Scielo RSS <![CDATA[Estudos Avançados]]> http://www.scielo.br/rss.php?pid=0103-401419910003&lang=pt vol. 5 num. 13 lang. pt <![CDATA[SciELO Logo]]> http://www.scielo.br/img/en/fbpelogp.gif http://www.scielo.br <![CDATA[<B>Editorial</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-40141991000300001&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt <![CDATA[<B>Políticas públicas de educação</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-40141991000300002&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt O documento discute as mudanças na demanda por educação provocadas pelo desenvolvimento tecnológico, tanto do ponto de vista econômico como político-social. Apresenta dados que mostram que a repetência no ensino fundamental é bem maior do que indicam as estatísticas oficiais e discute as conseqüências perversas que a ineficiência da escola causa sobre os alunos individualmente e para a sociedade. Atribuindo essa ineficiência a um padrão caótico altamente centralizado da gestão, faz recomendações para mudar esse padrão no sentido de reforçar a autonomia da escola, estabelecer novas funções para os órgãos centrais da administração do ensino e implementar mecanismos de avalização e prestação de contas.<hr/>This report is a synthesis of the discussions held by the Group of Studies on Educational Policy of the I.E.A. from June to October 1991, as a part of the activities of the Education and Citizenship Project. It considers the role that education is to be playng in a new development model for developing countries in order to balance equity and competitiveness Arguing that the poor quality of primary education in Brazil has been brought about by high centralized and unaccountable management, the author makes recommandations in favour of improving primary education management. School autonomy and accountability are stregthened. <![CDATA[<B>Educação básica no Brasil</B>: <B>a agenda da modernidade</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-40141991000300003&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt O trabalho discute os conceitos de modernidade e pós-modernidade, e rejeita a idéia de que a agenda da modernidade, ligada à idéia de progresso, educação e desenvolvimento científico, tenha se esgotado. O Brasil ainda tem um projeto de modernização a cumprir, que encontra na educação básica seu aspecto central. Este projeto depende de um novo entendimento de como a questão educacional deve ser equacionada, a partir de uma revisão de temas como o papel do setor público, da relação entre escola e comunidades, os procedimentos pedagógicos e as questões de conteúdo, que o trabalho discute.<hr/>This article discusses the concepts of "modernity" and "post-modernity", and rejects the notion that the agenda of modernity, linked to the notions of progress, education and scientific development, is exhausted. Brazil still has a modernization agenda to fulfill, which depends on its ability to solve the problems of basic education of its population. To do this, a fresh understanding of how to approach basic education is needed, requiring a new approach to traditional questions such as the role of the public and private sectors, the links between schools and the communities, pedagogical methods and questions of content, which are discussed in the text. <![CDATA[<B>Centros Integrados de Educação Pública</B>: <B>uma nova escola</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-40141991000300004&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt O trabalho discute os conceitos de modernidade e pós-modernidade, e rejeita a idéia de que a agenda da modernidade, ligada à idéia de progresso, educação e desenvolvimento científico, tenha se esgotado. O Brasil ainda tem um projeto de modernização a cumprir, que encontra na educação básica seu aspecto central. Este projeto depende de um novo entendimento de como a questão educacional deve ser equacionada, a partir de uma revisão de temas como o papel do setor público, da relação entre escola e comunidades, os procedimentos pedagógicos e as questões de conteúdo, que o trabalho discute.<hr/>This article discusses the concepts of "modernity" and "post-modernity", and rejects the notion that the agenda of modernity, linked to the notions of progress, education and scientific development, is exhausted. Brazil still has a modernization agenda to fulfill, which depends on its ability to solve the problems of basic education of its population. To do this, a fresh understanding of how to approach basic education is needed, requiring a new approach to traditional questions such as the role of the public and private sectors, the links between schools and the communities, pedagogical methods and questions of content, which are discussed in the text. <![CDATA[<B>A Alegoria em Matemática</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-40141991000300005&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt A caracterização do estilo no texto matemático e a similaridade dos papéis desempenhados por Metáforas, Alegorias e Modelos no estabelecimento de pontes entre diferentes campos semânticos são o ponto de partida para o exame da presença de construções alegóricas no ensino de Matemática. Diversos exemplos são analisados, sugerindo-se a essencialidade do recurso a tais construções e concluindo-se que a permanente transição entre os sentidos literal e figurado é o motor dos processos criativos nas Ciências e na Matemática, como na Língua.<hr/>The characterization of style in mathematical texts and the similarity of functions performed by metaphors, allegories and models as links between distinct semantic fields are the start point in examining the presence of allegoric constructions in mathematical teaching. Several examples are analysed, suggesting the essentiality of making use of such constructions and concluding that the permanent transition between the literal and the figurative senses is the motor of creative processes in Science and Mathematics, as in Language. <![CDATA[<B>Morte e ressurreição do capitalismo</B>: <B>a propósito de Schumpeter</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-40141991000300006&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt A crise econômica e a emergência das "novas tecnologias" nos anos 70 trouxeram nova popularidade à obra de Joseph Schumpeter. Neste artigo, o autor discute como a História recente tem desmentido as previsões do economista quanto à transformação do capitalismo em socialismo. Em primeiro lugar, não ficou provado que a racionalização do progresso industrial reduz o nível de inovação, extinguindo os papéis do empresário e do inventor. Pelo contrário, o caráter aleatório da inovação é tal que uma economia não-planificada se adqua muito melhor à sua natureza. Quanto ao segundo aspecto, a presença crescente do Estado nas atividades de pesquisa-desenvolvimento, o cenário mundial de 1945 alterou-se drasticamente a partir da década de 70 quando a demanda dos mercados civis por alta tecnologia passou a superar as demandas governamentais. O terceiro ponto diz respeito ao papel dos intelectuais, pois a expansão e simultânea desvalorização do ensino superior geram uma superpopulação de indivíduos que desenvolvem uma visão critica com relação ao sistema. Mas se tal "hostilidade" nutre-se apenas de ressentimento, como Schumpeter acredita, jamais terá força para por um fim no capitalismo. Assim, se não há nada que, de um ponto de vista econômico, postule o desaparecimento do capitalimo as razões sociológicas e psicológicas apresentadas por Schumpeter têm a mesma debilidade de argumentos ideológicos.<hr/>The economical crisis and the emergence of the "new technologies" in the 70's brought a new popularity to the work of Joseph Schumpeter. In this article, the author discusses how recent history has danied Schumpeter's predictions concerning the passage of capitalism to socialism. First of all, it has not been proved that rationalization of industrial progress redacts the level of inovation, extinguishing the roles of the entreprensur and the inventor. It is quite the opposite, for the aleatory character of inovation is such that a not-planned economy suits much better its nature. Concerning the second aspect, the growing role of the State in the activities of research-development, the world scene of 1945 has changed drastically from the 70 's onward when the civil markets demand for high technology outweighted the public demands. The third point relates to the function of intellectuals. The expansion and simultaneous devaluation of superior education generate an exceeding number of individual who develop a critical view towards the system. But if such "hostility" is due only to resentment, as Schumpeter believes, it will never have enought strength to put an end to capitalism. Therefore, if there is nothing, from an economical point of view, that postulates the disappearance of capitalim, the sociological and psychological reasons expouded by Schumpeter have the same weakness of ideological statements. <![CDATA[<B>A disparada rumo ao capitalismo</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-40141991000300007&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt A crise econômica e a emergência das "novas tecnologias" nos anos 70 trouxeram nova popularidade à obra de Joseph Schumpeter. Neste artigo, o autor discute como a História recente tem desmentido as previsões do economista quanto à transformação do capitalismo em socialismo. Em primeiro lugar, não ficou provado que a racionalização do progresso industrial reduz o nível de inovação, extinguindo os papéis do empresário e do inventor. Pelo contrário, o caráter aleatório da inovação é tal que uma economia não-planificada se adqua muito melhor à sua natureza. Quanto ao segundo aspecto, a presença crescente do Estado nas atividades de pesquisa-desenvolvimento, o cenário mundial de 1945 alterou-se drasticamente a partir da década de 70 quando a demanda dos mercados civis por alta tecnologia passou a superar as demandas governamentais. O terceiro ponto diz respeito ao papel dos intelectuais, pois a expansão e simultânea desvalorização do ensino superior geram uma superpopulação de indivíduos que desenvolvem uma visão critica com relação ao sistema. Mas se tal "hostilidade" nutre-se apenas de ressentimento, como Schumpeter acredita, jamais terá força para por um fim no capitalismo. Assim, se não há nada que, de um ponto de vista econômico, postule o desaparecimento do capitalimo as razões sociológicas e psicológicas apresentadas por Schumpeter têm a mesma debilidade de argumentos ideológicos.<hr/>The economical crisis and the emergence of the "new technologies" in the 70's brought a new popularity to the work of Joseph Schumpeter. In this article, the author discusses how recent history has danied Schumpeter's predictions concerning the passage of capitalism to socialism. First of all, it has not been proved that rationalization of industrial progress redacts the level of inovation, extinguishing the roles of the entreprensur and the inventor. It is quite the opposite, for the aleatory character of inovation is such that a not-planned economy suits much better its nature. Concerning the second aspect, the growing role of the State in the activities of research-development, the world scene of 1945 has changed drastically from the 70 's onward when the civil markets demand for high technology outweighted the public demands. The third point relates to the function of intellectuals. The expansion and simultaneous devaluation of superior education generate an exceeding number of individual who develop a critical view towards the system. But if such "hostility" is due only to resentment, as Schumpeter believes, it will never have enought strength to put an end to capitalism. Therefore, if there is nothing, from an economical point of view, that postulates the disappearance of capitalim, the sociological and psychological reasons expouded by Schumpeter have the same weakness of ideological statements. <![CDATA[<B>Invariantes axiológicas</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-40141991000300008&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt A crise econômica e a emergência das "novas tecnologias" nos anos 70 trouxeram nova popularidade à obra de Joseph Schumpeter. Neste artigo, o autor discute como a História recente tem desmentido as previsões do economista quanto à transformação do capitalismo em socialismo. Em primeiro lugar, não ficou provado que a racionalização do progresso industrial reduz o nível de inovação, extinguindo os papéis do empresário e do inventor. Pelo contrário, o caráter aleatório da inovação é tal que uma economia não-planificada se adqua muito melhor à sua natureza. Quanto ao segundo aspecto, a presença crescente do Estado nas atividades de pesquisa-desenvolvimento, o cenário mundial de 1945 alterou-se drasticamente a partir da década de 70 quando a demanda dos mercados civis por alta tecnologia passou a superar as demandas governamentais. O terceiro ponto diz respeito ao papel dos intelectuais, pois a expansão e simultânea desvalorização do ensino superior geram uma superpopulação de indivíduos que desenvolvem uma visão critica com relação ao sistema. Mas se tal "hostilidade" nutre-se apenas de ressentimento, como Schumpeter acredita, jamais terá força para por um fim no capitalismo. Assim, se não há nada que, de um ponto de vista econômico, postule o desaparecimento do capitalimo as razões sociológicas e psicológicas apresentadas por Schumpeter têm a mesma debilidade de argumentos ideológicos.<hr/>The economical crisis and the emergence of the "new technologies" in the 70's brought a new popularity to the work of Joseph Schumpeter. In this article, the author discusses how recent history has danied Schumpeter's predictions concerning the passage of capitalism to socialism. First of all, it has not been proved that rationalization of industrial progress redacts the level of inovation, extinguishing the roles of the entreprensur and the inventor. It is quite the opposite, for the aleatory character of inovation is such that a not-planned economy suits much better its nature. Concerning the second aspect, the growing role of the State in the activities of research-development, the world scene of 1945 has changed drastically from the 70 's onward when the civil markets demand for high technology outweighted the public demands. The third point relates to the function of intellectuals. The expansion and simultaneous devaluation of superior education generate an exceeding number of individual who develop a critical view towards the system. But if such "hostility" is due only to resentment, as Schumpeter believes, it will never have enought strength to put an end to capitalism. Therefore, if there is nothing, from an economical point of view, that postulates the disappearance of capitalim, the sociological and psychological reasons expouded by Schumpeter have the same weakness of ideological statements. <![CDATA[<B>O Leviathan declinante</B>: <B>a crise brasileira dos anos 80</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-40141991000300009&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Este artigo faz um balanço da crise brasileira dos anos 80. Busca analisar a interação entre crise econômica e transformação política, enfatizando a importância da distinção conceituai entre Estado e regime político. Usa sistematicamente tais conceitos para explicar a natureza da crise e as dificuldades da transição para a democracia. E salientada a ruptura das alianças que sustentaram o velho Estado desenvolvimentista surgido nos anos 30 e a extensão das dificuldades que retardaram a emergência de um novo pacto hegemônico.<hr/>This article evalvates the Brazilian crisis in the Eighties, analysing the feedback between economic crisis and political change. Its approach emphatizes the importance of the difference between the concepts of State and political regime. These two concepts are used in a systematic way to explain the nature of the crisis and the difficulties of the transition tomards democracy. The rupture of the alliances that supported the old developmental State of the thirties in undescored, as well as the extent of the difficulties that delay the emergence of a new hegemonic pact. <![CDATA[<B>Canaã</B>: <B>o horizonte racial</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-40141991000300010&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt O artigo se propõe analisar as idéias expressas pelos principais personagens de Canaã, de Graça Aranha, em torno dos vínculos entre raça e cultura, do processo de mestiçagem e do futuro embranquecimento da população brasileira numa utopia fraterno-solar. Essas idéias são correlacionadas, de um lado, às preocupações de Silvio Romero, Euclides da Cunha e Araripe Júnior com a adequação entre meio geográfico, raça e cultura, e, de outro lado, ao empenho do modernismo paulista em definir um caráter nacional brasileiro. Empenho discernível, no nível da representação simbólica, em Macunaíma e, no da teorização mais sistemática, em Retrato do Brasil, que chega a falar de eugenia ao discutir o futuro tipo étnico brasileiro.<hr/>The article purports to examine the ideas which the main characters of Canaã, by Graça Aranha, express on the relations between race and culture, as well as on the racial melting process and the future whitening of the population of Brazil in a brotherly and solar Utopia. These ideas are correlated, on one side, to the concern of Silvio Romero, Euclides da Cunha and Araripe Jr. with the adequation between geography, race and culture; on the other side, to the concern of S. Paulo's Modernist movement to define a Brazilian national character. This concern can be seen, on the level of symbolical representation, in Macunaíma and, on the level of a more systematic theorizing, in Portrait of Brazil, which goes so far as to mention eugenics when discussing the future Brazilian ethnical type. <![CDATA[<B>Veias abertas dos terceiros mundos</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-40141991000300011&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Alguns aspectos parecem caracterizar a digital desse final do século XX: 1º - assiste-se à ascensão de povos Não-Ocidentais, particularmente do Oriente Asiático; 2º - o aprofundamento do gap Norte-Sul; 3º - a consolidação do novo paradigma tecnológico. Procura-se neste texto comentar fatos importantes para uma necessária contextualização do Brasil.<hr/>This work aims to emphasize some aspects that characterize these twentieth century last years: 1 - the emergence of Non-Occidental people, especially from East Asia; 2 - the deepening of the North-South gap; 3 - a new technological paradigm: microeletronics. These study aims to comment some facts which are important for a view of Brazil's insertion in this context. <![CDATA[<B>Vila Socó meu amor</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-40141991000300012&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Alguns aspectos parecem caracterizar a digital desse final do século XX: 1º - assiste-se à ascensão de povos Não-Ocidentais, particularmente do Oriente Asiático; 2º - o aprofundamento do gap Norte-Sul; 3º - a consolidação do novo paradigma tecnológico. Procura-se neste texto comentar fatos importantes para uma necessária contextualização do Brasil.<hr/>This work aims to emphasize some aspects that characterize these twentieth century last years: 1 - the emergence of Non-Occidental people, especially from East Asia; 2 - the deepening of the North-South gap; 3 - a new technological paradigm: microeletronics. These study aims to comment some facts which are important for a view of Brazil's insertion in this context. <![CDATA[<B>Amazônia</B>: <B>questões e responsabilidades</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-40141991000300013&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Alguns aspectos parecem caracterizar a digital desse final do século XX: 1º - assiste-se à ascensão de povos Não-Ocidentais, particularmente do Oriente Asiático; 2º - o aprofundamento do gap Norte-Sul; 3º - a consolidação do novo paradigma tecnológico. Procura-se neste texto comentar fatos importantes para uma necessária contextualização do Brasil.<hr/>This work aims to emphasize some aspects that characterize these twentieth century last years: 1 - the emergence of Non-Occidental people, especially from East Asia; 2 - the deepening of the North-South gap; 3 - a new technological paradigm: microeletronics. These study aims to comment some facts which are important for a view of Brazil's insertion in this context. <![CDATA[<B>Uma obra didática original</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-40141991000300014&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Alguns aspectos parecem caracterizar a digital desse final do século XX: 1º - assiste-se à ascensão de povos Não-Ocidentais, particularmente do Oriente Asiático; 2º - o aprofundamento do gap Norte-Sul; 3º - a consolidação do novo paradigma tecnológico. Procura-se neste texto comentar fatos importantes para uma necessária contextualização do Brasil.<hr/>This work aims to emphasize some aspects that characterize these twentieth century last years: 1 - the emergence of Non-Occidental people, especially from East Asia; 2 - the deepening of the North-South gap; 3 - a new technological paradigm: microeletronics. These study aims to comment some facts which are important for a view of Brazil's insertion in this context. <![CDATA[<B>Pesquisa básica <I>versus</I> pesquisa aplicada</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-40141991000300015&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Alguns aspectos parecem caracterizar a digital desse final do século XX: 1º - assiste-se à ascensão de povos Não-Ocidentais, particularmente do Oriente Asiático; 2º - o aprofundamento do gap Norte-Sul; 3º - a consolidação do novo paradigma tecnológico. Procura-se neste texto comentar fatos importantes para uma necessária contextualização do Brasil.<hr/>This work aims to emphasize some aspects that characterize these twentieth century last years: 1 - the emergence of Non-Occidental people, especially from East Asia; 2 - the deepening of the North-South gap; 3 - a new technological paradigm: microeletronics. These study aims to comment some facts which are important for a view of Brazil's insertion in this context.