Scielo RSS <![CDATA[Estudos de Psicologia (Campinas)]]> http://www.scielo.br/rss.php?pid=0103-166X20160004&lang=pt vol. 33 num. 4 lang. pt <![CDATA[SciELO Logo]]> http://www.scielo.br/img/en/fbpelogp.gif http://www.scielo.br <![CDATA[Seção temática: Psicologia no contexto hospitalar]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-166X2016000400565&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt <![CDATA[A Psicologia no hospital geral: aspectos históricos, conceituais e práticos]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-166X2016000400573&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Resumo A atuação da Psicologia aplicada ao ambiente hospitalar é marcada por fatos históricos relevantes que contribuíram para a definição da área e delimitação da prática profissional. Este artigo objetivou apresentar os aspectos históricos, conceituais e práticos da Psicologia no hospital geral nos Estados Unidos da América e no Brasil. Esse tipo de atividade da Psicologia se iniciou na década de 1950 e, posteriormente, ocorreu o reconhecimento da especialidade Psicologia da Saúde. A prática ocorre por meio da avaliação e intervenção psicológica hospitalar com especificidades, dependendo da abordagem teórica utilizada. No que se refere aos aspectos conceituais, o acompanhamento psicológico hospitalar visa facilitar a adaptação e enfrentamento das situações vivenciadas pelo paciente hospitalizado, assim como prioriza a tríade: paciente, família e equipe de saúde.<hr/>Abstract The practice of applied Psychology in the hospital environment is marked by relevant historical facts that contributed to the definition and delimitation of this area of professional practice. This article aimed to present the practical, conceptual, and historical aspects of Psychology within a general hospital in the United States of America and in Brazil. The provision of psychology services within a general hospital began in the 1950s, and sometime later Health Psychology was recognizes as a specialty. Such practice involves hospital evaluation and specific psychological interventions, depending on the theoretical approach used. With regard to the conceptual aspects, professional psychological support aims to facilitate adaptation and help hospitalized patients cope with the challenges they face prioritizing the triad: patients, family, and healthcare team. <![CDATA[Estresse precoce no desenvolvimento: impactos na saúde e mecanismos de proteção]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-166X2016000400587&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Resumo Este artigo tem por objetivo, primeiramente, apresentar uma abordagem do desenvolvimento na área de saúde da criança, focalizando modelos teórico-conceituais sobre o impacto do estresse precoce no desenvolvimento e na saúde. Em segundo lugar, busca apresentar pesquisas na área de Psicologia Pediátrica, que foram realizadas no âmbito de um hospital universitário público, com neonatos e crianças hospitalizadas, cujas condições clínicas ou de tratamento médico envolviam situações altamente estressoras. O artigo trata dos principais modelos teórico-conceituais sobre estresse precoce com impacto no desenvolvimento e na saúde, a saber: Sameroff; Evans e Wachs; Shonkoff; e Kazak. As pesquisas, por sua vez, abordam a exposição a estressores durante a hospitalização de neonatos e crianças, bem como suas mães, e intervenções preventivas para manejo de estresse e/ou dor. Ao final do artigo, é apresentado um modelo com diretrizes para promover a transferência de evidências científicas para a prática clínica, visando implementar mudanças no âmbito hospitalar.<hr/>Abstract This paper aims firstly to present a developmental approach in child health focusing on theoretical-conceptual models about the impact of early stress on child development and health; secondly it aims to present studies on Pediatric Psychology which were carried out in a public teaching hospital with hospitalized neonates and children whose clinical conditions and medical treatment involved highly stressful situations. This paper examines the main theoreticalconceptual models of early stress with impact on child development and health, namely those proposed by Sameroff; Evans and Wachs; Shonkoff; and Kazak. These authors address the exposure of neonates, children, and their mothers to stressful situations during hospitalization and preventive interventions for the management of stress and/or pain. Finally, a model with guidelines to promote transfer of scientific evidence into clinical practice is introduced aiming to implement changes in the hospital context. <![CDATA[Diagnóstico de malformações congênitas: impactos sobre a saúde mental de gestantes]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-166X2016000400601&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Resumo Malformação congênita, segunda maior causa de mortalidade infantil, constitui condição de vulnerabilidade importante na gravidez, que repercute desfavoravelmente na saúde mental da gestante. Objetivou-se estudar o impacto do momento do diagnóstico de malformação congênita sobre a saúde mental de 66 gestantes em atendimento pré-natal. Para isso, as participantes responderam ao Questionário "Momento da notícia", o qual identifica variáveis psicossociais relativas ao momento do diagnóstico da deficiência, e as Escalas Beck, para avaliar sinais e sintomas de ansiedade (Beck Anxiety Inventory) e depressão (Beck Depression Inventory). Todas receberam a notícia através de um médico, sendo 19 no segundo trimestre gestacional. Quatorze consideraram a transmissão do diagnóstico apropriada. No entanto, quando a notícia ocorreu no primeiro trimestre, tanto indicadores de ansiedade (p = 0,0009) quanto de depressão (p = 0,000004) se associaram ao momento da comunicação do diagnóstico; diferente de quando a gestante era comunicada no segundo trimestre, ao qual esteve associado somente os indicadores de depressão (p = 0,0462). Discute-se indicadores de ansiedade e depressão na gestação relacionados ao diagnóstico de malformação congênita como agravantes da vulnerabilidade física e psíquica durante a gestação.<hr/>Abstract Congenital malformation, the second largest cause of infant mortality, is an important cause of vulnerability during pregnancy, and it has an unfavorable effect on the mental health of pregnant woman. The objective of this study was to investigate the impact of the moment of diagnosis of congenital malformation on the mental health of 66 pregnant women receiving prenatal care. The participants answered the questionnaire "Momento da notícia" (Moment of diagnosis), which identifies psychosocial variables related to the moment of diagnosis. The Beck Scales were also used to assess signs and symptoms of anxiety (Beck Anxiety Inventory) and depression (Beck Depression Inventory). All participants were given the diagnosis by a physician, and 19 were notified during the second trimester of pregnancy. The diagnosis communication was considered adequate by fourteen participants. However, when the diagnosis was notified during the first trimester of pregnancy it was associated with indicators of anxiety (p = 0.0009) and depression (p = 0.000004). Different results were found when the mother was notified during the second trimester, when only the indicators of depression were associated to the diagnosis received (p = 0.0462). The present study addressed the indicators of anxiety and depression during pregnancy associated to the diagnosis of congenital malformation as risk factors for the physical and psychological vulnerability during this period. <![CDATA[Significados da morte de crianças com câncer: vivências de mães de crianças companheiras de tratamento]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-166X2016000400613&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Resumo O diagnóstico de câncer frequentemente suscita a consciência da possibilidade de morte. Admitir a morte na infância implica considerar que o ciclo vital se inverteu e que crianças também morrem. O objetivo deste estudo foi compreender os significados que mães de crianças que terminaram o tratamento oncológico atribuem à morte de outras crianças com câncer vivenciada no contexto hospitalar. Trata-se de uma pesquisa qualitativa com fundamentação fenomenológica. Foram realizadas entrevistas com sete mães cujos filhos haviam concluído tratamento em hospital terciário do interior paulista, audiogravadas e transcritas para análise compreensiva dos relatos. A compreensão do fenômeno estudado evidenciou que, quando as mães recordavam a morte de uma criança com câncer no hospital, significavam esse acontecimento com intensos sentimentos de frustração, tristeza e sofrimento. As participantes relataram de forma explícita que sentiam medo diante da morte de uma criança no hospital, pois isso as fazia pensar na possibilidade de morte do próprio filho ou da recidiva da doença.<hr/>Abstract Cancer diagnosis often leads to fear of death. Facing the death of children implies admitting the reversal of life cycle and that children also die. The aim of this study was to understand the significance attributed by mothers whosechildren have completed cancer treatment to the death of other children undergoing cancer treatment at the hospital. This is a qualitative phenomenological research. Individual in-depth interviews were conducted with seven mothers of children who had already completed oncologic treatment at a tertiary hospital in São Paulo State, Brazil. The interviews were audio recorded and transcribed for comprehensive analysis of recorded data. The understanding of the phenomenon studied shows that when the mothers recalled the death of a child with cancer at the hospital, the significance they attributed to that event was expressed with strong feelings of frustration, sorrow, and pain. The participants explicitly reported feeling fear whenever a child died at the hospital because it made them think about the possibility of their own child's death or relapse of the disease. <![CDATA[Efeitos de listas de pré-consulta sobre comportamento comunicativo de crianças com câncer e seus cuidadores]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-166X2016000400623&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Abstract This cross-sectional study present effects of pre-consultation lists on caregivers' and children's communicative behavior. Thirty-two dyads caregiver-child took part in this research, divided in three groups concerning the study design: Baseline 1, Intervention phase, and Baseline 2. Children and caregivers were individually interviewed before consultations on pediatric cancer treatment, in order to list doubts, expectations, and estimated issues to the medical visit. These themes were written down on a sheet of paper, attached to the child´s medical record cover, and would then be used as a memo in the following consultation. Results show that pre-consultation lists produced no effects on children's behavior, however the procedure was associated to specific doubts discussed by caregivers regarding dietary recommendations, coping with side effects, child development, biological aspects of cancer, and school activities. This study presents a low cost procedure that may contribute to tailor communication in pediatric settings.<hr/>Resumo Este estudo transversal apresenta efeitos de listas de pré-consulta sobre comportamento comunicativo de cuidadores e crianças. Participaram 32 díades cuidador-criança, as quais foram divididas em três grupos de acordo com o delineamento do estudo: Linha de Base 1, Intervenção e Linha de Base 2. Crianças e cuidadores foram entrevistados individualmente antes das consultas em tratamento de câncer infantil para listar dúvidas, expectativas e assuntos estimados à consulta médica. Esses temas foram escritos em uma folha de papel anexada à capa do prontuário da criança, utilizada como lembrete para a consulta que se seguiria. Resultados mostram que as listas de pré-consulta não produziram efeitos no comportamento infantil, porém o procedimento foi associado a dúvidas específicas discutidas pelos cuidadores, relativas às recomendações alimentares, a lidar com efeitos colaterais, ao desenvolvimento da criança, aos aspectos biológicos do câncer e às atividades escolares. Este trabalho apresenta procedimento de baixo custo que pode contribuir para a comunicação sob medida em contextos pediátricos. <![CDATA[Manejo da dor neonatal: influência de fatores psicológicos e organizacionais]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-166X2016000400633&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Resumo Com enfoque preventivo de riscos ao desenvolvimento, este estudo analisou fatores que influenciam o manejo de dor em prematuros por 84 profissionais de saúde de uma unidade neonatal. Variáveis do ambiente, como clima e diagnóstico organizacional, e pessoais, como estresse, enfrentamento e crenças sobre prematuridade e dor neonatal, foram avaliados por sete instrumentos. Resultados evidenciaram que participantes associam a prematuridade ao peso de nascimento, reconhecem a importância do tratamento da dor (97%), mas conhecem pouco sobre sua avaliação e medidas (32%), realizando a maioria de 20 procedimentos invasivos sem analgesia (70%). O principal estressor foi o ambiente de trabalho, descrito como caótico e requerendo mudanças, mas houve equilíbrio entre esforço e recompensa na percepção do estresse ocupacional, cujo enfrentamento era do tipo "controle". Discute-se a influência do fator organizacional no engajamento-desengajamento desses profissionais em práticas adequadas de alívio da dor, subsidiando intervenções voltadas à assistência neonatal humanizada.<hr/>Abstract Focusing on preventing developmental risks, this study examined the factors influencing pain management in premature infants according to 84 health professionals in a neonatal unit. Environmental variables, such as organizational climate and diagnosis, and personal variables, such as stress, coping, and beliefs about prematurity and neonatal pain, were evaluated using seven instruments. Results showed that the participants associate prematurity with birth weight, recognize the importance of pain management (97%), but know little about pain measurement and evaluation (32%) and most of the 20 invasive procedures are performed without analgesia (70%). The major stressor identified was work environment, described as chaotic and requiring changes, but there was a balance between effort and reward in the perception of occupational stress, and coping was characterized by an effort to control the situation. The influence of organizational factors on the engagement-disengagement of these professionals in effective pain management practices to support interventions aimed at humanized neonatal care was discussed. <![CDATA[Avaliação da personalidade em pacientes com dor crônica]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-166X2016000400645&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Abstract In Brazil, studies investigating the personality characteristics of chronic pain patients are scarce. The present study aimed to evaluate the personality characteristics of patients with chronic pain and to compare them with those of patients without this condition. To this end, the Personality Disorders Dimensional Inventory and the Hypochondriasis scale of the Brazilian version of the Minnesota Multiphasic Personality Inventory were administered. Two different statistical analyses were carried out: the t - test to determine the differences between the scores for the two groups and the logistic regression analysis to examine the predictive power of the scales for the diagnosis of chronic pain. The results revealed significant differences (p &lt; 0.05) among the Histrionic, Hypochondriasis, and Sadistic scales as predictors for the groups studied, with larger effect sizes on the Histrionic and Hypochondriasis scales. The authors suggest that the use of these scales in a clinical context may provide important information for health professionals.<hr/>Resumo No Brasil, estudos investigando as características da personalidade em pacientes com dor crônica são escassos. O objetivo da presente pesquisa foi avaliar as características da personalidade em pacientes com dor crônica e compará-las com as de pessoas sem esse diagnóstico. Para tanto, foram aplicados o Inventário Dimensional de Transtornos da Personalidade e a Escala de Hipocondria da versão brasileira do Minnesota Multiphasic Personality Inventory. Duas análises estatísticas distintas foram empregadas, sendo elas o teste t, para verificar diferenças entre as pontuações dos dois grupos, e a análise de regressão logística, para investigar a capacidade preditiva das escalas para o diagnóstico de dor crônica. Os resultados indicaram diferenças significativas (p &lt; 0,05) nas escalas Histriônico, Hipocondria e Sádico como preditores dos grupos estabelecidos, com maiores magnitudes as escalas Histriônico e Hipocondria. Os autores sugerem que o uso das escalas para o contexto clínico pode agregar informações relevantes para o profissional. <![CDATA[Escala de Aconselhamento Profissional e Teste de Fotos de Profissões: evidências de validade]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-166X2016000400655&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Resumo A avaliação dos interesses profissionais tem lugar de destaque nos processos de Orientação Profissional, embora não haja tantos instrumentos de avaliação no Brasil. Diante dessa realidade, o presente estudo teve como objetivo a busca de evidências de validade para a Escala de Aconselhamento Profissional por meio da comparação com outro instrumento, o Teste de Fotos de Profissões, que avalia inclinações profissionais. Participaram do estudo 196 estudantes do 5º e 7º semestres dos cursos de Pedagogia, Odontologia e Ciência da Computação de uma universidade particular, com idades entre 19 e 49 anos (Média = 24,24; Desvio-Padrão = 4,89), sendo 62,8% do sexo feminino. Os instrumentos foram aplicados coletivamente nas salas de aula da instituição. Os resultados mostraram correlações significativas entre todas as dimensões da Escala de Aconselhamento Profissional e os fatores do Teste de Fotos de Profissões, revelando evidências de validade de construto convergente.<hr/>Abstract The assessment of professional interests plays a prominent role in the process of career counseling. However, there are not many career assessment instruments available in Brazil. Given this reality, this study aimed at searching for validity evidence for the "Escala de Aconselhamento Profissional", a Brazilian scale, by comparing it with another instrument, the "Teste de Fotos de Profissões" (Test of Photos of Professions, a Brazilian version of the Berufsbilder Test), also used to assess professional interest. One hundred ninety-six undergraduate Pedagogy, Dental, and Computer Science students in their 5th and 7th semesters of a private university participated in this study. They were aged between 19 and 49 years (Mean - 24.24, Standard Deviation - 4.89), and 62.8% were females. The instruments were collectively administered in regular classrooms at the university. Results showed significant correlations between all dimensions of the "Escala de Aconselhamento Profissional" and those of the "Teste de Fotos de Profissões" revealing convergent validity evidence. <![CDATA[Relação entre os níveis de escrita, consciência fonológica e conhecimento de letras]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-166X2016000400667&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Resumo Este estudo teve como objetivo investigar a relação entre nível de escrita, consciência fonológica e conhecimento de letras. Participaram 60 crianças do 1º ano do ensino fundamental com média de idade de 6,09 anos, as quais foram submetidas a testes de conhecimento de letras, consciência fonológica e escrita inventada no início e no final do ano escolar e ao Teste Matrizes Progressivas Coloridas de Raven, aplicado apenas no início do ano. Verificaram-se correlações significativas entre consciência fonológica, conhecimento de letras e nível de escrita. A maioria das crianças evoluiu ao longo do ano nos desempenhos observados. Significativamente, aquelas que apresentaram melhor domínio da consciência fonológica e conhecimento do nome das letras desde o início do ano, evoluíram mais na escrita ao final do ano. Nesse sentido, a instrução da consciência fonológica associada ao conhecimento de letras deve ser realizada ainda na pré-escola, a fim de garantir uma boa aprendizagem ulterior em escrita.<hr/>Abstract This study aimed to investigate the relationship between spelling levels, phonological awareness, and letter knowledge. Sixty first grade children, mean age 6.09 years, participated in the study. They underwent letter-knowledge, phonological awareness, and spelling tests at the beginning and end of the school year. The Raven's Progressive Matrices test was applied only at the beginning of the school year. Results showed significant correlations between phonological awareness, letter knowledge, and spelling level. Most children progressed remarkably throughout the year. However, those who had better phonological awareness skills and letter-name knowledge at the beginning of the school year significantly improved their spelling skills at the end of the year. Therefore, phonological awareness instruction combined with letter-knowledge should be provided in pre-school to ensure the development of good spelling skills in the subsequent school years. <![CDATA[Características proteanas e afetos sobre carreira de estudantes de Psicologia]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-166X2016000400677&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Resumo A presente pesquisa buscou compreender os aspectos proteanos e afetivos relacionados ao projeto de carreira de estudantes universitários do curso de Psicologia, além de explorar como esse projeto pode ser influenciado pelas variáveis comportamento exploratório, personalidade e autoeficácia. O estudo foi realizado com 341 acadêmicos de Psicologia, sendo 156 (45,7%) de uma faculdade privada e 185 (54,3%) de uma universidade pública. Para aferir afetos sobre a carreira desenvolveu-se uma escala, a qual apresentou dois fatores: afetos negativos de carreira e afetos positivos de carreira. Ambos apresentaram índices de confiabilidade alfa de Cronbach superiores a 0,80. As variáveis de personalidade neuroticismo, extroversão, conscienciosidade e abertura a ideias, assim como as de autoeficácia e comportamento exploratório, foram preditivas das características da carreira proteana, a saber: autogerenciamento e direcionamento para valores.<hr/>Abstract This study aimed to understand the features of a protean career and the affective aspects related to the career project of undergraduate Psychology students and to explore how this project can be influenced by exploratory behavior variables, personality, and self-efficacy. The sample was composed of 341 Psychology undergraduate students: 156 (45.7%) from a private college and 185 (54.3%) from a public university. In order to measure affect in career, a scale composed of two factors was developed: negative affect and positive affect in career. Both factors showed Cronbach's alpha coefficient greater than 0.80. The personality variables neuroticism, extraversion, conscientiousness, and openness, as well as self-efficacy and exploratory behavior, were shown to be predictive of the protean career dimensions values-driven orientation and self-directedness. <![CDATA[Implicações do discurso parental no desvio fonológico]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-166X2016000400689&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Resumo O desvio fonológico é uma alteração da fala sem fatores orgânicos identificáveis, que implica o uso inadequado de fonemas após os quatro anos de idade, aparecendo com maior frequência até os oito anos. Dessa forma, constitui-se objetivo deste trabalho relacionar o desvio fonológico e o discurso parental. Empregou-se uma metodologia qualitativa, a partir da análise de conteúdo. Participaram da pesquisa 15 responsáveis por crianças diagnosticadas com desvio fonológico e encaminhadas ao serviço de atendimento fonoaudiológico de uma instituição de ensino superior. Para a coleta de dados o instrumento utilizado foi uma entrevista semiestruturada. Os dados foram generalizados e compararam os participantes quanto à significação parental destinada tanto à criança quanto à patologia. Os resultados apontaram que existe uma relação entre o discurso parental e o desvio fonológico. Além disso, as funções parentais parecem determinar o quanto o funcionamento linguístico da criança é afetado por ele ou não.<hr/>Abstract Speech disorder is an alteration of the speech that involves the inappropriate use of phonemes after 4 years of age without identifiable organic causes. Its greatest occurrence is observed between the ages of 4 and 8 years old. The objective of this study is to investigate the relationship between phonological disorders and parental speech. A qualitative content analysis was carried out. Fifteen parents or guardians of children diagnosed with phonological disorders, who were referred to the speech therapy services of a higher education institution, participated in this study. Data were collected through semi-structured interviews. The data were generalized and the parent perception of the pathology and intended support to the child were compared between the participants. The results showed that there is a relationship between parental speech and speech disorders. Moreover, parental discourse and involvement seem to determine whether the child's linguistic functioning is affected. <![CDATA[Sentidos produzidos sobre a maternagem por mulheres em tratamento por uso de drogas]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-166X2016000400699&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Abstract There is a growing number of women who use drugs. Furthermore, the responsibility for family care is still attributed solely to women. This study aimed to describe the meanings constructed regarding mothering by women in treatment for drug use. This qualitative and descriptive study, with a social constructionist intelligibility, was developed with women in treatment at the Centro de Atenção Psicosocial - Álcool e Drogas of Ribeirão Preto, Brazil. Eight life story thematic interviews were carried out. The analysis resulted in four themes: 1) Mothering as the woman's choice; 2) Learning with drug consumption experiences and using this to warn and educate children; 3) Drug consumption interfering in mothering and 4) Drug consumption understood in different ways throughout the treatment. The meanings attributed to mothering consist of moral and gender discourses regarding the responsibilities attributed to women and the difficulties solely attributed to their drug use.<hr/>Resumo É crescente o número de mulheres que consomem drogas. Além disso, ainda se atribui unicamente à mulher a responsabilidade pelo cuidado familiar. Neste estudo, objetivou-se descrever os sentidos construídos a respeito da maternagem por mulheres em tratamento devido ao uso de drogas. Caracteriza-se como um estudo qualitativo, descritivo e exploratório, com inteligibilidade construcionista social. Foi desenvolvido com mulheres em tratamento no Centro de Atenção Psicossocial - Álcool e Drogas de Ribeirão Preto, SP. As oito entrevistas de história de vida temática resultaram em quatro eixos temáticos: 1) Maternagem como escolha da mulher; 2) Experiências do consumo como aprendizado para si e como cuidado/alerta e ensino aos filhos; 3) O consumo de substâncias interferindo na maternagem; e 4) Consumo compreendido de diferentes formas ao longo do tratamento. Os sentidos atribuídos à maternagem são constituídos por discursos morais e de gênero sobre as responsabilidades ditas da mulher e sobre dificuldades consideradas unicamente femininas pelo uso de drogas. <![CDATA[Efeitos de procedimentos para maximizar o bem-estar e a competência parental em mulheres vitimizadas]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-166X2016000400711&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Resumo O Projeto Parceria visa ensinar habilidades parentais a mulheres com histórico de violência pelo parceiro íntimo, incluindo dois módulos com manuais correspondentes: (I) um específico para analisar os efeitos da violência e seu enfrentamento, e (II) outro para o ensino de manejo positivo de comportamento dos filhos. O presente estudo avaliou os efeitos de três procedimentos de aplicação dos referidos módulos: (a) Módulo I seguido do Módulo II; (b) Módulo II seguido do Módulo I; e (c) Módulo I e II aplicados simultaneamente, em um delineamento intrassujeitos. Nove mães com histórico de violência pelo parceiro íntimo foram distribuídas em três grupos, cada um com um tipo de procedimento, e participaram de 20 sessões individuais. Foram observados efeitos favoráveis da intervenção nos três grupos avaliados, especialmente no que recebeu o procedimento simultâneo de módulos (c).<hr/>Abstract The "Projeto Parceria" (The Partnership Project) aims at teaching parenting skills to women with a history of intimate partner violence, including two distinctive units: (I) specific unit to analyze violence effects and its prevention and (II) unit to teach strategies for the effective management of their children's behavior. This paper evaluated the effects of three different procedures used in the application of these units: (a) Unit I followed by Unit II; (b) Unit II followed by Unit I; and (c) Units I and II simultaneously applied using a single-subject design. Nine mothers with a history of intimate partner violence were distributed into three groups, each with one type of procedure, and they participated in 20 individual sessions. Favorable intervention effects were observed in the three groups, especially in the simultaneous units' procedure group (c). <![CDATA[Mulheres imigrantes em Portugal: uma análise de gênero]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-166X2016000400723&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Resumo Este texto procura discutir teoricamente a importância de se analisar as migrações a partir de uma perspectiva de gênero. Tomando como referência uma das mais marcantes características da era atual das migrações, a feminização, aponta-se a necessidade de refletir e questionar os processos e as dinâmicas subjacentes às migrações femininas e às suas características específicas. São apreciados neste texto os contributos das teorias feministas para o entendimento das migrações das mulheres, assim como são observadas as implicações de se considerar as migrações um fenômeno genderizado. São também sistematizados alguns dos estudos sobre mulheres imigrantes realizados em Portugal mais recentemente, mapeando-se as temáticas mais abordadas e os resultados alcançados.<hr/>Abstract This study aims to theoretically discuss the importance of analyzing migrations from a gender perspective. Based on one of the most striking features of migrations in the modern age - the feminization of migrations -, we point out the need to reflect and analyze the processes and dynamics underlying female migration and their specific characteristics. This paper examines the contributions of feminist theories to the understanding of women's migrations and the implications of considering migrations a gendered phenomenon. Some recent studies on immigrant women in Portugal were systematized, mapping the most frequently addressed topics and the results achieved. <![CDATA[Risco e vulnerabilidade como analisadores nas políticas públicas sociais: uma análise crítica]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-166X2016000400735&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Resumo É apresentada uma síntese crítica sobre o percurso histórico e o processo de institucionalização da Assistência Social como política pública; além disso toma-se o discurso sobre o risco social presente nela e também na política nacional para crianças e adolescentes como analisador das possibilidades normalizadoras da Psicologia e da Assistência Social. Para que a Assistência Social, incluindo-se os psicólogos, possa buscar um efetivo equacionamento do problema social, é preciso que se paute radicalmente - logo de início -, pelo enunciado ético que deve orientar seus efeitos: o sujeito cidadão de direitos.<hr/>Abstract A critical overview of the historical journey and the process of institutionalization of social assistance as a public policy are presented. The discourse about the social risk involved in it and in the national policy for children and adolescents is also addressed for the analysis of the normalizing possibilities of Psychology and Social Care. In order for Social Assistance, including psychologists, to find effective solutions for social problems, it has to be - from the very beginning -, based entirely on the ethical statement, which should manage its effects on citizens as subjects of rights. <![CDATA[O impacto das percepções de justiça organizacional e da resiliência sobre o engajamento no trabalho]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-166X2016000400747&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Resumo A presente pesquisa investigou o impacto das percepções de justiça organizacional (distributiva, processual, interpessoal e informacional) e da resiliência sobre o engajamento no trabalho, mediante um estudo de levantamento de natureza transversal. A amostra foi composta por 435 profissionais de ambos os gêneros, provenientes de organizações públicas, privadas e do terceiro setor, situadas, predominantemente, no Estado do Rio de Janeiro. A coleta de dados efetivou-se por meio de versões brasileiras da Escala de Percepção de Justiça Organizacional de Colquitt, da Escala de Resiliência de Connor-Davidson e da Escala de Engajamento no Trabalho de Utrecht. A análise de regressão múltipla linear padrão evidenciou que as percepções de justiça distributiva e interpessoal, bem como a resiliência, predisseram positivamente o engajamento no trabalho. Concluiu-se que a justiça organizacional e a resiliência consistem recursos motivacionais que promovem o engajamento no trabalho.<hr/>Abstract The aim of this study was to investigate the impact of organizational justice (distributive, procedural, interpersonal, and informational) perceptions and resilience on work engagement using a cross-sectional analysis. The sample was composed of 435 professionals, of both genders, who work in public, private, or third sector organizations based mainly in the Brazilian state of Rio de Janeiro. Data was collected using Brazilian versions of the Colquitt's Organizational Justice Perception Scale, Connor-Davidson Resilience Scale, and Utrecht Work Engagement Scale. The multiple regression analysis showed that the perceptions of distributive and interpersonal justice, as well as resilience, positively predicted work engagement. It was concluded that organizational justice and resilience are motivational resources that foster work engagement. <![CDATA[O atendimento psicológico no Centro de Referência Especializado da Assistência Social e a visão de operadores do direito e conselheiros tutelares]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-166X2016000400757&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Resumo Este estudo, de delineamento qualitativo, objetivou conhecer a percepção dos operadores do direito e conselheiros tutelares sobre o atendimento psicológico ofertado à criança e ao adolescente no Centro de Referência Especializado da Assistência Social. Através de entrevistas semiestruturadas, constatou-se que esse centro tem se constituído como um serviço de referência no encaminhamento e atendimento psicológico oferecido às vítimas de violência. O atendimento do profissional da Psicologia no âmbito da Assistência Social é considerado importante para a escuta de crianças e adolescentes em situação de violência. No entanto, o atendimento oferecido pelo município nem sempre contempla a demanda existente no local e, na maioria das vezes, é prestado de forma tardia. Dessa forma, ainda se faz necessário mais investimento dos gestores municipais na implantação de serviços e contratação de profissionais especializados para atender a população infanto-juvenil em situação de violência.<hr/>Abstract This is a qualitative study aimed at analyzing the perception of child protective agents and law professionals about the psychological care provided to children and adolescents by a Specialized Center of Reference in Social Assistance. Semi-structured interviews were conducted, and the results indicated that this Center has been a reference in providing services such as referrals and psychological assistance to victims of violence. The assistance provided by the Psychology professionals in the context of social assistance is considered very important for the understanding and support of children and adolescents in a situation of violence. However, the municipal public assistance offered does not always meet local demand, and, most of the time, it starts too late. Therefore, the results show need for more local government's investments to promote the implementation of services and to hire specialized professionals to assist children and adolescents in a situation of violence.