Scielo RSS <![CDATA[Estudos de Psicologia (Campinas)]]> http://www.scielo.br/rss.php?pid=0103-166X20170004&lang=pt vol. 34 num. 4 lang. pt <![CDATA[SciELO Logo]]> http://www.scielo.br/img/en/fbpelogp.gif http://www.scielo.br <![CDATA[Seção temática: Prática e Pesquisa na Abordagem Humanista e Fenomenológica em Psicologia: algumas propostas aos desafios contemporâneos]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-166X2017000400001&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt <![CDATA[Respondendo aos desafios contemporâneos: novas pessoas para novos tempos]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-166X2017000400454&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Abstract Global problems are accelerating to the point where they are challenging civilization. The author reflects on how early mentors in Biological and Psychological science modeled a new paradigm for their inquiry that included subject-subject participation, qualitative methods, a wider range of accepted evidence and the ability to indwell in a state of “not knowing” and letting coherence emerge. Such an approach not only leads to new knowledge but also develops capacities and competencies in the researcher that are more adequate for understanding complex and seemingly intractable crises of global the 21st century. The author identifies three levels of crisis occurring simultaneously: conceptual, cultural and existential which undermine coherence at personal and societal levels. When societies destabilize doubt and uncertainty rise producing the possible responses of defensiveness, anarchy and transformation. To optimize the possibility of transformation a new kind of psychology is needed that is better adapted to current conditions. Persons of Tomorrow, a term coined by humanistic psychologist Carl Rogers during the upheavals of the 1960s, have the consciousness and capacities to address these crises in creative and transformative ways. The non-profit International Futures Forum has developed theory, pedagogy and social practices to facilitate transformative innovation. Case examples of its and others’ transformative projects are described and linked to the urgent need to develop and to practice as Persons of Tomorrow.<hr/>Resumo Os problemas globais estão aumentando a tal ponto que ameaçam a civilização humana. A autora reflete sobre como seus mentores das áreas de Biologia e Psicologia desenvolveram um novo paradigma em suas pesquisas que se caracteriza por contemplar uma relação sujeito-sujeito entre o pesquisador e o participante da pesquisa, métodos qualitativos, uma gama mais ampla de evidências comprovadas e a habilidade para colocar-se numa posição de “não saber’ de forma a permitir que a coerência sobre algo possa surgir naturalmente. Tal abordagem, não apenas leva a novos conhecimentos, como também desenvolve capacidades e competências no pesquisador que são mais adequadas para compreender as complexas e aparentemente insolúveis crises do século 21. A autora identifica três níveis de crises ocorrendo de maneira simultânea - conceitual, cultural e existencial - e que tendem a solapar a coerência nos níveis pessoal e social. Quando as sociedades se desestabilizam dúvidas e incertezas aparecem produzindo reações de defesa, anarquia e transformação. Para otimizar a possibilidade de transformação, faz-se necessário um novo tipo de Psicologia, mais adaptado às condições atuais. Pessoas do Amanhã, um termo cunhado pelo psicólogo humanista Carl R. Rogers durante os conflitos da década de sessenta do século XX, possuem a consciência e as capacidades para enfrentar estas crises de modo criativo e transformador. A Futures-Forum, uma organização sem fins lucrativos, desenvolve teorias, estratégias pedagógicas e práticas sociais visando facilitar inovações transformadoras Exemplos deste e de outros projetos transformadores são descritos e também associados a urgente necessidade do desenvolvimento de uma prática no estilo das Pessoas do Amanhã. <![CDATA[Construindo narrativas compreensivas a partir de encontros dialógicos: um caminho em busca de significados]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-166X2017000400467&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Abstract Phenomenological investigations are concerned with unfolding the nature of a phenomenon through the process of describing and understanding subjective lived experiences. The process through which this is accomplished varies according to the underlying philosophical concepts and specific methodological strategies adopted. A common means of achieving this objective is through hours-long interviews that are recorded and later transcribed and analyzed. The present article describes an alternative method that accesses the participants’ experiences of a phenomenon through encounters with a researcher, who then uses dialogical data to develop comprehensive narratives. These are written in first person in order to grasp the participant’s significant meanings based on what emerged during their encounter and its impact on the researcher. A narrative synthesis is then constructed in order to enable the phenomenological process of analysis to reach the structural elements based on all participants’ experiences. Exemplary excerpts are presented in order to illustrate the process.<hr/>Resumo Investigações fenomenológicas empenham-se em desvelar a natureza de um fenômeno por meio da descrição e compreensão de experiências vividas. Esse processo apresenta variações de acordo com os conceitos filosóficos subjacentes e as estratégias metodológicas adotadas. A forma habitual consiste na gravação de longas entrevistas que são posteriormente transcritas e analisadas. O presente artigo descreve um método alternativo para entrar em contato com as experiências dos participantes sobre determinado fenômeno, por meio de encontros dialógicos com o pesquisador. Este desenvolve narrativas compreensivas, escritas em primeira pessoa, com o propósito de captar os significados das experiências dos participantes a partir do impacto provocado pelos encontros vividos com eles sobre si mesmo. Uma narrativa síntese é, então, construída para dar prosseguimento ao processo de análise, a fim de revelar os elementos estruturais do fenômeno a partir das experiências de todos os participantes. Exemplos são apresentados para ilustrar o processo. <![CDATA[Influência da fenomenologia e do existencialismo na Gestalt-terapia]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-166X2017000400476&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Abstract The literature on the influence of phenomenology and existentialism on Gestalt therapy is controversial because its founders did not clarify its philosophical and epistemological foundations. However, we understand that various influences exerted on Perls and his collaborators during the development of the Gestalt therapy led to a phenomenological-existential approach. The possible influences of phenomenology and existentialism on Gestalt therapy are discussed based on literature review focusing on the influence of Gestalt psychology, through Goldstein, Laura Perls, and Goodman, and the approaches to the phenomenological ideas of Brentano, Husserl and Merleau-Ponty. Similarly, with regard to existentialism, we address the combination of Gestalt concepts with the philosophies of Kierkegaard, Nietzsche, Buber, and Sartre. It was concluded that the influence of phenomenology and existentialism on Gestalt therapy resulted in the conception of man as a being-in-the-world and an emphasis on past experiences.<hr/>Resumo A literatura sobre a influência da fenomenologia e do existencialismo na Gestalt-terapia é controversa, pois seus fundadores não se ocuparam em esclarecer seus fundamentos filosófico-epistemológicos. Entretanto, entende-se neste artigo que as várias influências sofridas por Perls e seus colaboradores na construção da Gestalt-terapia apontam para uma convergência de um posicionamento fenomenológico-existencial. Discutem-se aqui as possíveis influências da fenomenologia e do existencialismo na Gestalt-terapia a partir da revisão da literatura. Destaca-se a influência da psicologia da Gestalt, a partir de Goldstein, Laura Perls e Goodman, bem como as aproximações às ideias fenomenológicas de Brentano, Husserl e Merleau-Ponty. Da mesma forma, no que se refere ao Existencialismo, aponta-se a articulação das concepções gestálticas com as filosofias de Kierkegaard, Nietzsche, Buber e Sartre. Conclui-se que a influência da Fenomenologia e do Existencialismo na Gestalt-terapia proporciona uma concepção de homem como ser-no-mundo e uma ênfase na experiência vivida. <![CDATA[Conjugalidade, parentalidade e coparentalidade: associações com sintomas externalizantes e internalizantes em crianças e adolescentes]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-166X2017000400487&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Resumo A literatura sustenta que os subsistemas conjugal, parental e coparental impactam no desenvolvimento dos filhos. Entretanto, investigações acerca da articulação entre esses subsistemas são escassas no contexto nacional. Objetivou-se avaliar as associações da conjugalidade, parentalidade e coparentalidade com sintomas internalizantes e externalizantes dos filhos. Foi realizado um estudo explicativo, quantitativo e transversal com 200 indivíduos (100 homens e 100 mulheres), que coabitassem com seus filhos de quatro a 18 anos. Foi utilizado questionário composto por seis escalas. Os resultados evidenciam congruência na percepção de pais e mães acerca da presença de sintomas nos filhos. Adaptabilidade conjugal e aprovação coparental foram preditoras dos sintomas internalizantes e competição coparental, exposição do filho ao conflito coparental prática parental de intrusividade, aprovação coparental e prática parental de supervisão do comportamento foram preditoras dos sintomas externalizantes. Esses resultados sustentam a interdependência dessas variáveis e reforçam a premissa de que intervenções familiares devem atentar para todo o sistema familiar.<hr/>Abstract Literature supports that marital, parental, and coparental subsystems impact the development of children. However, investigations into the correlation between these subsystems are still scarce in the national context. The objective was to evaluate the associations of marital, parenting, and coparenting with internalizing and externalizing symptoms in children. An explanatory, quantitative, and cross-sectional study was carried out with 200 participants (100 men and 100 women) who lived with their 4-18-year old children. A questionnaire comprised of six scales was used. The results show congruence between parents’ perception regarding the presence of symptoms in children. Marital adaptability and coparental approval were predictive of internalizing symptoms; coparental competition, children’s exposure to coparental conflict, parental intrusiveness, coparental approval, and parental supervisory behaviors were predictive of externalizing symptoms. These findings indicate the interdependence between these variables and reinforce the premise that family interventions should focus on the entire family system. <![CDATA[Apoio matricial em saúde mental no contexto da Atenção Primaria à Saúde: barreiras e fatores facilitadores]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-166X2017000400499&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Abstract O artigo discute as barreiras e os fatores facilitadores à descentralização em saúde mental por meio do apoio matricial. Trata-se de uma pesquisa qualitativa, realizada com apoiadores matriciais ‒ psicólogos e psiquiatras da região metropolitana de Porto Alegre, Rio Grande do Sul, Brasil. Os resultados evidenciam como obstáculos ao apoio matricial a não validação plena da gestão; a sobreposição das questões políticas em detrimento das técnicas; a incongruência entre os valores institucionais e os profissionais; as diferentes configurações da rede em Unidades de Saúde tradicionais e Unidades de Saúde da Família, que demandam arranjos organizacionais diferentes. Dentre os fatores facilitadores, evidenciam-se as relações personalizadas entre os apoiadores e os profissionais de referência, a disponibilidade, o comprometimento, a comunicação fluida, a corresponsabilização e a sistematicidade dos encontros. Conclui-se que, apesar dos diferentes obstáculos, a manutenção do apoio matricial decorre essencialmente da motivação dos apoiadores à descentralização em saúde mental.<hr/>Resumo The present study addresses the barriers and facilitators to the decentralization of mental health systems through matrix support. This qualitative research was carried out with matrix supporters ‒ psychologists and psychiatrists from the metropolitan region of Porto Alegre, Rio Grande do Sul, Brazil. The results revealed the following barriers to matrix support: non-recognition and full validation of matrix support from the management; overrating political issues at the expense of technical issues; incongruence between institutional and professional values; and different network settings in traditional Health care Units and Family Health Units requiring different organizational arrangements. The facilitators include personalized relationships between the matrix supporters, and the team formed by reference health professionals, and the professionals’ availability and commitment, effective communication, co-responsibility, and regularity and organization of meetings. It was concluded that, despite the various obstacles, matrix support arises mainly from the motivation of the supporters towards the decentralization of mental health systems. <![CDATA[Eficácia adaptativa e indicadores genéricos de mudança em psicoterapia: um estudo exploratório]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-166X2017000400512&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Resumo Esta pesquisa exploratória objetivou avaliar a relação entre evolução dos indicadores genéricos de mudança e qualidade da eficácia adaptativa de uma paciente adulta atendida em psicoterapia breve psicodinâmica. Os vídeos e transcrições das 11 sessões deste processo foram analisados com os Indicadores Genéricos de Mudança e com a Escala Diagnóstica Adaptativa Operacionalizada Redefinida. Os resultados demonstraram evolução dos indicadores de mudança e progresso nas respostas adaptativas. Se por um lado respostas mais adequadas sugeriram mudanças na vida da paciente, por outro, essas melhoras puderam ser captadas pelos Indicadores Genéricos de Mudança. As duas medidas usadas em conjunto podem auxiliar o terapeuta na avaliação de progresso do paciente e na compreensão dos fatores que ocasionam ou que limitam a mudança. Sugere-se a realização de pesquisas que compreendam maior número de casos, contem com processos considerados mal sucedidos e envolvam abandono por parte do paciente.<hr/>Abstract This exploratory study aimed to evaluate the relationship between the progress on generic indicators of change and the quality of adaptive efficacy in an adult patient who underwent brief psychodynamic psychotherapy. The videos and transcripts of 11 therapy sessions were analyzed using the “Indicadores Genéricos de Cambio” (Generic Change Indicators) and the “Escala Diagnóstica Adaptativa Operacionalizada Redefinida” (Operational Adaptive Diagnostic Scale Redefined). The results pointed to the progress on the indicators of change and progress in adaptive responses. More adequate responses suggested changes in the patient’s life, and these improvements were detected by the Generic Change Indicators. Used together, these two measures may assist the therapist in evaluating patient’s progress and understanding the factors that cause or limit change. Further studies with a larger number of psychotherapy processes and which take into account unsuccessful processes and patient abandonment are recommended. <![CDATA[Experiências e sentimentos de mães diante da doença de Moyamoya de seus filhos]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-166X2017000400523&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Resumo A doença de Moyamoya é uma grave enfermidade crônica, caracterizada por oclusão das grandes artérias na base do cérebro e é considerada importante causa de acidente vascular cerebral. O objetivo deste estudo consistiu em investigar a experiência e os sentimentos de mães diante do diagnóstico e da evolução da doença de Moyamoya e de seu tratamento em seus filhos. Trata-se de uma pesquisa descritiva, com análises quantitativa e qualitativa. Participaram do estudo oito mães de filhos com diagnósticos da doença de Moyamoya provenientes de três estados da região Sudeste do Brasil. Os dados foram coletados por meio de questionários via página da Internet. Os resultados mostram que o processo de diagnóstico da doença foi vivido com temores e tristeza, agravados pelas dificuldades diagnósticas e escassez de informações. As mães relataram desespero, medo, dificuldade de aceitação, culpa e temor na realização de angiografia cerebral e cirurgia. A fé e a espiritualidade foram referidas como fontes de apoio e de manutenção da esperança. Assinala-se a necessidade de estudos que colaborem para maior esclarecimento sobre a doença e a vivência de doentes e familiares.<hr/>Abstract Moyamoya disease is as a serious chronic disease characterized by an occlusion of the main arteries of the brain, and it is considered an important cause of stroke. The purpose of this study was to investigate the experiences and feelings of mothers facing their child’s diagnosis, progress, and treatment of Moyamoya disease. This is a descriptive study with quantitative and qualitative analyses. Eight mothers of children with Moyamoya disease from three different southeastern states in Brazil participated in the study. Data were collected via Internet questionnaires. The results show that fear and sadness pervaded the mothers’ experiences of the disease diagnosis, which was aggravated by the scarcity of information available. Mothers reported feeling despair, anxiety, guilt, difficulty of acceptance, and fear related to cerebral angiography and brain surgery. Faith and spirituality were referred to as sources of support and maintenance of hope. There is a need for further studies that can bring greater clarity about this disease and the experience of patients and their families. <![CDATA[O desenvolvimento, em ambiente hospitalar, de uma modalidade de Psicoterapia Breve intitulada RIME, através da mobilização de imagens alquímicas]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-166X2017000400534&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Abstract This article refers to the development of a Brief Psychotherapy modality in a hospital setting through the use of alchemical images. This Intervention, entitled RIME (Relaxamento, Imagens Mentais, Espiritualidade) (RIME Intervention ‒ Relaxation, Mental Images, Spirituality), has been developed for 17 years. This article presents the fourth and last stage of this process, which refers to the application of RIME in women undergoing treatment for breast cancer with the possibility of a cure. The main theoretical frameworks used were Analytical Psychology and Near Death Experiences. This is a comparative exploratory and descriptive research that uses the quantitative and qualitative approaches. The main focus of this article is to present the qualitative results. Qualitative data were collected using recorded semi-structured interviews and graphical representations, prior to the 1st and after the 3rd RIME sessions. In summary, the results obtained showed that the RIME Intervention promoted empowerment for libido strengthening, as a constructive force, in women with breast cancer with the possibility of a cure.<hr/>Resumo Este artigo refere-se ao desenvolvimento de uma modalidade de Psicoterapia Breve para ambiente hospitalar, através da mobilização de imagens alquímicas, chamada Intervenção RIME (Relaxamento, Imagens Mentais, Espiritualidade), que vem sendo desenvolvida há 17 anos. Apresenta-se, assim, a última etapa do processo, a quarta fase, representada pela implementação da RIME em mulheres com câncer de mama, em tratamento, com possibilidades de cura. Os principais marcos teóricos utilizados foram: a Psicologia Analítica e as Experiências de Quase Morte. O método utilizado foi o exploratório comparativo, descritivo, com abordagem quantitativa-qualitativa. O foco principal deste artigo é apresentar os resultados qualitativos, cujos instrumentos utilizados para a coleta de dados foram entrevistas semi-estruturadas gravadas e representações gráficas, antes da primeira e após a terceira sessão da RIME. Os resultados mostraram, em resumo, que a RIME promove o fortalecimento da libido, como uma força construtiva, em mulheres com câncer de mama, com possibilidade de cura. <![CDATA[Interação mãe-bebê e uso de chupeta no contexto do nascimento pré-termo: um estudo com base na Teoria Bioecológica]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-166X2017000400548&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Resumo O objetivo foi investigar a avaliação de mães de recém-nascidos pré-termo egressos de Unidade de Terapia Intensiva Neonatal quanto à qualidade dos Processos Proximais e uso de chupeta nos primeiros 2 anos. O delineamento longitudinal teve como base a Teoria Bioecológica do Desenvolvimento Humano. Participaram 12 mães, entrevistadas em cinco momentos (durante internação, aos 6, 12, 18 e 24 meses de idade do bebê). Foram estabelecidos 2 grupos: Grupo A (n = 6), mães que inseriram chupeta até 2 anos, e Grupo B (n = 6), as que não inseriram este hábito. Os Processos Proximais foram mais efetivos para mães com maior escolaridade e melhor situação econômica, sem interferência da chupeta. A contribuição da chupeta como auxiliar nos Processos Proximais foi indiferente para mães que controlavam o uso, sendo mais evidente durante o sono; o uso irrestrito facilitava a resolução do choro, liberando a mãe para outras tarefas. Concluiu-se que, nessa situação, a chupeta atua como limitador dos Processos Proximais.<hr/>Abstract The objective of this study was to evaluate mothers of preterm infants discharged from Neonatal Intensive Care Units with regard to the quality of Proximal Processes and use of pacifier during the first two years. The longitudinal design used was based on the Bioecological Theory of Human Development. Twelve mothers were interviewed at five different times; (during hospital stay and at 6, 12, 18, and 24 months after birth). Two groups were formed: Group A (n = 6), mothers who introduced a pacifier during the first two years of life, and Group B (n = 6), mothers who did not introduce this habit. Proximal Processes were more effective for mothers with higher education level and better economic situation, without interference of pacifier. According to the mothers who controlled pacifier use, which was most evident during sleep, it did not make any difference in terms of contributing to the Proximal Processes. The unrestricted use of pacifier helped soothing a crying baby, freeing the mother to engage in other tasks. In conclusion, it can be said that in this situation a pacifier inhibits Proximal Processes. <![CDATA[Evidências de validade do Zulliger-SC em idosos com Doença de Parkinson]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-166X2017000400560&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Abstract The ethical principles of psychological assessment include the need to use reliable tests to meet the demands of the emerging population. Therefore, the present study sought to provide evidence of validity of the Zulliger Comprehensive System (Zulliger Test in the Comprehensive System) considering the constructs: self-perception and interpersonal relationships. A total of 61 older adults of both sexes participated in the study; 30 had Parkinson’s disease (clinical group) and 31 were healthy (non-clinical group). The clinical group showed an increase in the following variables: Human detail (p = 0.02, d = 0.50); Morbid responses (p = 0.025, d = 0.62); Vista responses (p = 0.016, d = 0.72), Food Responses (p = 0.021, d = 0.61) and Decrease in human detail fictional (p = 0.012, d = -0.65) and in Personalized Responses (p = 0.003, d = -0.48). There was a positive relationship between the Zulliger Test in the Comprehensive System variables and age, income, and disease severity and a negative relationship between the Zulliger Test in the Comprehensive System variables and time since diagnosis. The results obtained confirm the validity of the Zulliger Test in the Comprehensive System and encourage further studies.<hr/>Resumo Entre os princípios éticos da prática da avaliação psicológica destaca-se a necessidade do uso de testes fidedignos para responder às demandas da população emergente. Com esse propósito, buscou-se evidenciar a validade do Zulliger Sistema Compreensivo considerando os construtos autopercepção e relações interpessoais. Participaram do estudo 61 idosos, 30 com doença de Parkinson e 31 livres da doença, de ambos os sexos. O primeiro grupo apresentou aumento das variáveis de Detalhe humano (p = 0,02, d = 0,50), Conteúdo mórbido (p = 0,025, d = 0,62), Somatório de sombreado vista (p = 0,016, d = 0,72), Alimento (p = 0,021, d = 0,61) e Rebaixamento em detalhe para-humano (p = 0,012, d = -0,65) e Respostas personalizadas (p = 0,003, d = -0,48). Houve associação positiva entre variáveis do Zulliger Sistema Compreensivo e idade, renda e severidade da doença e associação negativa com o tempo de diagnóstico. Os resultados ratificam a validade do Zulliger Sistema Compreensivo e estimulam novos estudos.