Scielo RSS <![CDATA[Revista de Economia e Sociologia Rural]]> http://www.scielo.br/rss.php?pid=0103-200320130004&lang=es vol. 51 num. 4 lang. es <![CDATA[SciELO Logo]]> http://www.scielo.br/img/en/fbpelogp.gif http://www.scielo.br <![CDATA[<b>Práticas e contradições</b>: <b>um estudo de caso sobre camponeses assentados no Médio São Francisco</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-20032013000400001&lng=es&nrm=iso&tlng=es Este trabalho tem a proposta de apresentar o modo de vida de um grupo social camponês e sua história de constantes intervenções governamentais. Esta comunidade, denominada Canudos, é um assentamento localizado no interior do estado da Bahia, na região do Médio São Francisco. Os sujeitos sociais abordados no artigo oscilam entre atividades pluriativas, das quais as principais são o trabalho com a terra e com a pesca artesanal, e apresentam sociabilidades, relações familísticas e identitárias singulares. Constatamos que esta distintividade, baseada principalmente na precedência de alguns grupos familiares, gera conflitos internos que se potencializam e dificultam a implementação de projetos intervencionistas por parte do Estado. O artigo busca analisar esta prática e as contradições deste processo social. Os dados analisados foram coletados por meio de uma fusão metodológica entre a técnica de estudo de caso aprofundado e a análise de diagnóstico dos sistemas agrários.<hr/>This work aims to present the way of life of a peasant social group and its history of constant government interventions. This community, called Canudos, is located in Bahia State, in the Médio São Francisco area. The social actors to which we refer move within pluriactive activities (farm work and small-scale fishing are the most important), and present unique sociabilities, familistic and identitary relations. We have verified that this distinctiveness, which is based mainly on the precedence of the several family groups, generate internal conflicts that become powerful and make it difficult for the government to implement intervention projects. This article intends to analyze this practice and contradictions of this social process. Data were collected from a methodological fusion between the technique of in-depth case study and diagnosis analysis of the land systems. <![CDATA[<b>A construção do discurso agroecológico no Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem-Terra (MST)</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-20032013000400002&lng=es&nrm=iso&tlng=es Na última década, o Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem-Terra (MST), que luta pela reforma agrária no Brasil, vem mudando de forma radical o seu discurso para uma proposta mais coerente com as diretrizes preconizadas pela agroecologia. Neste contexto, o intuito do presente trabalho foi o de compreender, a partir de uma abordagem teórico-histórica, a apropriação do conceito agroecologia como bandeira na luta pela reforma agrária defendida pelo MST. Para tanto, partiu-se de revisões sobre as concepções clássicas relativas ao papel do campesinato nas sociedades contemporâneas e buscou-se realizar "pontes teóricas" com os discursos e as ações praticadas pelo MST em sua história, baseando-se em análise documental. Por fim, este artigo conclui que a defesa da agroecologia no MST, baseada em um discurso chayanoviano, está em curva ascendente, em contraponto ao discurso antes vigente de coletivização e fomento de grandes unidades de exploração agrícola especializadas de inspiração no marxismo ortodoxo. Aponta-se, também, que a agroecologia, para o MST, vai muito além da dimensão produtiva, agregando forte questionamento político.<hr/>In the last decade, the Landless Workers Movement (MST - Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem-Terra, in Portuguese), which fights for land reform in Brazil, has radically changed its speech towards guidelines recommended by the agroecology. The aim of this study was to understand, from a theoretical-historical approach, the appropriation of the concept agroecology as a motto in the struggle for agrarian reform holded by the MST. Classic conceptions concerning the role of the peasantry in contemporary societies and attempts to make "theoretical bridges" with the speeches and the actions taken by the MST in its history, based in a documental analysis were conducted. The conclusion is that the defense of agroecology in the MST, based on a chayanovian speech, is on an upward curve, in contrast to the previous prevailing speech of collectivization and promotion of specialized large farm units inspired in the orthodox Marxism. It also points out that the agroecology, for the MST, goes far beyond the productive dimension, adding significant political questions. <![CDATA[<b>Produtividade agrícola e segurança alimentar dos domicílios das regiões metropolitanas brasileiras</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-20032013000400003&lng=es&nrm=iso&tlng=es O crescimento agrícola pode afetar o nível de bem-estar de uma população mediante a possibilidade de elevação da oferta de alimentos, com reflexo em menores preços e na qualidade da dieta das pessoas. Assim, buscou-se, neste trabalho, verificar a relação entre a produtividade agrícola brasileira dos principais itens constituintes da dieta da população e a segurança alimentar dos domicílios das regiões metropolitanas brasileiras. Utilizou-se um modelo de escolha qualitativa, o probit, e dados das Pesquisas de Orçamentos Familiares (POF) de 1995-1996, 2002-2003 e 2008-2009 e da pesquisa de Produção Agrícola Municipal (PAM). Foram verificadas importantes relações entre a escolaridade do chefe do domicílio, a presença de pessoas menores de 18 anos na família e o fato de o domicílio obter renda per capita inferior a um salário mínimo e a segurança alimentar. Além disso, o crescimento da produtividade dos grãos, das verduras e legumes e das frutas associou-se à maior probabilidade de segurança alimentar em pelo menos um dos períodos analisados. Conclui-se que os ganhos de produtividade associam-se à maior segurança alimentar domiciliar, porém, em baixas proporções, devido à alta influência de fatores particulares aos domicílios, como escolaridade e renda.<hr/>One of the principal means by which agricultural growth affects the level of welfare of the population is the possibility of increasing the food supply, which generally reflects in lower food prices, with important implications on people's diet. Thus, this study aimed to investigate the relationship between the agricultural productivity of the main items of people's diet and food security of households in metropolitan regions. We used a qualitative choice model, the probit, and data from the Household Budget Surveys (POF, in Portuguese) of 1995-1996, 2002-2003 and 2008-2009 and research Municipal Agricultural Production. There were significant relationships between the level of education of the household head, the presence of persons under 18 years-old in the family and the fact that the per capita income household earning is less than minimum wage and food security. Moreover, the productivity growth of grains, vegetables and fruits was associated with greater likelihood of food security in at least one of the periods analyzed. We conclude that productivity gains are associated with greater household food security, but in low proportions, due to the high influence of particular characteristics, such as education and income. <![CDATA[<b>A criação de conhecimento para a gestão de propriedades rurais no Brasil e na Austrália</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-20032013000400004&lng=es&nrm=iso&tlng=es Este artigo analisa as contribuições que o modelo de cinco fases do processo de criação de conhecimento de Nonaka e Takeuchi (1997) pode trazer para a gestão de propriedades rurais. É um estudo de casos com produtores rurais do Brasil e Austrália, utilizando-se de documentação e observação in loco, questionário, entrevista e focus group. As categorias de análise utilizadas são as cinco fases do processo de criação de conhecimento de Nonaka e Takeuchi (1997). Os dados indicam que em uma propriedade onde as pessoas buscam socializar, questionar, inovar constantemente, há maior espaço para transformar conhecimento tácito em explícito. Pessoas abertas ao novo e ao questionamento de suas práticas demonstraram apresentar maiores possibilidades de criar um campo de interação para que o conhecimento seja criado. Embora, no contexto que envolve os produtores rurais, haja disponibilidade e ocorra compartilhamento de conhecimentos, experiências e informações, é importante que sejam utilizados na prática e que produzam resultados concretos.<hr/>This article aims to investigate how the Nonaka and Takeuchi's five stages of knowledge creation model can contribute for the rural properties' management. This study analyzes case studies of farmers in Brazil and Australia using various data types, including document related to farm producers, on-site observation, questionnaire, semistructured interview and focus groups. It was found that, in a property where people sought to socialize, question, and innovate constantly, there was more space to create tacit knowledge and transform it to explicit. Farmers who were innovated and more critical about their practices have shown a greater chance in order to create a field of knowledge interaction. In the context of rural farmers, knowledge, experiences and information could be found and shared among them. However, it is more important that they use the information practically in order to produce an effective outcome. <![CDATA[<b>Elasticidade-preço da demanda por etanol no Brasil</b>: <b>como renda e preços relativos explicam diferenças entre estados</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-20032013000400005&lng=es&nrm=iso&tlng=es Este artigo estuda a demanda por etanol no Brasil no período 2001-2009, considerando as características regionais de renda e de preços relativos. Essas características explicam variação relevante na elasticidade-preço da demanda, aspecto até então desconsiderado em estudos anteriores. Foi estimado um modelo econométrico a partir de um painel de dados estaduais mensais, no qual variáveis instrumentais foram usadas para controlar a endogeneidade na análise da demanda. Conclui-se que a demanda é mais elástica em estados mais pobres e em que o preço relativo está próximo a 70%, a taxa técnica de substituição entre etanol e gasolina, parâmetro relevante para as decisões de consumo de proprietários de veículos flex-fuel. Essas regiões apresentam maiores elasticidades-preço da demanda, em última análise, por conta de diferenças logísticas e tributárias, as quais definem o preço relativo. Esses resultados diferem daqueles obtidos por Salvo e Huse (2013), pois identificam diferenças regionais que independem da heterogeneidade das preferências dos consumidores, mas decorrem da configuração logística e de renda. Os resultados sugerem implicações para as políticas tributária e de infraestrutura logística, as quais, ao afetarem o nível de preços relativos de etanol e gasolina, afetam a sensibilidade da demanda com relação às variações de preço.<hr/>This article analyzes the demand for ethanol in Brazil, from 2001 to 2009, taking into account regional differences in regard of relative price and per capita income. These elements explain significant variability of demand elasticities across regions, a result not yet addressed by the related literature. By means of a panel with monthly data at the state level, we estimate an econometric model with instrumental variables to control endogeneity. We found that the demand is more elastic in poorer states and in regions whose relative price is closer to 70%, the technical rate of substitution between ethanol and gasoline, which is expected to trigger the demand decision of owners of flex-fuel vehicles. Those regions present higher demand price-elasticity, for ultimately logistic and tributary reasons, that determines relative prices. Results differ from those from Salvo and Huse (2013), since our model explain regional differences that do not need to rely on consumer preference heterogeneity, but occur because of logistics and income regional distribution. Our findings suggest implications for taxation and logistic infrastructure policies, which directly affect the relative prices of ethanol and gasoline, and, therefore, indirectly influence the demand elasticity. <![CDATA[<b>Origens, evolução e tendências da indústria de máquinas agrícolas</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-20032013000400006&lng=es&nrm=iso&tlng=es O presente trabalho contribui com o estudo da gênese e da evolução histórica da indústria de máquinas e implementos agrícolas, destacando o papel de algumas empresas e como suas estratégias moldaram a estrutura produtiva e de mercado atuais, um "oligopólio diferenciado-concentrado mundial". Do ponto de vista metodológico, este é um texto qualitativo-quantitativo, exploratório e descritivo. A pesquisa bibliográfica mostrou que existiam poucos trabalhos sobre a evolução da estrutura de mercado e das empresas atuantes neste segmento, o que gerou a necessidade de um levantamento exploratório de dados e uma ampla revisão de literatura. O texto mostra a importância do progresso técnico e dos ganhos de escala no processo competitivo deste setor. O trabalho conclui que o setor tem as características de um oligopólio diferenciado-concentrado, sendo a inovação e a diferenciação de produtos através da fidelização dos clientes à marca de dois importantes instrumentos competitivos, assim como as economias de escala e escopo. Outra característica fundamental é o caráter global desta concorrência, com poucas empresas com atuação mundial e muitas com atuação regional ou local.<hr/>This paper aims to resume the agricultural machinery history and development, as well as their majors companies, in order to understand the current market structure and the prospects for their future. The first discussion is related to the importance of technical progress to compete in this environment. We study the competition and technical progress in this industry, focusing on technological trajectories and on collecting information from the literature about the development of this industry. The study concludes thatthe industry retains some differentiated oligopoly characteristics, with innovation and product differentiation as important competitive tools. Another key aspect is the global nature of this competition. <![CDATA[<b>Pesquisa Qualitativa</b>: <b>rigor metodológico no tratamento da teoria dos custos de transação em artigos apresentados nos congressos da Sober (2007-2011)</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-20032013000400007&lng=es&nrm=iso&tlng=es O objetivo deste artigo foi analisar como são construídas as pesquisas de natureza qualitativa em artigos sobre a Teoria dos Custos de Transação (TCT), considerando as publicações dos anais da Sociedade Brasileira de Economia, Administração e Sociologia Rural (Sober), de 2007 a 2011. Foram focados aspectos metodológicos relacionados aos tipos de pesquisa, recorte temporal, métodos de coleta, tipos de dados e métodos de análise utilizados. Para tanto, realizou-se uma pesquisa qualitativa, do tipo descritiva e exploratória, com abordagem teórica, recorte transversal com perspectiva longitudinal e fundamentada em dados secundários. Os resultados demonstraram que grande parte dos artigos analisados é de natureza qualitativa, do tipo exploratório, com recorte transversal, sendo o questionário, seguido por entrevistas estruturadas, os métodos de coleta predominantes. Os dados primários em conjunto com os secundários foram os mais utilizados. Os métodos de análise não se apresentaram de forma clara nos artigos selecionados, sendo observadas três situações: a) não são citados; b) são citados, mas não são explicados e observados no momento da análise; c) são citados e explicados, mas não são adotados na análise. Concluiu-se que a ausência de rigor metodológico, notadamente nos métodos de coleta e análise de dados, prejudica a análise dos resultados, reduzindo a possibilidade de contribuição dos trabalhos para o avanço do conhecimento que envolve a TCT.<hr/>To exam how qualitative research is built in articles involving the Transaction Costs Theory (TCT), considering publications listed from 2007 to 2011 of the congress of Brazilian Society for Rural Economics, Administration and Sociology (Sober) is the aim of this paper. Therefore, it was considered, mainly, methodological aspects related to the research types, time frame, collection methods, data types and analysis methods used. For this purpose, it was carried a qualitative research, descriptive and exploratory type, with theoretical approach, cut crosssectional and longitudinal perspective based on secondary data. The results showed that most of the articles analyzed involved qualitative research, exploratory type, with cross-cut and questionnaire, followed by structured interviews, as the predominate data collection methods. The primary data, along with the secondary data, were the most used. The analysis methods were not clear in any of the selected quality articles. Three situations were observed: a) they are not cited; b) they are cited, but not explained or observed in the analysis; c) they are quoted and explained, but not adopted in the analysis. It was concluded that the lack of methodological rigor, specifically in collecting and analyzing data, affected the results, reducing the possibility of the contribution of works for advances of knowledge involving the TCT. <![CDATA[<b>Mensuração das elasticidades-preço da demanda, cruzada e renda no mercado de etanol brasileiro</b>: <b>um estudo usando painéis cointegrados</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-20032013000400008&lng=es&nrm=iso&tlng=es A futura escassez das fontes fósseis de energia não é opinião partilhada por toda a academia, mas a necessidade de fontes energéticas renováveis é, sim, um consenso. Com base nisso, o etanol de primeira geração a partir da cana-de-açúcar brasileira se torna uma excelente alternativa energética por apresentar melhores indicadores nos quesitos intensidade em terras, custo de produção e redução de CO2 em relação a outras culturas para produção de etanol. Porém, não há estudos que estimem a demanda de longo prazo utilizando dados em painel e que obtenham estimativas regionais para as cinco regiões brasileiras. Diante de tal lacuna, este artigo tem por objetivo estimar as elasticidades-preço, renda e cruzada da demanda por etanol, tanto no curto quanto no longo prazo. As estimativas são feitas para todo o Brasil e para as cinco regiões brasileiras, no período de julho de 2001 a julho de 2011, com bases mensais. São usados dados em painel, e as estimativas utilizam como principais estimadores o General Least Squares (GLS) com correção para heterocedasticidade para encontrar as relações de curto prazo e Dynamic Ordinary Least Squares (DOLS) para as de longo prazo. Os resultados indicam que o etanol é um bem elástico a preço, com elasticidade por volta de -1,42 e -3,30 para o curto e longo prazo, respectivamente, e que as elasticidades-preço e cruzada de curto prazo aumentaram no período pós-flex.<hr/>The future shortage of fossil energy is not shared by the entire academy, but the need of renewable energy sources is a consensus. Based on this, the ethanol from sugarcane in Brazil becomes an excellent energy alternative by offering better indicators, such as: less land intensity, lower production costs and larger CO2 reduction when compared with other energy producing crops. However, there are no studies that estimate the long run ethanol demand using panel data or either estimate it at regional level. Therefore, this study aims to estimate the price, income and cross price demand elasticities for ethanol in the short and long run. The estimates are both at national and regional levels for Brazil, from July 2001 to July 2011, on a monthly basis. Panel data econometrics are used and forecasts use the following estimators: General Least Squares (GLS) with correction for heteroscedasticity for short run and Dynamic Ordinary Least Squares (DOLS) for long run. Results indicate that ethanol is price elastic, with elasticity around -1.42 and -3.30 for the short and long run, respectively. There was an increase of cross and price elasticities in the short run in the post-flex period. <![CDATA[<b>Lar "Doce" Lar</b>: <b>uma análise do consumo de açúcar e de produtos relacionados no Brasil</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-20032013000400009&lng=es&nrm=iso&tlng=es O principal objetivo do presente trabalho é avaliar as características do consumo de açúcar e de produtos que usam açúcar em sua composição, utilizando dados das Pesquisas de Orçamentos Familiares (POF) de 2002/2003 e 2008/2009. Para tanto, foi utilizada a metodologia proposta por Hoffmann (1983, 2010) para a estimativa da elasticidade-renda. Os resultados mostram a significativa redução do consumo e dispêndio per capita associado ao açúcar cristal e refinado no período, bem como o aumento do consumo de açúcar na forma de produtos industrializados. Adicionalmente, a elasticidade-renda estimada para os produtos industrializados é bastante superior à do açúcar, indicando a preferência pelos consumos industrializados, associado ao processo de aumento na renda observada no período.<hr/>This study evaluates the consumption characteristics of sugar and products containing sugar based on data from the Brazilian Family Budget Surveys carried out in 2002/03 and 2008/09. The methodological approach consists in estimating the income elasticities, as proposed by Hoffmann (1983, 2010), to capture changes in elasticities as income varies. The results show a significant reduction in per capita consumption and expenditure with crystal and refined sugar in the period, while the consumption of sugar through products containing sugar has increased. In addition, the income elasticity estimated for industrial products was much higher than for sugar, suggesting that there is a growing preference for industrial products as income increases. <![CDATA[<b>Importância dos setores agroindustriais na geração de renda e emprego para a economia brasileira</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-20032013000400010&lng=es&nrm=iso&tlng=es Medidas de incentivo à demanda por alguns produtos industriais têm sido realizadas pelo governo brasileiro. Entretanto, o País é reconhecidamente competitivo na sua produção agrícola, e políticas de incentivo à demanda dos mesmos não têm sido estabelecidas na mesma magnitude daquelas dos produtos industriais. Este trabalho teve como objetivo verificar se o aumento de demanda sobre os produtos industriais incentivados pelo governo causam maiores impactos na economia do que incentivos em setores agrícolas, brutos ou processados, o que justificaria a escolha dos setores beneficiados pelas políticas recentes no País. Observou-se que os impactos econômicos positivos provocados por choques em setores da agroindústria (agrícolas processados) foram superiores àqueles provocados pelo choque nos setores industriais avaliados. Entre os setores agrícolas, verificou-se que, para um mesmo tamanho de área cultivada no País, os impactos na economia podem ser de 2 a 4 vezes maiores se o produto for processado do que se considerarmos o aumento de demanda apenas do produto bruto. Portanto, incentivos sobre a demanda pelos produtos agroindustriais brasileiros podem gerar maior crescimento e emprego no Brasil do que o aumento de demanda por bens industriais.<hr/>Measures to stimulate the demand for some manufacturing products have been carried out by the Brazilian government. However, the country is admittedly competitive in its agricultural production and policies to encourage its demand have not been established in the same magnitude as those of manufacturing products. This study aimed to verify whether the increased demand on manufacturing products, encouraged by the government in the economy, causes larger impacts than incentives in the agricultural production, raw or processed, which justifies the choice of sectors benefiting from the recent policies in the country. It was observed that the aggregated impact when considering the agroindustrial sectors was higher than that for manufacturing sectors evaluated. It was also found that, for the same size of land cultivated in the country, the impacts on employment, remuneration, production value and GDP in the economy are 2-4 times higher when the product is processed than if considered only the demand increase for the raw product. Therefore, incentives on the demand for the Brazilian agroindustrial products can generate more significant growth and employment in the country than increasing demand for manufacturing products.