Scielo RSS <![CDATA[Acta Cirurgica Brasileira]]> http://www.scielo.br/rss.php?pid=0102-865020040005&lang=en vol. 19 num. 5 lang. en <![CDATA[SciELO Logo]]> http://www.scielo.br/img/en/fbpelogp.gif http://www.scielo.br <![CDATA[<B>The work and maintenance of the Journal Acta Cirúrgica Brasileira</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-86502004000500001&lng=en&nrm=iso&tlng=en <![CDATA[<B>Percutaneous endoscopic gastrostomy in porcines performed with standard medical instruments used in a general hospital routine</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-86502004000500002&lng=en&nrm=iso&tlng=en PURPOSE: To perform a endoscopic gastrostomy by the introducer method with routine instruments used in a general hospital, without special instruments or special kits. METHODS: This procedure was performed in pigs (Sus scrofa domesticus) under observation for seven days and then submitted to euthanasia.The technique was evaluated for macroscopic and histologic parameters. RESULTS: All animals had a good evolution without major complications. Some minor complications occurred like a rupture of Foley catheter balloon and subcutaneous space abscess. CONCLUSION: The percutaneous gastrostomy with routine general hospital instruments is successful performed, is safe,cheap and must be performed by skilled endoscopists.<hr/>OBJETIVO: Realizar uma gastrostomia endoscópica pelo método de punção, porém feita com instrumentos de uso rotineiro em um hospital geral, abolindo o uso de instrumentos especiais e de kits industrializados. MÉTODOS: O procedimento foi realizado em suinos da raça Landrace (Sus scrofa domesticus ), que permaneceram em observação por sete dias, quando foram submetidos a eutanasia e avaliados por parâmetros macroscópicos e histológicos. RESULTADOS: Todos os animais tiveram boa evolução, não apresentando complicações importantes. Pequenas complicações, como ruptura do balão da sonda de Foley e abscesso subcutâneo ocorreram. CONCLUSÃO: A gastrostomia percutânea endoscópica é um procedimento seguro, barato e perfeitamente realizável com materiais de uso rotineiro em um hospital geral, porém deve ser realizada por endoscopistas devidamente treinados. <![CDATA[<B>Electric microcurrent in the restoration of the skin undergone a trichloroacetic acid peeling in rats</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-86502004000500003&lng=en&nrm=iso&tlng=en PURPOSE: To investigate the influence of neuromuscular electric stimulation by microcurrent (MENS - Microcurrent Electric Neuromuscular Stimulation) in the restoration of the skin of rats undergone trichloroacetic acid (TCA). METHODS: Thirty-two hairless, male, adult rats were divided into two groups (with 16 animals each). In the Control Group (G1) the application of microcurrent was simulated 48 hours after the peeling. In the Experimental Group (G2) MENS was applied 48 hours after the TCA peeling, each 48 hours up to the Day 21, under the frequency of 0.5 Hz, intensity of 50mu A, and lasting 20 minutes. The area of the lesion was evaluated on Days 7, 14, and 21 after-peeling by the Paper Template Method, and on Day 21 the histological analysis was performed. RESULTS: On microscopy changes were seen in the fibroblasts amount and structure, and in the collagen of the experimental group, with statistically significant difference (p<0,01) CONCLUSION: MENS reduced the period of restoration of the area undergone TCA peeling in rats skin.<hr/>OBJETIVO: Investigar a influência da estimulação elétrica neuromuscular por microcorrente (MENS - Microcurrent Electric Neuromuscular Stimulation) na restauração da pele de ratos submetidos ao peeling com ATA (ácido tricloroacético). MÉTODOS: Foram utilizados 32 ratos hair less machos adultos, separados em dois grupos (com 16 animais cada).No Grupo Controle (G1) foi simulada a aplicação da microcorrente 48 horas após o peeling. No Grupo Experimental (G2) a MENS foi aplicada 48 horas após o peeling com ATA, realizada, a cada 48 horas, até o 21º dia, com freqüência de 0,5 Hz, intensidade de 50mi A e duração de 20 minutos. Avaliou-se a área da lesão no 7º ,14º e 21º dia pós-peeling, com o Método Gabarito de Papel, e no 21º dia foi realizada a análise histológica. RESULTADOS: Na microscopia foram observadas modificações na quantidade e na estrutura dos fibroblastos, e no colágeno do Grupo Experimental em relação ao Grupo Controle. Pelo Método Gabarito de Papel, observou-se redução do tempo para a restauração total da área de lesão no grupo experimental , com diferença de significância estatística de (p<0,01). CONCLUSÃO: A MENS diminuiu o período de restauração da área submetida ao peeling com ATA em pele de ratos. <![CDATA[<B>Small intestinal submucosa to repair anterior abdominal wall defect in rats</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-86502004000500004&lng=en&nrm=iso&tlng=en OBJETIVO: Comparar a biocompatibilidade da tela de polipropileno e do enxerto de submucosa intestinal de suínos, quando usados para o reparo de defeito criado na parede anterior de abdomen de ratos, que envolveu toda a sua espessura e extensão. MÉTODO: Vinte ratos Wistar foram divididos em dois grupos de 10 animais. Um defeito quadrangular, com 3,5cm de lado foi criado cirurgicamente na parede abdominal anterior dos 20 ratos. No primeiro grupo(grupo 1) este defeito foi reparado com submucosa de intestino delgado (SID), e no segundo grupo(grupo 2) com tela de polipropileno. Após 30 dias, os animais foram sacrificados. Além da avaliação macroscópica dos enxertos, realizou-se um estudo tensiométrico e microscópico. RESULTADOS: Os animais de ambos os grupos apresentaram aderências entre o implante e as estruturas intra-abdominais, todavia no grupo com a tela de polipropileno observou-se maior número de aderências entre a tela e as alças intestinais. A força máxima de ruptura foi significantemente maior no grupo de animais com a tela de polipropileno, todavia se corrigida pela espessura do enxerto, a tensão máxima foi maior no enxerto de submucosa porcina que na tela de polipropileno. A mesotelisação foi significativamente mais intensa no grupo da submucosa, assim como a deposição de colágeno. As reações granulomatosas de corpo estranho e inflamação crônica também foram mais intensas no grupo 1. CONCLUSÃO: A SID monstrou ser uma alternativa ao enxerto sintético no reparo de grandes defeitos da parede abdominal em ratos, com melhor mesotelisação e deposição de colágeno, sem aumento no número de complicações. A submucosa apresentou maior resistência por mm², apesar de ter se mostrado menos resistente quando considerada a força maneira absoluta.<hr/>PURPOSE: The aim of the present study was compare the biocompatibility of a polypropylene mesh and a patch of porcine small intestinal submucosa (SIS) when used to repair a defect involving the entire anterior abdominal wall of rats. METHODS:Twenty Wistar rats were allocated in 2 groups of 10 animals each. In the group 1 the defect was repaired with SIS and in the group2 it was repaired with polypropylene mesh. On the 30th post-operative day the animals were sacrificed for macroscopic , histological and tensiometric evaluation. RESULTS: Adhesions were present in the animals of both group , but in the polypropylene mesh group the intestinal adhesions were more frequent than in the SID group. The maximum tensile strength was greater in the polypropylene group, however is we consider the thickness of the implants, the tensile strength of submucosa was significantly greater. The mesothelium coverage and the collagen deposition was greater in the SID group. The foreign body reaction and the chronic inflammatory process was higher in the SID group. The percentage of mature collagen was significantly greater in the SIS group. CONCLUSION: We concluded that SIS can be an alternative to synthetic meshes when used to repair the defects of abdominal wall. <![CDATA[<B>Mucosal atrophy/bacterial translocation in experimental sepsis in Wistar rats</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-86502004000500005&lng=en&nrm=iso&tlng=en OBJETIVO: Avalizar a relação entre lesão mucosa e translocação bacteriana. MÉTODO: Utilizou-se 50 ratos distribuídos em 5 grupos: 1.Controle: injeção de inóculo padrão de Pseudomonas aeruginosa, 2.Dreno: injeção do inóculo padrão e drenagem da cavidade abdominal, após 6 horas, 3.Lavado: injeção do inóculo padrão e lavagem da cavidade abdominal, após 6 horas, 4.Lavado + dreno: injeção do inóculo padrão e após 6 horas, drenagem e lavagem da cavidade, 5.Normal: avaliação histológica da parede intestinal normal. Após o óbito, realizou-se hemocultura e cultura peritoneal. Realizou-se medida da espessura total da parede do jejuno e da camada mucosa em vilosidades seccionadas de forma longitudinal. RESULTADOS: Na hemocultura, houve crescimento de Pseudomonas aeruginosa e Escherichia coli em 90% e 52,5% dos animais. Na cultura peritoneal, houve crescimento de P. aeruginosa, E. coli e Klebsiella sp em 87,5%, 85% e 5% dos animais. Quanto a altura da camada mucosa e da parede intestinal, não houve alteração estatisticamente significativa entre os 5 grupos. CONCLUSÃO: A sepse aguda não causou alteração na camada mucosa do intestino delgado e a translocação ocorrida não pode ser considerada como decorrente de uma lesão da mucosa intestinal.<hr/>PURPOSE: Observe the relation between small intestine's mucosal injury and bacterial translocation. METHODS: 50 adult female rats were distributed in 5 groups: 1. Control: intraperitoneal injection of Pseudomonas aeruginosa, 2. Drainage: intraperitoneal injection of P. aeruginosa and drainage of the abdominal cavity, after 6 hours, 3. Washed: intraperitoneal injection of P. aeruginosa and washing of the abdominal cavity, after 6 hours, 4. Washed + drainage: intraperitoneal injection of P. aeruginosa plus drainage and washing of the cavity, after 6 hours, 5. Normal: evaluation of the normal intestinal wall. After death, blood and peritoneal cultures were performed. Fragments of jejunum were processed histologically for morphometric measure of the total thickness of the jejujum's wall in comparison to the thickness of the mucosa + submucosa layer. RESULTS: In blood culture, there was growth of Pseudomonas aeruginosa and Escherichia coli in 90% and 52,5% of the animals, respectively. In the peritoneal culture, there was growth of P aeruginosa, E.coli and Klebsiella sp in 87,5%, 85% and 5% of the animals. About the histological analysis and the thickness of the mucosa + submucosa's layer, there was not significant alteration. CONCLUSION: Acute sepsis did not develop any thickness alteration in the small intestine's mucosa layer. Bacterial translocation can not be a direct consequence produced by mucosal intestinal injury. <![CDATA[<B>Quantitative research into the skeletal muscle tissue of rats in endurance training inducing neovascularization in the ischemic skeletal muscle </B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-86502004000500006&lng=en&nrm=iso&tlng=en OBJETIVO: Analisar quantitativamente o tecido muscular esquelético de ratos com insuficiência arterial periférica induzida após treinamento de endurance. MÉTODOS: Os animais foram preparados cirurgicamente para a oclusão total da artéria femoral direita. Após o procedimento cirúrgico os ratos foram limitados a atividades na própria gaiola (sedentários, n = 10) ou submetidos a treinamento de endurance com ciclo ergômetro de forma contínua (treinados, n = 10), que consistia em caminhada 2x/dia (manhã e tarde) a 17 m/min, por 5 minutos, 5 dias/semana por 8 e 12 semanas. Os grupos foram subdivididos com seus respectivos grupos sedentários. A análise foi realizada pela observação histológica do músculo vasto medial direito após o período de teste. RESULTADOS: No grupo de animais treinados durante 8 semanas, o número médio de capilares no tecido muscular foi maior (5,2 ± 3,834) do que no grupo sedentário (0,6 ± 0,894). No grupo de animais treinados durante 12 semanas o número médio de capilares foi maior (6,8 ± 3,033) do que no grupo sedentário (3,0 ± 2,345). O número médio de capilares entre os grupos treinados de 12 e 8 semanas também foi maior no primeiro, entretanto, não estatisticamente significante. O número médio de capilares do grupo sedentário de 12 semanas foi maior (3,0 ± 2,345) do que no grupo de 8 semanas (0,6 ± 0,894). CONCLUSÃO: Em animais com insuficiência arterial periférica induzida submetidos a treinamento de endurance, há um processo de adaptação muscular com um aumento no número de capilares.<hr/>PURPOSE: This work introduces quantitative research into the skeletal muscle tissue of rats, suffering induced outlying arterial inadequacy after endurance training. METHODS: All those rats had been prepared surgically towards the right femoral artery total occlusion. After surgical procedures, the rats were either restricted to activities inside their cage (sedentary ones, n=10) or undergone endurance training with cycle ergometer in continuous way (trained ones, n=10), which consisted in walking twice a day (morning and afternoon) at 17m/min, for 5 minutes, 5 days a week during 8 and 12 weeks. The groups were halved in order with their respective sedentary groups. The analysis was achieved by vast medial muscle histological observation after test period. RESULTS: Considering the eight-week trained group, the average number of muscle tissue capillary vessels has been shown higher (5,2 ± 3,834) than in the sedentary one (0,6 ± 0,894). Also in the 12-week trained group, the average number of capillary vessels has been shown higher (6,8 ± 3,033) than in the sedentary one (3,0 ± 2,345). The average number of capillary vessels between the 12-week and 8-week groups has been shown higher in the first group as well, however, not statistically significant. The average number of the 12-week sedentary group's capillary vessels has been higher (3,0 ± 2,345) than the eight-week one's (0,6 ± 0,894). CONCLUSION: The muscle adaptive process concerning the capillary vessels' increasing number through the endurance training of rats, which have induced outlying arterial inadequacy. <![CDATA[<B>Study of bone repair with bovine bone devitalized matrix and calcitonin in rats</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-86502004000500007&lng=en&nrm=iso&tlng=en OBJETIVO: Estudar o efeito da calcitonina no reparo de defeito femoral preenchido com matriz óssea bovina desvitalizada. MÉTODOS: Quarenta e oito ratos Wistar, machos e adultos foram distribuídos aleatoriamente em dois grupo com 24 animais. Defeitos femorais bilaterais, com 2mm de diâmetro, foram produzidos na diáfise femoral e preenchidos com matriz óssea bovina desvitalizada. O grupo experimento recebeu 0,05mL de calcitonina, intramuscular, no pós-operatório imediato; o grupo controle recebeu 0,05mL de cloreto de sódio 0,9%. Os animais foram sacrificados com 7, 14 e 21 dias e os fêmures submetidos a avaliação clínica, microscópica e histométrica. Foram utilizados os testes "t" de Student, Kruskal-Wallis e Mann-Whitney para a análise estatística dos resultados. RESULTADOS: Os resultados clínicos não mostraram diferença entre os grupos controle e experimento. Microscopicamente, os defeitos mostraram reação inflamatória e formação óssea ativa nas proximidades da matriz óssea bovina. A análise quantitativa mostrou maior formação óssea nas fases iniciais da osteogênese reparadora no grupo experimento (Z=4,82 e Z=4,43), sem diferenças em relação à reação inflamatória em ambos grupos. CONCLUSÃO: O uso de calcitonina em defeitos preenchidos com matriz óssea bovina desvitalizada estimula a neoformação óssea com 7 e 14 dias de pós-operatório, mas não diminui a reação inflamatória.<hr/>PURPOSE: To study the effect of the calcitonina in the repair of femoral defect fulfilled with bovine bone devitalized matrix and calcitonin in rats. METHODS: Forty eight adult male Wistar rats were distributed into two group with 24 animals. Bilateral femoral defects with 2mm of diameter were produced in the femoral shaft and fulfilled with bovine bone devitalized matrix. The experimental group received calcitonin 0,05mL intramuscular, in the immediate postoperative period; the control group received 0,05mL of saline solution. The animals were sacrificed with 7, 14 and 21 days and the femurs were submitted the clinical, microscopic and histometric evaluation. The data was submitted a statistical evaluation with Student "t", Kruskal-Wallis and Mann-Whitney. RESULTS: The clinical results didn't show difference between the control and experimental groups. In the optical microscopy the defects showed inflammatory reaction and active bony formation in the proximities of the bovine bony fragments. The quantitative analysis showed larger bony formation in the initial phases of the reparative osteogenesis in the experimental group (Z=4,82 and Z=4,43), without differences in relation to the inflammatory reaction in both groups. CONCLUSION: The calcitonina and the fulfillment of defect with bovine bone devitalized matrix enhance bone formation and no decrease inflammatory reaction in the 7 and 14 postoperative period. <![CDATA[<B>Effects of X-rays irradiation on colonic anastomoses</B>: <B>experimental stereological study in rats </B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-86502004000500008&lng=en&nrm=iso&tlng=en OBJETIVO: Este estudo foi realizado para quantificar possíveis alterações na tensão de ruptura e na concentração de colágeno em anastomoses realizadas em cólon irradiado. MÉTODOS: Doze ratos Wistar foram submetidos a secção e anastomose do cólon, constituindo dois grupos: An (controle, n=7) e I+An (irradiado, n=5). O grupo An foi submetido apenas à cirurgia enquanto o grupo I+An recebeu dose única de irradiação (1096 cGy) 7 dias antes da operação. Todos foram sacrificados no sétimo dia pós-operatório, para verificação da tensão de ruptura da anastomose e quantificação do colágeno. A quantificação do colágeno foi feita por estereologia de cortes verticais. RESULTADOS: O grupo An apresentou valores superiores ao grupo I+An quando comparados a pressão de ruptura da anastomose (172 mm Hg X 60 mm Hg, p = 0,004) e o índice de colágeno (14,24 X 1,62, p = 0,004). No grupo An o local de ruptura do cólon ocorreu com maior freqüência na área perianastomótica, enquanto que no grupo I+An a ruptura ocorreu com maior freqüência na linha anastomótica (p = 0,007). CONCLUSÃO: A irradiação prejudicou a cicatrização anastomótica, conforme evidenciado pela diminuição da pressão de ruptura da anastomose e do índice de colágeno no grupo de animais irradiados.<hr/>PURPOSE: This study was done in order to quantify changes on bursting pressure and collagen content on irradiated colon anastomosis. METHODS: Twelve Wistar rats were submitted to colon section and anastomosis. Animals were divided in two groups: An (control, n=7) and I+An (irradiated, n=5). An group was submitted only to surgery while I+An received a single dose irradiation (1096 cGy) seven days before operation. Animals were sacrificed on seventh postoperative day to quantify anastomosis bursting pressure and collagen content. Collagen quantification was done by vertical section stereology. RESULTS: An group present higher values of anastomosis bursting pressure (172 mm Hg X 60 mm Hg, p = 0,004) and collagen content (14,24 X 1,62, p = 0,004) as compared to I+An group. On An group the site of colon rupture was more frequently found on the perianastomotic area while on I+An group the rupture was mainly on anastomotic line (p = 0,007). CONCLUSION: Irradiation impaired anastomotic healing as evidenced by reduction of anastomotic bursting pressure and collagen content on irradiated animals. <![CDATA[<B>Transarterial hepatic chemoembolization</B>: <B>an experimental model in rats</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-86502004000500009&lng=en&nrm=iso&tlng=en OBJETIVO: Estabelecer um modelo de tumor no fígado de ratos para estudo do comportamento tumoral e avaliar o uso da quimiembolização transarterial. MÉTODOS: Utilizou-se oitenta e oito ratos Wistar, fêmeas, adultos, pesando entre 175- 284 g . Realizado incisão abdominal de 3 cm e implantou-se o carcinossarcoma de Walker 256 no lóbulo esquerdo do fígado. Dividiu-se em três grupos que receberam respectivamente 100x 10³ , 200x 10³ e 300x 10³ células tumorais, avaliado a pega do tumor e a sobrevida. Em outro grupo de experimento com 39 animais inoculados com tumor de Walker foi avaliado a sobrevida dos animais após infusão do 5-Flourouracil (5-FU) por via intra-peritoneal e intra-arterial. RESULTADOS: O implante do carcinossarcoma de Walker no fígado de ratos apresentou desenvolvimento de 100 %, teve um crescimento rápido e desenvolvimento de metástases tardiamente, levando os animais ao óbito entre o sétimo e décimo quinto dia. A quimiembolização transarterial é possível de ser realizada experimentalmente. O uso do 5-FU aumentou a sobrevida em comparação ao grupo controle. CONCLUSÃO: O modelo de implante do tumor de Walker no fígado de ratos é eficiente, de fácil reprodutibilidade, e sobrevida média de 9,96±0.3 dias. A quimioterapia transarterial hepática pode ser realizada experimentalmente para avaliar diversas drogas.<hr/>PURPOSE: An animal model to study the behaviour of liver tumor in rat and its response after use of transarterial chemoembolization. METHODS: We use 88 Wistar rats, all of them were females, adult, weight 175-284 g. Abdominal incison of three cm and implanted the Walker carcinossarcoma 256 at left lobule of the liver. The animals were divided into three grups, that received 100x10³ , 200x10³, and 300x10³ cells. Followed up the animas to avaliate life standing and tumoral development. In another experiment was used 39 animals which already had Walker 256 tumor and we study the survival of the animals after treatment with 5-FU IP or 5-FU IA. RESULTS: The orevall tumor development rate were 100%. Tumor growth was fast, and devolopment metastases on old fase. The animals dead between 7º and 15º day. Its possible to do chemoembolization experimentaly, after the use of 5-FU the rate survival increased. CONCLUSION: The model with Walker 256 tumor developed here is easy to repoduce, efficient, with high tumor development rate observed, the life standing is about 9,96 ± 0,3 days. The chemoembolization experiment allows to assess several drugs. <![CDATA[<B>Radiologic analyses of caudal vein in Wistar rats</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-86502004000500010&lng=en&nrm=iso&tlng=en OBJETIVO: Apresentar um método de estudo angiográfico da veia cava caudal em ratos. MÉTODOS: Foram utilizados 24 ratos Wistar machos, com peso entre 300 a 350 gramas. Os animais foram operados com anestesia geral, utilizando-se injeção intraperiotoneal da solução de Cloridrato Ketamina e Cloridrato de 2-(2,6- xilidino) -5,6- dihidro-4H-1,3-tiazina. O contraste iodado foi injetado na veia dorsal do pênis do rato, utilizando uma agulha de calibre 21 acoplada ao sistema Butterfly® de infusão. O método de cavografia foi testado, no 15º dia de pós-operatório, em três grupos de 6 animais. O Grupo I foi o controle. Nos grupos II e III os animais foram submetidos respectivamente à ligadura da veia cava caudal acima e abaixo da desembocadura das veias íleo-lombares. No grupo IV à ligadura da veia ilíaca direita. RESULTADOS: Os exames flebográficos realizados permitiram observar a anatomia e a perviedade das veias que formam o sistema cava, e a circulação colateral desenvolvida, de todos os animais estudados. CONCLUSÃO: A cavografia por via peniana, permite a visibilidade das vias ilíacas e cava caudal, bem como a circulação colateral desenvolvida, em ratos machos.<hr/>PURPOSE: To present an angiographic method, to visualize the cava and iliac veins in rats, emphasizing the colateral circulation, developed after interrupting the venous flow. METHODS: Twenty four male Wistar rats were studied, weighting 300 to 350g. the access used to injection of the iodined contrast, necessary to the radiologic study, was the dorsal vein of the penis. The method of cavography was tested at the 15th postoperative day, in three groups of six animals. RESULTS: The group I is control. In groups II and III the animals were submitted respectively of ligature of the caudal vena cava above and below of the iliolumbar veins. In group IV they were submitted to the ligature of the right iliac vein, besides of control group that was not operated. CONCLUSION: The cavography with the injection in the penile vein, is capable of viewing the iliac vein and caudal vena cava, as well as the colateral circulation developed in cases the blood flow was interrupted in these vessels. <![CDATA[<B>Consequences on the growth of maxilla and mandible of surgical bone defect on mandibular ramus of rats</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-86502004000500011&lng=en&nrm=iso&tlng=en OBJETIVO: Analisar as conseqüências no crescimento de maxila e mandíbula de defeito ósseo cirúrgico simulando fratura no ramo da mandíbula. MÉTODOS: Foram utilizados 25 ratos Wistar com um mês de idade. Sob anestesia geral e por meio de incisão submandibular. Foi realizada osteotomia vertical no ramo da mandíbula do lado direito com emprego de motor cirúrgico. Após período de dois meses os animais foram sacrificados, os tecidos moles retirados e as hemimandíbulas desarticuladas. Foram realizadas incidências radiográficas axiais para o crânio e laterais para as hemimandíbulas. A seguir, por intermédio de um sistema de computador foram obtidas medidas lineares da maxila e das hemimandíbulas. Foi empregado o teste "t" de Student para verificação da significância da diferença entre os lados experimental e controle. RESULTADOS: A diferença foi significante para a altura do ramo (p=0,010) e comprimento da mandíbula referente ao côndilo (p=0,015) e ao ângulo (p<0,001), não havendo diferença significante para as mensurações da maxila. CONCLUSÃO: As conseqüências do defeito ósseo cirúrgico experimental no ramo da mandíbula na fase de crescimento foram a diminuição da altura do ramo e do comprimento da mandíbula.<hr/>PURPOSE: To analyse the consequences on the growth of maxilla and mandible of a surgical bone defect that simulates a mandibular ramus fracture. METHODS: A group of 25 one-month-old Wistar rats were used in this study. Under general anesthesia, and through a submandibular incision, a vertical osteotomy on the right side of the mandibular ramus was made using a surgical drill. The animals were sacrificed after two months, soft tissues removed, and the mandible disarticulated. The skull was submitted to axial radiograph and the hemimandibles to a lateral radiograph. With these, cephalometric mensurations were made through a computer system, and the obtained values submitted to Student's t-test. RESULTS: The height of the mandibular ramus presented significant difference (p=0,010) as well as the length of mandible, both to the condyle (P=0,015) and the angle (p=0,001). There was no significant difference to the mensurations of the maxilla. CONCLUSION: The consequences of the experimental surgical bone defect on the mandibular ramus in the growing period were the lessening of the mandibular height and length. <![CDATA[<B>Metabolic evaluation of ischemic and reperfusion brain injury following bilateral occlusion of common carotid arteries</B>: <B>an experimental study in rats</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-86502004000500012&lng=en&nrm=iso&tlng=en OBJETIVO: Caracterizar as alterações no metabolismo energético após isquemia/reperfusão cerebral através de um modelo experimental de isquemia global reversível por simples oclusão das artérias carótidas comuns (ACCs) em ratos da linhagem Wistar. MÉTODOS: Quarenta e oito ratos Wistar machos foram distribuídos aleatoriamente em dois grupos (C - Controle; T - Teste) e cada um deles redistribuídos em quatro tempos de estudos. Após oclusão bilateral das ACCs por 30min, permitiu-se reperfusão aos animais do grupo T nos tempos 0, 5, 10 e 15min. Foram coletadas amostras de tecido cerebral e sangue arterial sistêmico e quantificados os metabólitos D-glicose (GLI), piruvato (PRV), lactato (LCT) e adenosina trifosfato (ATP). RESULTADOS: Observou-se aumento nos níveis sangüíneos de GLI e PRV de, respectivamente, 85,00% (p<0,05) e 51,72% (p<0,01) aos 5min de reperfusão, refletindo uma resposta sistêmica à lesão isquêmica cerebral. O LCT cerebral manteve-se estável, apesar da redução de 52,66% (p<0,05) na concentração sanguínea aos 15min de reperfusão. As concentrações cerebrais de ATP caíram 85,40% (p<0,05) após isquemia, seguindo-se aumento de 3.033,40% (p<0,05) aos 5min de reperfusão, evidenciando a retomada da respiração celular via cadeia fosforilativa. CONCLUSÕES: O modelo experimental proposto produziu isquemia global transitória parcial, com repercussão sistêmica. As maiores alterações metabólicas foram verificadas após os primeiros minutos de reperfusão, tipificando a lesão de reperfusão. Tais constatações mostram sua utilidade como ferramenta no estudo da fisiopatologia e de recursos terapêuticos da doença cerebrovascular isquêmica.<hr/>PURPOSE: To describe alterations on the energy metabolism after cerebral ischemia/reperfusion, through an experimental model of reversible global ischemia, by simple occlusion of common carotid arteries (CCAs) in rats of Wistar lineage. METHODS: Forty-eight male Wistar rats were randomly distributed on two groups (C - Control; T - Test) and further redistributed into four times sets of study. After bilateral occlusion of CCAs for 30min, the animals of group T were allowed reperfusion for 0, 5, 10 and 15min. Samples of cerebral tissue and systemic arterial blood were collected and the metabolites D-glucose (GLI), pyruvate (PRV), lactate (LCT) and adenosine triphosphate (ATP) quantified. RESULTS: Increases of GLI and PRV blood values of, respectively, 85,00% (p<0,05) and 51,72% (p<0,01) were observed at 5min of reperfusion, which reflect a systemic response to the cerebral ischemia. The brain's LCT remained stable despite a reduction of 52,66% (p<0,05) in its blood concentration at 15min of reperfusion. The cerebral concentrations of ATP decreased 85,40% (p<0,05) after ischemia, followed by an augmentation of 3.033,40% (p<0,05) at 5min of reperfusion, becoming evident the recovery of cell respiration by fosforilation pathway. CONCLUSIONS: The proposed experimental model produced partial transitory global ischemia, with systemic repercussions. The greatest metabolic alterations were verified in the initial minutes of reperfusion, typifying reperfusion injury. Such observations prove its value as an important instrument in the study of physiopathology and therapeutic sources of ischemic cerebrovascular disease. <![CDATA[<B>Study of ventilation with different inspired oxygen concentration on lung ischaemia-reperfusion injury in rats</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-86502004000500013&lng=en&nrm=iso&tlng=en OBJETIVO: Estudar o efeito das frações inspiradas de oxigênio (FiO2) a 0,21, 0,40 e 1,00 na isquemia-reperfusão pulmonar. MÉTODOS: Foram utilizados 40 ratos Wistar, distribuídos aleatoriamente em quatro grupos. O grupo I foi o controle e, nos grupos II, III e IV, os animais foram ventilados durante a isquemia-reperfusão com FiO2 a 0,21, 0,40 e 1,00 respectivamente. O modelo utilizado foi de isquemia-reperfusão normotérmica, in situ. O tempo de isquemia foi de 30 minutos e o de reperfusão, de 10 minutos. Como parâmetros de avaliação, utilizou-se a pressão arterial média sistêmica (PAM), a relação entre a pressão parcial de oxigênio e a fração inspirada de oxigênio (PO2/FiO2), a dosagem da glutationa reduzida (GSH) e das substâncias reativas ao ácido tiobarbitúrico (TBARS) no tecido pulmonar e a relação entre o peso pulmonar úmido e o peso pulmonar seco. RESULTADOS: Os resultados mostraram que a ventilação com FiO2 a 0,21, quando comparada à ventilação com FiO2 a 0,40 e 1,00, durante o período de isquemia-reperfusão, apresentou menor diminuição da PAM, melhor relação PO2/FiO2, maior valor na medida da GSH, menor produção das TBARS e menor formação de edema pulmonar. CONCLUSÃO: A ventilação com baixa FiO2 (0,21) mostrou melhores resultados quando comparada àquelas realizadas com FiO2 mais elevadas (0,40 e 1,00) na isquemia-reperfusão pulmonar.<hr/>PURPOSE: To evaluate the FiO2 effect at 0,21, 0,40 and 1,00 on the lung ischaemia-reperfusion injury. METHODS: Forty Wistar rats were randomly allocated in 4 groups. The group I was the control one, and in groups II, III, IV rats were ventilated during the ischaemia-reperfusion at 0,21, 0,40 and 1.00 FiO2 respectively. The ischaemia time was 30 minutes and the reperfusion time was 10 minutes. The model used was normothermic ischaemia-reperfusion, in situ. As assessment parameters, the systemic average arterial pressure (PAM), the oxygen arterial partial pressure/ inspired oxygen fraction relation (PO2/FiO2), the level of reduced glutathione (GSH) and barbituric acid substances reactive measure (TBARS) in the lung tissue and the lung wet/dry weight ratio were used. RESULTS: The results showed that the ventilation with FiO2 at 0,21, when compared with the ventilation at 0,40 and 1,00 FiO2 during the ischaemia-reperfusion period, presented lower PAM, better PO2/FiO2 relation, higher values in the reduced glutathione measures, lower production of the TBARS and lower formation of lung edema. CONCLUSION: The ventilation with low FiO2 (0.21) showed better results when compared to those performed with higher FiO2 (0,40 and 1,00) on the lung ischaemia-reperfusion injury. <![CDATA[<B>Proposal of a new experimental model of inflammatory bowel disease induction</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-86502004000500014&lng=en&nrm=iso&tlng=en OBJETIVO: Avaliar as lesões intestinais em ratos imunizados com proteínas intestinais murinas. MÉTODOS: Preparou-se suspensão a 40% de cólon de ratos normais em PBS pH7,4, seguida de maceração, purificação, inativação e eletrofocalização de proteínas. Com esta suspensão 20 ratos Wistar foram imunizados conforme as seguintes fases: sensibilização via SC e IM com antígeno emulsificado em adjuvante completo de Freund. Reforços via IM com suspensão antigênica pura. Nesta fase foram pesquisados anticorpos séricos anti-tecido colônico por imunodifusão e face à positividade, dez ratos foram submetidos à avaliação histológica do cólon e em outros dez, inoculação via IP com suspensão antigênica pura. Após seis dias apresentaram: blefarite, diarréia, apatia, hematoquesia e então submetidos à coleta de amostras do cólon para avaliação histológica. RESULTADOS: A suspensão antigênica apresentou oito bandas de proteínas, entre 100 a 420 kD. Nas amostras de cólon observaram-se histologicamente perda de criptas, edema da camada sub-mucosa e inflamação aguda. CONCLUSÃO: Foi possível reproduzir doença inflamatória intestinal em ratos a partir de imunização com antígenos protéicos intestinais da própria espécie. A presença de anticorpos séricos anti-intestino foi relacionada com as alterações histológicas encontradas no cólon de ratos imunizados.<hr/>PURPOSE: To evaluate the bowel lesions of rats after immunization against self intestinal proteins. METHODS: A 40% colonic solution was made in pH 7,4 PBS, followed by maceration, purification, inactivation and SDS-PAGE electrophoresis. Twenty Wistar rats were submitted to the following immunization schedule: Subcutaneous and intramuscular sensibilization with antigen solution emulsified in Freund's complete adjuvant. Intramuscular booster with pure antigen suspension. In this phase, were investigated anti-intestinal antibodies by single radial immunodiffusion and histologic evaluation of colon samples. Challenge by intraperitoneal route with antigenic solution and clinical observation. The animals were sacrificed and had collected colon samples for histologic evaluation. RESULTS: The antigenic suspension presented eight protein with molecular weight between 80 and 420 kD. After six days of the intraperitoneal challenge they had presented: blepharitis, diarrhea, alopecia, apathy and hematochezia. Histological evaluation of this immunological IBD animal model showed ulceration of distal colon, mucosa leucocyte infiltration, edema in submucosa layer and significant crypts degeneration. Anti-intestinal antibodies were present in all of animals. CONCLUSION: It was concluded that was possible to reproduce IBD in rats, as well as the presence of anti-intestinal antibodies was related to histologic features of colon in immunizated rats. <![CDATA[<B>Manometric evaluation of lower esophageal sphincter in rabbits submitted to total and partial fundoplication</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-86502004000500015&lng=en&nrm=iso&tlng=en OBJETIVO: Analisar o efeito das fundoplicaturas total e parcial sobre a pressão e comprimento do esfíncter inferior do esôfago (EIE). MÉTODOS: Foram estudados 30 coelhos machos da raça Norfolk. Os animais foram divididos em 3 grupos de 10, na dependência da operação[cirurgia] realizada. Grupo 1 (controle)-laparotomia mediana (LM) e dissecção da transição gastroesofágica; grupo 2- LM e fundoplicatura total, e grupo 3-LM e fundoplicatura parcial. Todos os animais foram submetidos à manometria esofágica (ME) segundo a técnica de tração intermitente da sonda e infusão contínua dos cateteres com água destilada. A ME foi realizada em dois momentos: M1 (pré-operatório) e M2 (pós-operatório), e permitiu a análise da pressão (mmHg) e comprimento (cm) do EIE. RESULTADOS: Nos animais do grupo 1 não foi observada alteração da pressão e comprimento do EIE. Naqueles do grupo 2 (fundoplicatura total) foi observado aumento da pressão (69,7%) e do comprimento (81,8%) do EIE. Nos coelhos do grupo 3 (fundoplicatura parcial) houve aumento da pressão (58%) e do comprimento (100%) do EIE. CONCLUSÕES: As fundoplicaturas total e parcial acarretam aumento da pressão e comprimento de EIE. O incremento da pressão e comprimento de EIE independe do tipo de fundoplicatura utilizada.<hr/>PURPOSE: To analyze the effect of total and partial fundoplication on the pressure and length of the lower esophageal sphincter (LES). METHODS: Thirty male rabbits (Norfolk race) were studied. The animals were divided in three groups, according to the surgical procedure. Group 1 (Control)-medium laparotomy (ML) and dissection of gastroesophageal transition; Group 2-ML and total fundoplication; Group 3-ML and partial fundoplication. All the animals were submitted to esophageal manometry (EM) using the intermittent pull through technique and continuous infusion of the catheters with destilled water. The esophageal manometry was performed in two moments: M1 (pre operative period) and M2 (post operative period), and allowed us LES analyse the pressure (mmHg) and length (cm). RESULTS: In animals of group 1 no change in LES pressure and length was observed. In those of groups 2 (total fundoplication) an increase of LES pressure (69,7%) and length (81,8%) was observed. In rabbits of group 3 (partial fundoplication) there was an increase of LES pressure (58%) and length (100%) of the LES. CONCLUSIONS: The total and partial fundoplications cause an increase of LES pressure and length. This increase doesn't depend on the type of fundoplication performed. <![CDATA[<B>Videolaparoscopic model for the gastric ischemic conditioning in rats</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-86502004000500016&lng=en&nrm=iso&tlng=en OBJETIVO: Avaliar a exeqüibilidade do condicionamento isquêmico por videolaparoscopia e o seu efeito funcional, na parede gástrica de ratos. MÉTODOS: Vinte ratos machos, EPM-1 Wistar foram submetidos a desvascularização gástrica proximal, por videolaparoscopia, com pressão intra-abdominal de pneumoperitônio de 4mmHg através da colocação de três trocartes na parede abdominal. Os animais foram distribuídos em dois grupos de 10 animais cada de acordo com a data de sacrifício, ou seja, 7 (G7) e 14 (G14) dias para avaliação da perfusão da parede gástrica com fluxometria por laser-Doppler antes da desvascularização, 10 minutos após e 7 ou 14 dias de acordo com o grupo a que pertenciam. RESULTADOS: A fluxometria revelou melhora progressiva da perfusão gástrica principalmente no G14, após a desvascularização. CONCLUSÕES: O modelo de condicionamento isquêmico do estômago é exeqüível por videolaparoscopia. O condicionamento isquêmico permite o restabelecimento da perfusão sangüínea na parede gástrica.<hr/>PURPOSE: To evaluate the feasibility of gastric ischemic conditioning by videolaparoscopy in rats, as well as its functional effect. METHODS: Twenty EPM-1 Wistar male rats were submitted to gastric devascularization through videolaparoscopy with intra-abdominal pressure of 4mmHg pneumoperitoneum through the placement of three ports into the abdominal cavity. The animals were distributed in two groups of 10 animals each according to their sacrifice day, 7 (G7) and 14 (G14) days for evaluation of gastric wall perfusion by laser-Doppler flowmetry before the devascularization, 10 minutes after and 7 or 14 days according to the group they belonged to. RESULTS: The flowmetry after the devascularization showed better progressive results of the gastric perfusion mainly in G14. CONCLUSIONS: The gastric ischemic conditioning model is feasible by videolaparoscopy. The ischemic conditioning allows the re-establishment of the blood perfusion on the gastric wall. <![CDATA[<B>Prevalence of <I>Helicobacter</I> in canines from animal colony of the State University of Sao Paulo (UNESP)-Botucatu</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-86502004000500017&lng=en&nrm=iso&tlng=en OBJETIVO: Investigar a incidência de Helicobacter sp em cães oriundos do biotério central da UNESP. MÉTODOS: Utilizamos 109 cães oriundos do Biotério Central da UNESP Campus de Botucatu verificando a presença do Helicobacter sp através do exame de histopatologia corado pelo método Giemsa, pelo teste rápido de urease (TRU) e a prevalência de Helicobacter pylori pelo teste sorológico imunocromatográfico. RESULTADOS: O resultado para a presença de Helicobacter foi de 99% pela histopatologia e pelo TRU e 78,8% de prevalência para a espécie H. pylori pelo teste sorológico. CONCLUSÃO: As formas encontradas pela microscopia de imersão foram contrárias ao resultado do teste sorológico, sendo visibilzado formas compatíveis com a espécie H. heilmannii na maioria das amostras, e uma segunda forma de Helicobacter com características morfológicas distintas do H. pylori encontrado em humanos.<hr/>PURPOSE: To investigate the incidence of Helicobacter sp in dogs from the animal colony of UNESP. METHODS: One hundred and nine dogs from the animal colony of UNESP- Botucatu, SP were studied to verify the presence of Helicobacter sp. The methods used were: histopathology stained by Giemsa, rapid urease test (RUT) and the prevalence of Helicobacter pylori was tested by serologic immunocromatography. RESULTS: The presence of Helicobacter was found in 99% of the cases when using the histopathology and RUT methods. The prevalence of H. pylori tested by immunocromatography was of 78.8%. CONCLUSION: The forms found under microscopy oimmersion were contrary to the serologic test, where forms compatible to the H. heilmannii were found in the majority of the samples. A second form of Helicobacter with different morphologic characteristics from the human H. pylori was also found. <![CDATA[<B>Skeletal muscle ischemia and reperfusion in rats increase lipid peroxidation in rats</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-86502004000500018&lng=en&nrm=iso&tlng=en PURPOSE: To determine the effects of 30 minutes of ischemia followed by 30 minutes of reperfusion in skeletal muscle of rats receiving three different diets (supplemented, normal and vitamin E deficient) on lipoperoxidation (LP). METHODS: LP measured by TBARS levels, and plasma and hepatic concentrations of vitamin E measured by HPLC. RESULTS: The deficient group presented higher lipoperoxidation levels in muscle compared to the control and supplemented groups. CONCLUSION: Supplementation with vitamin E decrease the free radicals production in ischemia/reperfusion in skeletal muscle of rats.<hr/>OBJETIVO: Existem evidências que nos processos de isquemia e reperfusão do músculo esquelético pode ocorrer uma maior formação de radicais livres e que os efeitos deletérios destes radicais podem ser inibidos pela presença de substâncias antioxidantes, como a vitamina E. MÉTODOS: O presente trabalho demonstra os efeitos de 30 minutos de isquemia seguido de 30 minutos de reperfusão em músculo esquelético de ratos Wistar recebendo 3 diferentes dietas: suplementada 20 vezes (GS), controle (GC) e deficiente em vitamina E por 30 dias (GD), sobre a taxa de peroxidação lipídica e níveis plasmáticos e musculares de vitamina E. RESULTADOS: As médias de pesos e de ingestão dietética dos grupos experimentais a cada semana mostrou que não houve diferença estatística significativa entre os 3 grupos que receberam dietas com teores diferentes de vitamina E. Quanto aos valores de vitamina E existiu diferença entre os 3 grupos no músculo, sendo respectivamente o deficiente menor que o controle e menor que o suplementado (GD 2.15 ± 0.44, GC 6.37 ± 1.66 e GS 18.43 ± 1.80, p < 0,05). Os valores musculares das peroxidação lipídica foram altamente influenciados pela dieta, tendo um aumento significativo no grupo deficiente em vitamina E. Estes resultados fortalecem a hipótese de que a isquemia e reperfusão são processos geradores de radicais livres e que uma dieta rica em vitamina E pode atuar como fator protetor contra a peroxidação lipídica. CONCLUSÃO: Os músculos esqueléticos de ratos isquêmicos e reperfundidos tratados com dieta suplementada com vitamina E por quatro semanas apresentam taxa menor de peroxidação lipídica quando comparados com aqueles do grupo de ratos tratados com dieta controle e que uma dieta deficiente em vitamina E favorece o aumento dos radicais livres. <![CDATA[<B>Expressões médicas errôneas</B>: <B>erros e acertos</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-86502004000500019&lng=en&nrm=iso&tlng=en PURPOSE: To determine the effects of 30 minutes of ischemia followed by 30 minutes of reperfusion in skeletal muscle of rats receiving three different diets (supplemented, normal and vitamin E deficient) on lipoperoxidation (LP). METHODS: LP measured by TBARS levels, and plasma and hepatic concentrations of vitamin E measured by HPLC. RESULTS: The deficient group presented higher lipoperoxidation levels in muscle compared to the control and supplemented groups. CONCLUSION: Supplementation with vitamin E decrease the free radicals production in ischemia/reperfusion in skeletal muscle of rats.<hr/>OBJETIVO: Existem evidências que nos processos de isquemia e reperfusão do músculo esquelético pode ocorrer uma maior formação de radicais livres e que os efeitos deletérios destes radicais podem ser inibidos pela presença de substâncias antioxidantes, como a vitamina E. MÉTODOS: O presente trabalho demonstra os efeitos de 30 minutos de isquemia seguido de 30 minutos de reperfusão em músculo esquelético de ratos Wistar recebendo 3 diferentes dietas: suplementada 20 vezes (GS), controle (GC) e deficiente em vitamina E por 30 dias (GD), sobre a taxa de peroxidação lipídica e níveis plasmáticos e musculares de vitamina E. RESULTADOS: As médias de pesos e de ingestão dietética dos grupos experimentais a cada semana mostrou que não houve diferença estatística significativa entre os 3 grupos que receberam dietas com teores diferentes de vitamina E. Quanto aos valores de vitamina E existiu diferença entre os 3 grupos no músculo, sendo respectivamente o deficiente menor que o controle e menor que o suplementado (GD 2.15 ± 0.44, GC 6.37 ± 1.66 e GS 18.43 ± 1.80, p < 0,05). Os valores musculares das peroxidação lipídica foram altamente influenciados pela dieta, tendo um aumento significativo no grupo deficiente em vitamina E. Estes resultados fortalecem a hipótese de que a isquemia e reperfusão são processos geradores de radicais livres e que uma dieta rica em vitamina E pode atuar como fator protetor contra a peroxidação lipídica. CONCLUSÃO: Os músculos esqueléticos de ratos isquêmicos e reperfundidos tratados com dieta suplementada com vitamina E por quatro semanas apresentam taxa menor de peroxidação lipídica quando comparados com aqueles do grupo de ratos tratados com dieta controle e que uma dieta deficiente em vitamina E favorece o aumento dos radicais livres.