Scielo RSS <![CDATA[Nova Economia]]> http://www.scielo.br/rss.php?pid=0103-635120170002&lang=pt vol. 27 num. 2 lang. pt <![CDATA[SciELO Logo]]> http://www.scielo.br/img/en/fbpelogp.gif http://www.scielo.br <![CDATA[240 anos de A Riqueza das Nações]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-63512017000200007&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Abstract: Why should we read a book printed 240 years ago? The book is old. Our circumstances and institutions are different. Its examples are dated. Its policies are irrelevant today. Its economic theories are full of mistakes. Even its political ideology is ambiguous. So, why bother reading this old book?<hr/>Resumo: Por que deveríamos ler um livro publicado há 240 anos? Trata-se de um livro antigo. Nossas circunstâncias e instituições são diferentes. Seus exemplos são datados. Suas recomendações de política são irrelevantes hoje. Suas teorias econômicas estão repletas de erros. Mesmo a sua ideologia política é ambígua. Então, por que se dar ao trabalho de ler este velho livro? <![CDATA[Teorias marxistas da inflação: uma revisão crítica]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-63512017000200021&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Resumo: O fenômeno inflacionário passa a assumir lugar de destaque na literatura econômica após a década de 1960, exatamente no momento em que tal fenômeno se torna um problema de maior amplitude e com um profundo enraizamento nos países capitalistas avançados. O marxismo construiu suas explicações sobre a inflação baseado sobretudo nas seguintes abordagens: i) que os conflitos sobre a distribuição da renda são, em suma, a causa mais significativa da inflação; ii) que a inflação está vinculada ao crescente poder dos monopólios, sendo reforçado pelas políticas intervencionistas do Estado; e iii) que o fenômeno é explicado pela discrepância gerada endogenamente entre os aumentos da oferta e da demanda do dinheiro de crédito. O objetivo deste texto é revisitar estas abordagens marxistas, assim como fez Saad-Filho (2000), porém avançando na crítica metodológica. Mais especificamente, nosso objetivo é o de, revisitando essas abordagens teóricas, realizar uma crítica metodológica mostrando a continuidade da validade do método de Marx para compreender o fenômeno da inflação do pós-segunda guerra mundial.<hr/>Abstract: The inflationary phenomenon becomes relevant in the economic literature after the 1960s, from the moment when inflation turn into a problem of greater magnitude and with a deep rooting in the advanced capitalist countries. Marxism has built his explanations of the inflation based principally on the following approaches: i) conflicts over the distribution of income are, in short, the most significant cause of inflation; ii) inflation is linked to the growing power of monopolies, being reinforced by the interventionist policies of the State; and iii) the phenomenon is explained by the discrepancy between endogenous generated increases in supply and demand for credit money. The aim of this paper is to revisit these Marxist approaches, as found in Saad-Filho (2000), but emphasizing the methodological critique. More specifically, our goal is to perform a methodological critique showing the continued validity of Marx's method to understand the inflation phenomenon of post World War II. <![CDATA[As primeiras preocupações com a periferia do sistema capitalista nas teses do imperialismo de Kautsky e Bukharin]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-63512017000200051&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Resumo: A partir das contribuições de Karl Kautsky e Nikolai Bukharin, datadas das primeiras décadas do século XX, bem como de toda herança que guardam das ideias originárias de Marx, o artigo analisa como esses dois teóricos interpretaram os efeitos do processo histórico de expansão mundial das relações burguesas de produção sobre as regiões ainda não capitalistas do globo, as mesmas que, posteriormente, passariam a ser tratadas sob o amplo conceito de periferia. Diante de um cenário de autêntico imperialismo capitalista, buscar-se-á resgatar as impressões e preocupações que levaram ambos os autores à percepção ideal de um processo real de polarização da economia mundial em um centro, desenvolvido e rico, e em uma periferia, pobre e retardatária, argumento que dominaria as discussões desenvolvimentistas algumas décadas depois.<hr/>Abstract: From the contributions of Karl Kautsky and Nikolai Bukharin, dating from the early twentieth century and of all who keep the heritage originating ideas of Marx, we look at how these two theorists have interpreted the effects of the historical process of global expansion of relations bourgeois production on regions not yet capitalists of the world, the same as they would be treated, later, under the broad concept of periphery. In the era of capitalist imperialism, we seek to rescue the impressions and concerns that led to these authors toward the ideal perception ideal perception of a real process of polarization of the world economy in a center, developed and rich, and a periphery, poor and backward, argument that would dominate the developmental discussions a few decades later. <![CDATA[Análise teórica e empírica dos determinantes dos fluxos de capitais financeiros para os países em desenvolvimento no contexto da globalização financeira]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-63512017000200085&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Resumo: Este artigo pretende dar uma contribuição à literatura empírica sobre os determinantes dos fluxos de capitais de natureza financeira direcionados aos países em desenvolvimento por meio de um modelo econométrico de dados em painel com a utilização do Método dos Momentos Generalizados-Sistema (MMG-S). Os resultados obtidos corroboram os estudos anteriores que apontam para um predomínio dos fatores externos sobre os internos na determinação desses fluxos. Merece destaque o indicador de volatilidade VIX CBOE, o qual pode ser interpretado, a partir de uma perspectiva pós-keynesiana, como um indicador de preferência por liquidez. Nos testes que relacionaram a dummy para os anos de crise com as variáveis internas, as variáveis reservas sobre o endividamento externo e sobre o déficit em transações correntes sobre o PIB se mostraram estatisticamente significativas, sendo que a primeira atenuou, enquanto a segunda acentuou o impacto das crises.<hr/>Abstract: This article aims to contribute to the empirical literature on the determinants of financial capital flows to developing countries using an econometric panel data model with Generalized Method of Moments-System (GMM-S). As in former studies, the results showed the predominance of external factors over internal ones in determining capital flows. It is noteworthy the CBOE VIX volatility indicator, which showed significant and with the expected sign on the eleven tested equations. According to the post-Keynesian perspective adopted in this paper, this indicator could be interpreted as an indicator of the liquidity preference of private agents. In tests relating to dummy for the years of crisis with the internal variables, the variables reservations about the external debt and current account deficit over GDP were statistically significant, with the first attenuated, while the second emphasized the impact of crisis. <![CDATA[Política monetária e taxa de câmbio em uma pequena economia aberta: uma análise empírica para o Brasil]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-63512017000200119&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Resumo: O objetivo deste artigo é verificar empiricamente a resposta da política monetária (taxa de juros) a choques na taxa de câmbio no Brasil durante o regime de metas de inflação, considerando a relação contemporânea endógena existente entre tais variáveis (política monetária e taxa de câmbio). Seguindo Bjørnland e Halvorsen (2014), será estimado um modelo SVAR (vetor autorregressivo estrutural) identificado através da combinação de restrições de sinais e de curto prazo (decomposição Cholesky-sinal). Os resultados obtidos mostram que há uma resposta importante e significativa da política monetária a choques na taxa de câmbio. A resposta da política monetária é imediata, o que nos leva a concluir que negligenciar a interação contemporânea entre tais variáveis pode produzir resultados imprecisos. Além disso, não encontramos evidências significativas de qualquer puzzle na resposta da taxa de câmbio e da inflação a choques na política monetária.<hr/> Abstract : The objective of this study is to verifyhow monetary policy responds to exchange rate shocks in Brazil underinflation targeting regime, by considering thetwo-way relationship between these variables (monetary policy and exchange rate).Following Bjørnland and Halvorsen (2014), we estimate a structural VAR model that is identified by a combination of sign and short-term (zero) restrictions (Cholesky-sign decomposition). The results obtained show that there is an important and significant response of monetary policy to exchange rate shocks. The response of monetary policy is immediate, which leads us to conclude that neglecting the contemporary interaction between these variables may lead to inaccurate results.Furthermore, there was no significant evidence of any puzzle in response of the exchange rate and inflation to monetary policy shocks. <![CDATA[Análise do conteúdo tecnológico das exportações brasileiras sob a lógica estruturalista-kaldoriana]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-63512017000200157&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Resumo: Este estudo analisou o conteúdo tecnológico das exportações brasileiras para verificar se a expansão das exportações ocorrida entre 2000 e 2005 seria capaz de induzir o crescimento econômico sustentado seguindo a lógica estruturalista-kaldoriana. Para tanto, foram utilizadas as matrizes de insumo-produto disponibilizadas pelo IBGE, compatibilizadas com base na taxonomia proposta por Lall (2000). Os resultados do estudo mostram que, apesar da melhora do resultado comercial do país verificada no período analisado, o aumento das exportações brasileiras não seria capaz de induzir um círculo virtuoso de crescimento econômico sustentado. Sob a lógica estruturalista-kaldoriana, esse fato pode ser creditado à concentração da expansão das exportações nos setores de baixo conteúdo tecnológico que, no longo prazo, não causaria a ruptura da restrição externa ao crescimento econômico do país. Essa constatação sugere que o Sistema Nacional de Inovação brasileiro ainda apresenta um baixo grau de desenvolvimento com papel limitado na indução da atividade econômica.<hr/> Abstract : This study analyzed the technological content of Brazilian exports to verify if the expansion of exports between 2000 and 2005 would be able to induce sustained economic growth following the structuralist-Kaldorian logic. For this, we used the input-output matrices provided by the IBGE and made compatible based on the taxonomy proposed by Lall (2000). The findings show that despite the recorded improvement in the country’s commercial result in the analyzed period, the increase in Brazilian exports would not be able to induce a virtuous circle of sustained economic growth. Under the structuralist-Kaldorian hypothesis, this may be credited to the concentration of export expansion in low technological content sectors that, in the long run, would not cause the rupture of the external constraint to economic growth in the country. This suggests that the Brazil’s National Innovation System still has a low level of development with limited role in inducing economic activity. <![CDATA[Análise do setor audiovisual do sul do Brasil sob a perspectiva da inovação]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-63512017000200185&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Resumo: Esta pesquisa objetivou identificar o modelo atual da produção do setor audiovisual, considerando as atividades de TV, vídeo e cinema, no estado do Rio Grande do Sul, aplicando o modelo da Hélice Tripla, em função dos declínios de investimentos públicos e privados, que deslocaram o estado para 11ª posição no setor na indústria criativa. Com abordagem qualitativa, o estudo exploratório utilizou entrevistas em profundidade com roteiro semiestruturado aplicado a atores do setor da produção do audiovisual entre as esferas da indústria, governo e universidade, sob a perspectiva da inovação. Os resultados finais indicaram que o setor audiovisual, no estado do Rio Grande do Sul, não pode ser considerado um sistema de inovação, mas seu modelo de setor se encontra em processo de evolução, partindo de uma combinação de modelos anteriores, parte estadista e parte laissez-faire se direcionando ao modelo da teoria da Hélice Tripla. Apontam-se, oportunidades de trabalhos futuros.<hr/>Abstract: This research aimed to identify the current model of production of the audiovisual sector, considering the TV activities, video and film, in the state of Rio Grande do Sul, applying the model of Triple Helix, due to declines in public and private investment, which moved the state to 11th position in this sector in the creative industry. Using a qualitative approach, the exploratory study used in-depth interviews with semi-structured applied to actors in the audiovisual production sector between industry spheres, government and university, from the perspective of innovation. The final results indicated that the audiovisual sector in the state of Rio Grande do Sul, can’t be considered an innovation system, but your industry model is in the process of evolution, from a combination of previous models, statesman and part laissez-faire tending to the model of the theory of Triple Helix. Point is, opportunities for future work. <![CDATA[Do catador ao doutor: um retrato da informalidade do trabalhador por conta própria no Brasil]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-63512017000200213&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Resumo: O presente artigo tem por intuito avaliar o grau de formalização dos trabalhadores por conta própria no Brasil. Inicialmente, é feita uma revisão bibliográfica sobre os estudos que originaram o conceito “setor informal”. Ao explorar a operacionalização do conceito, o autor argumenta que o termo “emprego informal” ratifica a ideia de que existem casos em que o trabalhador por conta própria pode ser considerado como formal. A partir da análise da evolução dos dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD 2009-2014), é traçado um panorama do trabalho por conta própria no Brasil, com destaque para o fato de que entre os indivíduos adultos e residentes em áreas urbanas, apenas 16,1% são formais. Conclui-se que a taxa de formalização do trabalho por conta própria pode ser ampliada, e para que isso ocorra é fundamental um conhecimento mais apurado sobre essa heterogênea categoria ocupacional, que engloba do catador ao doutor.<hr/>Abstract: This paper aims to evaluate the degree of formalization of self-employed in Brazil. At a first moment a bibliographical review is made on studies that originated the concept of "informal sector". By exploring the operationalization of the concept, the author argues that the term "informal employment" reinforces the idea that there are cases where the self-employed can be regarded as formal. From the analysis of the evolution of data from National Survey by Household Sampling (PNAD 2009-2014), highlighting the fact that among adults and individuals living in urban areas only 16.1% are formal. Therefore, it is concluded that the rate of formalization of self-employment can be expanded and for this to occur it is essential to have a more accurate understanding of this heterogeneous occupational category which encompasses both waste pickers and physicians. <![CDATA[Desindustrialização regional no Brasil]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-63512017000200247&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Resumo: Este trabalho tem como objetivo analisar, por uma perspectiva inédita, possíveis indícios de desindustrialização na economia brasileira. Para tanto, analisamos dados regionais e estaduais referentes ao período de 1985 a 2010, utilizando indicadores de desindustrialização já consagrados. Adicionalmente, são analisadas diferenças regionais da relação VTI/VBPI e discute-se sobre ganhadores e perdedores do ponto de vista setorial e regional, ponderando-se razões para o comportamento divergente do processo por região. Por fim, estima-se um modelo paramétrico regredindo participação da indústria de transformação regional no PIB da região e renda per capita regional. Conclui-se que, em nível regional, as regiões Sudeste, Sul e Nordeste acumulam indícios de desindustrialização, enquanto as demais regiões seguem padrão inverso, levando a crer que a desindustrialização brasileira é, em parte, também uma descentralização espacial (regional) da produção industrial e que o processo de desindustrialização brasileiro difere entre as regiões acometidas pelo processo.<hr/> Abstract: This work aims at analyzing, for an unprecedented perspective, possible evidences of deindustrialization in the Brazilian economy. For that, it analyzes both regional and state data for the period 1985-2010, using indicators of deindustrialization already established. In addition, regional differences in the relation VTI / VBPI are analyzed and discussed considering winners and losers in terms of sectors and regions, presenting also possible reasons for the divergent behavior of the process by region. Finally, it estimates a parametric model regressing the participation of regional manufacturing industry in the region's GDP and regional per capita income. The results suggest that, at regional level, the Southeast, South and Northeast regions accumulate evidence of deindustrialization, while the other two regions follow an inverse pattern. Besides that, it seems that the Brazilian deindustrialization is in progress together with a process of (regional) spatial decentralization of industrial production and this deindustrialization process affects differently the regions. <![CDATA[Aglomerações produtivas e escolha de modal de transporte: um estudo de caso do setor industrial de São Paulo e Manaus]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-63512017000200295&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Resumo: O objetivo deste estudo é evidenciar a complementaridade entre duas aglomerações produtivas (microrregiões de São Paulo e Manaus) e discutir a escolha do modal de transporte entre essas duas regiões. São Paulo caracteriza-se como uma aglomeração produtiva madura e diversificada; enquanto Manaus detém uma forte especialização. A partir de uma matriz de proximidade, pode-se afirmar que as microrregiões apresentam estruturas de produção complementárias. Quanto à estrutura de transportes, o comércio ocorre principalmente via modal rodo-fluvial e, em menor parte, via cabotagem. O potencial de migração para cabotagem é avaliado por uma pesquisa de escolha discreta. Os resultados indicam que esta transferência depende de características da condição de transporte (fretes, transit time, confiabilidade e regularidade do serviço) e da estrutura produtiva (como valor agregado do produto e tamanho da empresa).<hr/>Abstract: The objective of this paper is to investigate the complementarity between two economic agglomerations (regions of São Paulo and Manaus) and to discuss the choice of the transportation mode between these two regions. São Paulo can be characterized as a mature and diversified agglomeration; while Manaus has a high specialization rate. Based on a proximity matrix, we can affirm that the two agglomerations have complementary production structures. As for the transportation network, trade occurs predominantly using the road-and-river mode and, in a smaller scale, using the short-sea shipping alternative. The migration potential for short-sea shipping is assessed by a discrete choice research. The results indicate that cargo migration depends on the characteristics of the transportation conditions (freights, transit time, service reliability and regularity) and on the production structure (such as aggregate value of the product and firm size). <![CDATA[Implosão e explosão na Exópolis: evidências a partir do mercado imobiliário da RMBH.]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-63512017000200323&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Resumo: Entre os fenômenos espaciais das metrópoles contemporâneas, destacam-se neste trabalho as chamadas “Implosão” e “Explosão”, derivadas da obra de Henri Lefebvre. A implosão é interpretada como tendência à aglomeração nas áreas centrais das metrópoles, significando uma retomada dessas áreas como espaços privilegiados. A explosão informa um processo de urbanização estendida, indicando a ocupação de áreas distantes das centralidades principais. Essas duas tendências são relacionadas à chamada Exópolis, interpretação da metrópole fornecida por Edward Soja. No exercício empírico para Belo Horizonte e sua Região Metropolitana,foram usados dados do mercado imobiliário residencial, e o método Fuzzy Clustering Analysis foi empregado. Os resultados sobre a hipótese da implosão destacam a heterogeneidade da área central da cidade, e para a explosão, esse mercado da RMBH forneceu evidências de estar de fato se estendendo pela região, seja em aglomerações de moradias de trabalhadores no tecido urbano, seja em condomínios fechados para as elites.<hr/>Abstract: Among the contemporary metropolis’ spatial phenomena, this work highlights the so-called “Implosion” and “Explosion”, derived from Henri Lefebvre’s work. The implosion is interpreted as a trend to agglomeration in the central areas of metropolis, which means a reoccupying of these areas as privileged spaces. The explosion informs a process of extended urbanization, which indicates the occupation of areas distant from the main centralities. These two trends are related to the called Exopolis, a metropolis interpretation provided by Edward Soja. In the empirical exercise to Belo Horizonte and its metropolitan region, housing market’s data were used, and the Fuzzy Clustering Analysis was employed. The results about the implosion hypothesis stresses the heterogeneity of the city’s central area, and to explosion, this market provided evidences that it is actually extending itself through the region, either in clusters of housing of workers in the urban fabric, whether in condos for elites.