Scielo RSS <![CDATA[Psicologia: Reflexão e Crítica]]> http://www.scielo.br/rss.php?pid=0102-797219990002&lang=en vol. 12 num. 2 lang. en <![CDATA[SciELO Logo]]> http://www.scielo.br/img/en/fbpelogp.gif http://www.scielo.br <![CDATA[<B>Editorial</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-79721999000200001&lng=en&nrm=iso&tlng=en <![CDATA[<B>Agradecimentos</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-79721999000200002&lng=en&nrm=iso&tlng=en <![CDATA[<B>Learning to read and write</B>: <B>children’s oral stories about literacy</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-79721999000200003&lng=en&nrm=iso&tlng=en Esse estudo examina as narrativas orais feitas por crianças da primeira série escolar acerca da alfabetização. Foram entrevistadas 38 crianças vindas de famílias de baixa renda e que freqüentavam uma escola pública da cidade do Rio de Janeiro. A maioria das crianças que encontraram dificuldade durante o processo de alfabetização produziu narrativas que se referiam à descrição da rotina escolar ou de atividade relacionada à leitura e à escrita sem menção ao desempenho do protagonista da história. Por outro lado, as crianças que foram bem-sucedidas produziram um número significativo de histórias relatando o sucesso do protagonista durante o aprendizado inicial da leitura e da escrita. Poucas histórias foram produzidas, por ambos os grupos, narrando o insucesso do protagonista. Os resultados foram discutidos com relação às representações acerca da experiência de sucesso ou fracasso experimentado pela criança em seu aprendizado.<hr/>First-grade Brazilian children’s oral stories about learning to read were analyzed. Thirty-eight children enrolled in a state school located in a residential area of low socioeconomic status families in Rio de Janeiro. The analysis revealed that most of the children with reading difficulties produced stories which only comprised a brief description of a child’s daily school routine or of a reading related task with no evaluation of the character’s performance. On the other hand, successful children produced a significant number of stories related to a child’s successful performance in reading. Very few stories about children’s literacy difficulties were produced by either group. Results were discussed in terms of children’s representation of their success and failure in learning to read and write. <![CDATA[<B>Theory of Mind</B>: <B>different approaches</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-79721999000200004&lng=en&nrm=iso&tlng=en A capacidade de compreender os estados mentais (i.e. sentimentos, desejos, crenças e intenções) dos outros e de si mesmo é uma das características sociais do ser humano. Quando essa habilidade emerge e como se desenvolve são aspectos que têm sido pesquisados por psicólogos desenvolvimentistas e cognitivistas sob o nome de Teoria da Mente das crianças. Nesse trabalho, procura-se relacionar os diferentes enfoques teóricos acerca da natureza, gênese e desenvolvimento da teoria da mente com os achados empíricos e as metodologias empregadas. Questões referentes à idade em que os pesquisadores entendem que emerge uma teoria da mente nas crianças e a necessidade de desenvolver uma visão que englobe os diferentes níveis de compreensão que elas têm da mente, à luz das teorias existentes, são discutidas.<hr/>The ability to understand mental states (feelings, desires, beliefs, and intentions) is a characteristic of human beings. In the last few years, several studies have been carried out to understand the development of children’s ability to interpret others’ behavior or of what has been named children's theory of mind. In this paper we discuss the relationship among theoretical approaches to theory of mind, empirical findings and methodology. Two issues are discussed: the age children’s theory of mind emerges and the need to develop an approach which will allow for the inclusion of different levels of children’s understanding of mind in the light of current theories. <![CDATA[<b>Theory of Mind</b>: <b>the effect of age, sex and the use of animate and inanimate "actors" in inferring mental states</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-79721999000200005&lng=en&nrm=iso&tlng=en O estudo foi realizado com 72 crianças de NSE médio, entre quatro e cinco anos de idade, visando a investigar a idade de aquisição da habilidade das crianças para distinguirem seus próprios estados mentais e os estados mentais de outros e se a manifestação da habilidade, na tarefa de falsa crença, depende do ator envolvido - inanimado (boneca) versus animado (outras crianças). Os resultados indicaram não haver diferenças entre atores animados e inanimados e que é a partir de cinco anos de idade que as crianças começam a ter uma compreensão acerca dos estados mentais de outras pessoas, no tocante a falsa crença. Este último dado diverge dos obtidos em estudos anteriores, que encontraram esta capacidade já desenvolvida aos quatro anos de idade. Contrariamente à hipótese inatista e de acordo com os dados obtidos no Brasil (no que se refere às crianças de orfanato) nossos resultados revelam que a universalidade quanto à época em que se encontra desenvolvida esta capacidade é passível de ser questionada.<hr/>The present study was carried out with 72 Brazilian children aged 4-5 years to determine: the acquisition age of children's ability to distinguish between their own mental states and the mental states of others, and whether this developmental acquisition depends on the type of actor involved - inanimate (doll) vs. animate (other child). The results showed that children began to understand other people's mental states from the age of five, at least regarding false beliefs. No significant difference between animate and inanimate actors was found. These data differ from previous findings that such abilities had already developed at the age of four. Contrary to the "inborn" hypothesis, defended by some researchers, and in agreement with other data obtained in Brazil (regarding orphanage children), our results suggest that the universality of the time of onset of this ability is questionable. <![CDATA[<B>The relationship between educational styles and elementary school performance in Portugal</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-79721999000200006&lng=en&nrm=iso&tlng=en Este artigo apresenta um estudo exploratório sobre detecção de diferentes estilos pedagógicos em professores do ensino básico, de escolas do ensino oficial portuguesas, identificando o rendimento escolar dos respectivos alunos. O objetivo foi estabelecer relação entre certos estilos de professores e resultados diferenciados dos alunos, em diferentes níveis sócio-econômicos. Para determinar estilos pedagógicos utilizou-se um questionário construído no âmbito desse estudo, que definiu dimensões pedagógicas dos professores. Os estilos pedagógicos definidos pelos autores apresentam critérios de atuação que variam, segundo dimensões como cultura, papel do professor, orientação educativa global, ou atitude perante o insucesso. Informação escrita recolhida dos alunos e professores permitiu definir o nível sócio-econômico dos alunos e seu rendimento escolar. Os resultados revelaram diferentes estilos pedagógicos do professor e comprovaram a relação entre estilos pedagógicos menos adaptados à lógica reprodutiva e resultados de maior sucesso em níveis sócio-econômicos desfavorecidos, confirmando parcialmente as diferenças esperadas<hr/>This study aimed to identify educational styles in teachers’ practices and their relationship with academic achievement at different socio-economic levels. A questionnaire was developed to assess the educational styles of the teachers. We defined educational styles based on criteria that varied along dimensions such as culture, teacher’s role, pedagogical orientation, or attitude in relation to failure. A questionnaire was also used to gather information about socio-economic level and academic achievement of the pupils. The results identified different educational practices and showed a relationship between a non-reproductive educational practice and higher academic achievement in children of low socio-economic level. <![CDATA[<b>Are there developmental changes in taxonomic or thematic preferences?</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-79721999000200007&lng=en&nrm=iso&tlng=en Crianças e adultos foram submetidos a uma tarefa de classificação conceitual em que eram solicitados a fazer uma escolha entre dois desenhos-teste tendo em vista um desenho padrão. Um dos desenhos-teste (por ex., mel) relacionava-se tematicamente ao desenho padrão (por ex., abelha), enquanto o outro (por ex., borboleta) relacionava-se taxonomicamente a ele. Os participantes eram solicitados a escolher o desenho-teste que "parecia com" o desenho padrão ou então aquele que "ficava melhor com" ele. Os resultados questionam a hipótese de uma mudança na preferência conceitual ao longo do desenvolvimento. Em todos os níveis de idade, os participantes na condição "parecido com" escolheram a alternativa taxonômica mais freqüentemente do que a alternativa temática. Por outro lado, com exceção do grupo mais jovem de crianças, que não mostrou qualquer preferência, os participantes na condição "fica melhor com" escolheram a alternativa temática mais freqüentemente do que a alternativa taxonômica.<hr/>Brazilian children and adults were presented with a series of picture triads, each composed of a target picture and two choice pictures. One of the choice pictures (e.g., honey) was thematically related to the target (e.g., bee), while the other (e.g., butterfly) bore a taxonomic relation to it. Participants were asked either for the picture that "looked like" the target or for the one that "went best with" it. The results questioned the hypothesis of a conceptual preference shift across development. At all age levels, participants in the "looks like" condition chose the taxonomic alternative more often than the thematic alternative. However, except for the youngest group, who did not respond consistently, participants in the "goes best with" condition chose the thematic alternative more often than the taxonomic alternative. <![CDATA[<B>Learning strategies and school achievement</B>: <B>considerations for educational practice</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-79721999000200008&lng=en&nrm=iso&tlng=en O presente estudo tem como objetivo rever criticamente a literatura sobre a relação entre as estratégias de aprendizagem e o desempenho escolar de alunos, tendo como referencial teórico a Psicologia Cognitiva baseada na Teoria do Processamento da Informação. Tem-se em vista contribuir para uma reflexão, tanto sobre a possibilidade de se fortalecer a capacidade de aprender de alunos brasileiros em risco de repetência e/ou evasão escolar, quanto sobre a necessidade de melhorar os cursos de formação de professores do ensino fundamental.<hr/>The purpose of the present study was to review the literature on the relationship between learning strategies and students’ academic achievement Cognitive psychology based on information processing theory was used as the theoretical framework. This study aims to contribute to a discussion about the possibility of enhancing learning skills of Brazilian students’ at risk of school failure or of dropping out, and about the need of improving elementary school teachers’ education. <![CDATA[<b>Children with learning problems</b>: <b>a follow-up study</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-79721999000200009&lng=en&nrm=iso&tlng=en Considerando que dificuldades de aprendizagem são fator de vulnerabilidade no desenvolvimento, intensificadas quando presentes outras condições adversas, buscou-se verificar a associação entre condições antecedentes e ajustamento atual, em adolescentes que quando crianças foram atendidos em um ambulatório de psicologia por dificuldades de aprendizagem. Os adolescentes e suas mães foram entrevistados. Dados referentes às condições de vida na época do atendimento foram obtidos em prontuários. Avaliados 41 adolescentes de ambos os sexos, com idade média de 13 anos e nove meses, foram constituídos dois grupos: G1, com nove adolescentes encaminhados a serviços de Saúde Mental por apresentarem atualmente dificuldades severas de ajustamento; G2, com dez adolescentes apresentando dificuldades mínimas de ajustamento. Comparando os grupos, observou-se maior acúmulo de fatores negativos antecedentes, familiares e pessoais, no grupo de adolescentes com pior ajustamento atual. Torna-se clara a necessidade de acompanhamento psicológico das crianças com dificuldade de aprendizagem associada a outras condições de vulnerabilidade.<hr/>Considering that learning problems are a vulnerability factor throughout child development, mainly when other adversities are present, this research investigated the association between past conditions and present adjustment in adolescents who have attended a child guidance clinic because of their learning difficulties. The adolescents and their mothers were interviewed and data related to past life conditions were taken from their files. We assessed 41 adolescents of both sexes, with an age mean of 13,8 years. Of those, two groups were constituted. The first had nine adolescents referred to mental health services because of severe adjustment problems. The second, ten adolescents with minimal adjustment difficulties. The comparison between groups showed more personal and familiar negative past conditions among adolescents with poorer present adjustment. These results point to the need for psychological follow-up of children presenting learning problems associated with other vulnerability conditions. <![CDATA[<b>Cognitive assisted assessment of children with learning disabilities and mental retardation</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-79721999000200010&lng=en&nrm=iso&tlng=en O presente estudo teve por objetivo avaliar aspectos do funcionamento cognitivo, dentro de uma abordagem de avaliação assistida, de crianças encaminhadas a serviços de Psicologia, com queixa de dificuldade de aprendizagem escolar e classificadas como deficiente mental leve. Foram avaliadas 29 crianças de oito a onze anos, de primeira a terceira série, com tarefas de perguntas de busca de informação com exclusão de alternativas e de raciocínio analógico. Foi seguido um delineamento em fases e com base nos indicadores de desempenho de cada tarefa realizou-se uma análise comparativa do desempenho dos participantes nas diferentes fases. Em um grupo relativamente homogêneo quanto à classificação psicométrica do nível mental, a avaliação assistida permitiu identificar variação intra-grupo, diferenciando crianças que não apresentaram eficiência na solução de problemas, requereram muita ajuda e não mantiveram o desempenho após a sua suspensão, daquelas eficientes e transferidoras.<hr/>The present study assessed aspects of the cognitive functioning of children who were classified as mentally retarded and referred to psychological services with a learning disability complaint, using an assisted assessment approach. Twenty nine children, ranging from eight to 11 years of age, from first to third school grade, were assessed using constraint-seeking questions with exclusion of alternatives and analogical thought tasks. A delineation by phases was followed and a comparative analysis of the performance of the subjects in the different phases was carried out based on the performance indicators of each task. The assisted assessment allowed for the identification of within group variation and discriminated children who did not show efficiency in the problems solution, required much help, and did not sustain performance after its suspension, from those who were efficient and capable of transference. <![CDATA[<B>The assessment of depression in preschool children</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-79721999000200011&lng=en&nrm=iso&tlng=en A presente pesquisa teve por objetivo avaliar depressão em alunos da pré-escola através da Escala de Sintomatologia Depressiva para Professores (ESDM-P). A amostra foi composta por 345 alunos da pré-escola, com idade média de 5,6 anos (dp=0,96), de ambos os sexos. Com as respostas dos professores fornecidas à ESDM-P, foi organizado um banco de dados. As análises revelaram que 3,9% das crianças deste estudo apresentavam prevalência à depressão.<hr/>The objective of this study was to assess depression in preschool children with the Childhood Depression Scale for Teachers. A random sample of 345 children with an mean age of 5,6 years (sd=0,96), of both sexes, was used. A data bank was organized with the teachers’ responses to the ESDM-P. The analysis of the data revealed that 3,9% of the children presented a tendency to depression. <![CDATA[<B>Deaf children and their families</B>: <B>an overview</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-79721999000200012&lng=en&nrm=iso&tlng=en Cientes da importância da família para a promoção do desenvolvimento da criança, especialmente daquelas que apresentam algum tipo de deficiência, propusemo-nos a descrever estudos sobre as interações e relações desenvolvidas entre a criança deficiente e sua família. Ênfase é dada às interações desenvolvidas no microuniverso da família, considerando a sua influência preponderante na evolução das relações futuras da criança. Assim, são abordados temas relativos a: a) importância das interações e relações sociais para o desenvolvimento e adaptação da criança deficiente; b) o impacto do nascimento de uma criança deficiente no desenvolvimento da família enquanto grupo; c) a criança surda e suas interações familiares.<hr/>Considering the importance of the family to child development, especially to children who have some disability, this paper analysed some aspects of family interactions and relationships developed between such children and their families. We emphasised family interactions because of their influence on the development of the children’s relationships in the future, particularly in relation to the deaf child. Thus, the following issues were discussed: a) the importance of social interactions and relationships to the process of development and adaptation of handicapped children; b) the impact of the birth of a child who has a disability on the family group; and c)deaf children and their family interactions. <![CDATA[<B>From a non-moral world to the possibility of a moral action</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-79721999000200013&lng=en&nrm=iso&tlng=en No plano de pesquisa do jovem Piaget, pode-se constatar que, além de construir uma teoria do conhecimento alicerçada na Biologia, ele aspirava estabelecer uma teoria sobre a moral. Através da análise dos textos por ele escritos sobre a questão moral, à luz da análise estrutural de sua obra, constatamos que o seu projeto inicial sobre a moral permaneceu inacabado. A análise dos conceitos da moral piagetiana nos permitiu, porém, verificar o que desse projeto foi realizado: Piaget buscou estabelecer as condições necessárias (mas não suficientes) para a ação moral. O principal objetivo desse artigo é explicitar quais são essas condições, segundo esse autor.<hr/>In the young Piaget’s research project we can observe that, besides constructing a theory of knowledge based on Biology, he also sought to establish a theory of morality. Through the analysis of his written texts on moral issues and in taking into consideration all his witings, we ascertain that his initial project on morality remained clearly unfinished. However, the analysis of Piaget’s concepts of his moral theory shows that part of this project was already developed: Piaget tried to establish the necessary conditions (but nevertheless not sufficient) for the moral action. The main aim of this paper is to highlight which are these conditions, according to Piaget. <![CDATA[<B>Moral education for autonomy</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-79721999000200014&lng=en&nrm=iso&tlng=en Atualmente, o tema da educação moral tem ocupado parte das pesquisas sobre desenvolvimento moral, tanto no Brasil quanto no exterior. Apesar disto, ainda há poucas pesquisas sobre programas educativos, que tenham como objetivo o desenvolvimento da autonomia moral. O presente artigo apresenta a discussão em grupo de dilemas sócio-morais como um recurso metodológico eficaz para a promoção da consciência moral em crianças. Analisa o processo de mudança no pensamento moral, identifica os estágios onde as mudanças ocorreram e analisa como as mudanças foram realizadas. Por fim, discute algumas limitações do enfoque teórico adotado e faz algumas sugestões para a realização de futuras pesquisas.<hr/>Moral education is currently an important issue of the moral development research area, in Brazil and abroad. However, there are not many research studies about educational programs that aim at developing moral autonomy. This paper presents the discussion group on social and moral dilemmas as a successful methodological strategy to promote moral consciousness in children. The study analyzes the process of moral thought change, it identifies the stages where changes occur, and interprets these modifications. Finally, it discusses some theoretical limitations of the model and offers suggestions for future research. <![CDATA[<b>Social representations of aging</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-79721999000200015&lng=en&nrm=iso&tlng=en A presente pesquisa visou a estudar as representações sociais das pessoas sobre a velhice, o idoso e o envelhecimento enquanto processo. Foram entrevistadas 37 pessoas (idade mínima de 52 anos e máxima de 92 anos). Estas pertenciam a três grupos residentes na cidade de Florianópolis: professores aposentados da UFSC; participantes de um programa da universidade da terceira idade (NETI) e residentes num centro para idosos. As entrevistas foram analisadas com ajuda de um software de análise quantitativa de dados textuais (Alceste). Os resultados apontam para três tipos de representação social do envelhecimento: a primeira é uma representação doméstica e feminina onde a perda dos laços familiares é central, a segunda tipicamente masculina apoia-se na noção de atividade, caracterizando o envelhecimento como perda do ritmo de trabalho, e a última mais utilitarista apresenta o envelhecimento como desgaste da máquina humana. A variável sexo esclareceu aspectos relevantes sobre as diferentes representações encontradas.<hr/>The present research investigated the social representations of aging as considered by three different groups of subjects. Thirty seven individuals (older than 52) were interviewed, about the issue of getting old. They belonged to three distinct groups, namely: retired faculty from the Federal University of Santa Catarina, participants of na academic program designed for the elderly, and residents of a nursing home for the elderly. The interviews were of the semidirective type and were tape recorded and literally transcribed. The interviews were analyzed using a software for quantitative analysis of textual data (Alceste). The results pointed to three types of social representations of aging. The first is a domestic representation produced mainly by females, and the central idea is the loss of family bonds. The second is a typically masculine representation, based on the notion of activity, characterizing aging as a loss of working ability. The third representation can be seen as utilitarian, as it regards aging as an impairment of the human machinery. The different social representations of aging were more linked to sex than to the three group categories. <![CDATA[<b>An analysis of the psychosocial consequences of rural retirement benefits</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-79721999000200016&lng=en&nrm=iso&tlng=en Esse trabalho discute a questão da aposentadoria, analisando o desempenho de papéis dos idosos rurais e as condições psicossociais que os diferenciam dos aposentados urbanos. Os dados revelam o elevado grau de importância dos benefícios na fixação dos idosos e seus familiares na zona rural. Esses benefícios, além de manterem e prolongarem a vida dos idosos aí residentes, movimentam financeiramente o comércio e têm gerado uma nova cultura, baseada na condição de ser beneficiário ou não-beneficiário da previdência social, propiciando melhores condições de vida à toda sociedade local, contribuindo inclusive para a diminuição da mendicância, dos meninos de rua e da prostituição.<hr/>This work is a discussion on the matter of retiring, analyzing the performance of rural elderly people, and the psychosocial conditions that differ them from the urban retired. The data reveal the high grade of importance of the benefits in settling down the elderly and their family in the rural zone. These benefits, besides keeping and extending the life of the elderly residents of the rural zone, give financial motion to the local trade and have built a new culture, based on the condition of being or not a beneficiary of the social welfare providing better conditions of life to all local residents, contributing even to the reduction of the beggary, homeless children and prostitution. <![CDATA[<B>The imaginary, the symbolic and religious syncretism</B>: <B>some psychological aspects of affiliation to new japanese religions</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-79721999000200017&lng=en&nrm=iso&tlng=en Com o auxílio das categorias lacanianas de imaginário e de simbólico, foram analisadas as falas de nove pessoas, brasileiros de origem católica, de ambos os sexos, sem ascendência oriental, filiados a novas religiões japonesas, com o objetivo de esclarecer se a filiação a uma nova religião implica, do ponto de vista psicológico, conversão ou sincretismo religioso. A análise permitiu identificar distintos caminhos individuais: alguns dos filiados demonstraram operar uma substituição do simbólico e, por isso, uma conversão religiosa; outros pareceram manter o simbólico original, acrescentando-lhe imaginariamente alguns elementos da nova religião, o que resultou em sincretismo religioso; alguns dos que se converteram trouxeram imaginariamente alguns elementos de sua antiga fé ao novo sistema simbólico, produzindo um novo sincretismo religioso.<hr/>With the help of Lacan’s categories of imaginary and symbolic the discourses of nine people, male and female Brazilians of Catholic origin, with no Oriental descent, affiliated to Japanese new religions, were analyzed, in order to ascertain, from a psychological point of view, whether affiliation to a new religion implies conversion or religious syncretism. The analysis allowed to identify distinct individual trends: some of the affiliates appear to operate a substitution of the symbolic and, accordingly, a religious conversion; other seem to maintain the original symbolic, adding imaginably some elements from the new religion to it, which results in a religious syncretism; some of those who convert bring imaginably some elements of their previous faith into the new symbolic system, producing a new religious syncretism. <![CDATA[<B>The reference and the psychotic thinking</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-79721999000200018&lng=en&nrm=iso&tlng=en O esclarecimento da natureza do delírio conforme uma teoria da referência é o objetivo desse trabalho. A categoria da referência é investigada à luz da filosofia analítica da linguagem e da psicopatologia. Toda a reflexão teórica se desenvolve a partir da análise de excertos da fala de pacientes psicóticos e constata-se que o pensamento psicótico é caracterizado pela quebra do processo habitual de referenciação. É demonstrada a insuficiência de se conceber o delírio como apenas um erro judicativo e a necessidade de considerar as asserções delirantes dentro dos contextos mais amplos da linguagem ordinária e assim evidenciar a sua especificidade.<hr/>The aim of the present paper is to describe the nature of delusion according to a theory of reference. The category of reference is investigated based in the analytical philosophy of language and in psychopathology. All theoretical reflection begins with the analysis of speech excerpts of psychotic patients and it is verified that psychotic thought is distinguished by the breaking of the usual process of referentiation. It is shown the insufficiency of conceiving delusion as only a judicative mistake and the necessity on considering delusional propositions under the more ample contexts of ordinary language and so clear up its specificity. <![CDATA[<b>Scientific production in psychology</b>: <b>an analysis of Brazilian journals between 1990-1997</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-79721999000200019&lng=en&nrm=iso&tlng=en O objetivo deste trabalho foi avaliar seis periódicos brasileiros especializados em Psicologia (Psicologia: Teoria e Pesquisa; Psicologia: Reflexão e Crítica; Psico; Arquivos Brasileiros de Psicologia; Psicologia USP e Boletim de Psicologia), de circulação nacional, editados entre 1990 e 1997. Três aspectos principais foram examinados: a política de publicação desses periódicos, os perfis dos autores e das instituições as quais eles pertencem. Foram examinados 749 artigos distribuídos pelas 80 edições dos periódicos. Os principais resultados apontaram que: há poucos autores publicando sistematicamente no Brasil, que essa produção está fortemente concentrada em poucas instituições nas regiões Sul e Sudeste e que as universidades públicas são mais produtivas do que as privadas. Foi também verificada uma relação entre a quantidade de artigos publicados e a existência de programas de pós-graduação nessas universidades e entre a afiliação institucional dos autores e o periódico no qual publicam.<hr/>The purpose of this paper was to evaluate six Brazilian psychology journals (Psicologia: Teoria e Pesquisa; Psicologia: Reflexão e Crítica; Psico; Arquivos Brasileiros de Psicologia; Psicologia USP e Boletim de Psicologia), edited between 1990 and 1997. We examined 749 papers in 80 issues of these journals. Three main questions were examined: the journals’ editorial practices, the authors’ profile, and the type of institutions with which they were affiliated. The results showed that: there are few researchers publishing systematically in Brazil; that the authors were concentrated in few institutions in the Southeast-South regions; and that researchers in public universities are more productive than those in private ones. The data also showed a relationship between the number of published papers and the existence of graduate programs in these universities and between the researchers’ institutional affiliation and the journal in which they published.