Scielo RSS <![CDATA[Economia e Sociedade]]> http://www.scielo.br/rss.php?pid=0104-061820110003&lang=en vol. 20 num. 3 lang. en <![CDATA[SciELO Logo]]> http://www.scielo.br/img/en/fbpelogp.gif http://www.scielo.br <![CDATA[<b>Credit, fictitious capital, financial fragility and crises</b>: <b>theoretical discussions, origins and ways of addressing the current financial crisis</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-06182011000300001&lng=en&nrm=iso&tlng=en O artigo discute a crise atual, comparando concepções marxista e pós-keynesiana. A primeira seção examina as razões teóricas para a inerência das crises no capitalismo conforme as duas visões. A segunda mostra como e por que o neoliberalismo agravou a crise, ainda que inerente ao capitalismo. A terceira examina criticamente os limites das políticas atuais de enfrentamento da crise.<hr/>The article discusses the current crisis, comparing Marxian and Post-Keynesian views. The first section examines the theoretical reasons why crises are inherent in the functioning of capitalism, according to each theory. The second shows why and how neoliberalism has caused the crisis to worsen, even though it is inherent to capitalism. The third section critically examines the limits of the current policies in addressing the crisis. <![CDATA[<b>Liberalization, financial vulnerability and instability</b>: <b>an analysis of the Brazilian economy</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-06182011000300002&lng=en&nrm=iso&tlng=en O artigo analisa a economia brasileira e sua vulnerabilidade externa (no período recente) a partir do referencial teórico de Minsky (1982, 1982b e 1986).Observa-se a tendência recorrente de ampliação da vulnerabilidade e o movimento cíclico dessa tendência não associada a regimes cambiais específicos, mas ampliada pela falta de controles cambiais. Nota-se, também, que o aprofundamento da vulnerabilidade externa da economia brasileira deve-se, sobretudo, ao comportamento da conta financeira, que compensou, com sobras, os resultados positivos obtidos pela balança comercial. Tais elementos conduzem a observação de uma tendência à ampliação da instabilidade nas esferas financeira e real dessa economia.<hr/>The paper analyses the Brazilian economy and its external vulnerability based on Minsky's theoretical approach. The continuous tendency increasing vulnerability and its cyclical movement, independent of the exchange rate regime, is observed. The paper points out that this tendency has been, in recent periods, mainly associated with the behaviour of the financial account, which compensated for the positive results of the country's balance of trade. All of these elements lead to the observation of an increased tendency towards increasing instability regarding the financial and real spheres of the Brazilian economy. <![CDATA[<b>International competitiveness and technology</b>: <b>an analysis of the structure of Brazilian exports</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-06182011000300003&lng=en&nrm=iso&tlng=en Neste trabalho, utiliza-se o comércio internacional como uma lente para captar a intensidade tecnológica da estrutura produtiva brasileira. Considera-se que produtos com maior conteúdo tecnológico vistos pelo lado das exportações indicam melhor qualificação da indústria local, contribuindo para uma inserção mais dinâmica nas relações de trocas internacionais. Há alguns indicadores sugeridos para avaliar a evolução da intensidade tecnológica do comércio brasileiro, inclusive a destinação das exportações e uma comparação com a estrutura comercial da Organização para a Cooperação e de Desenvolvimento Econômico (OCDE). Discute-se, dessa forma, em que medida a mudança estrutural no Brasil tem favorecido os setores dinâmicos na tecnologia e comércio. Finalmente, uma matriz de dinamismo comercial é sugerida, combinando indicadores de intensidade tecnológica com o índice de vantagem comparativa revelada.<hr/>In this work, international trade is used as a specific vantage point to analyze the technological intensity of Brazil´s productive structure. Exports with a higher technological intensity indicate greater local technological capabilities, this leading to a more dynamic international insertion regarding terms of trade. Several indicators are used to measure this intensity, among which are the destination of Brazilian exports and a comparison of Brazilian and OECD exports. These are used to assess the extent to which structural change in Brazil has favored sectors in which technical change and demand growth are higher. Lastly, a matrix of trade dynamism is constructed, crossing the indicators of technological intensity with the index of revealed comparative advantage. <![CDATA[<b>Commodity prices and activity level in a small open economy</b>: <b>empirical evidence for the State of Espírito Santo</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-06182011000300004&lng=en&nrm=iso&tlng=en O presente trabalho propõe-se a mensurar, empiricamente, os efeitos de variações nos preços de commodities sobre o nível de atividade do estado do Espírito Santo ao longo do tempo, assim como a comparar os impactos desses preços sobre a economia estadual vis-à-vis à economia nacional e demais estados brasileiros. Os resultados obtidos permitem identificar cinco padrões empíricos distintos: (i) por conta de seu alto grau de abertura, o estado do Espírito Santo sente mais intensamente os impactos de choques nos preços de commodities do que o Brasil e outros estados; (ii) resultados de testes de Granger-causalidade demonstram que preços de commodities exercem um padrão de precedência temporal sobre os níveis de atividade estadual e nacional; (iii) padrão semelhante de precedência temporal também ocorre no caso de amplo conjunto de variáveis econômicas relacionadas ao estado do Espírito Santo; (iv) um choque positivo nos preços de commodities faz com que o nível de atividade estadual aumente inicialmente, sofrendo uma contração em seguida, para então apresentar um aumento permanente em relação a seu nível original no longo prazo; (v) resultados de um exercício de decomposição da variância demonstram que, em média, os impactos quantitativos de choques nos preços de commodities são maiores no caso estadual do que no caso nacional. Esses resultados são robustos a diversas questões de especificação, como o uso de diferentes transformações estacionárias dos dados e de distintos números de defasagens empregados em testes de Granger-causalidade. São importantes no sentido de gerarem melhor compreensão dos efeitos de oscilações nos preços de commodities sobre uma pequena economia aberta, conforme parece ser o caso do Espírito Santo.<hr/>This paper aims to measure the effects of commodity price variations on output fluctuations over time in the State of Espírito Santo. The impacts of these prices on the State's economy compared to the national economy and other Brazilian states will also be measured. The results obtained reveal five distinct empirical patterns: (i) given the state's high degree of openness, the impacts of commodity price fluctuations tend to be stronger when compared to Brazil and other Brazilian States; (ii) Granger-causality test results show that commodity prices precede output levels both in the case of the State and the country; (iii) a similar result occurs when a broad set of economic variables related to the State of Espírito Santo are considered; (iv) a positive shock to commodity prices causes output to initially rise , followed by a contraction, with this variable displaying a permanently higher level in the long run; (v) variance decomposition results show that, on average, the quantitative impacts of commodity price shocks are larger in the case of the State than the country. The results obtained are robust with regards to several specification issues, such as different stationary transformations of data, as well as distinct number of lags employed in Granger-causality tests. These results are important in the sense of providing a better understanding of the effects of commodity price variations on a small, open economy, as seems to be the case for the State of Espírito Santo. <![CDATA[<b>Population and income in Brazil</b>: <b>where do they go together?</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-06182011000300005&lng=en&nrm=iso&tlng=en O trabalho fornece uma análise do mercado de trabalho no Brasil, focalizando encontros entre a população ocupada e a renda, isto é, verifica em quais estados e/ou atividades ocorrem simultaneamente bons rendimentos e alta proporção de ocupação. A base de dados utilizada é a PNAD/2007, e os principais cortes utilizados são as Unidades da Federação, atividades econômicas, rendimentos mensais e população ocupada.<hr/>This paper presents an analysis of the labor market in Brazil focusing the relation of population and income. We examine in which Federal Units or economic activities good wages and high occupation occur at the same time. The data base is generated from PNAD/2007, considering Federal Units, economic activities, monthly income and employed labor. <![CDATA[<b>The process of development and deforestation in Amazonia</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-06182011000300006&lng=en&nrm=iso&tlng=en Este artigo analisa - com base na revisão da literatura existente e por meio da análise de dados secundários, realizando uma análise histórica desde a Colonização Portuguesa - as etapas de desenvolvimento da Região Amazônica e sua associação com a prática do desmatamento, destacando as políticas públicas que fomentaram o desenvolvimento da região e o atual avanço de sistemas produtivos orientados pelo estímulo econômico. Demonstra-se que o desenvolvimento populacional e econômico da Amazônia, citados como as principais causas do desmatamento e estimulados, em boa parte, por políticas econômicas, é um processo desuniforme no tempo e no espaço, gerando o desmatamento desigual entre os estados que compõem essa região e dentro de cada estado.<hr/>Basing on the literature review and on published dataset and following the time chronology of the events since the Portuguese colonization, this paper analyzes the stages of Amazonian region development and its impacts on deforestation, highlighting the policies addressing to foster the Amazon's development and the current stage of economic activities. The population growth and the economic activities, pointed out as the main causes of the Amazonian deforestation and stimulated by economic policies, have been unequally developed inside the Amazonian region, generating the unequal deforestation process among the Amazonian states and inside each state. <![CDATA[<b>Alfred Marshall, capitalism and his social utopia</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-06182011000300007&lng=en&nrm=iso&tlng=en Este artigo visa analisar a posição de Marshall em relação ao capitalismo de sua época e às possibilidades de mudança social. Argumenta-se que, apesar de ser um grande defensor do sistema de liberdade econômica, Marshall considerava fundamental sanar o problema da pobreza e da indigência que assolava e degradava física, moral e intelectualmente boa parte da população. Todavia, ao contrário dos socialistas e coletivistas que visavam extinguir as principais instituições vigentes (a concorrência, a propriedade privada, o trabalho assalariado, entre outras), o autor vislumbrava uma sociedade melhor ainda sob a égide dessas instituições capitalistas. Essa situação melhor poderia ser atingida por meio da intervenção do Estado e de mudanças importantes nos valores dos indivíduos - que envolveriam a adoção de uma postura mais nobre e cavalheiresca no seu agir econômico.<hr/>This paper analyses Marshall's view in relation to capitalism and to the possibilities of social change. It is argued that in spite of being an important defender of the system of economic liberty, Marshall thought it was crucial to solve the problems of poverty and indigence that degraded physically, morally and intellectually a great part of the population. He rejected the socialists and collectivists solutions - that aimed at extinguishing the main prevailing institutions, such as competition in the market and private property, and wage-labor; and defended that a better society could be built preserving the key institutions of capitalism. He believed that this better situation could be achieved by prompt intervention of the State, and by important changes in the values of the individuals of society, that involved more nobility and chivalry in their economic action. <![CDATA[<b>Deciphering hieroglyphs</b>: <b>the trade capital in the center of South America (1718-1750)</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-06182011000300008&lng=en&nrm=iso&tlng=en Este artigo analisa características da reprodução econômica colonial em uma área de fronteira e de intensa exploração aurífera, buscando perceber como as diversas atividades econômicas expressavam manifestações do capital mercantil. Nosso recorte espacial compreende as minas do Cuiabá e as minas do Mato Grosso, territórios localizados no centro da América do Sul, e que na primeira metade do século XVIII integravam o termo da Vila Real do Senhor Bom Jesus do Cuiabá, submetidas administrativamente à capitania de São Paulo, no extremo oeste do Estado do Brasil.<hr/>This article examines characteristics of colonial economic reproduced in an area of intense gold exploration, seeking to rebuild links between the various economic activities and trade capital. The spatial area of our study covers the mines of Cuiaba and the mines of Mato Grosso, territories located in the heart of South America, and that in the first half of the eighteenth century were part of the Vila Real do Senhor Bom Jesus do Cuiabá, subject to administrative captaincy of São Paulo, in the extreme west of the State of Brazil. <![CDATA[<b>Financial liberalization and economic performance</b>: <b>Brazil at the crossroads</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-06182011000300009&lng=en&nrm=iso&tlng=en Este artigo analisa características da reprodução econômica colonial em uma área de fronteira e de intensa exploração aurífera, buscando perceber como as diversas atividades econômicas expressavam manifestações do capital mercantil. Nosso recorte espacial compreende as minas do Cuiabá e as minas do Mato Grosso, territórios localizados no centro da América do Sul, e que na primeira metade do século XVIII integravam o termo da Vila Real do Senhor Bom Jesus do Cuiabá, submetidas administrativamente à capitania de São Paulo, no extremo oeste do Estado do Brasil.<hr/>This article examines characteristics of colonial economic reproduced in an area of intense gold exploration, seeking to rebuild links between the various economic activities and trade capital. The spatial area of our study covers the mines of Cuiaba and the mines of Mato Grosso, territories located in the heart of South America, and that in the first half of the eighteenth century were part of the Vila Real do Senhor Bom Jesus do Cuiabá, subject to administrative captaincy of São Paulo, in the extreme west of the State of Brazil. <![CDATA[<b>Os dois "Prebischs"</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-06182011000300010&lng=en&nrm=iso&tlng=en Este artigo analisa características da reprodução econômica colonial em uma área de fronteira e de intensa exploração aurífera, buscando perceber como as diversas atividades econômicas expressavam manifestações do capital mercantil. Nosso recorte espacial compreende as minas do Cuiabá e as minas do Mato Grosso, territórios localizados no centro da América do Sul, e que na primeira metade do século XVIII integravam o termo da Vila Real do Senhor Bom Jesus do Cuiabá, submetidas administrativamente à capitania de São Paulo, no extremo oeste do Estado do Brasil.<hr/>This article examines characteristics of colonial economic reproduced in an area of intense gold exploration, seeking to rebuild links between the various economic activities and trade capital. The spatial area of our study covers the mines of Cuiaba and the mines of Mato Grosso, territories located in the heart of South America, and that in the first half of the eighteenth century were part of the Vila Real do Senhor Bom Jesus do Cuiabá, subject to administrative captaincy of São Paulo, in the extreme west of the State of Brazil.