Scielo RSS <![CDATA[Psicologia: Reflexão e Crítica]]> http://www.scielo.br/rss.php?pid=0102-797220110001&lang=en vol. 24 num. 1 lang. en <![CDATA[SciELO Logo]]> http://www.scielo.br/img/en/fbpelogp.gif http://www.scielo.br <![CDATA[<b>Editorial</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-79722011000100001&lng=en&nrm=iso&tlng=en <![CDATA[<b>Associations between self-efficacy to occupational activities and interests in adolescents</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-79722011000100002&lng=en&nrm=iso&tlng=en O objetivo desse estudo foi analisar a relação entre a auto-eficácia para atividades ocupacionais e suas fontes e interesses, construtos importantes no contexto da Orientação Profissional. Participaram da pesquisa 289 adolescentes, do estado de São Paulo, que responderam a Escala de Auto-eficácia para Atividades Ocupacionais-EAAOc e o Self-Directed Search e 107 alunos que responderam a EAAOc e a Escala de Aconselhamento Profissional. Houve correlações significativas entre auto-eficácia e interesses (r entre - 0,25 e 0,27). A auto-eficácia Realista e Social, juntamente com a variável sexo, apresentou capacidade preditiva significativa para os respectivos tipos de interesses. É discutida a coerência da associação entre os tipos de auto-eficácia para atividades ocupacionais e os respectivos tipos de interesses.<hr/>The aim of this study was to analyze the association between self-efficacy for occupational activities and its sources and interest, which are important constructs for Vocational Guidance. Two hundred eighty nine adolescents answered the Self-efficacy Scale for Occupational Activities (SSOA) and the Self-Directed Search, and 107 answered the SSOA and the Professional Counseling Scale. All participants lived in São Paulo at the moment of the survey. There were significant correlations between self-efficacy and interests (r ranging from -0.25 to 0.27). Realistic and Social self-efficacy combined with gender showed a significant predictive power to their respective types of interest. We discussed the coherence between self-efficacy for occupational activities and their respective interests. <![CDATA[<b>Rorschach and the WAIS-III after one and two years of psychotherapy</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-79722011000100003&lng=en&nrm=iso&tlng=en This study aimed at identifying what aspects of personality are modified after one and two years of psychoanalytic psychotherapy in adults attending a free university healthcare service in São Paulo, Brazil. The instruments were the Rorschach and the WAIS-III tests which were administered before and after one and two years of treatment. The participants were 34 adult individuals, both genders. After one year of psychotherapy in the Rorschach method there was an increase in effective and adaptive interpersonal relationship, an enhancement in sensitiveness related to the capacity of modulating affect, the need for close contact as well as the arousal of feelings of discomfort associated with intensification of self-regard, and a decrease in narcissistic tendencies. As well as in WAIS-III, there was an increase in motivation, attention and speed processing.<hr/>O estudo teve por objetivo identificar quais aspectos da personalidade são modificados após um e dois anos de psicoterapia psicanalítica em adultos atendidos em um serviço público de saúde mental de uma universidade em São Paulo, no Brasil. Os instrumentos utilizados foram o Rorschach e a Escala de Inteligência Wechsler para adultos (WAIS-III), os quais foram administrados antes e após um e dois anos de tratamento. Os participantes foram 34 indivíduos adultos, de ambos os sexos. No Rorschach, após um ano de psicoterapia, ocorreu melhora da relação interpessoal adaptada e efetiva, melhora na sensibilidade relacionada à capacidade de modular afeto e da necessidade de contato mais próximo, e surgimento de sentimentos de desconforto associados à intensificação de auto-observação e diminuição de tendências narcisistas. No WAIS-III houve aumento de motivação, melhora atencional e de velocidade de processamento. <![CDATA[<b>Validation of the Learning Approach Scale (LAS) in a Brazilian sample</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-79722011000100004&lng=en&nrm=iso&tlng=en O presente estudo teve como objetivo validar a Escala de Abordagens de Aprendizagem (EABAP), construída para mensurar a dimensão Superficial e Profunda, em uma amostra brasileira. Fizeram parte da pesquisa 716 estudantes do ensino fundamental e médio de uma escola de Belo Horizonte. A análise fatorial exploratória foi utilizada para a identificação das dimensões e seleção dos melhores itens. Dos 27 itens estipulados, foram mantidos 17. A Análise Fatorial Confirmatória indicou a adequação da solução de um fator geral e de dois fatores específicos que representam a Abordagem Superficial e a Profunda (χ2=281,50; gl=116; CFI=0,94; GFI=0,95 e RMSEA=0,05). São discutidas implicações dos resultados para a teoria das abordagens, assim como algumas potencialidades do EABAP para a Psicologia Educacional.<hr/>The main objective of the current study is to build and validate the Learning Approach Scale (LAS), which was developed to assess the deep and surface dimensions in a Brazilian sample. Seven hundred sixteen participants from junior and high schools in the city of Belo Horizonte took part in the research. The exploratory factor analysis was used to identify those dimensions and to select the best items. Only 17 items were kept from the 27 original ones. By the Confirmatory Factor Analysis it was possible to identify the adequacy of one general and two specific factors, the latter representing the deep and surface approaches (χ2=281.50; gl=116; CFI=0.94; GFI=0.95 and RMSEA=0.05). The implications of the results for the theory of approaches and the application of the scale in the Educational Psychology field are discussed. <![CDATA[<b>Sons and daughters' perception of parents as a couple</b>: <b>distinguishing characteristics of a measurement model</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-79722011000100005&lng=en&nrm=iso&tlng=en Perceptions and memories that youths may have of their parents' marital relationship were addressed by a self-report questionnaire, composed by 26 Likert scale items which were taken to constitute the "Perception of Parents as a Couple" instrument. Answers from 1,612 male and female youths produced a matrix of non-negative correlations. The sample was randomly split into calibrating and validating subsamples of 806 people each. Exploratory factor and principal component analyses present a circular plot of loading s after the first and second extractions. In the latter, pairs of similar magnitude, but of opposing signs, not only convey theoretical meaning, but also entail an order - Guttman's circular law of order. A specification search, through a confirmatory factor analysis, performed under a measurement model presenting three pairs of opposing-signs and cross-loaded variables, generated a downward chi-square value for each indicated parameter respecification. Following that ordered list top-down, ten other items were specified to cross-load in the model. Once tested, running the validating subsample data, satisfactory fit indices were obtained. We propose the Möbius strip as a functional analogue to model this kind of circular ordering. Finally, we nominate two theoretical orientations for further research on the explanation of results - the generational psychic transmission reviewed in the introduction contrasted to the cognitive unconscious theory.<hr/>Percepções e memórias que os jovens tenham das relações conjugais de seus pais foram investigadas por um questionário auto-aplicável, no qual 26 itens tipo Likert constituíram o instrumento sobre a Percepção dos Pais na Conjugalidade. Respostas de 1.612 jovens adultos produziram uma matriz de correlações não-negativas. A amostra foi dividida aleatoriamente em subamostras de calibração e de validação, com 806 pessoas cada. Análises exploratórias fatoriais e de componentes principais apresentam um gráfico de cargas de forma circular, após a primeira e a segunda extração. Nesta última, pares de magnitude similar, mas de sinais opostos, não apenas expressam significado teórico, mas acarretam uma ordem - a lei da ordem circular de Guttman. Uma busca de especificação, por meio de análise fatorial confirmatória executada sob um modelo de medida apresentando três pares de variáveis de carga cruzada e sinais opostos, apresentou um valor de qui-quadrado, classificado do maior para o menor, para cada re-especificação de parâmetro indicada. Seguindo esta lista de cima para baixo, mais dez itens foram especificados para cruzamento de carga no modelo. Uma vez testado, processando os dados da subamostra de validação, resultam índices de ajuste satisfatórios. Propomos a fita de Möbius como um análogo funcional para modelar esse tipo de ordenação circular. Finalmente, nomeamos duas orientações teóricas para a pesquisa posterior acerca da explanação dos resultados - a transmissão psíquica geracional revista na introdução, contrastada com a teoria do inconsciente cognitivo. <![CDATA[<b>Concept development by children with cerebral palsy</b>: <b>a study about the influence of playful activities</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-79722011000100006&lng=en&nrm=iso&tlng=en O objetivo deste trabalho foi investigar a influência de atividades lúdicas no processo de formação de conceitos espontâneos por crianças com seqüelas de paralisia cerebral. Participaram da pesquisa sete crianças, que foram submetidas a um pré-teste de conceitos espontâneos, sessões individuais de atividades lúdicas que envolviam alguns dos conceitos avaliados e reaplicação do teste inicial a fim de avaliar o grau de desenvolvimento dos conceitos. Todas as crianças participantes desenvolveram ao menos um dos conceitos mais vivenciados nas sessões de atividades lúdicas, além de terem desenvolvido outros conceitos espontâneos não avaliados por meio dos testes.<hr/>The objective of this research was to investigate the influence of playful activities in the process of developing basic concepts by children with cerebral palsy. The subjects were seven children who have been submitted to a pre-test of basic concepts; individual sessions of playful activities, which involved some of the evaluated concepts; and a second administration of the initial test in order to assess the degree of learning of such concepts. Every child has learned at least one of the concepts involved in the sessions of playful activities. They have also learned other concepts not evaluated by basic concepts tests. <![CDATA[<b>What is emotion?</b> <b>searching the organizational structure of children's concept of emotion</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-79722011000100007&lng=en&nrm=iso&tlng=en A realização do presente estudo teve como objetivo principal investigar a organização estrutural do campo semântico conceitual da emoção em crianças em uma perspectiva êmica. Participaram desta pesquisa 247 crianças de escola pública e particular, com idades entre sete e 12 anos. Foram aplicadas as técnicas de associação livre de palavras (emoção) e duas perguntas (freqüência das emoções e o que sabiam sobre emoção). Essa ultima questão apontou que a maioria das crianças respondia relacionando emoções a sentimento, a coisas que sentem no coração. Elas também traziam exemplos de acontecimentos positivos e negativos, citavam emoções específicas, principalmente as classificadas como primária, pelos teóricos da área. Na questão relativa à freqüência destas emoções em sua vida as crianças apontaram alegria, felicidade e tristeza como as emoções mais vivenciadas no seu dia a dia. Na associação livre, as emoções primárias apareceram de forma predominante, destacando-se em primeiro lugar a alegria, seguida da tristeza, felicidade, raiva, medo e amor respectivamente. Emoções mais elaboradas, consideradas secundárias, também foram encontradas como saudade, ódio, paz, ansiedade, etc. Para verificar a organização estrutural do campo semântico conceitual, as categorias produzidas através da associação livre foram analisadas também por meio da Análise da Estrutura de Similaridade (SSA). Em seguida, para verificar a relação entre a estrutura decorrente do campo semântico encontrado e as variáveis idade, sexo, e tipo de escola, os dados foram analisados através do método das "variáveis externas como pontos". Regressões múltiplas foram também computadas. Foi encontrado que o tipo de escola e, sobretudo, a idade desempenharam um papel relevante em influenciar de forma significativa a organização estrutural do campo semântico conceitual das emoções, que apresentou uma estrutura ordenada de tipo modular.<hr/>The main aim of this study was to investigate the structural organization of the semantic concept of emotion in children based on an emic perspective. A free word association (emotion) and two questions (frequency of emotions and what they knew about emotions) was applied to a sample of 247 children aged 7-12 from public and private schools in Brazil. The question concerning what they knew about emotions indicated that most children link emotions to feelings, things their heart feels. Participants also gave examples of positive and negative experiences, specifying certain emotions, mainly emotions classified as primary by researchers in this field. Regarding the question about the frequency of those emotions in their lives, they pointed out joy, happiness and sadness as being the emotions frequently experienced on their daily lives. On the free word association primary emotions predominated being joy the most frequent one, followed by sadness, happiness, anger, fear and love. We also encountered more elaborate emotions (secondary emotions) such as missing someone, hatred, peace, and anxiety, among others. In order to verify the structural organization of their semantic conceptual field, we analyzed the categories that participants emitted on the free association task by means of Structural Similarity Analysis (SSA). A method of "external variables as points" was applied with the intention of verifying the relation between the structure created from the semantic field and the variables of age, sex and type of school. Multiple regressions were also computed. It was found that the type of school and, especially, age played a relevant role in predicting the structural organization of emotions, i.e. an ordered modular structure. <![CDATA[<b>The relationship between phylogeny and ontogeny in the development of infant laterality</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-79722011000100008&lng=en&nrm=iso&tlng=en A lateralidade humana tem sido concebida como sendo predominantemente o resultado de fatores filogenéticos do desenvolvimento humano, enquanto que apenas importância secundária tem sido atribuída à interação indivíduo-ambiente. Neste estudo é apresentada uma revisão crítica da literatura com indicadores da influência de fatores filo e ontogenéticos no desenvolvimento da lateralidade, com particular ênfase aos primeiros anos de vida. A partir dos resultados discutidos, propomos que a lateralidade humana é um processo dinâmico, com efeitos marcantes das experiências sensório-motoras lateralizadas sobre a preferência manual e assimetrias interlaterais de desempenho motor.<hr/>Human laterality has been conceived as resulting, predominantly, from phylogenetic factors in human development, whereas individual-environment interaction is thought to play only a minor role. This study aims at presenting a critical review of literature showing evidence of the effect of phylogenetic and ontogenetic factors on the development of laterality, with particular emphasis on the first years of life. From the results presented, we propose that human laterality is a dynamic process, with sharp effects of lateralized sensorimotor experiences over manual preference and interlateral asymmetry of motor performance. <![CDATA[<b>Stability and changes in mothers and fathers' child-rearing practices along child's pre-school years</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-79722011000100009&lng=en&nrm=iso&tlng=en O presente estudo teve como objetivo examinar a estabilidade e mudança nas práticas educativas maternas e paternas, em particular o uso de práticas indutivas, coercitivas e de não interferência aos 24, 36 e 72 meses de vida da criança. Participaram 24 mães e pais que tinham um único filho e residiam na região metropolitana de Porto Alegre. Quando as crianças completaram 24 e 72 meses de vida, os participantes responderam a uma entrevista para a avaliação das práticas educativas. Já aos 36 meses, as famílias foram observadas durante o almoço, quando as práticas educativas também foram investigadas. ANOVAs de medidas repetidas indicaram diferenças quanto às práticas indutivas maternas entre os 24 e 36 meses, bem como entre as práticas de não interferência entre os 24 e 36 meses e também entre os 36 e 72 meses. Quanto aos pais, as diferenças foram encontradas entre as práticas indutivas aos 24 e 72 meses e entre as práticas de não interferência aos 24 e 36 meses e aos 36 e 72 meses. Os resultados sugerem que tanto estabilidade quanto mudanças estão presentes nas práticas educativas parentais ao longo do desenvolvimento da criança. Isto pode estar associado ao fato de que à medida que ela cresce, expectativas e comportamentos parentais acabam sendo adaptados às novas habilidades e demandas infantis.<hr/>The present study had as its main objective to examine stability and change in mothers and fathers' childrearing practices, in particular the use of inductive, coercive and non-interference practices with 24, 36 and 72 month-old children. Twenty four mothers and fathers who had an only child and lived in the metropolitan area of Porto Alegre/RS participated in the study. When the children were 24 and 72 months old, the participants were interviewed about their child-rearing practices. When the children were 36 months old, they and their families were observed during lunch time, with focus on child-rearing practices. Repeated measures of ANOVA indicated differences in maternal inductive practices between 24 and 36 months old and differences in non-interference practices both between 24 and 36 as well as 36 and 72 months old. Concerning the fathers, differences were found between inductive practices at 24 and 72 months old and among non-interference practices at 24 and 36 months old as well as at 36 and 72 months old. The results suggest that both stability and change are found in parents' child-rearing practices over the course of children's development. Changes are related to the fact that parents' expectations and behaviors reflect their children's new abilities and demands. <![CDATA[<b>The development of temporal concepts through language</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-79722011000100010&lng=en&nrm=iso&tlng=en A vida nas cidades modernas expõe a criança a inúmeros conceitos temporais abstratos: após o seu nascimento, a criança toma conhecimento da programação de atividades com horários específicos, a ordem em que ocorrem e sua duração. Neste estudo investigamos o desenvolvimento de conceitos temporais através da linguagem. Participaram do estudo 20 famílias e suas crianças de 36 a 65 meses de idade que foram recrutadas em creches e pré-escolas numa grande área metropolitana dos Estados Unidos. Pedimos às famílias que gravassem quatro conversas com suas crianças durante o jantar. Os resultados demonstram os diferentes papéis que pais e mães desempenham na negociação de conceitos temporais, assim como a importância do desenvolvimento verbal da criança para sua utilização de conceitos temporais.<hr/>Life in modern cities exposes a young child to numerous abstract concepts of time. Since birth, a child is introduced to activities with set schedule, set order, and duration. In this study it was investigated the development of time concepts through language. Twenty families and their 36 to 65 months old children who were recruited from day care centers and preschools in a large metropolitan area in the USA participated in this study. Parents were asked to audiotape four dinner conversations at home with their child. Results point to the different roles parents play in the negotiation of time concepts, as well as the importance of children's verbal development in the use of time concepts. <![CDATA[<b>Aging and literacy</b>: <b>reading and writing from the perspective of people over 60</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-79722011000100011&lng=en&nrm=iso&tlng=en Este artigo objetiva verificar os papéis que práticas de letramento assumem para pessoas com mais de 60 anos. A pesquisa foi realizada de um ponto de vista qualitativo/quantitativo, a partir da aplicação de um questionário junto a 40 sujeitos com idade superior a 60 anos. Foram coletadas informações sobre as práticas de leitura e de escrita, as suas dificuldades, bem como a relevância dessas práticas no próprio processo de envelhecimento. Verificou-se que os idosos referem dificuldades relacionadas a questões ortográficas, textuais e biológicas. As atividades de letramento são utilizadas, também, com o objetivo de melhorar a cognição. Além disso, eles reconhecem que essas atividades trazem benefícios para a promoção de um envelhecimento ativo e saudável.<hr/>This paper aims at examining the roles played by literacy classes for adults older than 60. Forty individuals over 60 years old were interviewed for this quantitative/qualitative study. Information was gathered on their experiences with reading and writing, their difficulties and the perceived relevance of those classes on the ageing process. The participants indicated having difficulties with orthographic, textual and biological questions. The literacy activities were also used to improve their cognitive abilities. Moreover, the participants identified benefits of those activities for a healthy and active ageing. <![CDATA[<b>Quality of life in adults with physical disability</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-79722011000100012&lng=en&nrm=iso&tlng=en O objetivo dessa pesquisa foi investigar a qualidade de vida em adultos com deficiência física nos domínios: bem-estar subjetivo, competências comportamentais, qualidade de vida percebida e condições ambientais. Método: Participaram 25 pessoas, idade entre 32-69 anos. Responderam em entrevista aos instrumentos: (a) Ficha de Informações sócio-demográficas; (b) Ficha de Informações sobre a deficiência física; (c) Medida do Grau de Incapacidade; (d) Escala de sintomas físicos; (e) Medida de bem-estar subjetivo: composto por Escala de Vitalidade, Escala de Afetos Positivos e Escala de Satisfação com a Vida; (f) Escala de auto-eficácia física; (g) Questionário de Saúde Geral (QSG-12); (h) Escala de Percepção de Suporte Social. Resultados: Os participantes apresentam qualidade de vida positiva: relataram bem estar subjetivo, apresentaram senso de auto-eficácia no ponto médio, apresentam saúde mental positiva, com relação aos sintomas físicos, as queixas mais relatadas foram dores nos braços, pernas e articulações, relataram receber suporte social nos aspectos emocional e prático.<hr/>The aim of this study was to investigate the quality of life in adults with physical disability in the following domains: subjective well-being, behavioral competence, perceived quality of life, and environmental conditions. Method: 25 participants aged between 32 and 69. They answered, in interview, the following instruments: (a) Socio-demographic Characteristics; (b) Physical Impairment Characteristics; (c) Degree of disability; (d) Physical Symptom Scale; (e) Subjective Well-being Measurement composed by: Vitality Scale, Positive Affect Scale, Life Satisfaction Scale; (f) Physical Self Efficacy Scale; (g) General Health Questionnaire (GHQ-12); (h) Perceived Social Support Scale. Results: The participants presented positive quality of life. They reported subjective well-being, showed self-efficacy in the average point, and presented positive mental health regarding physical symptoms. The most common complaints were related to pains in the arms, legs and joints. They reported to receive social support in emotional and practical aspects. <![CDATA[<b>Communicative intentionality and joint attention</b>: <b>an analysis in the context of mother-baby interactions</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-79722011000100013&lng=en&nrm=iso&tlng=en O objetivo deste estudo foi analisar as manifestações de intencionalidade comunicativa em episódios interativos mãe-bebê, considerando-se as relações entre intencionalidade comunicativa, atenção conjunta e trocas intersubjetivas mãe-bebê. Participaram dessa pesquisa seis díades mãe-bebê aos seis, nove e doze meses do bebê, observadas em suas residências, numa situação de brincadeira livre, durante quarenta minutos em cada etapa. Através das análises das observações foram identificados marcos na trajetória evolutiva e diferentes configurações sociocomunicativas e de atenção conjunta nas díades. Verificou-se que as aquisições de comunicação intencional e os diferentes contextos de atenção conjunta redirecionaram o curso das interações, em cada idade. Este estudo contribui para a discussão relativa à cognição social infantil com ênfase nas relações entre atenção conjunta, comunicação intencional e aquisição da linguagem.<hr/>The purpose of this study was to analyze the manifestation of communicative intentionality in motherbaby interactive episodes considering the relations between communicative intentionality, joint attention and mother-baby inter-subjective exchanges. This research involved the participation of 6 mother-baby dyads. Babies were six, nine and twelve months old and were observed in their houses in a free play situation for forty minutes in each observation period. Landmarks of the evolutionary trajectory were identified through observations, making it possible to verify intra-individual and inter-individual changes regarding the abilities evidenced by the dyad. The acquisition of intentional communication and the different interactive contexts of joint attention redirected the course of the interactions in each observed period. This study contributes to the discussion on infant's social cognition in the first year of life emphasizing the relations among joint attention, intentional communication and language acquisition. <![CDATA[<b>Environment of development and the start of Brazilian women's reproductive life</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-79722011000100014&lng=en&nrm=iso&tlng=en Modelos teóricos inspirados na teoria da história de vida têm avaliado padrões de reprodução humanos em países desenvolvidos, com resultados ainda não conclusivos. Em vista das condições de vida na população brasileira, foram investigadas relações entre marcos da carreira reprodutiva feminina, condições ambientais e variáveis psicossociais relacionadas às condições de criação. Foram entrevistadas 606 mulheres em seis estados. Os resultados apóiam a teoria da história de vida, mostrando associações entre condições de vida na infância e início da vida sexual e da reprodução, mas não com a idade da menarca. Sugerimos que diferentes marcadores da vida reprodutiva podem estar sob controle de diferentes fenômenos e que a diversidade de condições da população brasileira oferece contextos alternativos para testar hipóteses.<hr/>Several models inspired by the life history theory have assessed the patterns of human reproduction in developed countries with promising but inconclusive results. Considering the diversity of life conditions in Brazil, we investigated the relationship between the time of main events in female reproductive life, environmental conditions and psychosocial variables related to child-rearing. We interviewed 606 women in six different states in Brazil. Results corroborate the life history theory, showing associations among the investigated factors, especially between life conditions during childhood and the beginning of sexual life and reproduction, but not to sexual maturity. We suggest that landmarks in reproductive life, although related, can be under the influence of several phenomena. Diversity of life conditions in Brazil offers alternative contexts to hypotheses testing. <![CDATA[<b>Autism, theory of mind and the role of mindblindness in the understanding of psychiatric disorders</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-79722011000100015&lng=en&nrm=iso&tlng=en Indivíduos portadores de transtornos do espectro do autismo podem ser acometidos por anormalidades qualitativas nos contatos sociais e padrões de comunicação. Muitos estudos demonstraram que uma grande quantidade destes indivíduos pode ter anormalidades no processamento cognitivo "Teoria da mente" (ToM), isto é, eles podem ter uma incapacidade de inferir os seus estados mentais e os de terceiros. Tal condição foi chamada de "cegueira mental" por Baron-Cohen (1995). Alguns autores recentemente aventaram a possibilidade de que indivíduos sofrendo de esquizofrenia e transtorno bipolar, da mesma forma que autistas, exibam cegueira mental, causando comprometimento em seu funcionamento social. Este artigo discute o conceito de cegueira mental e a visão de que se trata de uma habilidade exclusivamente humana. Em seguida, apresenta alguns testes disponíveis para avaliação da cegueira mental e, finalmente, mostra algumas evidências científicas de que déficits ToM podem afetar pacientes com outras condições psiquiátricas.<hr/>Individuals with autism spectrum disorders may suffer from qualitative abnormalities in social contacts and communication patterns. Many studies have shown that a great amount of those individuals might have abnormalities in the Theory of Mind (ToM) cognitive processing, i.e., they may lack the capability of inferring their and others' mental states. This condition was named "mindblindness" by Baron-Cohen (1995). Some authors have recently focused on the possibility that individuals who suffer from schizophrenia and bipolar disorder, like autistic people, show mindblindness, causing them to develop social impairments. This paper discusses the concept of mindblindness and the view that deems it as an exclusively human ability. Afterwards, it presents some of the available tests to evaluate mindblindness and, finally, shows some scientific evidences that ToM deficits might affect patients with other psychiatric conditions. <![CDATA[<b>Emotion understanding, social acceptance and evaluation of behavioral attributes in school-age children</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-79722011000100016&lng=en&nrm=iso&tlng=en Diversos pesquisadores do campo de estudos sobre teoria da mente têm investigado a relação entre compreensão de emoções e interação social. Seguindo essa linha de investigação, o presente estudo explorou a relação entre compreensão emocional, aceitação social e avaliação de atributos comportamentais pelos pares. Cinquenta e duas crianças escolares responderam a um teste de inteligência emocional e a dois testes de avaliação sociométrica. Não foi encontrada uma correlação entre a compreensão emocional e a aceitação social, porém uma correlação negativa entre a compreensão emocional e a avaliação de atributos ligados à agressividade/disruptividade foi observada. Esses resultados sugerem que o conhecimento de diferentes emoções e de estratégias de regulação emocional podem tornar as crianças menos propensas à agressividade reativa.<hr/>Several researchers in the theory of mind field have been investigating the relation between emotion understanding and social interaction. Following this line of investigation, the present study explored the relation between emotion understanding, social acceptance and evaluation of behavioral attributes by peers. Fifty-two school-aged children were administered an emotional intelligence test and two instruments of sociometric evaluation. A correlation between emotion understanding and social acceptance was not found, however, a negative correlation between emotion understanding and the evaluation of behavioral attributes related to aggressiveness/disruptivity was observed. The results suggest that the knowledge of different emotions and of emotion regulation strategies may make children less prone to reactive aggressiveness. <![CDATA[<b>Development of morphological awareness in the initial stages of literacy</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-79722011000100017&lng=en&nrm=iso&tlng=en Evidências de estudos recentes mostram que a consciência morfológica está relacionada à aquisição da leitura e da escrita. Entretanto, a idade da aquisição dessa habilidade ainda é uma questão controversa. Identifica-se na literatura dois grupos que tratam desse desenvolvimento: teóricos que defendem que essa aquisição é tardia e os que defendem que ela acontece desde os estágios iniciais da alfabetização e interage com a escolarização. Apresentamos a primeira parte de um estudo longitudinal que observou o desenvolvimento da consciência morfológica no português do Brasil. Cinco tarefas foram usadas avaliar a consciência morfológica de crianças de 6 a 9 anos de idade. Os resultados mostram que essa habilidade interage com a escolarização desde os anos iniciais da alfabetização.<hr/>Evidence from recent studies has shown that morphological awareness relates to both reading and spelling acquisition. However, the age of acquisition of this ability is still a matter of controversy. Literature review indentifies two groups of researchers: those that think that this development starts late and those for whom it starts early and interacts with schooling. This paper is the first part of a longitudinal study which looks at the development of morphological awareness in Brazilian Portuguese. Five tasks are used to evaluate 6 to 9 year-old children's morphological awareness. The results show that this ability interacts with schooling at an early age. <![CDATA[<b>Filling-in of the blind spot does not distort linear size perception</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-79722011000100018&lng=en&nrm=iso&tlng=en Ao se olhar o mundo monocularmente, não se percebe que há uma mancha cega no campo visual correspondente ao disco óptico, região da retina em que não há fotorreceptores. Ao contrário, bordas e padrões de superfícies são percebidos como se fossem detectados por fotorreceptores, fenômeno denominado preenchimento perceptivo. Para investigar se o preenchimento perceptivo distorce o espaço percebido, trinta adultos tiveram suas manchas cegas do olho direito mapeadas e fizeram as comparações de tamanho de pares de barras horizontais em condição monocular direita. Os resultados apontam uma assimetria lateral no campo visual central do olho direito nas comparações de tamanho e que o preenchimento perceptivo na mancha cega não distorce o espaço visual percebido.<hr/>When looking at the world monocularly, we do not perceive that there is a blind spot in the visual field corresponding to the optic disc, the region of the retina where there are no photoreceptors. In contrast, we perceive edges and patterns of surfaces as if were detected by photoreceptors. This phenomenon is called filling-in. To investigate whether the filling-in distorts space perception, thirty adults had their right eye blind spots mapped and they compared the length of two horizontal bars under right monocular viewing condition. The results point out a lateral asymmetry in the central visual field of the right eye in length comparisons and that the filling-in effect at the blind spot does not distort visual space perception. <![CDATA[<b>Alzheimer's disease and the application of different discourse tasks</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-79722011000100019&lng=en&nrm=iso&tlng=en Pessoas com doença de Alzheimer apresentam dificuldades discursivas evidentes que demandam avaliação e intervenção. Para tanto, é necessário compreender as diferentes demandas de distintas tarefas discursivas. Este artigo revisa os principais estudos sobre o discurso de pessoas com doença de Alzheimer, descrevendo o desempenho discursivo dessa população em tarefas discursivas classificadas de acordo com os estilos de input fornecidos. São descritos estudos que propuseram o uso de tarefas com input neutro, conversações naturalísticas, input diretivo e facilitador e tarefas com figuras (narrativa e descrição). São discutidas as diferenças entre as tarefas discursivas, abordando habilidades discursivas afetadas e preservadas na doença de Alzheimer. São feitas considerações sobre a investigação e as aplicações clínicas das diferentes tarefas discursivas para a avaliação e a intervenção da comunicação de pessoas com doença de Alzheimer.<hr/>People with Alzheimer's disease (AD) have discourse deficits which demand evaluation and intervention. For this reason, it is important to understand the different demands of different discourse tasks. This article reviews the main studies on the discourse of people with Alzheimer's disease, describing the performance of such population in discourse tasks which are classified according to their input style. Studies which used neutral input, naturalistic conversations, directive and facilitative input, and tasks which used visual stimuli to elicit narrative and descriptive discourse were described. Differences between discourse tasks focusing on preserved and affected discourse abilities in people with Alzheimer's disease were discussed. Finally, research on discourse tasks for those with Alzheimer's disease and their application in the evaluation and intervention of communication in AD is considered. <![CDATA[<b>Twenty years of studies on word recognition with portuguese speaking children</b>: <b>a literature review</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-79722011000100020&lng=en&nrm=iso&tlng=en A presente revisão de literatura busca apresentar as principais conclusões dos estudos conduzidos na área de reconhecimento de palavras com crianças falantes do português e levantar os pontos teóricos e metodológicos que ainda merecem atenção dos pesquisadores. A ênfase do trabalho recai sobre a tarefa de leitura em voz alta de palavras isoladas feita por crianças em fase de aquisição da leitura. Três grandes conclusões foram tiradas: (a) os diversos estudos em língua portuguesa confirmam, de maneira geral, os postulados do modelo de dupla-rota da leitura; (b) as crianças falantes do português parecem utilizar preferencialmente a estratégia fonológica no início da aprendizagem da leitura, a qual vai sendo gradualmente substituída pelo uso prioritário da estratégia lexical; e (c) questões metodológicas têm interferido nos resultados encontrados pelos diferentes pesquisadores, as quais se relacionam à forma de aplicação da tarefa de leitura, ao tipo de análise estatística utilizada e à direção (do ponto de vista da leitura ou da escrita) e ao número de categorias consideradas na classificação de regularidade das palavras.<hr/>The present work attempts to review the main conclusions of the studies carried out in the area of word recognition with Portuguese speaking children and to raise theoretical and methodological issues that still require the attention of researchers. The emphasis of this work is centered on the word reading aloud task performed by children in the process of reading acquisition. Three major conclusions were derived from the review: (a) generally, the collection of studies in Portuguese language confirm the assumptions of the dual-route model of word recognition; (b) Portuguese speaking children seem to prefer to use the phonological strategy in the beginning of the reading process, which is then gradually substituted by the preferential use of the lexical strategy; and (c) methodological issues have interfered in the results found by different researchers, and these are related to the manner of application of the reading task, the type of statistical analysis carried out and to the direction (from the reading or spelling standpoint) and number of categories considered in the classification of regularity of the words. <![CDATA[<b>Self-instructions</b>: <b>strategy of attentional regulation in ADHD</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-79722011000100021&lng=en&nrm=iso&tlng=en A estratégia de auto-instruções tem vindo a ser reconhecida como uma relevante forma de regulação cognitivo-comportamental no incremento das capacidades atencionais, nomeadamente em sujeitos com Transtorno do Deficit de Atenção com Hiperatividade (TDAH). Neste artigo foi avaliada a atenção seletiva e a atenção sustentada em 2 grupos, ambos formados por pessoas com e sem TDAH, sendo que a um deles foi solicitada a realização de auto-instrução, com o objetivo de verificar se o uso desta estratégia promove as capacidades da atenção. Os resultados demonstraram que os sujeitos que realizam a estratégia de auto-instruções, quer apresentem ou não TDAH, manifestam melhores resultados do que os sujeitos que não a realizaram.<hr/>Self-instruction strategy has been recognized as a relevant strategy in cognitive and behavioural regulation as a way of improving attention skills, namely in subjects with Attention Deficit Hyperactivity Disorder (ADHD). This paper aims at demonstrating the effectiveness of this strategy regarding this disorder in subjects with and without ADHD as a mean of promoting attention skills, particularly selective and sustained attention. The results showed that subjects who performed the verbal self-instruction strategy presented better results in both attention processes assessed, than those who did not do it. <![CDATA[<b>Remarks on former and current Behaviorism</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-79722011000100022&lng=en&nrm=iso&tlng=en Este artigo busca oferecer algumas referências históricas sobre as origens e desenvolvimentos da Psicologia behaviorista. O artigo parte das contribuições de Watson, destacando seu afastamento do modo causal selecionista, inaugurado na Psicologia por Thorndike. Em seguida, discute alguns desenvolvimentos do behaviorismo sob a liderança de Skinner, apontando que seus avanços resultam em grande medida do retorno ao selecionismo. O artigo argumenta, por fim, que ao final do século XX a abordagem inaugurada por Skinner estende-se a em muitas direções, configurando a análise do comportamento como um sistema multidimensional. O artigo conclui com a indicação de que uma visão histórica do processo de investigação comportamental oferece um quadro mais preciso do que essa abordagem tem representado enquanto sistema na Psicologia.<hr/>This paper aims at offering some historical references concerning the origins and development of behaviorist Psychology. It begins with Watson's contributions and highlights his detachment from the causal mode of selection by consequence started in Psychology by Thorndike. Then, the paper discusses some developments of behaviorism under the leadership of Skinner and argues that some achievements have largely resulted from a recovery of selectionism. Finally, it contends that, by the end of the 20th century, the approach started by Skinner extended to new directions, engendering behavior analysis as a multidimensional system. The paper concludes by pointing out that a historical view of the process of behavioral investigation provides a more precise frame of what this approach has represented as a psychological system. <![CDATA[<b>Distribution of visual attention within a cued area</b>: <b>evidence based on temporal order judgments</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-79722011000100023&lng=en&nrm=iso&tlng=en Three experiments were performed to investigate the distribution of attention across the visual field and the possibility of attentional resources to be more concentrated inside an abrupt onset frame (cue). The participants performed a temporal order judgment task of two letters presented in sequence; one letter presented inside and the other outside the frame. The results showed that the information presented inside the frame had its perceptual latency shortened in relation to the information presented outside the frame in experimental conditions where the frame orientation, the distance between the two letters and the cue onset time were manipulated. The advantage of the information presented inside the frame was attributed to the displacement of attention to the area delimited by the frame. The results contribute to the understanding of visual perception, showing that attentional resources may be redistributed inside the borders of a geometric figure.<hr/>Três experimentos foram realizados para investigar a distribuição da atenção pelo campo visual e a possibilidade dos recursos de atenção serem mais concentrados no interior de uma moldura (dica) de início abrupto. Os participantes realizaram uma tarefa de julgamento de ordem temporal de duas letras apresentadas em seqüência; uma letra apresentada dentro e a outra fora da moldura. Os resultados mostraram que a informação apresentada dentro da moldura teve a sua latência perceptual encurtada em relação à informação apresentada fora da moldura em condições experimentais onde a orientação da moldura, a distância entre as duas letras e o tempo de exposição da moldura foram manipulados. Esta vantagem para a informação apresentada dentro da moldura foi atribuída ao deslocamento da atenção para a área delimitada pela moldura. Os resultados contribuem para o entendimento da percepção visual, mostrando que recursos de atenção podem ser redistribuídos dentro das bordas de uma figura geométrica.