Scielo RSS <![CDATA[Revista de Economia e Sociologia Rural]]> http://www.scielo.br/rss.php?pid=0103-200320140004&lang=pt vol. 52 num. 4 lang. pt <![CDATA[SciELO Logo]]> http://www.scielo.br/img/en/fbpelogp.gif http://www.scielo.br <![CDATA[<b>Climate change and adaptive strategies in Brazil</b>: <b>the economic effects of genetic breeding</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-20032014000400001&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Plant breeding through the development of seeds resistant to water stress or high temperature is an important adaptive strategy to cope climate change. In this way, by providing an analysis of adaptation to climate change using genetic breeding on Brazilian farms, this work aims to investigate how climate change will affect the adoption of genetic breeding and profitability of farmers. Temperature and rainfall projections for 2010-2099 time periods were used, considering different climate scenarios (A1B and A2), according to the 4th Assessment Report of IPCC (2007). A Treatment Effects model outlines the analytical framework in this study. Our results indicate the probability of adopting transgenic seeds will grow from 74% in the current period to 86% in 2020, 83% in 2050, and 81% in 2080. Farmers adopting this adaptation strategy will have higher profits. Land value tends to be higher in both climate scenarios in counties with cultivated areas using transgenic seeds. Farmers adopting this adaptation measure will be less exposed to adverse effects of climate change. We conclude that it is necessary to invest in adaptation strategies so that Brazil can overcome adverse effects of global climate change.<hr/>O melhoramento genético representa importante estratégia adaptativa para lidar com os efeitos das mudanças climáticas, principalmente mediante o desenvolvimento de sementes resistentes à seca ou elevadas temperaturas. Dessa forma, o presente trabalho apresenta uma análise de adaptação às mudanças climáticas enfatizando a adoção do melhoramento genético em fazendas brasileiras. O objetivo do trabalho foi investigar como as mudanças climáticas irão afetar a adoção do melhoramento genético e o lucro dos produtores. Foram utilizadas projeções de temperatura e precipitação para o período entre 2010-2099, considerando dois diferentes cenários climáticos (A1B e A2), de acordo com o 4º Relatório de Avaliação do IPCC (2007). Analiticamente, estimou-se um modelo de Efeito de Tratamento. Os resultados indicam que a probabilidade de utilizar sementes transgênicas irá aumentar de 74% no cenário atual para 86% em 2020, 83% em 2050 e 81% em 2080. Os produtores que adotarem essa estratégia adaptativa apresentarão lucros maiores. Nas áreas onde o melhoramento genético é utilizado na agricultura, os valores da terra serão maiores em ambos os cenários climáticos. Os produtores adaptados estarão menos expostos às consequências negativas das mudanças climáticas. Nesse sentido, verifica-se a necessidade de investimento em estratégias de adaptação para que o Brasil possa superar os efeitos adversos das mudanças climáticas. <![CDATA[<b>Caracterização da pluriatividade e dos plurirrendimentos da agricultura brasileira a partir do Censo Agropecuário 2006</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-20032014000400002&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt O artigo trata do fenômeno da pluriatividade na agricultura brasileira, referente à diversificação das atividades econômicas e laborais exercidas no meio rural, e dos plurirrendimentos, referentes à diversificação das fontes de renda acessadas pelos agricultores e suas famílias. Com base nos dados do Censo Agropecuário 2006, realiza-se uma análise para o Brasil e as regiões Sul e Nordeste do País, buscando comparar os assim denominados "estabelecimentos pluriativos" pertencentes às categorias agricultura familiar e agricultura não familiar. O trabalho identifica e quantifica esses estabelecimentos; caracteriza-os segundo o tipo de pluriatividade e a relação de trabalho do pessoal ocupado; e identifica as suas distintas fontes de receitas, mensurando a importância de cada uma na formação da receita total. A constatação empírica de um percentual maior de estabelecimentos de agricultura não familiar classificados como pluriativos (51,9%) do que na própria agricultura familiar (34,1%) levou a uma intrigante questão teórica, já que a quase totalidade dos estudos sobre pluriatividade no Brasil sempre considerou o fenômeno como uma especificidade da agricultura familiar. Embora essa questão seja apenas brevemente discutida no artigo, o resultado mais significativo é que deve haver uma importante parcela dos agricultores familiares que, justamente por serem pluriativos, encontram-se inadequadamente classificados como agricultores não familiares e, portanto, excluídos das estatísticas oficiais e, possivelmente, das próprias políticas públicas voltadas à agricultura familiar.<hr/>The article discusses the phenomenon of pluriactivity in Brazilian agriculture, referring to the diversification of economic and labour activities in rural areas, and pluri-incomes, referring to the diversification of income sources accessed by farmers and their families. Based on 2006 Agricultural Census data, an analysis for Brazil and Southern and Northeastern regions of the country is carried out, trying to compare the so-called "pluriactive households" belonging to family farming and non-family farming categories. The paper identifies and quantifies these households; characterize them according to the type of pluriactivity and the labour relations of employed persons; and identifies their distinct revenue sources, measuring the importance of each one in the formation of total revenue. The empirical finding of a higher percentage of non-family farming households classified as pluriactive (51.9%) than the family farming (34.1%) led to an intriguing theoretical question, since almost all the studies in Brazil always considered pluriactivity as a phenomenon specific to family farming. Although this question is only briefly discussed, the most significant result is that there must be an important part of family farmers who, precisely because they are pluriactive, are improperly classified as non-family farmers and, therefore, excluded from official statistics and possibly of the very public policies suitable for family farming. <![CDATA[<b>Estimativa dos coeficientes de afetação dos custos às atividades agrícolas usando a teoria da máxima entropia</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-20032014000400003&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Neste artigo, pretende-se estimar os coeficientes de afetação dos custos às atividades agrícolas, a partir de informação incompleta. Um modelo de desagregação dos custos de fatores de produção variáveis por atividade foi desenvolvido com base na teoria da máxima entropia e foi aplicado à região alentejo, usando os dados da base RICA de 2008. Os resultados obtidos mostram que a teoria da entropia é uma opção flexível e robusta para realizar a estimação de coeficientes de afetação dos custos das atividades num contexto de informação incompleta. Entre as duas variantes utilizadas, o modelo da entropia cruzada generalizada revelou maior capacidade de previsão, uma vez que os coeficientes estimados são mais próximos dos valores reais.<hr/>This paper aims to estimate the cost allocation coefficients of agricultural activities based on incomplete information. A model to disaggregate the variable input costs based on the maximum entropy theory was developed. It was applied to the Alentejo region using data from the FADN network of 2008. Results show that entropy theory is a flexible and robust option for estimating cost allocation coefficients of agricultural activities in a context of incomplete information. Between model variants used, the model of generalized cross entropy had the best forecast capacity, once the estimated coefficients are closer to the real values. <![CDATA[<b>A reforma da PAC para o período 2014-2020</b>: <b>uma aposta no desenvolvimento territorial</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-20032014000400004&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Este artigo visa analisar as principais mudanças introduzidas pela Reforma da Política Agrária Comum (PAC) da União Europeia, aprovada no final de 2013, pelo Parlamento Europeu, para o período de 2014 a 2020. De acordo com o texto aprovado, a PAC terá um orçamento menor que o dos sete anos anteriores e três países a mais (agora, depois do ingresso da Bulgária, Romênia e Croácia, são 28 países membros). Ademais, de um orçamento 12% menor em valores nominais, há que se observar uma mudança significativa na orientação geral da política: de uma prioridade setorial para a territorial. Na verdade, nossa hipótese é de que estamos diante de uma reforma que representa um trânsito do protagonismo de uma política de tipo setorial, dirigida à gestão da dimensão produtiva do setor agrário com as ajudas diretas, para a qual se dirigem as críticas mais contundentes, a uma outra, territorial, orientada à gestão de territórios rurais, que busca viabilizar processos de desenvolvimento rural e remunerar os agricultores pela produção de bens públicos. Portanto, além de avaliar a importância para a Europa em ter uma PAC, ainda que não satisfaça mais a maioria dos agricultores, mas que atenda, em parte, às demandas de outros segmentos sociais, e mesmo da pressão internacional, pretende-se analisar os elementos da reforma numa perspectiva que vai além dos aspectos pontuais, ou seja, pretende-se traçar as linhas por onde se produz o trânsito de um política menos orientada ao setor e mais orientada ao território.<hr/>This work aims to analyse the main changes introduced by the European Union's Common Agricultural Policy (CAP) reform, passed at the end of 2013 by the European Parliament, coming into effect from 2014 to 2020. According to the reform, the CAP will have a lower budget than the years before and three more countries (now, after the entry of Bulgaria, Romania and Croatia, 28 countries are members). In addition to a 12% lower budget per value, it should be noticed a significant change of the general policy orientation: from a sectoral to a territorial priority. Actually, the hypothesis is that we are in the face of a reform that represents a transit from a sectoral-based policy, addressed to the agrarian sector's productive management with direct assistance, which leads the most scathing criticisms, to a territorial-based policy, oriented to rural area management, which tries to enable rural development processes and remunerate the farmers for the public goods production. Therefore, besides evaluating the importance of having a CAP for Europe, though it does not satisfy most of the farmers anymore, but it attends part of demands of others social segments, and even of the international pressure, the purpose is to analyse the elements of the reform in a perspective that goes beyond specific aspects. In other words, the purpose is to trace the lines where it produces the transit of a policy less guided to the sector and more to the territory. <![CDATA[<b>Condicionantes para exportação no setor sucroenergético brasileiro</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-20032014000400005&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt O objetivo deste artigo é analisar os condicionantes para a atividade exportadora no setor sucroenergético brasileiro. Sete condicionantes foram selecionados: localização, recursos tangíveis, recursos intangíveis, escolhas gerenciais, aprendizagem, agentes externos e contexto externo. A estratégia de pesquisa adotada foi o survey. A amostra não probabilística obtida foi de 84 questionários válidos, coletados entre novembro e dezembro de 2011. Na análise dos dados foram utilizadas medidas e técnicas de estatística descritiva. Evidenciou-se que elementos relacionados aos sete condicionantes selecionados influenciam a atividade exportadora no setor sucroenergético. Em relação à localização, destacam-se o ambiente natural, custos e acesso a insumos, mão de obra, transporte e instituições de apoio. Recursos agrícolas, industriais, financeiros e organizacionais, estilo de liderança, cultura organizacional, reputação, confiança dos agentes externos, redes de relacionamento e o conhecimento sobre o setor foram os principais recursos tangíveis e intangíveis. Nas escolhas gerenciais, destaca-se a atitude proativa diante da intenção de exportar. A análise da aprendizagem reiterou a qualificação do setor pesquisado para atuação no mercado estrangeiro. A ação dos agentes externos, tais como compradores e concorrentes, também é importante para a exportação. Sob a perspectiva do contexto externo, variações cambiais, políticas governamentais e a incerteza ambiental foram fatores determinantes.<hr/>This article aims to analyse the conditions for export activities in the Brazilian sugarcane industry. Seven determinants were selected: location, tangible resources, intangible resources, managerial choices, learning, external agents and external context. The research strategy used was the survey. The non-probability sample included 84 valid questionnaires that were collected between November and December 2011. Measures and descriptive statistical techniques were used for data analysis. It was evident that elements related to the seven selected determinants may influence the export activity in the sugarcane industry. Regarding the location, it is noticeable to highlight factors such as the natural environment, costs and access to inputs, labor, transportation and support institutions. Agricultural, industrial, financial and organizational resources, leadership style, organizational culture, reputation, reliance on external agents, social networks and knowledge of the industry were the main tangible and intangible resources. In managerial choices, the proactive attitude of intention to export is the main factor. The analysis of learning determinant reiterated that the researched industry is qualified to operate in the foreign market. The action of external agents, such as buyers and competitors is also important for export operations. From the external context perspective, exchange rate, government policies and the environmental uncertainty were determining factors. <![CDATA[<b>A distribuição normal-assimétrica como modelo para produtividade de milho aplicada ao seguro agrícola</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-20032014000400006&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt O seguro agrícola comercializado no Brasil usa como parâmetro a produtividade agrícola média municipal dos últimos quatro ou cinco anos para se determinar a produtividade garantida. Diversos pesquisadores consideram que usar um modelo probabilístico para a distribuição de produtividade agrícola é uma metodologia mais adequada para a precificação de risco. Este estudo propõe a distribuição normal-assimétrica como uma alternativa à distribuição normal para modelar a distribuição da produtividade agrícola no Brasil. Foram analisadas séries de produtividade de milho, no período de 1981 a 2007, em 30 municípios do Paraná. A distribuição normal-assimétrica apresentou melhores ajustes do que a distribuição normal para a grande maioria dos municípios e, consequentemente, acarretou melhores estimativas para o pagamento esperado do seguro agrícola.<hr/>The crop insurance sold in Brazil is estimated using the average of the municipal agricultural productivity of the last four or five years. Many researchers believe that using a probabilistic model for the distribution of agricultural productivity is a better methodology for this purpose. This study advocates using the skew-normal distribution as an alternative to the normal distribution to model the distribution of agricultural productivity in Brazil. We analyzed series of corn yield from 1981 to 2007, in 30 counties in Paraná State, Brazil. The skew-normal distribution showed better fits than the normal distribution for the vast majority of the counties, and, consequently, led to better estimates for the expected payment of crop insurance. <![CDATA[<b>Determinantes da demanda internacional de carne bovina brasileira</b>: <b>evidências de quebras estruturais</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-20032014000400007&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt O objetivo deste artigo é verificar as variáveis de impacto na demanda internacional por carne bovina entre janeiro de 1995 e junho de 2013. O método utilizado foi de Mínimos Quadrados Ordinários com Quebras, obtendo-se quatro quebras, cinco regimes. As variáveis independentes na regressão foram os preços de exportação e internos das carnes de bovinos, frangos e suínos, além da renda e da taxa de câmbio. No primeiro regime, a demanda por carne bovina foi elástica em relação aos preços, tanto interno quanto externo, da carne de frango e preço interno da carne bovina. Porém, a elasticidade-renda foi mais significativa. No segundo regime, a relação de preços externos foi inelástica. A elasticidade-renda foi significativa neste regime e houve impacto da taxa de câmbio. No terceiro regime, a demanda foi inelástica em relação aos preços externos das carnes de frango e bovina e elástica aos preços internos das mesmas carnes. A taxa de câmbio também teve impacto significativo. No quarto regime, a demanda foi elástica em relação ao preço interno e inelástica em relação aos preços externos e internos do frango. A renda passa a ser novamente significativa. No quinto regime, a demanda é elástica em relação ao preço externo dos suínos, interno do bovino e à renda. Houve tendência significativa de crescimento no segundo regime e de recessão no primeiro e terceiro regimes.<hr/>The purpose of this article is to verify impact variables on international demand for beef between January 1995 and June 2013. The method used was Ordinary Least Squares with Breaks, obtaining 4 breaks, 5 regimes. The independent variables in the regression were the domestic and export prices of beef, chicken and pork, besides income and the exchange rate. In the first regime, the demand for beef was elastic with regard to prices, both internal and external, the domestic chicken and beef prices. However, income elasticity was more significant. In the second regime, the relation of export prices was inelastic. The income elasticity was significant in this regime and the exchange rate had a significant impact. In the third regime, the demand was inelastic to export prices of chicken and beef and inelastic to domestic prices of the same meat. The exchange rate also had a significant impact. In the fourth regime, the demand was elastic to its domestic price and inelastic in relation to external and internal prices of chicken. The income becomes significant again. In the fifth regime, demand is elastic to the external price of pork, domestic bovine price and income. There was a significant increase trend in the second regime and recession in the first and third regimes. <![CDATA[<b>Formas plurais de governança</b>: <b>uma análise das transações de suprimento entre frigoríficos e pecuaristas</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-20032014000400008&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Este trabalho teve o objetivo de avaliar a existência de formas plurais na transação entre frigoríficos e pecuaristas, observando os determinantes para a escolha das diferentes estruturas de governança. Para tanto, realizaram-se estudos de caso junto a três frigoríficos, tendo as formas plurais de governança como arcabouço teórico. Verificou-se que apenas um dos frigoríficos analisados adota formas plurais para coordenar suas transações de compra do boi gordo, sendo que as outras duas empresas obtiveram a totalidade de seu suprimento de animais mediante transações no mercado spot. Os condicionantes da adoção de formas plurais estiveram alinhados ao modelo teórico, sendo as variáveis ambiguidade, complexidade e comportamento estratégico determinantes para a escolha da estrutura de governança da empresa. Para as outras duas empresas, notou-se pouca ou nenhuma ambiguidade e complexidade nas transações, bem como a inexistência de motivações estratégicas para o uso de formas plurais. As principais vantagens dessa estratégia de coordenação encontradas no presente estudo foram: (i) redução na assimetria de informações; (ii) vantagens de escala e maior poder de barganha no mercado spot; (iii) ganhos de flexibilidade para o abastecimento de diferentes canais de distribuição e (iv) efeitos de aprendizado cruzado.<hr/>This work examined the existence of plural forms in the transaction between slaughterhouses and beef cattle farmers, analyzing the determinants of companies' choice of governance structures. Three slaughterhouses were studied, using the literature of plural forms of governance as theoretical framework. It was found that only one of the slaughterhouses adopts plural forms to coordinate their beef cattle purchase transactions, and the other two companies obtained all of their live cattle supply through spot market trades. The determinants of plural forms adoption were aligned with the theoretical model. Ambiguity, complexity and strategic behavior variables determine the choice of the governance structure. For the other two companies, we noted little or no ambiguity and complexity in the transactions, and the absence of strategic motivations for the use of plural forms. Principal advantages of this strategy of coordination were: (i) reduction of information asymmetry; (ii) advantages of scale and greater bargaining power in the spot market; (iii) flexibility to supply different distribution channels and (iv) cross-learning effects. <![CDATA[<b>Qual a direção da convergência na produtividade da mão de obra na agropecuária de Minas Gerais?</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-20032014000400009&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt O presente estudo tem como objetivo investigar se existiu um processo de convergência da produtividade da mão de obra no setor agropecuário mineiro, ao longo do período de 1970 a 2006, e em que regiões agropecuárias de baixa produtividade estariam reduzindo o hiato existente em relação às regiões agropecuárias de alta produtividade. Para tal finalidade, desagregou-se o estado em municípios e, como metodologias de teste, utilizaram-se densidades de distribuição e um processo estacionário de primeira ordem de Markov, em sua versão discreta. Os resultados demonstram que as distribuições de produtividade dos municípios sofreram um deslocamento de massa para a esquerda, indicando piora na produtividade, e que sua dinâmica de evolução apresentou um processo de convergência em direção a classes inferiores de produtividade.<hr/>This study aims to investigate if there is a convergence process of labor productivity in the agricultural sector of Minas Gerais State over the period 1970 to 2006, and in which regions of low agricultural productivity the gap in relation to the regions with high agricultural productivity has been reducing. For this purpose, the state is disaggregated into municipalities, and as testing methodologies are used density distribution and a first order Markov process in its discrete and continuous versions. The results show that the distributions of productivity of municipalities have suffered mass displacement to the left, indicating a worsening in it and its dynamics of development showed a process of convergence towards the lower classes of productivity.