Scielo RSS <![CDATA[Fisioterapia em Movimento]]> http://www.scielo.br/rss.php?pid=0103-515020120001&lang=en vol. 25 num. 1 lang. en <![CDATA[SciELO Logo]]> http://www.scielo.br/img/en/fbpelogp.gif http://www.scielo.br <![CDATA[<b>Editorial</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-51502012000100001&lng=en&nrm=iso&tlng=en <![CDATA[<b>Influence of postural alterations, followed by computadorized photogrammetry, in the voice production</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-51502012000100002&lng=en&nrm=iso&tlng=en INTRODUÇÃO: Há considerável evidência da importância de uma postura adequada para um bom desempenho vocal. As alterações posturais podem influenciar diretamente a projeção da voz. OBJETIVO: Identificar a influência das diferentes posturas corporais na produção da voz. MATERIAIS E MÉTODOS: Foram realizadas as análises de 25 amostras vocais de um indivíduo que emitiu a vogal sustentada /a/ em três diferentes posturas corporais: a) ortostática natural; b) anteriorização da cabeça associada com extensão da coluna cervical; c) aumento da cifose torácica associada com anteriorização de cabeça. O indivíduo foi fotografado simultaneamente ao processo de gravação da voz. Para certificar-se de que o indivíduo estava sempre na mesma posição, as posturas foram acompanhadas por fotogrametria computadorizada pelo programa Corel Draw 10®. RESULTADOS: Os resultados da fotogrametria foram analisados pelo teste de Levene que não mostrou diferenças significativas em oito dos nove ângulos estudados. A voz foi avaliada por análise acústica e avaliação subjetiva perceptivo-auditiva. A acústica foi analisada pelos testes Anova e Tukey, que mostraram diferença na variável jitter - relacionada à qualidade vocal - entre as posturas A e B. A comparação das posturas A e B e A e C pela análise perceptivo-auditiva da voz mostrou mudanças no tom, piora na qualidade e na ressonância vocal. CONSIDERAÇÕES FINAIS: As mudanças encontradas na voz provam que a melhor produção do som é na postura ereta. O fisioterapeuta é o profissional indicado para a orientação postural e correção das más posturas.<hr/>INTRODUCTION: There are notable evidences of the importance of a good posture for a good vocal performance. The postural alterations can influence directly at the voice production. OBJECTIVES: To identify the influence of the different corporal postures in the voice production. MATERIALS AND METHODS: It was made the analysis of 25 vocal samples of one subject who emitted the vocal sustained /a/ in three different corporal postures: a) normal alignment; b) cervical spine extension associated with forward head position; c) increased thoracic kyphosis associated with forward head position. The subject was photographed simultaneously of the recording process. To make sure that the subject was always in the same position, the postures were followed by computadorized photogrammetry by the program Corel Draw 10™. RESULTS: The results of the photogrammetry were analyzed by Levene’s test which didn’t show significant differences on eight of the nine studied angles. The voice was analyzed by acoustic analysis and subjective perceptual speech analysis. The acoustic was analyzed by Anova and Tukey’s test which showed difference to the variable jitter - related to voice quality - between postures A and B. The comparison of the postures A and B and A and C by the perceptual speech analysis showed changes on the pitch, worsening in the voice quality and resonance. CONCLUSIONS: The changes found on the voice prove that the best way to produce the sound is at the straight posture. The physical therapist is the indicated professional for the postural orientations and correction of bad postures. <![CDATA[<b>Comparative analysis between the effects of therapeutic ultrasound and low power laser on the proliferation of C2C12 myogenic precursor cells during cell differentiation</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-51502012000100003&lng=en&nrm=iso&tlng=en INTRODUÇÃO: Existe um grande interesse no estabelecimento de recursos e terapias a serem utilizados na tentativa de proporcionar um processo de reparo muscular de melhor qualidade e menor duração. O ultrassom terapêutico (US) e o laser de baixa potência (LBP) são recursos muito usados na prática clínica, porém são escassas, e por vezes contraditórias, as evidências científicas que determinam com segurança os parâmetros dosimétricos e metodológicos adequados. OBJETIVOS: O objetivo do estudo foi analisar o efeito do US e do LBP sobre a proliferação celular durante a diferenciação de mioblastos C2C12. MATERIAIS E MÉTODOS: Os mioblastos foram cultivados em meio de cultura de Eagle modificado por Dulbecco, contendo 10% de soro fetal bovino (SFB), sendo induzida a diferenciação pela adição de 2% de soro de cavalo durante 96 horas. Posteriormente, as células foram irradiadas com US pulsado a 20%, 3 MHz de frequência (intensidades de 0,2 e 0,5 W/cm², durante cinco minutos) ou submetidas ao tratamento com LBP (potência de saída de 10 mW, densidade de energia de 3 e 5 J/cm², por 20 segundos). A proliferação celular foi avaliada após 24h e 72h utilizando o método de MTT. Foram realizados três experimentos independentes, em cada condição citada e células não irradiadas serviram como controle. RESULTADOS: Os resultados obtidos foram submetidos à análise estatística utilizando a Análise de Variância (ANOVA), teste Dunnet, para verificar diferenças entre o grupo controle (não tratado) e os grupos tratados com US e LBP, adotando significância de p < 0,05. Os resultados evidenciaram que não houve diferença significativa na proliferação celular entre as células musculares submetidas a tratamento com ambos os recursos terapêuticos e as células controle, nos períodos de 24h e 72h após tratamento. Além disso, foi possível verificar que não houve aumento significativo no número de células após o período de 72h quando comparado a 24h, confirmando o processo de diferenciação celular, conforme esperado. CONCLUSÕES: Conclui-se que o US e o LBP, nos parâmetros avaliados, não alteraram a proliferação de mioblastos em processo de diferenciação.<hr/>INTRODUCTION: There is great interest in establishing resources and therapies to be used in an attempt to provide a process of muscle repair better and shorter. Two features commonly used to facilitate the healing process are the therapeutic ultrasound and laser power, however, are still scarce and sometimes contradictory scientific evidence to determine with certainty the parameters and methodology necessary to acquire these goals. OBJECTIVES: Thus, the objective of present study was to evaluate the effect of therapeutic ultrasound (US) and low level laser GaAlAs 660 nm on the proliferation of C2C12 myoblasts. MATERIALS AND METHODS: The myoblasts were cultivated in culture medium of Eagle modified by Dulbecco, containing 10% fetal bovine serum (FBS) and induced to differentiate by addition of 2% horse serum for 96h. Subsequently, cells were irradiated with US (20%, 3 MHz, and intensities of 0.2 and 0.5 W/cm² for five minutes) or with LLL (output power of 10 mW, density of 3 and 5 J/cm² for 20 seconds). The non-irradiated cells serve as controls. Three independent experiments were performed for each condition cited. Cell proliferation was evaluated after 24h and 72h using the MTT method. RESULTS: The results were statistically analyzed using analysis of variance (ANOVA/Dunnet) to verify differences between control cells (untreated) and US/LLL treated groups. The results showed no significant differences in viability and cell proliferation between LLL or US treated cells and control cells after 24h and 72h. Furthermore, it was observed no increase in the number of cells within the evaluation period after treatment, confirming the process of cell differentiation, as expected. RESULTS: In conclusion, US and the LLL, employed under the parameters described does not alter C2C12 proliferation. <![CDATA[<b>Linking the Motor Coordination and Dexterity Assessment (MCDA) to the International Classification of Functioning, Disability and Health (ICF)</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-51502012000100004&lng=en&nrm=iso&tlng=en INTRODUÇÃO: A Classificação Internacional de Funcionalidade, Incapacidade e Saúde (CIF) visa a proporcionar uma base científica para a compreensão e o estudo da saúde e das condições relacionadas, podendo ser utilizada para nortear a criação e utilização de medidas de desfecho em reabilitação. A Avaliação da Coordenação e Destreza Motora (Acoordem) é um teste brasileiro, criado para detectar atraso motor em crianças de 4 a 8 anos. OBJETIVOS: Os objetivos deste estudo foram: a) associar as subcategorias da CIF aos itens da Acoordem; e b) determinar se os itens da Acoordem se encaixam na estrutura da CIF. MATERIAIS E MÉTODOS: Uma terapeuta ocupacional e um fisioterapeuta codificaram independentemente os itens contidos na Acoordem, fazendo o linking com a CIF. Para os itens em que não houve concordância entre os pesquisadores, foi usada a opinião de outras duas pesquisadoras, uma terapeuta ocupacional e uma fisioterapeuta. RESULTADOS: Os itens da Acoordem foram associados aos componentes b (funções do corpo), d (atividades e participação), e (fatores ambientais) e f (fatores pessoais). Não houve itens relacionados com o componente s (estrutura do corpo) e apenas três itens foram codificados como nc (não coberto pela CIF). DISCUSSÃO E CONCLUSÃO: Os itens da Acoordem puderam ser relacionados à estrutura da CIF. Profissionais e pesquisadores da área de reabilitação podem usar a Acoordem para obter dados acerca da atividade e participação em crianças com problemas de coordenação motora, pois sua terminologia e abrangência está de acordo com a perspectiva biopsicossocial da OMS.<hr/>INTRODUCTION: The International Classification of Functioning, Disability and Health (ICF) aims to provide a scientific basis for the comprehension and the study of health and its related conditions, and as such it can be used to guide the creation and utilization of outcome measures. The Motor Coordination and Dexterity Assessment (MCDA) is a Brazilian assessment tool that was designed to detect motor delay in 4 to 8 years old children. Objectives: The aims of this study were: a) to link the CIF sub domains with the MCDA items and b) determine if the MCDA items fit with the ICF framework. MATERIALS AND METHODS: One occupational therapist and one physical therapist coded, independently, the MCDA items, conducting the linking with the ICF. Whenever there was no agreement between the researchers, the opinion of other two researchers, one occupational therapist and one physical therapist, was used. RESULTS: The MCDA items were linked to the components b (body functions), d (activities and participation), e (environmental factors), and f (personal factors). DISCUSSION AND CONCLUSION: The MCDA items could be linked with the ICF framework. Professionals and researchers in the rehabilitation field can use the MCDA to get data about activities and participation of children with motor coordination problems, because the MCDA terminology and scope are in accordance with WHO’s biopsychosocial perspective. <![CDATA[<b>Adherence of the physiotherapy courses in the Northern region based on the National Curriculum Guidelines</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-51502012000100005&lng=en&nrm=iso&tlng=en INTRODUÇÃO: Após a aprovação das Diretrizes Curriculares Nacionais para os cursos de Fisioterapia (DCN/Fisio), houve um expressivo aumento no número de cursos de graduação em Fisioterapia. A região Norte apresentou a maior taxa de crescimento desses cursos, entre 1999 e 2004, existindo atualmente 27 cursos nessa região. A DCN/FISIO trouxe uma mudança no paradigma de formação desse profissional, passando-se a buscar um perfil de egresso generalista, humanista, crítico e reflexivo. MATERIAIS E MÉTODOS: Com a finalidade de analisarmos a aderência dos cursos de fisioterapia da região Norte às DCN/Fisio, realizamos uma análise crítica dos projetos pedagógicos (PPC) de dez cursos de Fisioterapia da região, com base na mesma metodologia utilizada pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) em 2006, em estudo semelhante com os cursos de Enfermagem, Medicina e Odontologia. RESULTADOS: A aderência média dos PPC às DCN/Fisio foi de 74%. Encontramos como pontos fortes: a construção coletiva dos projetos pedagógicos, matriz curricular interdisciplinar ou a utilização de metodologias que propiciam essa prática, a integração entre teoria e prática, a presença de mecanismos de controle do Trabalho de Conclusão de Curso, maior abrangência das áreas de atuação profissional durante o estágio supervisionado, o incentivo à produção científica, o equilíbrio entre as cargas horárias dos conteúdos essenciais e a presença de regulamento das atividades complementares. Por sua vez, encontramos como fragilidades: o projeto pedagógico construído por grupos restritos, a transcrição literal de elementos das DCN/Fisio no PPC, metodologias de ensino não condizentes com a perspectiva de formação das DCN/Fisio.<hr/>INTRODUCTION: After approval of the National Curriculum Guide for courses in Physiotherapy (DCN/Fisio), there was a significant increase in the number of undergraduate courses in Physiotherapy. The Northern region had the highest growth rate of these courses between 1999 and 2004, there are currently 27 courses in this region. The DCN/Fisio brought a paradigm shift in this professional education, moving from one profile to seek egress general, humanist, critical and reflective. MATERIALS AND METHODS: In order to analyze the adherence of Physiotherapy courses in the North to the DCN/Fisio, conducted a review of the pedagogical projects (PPC) of ten courses of Physiotherapy in the region, based on the same methodology used by the Anísio Teixeira National Institute of Studies and Educational Research (Inep) in 2006, in a similar study with courses of Nursing, Medicine and Dentistry. RESULTS: The mean adhesion of PPC to the DCN/Fisio was 74%. We find as best points: the collective construction of pedagogical projects, interdisciplinary curriculum or the use of methodologies that enable this practice, the integration between theory and practice, the presence of mechanism to control end of course monographs, the more breadth professional actuation areas during period training, the incentive for scientific production and the balance between the teaching schedule of essential contents and the presence of complementary activities regulation. On the other hand, we point out as fragilities: the indication that the pedagogical project was constructed in restricted groups, the literal transcription of elements of the DCN/Fisio in the pedagogical project, the use of teaching methodologies that do not match the educational perspective of the DCN/Fisio. <![CDATA[<b>The prevalence of urinary incontinence in women practicing of jump</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-51502012000100006&lng=en&nrm=iso&tlng=en INTRODUÇÃO: A incontinência urinária (IU) é definida pela Sociedade Internacional de Continência (ICS) como qualquer perda involuntária de urina. Ela exerce múltiplos efeitos sobre as atividades diárias, interações sociais e percepção da saúde. A literatura afirma que a prática de atividades físicas de alto impacto e esforço pode comportar-se como um fator de risco para a IU. OBJETIVOS: identificar a prevalência de IU em um grupo de mulheres praticantes de jump. MATERIAIS E MÉTODOS:Estudo transversal quantitativo descritivo, com amostra de 32 voluntárias que responderam a questionário sobre antecedentes obstétricos e prática da atividade física e à tradução do International Consultation on Incontinence Questionnaire - Short Form (ICIQ-SF). RESULTADOS:Houve relato de perdas urinárias em 37,5% das entrevistadas. A média de idade das mulheres que referem incontinência foi de 31,58 anos (DP ± 9,39). As mulheres com filhos tiveram 1,2 mais chances de apresentar IU do que as nulíparas. As que fazem jump três ou mais vezes por semana apresentaram 2,45 mais chances de apresentar IU. Nas que sentiam vontade de urinar durante o jump, a chance de IU foi seis vezes maior. 62,5% das entrevistadas referiram nenhum impacto na qualidade de vida, e a atividade física foi apontada como situação mais comum de IU. CONCLUSÃO: Existe incontinência urinária nas praticantes de jump investigadas, multíparas e nulíparas, em jovens, durante a prática de jump e em outras ocasiões, apontando a necessidade de estudos mais abrangentes sobre a temática.<hr/>INTRODUTION: The urinary incontinence (UI) is defined by International Continence Society (ICS) as any involuntary lost of urine. It exerces numerous effects about the diary activities, social interaction and the perception of health. The literary affirms that the practice of physical activities of high impact and effort, can behave like a risk factor for the UI. OBJECTIVES: Identify the prevalence of UI in a group of women practicing of jump. MATERIALS AND METHODS: A descriptive cross-sectional quantitative study, with a sample of 32 volunteers that answered the questionnaire about obstetric records and practice of physical activities and traduction of International Consultation on Incontinence Questionnaire - Short Form (ICIQ-SF). RESULTS:There was urinary lost in 37,5% of the interviewee. The medium age of the incontinents was about 31,58 years (DP ± 9,39). The women with sons had 1,2 more chances of shows UI than the nuliparous. Those who practice jump three or more times in a week, slows 2,45 more chances of shows UI. Those who want to urinate during the jump, the chance of UI was 6 times more. 62,5% of the incontinents has none impact in quality of life, and practice of physical activities was pointed as situation most common of UI. CONCLUSION:There is urinary incontinence in practitioners of jump investigated, multiparous and nuliparous, in youngs, during the practice of jump and in other occasions, pointing the necessity of study more comprehensive about the theme. <![CDATA[<b>Influence of inhaled corticosteroids in the maximal respiratory pressure in asthmatic school children</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-51502012000100007&lng=en&nrm=iso&tlng=en INTRODUÇÃO: O corticosteroide inalatório (CI) é o principal medicamento utilizado no tratamento profilático e de manuten­cão da asma. Graças à superdosagem ou ao uso prolongado dos CIs podem surgir efeitos colaterais como a redução do crescimento ósseo, supressão adrenal e miopatia. OBJETIVOS: Avaliar a influência dos corticosteroides inalatórios nas pressões inspiratórias (PImax) e expiratórias (PEmax) máximas de crianças escolares asmáticas. MATERIAIS E MÉTODOS: Estudo transversal, observacional, que incluiu 60 crianças entre 6 e 12 anos de idade divididas em três grupos: controle (CG), asma (GA) e crianças com asma que faziam uso de CI por pelo menos três meses (GA+CI). As avaliações das pressões respiratórias foram realizadas em três dias diferentes com intervalo de 12 dias entre elas. RESULTADOS: A média ± DP da PImax no terceiro dia foi - (65,4 ± 21,9), - (74,9 ± 19,5) e - (80,7 ± 21,5) cmH2O para os grupos GA, GA+CI e GC, respectivamente. A PImax foi menor no GA em relação ao GC (p < 0,05). A média ± DP da PEmax no terceiro dia foi 52,7 ± 14,8; 61,7 ± 17,4; e 75,6 ± 18,4 cmH2O para os grupos GA, GA+CI e GC, respectivamente. A PEmax foi maior no GC em relação ao GA (p < 0,05). A PEmax foi maior no GC em relação ao GA+CI (p < 0,05). CONCLUSÕES: Os resultados sugerem que os CIs promovem maior controle da hiperinsuflação pulmonar com aumento da PImax nas crianças com asma, porém promovem também redução da PEmax, provavelmente em razão do efeito do CI sobre as fibras musculares tipo II.<hr/>INTRODUCTION: The inhaled corticosteroid (IC) is the mean therapy used for the preventive and maintenance treatment of asthma. Overdose or prolonged use of IC can cause some collateral effects as remission in bone growth, adrenal suppression and myopathy. OBJECTIVES: To evaluate the influence of inhaled corticosteroids in the inspiratory and expiratory strength in asthmatic school children. MATERIALS AND METHODS: A cross-sectional, observational study, that included 60 children between 6 to 12 years divided into three groups: control (CG), asthma (AG) and children whose used IC for at least three months (AG+IC). The maximal inspiratory pressure (MIP) and maximal expiratory pressure (MEP) were measured in 3 different days with 12 days between them. RESULTS: The mean ± SD of MIP in the third day was - (65.4 ± 21.9), - (74.9 ± 19.5) and - (80.7 ± 21.5) cmH2O to the AG, AG+IC and CG, respectively. The MIP in the AG was lesser than in the CG (p < 0.05). The mean ± SD of MEP in the third day was 52.7 ± 14.8; 61.7 ± 17.4; and 75.6 ± 18.4 cmH2O to the AG, AG+IC and CG, respectively. The MEP was superior in the CG than in the AG (p < 0.05). The MEP was superior in the CG than the AG+CI (p < 0.05). CONCLUSIONS:The results suggest that IC promotes a major control of pulmonary hiperinflation with the increase of MIP in asthmatic children, but decrease the MEP probably by the effect in the type II muscles fibers. <![CDATA[<b>Quality of life and functional in adolescents with idiopathic scoliosis</b>: <b>pilot study</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-51502012000100008&lng=en&nrm=iso&tlng=en INTRODUÇÃO: A escoliose idiopática do adolescente (EIA) é uma deformidade tridimensional, na qual sua progressão pode levar à diminuição da qualidade de vida (QDV). OBJETIVOS: Verificar o melhor questionário, SF-36 ou SRS-22, para avaliar a QDV na EIA. Secundariamente, avaliar a correlação entre o grau do ângulo de Cobb com a escala visual analógica (EVA) e verificar qual o melhor questionário, Oswestry ou Roland Morris, para avaliar a funcionalidade na EIA. MATERIAIS E MÉTODOS: Participaram 19 indivíduos com EIA, idade entre 11 a 18 anos e ângulo de Cobb acima de 25º. Foram utilizados os questionários SF-36 e SRS-22, Oswestry e Roland Morris e a EVA. Os RESULTADOS: A população avaliada apresentou média de idade de 14,5 (3,1), peso 51 kg (7,9), altura 1,61 (0,08) e IMC 18,75 (2,7). Os coeficientes de correlação de Pearson entre o questionário Oswestry e os ângulos de Cobb torácico proximal, torácico principal e lombar foram, respectivamente: r = 0,58, r = 0,77 e r = 0,58. Ao correlacionar o questionário Roland Morris com os ângulos de Cobb torácico proximal e lombar, os coeficientes foram, respectivamente: r = 0,72 e r = 0,52. Ao correlacionar o Cobb lombar com o EVA, foi encontrado r = 0,55. Conclusão: Foi constatada forte correlação entre o questionário Oswestry com o ângulo de Cobb torácico principal e entre o questionário Roland Morris com o ângulo de Cobb torácico principal.<hr/>INTRODUCTION: Adolescent with idiopathic scoliosis (AIS) presents a three-dimensional deformity in which progression can lead to decreased quality of life (QOL). OBJECTIVES:Determine the best questionnaire, SF-36 or SRS-22 to evaluate QOL in EIA. Secondarily, investigate the correlation between the degree of Cobb angle with visual analogue scale (VAS), and determine the best questionnaire, Oswestry or Roland Morris to evaluate the function. MATERIALS AND METHODS: 19 subjects with EIA, aged 11 to 18, both gender, and Cobb angle above 25 Cobb degrees. We used the SF-36 and SRS-22 questionnaires to evaluate QOL, Oswestry and Roland Morris to evaluate the function and correlate Cobb degree and VAS. The questionnaires and scale were correlated with proximal thoracic, main thoracic and lumbar Cobb angles. RESULTS:The population studied had a mean age of 14.5 (3.1), weight 51 kg (7.9), height 1.61 m (0.08), BMI 18.75 (2.7). The Pearson correlation coefficients between the Oswestry questionnaire and the Cobb angles proximal thoracic, main thoracic and lumbar spine were, respectively: r = 0.58, r = 0.77 and r = 0.58. By correlating the Roland Morris questionnaire with Cobb angles of proximal thoracic and lumbar spine were, respectively: r = 0.72 and r = 0.52. By correlating with lumbar Cobb EVA was found r = 0.55. CONCLUSION:We found a strong correlation between the Oswestry questionnaire with the main thoracic Cobb angle and between the Roland Morris questionnaire with the main thoracic Cobb angle. <![CDATA[<b>Relationship between functional independence and quality of life in cerebral palsy</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-51502012000100009&lng=en&nrm=iso&tlng=en INTRODUÇÃO: A paralisia cerebral (PC) pode limitar o desempenho de atividades funcionais e a qualidade de vida desses indivíduos. OBJETIVOS:Avaliar a relação entre independência funcional e qualidade de vida de crianças com paralisia cerebral. MATERIAIS E MÉTODOS: A amostra foi composta por 30 crianças com diagnóstico de PC. Para mensurar a qualidade de vida foi utilizado o Questionário de Saúde da Criança (CHQ-PF50) e, para avaliar a funcionalidade, a parte I (habilidades funcionais) do Inventário de Avaliação Pediátrica de Incapacidade (Pedi). O teste de correlação de Spearman foi utilizado para avaliar a relação entre essas variáveis. RESULTADOS: Foi encontrada correlação significativa entre os domínios de função física e limitação das atividades diárias graças aos aspectos emocionais e comportamentais com todas as áreas do Pedi (p < 0,05). O domínio de limitação das atividades diárias graças aos aspectos físicos e a percepção de saúde apresentaram relação com as áreas de autocuidado e função social (p < 0,05). A função global só apresentou relação significativa com o autocuidado, e a saúde mental apresentou relação inversa com a mobilidade (p < 0,05). CONCLUSÕES: Nenhum domínio do CHQ-PF50 apresentou forte correlação com as áreas do Pedi, o que mostra que esses questionários avaliam constructos diferentes. Tais resultados podem auxiliar no planejamento de estratégias de avaliação e intervenção para crianças com PC.<hr/>INTRODUCTION: Cerebral palsy (CP) can limit the performance of functional activities and quality of life of these individuals. OBJECTIVES: Evaluate the relationship between functional independence and quality of life of children with CP. MATERIALS AND METHODS: The sample was composed of 30 children with diagnosis of CP. The Child Health Questionnaire (CHQ-PF50) was used to measure the quality of life and the Part I (functional skills) of the Pediatric Evaluation of Disability Inventory (Pedi) was used to evaluate the functionality. The test of correlation Spearman was used to assess the relationship between these variables. RESULTS:Significant correlations were found between the domains of physical function and limitation of daily activities due to emotional and behavioral aspects of all areas of the Pedi (p < 0,05). The domain of limitation of daily activities due to physical and perceived health were associated with areas of self care and social function (p < 0,05). The global function only showed a significant relationship with self-care and mental health presented an inverse relationship with the mobility (p < 0,05). CONCLUSIONS:No domain of CHQ-PF50 presented a strong correlation with areas of Pedi, which shows that these questionnaires assess different constructs. These results may help in planning strategies for assessment and intervention for children with CP. <![CDATA[<b>Obstructive sleep apnea syndrome (OSA) and excessive daytime sleepiness (EDS)</b>: <b>influence about the risks and falling events in elderly people</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-51502012000100010&lng=en&nrm=iso&tlng=en INTRODUÇÃO: Muitos países vêm experimentando o processo de envelhecimento populacional e a consequente elevação das doenças associadas a ele, como dificuldade de manter o equilíbrio, perdas na qualidade do sono e síndrome da apneia obstrutiva do sono (Saos). OBJETIVOS:Investigar a correlação entre a Saos e sonolência diurna excessiva (SDE) com os riscos e eventos de quedas em indivíduos idosos. MATERIAIS E MÉTODOS:Estudo descritivo, comparativo, de corte transversal com amostra de 75 indivíduos com idade igual ou superior a 60 anos, gêneros masculino e feminino. Foram utilizados o mini-exame do estado mental; escalas de depressão geriátrica simplificada; de sonolência de epworth; de avaliação do equilíbrio de tinneti; índice de massa corporal (IMC); registros estabilométricos das oscilações posturais ântero-posterior (AP) e médio-lateral (ML). RESULTADOS: Maior prevalência de Saos no gênero masculino. Não foi encontrada correlação com significância estatística (Pearson, p ≤ 0,01) entre as variáveis IMC e estabilometria. Não houve correlação estatisticamente significativa (ANOVA, p ≤ 0,05) entre IMC (subgrupos normal, sobrepeso, graus I, II, III, e IV) e estabilometria; entre os graus de severidade de Saos e estabilometria; entre dados estabilométricos de subgrupos de IMC e mesmo grau de severidade de Saos; entre dados estabilométricos de subgrupos de IMC e diferentes graus de Saos; entre os diferentes graus de Saos (GC, G1), (GC e G2), subgrupos de IMC e registros estabilométricos. CONCLUSÃO: Não foram encontrados resultados que corroborassem a hipótese de proporcionalidade entre graus de severidade de Saos, IMC e registro estabilométrico.<hr/>INTRODUCTION:Many countries are experiencing population aging process, and the consequent rise of diseases associated with it as difficulty maintaining balance, loss in quality of sleep apnea syndrome and obstructive sleep apnea (OSA). OBJECTIVES: Investigating the correlation between obstructive sleep apnea (OSA) and excessive daytime sleepiness (EDS) associated to the risks and falling events in elderly people. MATERIALS AND METHODS: A descriptive, comparative cross-sectional research was done using a convenience sample of 75 individuals aged over 60 years, men and women. The procedures were performed: application of the mini-mental state examination; simplified geriatric depression scale, Epworth sleepiness scale; Tinneti assessment scale balance; weight and height measuring; calculation of body mass index (BMI), three stabilometric records of the postural oscillation on front-to-back (FB) and side-to-side ways (SS). RESULTS: Higher prevalence of OSA in men. The correlations made between variables BMI and stabilometry found no statistically significant correlation (Pearson’s, p ≤ 0.01). For the other statistical calculations it was used the method one way ANOVA (p ≤ 0.05). It was decided to divide the BMI (normal subgroups, I, the overweight class, II, III and IV) and relate it to stabilometry; was the correlation between the severity of OSA and stabilometry without regard to BMI; was also made to correlate the data stabilometric subgroups of BMI with the same degree of severity of OSA; correlation was performed between the data subsets stabilometric BMI and different degrees of OSA, and all those who showed no statistical significance. When correlated with different degrees of OSA group (G1), (GC and G2) and BMI subgroups with stabilometric records, no statistically significant correlation was established. CONCLUSION: It was not possible to determine quantitative values of the variables that promote the prevention of falling events in elderly people. <![CDATA[<b>Step test and sit-to-stand test</b>: <b>behavior of metabolic, ventilatory and cardiovascular responses in patients with COPD</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-51502012000100011&lng=en&nrm=iso&tlng=en OBJETIVOS: Verificar as respostas metabólicas, ventilatórias, cardiovasculares e de percepção de esforço entre o isotime de dois minutos do teste do degrau (TD2) e o teste do degrau de seis minutos (TD6) com o teste de sentar-se e levantar-se da cadeira de dois minutos (TSL) nos indivíduos com DPOC. MATERIAIS E MÉTODOS: Foram avaliados 11 homens com DPOC (71 ± 8 anos, VEF1 = 46,1 ± 15,2% previsto), clinicamente estáveis, por meio do TD6 e TSL associados à análise de gases e à coleta de lactato sanguíneo, realizadas em dias diferentes e não consecutivos. No TD2 e TD6, os indivíduos foram instruídos a subir e descer um degrau de 20 cm de altura o mais rápido possível. O mesmo foi recomendado no TSL, que foi realizado em uma cadeira de 46 cm de altura. RESULTADOS:Na análise intertestes não se observou diferença significativa nas variáveis metábolo-ventilatórias, cardiovasculares e Δdispneia no pico de ambos os testes, bem como no TD2. Quanto ao Δfrequκncia cardíaca e ao Δfadiga nos membros inferiores, constataram-se valores significantemente maiores para o TSL comparado ao TD2; e correlações positivas entre o consumo de oxigênio, Δfrequência cardíaca e os desempenhos no TD2 e TD6, entre os desempenhos no TD6 e TSL, e no TD2 com TSL. CONCLUSÃO:Os testes realizados apresentaram respostas metábolo-ventilatórias, cardiovasculares e dispneia similares; e o TD2 mostrou-se uma alternativa para avaliar as limitações funcionais dos indivíduos com DPOC de obstrução grave, proporcionando menor estresse cardiovascular e fadiga muscular se comparado ao TSL, pelas exigências metabólicas periféricas e ajustes posturais.<hr/>OBJECTIVES: Verify the metabolic, ventilatory, cardiovascular and perceived effort responses between the isotime two minute step test (2MST) and six minute step test (6MST) with two minute sit-to-stand test (STST) in individuals with COPD. MATERIALS AND METHODS:11 men with COPD (71 ± 8 years, FEV1 = 46.1 ± 15.2% predicted), clinically stable, were evaluation by STST and 6MST associated gas analysis and blood lactate in days which were not consecutive and not coincidental. In the 6MST and 2MST, the subjects were instructed ascend-to-descend a step 20 cm in height as quickly as possible. It was recommended that in the STST was performed in a chair 46 cm high. RESULTS: In the inter-tests analysis, there was no significant difference in the metabolic, ventilatory, cardiovascular variables and delta of variation (Δ) dyspnea at the peak of both tests, and 2MST. The Δheart frequency and Δfatigue in the lower limbs were significantly higher compared to STST for 2MST. We observed moderate and strong positive correlations between oxygen consumption, Δheart frequency and performances in 2MST and 6MST, between performances in 6MST and STST, and 2MST with STST. CONCLUSION: The tests showed metabolic, ventilatory, cardiovascular and dyspnoea responses similar; and 2MST, can be alternative to assess the functional limitations of individuals with COPD severe obstruction, providing a lower cardiovascular stress and muscle fatigue compared to the STST, the peripheral metabolic requirements and postural adjustments. <![CDATA[<b>Effects of treatments in dental physiotherapists and patients with temporomandibular disorders</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-51502012000100012&lng=en&nrm=iso&tlng=en OBJETIVOS: Verificar os efeitos dos tratamentos odontológico e fisioterapêutico na redução da dor em pacientes com disfunção temporomandibular (DTM). MATERIAIS E MÉTODOS: A amostra foi composta por dez pacientes (idade média de 34,3 anos) com DTM. Foram utilizados como instrumentos de coleta de dados o índice clínico de severidade para DTM, a escala visual analógica de dor (EVA) e a versão brasileira do Questionário McGill de Dor (Br-MPQ). Cinco pacientes realizaram o tratamento fisioterapêutico, com dez sessões (três semanas) de aplicações de estimulação elétrica nervosa transcutânea (Tens), ultrassom, massoterapia e alongamento; e cinco pacientes realizaram o tratamento odontológico com procedimentos farmacológicos e a confecção de uma placa miorrelaxante, usada por três semanas. RESULTADOS:Comparando-se as médias dos resultados diários pré e pós-tratamento fisioterapêutico, houve redução significativa (p < 0,05) do quadro álgico em 69,3%. Analisando-se a dor inicial e final, observou-se redução de 96,5% no tratamento fisioterapêutico (p < 0,05) e de 30,9% no tratamento odontológico (p &gt; 0,05). No Br-MPQ a média de redução no tratamento fisioterapêutico, por categorias, foi de 92,5% na categoria sensorial, 80% na afetiva, 80% na avaliação subjetiva e 92% na mista; e no tratamento odontológico foi de 40,1% na categoria sensorial, 51,9% na afetiva, 34% na avaliação subjetiva e 55,9% na mista. Quanto à intensidade, no tratamento fisioterapêutico houve diminuição de 83,6% (p < 0,05) e no odontológico foi de 43,75 (p &gt; 0,05). CONCLUSÕES:Ambos os tratamentos demonstraram ser positivos para o alívio da sintomatologia dolorosa em pacientes com DTM, sendo a fisioterapia, neste caso, um tratamento indicado, com melhora significativa da dor a curto prazo<hr/>OBJECTIVES: To investigate the effects of dental treatments and physical therapy in reducing pain in patients with temporomandibular disorder (TMD). MATERIALS AND METHODS: The sample consisted of ten patients (mean age 34.3 years) with TMD. Used as instruments for data collection index clinical severity for TMD, visual analog scale for pain (VAS) and the Brazilian version of the McGill Pain Questionnaire (Br-MPQ). Five patients underwent physical therapy, with 10 sessions (three weeks) application of transcutaneous electrical nerve stimulation (Tens), ultrasound, massage and stretching, and five patients underwent dental treatment with pharmacological procedures and the making of a plate miorelaxante, used for three weeks. RESULTS: Comparing the mean daily results before and after physical therapy, decreased significantly (p < 0.05) of pain in 69.3%. Analyzing the initial and final pain, there was a decrease of 96.5% in physical therapy (p < 0.05) and 30.9% in dental treatment (p &gt; 0.05). In the Br-MPQ the mean reduction in physical therapy, by category, was 92.5% in the sensory category, 80% in affective, 80% in the subjective evaluation and 92% in mixed and dental treatment was 40.1% in the sensory category, 51.9% in the affective, 34% in the subjective evaluation and 55.9% in mixed. As for intensity, physical therapy decreased from 83.6% (p < 0.05) and in dentistry was 43.75 (p &gt; 0.05). CONCLUSIONS: Both treatments proved to be positive for the relief of painful symptoms in patients with TMD physiotherapy in this case a recommended treatment, with significant improvement in short-term pain. <![CDATA[<b>Eletrolipólise through electric transcutaneous nerve stimulation (Tens) in the abdominal region in sedentary patients and active</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-51502012000100013&lng=en&nrm=iso&tlng=en INTRODUÇÃO:A eletrolipólise é uma técnica destinada ao tratamento de acúmulo de tecido adiposo localizado em determinadas regiões. Sua aplicação ocorre por meio de pares de agulhas de acupuntura no tecido subcutâneo, ligadas a uma corrente de baixa frequência. Essa estimulação elétrica provoca diversas modificações fisiológicas no adipócito, dentre elas o incremento do fluxo sanguíneo local, aumento do metabolismo celular e queima de calorias. OBJETIVOS:Este estudo teve como objetivo avaliar o efeito da eletrolipólise na redução de gordura localizada na região infra-abdominal, em pacientes que praticam atividade física e nas sedentárias. MATERIAIS E MÉTODOS:As pacientes na faixa etária dos 18 aos 30 anos, sexo feminino, foram submetidas à avaliação em que foi medido o índice de massa corpórea (IMC) e a razão cintura/quadril (C/Q). Com uma fita métrica foi realizada a perimetria de cintura (abaixo da última costela), da crista ilíaca, 5 cm e 10 cm acima da crista ilíaca. Foram realizadas 20 sessões, sendo duas vezes por semana, com oito agulhas de acupuntura conectadas a um aparelho de estimulação transcutânea de corrente de baixa frequência (Tens). RESULTADOS: Foi observada a redução de medidas do tecido adiposo em ambos os grupos, havendo maior notoriedade no grupo das sedentárias. CONCLUSÃO:Apesar da significativa perda de tecido adiposo neste estudo, os resultados não foram expressivos pela desistência das voluntárias no decorrer do tratamento, sendo esse um ponto bastante dificultoso do trabalho, que deveria ter permanecido com as 26 pacientes.<hr/>INTRODUCTION: Electrolipolysis is a thechnique used to treat the accumulation of fat tissue located in certain regions of the body. It’s application occurs through a pair of acunpucture needles into the subcutaneous tissue connected to a low-frequency current. This electrical stimulation causes several physiological changes in the adipocyte, among them, the increase in local blood flow, increased cellular metabolism and burn calories. OBJECTIVES: To evaluate the effect of electrolipolysis in reducing localized fat in the infra-abdominal in patients who engage in physical activity and in sedentary patients. MATERIALS AND METHODS: Patients aged within 18 an 30 years, female, underwent evaluation where we measured the body mass index (BMI), waist/hip ratio (W/H). With a tape measure it was measured the waist circumference (below the last rib), the lower abdomen (above the iliac crest), 5cm and 10cm above the lower abdomen. The patients underwent 20 sessions, twice a week with eight acupuncture needles connected to a transcutaneous electric stimulation of low-frequency current (Tens). RESULTS: It was observed the reduction of measures of fat tissue in both groups, being most noticeable in the sedentary group. CONCLUSION: Despite the significant loss of fat in this study, the results were not significant because of the withdrawal of volunteers during the treatment. This was actually a point that made the study more difficult, as the work should have been done with the 26 patients. <![CDATA[<b>Epistemological analysis of thesis and dissertations from Postgraduate programs with Doctoral degree in Brazil</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-51502012000100014&lng=en&nrm=iso&tlng=en OBJETIVOS: Analisar a produção de conhecimento voltada à área de fisioterapia vinculada aos trabalhos de conclusão da Pós-Graduação: Mestrado e Doutorado. MATERIAIS E MÉTODOS:Este estudo descritivo usou o método nomeado análise de conteúdo com as seguintes categorias de análise: disciplina e palavras-chave. Foram analisados nos estudos os descritores com ocorrência maior que cinco vezes, de acordo com a frequência observada no programa TextSTAT. A partir desses critérios foram selecionados os seguintes programas: Ciências da Reabilitação da Universidade de Minas Gerais (UFMG), Fisioterapia da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) e Ciências da Reabilitação da Universidade de São Paulo (USP). Foram analisadas as produções disponíveis na internet desses programas de Pós-Graduação. RESULTADOS:Foram registrados 219 trabalhos de conclusão de curso, nos quais Ortopedia foi a disciplina mais prevalente, seguida de Respiratória e de Pediatria. Quanto aos descritores, o exercício físico teve maior destaque, seguido de idoso, fisioterapia e marcha. CONCLUSÃO:Ao analisar parte da produção de conhecimento voltada à área de fisioterapia, destaca-se a ocorrência da disciplina "Ortopedia", refletindo maior produção científica, já que essa é a área de maior atuação profissional. Os trabalhos podem ser caracterizados como unidirecionais, englobando geralmente uma área do conhecimento e não dando abertura para diferentes visões sob o mesmo aspecto. Além disso, existe forte ausência de estudos visando ao aspecto social, sendo que estes praticamente não existiram nos estudos analisados.<hr/>OBJECTIVES: To analyze knowledge production related to physiotherapy through the analysis of Postgraduate thesis and dissertation. MATERIALS AND METHODS: This descriptive study is a content analysis based on two categories: subjects and keywords. Keywords were analyzed only if they appeared more than 5 times, this frequency was verified through TextSTAT software. The following postgraduate courses were included: Science of Rehabilitation from University of Minas Gerais (UFMG), Physiotherapy from Federal University of São Carlos (UFSCar) and Science of Rehabilitation from University of São Paulo (USP). All studies from these Postgraduate programs available on internet sites were analyzed. RESULTS: We verified 219 studies, Orthopedics was the most prevalent subject, followed by Pulmonology and Pediatrics. In relation to keywords, physical activity presented the highest prevalence, followed by elderly, physiotherapy and gait. CONCLUSION: After analyzing part of the knowledge production in physiotherapy, we concluded that Orthopedics subject is in evidence, this reflects a greater production in this area which is also considered the largest professional area. The studies could be characterized as one dimensional since it generally envolves only one knowledge area, not allowing other point of views to interfere in the same analyzed aspect. Furtheremore, there seems to be a scarcity of studies related to social aspects, since no studies related to this topic were found. <![CDATA[<b>Safety of early physical therapy intervention after acute myocardial infarction</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-51502012000100015&lng=en&nrm=iso&tlng=en INTRODUÇÃO: A fisioterapia na fase I da reabilitação cardiovascular (FTCV) pode ser iniciada de 12 a 24 horas após o infarto agudo do miocárdio (IAM), no entanto, é comum o repouso prolongado no leito em razão do receio de instabilização do paciente. OBJETIVOS: Avaliar as respostas autonômicas e hemodinâmicas de pacientes pós-IAM submetidos ao primeiro dia de protocolo de FTCV fase I, bem como sua segurança. MATERIAIS E MÉTODOS: Foram estudados 51 pacientes com primeiro IAM não complicado, 55 ± 11 anos, 76% homens. Foram submetidos ao primeiro dia do protocolo de FTCV fase I, em média 24 horas pós-IAM. A frequência cardíaca (FC) instantânea e os intervalos R-R do ECG foram captados pelo monitor de FC (Polar®S810i) e a pressão arterial (PA) aferida pelo método auscultatório. A variabilidade da FC foi analisada nos domínios do tempo (RMSSD e RMSM dos iR-R em ms) e da frequência. A densidade espectral de potência foi expressa em unidades absolutas (ms²/Hz) e normalizada (un) para as bandas de baixa (BF) e alta frequência (AF) e pela razão BF/AF. RESULTADOS: O índice RMSSD, a AF e a AFun apresentaram redução na execução dos exercícios em relação ao repouso pré e pós-exercício (p < 0,05), a BFun e a razão BF/AF aumentaram (p < 0,05). A FC e a PA sistólica apresentaram aumento durante a execução dos exercícios em relação ao repouso (p < 0,05). Não foi observado qualquer sinal e/ou sintoma de intolerância ao esforço. CONCLUSÕES: O exercício realizado foi eficaz, pois promoveu alterações hemodinâmicas e na modulação autonômica nesses pacientes, sem ocasionar qualquer intercorrência clínica.<hr/>INTRODUCTION: Physical therapy during phase I of cardiac rehabilitation (CPT) can be started 12 to 24 hours after acute myocardial infarction (AMI), however, it is common to extend the bed rest due to fear of patient’s instability. OBJECTIVES: To assess the hemodynamic and autonomic responses to post-AMI patients when subjected to first day of phase I protocol of CPT, as well as their safety. MATERIALS AND METHODS: We studied 51 patients with first uncomplicated AMI, 55 ± 11 years, 76% men. The patients were subjected to first day protocol phase I CPT, on average, 24 hours after AMI. The Instantaneous heart rate (HR) and RR interval were acquired by HR monitor (Polar™S810i) and blood pressure (BP) checked by auscultation. HR variability was analyzed in the time (RMSSD and RMSM-Ri in ms) and frequency domains. Power spectral density was expressed in absolute (ms²/Hz) and normalized (nu) units for the bands of low (LF) and high frequencies (HF) and as LF/HF ratio. RESULTS: The RMSSD, HF and HFnu have reduced performance of the exercises in relation to rest and post-exercise (p < 0.05), LFnu and LF/HF ratio increased (p < 0.05). HR and systolic BP showed an increase during the execution of the exercises in relation to rest (p < 0.05). There were no any signs and/or symptoms of exercise intolerance. CONCLUSION: The exercise was effective, because it caused changes hemodynamic and autonomic modulation in these patients, without causing any medical complications. <![CDATA[<b>Postural assessment by photogrammetry in patients with idiopathic scoliosis undergoing arthrodesis</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-51502012000100016&lng=en&nrm=iso&tlng=en INTRODUÇÃO: A escoliose é uma alteração tridimensional das vértebras, caracterizada por um desvio lateral. A quantificação do desvio lateral após correção cirúrgica poderia auxiliar quanto ao prognóstico da doença e direcionar na reabilitação. OBJETIVOS: Comparar as alterações posturais no pré e pós-operatório de artrodese da coluna vertebral em pacientes com escoliose idiopática do adolescente. MATERIAIS E MÉTODOS: Foram avaliados nove pacientes com escoliose idiopática entre 11 e 18 anos de idade. Eles foram fotografados no pré-operatório e após quatro semanas. Os pontos anatômicos foram marcados sobre a pele por meio de fixação de bolas de isopor. Para análise das fotografias, estas foram enviadas para um computador com o programa SAPO previamente instalado. Os dados foram analisados utilizando o teste t pareado. RESULTADOS: Foram observados: diminuição significante no ângulo axilar esquerdo (EACE) e no ângulo Q esquerdo (AQE), aumento no ângulo de inclinação do tronco na vista anterior (ITA), no ângulo formado entre o ponto mais alto do trapézio e o manúbrio esquerdo (TAME), no ângulo da cifose torácica direita (CTD) e lordose lombar direita e esquerda (LLD e LLE) e no ângulo tibiotársico esquerdo (ATTE). Houve aumento nas distâncias entre C7, T3 e T7 à espinha ilíaca póstero-superior direita (DC7, DT3 e T7) e C7, T3 e L4 à espinha ilíaca póstero-superior esquerda (EC7, ET3 e EL4). CONCLUSÃO: Foi constatada alteração significativa nos ângulos EACE, AQE, ITA, TAME, CTD, LLD, LLE, ATTE e nas distâncias DC7, DT3, DT7, EC7, ET3 e EL4 quatro semanas após a cirurgia de artrodese.<hr/>INTRODUCTION: Scoliosis is a structural change of the vertebrae three-dimensiona. Quantification of lateral deviation after surgical correction could assist about the prognosis for the evolution of curvature and better direction in rehabilitation. OBJECTIVES: To evaluate and quantify the changes of posture in idiopathic scoliosis patients in the preoperative and postoperative surgical treatment. MATERIALS AND METHODS: Nine patients with idiopathic scoliosis between 11 and 18 years of age were evaluated. The participants were photographed preoperatively and after four weeks of postoperatively. The anatomical points were marked on the skin. For analysis of the photographs, they were transferred to a computer that has installed the SAPO. Statistical analysis was performed using test t pareado. RESULTS: We observed a significant decrease in left axillary angle (EACE) and left angle Q (AQE), an increase in the angle of inclination of the trunk in anterior view (ITA), the angle between the highest point of the manubrium and left trapezius ( TAME), thoracic kyphosis angle of the right (CTD) and lumbar lordosis right and left (LLD and LLE) and the left tibiotarsal angle (ATTE). There was an increase in the distances between C7, T3 and T7 posterior superior iliac spine to the right (DC7, DT3 and T7) and C7, T3 and L4 posterior superior iliac spine to the left (EC7, ET3 and EL4). CONCLUSION: It was observed significant changes in the angles ECAA, AQE, ITA, TAME, CTD, LLD, LLE, and the distances ATTE DC7, DT3, DT7, EC7, and EL4 ET3 four weeks after arthrodesis. <![CDATA[<b>A novel protocol for occlusal splint adjustment to treat TMD in sleep bruxism</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-51502012000100017&lng=en&nrm=iso&tlng=en INTRODUCTION: Sleep bruxism (SB) is a stereotypical movement disorder that is characterized by rhythmic masticatory muscle activity associated with tooth grinding and occasional jaw clenching. OBJECTIVES: The aim of this study was to determine the relief time for temporomandibular disorders (TMD), cervical and otological signs and symptoms in patients with BS treated with occlusal splints (OS) for a period of 180 days. MATERIALS AND METHODS: Thirty patients, between ages 22 and 53 years old, presenting SB and TMD, including cervical and otological symptoms, were enrolled in this study. The patient’s treatment protocol consisted of using the OS applying a novel adjustment protocol. The total follow-up period was 180 days. The paired Student t-test was used to compare before and after long-term OS treatment. RESULTS: For all variables, the results were statistically significant (p < 0.001). As to the TMD symptoms, in most patients the relief of pain in masseter, temporalis, cervical and TMDs occurred in the 3rd month. Twenty percent of the patients were aware of clenching teeth while awake and reported that this parafunction decreased by the end of 6 months, and 90% reported an improvement in sleep quality as well. CONCLUSION: The use of an OS with a novel adjustment protocol was an effective treatment for TMD sign and symptoms in patients with SB.<hr/>INTRODUÇÃO: O bruxismo do sono (BS) é um distúrbio estereotipado de movimento que se caracteriza pela atividade rítmica mastigatória muscular associada com ranger de dentes e apertamento da mandíbula ocasional. OBJETIVOS: O objetivo deste estudo foi determinar o tempo de alívio para desordens temporomandibulares (DTM), cervical e sinais e sintomas otológicos em pacientes com BS tratados com placas oclusais (PO) por um período de 180 dias. MATERIAIS E MÉTODOS: Trinta pacientes, entre 22 e 53 anos, apresentando BS e DTM, incluindo sintomas cervical e otológicos, foram incluídos neste estudo. O protocolo de tratamento do paciente consistiu na utilização da PO com a aplicação de um novo protocolo de ajuste. O período de acompanhamento total foi de 180 dias. O teste t de Student pareado foi utilizado para comparar os efeitos após o tratamento a longo prazo da PO. RESULTADOS: Para todas as variáveis os resultados foram significativos (p < 0,001). Quanto aos sintomas da DTM, na maioria dos pacientes o alívio da dor no masseter, temporal, cervical e DTM ocorreu no terceiro mês. Vinte por cento dos pacientes autorrelataram ranger os dentes enquanto acordado e informaram que essa parafunção diminuiu até o final de 6 meses, 90% dos sujeitos relataram, também, melhora na qualidade do sono. CONCLUSÃO: O uso de uma PO com novo protocolo de ajuste foi um tratamento eficaz para os sinais e sintomas de DTM em pacientes com BS. <![CDATA[<b>Wheelchairs propulsion analysis</b>: <b>review</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-51502012000100018&lng=en&nrm=iso&tlng=en OBJETIVOS: Analisar aspectos relacionados à propulsão em cadeira de rodas. MATERIAIS E MÉTODOS: Para o delineamento desta revisão, foi realizada uma busca em bases de dados eletrônicas a partir das seguintes palavras-chave: wheelchair propulsion, wheelchair biomechanics e wheelchair uses. Foram selecionados artigos completos nas línguas francesa e inglesa. RESULTADOS: A propulsão em cadeira de rodas é um movimento complexo que requer a execução de repetidas aplicações de força durante curto período de tempo. Nesse movimento são exigidos altos níveis de força em razão do baixo rendimento mecânico da cadeira. Pôde ser caracterizado que os cadeirantes não estão satisfeitos com suas cadeiras, os locais não estão adaptados à sua presença e faltam critérios específicos para o ajuste desse importante equipamento. Os principais pontos a serem observados, quanto aos ajustes, são a altura do banco em relação à posição de flexão do cotovelo (100 a 120 graus) com a mão no aro de propulsão e o cuidado com a pressão nos pneus. Quanto à técnica de propulsão, o modo semicircular parece ser o mais indicado, pois nesse padrão o cadeirante realiza a propulsão e retorna a mão por baixo do aro. Os esforços na cadeira de rodas são altos e a incidência de lesões em cadeirantes é elevada. CONCLUSÃO: Pode-se concluir que, apesar dos esforços das pesquisas, ainda existem muitas divergências entre os temas e os métodos de avaliações adotados, o que impede que boa parte dos resultados encontrados seja aplicável à vida diária dos usuários de cadeira de rodas.<hr/>OBJECTIVES: To analyze aspects related with wheelchair propulsion. MATERIALS AND METHODS: In order to delineate this review the search for information was carried out within electronics databases, using the following descriptors: "wheelchair propulsion", "wheelchair biomechanics" e "wheelchair users". Full papers published in English and French were included in the study. RESULTS: The wheelchair propulsion is a complex movement that requires the execution of repeated bi manual forces applications during a short time period. In this movement high levels of force must be produced due to the bad mechanical performance of the wheelchair. Could be characterized that wheelchair users are not satisfied with their wheelchair, the places are not adapted to their presence and lack of specific criteria for the adjustment of this equipment. The main points to look at are the seat height in relation to elbow flexion (100-120 degrees) with his hand in the propulsion rim and tire pressure. The semicircular mode of technique propulsion seems to be more appropriate; in this pattern the wheelchair user returns his hand under the rim after propulsion. Efforts in wheelchairs are high and the incidence of injuries in wheelchair users is high. CONCLUSION: One can conclude that in spite of researchers’ efforts there are still many divergences between topics and methods of evaluation, what makes difficult to apply the experimental results to the wheelchairs users’ daily life. <![CDATA[<b>Resistance exercise in heart disease</b>: <b>systematic review</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-51502012000100019&lng=en&nrm=iso&tlng=en INTRODUÇÃO: A perda de massa muscular secundária à idade e à inatividade física é clinicamente relevante na população cardíaca; contudo, a prescrição do exercício resistido dinâmico para esses pacientes apresenta-se inconclusiva na literatura. OBJETIVOS: Reunir informações e apresentar as principais diretrizes relacionadas à prescrição de exercícios resistidos em cardiopatas. MATERIAIS E MÉTODOS: Foi realizada busca sistemática de literatura, a partir das bases de dados LILACS, SciELO e MEDLINE, utilizando os seguintes descritores na língua portuguesa: força muscular, exercício isométrico, esforço físico, cardiopatia e coronariopatia, e seus correspondentes na língua inglesa (muscle strength, isometric exercise, physical effort, heart disease e artery coronary disease), os quais foram pesquisados separadamente e em cruzamentos, sendo considerados para esta revisão apenas artigos publicados entre 2005 e 2010. RESULTADOS E DISCUSSÃO: De um total de 806 artigos foram selecionados 22 para integrar a revisão, sendo 14 estudos classificados como artigos originais, 2 artigos de atualização da literatura e 6 artigos de revisão, além do capítulo 8 do livro intitulado Diretrizes do ACSM (American College of Sports Medicine) para os testes de esforço e sua prescrição, publicado em 2007. CONCLUSÃO: O exercício resistido, independente da variada metodologia utilizada na prescrição dos componentes específicos do treinamento, mostrou-se eficiente para aumentar a força muscular de membros superiores e inferiores em cardiopatas e sua aplicação pode ser considerada segura para esses pacientes, desde que prescrito corretamente.<hr/>INTRODUCTION: Loss of muscle mass secondary to age and physical inactivity is clinically relevant in cardiac population, however dynamic resistance exercise prescription to these patients presents inconclusive in literature. OBJECTIVES: Collecting information and presenting the main guidelines related to resistance exercise prescribed in cardiac patients. MATERIALS AND METHODS: Systematic search was performed, using the data bases LILACS, SciELO and MEDLINE. The descriptors used were: muscle strength, isometric exercise, physical effort, heart disease and artery coronary disease, which were surveyed separately and combined, considering for this review articles that were published between 2005 and 2010. RESULTS: From a total of 806 articles, 22 were selected to compose the review, 14 original articles, 2 dates literature articles and 6 review articles, beyond the chapter 8 of the book ACSM's guidelines (American College of Sports Medicine) for exercise testing & prescription, published in 2007. CONCLUSION: Resistance exercise, regardless of the varied methods used to prescribe the specific components of training, has proved effective for increasing muscle strength of upper and lower limbs in patients with and its application can be considered safe for these patients, provided that prescribed correctly. <![CDATA[<b>Ultrasound is effective in treating calcifying tendinitis of the shoulder?</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-51502012000100020&lng=en&nrm=iso&tlng=en Introdução: A tendinite calcária do ombro é uma calcificação caracterizada pela deposição de sais de cálcio nos tendões do manguito rotador, provocando dor no ombro e perda de amplitude de movimento (ADM). O ultrassom é sugerido como alternativa promissora para facilitar a reabsorção dos depósitos de cálcio. Os mecanismos que fundamentam esse efeito são, entretanto, ainda controversos na literatura, e a utilização clínica do ultrassom na tendinite calcária tem sido baseada mais em evidências empíricas do que científicas. Objetivos: Realizar uma revisão bibliográfica sobre os efeitos biológicos e terapêuticos do ultrassom, a fim de identificar o real papel desse recurso no tratamento da tendinite calcária do ombro. Materiais e métodos: Para sua elaboração, foi feita uma busca bibliográfica em bases de dados eletrônicas e uma pesquisa manual. Resultados: Dentre os estudos selecionados, dois demonstraram redução da dor e do tamanho da calcificação e dois não apresentaram resultados positivos. Discussão: Os benefícios promovidos pelo ultrassom são dependentes dos parâmetros utilizados. Variáveis como o tamanho da área a ser tratada, diferenças teciduais, duração da aplicação e o objetivo da conduta terapêutica também devem ser considerados. Conclusão: Com base nesta revisão, pode-se afirmar que o ultrassom terapêutico é um recurso efetivo no tratamento da tendinite calcária do ombro.<hr/>Introduction: The calcifying tendinitis of the shoulder is a calcification characterized by calcium deposit in the rotator cuff tendons, causing pain and loss of shoulder range of motion (ROM). The ultrasound is suggested as a promising alternative to facilitate the reabsorption of calcium deposits. The mechanisms underlying this effect are still controversial in literature and the clinical use of ultrasound in the calcifying tendinitis has been based more on empirical evidence than scientific. Objectives: To review the ultrasound biological and therapeutic effects for the purpose to identify the true role of this resource in the treatment of calcifying tendinitis of the shoulder. Materials and methods: It made a literature search in electronic databases and a manual research. Results: Among the selected studies, two demonstrated pain and size of the calcification reduction and two studies not showed positive results. Discussion: The benefits promoted by ultrasound are dependent on parameters used. Variables such as the size of treated area, tissue differences, duration of application and therapeutic aim should also be considered. Conclusion: Based in this review, it can be affirmed that ultrasound therapy is an effective resource in the treatment of calcifying shoulder tendinitis. <![CDATA[<b>Strength/resistance test of the superior members</b>: <b>methodological analysis and normative data</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-51502012000100021&lng=en&nrm=iso&tlng=en INTRODUÇÃO: A força e a resistência muscular são componentes da aptidão física importantes para a saúde e alto rendimento. Os testes de flexão de braços, puxada em suspensão na barra e puxada em suspensão na barra modificada, utilizam o próprio peso corporal e avaliam as capacidades motoras relacionadas à aptidão física, saúde e ao desempenho atlético, no sentido de mensurar a força e resistência muscular dos membros superiores em ambos os sexos e ampla faixa etária. OBJETIVOS: O objetivo deste estudo foi buscar na literatura os aspectos metodológicos relacionados à validade, fidedignidade, objetividade e procedimentos específicos utilizados nos testes: flexão de braços, puxada suspensão na barra e puxada em suspensão na barra modificada, fazendo, dessa forma, um levantamento dos indicadores de rendimento desses testes em atletas de alto nível de diferentes modalidades. CONCLUSÃO: Os testes de flexão de braços, puxada em suspensão na barra e puxada em suspensão na barra modificada são eficientes, confiáveis, de fácil aplicação e são ferramentas que empregam baixo custo, além de requererem pouco treinamento do avaliador. Entretanto, devemos chamar a atenção quanto à padronização e as recomendações metodológicas para suas aplicações, para que possam ser utilizados com segurança na reabilitação e no desempenho atlético.<hr/>INTRODUCTION: The strength and muscular endurance are important components of physical fitness for health and high performance. The tests of push-up, pull-up and modified pull-up, using own body weight and evaluate motor skills related to physical fitness, health and athletic performance, to measure the strength and muscular endurance upper limbs in both sexes and a wide age range. OBJECTIVES: The aim of this study was to search the literature methodological issues related to validity, reliability, objectivity and specific procedures used in tests: push-up, pull-up and modified pull-up, by doing so, a survey of indicators yield of these tests in elite athletes of different modalities. CONCLUSION: The tests of push-up, pull-up and modified pull-up are efficient, reliable, easy to apply and are tools that employ low cost, and require little training for evaluators. However, as we draw attention to the standardization and methodological recommendations for your applications so they can be safely used in rehabilitation and athletic performance. <![CDATA[<b>Effectiveness of physical exercise in chronic renal failure</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-51502012000100022&lng=en&nrm=iso&tlng=en INTRODUÇÃO: O exercício físico em nefropatas submetidos à hemodiálise se faz importante, uma vez que esses pacientes apresentam acentuada redução da funcionalidade e do condicionamento, o que interfere negativamente na qualidade de vida. Contudo, os benefícios, o tipo de exercício mais adequado e parâmetros como intensidade, frequência e duração não estão bem esclarecidos para essa população. OBJETIVOS: Realizar uma revisão de literatura sobre a influência do exercício físico em pacientes renais crônicos submetidos à hemodiálise. MATERIAIS E MÉTODOS: Foram realizadas buscas nas bases MEDLINE, LILACS, PEDro, SciELO e PubMed, sendo selecionados artigos (ensaios clínicos controlados randomizados, séries de casos e estudos de caso) nos idiomas inglês e português, publicados entre 2000 e 2010. RESULTADOS: Foram encontrados 105 artigos, sendo 82 da base de dados PubMed, 16 da base PEDro e 7 da base SciELO. Não foram encontrados artigos nas bases MEDLINE e LILACS. Desses, apenas sete preenchiam aos critérios de inclusão. A partir desses sete artigos, realizou-se busca manual ativa na lista de referências dessas publicações, nas quais foi possível verificar a presença de apenas três referências. CONCLUSÃO: Pôde-se concluir, por meio dos artigos revisados, que os exercícios físicos, seja aeróbico e/ou de resistência, possuem efeitos incrementais na capacidade funcional, função muscular e qualidade de vida de nefropatas submetidos à hemodiálise. Portanto, o treinamento físico deve ser considerado como uma modalidade terapêutica importante, sendo fundamental a inserção do fisioterapeuta nos centros dialíticos, fazendo parte de uma equipe multidisciplinar.<hr/>INTRODUCTION: Physical activity in nephropathy patients submitted to hemodialysis becomes important since these patients presents marked reduction in the functionality and conditioning that impairs life quality. However, the benefits, the most appropriate type of exercise and parameters such as intensity, frequency and duration are not well defined in this population. OBJECTIVES: To review the literature about the effects of physical exercise in chronic renal patients submitted to hemodialysis. MATERIALS AND METHODS: MEDLINE, LILACS, PEDro, PubMed and SciELO bases were searched, being selected articles (clinical randomized controlled trials, series of case and case study) in languages, English and Portuguese, published between 2000 and 2010. RESULTS: 105 articles were found, 82 from PubMed database, 16 from PEDro and 7 from SciELO base. No articles were found in MEDLINE and LILACS bases. From these ones, only seven fulfilled the inclusion criteria. From these seven articles, an active manual search was held in the list of references of these publications, being possible to verify in them the presence of only three references. CONCLUSION: By the reviewed articles it was possible to conclude that either aerobic and/or physical exercise have incremental effects on functional capacity, muscle function and life quality of nephropathy patients submitted to hemodialysis. Therefore, physical training should be considered as an important therapeutic modality, being central the insertion of the physiotherapist in dialysis centers as part of a multidisciplinary team.