Scielo RSS <![CDATA[Psicologia: Reflexão e Crítica]]> http://www.scielo.br/rss.php?pid=0102-797220030001&lang=en vol. 16 num. 1 lang. en <![CDATA[SciELO Logo]]> http://www.scielo.br/img/en/fbpelogp.gif http://www.scielo.br http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-79722003000100001&lng=en&nrm=iso&tlng=en <![CDATA[<b>Angela Biaggio (1940-2003)</b>: <b>um percurso na história do desenvolvimento sócio-moral do Brasil</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-79722003000100002&lng=en&nrm=iso&tlng=en <![CDATA[<b>Play and its implications in the emotion regulation strategies in hospitalized children</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-79722003000100003&lng=en&nrm=iso&tlng=en O estudo procurou verificar se recursos lúdicos modificam as estratégias utilizadas por crianças hospitalizadas em lidar com as emoções de raiva e tristeza. Foram avaliadas 36 crianças de 6 e 10 anos de idade divididas em dois grupos controles (dentro e fora de hospitais) e um grupo experimental (dentro do hospital). Todas foram submetidas a pré e pós testes que avaliaram como as crianças justificavam maneiras de cessar raiva e tristeza em situação de hospitalização. Somente em um dos grupos foi desenvolvida atividade lúdica com sugestões para estratégias mais elaboradas. Os resultados mostram que as estratégias de regulação da emoção (RE) modificavam em função da atividade lúdica; que não houve mudanças em função da idade e do gênero; que a própria testagem por ser considerada uma atividade lúdica, pode possivelmente propiciar mudanças em crianças hospitalizadas.<hr/>The present study aimed to investigate if play resources modify the strategies used by hospitalized children to cope with emotions of anger and sadness. Thirty-six 6-and 10-years old children, divided into two control groups, inside and outside the hospital, and one experimental group (inside the hospital), were assessed. They were all submitted to pre and post tests that analysed how these children justified ways to stop feeling angry and sad in a hospitalization situation. In only one of the groups a play activity was developed with suggestions for more elaborated strategies. The results showed that strategies varied according to play activity; that there were no observed variations according to age and gender; that testing itself was considered a play activity and may enable changes in hospitalized children. <![CDATA[<b>Consciousness taking and the teaching practice</b>: <b>an issue to be considered by school psychology</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-79722003000100004&lng=en&nrm=iso&tlng=en Neste trabalho descrevemos as fases de um procedimento de intervenção com professores de inglês de adultos, 2 homens e 2 mulheres, com média de 27 anos de idade. Identificamos as concepções dos sujeitos sobre o adulto e o processo de aquisição de uma língua estrangeira, sobre desenvolvimento e conhecimento, por meio de sessões de interação, com os objetivos de viabilizar as trocas verbais sobre o Desenvolvimento Psicológico Adulto, analisar os atos da fala e identificar e discutir as concepções e teorias que fundamentam o discurso dos sujeitos. Observamos as aulas e discutimos a prática de um dos sujeitos. Os resultados indicam a tomada de consciência sobre as implicações do Desenvolvimento Psicológico Adulto e a implicação para a prática de ensino; mudança na concepção sobre o desenvolvimento adulto; a identificação de um método de análise de intervenções feitas pelo psicólogo escolar e a identificação e a caracterização do papel deste profissional.<hr/>This study describes the stages in an intervention procedure with English teachers of adult students- 2 male and 2 female, with an avarage age of 27. The subjects' conceptions of adult students and process of foreign language acquisition, development and knowledge were identified. Interaction sessions were held aiming to enable verbal exchanges concerning adult psychological development, analyse the speech acts and discuss the conceptions and theories behind subjects' discourse. During the second intervention, the teaching practice of one of the the subjects was observed and discussed. The results indicate consciousness taking of the implications of adult psychological development for teaching practice; the identification of a method for analysing interventions developed by school psychologists and the identification and caracterization of this professional's role. <![CDATA[<b>Text coherence</b>: <b>a study with youths and adults</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-79722003000100005&lng=en&nrm=iso&tlng=en A coerência é um fenômeno lingüístico responsável pela construção de sentido que garante a interpretabilidade de um texto. As investigações conduzidas pela psicologia cognitiva têm investido esforços no exame da coerência a partir da perspectiva daqueles que recebem o texto. Este estudo examinou se o estabelecimento da coerência textual está relacionado à aquisição da leitura e da escrita com jovens e adultos, em processo de alfabetização, em uma situação de produção de texto. Alunos entre 15 a 45 anos, matriculados no 1º e 2º ciclos da Educação Básica de Jovens e Adultos de uma escola pública, foram individualmente solicitados a produzir oralmente uma história original. As histórias foram analisadas em função de indicadores específicos, agrupados em um sistema de análise, o qual expressa níveis distintos acerca do estabelecimento da coerência. Comparações entre os ciclos foram realizadas. Os resultados obtidos corroboram estudo realizado com crianças. Há indicadores mais fáceis de serem estabelecidos do que outros. Pode-se argumentar que a escolaridade contribui para o estabelecimento da coerência na produção de história.<hr/>Coherence is a linguistic phenomenon responsible for meaning construction which assures the understanding of a text. Investigations led by cognitive psychology, have invested efforts on the analysis of coherence from the perspective of those who receive the text. This study examined if the establishment of textual coherence is related to the acquisition of reading and writing amidst youths and adults, in literacy process, in a situation of text production. Fifteen to 45-year-old students, enrolled in the 1st and 2nd cycles of Basic Education for Youths and Adults at a public school, were individually requested to produce a original. The stories were analyzed according to specific indicators, contained in an analysis system, which expresses different levels concerning the establishment of coherence. Comparisons among the cycles were carried out. The results obtained reinforce a study performed with children. There are some indicators easier to be established than others. It can be said that formal education contributed to the establishment of coherence in stories production. <![CDATA[<b>Morality and socialization</b>: <b>empirical studies on maternal practices of social control and the moral judgment</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-79722003000100006&lng=en&nrm=iso&tlng=en Este estudo teve 3 objetivos. O primeiro foi investigar as práticas de controle social utilizadas pelas mães para evitar comportamentos indesejados de seus filhos. O segundo foi verificar a relação entre as práticas maternas de controle social e o julgamento moral dos filhos. Por fim, o terceiro foi validar o questionário de práticas maternas de controle respondido pelas mães. Para tanto, foram realizadas 3 pesquisas: duas de campo - em que foram avaliadas as técnicas de controle preventivo utilizadas pelas mães e a sua relação com o julgamento moral dos filhos - e uma de campo e laboratório - em que foi verificada a validade do questionário. Participaram do primeiro estudo 110 díades de mães-filhos; do segundo, 222 díades; do terceiro, 72 mães, das quais 22 foram observadas com seus filhos em situação de laboratório. A idade das crianças variou de 5 a 11 anos. As mães responderam a um questionário sobre técnicas de controle e as crianças a dilemas morais. As respostas das mães mostraram a existência de dois fatores, que foram considerados como controle interno e externo. O controle interno, de uma forma geral, associou-se a um nível mais elevado de desenvolvimento moral do que o controle externo. Os comportamentos das mães no laboratório foram consistentes com suas respostas aos questionários.<hr/>This study had 3 goals. The first aim was to explore maternal practices of social control used by mothers to avoid undesirable behavior of their children. The second goal was to investigate the relationship between maternal practices of social control and children's moral judgement. The last goal was to validate mothers' answers on maternal practices of social control. In order to attain these goals, field and laboratory studies were conducted: two field studies evaluated the preventive control techniques used by mothers and the relationship of these techniques with the moral judgement of their children. In a third study (field and laboratory studies) the questionnaire answeredd by mothers was validated. The first study had 110 mother-child dyads. The second study had 222 mother-child dyads. The third study had 72 mother-child dyads, 22 of which were observed with their children during a laboratory situation. The children's age varied from 5 to 11 years old. The mothers' answers showed the presence of two factors considered as inner and external controls. The inner control was associated to a higher level of moral judgement than the external. Mothers' behavior in the laboratory showed consistency with their answered in the questionnaire. <![CDATA[<b>Barriers to personal creativity among elementary to higher education teachers</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-79722003000100007&lng=en&nrm=iso&tlng=en Este estudo investigou distintas modalidades de barreiras à expressão da criatividade pessoal em uma amostra de 544 professores, que atuavam desde o ensino fundamental até o ensino superior. O Inventário de Barreiras à Criatividade Pessoal, construído e validado pela primeira autora, foi utilizado para coleta de dados. Este instrumento inclui itens relativos a quatro modalidades de barreiras: Inibição/Timidez, Falta de Tempo/Oportunidade, Repressão Social e Falta de Motivação. Diferenças significativas foram observadas entre professores do sexo masculino e feminino em Repressão Social, e, entre professores de diferentes níveis de ensino, nas barreiras denominadas Inibição/Timidez e Repressão Social. Os resultados apontam distintas barreiras que se referem direta ou indiretamente aos motivos, meios e oportunidades para a expressão da criatividade pessoal, sinalizando a necessidade de estratégias que ampliem as possibilidades de expressão criativa em professores.<hr/>This study investigated different types of barriers to the expression of personal creativity among 544 elementary to higher education teachers. The Personal Creativity Barriers Inventory, designed and validated by the first author, was used to collect the data. This instrument includes items related to four types of barriers: Inhibition/Shyness, Lack of Time/Opportunity, Social Repression, and Lack of Motivation. Significant differences were found between male and female teachers in Social Repression, and among teachers from different grade levels in the barriers named Inhibition/Shyness and Social Repression. The results indicate different barriers that refer directly or indirectly to the motives, means, and opportunities for personal creativity expression, suggesting the need for strategies that increase the possibilities of teachers' creative expression. <![CDATA[<b>Effects of differential observing responses on the learning of conditional relations with complex stimuli</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-79722003000100008&lng=en&nrm=iso&tlng=en Este estudo avaliou se relações entre os componentes do estímulo modelo complexo exerceriam controle condicional em tarefas de matching-to-sample simultâneo. Na Fase 1, 3 crianças com necessidades especiais de ensino foram expostas ao treino das relações A1B1 e A2B2 e ao teste das respectivas relações simétricas. Em seguida, as contingências de treino exigiram respostas de observação diferenciais que consistiram no estabelecimento de relações condicionais de identidade entre estímulos complexos (relações AB-AB) precedendo o acesso ao treino das relações condicionais ABX. Neste treino, diante de estímulos modelos complexos cujos componentes sustentavam condicionalidade treinada (A1B1 e A2B2), X1 foi o estímulo de escolha correto; X2 exerceu esta função quando os componentes do estímulo modelo não sustentavam tal relação (A1B2 e A2B1). Na Fase 2, ocorreria o treino PQ, testes QP e PQX que avaliariam a extensão do controle condicional definido pelas relações entre os estímulos P e Q. As três crianças registraram a aprendizagem das relações AB, a emergência das relações simétricas e índices elevados de acerto nas respostas de observação diferenciais, ou seja, no estabelecimento das relações condicionais de identidade com estímulos complexos. Contudo, as três demonstraram relações de controle distintas das previstas no treino ABX, sendo, portanto, o experimento finalizado na Fase 1. Tais resultados sugerem uma independência funcional entre as habilidades discriminativas exigidas nas duas contingências de ensino de relações condicionais com estímulos modelo complexos.<hr/>This study evaluated if relations between components of complex sample stimuli would have controlled conditional responding in identity and arbitrary simultaneous matching-to-sample tasks. In Phase 1, 3 children with educational special needs were trained to select stimulus B1 in the presence of stimulus A1, and select B2 in the presence of A2 (AB conditional relations); then symmetrical BA relations BA were tested. Afterwards they were exposed to differential observing response procedure that prompted children to make simultaneous identity matching responses with complex sample and comparison stimuli (AB-AB relations). In the sequence, the ABX conditional relations were trained. One stimulus in set A and another in set B appeared together as a sample, and two novel stimuli were the comparisons. Selection of X1 was reinforced if the two stimuli in the AB complex sample had been related in the previous training, and selection of X2 was reinforced if the components of AB sample had not been conditionally related. In Phase 2, PQ and QP conditional relations had been trained and tested, respectively. The aim of PQX tests was evaluated if selection of X1 and X2 would have been controlled by conditional or non-conditional relations between P and Q stimuli as complex sample. All children who learned AB conditional relations, showed BA symmetrical emergency, and obtained high accuracy level at differential observing response, namely they demonstrated AB-AB identity matching-to-sample. Differently neither of them met learning criterion on ABX training. Then the experiment was stopped in Phase 1. In addition to literature data, these results demonstrated functional independency between discriminative skills required by the two teaching contingencies of conditional relations with complex stimuli. <![CDATA[<b>Radical Behaviorism as philosophy of mind</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-79722003000100009&lng=en&nrm=iso&tlng=en O Behaviorismo Radical de B. F. Skinner é constantemente acusado de eliminar a mente de sua explicação do comportamento humano. Uma análise do livro The Concept of Mind, de Gilbert Ryle, sugere a possibilidade de defender a existência de uma mente relacional, diferente da categoria de existência da mente defendida em interpretações cartesianas (mente substancial). A análise de alguns textos de Skinner sugere que o conceito de uma mente relacional também pode ser defendido no Behaviorismo Radical. Esse fato, culminaria na possibilidade de que, além de filosofia da Ciência do Comportamento, o Behaviorismo Radical, também pode ser uma filosofia da mente, o que traria conseqüências ao estudo e à aplicação da Análise do Comportamento.<hr/>B. F. Skinner's Radical Behaviorism has been repeatedly accused of eliminating the mind from its explanation of human behavior. An analysis of Gilbert Ryle's book, The Concept of Mind, suggests the possibility of defending the existence of a relational mind, different from the category of existence of mind defended in Cartesian interpretations (substantial mind). The analysis of some texts of Skinner suggests that the concept of a relational mind can also be defended in Radical Behaviorism. This fact would lead to the possibility that, beyond a philosophy of Behavior Science, Radical Behaviorism may also be a philosophy of mind, which would bring consequences to the study and application of Analysis of Behavior. <![CDATA[<b>A study of prejudice from a social representation perspective</b>: <b>analysis of the influence of a justifying discourse on racial prejudice discrimination</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-79722003000100010&lng=en&nrm=iso&tlng=en Este artigo analisa, na perspectiva das representações sociais, a influência de um discurso justificador da discriminação sobre o preconceito racial. Em um experimento (N = 120) que apresenta um cenário onde a gerente de uma loja contrata uma moça branca, discriminando uma negra, metade dos participantes (grupo experimental) recebeu um discurso justificando a discriminação. Os resultados mostram a representação da decisão da gerente organizada por dois princípios: avaliação profissional e percepção de justiça. Os participantes que tiveram acesso ao discurso justificador consideraram que a atuação da gerente foi mais profissional e menos injusta do que os participantes do grupo de controle. Os membros do grupo experimental tendem a contratar a moça branca, enquanto os membros do grupo de controle não apresentam preferência pela cor da pele na contratação. A discussão apresenta o preconceito moderno como o resultado dos discursos ideológicos produzidos por grupos majoritários para justificar a sua situação social.<hr/>This paper analyses the influence, from a social representations view, of a justifying discourse about racial prejudice. In an experiment (N = 120), it was presented to participants a scenario where a shop manager hires a white girl discriminating a black one. Half of participants also received a discourse justifying the manager's decision. The results show that the representation of that decision is organized in two principles: professional evaluation and justice perception. The participants who had access to the justifying discourse considered the manager's decision as been more professional and less unfair than the participants who did not see that discourse. The former group was also more tended to hire the white girl, while the other group did not show a racial preference. The discussion presents modern prejudice as a result of ideological discourses produced by majority groups to justify their social position. <![CDATA[<b>Metacognition</b>: <b>a support to the learning process</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-79722003000100011&lng=en&nrm=iso&tlng=en O presente artigo, a partir de uma incursão pela literatura, visa contribuir para a clarificação do conceito de metacognição. Neste sentido, procura evidenciar o papel das estratégias metacognitivas na potencialização da aprendizagem, ou seja, no desenvolvimento pelo aluno de modos eficazes para lidar com a informação proveniente do meio e com os próprios processos de pensamento. Argumenta-se que apesar da polêmica acerca do conceito de metacognição, é inegável a sua contribuição para a aprendizagem, uma vez que os treinos que contemplam atividades metacognitivas têm produzido melhores resultados no que se refere a realização escolar.<hr/>Based on literature review, this article aims to contribute to the clarifaction of the concept of metacognition. Therefore, it tries to highlight the role of metacognitive strategies to the development of effective ways of dealing with information from the enviroment and with their own thinking processes. It is argued that although there is a controversy over the concept of metacognition, it is unquestionable that it contributes to the learning processes since the training which involves metacognitive activities resulted in better school achievements. <![CDATA[<b>The transmission of play culture</b>: <b>some research possibilities</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-79722003000100012&lng=en&nrm=iso&tlng=en Este trabalho esboça possibilidades de investigar fatores relacionados à transmissão da cultura do brinquedo. A brincadeira pressupõe uma aprendizagem social, aprendem-se as formas, o vocabulário típico, os tipos de interações condizentes, as regras, o momento de enunciá-las etc. A investigação de tais categorias e dos fatores envolvidos em sua produção é importante para uma melhor descrição da brincadeira e da ocorrência de aprendizagem em situação natural e também para criar indicadores para a compreensão das relações entre os membros dos grupos de crianças, da socialização, da constituição do sujeito e da transmissão da cultura.<hr/>This article outlines possibilities of investigating factors related to the transmission of play culture. Play is actively implicated in social learning, where, among other things, routines, vocabulary, types of rules and a interactions are learned. We believe that a thorough investigation of these factors, as well as a study of these play-related categories are important. Not only because they provide opportunities for a complete description of play and occurrence of learning in a natural setting, but also because they serve as indicators for understanding the relationships between groups of children, their socialization, and involvement as agents of cultural transmission. <![CDATA[<b>Teenagers's attitudes of delinquency as social representations</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-79722003000100013&lng=en&nrm=iso&tlng=en Esta pesquisa apresenta a avaliação de 18 infrações que 480 adolescentes realizaram numa escala de 6 pontos. Análises de correspondência entre as formas de avaliar as infrações e várias características da amostra evidenciaram que os meninos, os adolescentes de escolas particulares e os de melhor renda tenderam a avaliar as infrações com mais notas médias que altas e atribuíram às infrações que ameaçam a vida humana as notas mais altas. As meninas, os adolescentes de classes sociais mais baixas tenderam a atribuir notas mais altas a todas as infrações, avaliando-as mais severamente. Os dados foram discutidos com base na teoria de Representação Social.<hr/>This work presents the evaluation of 18 infringements that 480 teenagers carried out in six-point a scale correspondence analysis revealed that boys, teenagers of private schools and those of highest income have a tendency to evaluate the infringements with more average marks than high marks and atribute the highest marks to the infringements that threaten human life. Girls, lower class teenagers have a tendency to atribute higher marks to all infringements, evaluating them more severely. Data were discussed taking into account the Theory of Social Representation (Moscovici, Jodelet, Doise). <![CDATA[<b>Maternal responsiveness</b>: <b>a review of the literature and a conceptual discussion</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-79722003000100014&lng=en&nrm=iso&tlng=en O presente artigo tem dois objetivos principais: fornecer um panorama das pesquisas sobre responsividade materna e discutir criticamente este conceito. Foi realizada uma busca sistemática em uma base de dados bibliográficos internacional (PsycInfo - APA). Os registros de artigos publicados entre 1967 e 2001, que continham qualquer um dos cinco termos selecionados (Ex.: maternal responsiveness) foram sistematicamente identificados, analisados e classificados. Ao todo foram identificados 231 registros de artigos. Foram ainda realizadas buscas em duas bases de dados nacionais, onde cinco trabalhos foram identificados. As pesquisas identificadas são analisadas considerando diferentes aspectos (Ex.: enfoque, fundamentação teórica, níveis de análise, áreas de investigação). As conclusões apontam, principalmente, para três questões: 1) a necessidade de considerar variáveis como suporte social e variações culturais; 2) possível integração do tema à abordagem sociocultural; 3) necessidade de pesquisas brasileiras sobre o tema.<hr/>The present article had two main objectives: To supply an overview of the research on maternal responsivity and to present a discussion of the concept of maternal responsivity. A systematic search on an international bibliographic database (PsycInfo - APA) was conducted. Records of articles published between 1967 and 2001, that contained any of the five selected key phrases (e.g. maternal responsiveness), were systematically identified and analyzed. A total of 231 articles were identified. Systematic searches on two Brazilian databases were also conducted and five works were identified. The identified articles were analyzed taking into account different aspects (e.g. approaches, theoretical basis, level of analysis, investigation areas). The conclusions point to three issues: 1) the necessity to account for variables such as social support and cultural differences in researches on maternal responsivity; 2) the possible integration of this theme into the sociocultural approaches; 3) the necessity of more Brazilian research. <![CDATA[<b>Social representations of human development</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-79722003000100015&lng=en&nrm=iso&tlng=en Nesse estudo, interessou-nos conhecer os elementos das representações sociais do desenvolvimento humano em suas diferentes fases. Foi realizado um estudo orientado metodologicamente pela Teoria do Núcleo Central. Um questionário de categorização foi preenchido por 210 educadores distribuídos em quatro subgrupos (60 educadores de crianças, 60 de adolescentes, 60 de adultos e 30 de idosos). Além dos elementos constituintes das representações de desenvolvimento, esse estudo permitiu-nos identificar sua organização interna. Nossos resultados mostram que a criança foi associada com brincadeiras, inocência e dependência; o adolescente com transformações no corpo, crises existenciais e sexualidade; o adulto com produtividade, trabalho, estabilidade e, o idoso com sabedoria e experiência.<hr/>The aim of this study was to identify elements of social representations about life-span development, guided by the Theory of the Central Core. A questionnaire was filled out by 210 educators, distributed in four groups (60 children educators, 60 adolescent educators, 60 adult educators and 30 senior citizen educators). The study allowed the idenfication of elements of social representations about development and its internal organization. The results indicated that the child was associated with games, innocence and dependence; the adolescent with body transformations, existencial crisis and sexuality; the adult with productivity, work, stability and the senior citizen with wisdom and experience. <![CDATA[<b>Description of some variables in a behavior analytic therapy supervision procedure</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-79722003000100016&lng=en&nrm=iso&tlng=en Neste trabalho foi realizado um estudo descritivo da interação verbal livre e contínua entre um supervisor de terapia e um terapeuta iniciante, com o objetivo de identificar variáveis envolvidas no procedimento de supervisão adotado. O comportamento verbal dos participantes foi dividido em classes funcionais de respostas, denominadas "categorias de verbalizações", a partir das quais todas as respostas vocais puderam ser classificadas. Os resultados mostraram uma regularidade no comportamento do supervisor, enquanto os comportamentos do terapeuta e do cliente apresentaram alterações ao longo dos encontros de supervisões e das sessões terapêuticas. A análise da interação verbal livre em uma díade permitiu fazer inferências acerca de algumas variáveis de controle neste tipo de interação.<hr/>In this work an analysis of a free, ongoing verbal interaction between therapy supervisor and a beginning therapist was carried out aiming to identify variables involved in the supervision procedure adopted. The participant's verbal behavior was divided into functional classes of responses, named "verbalizations categories", from which all vocal responses could be classified. The results showed a regularity in the supervisor verbal behavior, while the therapist's and client's behavior showed changes along supervision meetings and therapy sessions. The analysis of a free verbal interaction in a dyad allowed to make inferences about some controlling variables in this sort of interaction. <![CDATA[<b>Conceptual problems with the intellectualistic doctrine</b>: <b>implications to some cognitive explanations</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-79722003000100017&lng=en&nrm=iso&tlng=en A doutrina intelectualista de Descartes consiste, em parte, na crença de que para que as pessoas executem adequadamente uma tarefa, elas devem antes refletir sobre as regras de bom desempenho que se aplicam à tarefa. Neste sentido, um bom desempenho em qualquer tarefa dependeria sempre da consciência, por parte do indivíduo, das prescrições para a ação, sendo consciência entendida como um processo interno, isento de erros quanto à sua capacidade de perceber o fluxo da vida mental, de admitir para si mesmo certas prescrições acerca do que vai ser feito. De acordo com essa interpretação da doutrina, os episódios da vida imaterial, como pensar e julgar, seriam responsáveis pelas ações, os episódios da vida material. Um dos problemas relacionados com esta doutrina intelectualista, de acordo com Ryle, é que muitas ações ditas inteligentes não são precedidas por quaisquer conhecimentos anteriores dos princípios que se lhes aplicam. Outro problema mais relevante se refere ao fato de tal doutrina gerar uma regressão teórica infinita, isto é, se ações inteligentes são necessariamente precedidas por considerações teóricas inteligentes, estas, para serem inteligentes, teriam que ser também precedidas por outras considerações teóricas inteligentes. Visto que a psicologia cognitiva, representada por exemplo por teorias de processamento de informação, sofreu influência da doutrina intelectualista, as críticas mencionadas podem ser também aplicadas a ela. Sugere-se que uma análise dos usos dos conceitos psicológicos na linguagem cotidiana pode ser útil para a solução de algumas dessas dificuldades conceituais.<hr/>Descartes´ intellectualistic doctrine consists in part in the belief that in order for people to adequately execute a task, they first have to reflect on the rules of good performance that apply to that task. Therefore, good performance on any task would always depend on the individual's consciousness of the prescriptions for the actions, consciousness being understood as an internal process, free from mistakes concerning its ability to perceive the flow of mental life, of admitting for oneself certain prescriptions about what will be done. According to this doctrine's interpretation, immaterial life episodes, such as thinking and judging, would be responsible for actions, material life episodes. One of the problems related to this intellectualistic doctrine, according to Ryle, is that many of the so-called intelligent actions are not preceded by any previous knowledge of the applicable principles. Another more relevant problem refers to the fact that such doctrine may generate an infinite theoretical regression, that is, if intelligent actions are necessarily preceded by intelligent theoretical considerations, the latter, in order to be considered intelligent, would also have to be preceded by other intelligent theoretical considerations. Since Cognitive Psychology, represented for example by information processing theories, was influenced by the intellectualistic doctrine, the criticism mentioned previously can also be applied to it. It is suggested that an analysis of the uses of psychological concepts in ordinary language may be useful in solving some of these conceptual difficulties. <![CDATA[<b>Psychometric parameters</b>: <b>comparative study between intelligence and personality tests</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-79722003000100018&lng=en&nrm=iso&tlng=en A validade e a precisão de testes psicológicos vêm sendo bastante questionadas e discutidas atualmente. O presente estudo teve como objetivo avaliar a validade, a precisão e a existência de padronização brasileira em 43 testes psicológicos comercializados no Brasil, sendo 22 de inteligência e 21 de personalidade. Os testes foram comparados quanto ao período de publicação no Brasil. Os resultados indicaram que existe maior número de instrumentos publicados nas décadas de 1980 e 1990, que os testes de inteligência apresentam mais estudos de padronização, validade e precisão, embora não tenha havido diferença significante entre os grupos de testes (inteligência e personalidade). Novos estudos devem ser desenvolvidos com o intuito de promover os testes psicológicos e a área de avaliação psicológica, como um todo.<hr/>Nowadays, the validity and the reliability of psychological tests are being very questioned and discussed. The current study aims to evaluate the validity, the reliability and the existence of Brazilian standardization in 43 psychological tests commercialized in Brazil, being 22 of intelligence and 21 of personality. The tests have been compared concearning the publication period in Brazil. The results have indicated that there is a bigger number of instruments published in the 1980´s and 1990´s, that the intelligence tests present more studies of standardization, validity and reliability, even though there hasn´t been significant difference among the groups tests (intelligence and personality). New studies must be developed aiming to promote the psychological tests and the area of psychological assessment, as a whole. <![CDATA[<b>Preliminary reduction of items of PTS version 7 to 14 years</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-79722003000100019&lng=en&nrm=iso&tlng=en A Pavlovian Temperament Survey - PTS foi desenvolvida para avaliar a expressão comportamental das propriedades do Sistema Nervoso Central. Este estudo teve como objetivo iniciar o processo de aferição e redução de itens da PTS, versão 7 a 14 anos. Participaram da amostra 124 sujeitos de 7 a 14 anos, de ambos os sexos, os quais tiveram suas características temperamentais avaliadas pela PTS. O processo de redução e aferição constou de duas etapas: análise da correlação item total e análise fatorial exploratória. Resultados obtidos indicaram a permanência de 107 itens do total de 252 que inicialmente compunham a escala: 35 itens em FE (38,8%), 42 em FI (50%) e 30 em MO (38,4%). Novos estudos se fazem necessários para uma melhor adequação dos itens ao contexto brasileiro, com ampliação da amostra para dar continuidade ao processo de aferição e redução de itens da PTS versão 7 a 14 anos.<hr/>The Pavlovian Temperament Survey - PTS was developed to evaluate the behavioral expression of Central Nervous System properties. This study aimed to begin the assessment process and reduction of PTS's items, version 7 to 14 years. A sample of 124 subject aged 7 to 14, of both sexes, who had their temperamental characteristics evaluated for PTS took part in the study. The reduction process and assessment consisted of two stages: analysis of the correlation total item and exploratory factorial analysis. The results pointed to the permanence of 107 items of the total of 252 that initially composed the scale: 35 items in FE (38,8%), 42 in FI (50%) and 30 in MO (38,4%). New studies are necessary for a better adaptation of the items to the Brazilian context, with extension of the sample to give continuity to the assessment process and reduction of PTS's items version 7 to 14 years. <![CDATA[<b>Social influence, attribution of causality, and judgments of responsibility and justice</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-79722003000100020&lng=en&nrm=iso&tlng=en Estudos anteriores demonstraram que comportamento antinormativo, causado por influência social derivada dos poderes de recompensa, informação e referência, é percebido como mais interno e mais controlável, e seu autor visto como mais responsável, do que quando ele deriva dos poderes de conhecimento, legitimidade ou coerção. Esta pesquisa constitui uma réplica desses estudos, acrescida de refinamento metodológico para a equalização da força das bases de poder, e de investigação do efeito da influência decorrente dessas bases nos julgamentos de justiça da punição ao autor. Participaram 84 universitários, metade na condição de desfecho positivo e metade na de desfecho negativo. Os resultados replicaram achados anteriores e revelaram que punição severa é considerada mais justa quando a transgressão resulta das bases de poder que eliciam comportamentos percebidos como mais internos e controláveis. Discutem-se os resultados em termos de sua relevância para melhor entendimento de fenômenos como obediência, dissonância cognitiva, comportamento criminoso e justiça retributiva.<hr/>Previous studies have convincingly demonstrated that transgressional behavior caused by social influence based on reward, informational and referent power is perceived as more internal and more controllable, and the perpetrator seen as more responsible, than similar behavior caused by the use of expert, legitimate or coercive power. This research replicates these studies, adds a methodological refinement by equalizing the strength of power bases, and investigates the effect of power bases on judgments of justice of the punishment applied to the transgression. Eighty four College students served as participants, randomly assigned to two experimental conditions (Good Outcome and Bad Outcome Conditions). The results replicated those found in previous studies and showed that severe punishment is considered more fair when the transgression results from power bases that lead to behavior perceived as more internal and more controllable. They are discussed in terms of their relevance to obedience, cognitive dissonance, criminal behavior, and retributive justice. <![CDATA[<b>The evaluation of preschoolers' interaction in the playground</b>: <b>an environmental psychology approach</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-79722003000100021&lng=en&nrm=iso&tlng=en O estudo dos aspectos físico-espaciais dos ambientes e suas relações com a subjetividade e o comportamento humanos têm sido cada vez mais investigados pela psicologia. Assim, este estudo investigou a relação entre os pátios de duas escolas infantis municipais de Porto Alegre e a interação de 50 crianças de 5 a 6 anos que frequentavam a escola. Estas foram observadas nos pátios das escolas, os quais apresentavam diferenças em termos de área, densidade de crianças e materiais. Foram observados os tipos de brincadeiras e brinquedos utilizados pelas crianças e os tipos de interações estabelecidos entre elas. Os resultados, provenientes de análises quantitativas, mostraram que as crianças estabeleceram mais interações associativas e paralelas no pátio grande e mais do tipo desocupada e solitária no pátio pequeno. Quanto ao tipo de brinquedo, no pátio grande a associação desse aspecto com os tipos de interação foi menor do que no pátio pequeno. Houve maior associação entre as interações e os tipos de brincadeiras no pátio pequeno. Concluiu-se que, com relação aos aspectos ambientais, o pátio grande favorece uma maior variação de interações.<hr/>The physical-spatial aspects of environments and their relation to subjectivity and human behavior have been increasingly studied by psychologists. Thus, this study investigated the relationship between playgrounds of two public preschools of Porto Alegre and the interaction of 50 5 to 6 year-old children who were enrolled in these schools. Children were observed at the playgrounds, which presented differences in terms of area (size), density and materials. The interaction states observed were related to types of play and toys used. Results drawn from quantitative analyses showed that children established more associative and parallel interaction states in the large playground, and unoccupied and solitary in the small playground. As for the type of toy, the association of this aspect with the interaction in the large playground was smaller than in the small one. A higher association between interactions and types of play in the small playground was found. The study shows that concerning environmental aspects the large playground favors a variety of interactions states. <![CDATA[<b>Guilt and enjoyment, psychoanalysis and literature</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-79722003000100022&lng=en&nrm=iso&tlng=en Neste artigo faz-se uma releitura do conhecido trabalho de Freud, Dostoyevski e o parricídio (1927), a partir da articulação que Lacan realiza sobre a culpa em seu Seminário V, As formações do inconsciente. A suposta epilepsia de que Dostoyevski seria acometido, é questionada por Freud que entende os "ataques" do escritor russo como resultado de uma identificação histérica com o pai morto. Implicada nesta interpretação, está a questão da culpa pelo assassinato do pai. Contudo, pode-se reler a interpretação freudiana a partir da formulação lacaniana de que, uma demanda de morte endereçada ao Outro implica na morte do próprio sujeito. Ao final do artigo discute-se a culpa na histeria e na obsessão, propondo-se também que a questão do estilo perpassa tanto a criação literária quanto o diagnóstico clínico.<hr/>In this article, a re-reading of the well-known work by Freud, Dostoyevski and parricide (1927) is carried out, departing from the considerations about guilt made by Lacan in his Seminar V, The formations of the unconscious. The presumed epilepsy, of which Dostoyevski might have suffered, is questioned by Freud who understands the "attacks" of the Russian writer as a result of a hysterical identification with his dead father. In this interpretation, the issue of the guilt for the father's murder is implied. However, it is possible to re-read Freud's interpretation from Lacan's argument that a death claim addressed to the Other causes the death of the subject himself. The end of the article discusses guilt in hysteria and obsession, proposing, also, that the issue of style has to do with the literary creation as well as the clinical diagnosis.