Scielo RSS <![CDATA[Psicologia: Reflexão e Crítica]]> http://www.scielo.br/rss.php?pid=0102-797220010003&lang=en vol. 14 num. 3 lang. en <![CDATA[SciELO Logo]]> http://www.scielo.br/img/en/fbpelogp.gif http://www.scielo.br <link>http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-79722001000300001&lng=en&nrm=iso&tlng=en</link> <description/> </item> <item> <title><![CDATA[<B>Childrearing Practices and Behavior Problems in Preschool Children</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-79722001000300002&lng=en&nrm=iso&tlng=en O presente estudo investigou as diferenças entre as práticas educativas relatadas por mães de crianças com e sem problemas de comportamento envolvendo externalização (grupo clínico e grupo não-clínico, respectivamente). Participaram do estudo 30 díades mãe-criança, de nível sócio-econômico baixo e médio-baixo. As crianças eram de ambos os sexos e tinham entre cinco e seis anos de idade. As díades foram designadas aos grupos clínico e não-clínico com base na pontuação da criança no Inventário de Comportamentos da Infância e Adolescência - CBCL. As mães responderam a uma entrevista sobre práticas educativas envolvendo situações estruturadas e espontâneas. Análise de conteúdo das entrevistas, relacionada às situações estruturadas, mostrou que as mães do grupo clínico mencionaram práticas coercitivas com uma freqüência significativamente maior do que as mães do grupo não-clínico. A mesma tendência, embora não significativa, apareceu para as situações espontâneas.<hr/>The aim of the present study was to investigate differences in mothers' childrearing practices toward children with and without behavior problems involving externalizing behaviors (clinical and non-clinical group, respectively). Thirty mother-child dyads from both low and medium-low SES level participated in the study. Children were of both sexes, with ages ranging from five to six years. The dyads were assigned to the clinical or non-clinical group based on the children's scores on the Child Behavior Checklist (CBCL). The mothers were interviewed about their childrearing practices in both structured and spontaneous situations. Content analysis of the interviews regarding the structured situations revealed that the mothers of the clinical group mentioned significantly more coercive practices than did mothers of the non-clinical group. The same trend appeared in the spontaneous situations, although the differences were not significant. <![CDATA[<B>Brazilian Students' Beliefs about Intelligence, Effort and Luck in School Tasks </B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-79722001000300003&lng=en&nrm=iso&tlng=en Este trabalho teve como objetivo investigar crenças sobre inteligência, esforço e sorte entre escolares do ensino fundamental. A amostra foi composta de 110 alunos de terceira, quinta e sétima séries de uma escola pública de Campinas. Os sujeitos eram de ambos os sexos e provenientes de famílias de nível sócio-econônico desfavorecido. Os sujeitos foram entrevistados individualmente e seus conceitos foram mensurados por questões abertas e fechadas. A inteligência foi concebida predominantemente como sabedoria. O esforço foi definido em termos de comportamentos relativos ao estudar. Já a sorte foi associada a ganhar ou achar coisas inesperadamente. Relações significativas entre as variáveis investigadas, idade, série escolar, gênero e repetência escolar dos alunos foram encontradas. Discute-se a importância de se conhecer e se compreender mais sistematicamente o desenvolvimento de crenças como inteligência, esforço e sorte em crianças brasileiras, dada a relevância dos mesmos para a psicologia escolar e a carência de estudos brasileiros nessa área.<hr/>The objective of this paper is to investigate the beliefs of intelligence, effort and luck among Brazilian students. The sample was composed of 110 students of third, fifth, and seventh grade of a public school of Campinas. Subjects were from both sexes and from low socio-economic background. Participants were interviewed individually and their beliefs were measured by opened and closed--end questions. Intelligence was predominantly conceptualized as wisdom. Effort was associated with behaviors related to studying and luck was defined as winning or finding something unexpectedly. Significant relationships were found among the beliefs investigated and age, school grade level, gender and repetition of a school grade level. The importance of knowing and comphreending the development of beliefs about intelligence, effort and luck in Brazilian students is discussed, given the relevance of such beliefs for educational psychology, as well as the lack of such studies in Brazil. <![CDATA[<B>Different Perspectives on the Parent-Infant/Child Interaction Analysis </B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-79722001000300004&lng=en&nrm=iso&tlng=en Estudar a correspondência entre diferentes níveis de análise da interação pais-bebê/criança pode nos ajudar a chegar a uma linguagem mais comum e a compartilhar conceitos que permitam trocas mais frutíferas entre pesquisadores com diferentes orientações teóricas e metodológicas. Os autores do presente artigo representam alguns dos principais grupos de pesquisa brasileiros voltados à investigação da interação pais-bebê/criança. São apresentadas as diferentes perspectivas dos autores e discutidas as suas aproximações e diferenças, visando a demonstrar a complexidade e a diversidade de abordagens com relação às interações pais-bebê/criança e seu papel no desenvolvimento. Embora a definição de interação não seja consensual, verifica-se uma tendência entre os autores a considerar explicitamente a questão da ação recíproca, da co-construção e da bidirecionalidade. Não obstante o foco no comportamento manifesto e na ação recíproca existe também consciência de que as transações implícitas e as representações individuais e sociais influenciam a interação, e que há que se desenvolver procedimentos metodológicos rigorosos para estudá-las. Espera-se que a continuidade das discussões leve ao aprimoramento e à articulação das diversas propostas aqui apresentadas.<hr/>The study of corresponding levels of analysis in the parent-infant/child interaction may lead us to a common language and shared concepts, that in turn will hopefully aid in the prolific exchanges among researchers from various theoretical and methodological backgrounds. The authors of this article represent some of the most prominent research teams of Brazil engaged in the study of parent-infant/child interaction. Their various perspectives are presented, as are their points of agreement and disagreement, with the purpose of demonstrating both the complexity and the diversity of approaches to the parent-infant/child interactions and their role in development. Although there is no consensual definition of interaction, there is a tendency of the authors to consider the question of reciprocal actions, co-construction, and bidirectionality. Granting that there is a trend to focus on manifested behavior and interaction, there is also a clear awareness that implicit transactions and social representations must be studied through rigorous methodological procedures, insofar as they influence interactions. It is hoped that, as these discussions progress, the ideas proposed herein will be both improved and better disseminated. <![CDATA[<B>Mother-Infant Interaction and Behavior Problems in Child With Congenital Hypothyroidism</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-79722001000300005&lng=en&nrm=iso&tlng=en O presente estudo tem como objetivo averiguar se há diferenças na interação mãe-criança e nos problemas de comportamento infantil em dez crianças com hipotireoidismo congênito (HC), tratadas precocemente, comparadas com um grupo de dez crianças sadias. Quando as crianças estavam com idades entre quatro e seis anos as interações foram filmadas durante uma situação de jogo livre e pontuadas, conforme protocolo de observação Play Observation Scheme and Emotional Rating (POSER). As mães responderam ao Child Behavior Checklist 4/18 (CBCL). Não houve diferença significativa, tanto na interação, quanto nos problemas de comportamento entre os dois grupos. A ausência de diferença significativa entre os grupos mostra a importância do tratamento precoce em crianças com HC, o que facilita a qualidade da interação mãe-criança e ameniza problemas de comportamento infantil.<hr/>The present study intended to find out whether there are differences in mother-child interaction as well as to detect childhood behavior problems in ten children suffering from congenital hypothyroidism (HC), who had received early treatment, in comparison with a group of ten healthy children. When the children were between four--six years of age the interaction was videotaped during a free play situation and was assessed according to the Play Observational Scheme and Emotion Rating (POSER). The mothers answered the Child Behavior Checklist 4/18 (CBCL). No significant differences were found in mother-infant interaction measures, or on the child behavior problems. The lack of significant difference between the groups attests for the importance of early treatment in children with HC, which facilitates the quality mother-infant interaction and soften behavior problems in children. <![CDATA[<B>The Development of the Concept of Time as Integration of Distance and Speed </B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-79722001000300006&lng=en&nrm=iso&tlng=en O artigo investiga como surge e se desenvolve o conceito de tempo como integração da distância e da velocidade em uma amostra de 46 crianças de sete a dez anos de idade que estudavam em uma escola da rede pública de ensino. Os resultados diferem de achados anteriores porque mostram que mesmo as crianças de dez anos não utilizaram uma regra de divisão para realizar os julgamentos sobre tempo. Estes resultados apontam mais para diferenças em termos de experiência sociocultural e escolar do que para diferenças transculturais no desenvolvimento da noção de tempo como integração da distância e da velocidade.<hr/>This study aimed at verifying how the concept of time as an integration of speed and distance emerged and developed in a sample of 46 seven to ten year-old public school children. Results were different from previous studies because even ten years-old children did not use a division rule to achieve judgements about time. These results are interpreted as due more to differences in social, cultural, and school experience than to cross-cultural differences in the development of the notion of time as integration of distance and speed. <![CDATA[<B>The Microgenesis of an Environmental Problem Explanation</B>: <B>Paulo and Piter Cases </B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-79722001000300007&lng=en&nrm=iso&tlng=en Nesta pesquisa, os objetivos foram os de descrever e interpretar a reconstrução cognitiva que alguns sujeitos exemplares fazem do nexo causal de um problema ambiental. O estudo de caso foi realizado com a colaboração de oito participantes, com idades entre 14 e 17 anos de idade. A tarefa apresentada aos sujeitos consistia na proposição de um problema simbólico, simulado em computador, a ser solucionado durante sessões. Os dados foram obtidos através de observação sistemática, de entrevistas clínicas e de arquivos de histórico. Para este artigo, foram examinados os protocolos de dois sujeitos considerados prototípicos. O estudo das condutas cognitivas relacionadas à análise ambiental permitiu corroborar um modelo, de inspiração piagetiana, para a microgênese dos conhecimentos.<hr/>The aims of this research were to evince the cognitive reconstruction of the causal nexus of an atmospheric pollution case. The research was carried out with the contribution of eight participants whose age varied from 14 to 17 years old. The task given to the participants consisted in the solving of a symbolic problem which was simulated in the computer, and which was supposed to be solved within sessions. Data were obtained through systematic observation, clinical inquiry and log files. For the aim of this paper, two subjects considered prototypes were examined, one of them due to his ease and quickness in problem solving and the other one because of his difficulty and lateness. The development of the environmental analysis progress is discussed. <![CDATA[<B>Bruner's Criticism Revisited</B>: <B>Cognitivist Diversion on Problem Solving Studies</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-79722001000300008&lng=en&nrm=iso&tlng=en A crítica feita por Bruner que a Psicologia Cognitiva tornou-se tecnicista e fragmentada é analisada por meio de uma revisão das pesquisas sobre transferência de solução de problemas, focalizando-se nestas os objetivos, metodologia e resultados obtidos. A conclusão é a de que a crítica procede, na medida em que se observa nas pesquisas cognitivistas um maior rigor metodológico do que teórico, revelado na ausência de uma definição precisa de transferência, produzindo resultados fragmentados. Observa-se ainda, uma visão tecnicista do processo, investigado, geralmente, como desempenho de estudantes universitários, resultado de manipulação de estímulos e avaliado em uma única sessão experimental.<hr/>Bruner's claim that cognitivism has become fractionated and technicalized was examined by a review of the research on problem solving transfer. Objectives, methodology and results were analyzed leading to the conclusion that the claim is justified. The cognitivist investigations examined were methodologically very controlled in their experimental conditions, but the same rigor was not observed in theoretical matters, such as a precise definition of transfer, producing dispersed data. Also, a strong emphasis in investigating transfer as a result of stimulus manipulations was found evaluated in single session investigations, and considered only as performance of undergraduates, revealing an empiricist view of the process. <![CDATA[<B>Heterogeneity among Readers Judged as Competent by the Teacher</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-79722001000300009&lng=en&nrm=iso&tlng=en O desempenho de leitura de um grupo de crianças de quarta série, julgadas pela professora como leitoras com desenvolvimento normal, foi investigado. Uma medida de desempenho deficiente/competente - baixos níveis de erros e tempos de reação rápidos para as respostas corretas para a leitura em voz alta de palavras reais (variando em familiaridade, regularidade e comprimento) e não-palaras (com a mesma estrutura ortográfica das palavras reais e variando em comprimento) - foi obtida com o objetivo de estabelecer uma definição de desempenho eficiente de leitura que, por sua vez, serviu de base para a identificação de deficiências, em crianças do mesmo grupo, cujos resultados situaram-se fora da amplitude estabelecida como normal. Dentre esses participantes houve um exemplo de dislexia fonológica e vários casos apresentando danos que afetaram ambos os processos, lexical e fonológico, com uma tendência para o padrão fonológico. A discrepância entre a avaliação da professora e a avaliação cognitiva de leitura conduzida é discutida.<hr/>The reading performance of a group of fourth graders, judged by the teacher, as having normal development was investigated. A measure of efficient performance - low error rates and fast vocal reaction-times for correct responses to words (of varying familiarity, regularity and length) and non-words (formed with the same orthographic structure and length of the words) - was obtained and used as a basis for the identification of inefficiencies among the subjects whose results were outside the main range. Within these subjects there was an example of phonological dyslexia and many cases presenting impairments affecting both lexical and non-lexical processes with a bias to the phonological pattern. The discrepancy between the assessment of the teacher and the cognitive assessment conducted is discussed. <![CDATA[<B>Cognitive Psychology Contributions and the Psychologist's Role in the School Context </B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-79722001000300010&lng=en&nrm=iso&tlng=en Este artigo propõe uma discussão acerca do papel do psicólogo no contexto escolar, a partir da análise das principais teorias que hoje permeiam o debate em educação. Os psicólogos escolares têm, ao longo do seu tempo de inserção nesse contexto, centrado suas preocupações principalmente nas dificuldades de aprendizagem dos alunos, numa atuação individualizada e setorizada. Contudo, este papel necessita ser redimensionado, uma vez que aquele deveria ter formação teórica que instrumentalizasse a sua participação ativa nas discussões acerca do processo ensino-aprendizagem, atuando na "situação didática" - com alunos, com professores; enfim, com toda a comunidade escolar, dentro de um tempo historicamente determinado.<hr/>This article proposes a discussion concerning the psychologist's role and function in the school context, from the standpoint of the analysis of the main theories that today permeate the debate in education. The school psychologists have, along their time of insertion in that context, worried themselves with difficulties of student learning, in an individualized, sectorized performance. However, this role needs to be redimensioned, once the psychologist should have a theoretical formation that would instrumentalize the active participation in the discussions concerning the teaching-learning process, acting in the "didactic situation" - with the students, with the teachers, finally with the whole school community, inside of a historically determined time. <![CDATA[<B>Communication Effectiveness of University Teachers</B>: <B>Confirmatory Evidence of the Construct</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-79722001000300011&lng=en&nrm=iso&tlng=en O artigo expõe evidência confirmatória da dimensionalização dos comportamentos comunicacionais dos professores do ensino superior. 131 professores e 87 estudantes universitários foram convidados a descrever os comportamentos de um antigo docente e a atribuírem-lhe uma cotação global de eficácia comunicacional. Os principais resultados são: a) a tetra-dimensionalização (comportamento empático, conscienciosidade, cortesia e (não) leitura exclusiva de textos) ajusta-se satisfatoriamente aos dados, embora alguns elementos sugiram que a primeira dimensão seja dividida em duas (comportamento apoiante; facilitação comunicacional); b) as cinco dimensões explicam cerca de 80% de variância da cotação de eficácia comunicacional; c) os estudantes e os professores inquiridos valorizam fortemente as cinco dimensões comunicacionais, embora os professores valorizem mais a conscienciosidade, e os estudantes as duas dimensões empáticas. Genericamente, o instrumento revela boas propriedades psicométricas e aponta caminhos de investigação potencialmente frutuosos para o fomento da qualidade no ensino superior.<hr/>This paper aims at showing confirmatory evidence of the instrument for measuring communication effectiveness of university teachers. 131 university teachers and 87 students described the behaviors of a former teacher, and gave him/her a global score for communication effectiveness. The findings are as follow: a) the four factor model (empathetic behavior; pedagogical conscientiousness; courtesy; "just reading of the texts") fits well the data, although it seems more desirable to divide the first factor into two dimensions (supporting behavior, communication facilitation); b) the five dimensions explain about 80% of the global effectiveness score; c) both students and teachers value greatly all behaviors, although empathetic behavior is more valued by students than by teachers, with the latter valuing the pedagogical conscientiousness more. In general, the instrument reveals good psychometric properties and highlights some avenues for future research in the domain of quality in higher education. <![CDATA[<B>An Exploratory Study about how Creativity is conceived by University Students</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-79722001000300012&lng=en&nrm=iso&tlng=en A pesquisa visa a investigar a conceitualização que estudantes universitários têm sobre o que é a criatividade, por meio de análise multidimensional baseada na Teoria das Facetas. Inicialmente solicitou-se que os alunos expressem o que pensam com a evocação da palavra-estímulo criatividade, e a partir deste levantamento, selecionaram-se as 15 palavras mais freqüentemente evocadas. A seguir investigou-se a estrutura conceitual da palavra criatividade através da técnica não-verbal de classificação livre. Os resultados das inter-relações entre todas as variáveis foram analisados por meio da Análise da Estrutura de Similaridade produzindo uma estrutura tipo radex com o item criatividade na região central e cinco regiões distribuídas ao redor da mesma. Estas regiões identificaram cinco dimensões: Estética, Emoção, Gênese, Cognição e Volição. Os significados destas dimensões, em relação às principais questões abordadas pela literatura na área, são discutidos visando a melhor compreender a estrutura representacional do conceito de criatividade.<hr/>This study aimed to investigate how university students conceive the concept of creativity. We used a multidimensional analysis based on Facet Theory. Initially, we requested that students express what they think following the evocation of the stimulus word creativity; on the basis of this free association, 15 of the more frequently evoked words were selected. Next, we investigated the structure of the creativity concept of the 15 words through a free sort non-verbal task. The results of the interrelations among all the variables were analyzed by means of a Similarity Structure Analysis that produced a radex structure with item creativity in the central area and with five areas distributed around it. These areas identified five dimensions: Aesthetics, Emotion, Genesis, Cognition, and Volition. The meanings of these dimensions in relation to the major conceptual issues in the literature are discussed to seek better to understand the representational structure of the creativity concept. <![CDATA[<B>Adaptation of Animal Behavior and Emergent Worlds</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-79722001000300013&lng=en&nrm=iso&tlng=en Discutimos as implicações da noção de adaptação que é uma noção chave para a teoria da evolução clássica. Em lugar de obstinar-se em considerar os organismos como coleção de traços adaptados, propomos buscar estudar a evolução por meio de um quadro teórico onde prevalece uma outra ontologia que destaca o fato de que os organismos e as circunstâncias são totalmente integrados. A etapa preliminar necessária para esta reconsideração consiste em passar de uma lógica prescritiva para uma lógica proscritiva. Isto é, da idéia de que tudo que não é permitido, é proibido; à idéia que o que não é proibido, é permitido. Propomos que a idéia de que os sistemas vivos especificam o mundo no qual eles vivem pode modificar nossa maneira de encarar os processos adaptativos.<hr/>We discuss the implications of the concept of adaptation, which is a key notion for the classical theory of evolution. Instead of persisting to consider the organisms as a collection of adapted traits, we propose to study evolution by means of a theoretical frame based on another ontology considering the organisms and the circumstances as totally integrated. The necessary preliminary stage for this reconsideration consists in passing from a prescriptive logic to a proscriptive logic, i.e., from the idea that everything that is not allowed is forbidden, to the idea that what is not forbidden is allowed. The consideration that the living systems specify the world in which they live can modify our way to face adaptive processes. <![CDATA[<B>Contrast Sensitivity Function</B>: <B>Indicator of the Visual Perception of Form and of the Spatial Resolution</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-79722001000300014&lng=en&nrm=iso&tlng=en Este trabalho discute a função de sensibilidade ao contraste, FSC, em três seções. A primeira descreve alguns aspectos teóricos e experimentais da FSC relacionados à pesquisa básica e aplicada. A segunda discute alguns estímulos espaciais utilizados para caracterizar a FSC ou a resposta do sistema visual humano. A terceira apresenta algumas considerações finais sobre a FSC e estímulos espaciais elementares. Um dos objetivos deste trabalho é discutir a FSC que junto com a acuidade visual parecem formar os principais indicadores dos aspectos críticos da percepção visual da forma e da resolução espacial. A FSC geralmente estima a percepção de qualquer padrão em função de sua freqüência espacial.<hr/>This work discusses the contrast sensitivity function (CSF) in three sections. The first describes some theoretical and experimental questions of the CSF related to basic and hard-working research. The second section discusses some elementary spatial stimuli used to characterize the CSF or the response of the human visual system. The third section shows some final considerations about CSF and spatial elementary stimuli. One of the goals of this paper is to discuss the CSF that together with visual acuity appear to form important indicators of the critical aspects of the visual perception of form and of the spatial resolution. The CSF normally is an estimate of the visibility of any pattern in function of the spatial frequency. <![CDATA[<B>From the Concept of Narrative Structure to its Criticism</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-79722001000300015&lng=en&nrm=iso&tlng=en O presente trabalho constitui-se em uma revisão das principais teorias responsáveis pela elaboração do conceito de estrutura narrativa a partir dos anos sessenta e de sua crítica, em estudos publicados nos anos oitenta. Inicia apresentando a gênese do conceito de narrativa e seu desenvolvimento, na lingüística e, paralelamente, na psicologia. Neste trabalho, mostramos que os estudos da narrativa sofreram uma mudança de enfoque, desde o estudo do modo como representamos nossas estórias, até o estudo de como construímos uma representação da experiência do tempo e do mundo.<hr/>The present work consists of a review of the main theories responsible for the construction of the concept of narrative structure since the sixties and its criticism, in essays published in the eighties. It begins presenting the genesis of the concept of narrative and its development in Linguistic and also in Psychology. This essay shows that the study of narrative went through changes of point of view, from the study of the way we represent our stories to the study of how we build a representation of the experience of the time and the world. <![CDATA[<B>Clinical Method</B>: <B>Clinical Method?</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-79722001000300016&lng=en&nrm=iso&tlng=en Este artigo retoma a noção de método clínico, situando-a no contexto da psicologia clínica francesa. Por sua vez, a psicologia clínica francesa não pode ser examinada historicamente senão em sua relação com a psicanálise. A estreita conjunção entre psicologia clínica e psicanálise, formulada na França nos termos de uma "unidade da psicologia", inclui a noção de método clínico. Tendo assim uma derivação eminentemente psicanalítica, essa noção é hoje mais do que nunca contestada, ou mesmo distorcida pelo ecletismo metodológico e pela prevalência, na psicologia clínica mundial, de procedimentos experimentais.<hr/>This article resumes the notion of a clinical method in the context of French Clinical Psychology. Any historical examination of this context however includes its relationship with Psychoanalysis. The relationship between Clinical Psychology and Psychoanalysis, formulated in France in terms of a "Unit of Psychology", includes the notion of clinical method. Thus, having derived immanently from Psychoanalysis, the notion of clinical method has been contested and even distorted more than ever by methodological eclecticism and by the prevalence, in the worldwide Clinical Psychology, of experimental procedures. <![CDATA[<B>Bergson and the Temporal Nature of Psychological Life</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-79722001000300017&lng=en&nrm=iso&tlng=en Para Bergson, a vida interior é de natureza temporal e não espacial. Na psique, a multiplicidade qualitativa dos estados psicológicos se modifica o tempo todo numa sucessão contínua e solidária; se algo parece solidificar-se e fragmentar-se é porque se representa, ilusoriamente, a consciência como se existisse num tempo homogêneo e espacial. Na raiz do problema está a confusão que se faz entre tempo e espaço quando não se percebe que os estados psicológicos e toda vida psíquica são de natureza exclusivamente temporal. A partir dessa confusão, tem-se a representação de um eu superficial e de uma multiplicidade quantitativa dos estados psicológicos como se fossem de natureza física, como o fez a psicofísica, porque se concebe a vida psíquica existindo num ilusório tempo espacial.<hr/>For Bergson, interior life is temporal and not spatial in nature. In the "psyché", the qualitative multiplicity of psychological states modifies itself all the time in a continuous and solidary succession; if something seems to solidify and to fragment it is because conscience is represented, illusorily, as if it existed in a homogeneous and spatial time. In the root of the problem lies the confusion that is done between time and space when it is not noticed that the psychological states and all psychic life are exclusively of a temporal nature. Starting from this confusion, one has the representation of oneself and a quantitative multiplicity of psychological states as if they were of a physical nature, as psychophysics did, because psychic life is conceived as existing in an illusory spatial time. <![CDATA[<B>The Jesuitic "Psychology"</B>: <B>A Contribution to the History of Psychological Ideas</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-79722001000300018&lng=en&nrm=iso&tlng=en O trabalho pertence ao domínio da História das Idéias Psicológicas, entendida como parte da História Cultural cujo objeto é o estudo dos conceitos referidos ao ambiente cultural onde foram construídos. Portanto, aparece clara a pertinência de uma linha de pesquisa que investigue o significado dos conhecimentos psicológicos no âmbito da área multifacetada da cultura, ao longo do tempo. O presente estudo aborda os conceitos acerca dos fenômenos psicológicos formulados no âmbito da literatura espiritual e da produção filosófica da Companhia de Jesus ao longo dos séculos XVI e XVII. A experiência psicológica é interpretada em termos das noções elaboradas pelos tratados filosóficos, os quais por sua vez fundamenta-se na tradição aristotelico-tomista. A "psicologia" jesuítica possui uma dimensão filosófica, relativa ao ensino e à produção intelectual da Companhia, juntamente a uma dimensão prática, fundada na antiga tradição da Medicina do ânimo.<hr/>The work concerns the area of History of psychological ideas, considered to be part of Cultural History, its subjects being relative to the cultural milieu in which they are constructed. In this respect, one can also see the pertinence of a research program that investigates the meanings of psychological knowledge within the multifaceted area of culture along its history. The present study deals with the conceptual view of the psychological phenomenon in spiritual literature and in philosophical production of Jesuit scholars throughout the sixteenth and seventeenth century. The psychological experience is interpreted according to the notions elaborated in the philosophical treatise, which in turn are based on the Aristotelian-Thomistic tradition. The Jesuit psychology has a philosophical dimension, concerned with the teaching and the philosophical production of the Company -- and a practical dimension, connected with ancient tradition of Medicine of the Soul. <![CDATA[<B>Strategies to Face Marital Routine</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-79722001000300019&lng=en&nrm=iso&tlng=en Este estudo analisa estratégias de enfrentamento para a manutenção do casamento, utilizadas por mulheres casadas há mais de 15 anos e pertencentes a estratos econômicos médio e alto, para superação ou minimização de conflitos do cotidiano conjugal. Foram entrevistadas 20 mulheres utilizando roteiro de entrevista semi-estruturada. As entrevistas, gravadas e transcritas, foram analisadas utilizando-se a análise do discurso. Neste artigo analisaram-se as estratégias de ação referida pelas entrevistadas. Entre as mulheres prevaleceu o uso de estratégias diretas (oito), indiretas (quatro mulheres) ou o uso combinado de estratégias diretas e indiretas (oito mulheres). Entre seus maridos, as entrevistadas indicaram o uso de estratégias diretas (treze homens) ou uso combinado de estratégias diretas e indiretas (duas). Em cinco casos enfatizou-se o uso de estratégia indireta, principalmente o silêncio ou o adiamento da busca de solução dos problemas. A estratégia caracterizou-se como uma esperança projectual dessas mulheres de atingirem a superação da condição distópica na direção utópica. A desistência desse jogo implica a adoção de estratégias que assegurem um padrão de comunicação paradoxal no qual os cônjuges ao mesmo tempo que comunicam, evitam comunicar.<hr/>This research analyzes strategies used in the carrying out of marriages utilized by women who have been married for over 15 years, from high and middle classes and dwelling in the great Vitória/ES, for the overcoming or reduction of the conflicts in marital daily routine. Semi-structured interviews were used in approaching 20 women. The interviews which were tape recorded and written down, were analyzed in the light of the discourse analysis. In this paper, the strategies indicated by the interviewers were analyzed. It prevailed among women, the direct strategy (8 women), indirect (4 women) or both direct and indirect (8 women). The interviewers among husbands, indicated the use of direct strategy (13 men) or both direct and indirect (2). In five cases, the women stressed the use of indirect strategies, mainly the silence or the later search for the problem solution. The strategy was characterized as a hope for the women to reach the overcoming towards the utopia. The giving up of this game implicates the adoption of strategies that ensure paradoxical communication in which while the couple communicates, they avoid to communicate. <![CDATA[<B>Main Methods for Detection of the Differential Item Functioning (DIF)</B>: <B>A Description</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-79722001000300020&lng=en&nrm=iso&tlng=en O artigo descreve os principais métodos utilizados, atualmente, na detecção do funcionamento diferencial dos itens (DIF), entre os quais o de Comparação da Área entre as CCI's, Comparação das Probabilidades, Comparação dos Parâmetros dos Itens, Qui-quadrado de Lord, Qui-quadrado de Scheuneman, Qui-quadrado de Pearson ou Total, Mantel-Haenszel, Regressão Logística, Método Padronizado e, finalmente, o Logístico Interativo. Apresentamos as bases matemáticas desses métodos, suas principais vantagens e limitações. Destacamos que a presença do DIF em instrumentos de medida, sejam psicológicos ou pedagógicos, é um problema para o suposto da padronização ou uniformização das condições de aplicação dos testes e que, ademais, acarreta injustiça e falta de eqüidade ao processo avaliativo.<hr/>This paper aimed at describing the main methods used today in the detection of the differential functioning of items (DIF). We describe the methods of the Area between the ICC's, Comparison of the Probabilities, Comparison of the Items Parameters, Lord's Chi-square, Scheuneman's Chi-square, Pearson's or Total Chi-square, Mantel-Haenszel Method, Logistic Regression, Standardized Method and, finally, the Logistic Interactive Method. We present the mathematical basis, main advantages and limitations of these methods. Finally, we emphasize the presence of the DIF in psychological and educational tests as a problem for the assumption of standardized conditions and also as a cause of injustice and absence of equity for the assessment process. <![CDATA[<B>An Instrument to Evaluate Psychosocial Stressors in the Employment Context</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-79722001000300021&lng=en&nrm=iso&tlng=en Os contextos onde se desenvolvem as atividades humanas apresentam características diferentes que têm importantes implicações no momento da elaboração e aplicação de procedimentos de avaliação. O contexto de emprego é muito importante para importantes setores de nossa população. Moos desenvolveu um marco conceitual sócio-ecológico no qual a relação, entre os acontecimentos vitais estressantes e as condutas adaptativas, encontra-se influenciada pelo sistema pessoal e contextual, os recursos da rede social e as respostas de avaliação e confrontamento. O objetivo deste trabalho é apresentar um instrumento (IMPAL) que mede o grau de mal-estar (excessivo, médio ou escasso) que provoca fatos relacionados com: meio ambiente físico e organização do tempo de trabalho, fatores próprios da tarefa, mudanças tecnológicas, é aspectos institucionais e pessoais. Apresentam-se os resultados do impacto dos diferentes estressores na amostra estudada. Conclui-se que o instrumento elaborado mostrou sensibilidade na avaliação do impacto de estressores no contexto de trabalho, permitindo hierarquizar as áreas de origem dos acontecimentos estressantes.<hr/>The contexts in which human activities occur show distinctive characteristics with important implications when evaluation procedures are developed and administered. The employment context is important for many people in our society. Moos has developed a socioecological conceptual frame in which the relationships among stressful events and adaptative behaviors are influenced by personal and contextual systems, social network resources, and evaluation and coping responses. The objective of this paper is to present an instrument (IMPAL) that measures the degree of uneasiness (excessive, moderate, limited) caused by events related to: physical environment at work, factors inherent to the task, organization of work time, institutional aspects, technological changes and personal aspects. Results of the impact of specific stressors of the employment context in the sample studied are presented. The instrument showed sensitivity to assess the impact of daily stressors in the employment context and arranging hierarchically the areas where the stressors originate.