Scielo RSS <![CDATA[Acta Cirurgica Brasileira]]> http://www.scielo.br/rss.php?pid=0102-865020010002&lang=en vol. 16 num. 2 lang. en <![CDATA[SciELO Logo]]> http://www.scielo.br/img/en/fbpelogp.gif http://www.scielo.br <![CDATA[<b>A Acta Cirúrgica Brasileira no novo milênio</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-86502001000200001&lng=en&nrm=iso&tlng=en <![CDATA[<b>Effect of alpha-tocopherol on the ischemia/reperfusion lesions induced in the hindlimb of rats</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-86502001000200002&lng=en&nrm=iso&tlng=en Studies indicate that oxygen-derived free radicals may play a major role in ischemia-reperfusion injury. Alpha-tocopherol acts in vivo as a free radical scavenger. Our purpose was to elucidate whether alpha-tocopherol could change the evolution of ischemia/reperfusion in the right hindlimb of rats. The animals were randomly allocated in the following groups: Group 1(G1)- control without ischemia. Groups 2 and 3(G2,3): four hours ischemia and two hours reperfusion. The animals of group 2 were treated with saline and those of the group 3, treated with alpha-tocopherol, 50 mg/Kg. Parameters were the foot volume and circumference, 99mTc-Pyrophosfate uptake in the soleus muscle, plasmatic creatine-phosphokinase (CPK), and transmition eletronic microscopy (TEM)of muscle cells. The foot volume and circumference of the animals of G2 were significantly greater than in G1. In the G3 these measurements did not differ from the G1. Pyrophosphate uptake and CPK measurements were increased in G2,G3 when compared to the animals of G1, but there were no differences between the ischemic groups. Cell injury, when examined by TEM, was less severe in two of three animals of G3, when compared to the G2. Conclusion: The treatment with alpha-tocopherol diminuished edema formation, but only partially protected muscle cells from injury.<hr/>Recentes estudos demonstraram que os radicais livres de oxigênio parecem desempenhar papel importante nas lesões de isquemia-reperfusão. O alfa-tocoferol(AT) age in vivo como um anti-oxidante. Nosso objetivo foi o de verificar se o AT atenuava as lesões de isquemia-reperfusão em pata direita de ratos. Os animais, randomizados, foram divididos nos seguintes grupos(G): G1-controle sem isquemia; G2 e G3 - quatro horas isquemia e duas reperfusão. Os animais do G2 foram tratados com salina e os do G3 com AT, 50mg/kg. Como parâmetros examinamos as alterações de volume e circunferência do pé direito ao longo do experimento, assim como a captação de 99mTc-pirofosfato e a microscopia eletrônica de transmissão do músculo soleus direito. Os aumentos de volume e circunferência do pé dos animais do G2 foram estatisticamente maiores quando comparados com o G1. As medidas do G3 não diferiram do G1. A captação de 99mTc-pirofosfato foi bem aumentada nos G2 e G3, quando comparados ao G1, porém sem diferenças entre os grupos isquêmicos. As lesões ao MET foram menos intensas em três animais do G3, quando comparados ao G2. Conclusão: O tratamento com AT diminuiu a formação do edema mas só protegeu parcialmente as células musculares contra as lesões de isquemia-reperfusão. <![CDATA[<b>A new method for the experimental induction of secundary biliary cirrhosis in wistar rats</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-86502001000200003&lng=en&nrm=iso&tlng=en The aim of this study was to describe a method for the induction of experimental secondary biliary fibrosis (SBF). Forty-seven Wistar rats were submitted to hepatic duct obstruction (OB group) for thirty days without ligature, section or cannulization causing interruption of biliary flow. This technique was carried out by simple traction of the bile duct passing it through the xiphoid appendix. Nine rats were submitted to a sham operation for bile duct stricture and seven rats comprised the control group. Blood samples were collected for the measurement of total bilirubin (TB), alkaline phosphatase (AP), alanine aminotransferase (ALT) and aspartate aminotransferase (AST). Liver fragments were removed for morphological study. Thirty days after surgery TB, AP, ALT and AST levels were significantly increased in the hepatic duct ligation group compared to the sham operated group and the presence of SBF in the OB group was confirmed by morphological study of the liver. There was technical failure in 31.92% cases. The survival was 100% at fifteen days and 82.97% at the end of the experiment. We concluded that this simple surgical technique may be used to study the consequence of bile duct obstruction which could be a reversible process depending on the obstruction time. This technique can be carried out from cholestasis to fibrosis.<hr/>O objetivo desse experimento foi o desenvolvimento de um modelo de obstrução do ducto biliar, através de procedimento cirúrgico sem ligadura ou secção do mesmo, que permitisse a evolução para cirrose e mantivesse a via biliar extra-hepática facilmente acessível a eventuais manuseios. Foram utilizados 48 ratos Wistar, distribuídos em três grupos: 32 animais foram submetidos à obstrução do ducto hepático comum (grupo OB), 9 foram submetidos à operação simulada (grupo OS) e 7 foram adotados como controle para análise histológica (grupo OC). No desenvolvimento da técnica, o ducto hepático foi isolado logo após sua emergência justa-pancreática, deixando-se 1 cm de ducto livre, reparado com fio de polipropileno. Em seguida procedeu-se à exposição do apêndice xifóide e, através de marcador de orelha de rato, foi feito um pequeno orifício circular. Passou-se, por este, o fio de polipropileno e tracionou-se até o ducto biliar formar uma alça acima do orificio do apendice xifóide. Deste modo um cateter de silicone foi colocado sob esta alça. O ducto biliar permaneceu, portanto, tracionado e exposto entre a musculatura e a pele. O fechamento da parede muscular e da pele foi feito com sutura contínua. A avaliação histopatológica do fígado destes animais e os efeitos bioquímicos séricos foram realizados após 30 dias da obstrução. Nos ratos do grupo OB ocorreu aumento significativo nas dosagens séricas da bilirrubina, das aminotransferases (ALT e AST), da fosfatase alcalina, da gamaglutamiltransferase e redução significativa da albumina sérica quando comparados aos valores das dosagens dos ratos do grupo OS. A análise histológica demonstrou a formação de nódulos regenerativos em 68,7% dos casos do grupo OB, com presença de fibrose portal (de grau leve e moderado) em 96,8% dos animais, acompanhada pela formação de septos fibrosos (de grau moderado e intenso) em 87,4 %. Houve ainda intensa proliferação de ductos biliares em 81,2%, e moderada em 18,7% dos casos. Conseguiu-se desta maneira, o desenvolvimento de um modelo experimental alternativo que provoca a interrupção do fluxo bíleo-duodenal, semelhante à oclusão das vias biliares, sem necessidade de ligadura, canulação ou secção do ducto biliar. A obstrução biliar provocada pela tração do ducto biliar oferece excelentes condições de pesquisa desde o momento da interrupção do fluxo biliar até o desenvolvimento de colestase, acompanhada pela distorção da arquitetura hepática, caracterizada por fibrose portal com formação de septos e transformação nodular multi-focal. <![CDATA[<b>Incisional hernia</b>: <b>an experimental model in rabbits</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-86502001000200004&lng=en&nrm=iso&tlng=en The aim of this study was to develop an experimental model of incisional hernia in rabbits. Thirty seven rabbits, weighing from 2220 to 2750 g, were submitted to musculoaponeurotic and peritoneum pattern resection of the abdominal wall and distributed in groups of 10 animals according to the postoperative time of 30, 45 or 60 days. The animals were submitted to reoperation at the end of the observation period. In the three groups were observed hernias larger than 60 and 45 cm in transversal and longitudinal measures, respectively, and with volumes greater than 129 ml. Adherences to the internal abdominal wall were present in 13,3%. Seven deaths occurred due to evisceration (5), pulmonary infection (1) and diarrhea(1). There was no significant difference in the three groups studied, according to the statistical methods applied. The experimental model is feasible, and is established at the 30 days of postoperative period.<hr/>Com o objetivo de desenvolver e estudar um modelo experimental de hérnia incisional em coelhos foi realizado este estudo. Trinta e sete coelhos (2220 a 2750 g) foram submetidos à ressecção padronizada músculo-aponeurótica- peritoneal da parede abdominal e distribuídos em grupos de 10 animais conforme o tempo de observação pós-operatória de 30, 45 e 60 dias. Os animais ao término da observação pós-operatória foram reoperados e as hérnias incisionais desenvolvidas foram analisadas quanto a presença de aderências, dimensões lineares e de volume, força de ruptura e estudo histológico. Nos três grupos foram observadas hérnias incisionais com dimensões transversais e longitudinais que ultrapassaram 70 e 50mm respectivamente, volumes maiores que 120 ml e aderências presentes em 13,3%. Ocorreram 7 óbitos decorrentes de evisceração(5), infecção pulmonar (1) e diarréia (1). Na análise dos resultados não houve diferença significante nos três grupos estudados. Foi concluído que o modelo experimental é factível e está estabelecido aos 30 dias de observação pós-operatória. <![CDATA[<b>Lithium toxicity effects on rat locomotion evidenced by a surgical animal model of acute kidney failure</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-86502001000200005&lng=en&nrm=iso&tlng=en INTRODUÇÃO: O lítio é um metal usado sob a forma de sal para tratamento de episódios agudos de mania e no controle profilático de desordens afetivas bipolares. Pacientes com algum grau de insuficiência renal podem rapidamente sofrer intoxicação por esse fármaco. Nosso objetivo foi verificar a influência da litemia na locomoção em um modelo animal cirurgicamente induzido de insuficiência renal aguda (IRA). MÉTODOS: Foram submetidos 61 ratos Wistar a tratamento com lítio por uma semana previamente a nefrectomia unilateral. Trinta ratos foram induzidos a IRA. Foi administrado lítio ou solução fisiológica aos ratos e após observada sua locomoção e concentração de creatinina sérica. Utilizou-se análise estatítica. RESULTADOS: A creatina apresentou-se elevada nos ratos com IRA. A locomoção foi menor nos ratos com IRA que receberam lítio, havendo relação inversa entre a litemia e a atividade locomotora. CONCLUSÕES: O modelo animal cirúrgico de IRA foi efetivo. Ratos insuficientes renais que receberam lítio apresentaram alterações locomotoras comparados aos demais. O aumento da litemia causa diminuição proporcional na locomoção dos ratos.<hr/>INTRODUCTION: Lithium is a metal used as a salt for the treatment of acute maniac episodes and for afetive bipolar disorders profilaxis. Patients with acute kidney failure (AKF) can become intoxicated fastly when taking this drug. Our purpose was verifying lithium influence in rat locomotion of na AKF surgical animal model. METHODS: It was used 61 wistar rats with one week lithium treatment previously to unilateral nefrectomy. Thirteen rats induced to AKF. It was administred lithium or fisiologic solution and after that we checked their locomotion and serium creatinine. We had done statistic analisys. RESULTS: Creatinine was increased in AKF rats. Lithium treated AKF rats showed less locomotion, demonstrating na inverse relation between lithium blood and locomotion. CONCLUSION: AKF animal model was effective. AKF rats treated with lithium showed locomotion alteration compared with the others. Lithium blood increase leads to proporcional decrease of rat's locomotion. <![CDATA[<b>Anesthesia model in rabbits for thoracic surgery</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-86502001000200006&lng=en&nrm=iso&tlng=en A intubação endotraqueal em coelhos é dificil. O risco anestésico não é desprezível pela estreita margem de segurança entre o plano anestésico e o óbito. Tais fatos despertaram nosso interesse por uma solução simples e segura. Dez animais machos receberam por via intramuscular acepromazina, cetamina e xilazina. Após dez minutos procedeu-se exposição do ligamentum cricothyroideum , o qual foi incisado para colocação de tubo endotraqueal iniciando-se a administração de oxigênio e halotano. A punção arterial foi realizada para controle da pressão arterial média. Procedeu-se toracotomia no quinto espaço intercostal esquerdo com biópsia do pulmão e colabamento pulmonar, iniciando-se a ventilação seletiva do pulmão contra-lateral. Amostras sangüíneas, para medida do pH, foram colhidas no início do procedimento, após o colabamento pulmonar e no final, antes da expansão do pulmão, 30 minutos após o colabamento. Fechado o tórax, foi retirado o tubo endotraqueal tão logo o animal apresentasse recuperação dos reflexos e a seguir suturado ligamentum cricothyroideum. Os animais foram submetidos a eutanásia 14 dias após, quando procedeu-se a nova biópsia pulmonar, a retirada da traquéia e da laringe, para exame. Concluiu-se que este é um procedimento simples e seguro de anestesia para cirurgia torácica em coelhos.<hr/>The endotracheal intubation of rabbits is difficult. The anesthetic risk is high because of the narrow difference between the effective and the lethal dose. We used a safe and simple method. Ten male animals received intramuscular injection of acepromazine, cetamine, and xylazine. Ten minutes later, an endotracheal canula was inserted trough a small cervical incision on the crico-tyroid membrane, to administrate oxigen and halothane. Thoracotomy was performed in the 5th. left intercostal space and a pulmonary biopsy too. The left lung collapsed and ventilation of the right lung remained for the next 30 minutes. Arterial blood pH was measured at the beginning of the procedure, after thoracotomy and after 30 minutes of selective ventilation. After 30 minutes, left pulmonary expantion was permited and thoracotomy closed without pneumotorax. As soon as the animals started breathing spontaneously the endotracheal canula was removed and crico-thyroid membrane closed with 7-0 polypropilene suture. Two weeks later the animals were submitted to euthanasia with a new lung biopsy and the trachea and laryng examined. During the procedure the animals had no important haemodinamics or gasometric disturbance. The results were good and brought us to the conclusion that it is a simple and effective method of anesthesia for thoracic surgery in rabbits. <![CDATA[<b>Comparative study of alterations found in 2 and 4 <i>Erbium</i></b>: <b><i>YAG</i> laser passes in Wistar rats with 0% overlap of spots</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-86502001000200007&lng=en&nrm=iso&tlng=en Lasers de CO2 tem sido apresentados com a finalidade de rejuvenecer a face através do resurfacing. Embora cada sistema de laser tenha o mesmo princípio básico, há significativa diferença entre os lasers que pode resultar em variações no efeito tecidual clínico e histológico. O laser Erbium:YAG que tem como característica o comprimento de onda com 10 vezes mais afinidade pela água que o laser de CO2. O propósito deste estudo experimental foi comparar as alterações morfométricas encontradas em 2 e 4 passadas com laser Erbium:YAG com sobreposição de 0% dos spots. Foi avaliada a homogeneidade da ablaçãoem comprimento e usou-se a pele do dorso de 3 ratos in vivo. Foi selecionada uma área de pele controle de cada rato. Finalmente, num período máximo de 3 horas, a pele foi ressecada e encaminhada à histopatologia para as avaliações propostas. Como resultados com 4 passadas houve mais homogeneidade da extensão da ablação do que em 2 passadas. Conclui-se que a extensão e homogeneidade de ablação foi maior com 4 passadas. A utilização de 0% de sobreposição dos spots não garante homogeneidade de ablação.<hr/>CO2 lasers has been presented with the purpose of rejuvenating the face by means of resurfacing. Though each laser systems has the same base principle, there is a significant difference among lasers which could result in variations in the clinical and histological effects of the tissue. The Erbium:YAG laser has the characteristic of having the wavelength with 10 times more affinity for water than the CO2 laser. The purpose of this experimental study was to compare the morphometric alterations found in 2 and 4 Erbium:YAG laser passes with 0% overlap of spots. It was evaluated the homogeneity of ablation in length and was used the dorsal skin of 3 living mice. It was selected a control area in each mouse. Finally, in the maximum period of three hours, the skin was resected and sent to histopathology for evaluations proposed. As a result there was more homogeneity in the length of the ablation with 4 passes than with 2 passes. The conclusions of the experiment indicated that the length and homogeneity of the ablation were larger with 4 passes. The use of 0% overlap of spots does not guarantee homogeneity in ablation. <![CDATA[<b>Rifamycin and peritoneal adhesions induction, in rats</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-86502001000200008&lng=en&nrm=iso&tlng=en O uso da rifamicina sv intraperitoneal e a sua influência na formação de aderências peritoneais pós-operatórias (APs), foram analisados num estudo experimental em 90 ratos, machos, da linhagem Wistar-UNIG, distribuídos em dois grupos iguais. O grupo A (n = 45) foi submetido à laparotomia e instilação de 2 mL de solução salina de cloreto de sódio a 0,9%, realizando-se movimento digital rítmico, nos quatro quadrantes da cavidade peritoneal, totalizando um tempo de manuseio de dois minutos. Após este procedimento, a solução remanescente foi aspirada com seringa, seguida de laparorrafia imediata. O grupo B (n = 45), foi submetido a procedimento semelhante com a instilação de uma solução de rifamicina sv 500mg diluída em 500mL de solução salina de cloreto de sódio a 0,9%, utilizando manobra idêntica àquela utilizada no grupo A. Os animais do grupo A e os do grupo B foram separados em três subgrupos com igual número (n = 15) de acordo com o período de eutanásia, que foi de 7, 14 e 21 dias pós-operatório. As aderências peritoneais foram quantificadas nos seus respectivos períodos de eutanásia, utilizando um método descrito por MORENO-EGEA, AGUAYO, ZAMBUDIO e PARRILLA (1993). O grupo B apresentou aderências significantemente mais intensas que o grupo A em todos os subgrupos. Esta diferença foi mais marcante nos animais submetidos à eutanásia após 21 dias.<hr/>The intraperitoneal use of rifamycin s.v. and its influence in postoperative peritoneal adhesions occurrence was analysed in a ninety male rats experimental study. The control group was formed by 45 animals subjected to laparotomy and instillation of 2mL of saline solution with rhythmic digital movements in the four quadrants of the peritoneal cavity for 2 minutes. After this procedure, the remaining saline solution was aspirated with a syringe, followed by immediate laparorrhaphy. The experiment group (n=45) was submitted to a similar procedure with instillation of a solution of rifamycin s.v. 500mg diluted in 500mL of a saline vehicle, according to the same movement used in the control group. The animals of both control and experiment groups were distributed in three subgroups with equal number (n=15), according to the euthanasia period, which was 7, 14 and 21 days postoperative. Peritoneal adhesions were quantified in the euthanasia periods, using a method described by MORENO-EGEA, AGUAYO, ZAMBUDIO and PARRILLA (1993). The experiment group presented a rate of adhesion significantly high as compared to the control group in all subgroups. This difference was higher in animals with an euthanasia period of 21 days. <![CDATA[<b>Transplante combinado de pâncreas e rim</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-86502001000200009&lng=en&nrm=iso&tlng=en O uso da rifamicina sv intraperitoneal e a sua influência na formação de aderências peritoneais pós-operatórias (APs), foram analisados num estudo experimental em 90 ratos, machos, da linhagem Wistar-UNIG, distribuídos em dois grupos iguais. O grupo A (n = 45) foi submetido à laparotomia e instilação de 2 mL de solução salina de cloreto de sódio a 0,9%, realizando-se movimento digital rítmico, nos quatro quadrantes da cavidade peritoneal, totalizando um tempo de manuseio de dois minutos. Após este procedimento, a solução remanescente foi aspirada com seringa, seguida de laparorrafia imediata. O grupo B (n = 45), foi submetido a procedimento semelhante com a instilação de uma solução de rifamicina sv 500mg diluída em 500mL de solução salina de cloreto de sódio a 0,9%, utilizando manobra idêntica àquela utilizada no grupo A. Os animais do grupo A e os do grupo B foram separados em três subgrupos com igual número (n = 15) de acordo com o período de eutanásia, que foi de 7, 14 e 21 dias pós-operatório. As aderências peritoneais foram quantificadas nos seus respectivos períodos de eutanásia, utilizando um método descrito por MORENO-EGEA, AGUAYO, ZAMBUDIO e PARRILLA (1993). O grupo B apresentou aderências significantemente mais intensas que o grupo A em todos os subgrupos. Esta diferença foi mais marcante nos animais submetidos à eutanásia após 21 dias.<hr/>The intraperitoneal use of rifamycin s.v. and its influence in postoperative peritoneal adhesions occurrence was analysed in a ninety male rats experimental study. The control group was formed by 45 animals subjected to laparotomy and instillation of 2mL of saline solution with rhythmic digital movements in the four quadrants of the peritoneal cavity for 2 minutes. After this procedure, the remaining saline solution was aspirated with a syringe, followed by immediate laparorrhaphy. The experiment group (n=45) was submitted to a similar procedure with instillation of a solution of rifamycin s.v. 500mg diluted in 500mL of a saline vehicle, according to the same movement used in the control group. The animals of both control and experiment groups were distributed in three subgroups with equal number (n=15), according to the euthanasia period, which was 7, 14 and 21 days postoperative. Peritoneal adhesions were quantified in the euthanasia periods, using a method described by MORENO-EGEA, AGUAYO, ZAMBUDIO and PARRILLA (1993). The experiment group presented a rate of adhesion significantly high as compared to the control group in all subgroups. This difference was higher in animals with an euthanasia period of 21 days.