Scielo RSS <![CDATA[Economia e Sociedade]]> http://www.scielo.br/rss.php?pid=0104-061820130003&lang=pt vol. 22 num. 3 lang. pt <![CDATA[SciELO Logo]]> http://www.scielo.br/img/en/fbpelogp.gif http://www.scielo.br <![CDATA[<b>Especulação financeira e capitalismo contemporâneo</b>: <b>uma proposição teórica a partir de Marx</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-06182013000300001&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt No contexto da análise das fases de circulação e produção capitalista, o objetivo principal deste artigo é o de enfatizar que o processo de autonomização das formas funcionais do capital, com base na teoria do valor-trabalho de Marx e caracterizado principalmente pelo capital fictício, é um forte instrumento para explicar algumas transformações verificadas no capitalismo contemporâneo. Destaque especial para as crises capitalistas recentes e para o intenso processo de especulação financeira.<hr/>Regarding the analysis of the stages of capitalist production and circulation, the main objective of this article is to emphasize that the self-expansion process of the functional forms of capital, is a tool that effectively explains the changes observed in contemporary capitalism.This process takes place under the foundations of Marx's value theory, and is primarily characterized by fictitious capital. Particular attention is given to the recent capitalist crises and the intense financial speculation process. <![CDATA[<b>Industrialização e desenvolvimento</b>: <b>uma análise do pensamento econômico brasileiro</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-06182013000300002&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Este artigo recupera os elementos essenciais do debate sobre o papel do processo de industrialização para o desenvolvimento econômico brasileiro. O artigo analisa diversos momentos deste debate, desde suas origens até as recentes discussões sobre a desindustrialização. Argumenta-se que a evolução do tema influencia e é influenciada pelas condições históricas vigentes. Sua conclusão central é que o debate é profundamente marcado pelos diferentes pontos de partida teóricos e metodológicos adotados pela literatura<hr/>This paper presents the most important elements of the debate on the role of industrialization for economic development in Brazil. The paper examines several stages of the debate, from its origins up to the recent discussions on deindustrialization. It is argued that the development of the theme influences and is influenced by prevailing historical conditions. Its central conclusion is that the debate is deeply marked by the different theoretical and methodological starting points adopted by the literature. <![CDATA[<b>Technological specialization, catching-up and building of technological competences under market integration</b>: <b>Asia and Latin America compared</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-06182013000300003&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Este trabajo tiene como objetivo examinar la evolución de la especialización, convergencia y el proceso de formación de competencias tecnológicas de dos conjuntos de países - latinoamericanos y asiáticos - entre los periodos 1985-1995 y 1999-2008. Entre ambos periodos, la mayor parte de estos países registraron mayores niveles de integración con el mundo en sus mercados de bienes, servicios y capitales. El trabajo concluye: i) no existe un único patrón de convergencia; ii) el grupo latinoamericano responde a un patrón de especialización sobre tecnologías vinculadas a recursos naturales mientras que el asiático explota el paradigma electrónico; iii) la persistencia es un fenómeno ligado a la des-especialización y se concentra en competencias centrales y marginales; iv) ante elevados ritmos de captura, la movilidad puede constituirse más relevante que la persistencia y es escasamente explicada por la acumulación tecnológica; v) no hay evidencia de que la especialización latinoamericana en tecnologías de oportunidad tecnológica estancada haya supuesto una restricción a su dinamismo tecnológico.<hr/>The aim of this paper is to observe the evolution of technological specialization, convergence and the process of building technological competences for two groups of countries - Asia and Latin America - between 1985-1995 and 1999-2008. Between these periods, most of the countries in these groups registered growing levels of global integration in terms of goods, services and capital markets. The main conclusions of the study are: i) there is no unique pattern of technological convergence between countries; ii) Latin-American countries specialize in technologies linked to natural resources while the Asian countries explored the electronic and telecommunication paradigms; iii) persistency is a phenomenon associated to de-specialization and is concentrated in marginal and core competences; iv) considering rapid rates of catch-up, mobility can become more relevant than persistency and can be only marginally explained by technological accumulation; v) there is no evidence that Latin-American specialization on stagnant technologies would be a constraint to its technological dynamism. <![CDATA[<b>Um modelo dinâmico de macroeconomia aberta com metas de inflação, conflito distributivo e equilíbrio na conta corrente</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-06182013000300004&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt O artigo discute, sob uma perspectiva pós-keynesiana, o impacto do regime de metas de inflação sobre o crescimento, a distribuição e a estabilidade em uma economia aberta. O modelo combina a barganha salarial, as variações na capacidade utilizada e o equilíbrio em conta corrente para mostrar que a política monetária tem um impacto real sobre o crescimento e o emprego no longo prazo - i.e. existe um trade-off entre inflação e crescimento. São analisadas as implicações de uma regra de política monetária que leva em conta o equilíbrio em conta corrente. Mostra-se que esta regra poderia ser importante para sustentar a estabilidade no longo prazo, na medida em que evita a possibilidade de aumentos explosivos no estoque da dívida externa.<hr/>The paper discusses, from a Post-Keynesian perspective, the impacts of an inflation target regime on growth, distribution and stability in an open economy. The model combines a conflicting claims theory of inflation, changes in the rate of capacity utilization and equilibrium in the external sector to show that in the long run monetary policy has a real impact on growth and employment - there exists a trade-off between the inflation rate and the growth rate. A monetary rule that takes into consideration equilibrium in current account is analyzed. It is shown that this rule can contribute to stability in the long run, to the extent that it hinders the possibility of explosive growth in the stock of external debt. <![CDATA[<b>A inflação brasileira na década de 2000 e a importância das políticas não monetárias de controle</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-06182013000300005&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Neste trabalho são apresentadas estimativas para a inflação brasileira na década de 2000. Os resultados de um modelo "estrutural" com duas variáveis endógenas - a inflação do produto e a inflação salarial - apontam que: i) o indicador de demanda não apresentou significância estatística na equação da inflação de bens e serviços, mas sim na equação da variação salarial; ii) houve predominância da influência de pressões cambiais e da evolução dos preços das commodities na explicação da inflação cheia. Porém, estimativas desagregadas em bens de consumo e serviços indicaram a predominância dos salários como variável explicativa dos preços dos serviços não monitorados. As pressões salariais da segunda metade da década, contudo, puderam ser acomodadas parcialmente devido ao crescimento da produtividade no período. Por fim, as evidências reportadas para os preços monitorados sugerem ainda que políticas não monetárias adotadas nesta década, de natureza regulatória e tributária, foram eficazes no controle da inflação.<hr/>This paper presents estimates of Brazilian inflation during the 2000. The results of a structural model with two endogenous variables - wage inflation and product inflation - indicate that: i) the demand indicator was not statistically significant in the product inflation, but was important in explaining wage inflation; ii) variations in the exchange rate and commodity prices were the key determinants to product inflation. Disaggregated estimates revealed that wages played a significant role in determining the price variations of consumer goods and services (not administered by the government). However, wage impacts on final prices in the aggregate model were not significant due to the rise in productivity. Finally, the evidence reported on administered prices by the government suggested that non-monetary policies that were adopted in this decade, consisting of regulatory and fiscal measures, were effective in controlling inflation. <![CDATA[<b>Estratégia de localização bancária</b>: <b>teoria e evidência empírica aplicada ao estado de Minas Gerais</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-06182013000300006&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt A moeda e os bancos, na abordagem pós-keynesiana, desempenham um papel central na determinação do emprego e produto, notadamente, em nível regional. Em função disso, o artigo tem por objetivo contribuir para a compreensão, tanto da estratégia de localização dos serviços bancários como do padrão de distribuição das agências bancárias no estado de Minas Gerais. Em princípio, havia fortes indícios de que a localização bancária dependia não apenas de fatores econômicos. O modelo desenvolvido e os resultados encontrados na análise econométrica espacial demonstraram que existe certa dependência espacial na estratégia de localização dos bancos, ou seja, os bancos consideram em sua análise a presença ou não de agências nos municípios onde pretendem se localizar. Ademais, o padrão de distribuição das agências no estado de Minas Gerais está sendo explicado também por fatores macroeconômicos, políticos e regulamentares.<hr/>Considering the Post Keynesian framework, money is a key element to determine output and employment, both aggregate and at a regional level. This paper aims to contribute to the understanding of both the localization strategy of banking services as well as the distribution pattern of branches in the state of Minas Gerais. There was strong evidence showing that the bank's location does not depend solely on economic issues. Conclusions highlight a spatial dependence in the location strategy of banks. In addition, the location pattern of the branches in the state of Minas Gerais can be explained by macroeconomic, political and regulatory issues. <![CDATA[<b>O teto de vidro nas organizações públicas</b>: <b>evidências para o Brasil</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-06182013000300007&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt No Brasil, as mulheres ainda são raras nos altos postos de comando das organizações. A percepção desta situação por parte dos dirigentes, no entanto, nem sempre é clara. No serviço público, em particular, a atitude menos discriminatória nas contratações - já que o acesso ao emprego público depende, via de regra, de aprovação prévia em concurso -, e a garantia de igualdade de tratamento a integrantes de uma mesma carreira conduzem à impressão de que o teto de vidro seja menos pronunciado. Este artigo reúne evidências de que, a despeito de seu modo de recrutamento por concurso, as carreiras do setor público brasileiro tampouco escapam ao teto de vidro. A distribuição desigual das mulheres nas distintas instâncias hierárquicas das organizações públicas se faz notar tanto em âmbito administrativo quanto técnico. As práticas discriminatórias sozinhas não explicam o fenômeno, cujas raízes também devem ser buscadas nas intersecções entre vida doméstica e profissional.<hr/>In Brazil women are still underrepresented in upper-level positions in companies. This situation, however, is frequently not recognized by leaders. In public service, in particular, the adoption of more transparent recruitment practices and the egalitarian treatment to members of the same career may give the misleading impression that the glass ceiling phenomenon is less pronounced. This article gathers evidences that the concerns of the public sector with the adoption of more transparent recruitment practices do not prevent the persistence of hierarchical gender segregation among public employees. Female underrepresentation at the top of public organizations can be observed either in administrative and technical tasks. Discrimination practices alone do not explain the phenomenon, which is also rooted in the intersections between private and professional life. <![CDATA[<b>Déficit de acesso a serviços de saneamento ambiental</b>: <b>evidências de uma Curva Ambiental de Kuznets para o caso dos municípios brasileiros?</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-06182013000300008&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt O presente estudo avaliou a existência de uma Curva Ambiental de Kuznets (CAK) para o caso dos déficits municipais de acesso a serviços de saneamento ambiental, que podem ser considerados como medidas indiretas de degradação ambiental. Os resultados obtidos sinalizam, de uma maneira geral, a existência de uma relação entre os déficits de acesso e o desenvolvimento econômico no formato de um "N" e não no tradicional formato de um "U invertido" da CAK. Portanto, para o caso específico dos serviços de saneamento ambiental nos municípios brasileiros, a hipótese de que o desenvolvimento econômico seria a melhor solução para a preservação ambiental não é verdadeira, uma vez que, ao longo do tempo, o desenvolvimento econômico voltaria a gerar degradação ambiental.<hr/>The present study evaluated the existence of an Environmental Kuznets' Curve (EKC) in the case of the absence of access to environmental sanitation services, which can be considered as an indirect measure of environmental degradation in Brazilian cities. The results show that the actual relation between access deficit of sanitation services and economic development is in an "N" shape instead of the traditional "inverted-U" from the EKC. Therefore, for the specific case of the services of environmental sanitation in Brazilian cities, the hypothesis that sustains the economic development as the best solution for environmental preservation is not verifiable, as, over time, the economic development would generate again environmental degradation. <![CDATA[<b>Trabalho decente e vulnerabilidade ocupacional no Brasil</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-06182013000300009&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt O principal desafio das políticas destinadas a promover o trabalho decente é a redução da vulnerabilidade ocupacional. No Brasil, apesar das iniciativas para reduzir o desemprego, combater o trabalho precário e erradicar as situações mais graves de exclusão e discriminação, permanece muito elevada a proporção de trabalhadores sem emprego regular e/ou expostos a uma inserção ocupacional inadequada. O artigo pretende: (i) apresentar a agenda de políticas sugeridas pela OIT para a promoção do trabalho decente e o combate a distintas formas de vulnerabilidade ocupacional; (ii) verificar se a retomada do crescimento econômico (2004-2008) produziu redução significativa no déficit de oportunidades de emprego e na proporção de situações ocupacionais mais precárias no País; e (iii) examinar as principais situações vulneráveis que afligiam os trabalhadores brasileiros após a crise econômica ocorrida entre o final de 2008 e meados de 2009. Dessa forma, procura-se ressaltar a importância de sustentar um crescimento econômico robusto e, ao mesmo tempo, eliminar a cultura da informalidade.<hr/>The main challenge of the "decent work agenda" is the reduction of occupational vulnerability. In Brazil, despite efforts to reduce unemployment, to fight the precarious work and eradicate the most serious situations of exclusion and discrimination, the proportions of workers without regular job and/or exposed to a very precarious occupational insertion remain very high. The article aims to: (i) present the policy agenda suggested by the ILO to promote decent work and fighting various forms of occupational vulnerability; (ii) verify if the economic recovery (2004-2008) produced a significant reduction in the job opportunities deficit and in the proportion of precarious works in the country; and (iii) examine the main types of vulnerability among Brazilian workers after the economic crises that occurred between late 2008 and mid 2009. In addition, we intend to highlight the importance of sustaining robust economic growth and, at the same time, eliminate the culture of informality. <![CDATA[<b>A Era Vargas</b>: <b>desenvolvimentismo, economia e sociedade</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-06182013000300010&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt O principal desafio das políticas destinadas a promover o trabalho decente é a redução da vulnerabilidade ocupacional. No Brasil, apesar das iniciativas para reduzir o desemprego, combater o trabalho precário e erradicar as situações mais graves de exclusão e discriminação, permanece muito elevada a proporção de trabalhadores sem emprego regular e/ou expostos a uma inserção ocupacional inadequada. O artigo pretende: (i) apresentar a agenda de políticas sugeridas pela OIT para a promoção do trabalho decente e o combate a distintas formas de vulnerabilidade ocupacional; (ii) verificar se a retomada do crescimento econômico (2004-2008) produziu redução significativa no déficit de oportunidades de emprego e na proporção de situações ocupacionais mais precárias no País; e (iii) examinar as principais situações vulneráveis que afligiam os trabalhadores brasileiros após a crise econômica ocorrida entre o final de 2008 e meados de 2009. Dessa forma, procura-se ressaltar a importância de sustentar um crescimento econômico robusto e, ao mesmo tempo, eliminar a cultura da informalidade.<hr/>The main challenge of the "decent work agenda" is the reduction of occupational vulnerability. In Brazil, despite efforts to reduce unemployment, to fight the precarious work and eradicate the most serious situations of exclusion and discrimination, the proportions of workers without regular job and/or exposed to a very precarious occupational insertion remain very high. The article aims to: (i) present the policy agenda suggested by the ILO to promote decent work and fighting various forms of occupational vulnerability; (ii) verify if the economic recovery (2004-2008) produced a significant reduction in the job opportunities deficit and in the proportion of precarious works in the country; and (iii) examine the main types of vulnerability among Brazilian workers after the economic crises that occurred between late 2008 and mid 2009. In addition, we intend to highlight the importance of sustaining robust economic growth and, at the same time, eliminate the culture of informality.