual, negro ou grupo controle (fator 2); permitindo a possibilidade de contatos telefônicos, ou não (fator 3), num delineamento 2 x 3 x 2. Quem encontrava a carta, podia enviá-la (comportamento pró-social) ou descartá-la. Sessenta e um por cento das cartas foram enviadas. Nenhuma diferença significativa foi encontrada em função das características dos três grupos (controle, negro ou homossexual), de gênero, da interação destes fatores. A possibilidade de telefonar para o remetente, aumentou significativamente o envio de cartas. A técnica mostrou-se promissora por possibilitar, enquanto instrumento não-reativo, o estudo de preconceito e ajuda.<hr/>The lost-letter technique was adapted to the cultural context of Brazil. Three hundred stamped and addressed letters were placed "by accident", i.e., simulating loss, on the wind shields of private cars in two large parking areas. A attached note explained that the author had missed the owner of the car. The note varied such that the author appeared to be either male or female (Factor 1), have certain personal characteristics, such as being black, homosexual, or control group (Factor 2), and allowed for telephone contact or not with the author (Factor 3) in a 2 x 3 x 2 experimental design. The finder of the letter could either (a) post the letter (pro-social behavior) or (b) ignore it. 60.7% of the letters were posted. No significant difference was found in terms of sex or personal characteristics, nor interaction between these two factors. Being able to telephone the author made a significant difference, more letter in this condition were posted. Methodologically, the lost letter technique showed promise, especially as a non-reactive research instrument in the study of prejudice and helping behavior. <![CDATA[<strong>Social psychology, community and contemporaneity</strong>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-79721998000100008&lng=en&nrm=iso&tlng=en Este artigo tem por objetivo abordar algumas conseqüências conceituais não óbvias quando da aceitação inocente das terminologias comunitárias. Partindo das conclusões do sociólogo pós-moderno Michel Maffesoli, o artigo procura avaliar as contribuições do antropólogo Marc Augé e dos filósofos Jacques Rancière e Michel Serres sobre a contemporaneidade, a sensibilidade ecológica e sua relação com a temática comunitária, sugerindo incluir tais análises na psicologia social, sem que se caia num pensamento conservador.<hr/>The purpose of this paper is to discuss some unexpected cosequences of naive acceptance of community terminologies. Starting from post-modern sociologist Michel Maffesoli conclusions, the paper attempts to evaluate the contributions of anthropologist Marc Augé and philosophers Jacques Rancière and Michel Serres about contemporaneity and ecological sensibility and its relations to the community subject, and it suggests that those analysis should be incorporated in social psychology , avoiding, at the same time, th engagement in conservative thinking. <![CDATA[<strong>Human behavior in a global village</strong>: <strong>a (constructive) post-modern perspective on third world community psychology</strong>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-79721998000100009&lng=en&nrm=iso&tlng=en Este artigo discute a concepção da Psicologia, com suas bases positivistas, e instiga os psicólogos brasileiros, especialmente os psicólogos comunitários, a examinar seus valores e agir sobre eles para criar uma Psicologia com uma significância prática para a cultura brasileira. Especificamente, é sugerido que os pesquisadores brasileiros formem "colaborações horizontais" com agências nacionais e regionais para trabalhar com problemas práticos em populações analfabetas e pobres (rurais e urbanas). Um equilíbrio deve ser alcançado entre os seguintes valores, igualmente importantes: respeito e empatia, auto-determinação, diversidade humana, colaboração e participação democrática, e justiça distributiva, como descrito por Prilleltensky (1997). Nosso desafio é buscar mudanças estruturais no tecido social se quisermos evitar um futuro catastrófico para a humanidade.<hr/>This article discusses the inception of psychology, with its positivistic underpinnings, and challenges Brazilian psychologists, especially community psychologists, to examine their values and act upon them to create a psychology with practical cultural significance. Specifically, it is suggested that Brazilian researchers form "horizontal collaborations" with national and regional agencies to address practical problems with largely illiterate and poor populations (both rural and urban). A balance should be reached among equally worth values of caring and compassion, self-determination, human diversity, collaboration and democratic participation, and distributive justice, as described by Prilleltensky (1997). Our ultimate challenge is to bring about structural changes in the social fabric if we are to avert a gloomy future for humankind <![CDATA[<strong>The child in contemporary society</strong>: <strong>from ‘not yet’ to the exercise of citizenship</strong>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-79721998000100010&lng=en&nrm=iso&tlng=en A sociedade contemporânea desenvolveu uma concepção de infância, instituída tanto pelo Estado moderno como pelas teorias psicológicas do desenvolvimento, em que a criança é vista como um ‘ainda não’. Esta moratória infantil remete a criança para o lugar de objeto em um processo macrosocial encaminhado a uma futura sociedade ideal. Nos últimos anos, tem surgido uma preocupação com a participação da criança nos programas e intervenções psicosociais. Efetivar esta participação implica em um outro modo de conceptualização da infância, em que a criança é potencializada como agente de instituição e transformação da sociedade em que está inserida.<hr/>Contemporary society has developed a conception about childhood, instituted both by the modern State and developmental psychology theories in which the child is seen as a ‘not yet’. This childhood moratorium sends the child to a place of object in a macro-social process oriented to a future ideal society. In the last few years, there has been a concern with the participation of children in psychosocial programs and interventions. The implementation of this participation implies in a different conceptualization of childhood, in which children are potentialized as agents of institutionalization and transformation of the society in which they live. <![CDATA[<strong>Insertion in the community and analysis of needs</strong>: <strong>thoughts on the practice of the psychologist</strong>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-79721998000100011&lng=en&nrm=iso&tlng=en O artigo analisa o processo de inserção do psicólogo na comunidade relacionando-o ao tipo de análise de necessidades resultante. Apresenta as possibilidades existentes, nas últimas décadas no Brasil, discutindo as preocupações político-sociais e o tipo de objetivos que têm orientado as práticas psicológicas em comunidade. Discorre sobre as conseqüências derivadas desse processo de inserção, enfocando os reflexos na relação psicólogo-comunidade e na construção da identidade de ambos. Apresenta as características e os instrumentais de práticas cuja inserção apresenta objetivos a posteriori, referenciada em uma psicologia social crítica e histórica, e relacionando-a com a análise de necessidades decorrente.<hr/>This paper analyses the process of insertion of the psychologist in the community, relating it to the resultant type of analysis of necessities. The possibilities that were available in Brazil during the last decades are presented with a discussion of the political and social concerns and the type of objectives that have guided community psychology practices. Then, the consequences derived of this insertion process is discussed, focusing the consequences to the psychologist-community relationship and to the construction of the identitiy of both. The paper describes the characteristics and the instrumentalization of practices which present a posteriori objectives, based on a a critical and historic social psychology, relating it to the analysis of necessities that follows.