Scielo RSS <![CDATA[Saúde e Sociedade]]> http://www.scielo.br/rss.php?pid=0104-129020150003&lang=pt vol. 24 num. 3 lang. pt <![CDATA[SciELO Logo]]> http://www.scielo.br/img/en/fbpelogp.gif http://www.scielo.br <![CDATA[Editorial]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-12902015000300751&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt <![CDATA[Determinantes sociais da saúde no processo de trabalho da pesca artesanal na Baía de Sepetiba, estado do Rio de Janeiro]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-12902015000300753&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Este trabalho analisa as consequências da desterritorialização na Baía de Sepetiba, no estado do Rio de Janeiro, sobre o processo de trabalho e saúde dos pescadores artesanais desse território. Por meio do conceito de determinantes sociais em saúde, essa análise aproxima os novos vetores de crescimento da região às condições de vida e saúde desses trabalhadores. Essa relação explicitou-se por meio de entrevistas semiabertas, grupos focais e questionários estruturados. Os resultados sugerem uma forte associação entre os empreendimentos portuários e as instalações do programa nuclear da Marinha do Brasil com a pesca extrativa tradicional, o que contribui para o aumento do tempo de navegação e dos riscos ocupacionais inerentes à pesca artesanal. Além dos impactos econômicos e ambientais na produtividade e qualidade do pescado, sendo uma consequência direta das obras de dragagem e dos novos fluxos de navegação e de fundeio estabelecidos e impostos pelo Estado.<hr/>This paper analyses the consequences of deterritorialization in Sepetiba Bay, in the state of Rio de Janeiro, to the work and health process of artisanal fishermen of this territory. Through the concept of social determinants of health, this analysis approaches the new growth drivers of the region to these workers' living and health conditions. This relationship was revealed through semi-structured interviews, focus groups and structured questionnaires. The results suggest a strong association of port developments and the facilities of the Brazilian Navy's nuclear program with traditional extractive fishing, which contributes to increase shipping time and the occupational risks inherent in artisanal fishing. In addition, there are the economic and environmental impacts on productivity and fish quality, a direct consequence of dredging and of the new navigation and anchoring flows established and imposed by the State. <![CDATA[Representações sociais sobre o acesso e o cuidado pré-natal no Sistema Único de Saúde da Região Metropolitana da Grande Vitória, Espírito Santo]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-12902015000300765&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt As representações sociais das puérperas sobre o acesso ao cuidado pré-natal destacam aspectos relacionados às barreiras de acesso e às formas de sua superação. O objetivo deste trabalho foi analisar o acesso ao cuidado pré-natal a partir das representações sociais de usuárias do Sistema Único de Saúde. A partir de 1.035 puérperas, selecionaram-se 24 puérperas da Região Metropolitana da Grande Vitória, Espírito Santo: um grupo de 14 puérperas que realizou mais de seis consultas de pré-natal e um grupo de 10 puérperas que realizou nenhuma ou até três consultas. Entrevistas individuais abordaram qualitativamente questões sobre o acesso aos serviços de saúde, segundo as dimensões disponibilidade, capacidade de pagar e aceitabilidade. A análise de conteúdo temática revelou situações de acesso satisfatório, mas também a existência de barreiras de acesso geográfico, organizacionais, indisponibilidade de recursos materiais e humanos, custos diretos e indiretos para a obtenção do cuidado e expectativas não atendidas sobre os procedimentos e os aspectos mais subjetivos, resultados semelhantes nos dois grupos estudados. As diferenças na capacidade de enfrentamento desses obstáculos foram determinantes para o acesso adequado ao cuidado pré-natal. Considera-se que incluir as representações sociais das gestantes na avaliação do cuidado pré-natal facilita a adoção de medidas que assegurem a melhoria do acesso.<hr/>Social representations of postpartum women on access to prenatal care highlight aspects related to access barriers and ways to overcome them. The aim of this study was to analyze access to prenatal care based on the social representations of users of the Brazilian National Health System. Out of a set of 1,035 postpartum women, we selected 24 from the Metropolitan Region of Vitória, Espírito Santo (Southeastern Brazil): a group of 14 postpartum women who attended more than six prenatal consultations and a group of 10 postpartum women who did not have any consultations or attended up to three. Individual qualitative interviews addressed issues about access to health services, according to the dimensions availability, affordability and acceptability. Thematic content analysis revealed satisfactory access situations, but also the existence of geographical access barriers, organizational barriers, unavailability of material and human resources, direct and indirect costs for obtaining care, unmet expectations about the procedures, and more subjective aspects. Both groups presented similar results. Differences in the ability to face these obstacles were decisive for an adequate access to prenatal care. We believe that including the social representations of pregnant women in the evaluation of prenatal care facilitates the adoption of measures to ensure improved access. <![CDATA[O corpo-doente, o hospital e a psicanálise: desdobramentos contemporâneos?]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-12902015000300780&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt A reflexão histórica sobre o corpo-doente apresentase como tema central na consideração da subjetividade do sujeito frente ao adoecimento e à hospitalização nos dias atuais. O entrelaçamento entre corpo, cultura, história e sociedade é relevante na produção de sentidos sobre o sofrer, demandando, por sua vez, uma releitura do desamparo e do mal-estar frente ao adoecimento. A psicanálise, cada vez mais, tem sido chamada a responder demandas institucionais de sujeitos em sofrimento. Consequentemente, o objetivo do artigo é articular o corpo-doente, o hospital na atualidade e a escuta psicanalítica afim de contribuir com o fazer, o saber e o pensar psicanalíticos no hospital. O corpo é analisado aqui pelo seu vértice pulsional, encadeando-o com as representações do corpo adoecido e hospitalizado. A interpretação, como método operador, possibilitou essa releitura pela via do desejo. A escuta do sujeito do desejo revelou o adoecimento como sendo um enunciador da condição intrínseca do ser humano, da condição psíquica de incompletude e essencialmente faltante, campo frutífero à imersão do sujeito em condição de análise.<hr/>The historical reflection on the ill person-body is a central theme in the consideration of the subject's subjectivity regarding illness and hospitalization in current days. The intertwining among body, culture, history and society is relevant in the production of meanings about suffering, and demands, in turn, a reinterpretation of the helplessness and discomfort that are caused by an illness. The aim of this article is to articulate the ill person-body, the hospital in current times and psychoanalytic listening in order to contribute to psychoanalytic actions, knowledge and thinking in the hospital. The body is analyzed here from its driving dimension, which is linked with representations of the ill and hospitalized body. Interpretation, as an operating method, enabled this rereading through the path of desire. Listening to the desire's subject revealed that the process of becoming ill is an announcer of the intrinsic condition of the human being, the psychic condition of incompleteness, which is a fruitful field for the immersion of the subject in the analysis condition. <![CDATA[Relações contratuais e perfil dos cirurgiões-dentistas em centros de especialidades odontológicas de baixo e alto desempenho no Brasil]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-12902015000300792&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Introdução: No Brasil, a partir da década de 1990, quando foram implementadas novas modalidades contratuais flexíveis na administração pública, tem se destacado o debate sobre as relações de trabalho. Esse movimento de mudanças tem repercutido no sistema público de saúde pela tendência à instabilidade dos vínculos laborais e à desproteção social. Objetivo: Investigar o perfil profissional de cirurgiões-dentistas dos centros de especialidades odontológicas e analisar a natureza das relações de trabalho em vigor nos contratos firmados entre esses profissionais e os municípios. Metodologia:O estudo, de natureza exploratória, foi realizado a partir de entrevistas semiestruturadas com 289 profissionais alocados em 59 centros de especialidades odontológicas das 5 macrorregiões do país, selecionados entre os 10% com melhor e pior desempenho na produção de procedimentos. Resultados:Entre os profissionais investigados, a maioria era do sexo feminino (55,0%). Quanto à qualificação profissional, 72,7% do total dos entrevistados afirmaram ter cursado ou estar cursando pós-graduação no momento da entrevista. A presença de vínculos precários e a instabilidade laboral sobressaem nas entrevistas, o que evidencia algumas distinções entre as macrorregiões do país. Conclusões:Ao ressaltar o debate sobre o conceito de trabalho precário, os autores reafirmam que essa condição se faz presente no espaço da Política Nacional de Saúde Bucal implementada por estados e municípios.<hr/>Introduction: In the 1990s, flexible contractual relations were implemented in the realm of public administration in Brazil, which have led to job insecurity among health professionals working in the public sector. Objective: The aim of the present study was to investigate the profile of dentists at Dental Specialty Centers of the Brazilian public healthcare system and to analyze the nature of work relations stipulated in contracts between dentists and municipalities. Methods: An exploratory study was carried out involving semi-structured interviews with 289 dentists at 59 Dental Specialty Centers representative of the five macro-regions of Brazil and selected among the 10% best and worst performance in the production of procedures. Results:Among the professionals surveyed, more than half were women (55.0%). As regards professional qualifications, 72.7% of total respondents said they had attended or were attending postgraduate school at the time of the interview. The most important issues raised during the interviews regarded unstable work ties and job insecurity. Moreover, differences were found among the country's macro-regions. Conclusions: The findings of the present study underscore the existence of job insecurity stemming from the Brazilian National Oral Health Policy implemented by states and municipalities. <![CDATA[Territórios psicotrópicos na região central da cidade de Porto Alegre, RS, Brasil]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-12902015000300803&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Este artigo é resultado de uma investigação que, com base no campo das ciências humanas e sociais aplicadas à saúde, visou compreender o cotidiano de usuários de crack na região central da cidade de Porto Alegre. Foram realizadas observações participantes e entrevistas informais para caracterizar os usuários, as formas e efeitos do uso de drogas, o processo saúde-doença em seu cotidiano e suas estratégias de sobrevivência. O cotidiano do local pesquisado liga-se à história de degradação da região central da cidade, marcada atualmente por tentativas de controle e ordenação do espaço urbano. A maioria dos usuários era do sexo masculino, estava em situação de rua, apresentava doenças transmissíveis e um padrão de uso compulsivo de crack, que se articulavam à precariedade econômica e social de suas vidas, embora tenham sido observados usuários capazes de controlar sua relação com o uso de substâncias psicoativas, empregando estratégias de autocontrole e de sobrevivência.<hr/>This article is the result of research based on the human and social sciences aiming to understand the everyday life of crack users in the center of Porto Alegre city. Participant observations and informal interviews were conducted to characterize users, the forms and effects of drug use, the disease and health process in their daily life and their survival strategies. The daily life of the place studied is connected to the history of degradation of the city's central area, currently marked by attempts to control and arrange the urban space. Most users were males, lived on the streets, had transmitted diseases and a compulsive pattern of crack use linked to the economic and social precariousness of their lives, although crack users have been observed who are capable of controlling their relationship with the drug, employing strategies of self-control and survival. <![CDATA[Health social research in a context of violence: a look from the ethics]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-12902015000300816&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Durante el sexenio presidencial 2006-2012 inició una lucha contra el narcotráfico, la cual continuó con el actual presidente y sigue ocupando uno de los primeros lugares en la agenda política de México. Esta lucha ha movilizado las fuerzas de seguridad nacional y sus consecuencias han traspasado el ámbito político y trastocado a la sociedad en su conjunto. Éste es tan sólo uno de los escenarios que enfrenta el país, históricos conflictos comunitarios y una atmósfera de violencia generalizada alimentada por secuestros, homicidios y diversas clases de crímenes, lo acompañan. Este ensayo reflexiona sobre la forma en que la investigación social, concretamente la fase del trabajo que se realiza en campo, se ha visto también afectada por este contexto. El trabajo expone algunos obstáculos que las personas que realizan trabajo de campo (investigadores, estudiantes, entrevistadores y encuestadores) tienen que enfrentar. Analiza de qué manera este contexto está afectando la investigación social que se lleva a cabo, comprometiendo seriamente los resultados y reflexiona desde la ética de la investigación, señalando la falta de medidas de protección para el personal que participa en este tipo de estudios.<hr/>During the 2006-2012 six-year presidential term, a battle against drug trafficking began, which has been continued by the current president and it still occupies one of the first positions on the political agenda of Mexico. This battle has mobilized the national security forces and its consequences have gone through the political sphere and reached society as a whole. This is just one of the scenarios faced by the country; historical community conflicts and an atmosphere of generalized violence fueled by kidnappings, homicides, and various kinds of crimes accompany it. This essay thinks through how social research, namely the fieldwork phase, has also been affected by this context. The paper shows some obstacles that people working in the field (researchers, students, interviewers, and pollsters) have to face. It examines how this context is affecting the social research carried out, seriously compromising the results, and thinks over the research ethics, pointing out the lack of protective measures for the personnel participating in this kind of studies. <![CDATA[Intensificação do trabalho e saúde dos trabalhadores: um estudo na Mercedes Benz do Brasil, São Bernardo do Campo, São Paulo1]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-12902015000300826&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Na sociedade contemporânea, a intensificação do trabalho representa, cada vez mais, um mal-estar, manifesto em problemas de saúde dos trabalhadores. Como problemática da Saúde Coletiva/Saúde do Trabalhador, o objeto "intensificação do trabalho e saúde" pode ser estudado nas práticas específicas de exploração e expropriação do conhecimento técnico e social do trabalhador tendentes a confrontar sua capacidade coletiva, visto que o enfraquecimento da dimensão coletiva está a desencadear múltiplas manifestações de sofrimento e penosidade no trabalho. Neste estudo, analisamos o processo de intensificação do trabalho e saúde a partir da percepção dos trabalhadores da Mercedes Benz do Brasil, em São Bernardo do Campo. Realizamos sete visitas à fábrica e vinte e nove entrevistas: vinte e duas com trabalhadores diretos e sete com representantes sindicais. Os resultados e a discussão são apresentados em três categorias: ritmo de trabalho, prolongamento do trabalho, e administração por estresse. O estudo contribui para o avanço do entendimento da intensificação do trabalho e saúde e, ao mesmo tempo, traz indicações sobre os limites e as possibilidades postos à ação coletiva dos trabalhadores nas atuais condições históricas.<hr/>In contemporary society, work intensification has been increasingly representing a malaise that manifests itself in workers' health problems. As a theme studied by Public Health/Workers' Health, the object "work intensification and health" can be investigated in the specific practices of exploitation and expropriation of workers' technical and social knowledge that tend to confront their collective capacity, as the weakening of the collective dimension triggers multiple manifestations of suffering and penibility at work. This study analyses work intensification and health based on the perception of workers from Mercedes Benz of Brazil, in the city of São Bernardo do Campo, São Paulo. We conducted seven visits to the factory and twenty-nine interviews: twenty-two with direct workers and seven with union representatives. The results and discussion are presented in three categories: work pace; longer working periods; management by stress. The study contributes to the understanding of work intensification and health and, at the same time, indicates the limits and possibilities imposed on workers' collective action in the current historical conditions. <![CDATA[Retorno ao trabalho de professores após afastamentos por transtornos mentais]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-12902015000300841&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Este estudo analisa os sentidos de retorno ao trabalho atribuídos por professores servidores públicos após afastamentos por transtornos mentais e comportamentais. Tratou-se de pesquisa qualitativa com 20 professores, ativos e em readaptação funcional, do ensino fundamental. A coleta de dados ocorreu entre 2011 e 2012, por meio de entrevistas individuais, grupos focais e questionário socioeconômico e de condições de trabalho. A análise de dados foi realizada por codificação temática para o estabelecimento de uma estrutura de ideias. A maioria dos participantes era de mulheres. A média de idade era 44 anos e de jornada de trabalho de 43,2 horas/semana. Os sentidos de retorno ao trabalho para os professores ativos estavam ancorados nas ideias relacionadas aos motivos do afastamento, à capacidade para o trabalho e à valorização do trabalho. Para os professores readaptados, os sentidos atribuídos refletiram conflitos entre retornar à sala de aula ou manter-se readaptado. Discutir e compreender a identidade profissional foram primordiais no entendimento do processo de retorno dos professores readaptados. Dois temas associados ao retorno foram transversais a ambos os conjuntos de professores: o papel da equipe gestora neste processo e os preconceitos no ambiente de trabalho. Não foi possível abordar o retorno ao trabalho sem considerar o afastamento. A análise sobre os sentidos de retorno ao trabalho, na perspectiva dos próprios professores, disponibilizou uma série de elementos para a compreensão do processo de afastamento e retorno e das condições de vida e trabalho nesta categoria profissional. Observa-se a premência em favorecer ações de retorno ao trabalho no ambiente escolar como determinante da saúde dos professores.<hr/>The present study evaluates the significance of the process of public school teachers returning to work following sick leave for mental and behavioral disorders. It is a qualitative study conducted with 20 elementary school teachers currently active or undergoing retraining. Data was obtained thru individual interviews, focus groups and a questionnaire, which included socioeconomic data and work conditions, during 2011 and 2012. Data was analyzed by means of thematic categorization. Most participants were women, average age of 44 years old, and working 43.2 hours per week. Among those who were active teachers, returning to work was associated with the reasons that led to the sick leave, their ability to accomplish actual work and the possibility of being valued at work. Regarding teachers undergoing retraining, the impacts of returning to work included the conflict of returning to the classroom or being away from it. It was paramount to discuss their professional identity in order to understand the process of returning to work for the teachers undergoing retraining. Two themes were common to both groups of teachers: the role of the school managerial team during the process of returning to work and the prejudice they faced in the work environment. It was not possible to approach returning to work without discussing the sick leave process. The performed analyses, by the point of view of the participants, revealed a number of topics to understand the process of sick leave and returning to work, as well as the living and working conditions of the teachers. <![CDATA[Participação e direito à saúde dos trabalhadores]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-12902015000300853&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Este artigo trata da participação de representantes de trabalhadores em comissões intersetoriais de saúde do trabalhador (CIST) e também de estratégias destes profissionais na defesa do seu direito à saúde. Para tanto, realizamos revisão bibliográfica sobre ideias centrais nesse campo, leitura dos relatórios de conferências e entrevistas com representantes dos trabalhadores que participam da coordenação dessas comissões no âmbito estadual, especialmente em São Paulo, e na CIST Nacional. O trabalho aponta para a tensão presente na relação entre cidadania e mercado na construção social da efetivação do direito à saúde do trabalhador. Em relação ao controle social, as conferências nacionais da área e a resolução do Conselho Nacional de Saúde que estimula os conselhos a criarem as CIST possibilitam a consolidação da Política Nacional de Saúde do Trabalhador e da Trabalhadora. Contudo, a pesquisa mostra a necessidade de ações institucionais conjuntas para o fortalecimento da participação na construção da agenda, formulação, implementação e avaliação de políticas públicas de saúde do trabalhador<hr/>This paper deals with the participation of worker representatives in workers' health inter-sector commissions (in Portuguese, CIST). Moreover, it approaches these professionals' strategies to defend the workers' right to health. In order to achieve these goals, we reviewed the literature to find the main ideas in this field, read conference reports and interviewed worker representatives who participate in the coordination of these commissions at the state level, especially in São Paulo, and in the national CIST. The study reveals the tension that is present in the relationship between citizenship and the market in the social construction of the accomplishment of workers' right to health. In relation to social control, the national conferences in the area and the National Health Council's resolution that stimulates councils to create CISTs enable the consolidation of the National Workers' Health Policy. However, the research shows the necessity of joint institutional actions in order to strengthen participation in the construction of the agenda, formulation, implementation and evaluation of worker's health public policies. <![CDATA[Desenvolvimento da afetividade, das emoções e dos sentimentos humanos no (e fora do) trabalho: uma questão de saúde coletiva e segurança pública]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-12902015000300869&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Com base na teoria da atividade reguladora, apresentamos, discutimos e analisamos um problema de trabalho e de saúde coletiva há décadas enfrentado por condutores de trem franceses. Empregamos dados transcritos existentes em obras de Le Guillant e Clot e aproveitamos o ponto de vista desses autores, mas - ao mesmo tempo - nele introduzimos complementos e ajustes que julgamos necessários para uma compreensão mais profunda e precisa do problema em questão. Nossos resultados dizem respeito à dinâmica do desenvolvimento da afetividade, das emoções e dos sentimentos humanos no (e fora do) trabalho. Nosso objetivo é mostrar que a afetividade, as emoções e os sentimentos se ligam indissoluvelmente à dinâmica da atividade humana, em um processo de desenvolvimento subjetivo que não se desvincula do constante processo dialógico de apropriação e (re)apropriação de instrumentos de trabalho - sejam eles técnicos ou semióticos - e que, por isso mesmo, pode envolver sérias questões não só de saúde coletiva, mas também de segurança pública.<hr/>Based on the theory of regulating activity, we present, discuss and analyze a labor and health problem which French train drivers have been facing for decades. We employ existing data available in the work of Le Guillant and Clot and take into due consideration the viewpoint of these authors, but - at the same time - we introduce complements and adjustments which we consider necessary for a deeper and more precise understanding of the problem under scrutiny. Our results relate to the dynamic development of human affect, emotions and feelings in (and out of) work. Our goal is to demonstrate that affect, emotions and feelings are inextricably bound to the dynamics of human activity, in a process of subjective development that is connected with the constant dialogic process of appropriation and (re)appropriation of tools - be they technical or semiotic - and that, for this reason, this process may involve serious issues not only of health but also of public safety. <![CDATA[A inclusão social pelo trabalho no processo de minimização do estigma social pela doença]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-12902015000300877&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Com o objetivo de refletir sobre a importância da inclusão social pelo trabalho no processo de redução do estigma social pela doença, este artigo apresenta a narrativa de três usuárias, vinculadas às Oficinas de Geração de Trabalho e Renda da Reabilitação Trabalho e Arte (Retrate), que sofrem com o preconceito e a discriminação por serem portadoras de transtornos mentais. Pautando-se nas contribuições teóricas de Erving Goffman e valendo-se da proposta metodológica trazida pela sociologia da vida cotidiana e pela história oral de vida, o resultado obtido aponta que a inclusão social pelo trabalho é o principal meio para a positivação da identidade dos portadores de transtornos mentais e para a redução da estigmatização social pela doença. Ao sentirem-se reconhecidos por seu trabalho e conceberem o grupo como uma "família", esses sujeitos têm a baixa autoestima, os sentimentos de anormalidade, o medo e a desvalorização visivelmente minimizados.<hr/>In order to reflect on the importance of social inclusion through work in reducing the social stigma related to diseases, this article presents the narrative of three users of Retrate (Rehabilitation, Work and Art) who attend workshops to generate employment and income in the city of Pelotas, Southern Brazil. These users suffer from prejudice and discrimination because of a depressive disorder. Based on the theoretical contributions of Erving Goffman and using the methodological proposal brought by the sociology of everyday life and by oral history, the result shows that social inclusion through work is the primary means for the positivization of the identity of people suffering from mental disorders and to reduce the social stigma related to the disease. By feeling recognized for their work and by conceiving the group as a "family", their low self-esteem and feelings of abnormality, fear and worthlessness are visibly minimized. <![CDATA[Qualidade do cuidado em dois centros de atenção psicossocial sob o olhar de usuários]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-12902015000300887&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Esta investigação objetivou compreender experiências de usuários em dois Centros de Atenção Psicossocial (CAPS), localizados em Fortaleza, Ceará, no que concerne à qualidade do cuidado conferido pelos profissionais. O estudo foi conduzido mediante uma abordagem qualitativa, alinhada à vertente hermenêutico-crítica, tendo empregado como técnicas para a obtenção do material empírico a entrevista não estruturada e a observação sistemática. O processamento e interpretação do material discursivo evidenciaram três dimensões analíticas relativas ao tema Qualidade do Cuidado, categorizadas conforme segue: a) aspectos formais da assistência; b) humanização e acolhimento; e c) integralidade e clínica ampliada. Os usuários percebem o acolhimento, a ambiência, a boa interação entre profissionais e usuários, o monitoramento medicamentoso e a humanização como os principais elementos que conferem o estatuto de atendimento de qualidade em saúde mental. Conclui-se que, não obstante a presença de entraves, os aspectos da assistência apontados pelos usuários dos dispositivos analisados corroboram os ideais da Reforma Psiquiátrica e sinalizam que a reorientação do modelo de atenção em saúde mental já se capilariza no cotidiano das práticas de cuidado.<hr/>This research aims to understand the experiences of users in two Psychosocial Care Centers located in the city of Fortaleza, State of Ceará, Brazil, regarding the quality of care provided by professionals. The techniques used to obtain the empirical data were unstructured interview and systematic observation, using a qualitative methodology. Data were analyzed and interpreted from the perspective of Gadamer's critical hermeneutics. The results showed three analytical dimensions of the theme Quality of Care: a) formal aspects of care; b) humanization and welcoming; and c) comprehensive and extended clinic. According to users, the welcoming process, the ambience, a good interaction between professionals and users, the monitoring of medicines and humanization are the main aspects related to the quality of mental health care. We conclude that, despite some obstacles, the aspects of care pointed by users of the two Psychosocial Care Centers corroborate the ideals of the Psychiatric Reform and show that the reorientation of the mental health care model is already present in the daily care practices. <![CDATA[Determinantes sócio-históricos do cuidado na Estratégia Saúde da Família: a perspectiva de usuários da área rural]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-12902015000300901&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt O presente estudo teve por objetivo identificar os determinantes sócio-históricos atribuídos pelos usuários às vivências de cuidado na Estratégia Saúde da Família (ESF) na área rural do município de Sacramento/MG. Trata-se de um estudo exploratório com abordagem qualitativa, utilizando para a coleta de dados a técnica de grupos focais e para a interpretação dos resultados, a análise de conteúdo. Foram constituídos três grupos com representantes das famílias de três, dentre seis, povoados rurais, totalizando 36 sujeitos, doze em cada grupo, residentes na área rural e usuários da ESF há pelo menos dois anos, escolhidos com base em fichas de cadastro das famílias na ESF estudada. Sob a perspectiva do materialismo histórico, a análise de conteúdo dos grupos foi concentrada em quatro categorias: disponibilidade; acesso a recursos; movimento socialecondições materiais. Os resultados demonstraram satisfação dos usuários em relação à disponibilidade da equipe para a atenção, e o tato nas relações; engajamento na manutenção das condições de saúde e atuação na dimensão sócio-histórica do processo saúde/doença com objetivo de melhorar as condições de vida e trabalho. Houve insatisfação em relação ao aspecto organizacional, remetendo a tudo que ainda está insuficiente, precário ou inexistente nas comunidades. Observou-se na ação da equipe o desenvolvimento de capacidades junto à comunidade que garantiam seus direitos sociais e sua politização. Conclui-se que o enfrentamento do processo saúde/doença pela comunidade e equipe da ESF envolve outros elementos, além do conhecimento técnico-científico, que determinam a simetria do vínculo profissional/usuário viabilizando a produção conjunta de saúde na comunidade.<hr/>This study aimed to identify socio-historical determinants assigned by users to their experience of care in the Family Health Strategy (FHS) in the rural area of the municipality of Sacramento (Southeastern Brazil). This exploratory study with a qualitative approach used the focus group technique to collect data and content analysis to interpret the results. Three groups were formed with representatives from three out of six rural areas, totaling 36 subjects, twelve in each group. They lived in the rural area, had been FHS users for at least two years, and were chosen based on enrollment records of families in the FHS under study. From the perspective of historical materialism, the content analysis of the groups concentrated on four categories: availability, access to resources, social movement and material conditions. The results showed user satisfaction regarding the team's availability to provide care and tact in relationships, engagement in maintaining the health conditions, and action in the socio-historical dimension of the health/disease process in order to improve life and work conditions. There was dissatisfaction with the organizational aspect, referring to everything that is still insufficient, poor or non-existent in communities. We observed, in the team's actions, the development of capacities in the community that ensured their social rights and politicization. We conclude that the confrontation of the health/disease process by the community and by the FHS team involves other elements, in addition to technical and scientific knowledge, which determine the symmetry of the professional/user bond, enabling joint production of health in the community. <![CDATA[Violence in transsexual, transgender and intersex couples: a systematic review]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-12902015000300914&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt La violencia de pareja afecta a personas transexuales, transgénero e intersexuales y así se visibiliza en investigaciones a nivel nacional e internacional. En este estudio teórico se ha llevado a cabo una revisión sistemática de las investigaciones realizadas con estos colectivos. Se realiza una revisión exhaustiva de las principales bases de datos con el fin de identificar todos los estudios relativos a esta temática. Se obtiene un total de 28 investigaciones sobre violencia en parejas transexuales, transgénero e intersexuales. De las cuales se ha analizado el tipo de muestra, el método e instrumento utilizado, así como sus principales resultados. Los resultados ponen de relieve que la aproximación de estudio más frecuentemente utilizada es la de tipo cuantitativo, especialmente centrada en el colectivo transexual. En relación a la prevalencia se observa una gran variabilidad, con un rango del 18 al 80%, constituyendo un problema de salud pública. Las mujeres trans son las que sufren más significativamente esta violencia, siendo más frecuentemente el miembro normativo de la pareja quien la ejerce. El heterosexismo y la transfobia se han identificado como factores de riesgo. Finalmente se plantea la importancia de incorporar el abordaje de la violencia en relaciones de pareja donde al menos uno de los miembros es transexual, transgénero o intersexual en los programas de prevención de violencia de género.<hr/>Intimate partner violence affects transsexual, transgender and intersex individuals and has been approached by national and international research. This theoretical study has carried out a systematic review of research conducted with these groups. An exhaustive review of the main databases was performed to identify all the studies that focus on this subject. Overall, 28 studies were obtained on violence in transsexual, transgender and intersex couples. In each study, we analyzed the type of sample, method and instrument that were used, as well as the main results. The results highlight that the quantitative approach is the most common one, focusing especially on the transsexual community. Concerning prevalence, we observed a great variability, ranging from 18 to 80%, constituting a public health problem. Trans women are the ones who most suffer this type of violence, and the "gender-normative" member of the couple is most frequently the aggressor. Heterosexism and transphobia were identified as risk factors. Finally, the importance of including intimate partner violence in relationships in which at least one of the members is transsexual, transgender or intersex in gender violence prevention programs is highlighted. <![CDATA[A vivência da sexualidade por idosas viúvas e suas percepções quanto à opinião dos familiares a respeito]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-12902015000300936&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt O objetivo deste trabalho foi descrever a vivência da sexualidade por mulheres idosas viúvas, frequentadoras de um Centro de Convivência do Idoso, e verificar a percepção quanto à opinião dos seus familiares. Tratou-se de uma pesquisa qualitativa e exploratório-descritiva. Os dados foram coletados por meio de entrevistas semiestruturadas e submetidos à análise de conteúdo temática. Emergiram desta as categorias: 1) a vivência da sexualidade sofreu algumas modificações após o estado de viuvez garantindo submissão às normas e regras sociais para o comportamento feminino; 2) as idosas assumem ter optado pela vida sem um novo companheiro; 3) a família apoia o convívio social, mas não existe declaração de apoio para novos relacionamentos amorosos; e 4) houve ressignificação das questões de gênero no tocante às mudanças relativas ao papel social da mulher, depois da viuvez. Concluímos, portanto, que essas mulheres não vivem, de forma plena e livre, sua sexualidade, pois se submetem às normas sociais.<hr/>The aim of this study was to describe the experience of sexuality of elderly widows attending an Elderly Community Centre and to verify their perceptions regarding their relatives' opinion. This was a qualitative and descriptive-exploratory research. Data were collected through semi-structured interviews and submitted to a thematic content analysis. The following categories emerged: 1) the experience of sexuality was modified after the women became widows, so that the female behavior complies with social norms and rules; 2) the elderly widows assume they have opted for life without a new partner; 3) the family supports social interaction, but there is no statement of support for new loving relationships; and 4) gender issues were redefined in relation to changes in the social role of women after widowhood. We conclude, therefore, that these women do not experience, neither fully nor freely, their sexuality, because they submit to the social norms. <![CDATA[A produção de conhecimento sobre juventude(s), vulnerabilidades e violências: uma análise da pós-graduação brasileira nas áreas de Psicologia e Saúde (1998-2008)]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-12902015000300945&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Estudiosos de diferentes campos do saber têm alertado para aspectos recorrentes e problemáticos da produção de conhecimento em relação ao jovem e suas condições sociais. As pesquisas apontam que, ao tratar do tema, estes estudos o fazem quase sempre a partir dos "problemas" que a juventude apresenta, desconsiderando a compreensão dos modos de vida e das experiências cotidianas que a atravessam. O objetivo deste artigo é refletir sobre como as pesquisas acadêmicas brasileiras têm pensado o jovem na atualidade, num diálogo com outros estados da arte já realizados acerca deste tema. Optamos por levantar teses de doutorado e dissertações de mestrado em duas áreas de conhecimento - Psicologia e Saúde - no período de 1998 a 2008. Apresentamos, inicialmente, as razões de tal escolha e os procedimentos adotados para este levantamento; em seguida, expomos algumas características do contexto de produção dos textos analisados e de suas tematizações mais gerais, prosseguindo com a discussão mais específica daqueles que focalizam as violências e vulnerabilidades. Este levantamento revelou alguns dos embates e/ou forças políticas que se conectam e se materializam na produção de um sujeito jovem no contemporâneo, ora fixando-o em uma categoria conceitual, ora objetivando-o a partir dos territórios de vulnerabilizações e violências que os envolvem. Assumir outros modos de pensar as juventudes, acompanhando suas derivações, seus processos de desterritorialização/territorizalização contribui para identificarmos diferentes lógicas, produzir novos conhecimentos, refletir sobre distintas estratégias de ação que dialoguem com as experiências e singularidades deste jovem.<hr/>Researchers from different areas have warned of recurrent and problematic aspects of knowledge production related to adolescents and their social conditions. Research indicates that studies usually deal with the theme based on the "problems" that youth presents, and do not approach its comprehension of ways of life and daily experiences. The aim of this article is to discuss how the Brazilian researchers think about the adolescent nowadays, in a dialogue with other states-of-the-art on this issue. We decided to survey Master's theses and doctoral dissertations in two areas of knowledge - psychology and health - in the period from 1998 to 2008. Initially, we present the reasons for this choice and the procedures adopted for this survey. Then, we approach some characteristics of the context of production of the analyzed texts and their general topics, and provide a more specific discussion on those that focus on violence and vulnerabilities. This survey revealed some dilemmas and/or political forces that are connected and materialize in the production of contemporary young subjects, sometimes fixing them in a conceptual category and sometimes analyzing them according to the surrounding territories of vulnerabilities and violence. Assuming other ways of thinking about the youth, focusing on its social significance, its "deterritorialization/territorialization" processes, contributes to identify different logics, to produce new knowledge, and to reflect on distinct action strategies in a dialogue with the experiences and singularities of this young individual. <![CDATA[O adolescente em consulta: percepções biomédicas]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-12902015000300964&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Este texto objetiva discutir as especificidades da relação que se busca construir em consulta entre profissional da saúde, adolescente e o familiar que o acompanha. Trata-se de refletir acerca dos sentidos, expectativas e tensões implicados nessa relação. Para isso, parte-se de uma pesquisa qualitativa de pós-doutorado cujo foco de atenção centrou-se nos discursos de profissionais de saúde sobre o corpo adolescente e a adolescência. As falas desses profissionais são recuperadas para evidenciar aspectos importantes a respeito do modo como essa relação e os sujeitos, em especial adolescente e familiar, são pensados. Como técnicas de pesquisa, foram utilizadas a observação e entrevistas semiestruturadas em um serviço de atenção e de especialização em adolescência. O cerne do artigo consiste em destacar, de um lado, a procura do estabelecimento de parceria com a mãe por parte do profissional de saúde e, de outro, a postura do adolescente diante daqueles. Um dos principais resultados encontrados refere-se à importância da mãe dos adolescentes no percurso do atendimento biomédico.<hr/>The text aims to discuss the specificities of the relation built during the medical appointment among the health professional, the adolescent and the relative who goes with him/her to the doctor. It aims to reflect on the meanings, expectations and tensions that are involved in this relation. This text is part of a postdoctoral qualitative research that focused on health professionals' discourses about the adolescent body and adolescence. These discourses show important aspects related to the way in which this relation and the individuals, specially the adolescent and the relative, are viewed. Semi-structured interviews and observation were used as research techniques in a health care service specialized in adolescence. The main objective of the article is to highlight, on the one hand, the health professional attempting to become a partner of the mother and, on the other hand, the adolescent's posture in relation to them. One of the main results refers to the importance of the adolescents' mother during the process of biomedical care. <![CDATA[Comunicação, estratégias e controle da dengue: a compreensão de um cenário público de experienciação]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-12902015000300977&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Admitindo um esgotamento da relação de causalidade entre comunicação estratégica e controle da dengue, esse artigo objetiva compreender a comunicação em meio a cenários públicos de enfrentamento da doença. Sendo assim, parte de um olhar que considera o aspecto estratégico da comunicação, mas que, ao mesmo tempo, não o toma como única categoria - ou como categoria central - junto a uma dimensão comunicacional do problema público da dengue. A metodologia utilizada no artigo foi a pesquisa bibliográfica, que orientou tanto a busca por estudos sobre comunicação e controle da dengue quanto o levantamento dos fundamentos teóricos gerais que sustentam o horizonte explicativo ora proposto. Como principal resultado, evidencia-se que uma dimensão comunicacional do problema público da dengue constitui-se tanto por aspectos estratégicos quanto por aspectos inusitados, imprevistos e incontroláveis, compondo um cenário público de experienciação nunca totalmente compreendido ou antecipado. Como conclusão, o artigo propõe cinco pressupostos relacionais para estratégias de comunicação em cenários públicos de experienciação da dengue.<hr/>This work acknowledges the exhaustion of the causality relationship between strategic communication and dengue control and aims to understand communication within public scenarios for combating the disease. Thus, it considers the strategic aspect of communication but at the same time, does not take it as the single category - or as a central category - in the communicational dimension of the public problem of dengue. The methodology used in the article was bibliographic research. This research method guided the search for studies on communication and dengue control and the survey of the general theoretical foundations that support the proposed explicative frame. The main result shows that the communicational dimension of the public problem of dengue is constituted by strategic aspects and by unusual, unpredicted and uncontrollable aspects. These characteristics compose a public scenario of experiences that can neither be completely understood nor anticipated. In conclusion, this work proposes five relational assumptions for communication strategies in public scenarios of dengue experiences. <![CDATA[História da talidomida no Brasil a partir da mídia impressa (1959-1962)]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-12902015000300991&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt O artigo discute algumas questões relacionadas à droga talidomida, a partir de notícias da mídia impressa. As fontes utilizadas na pesquisa foram jornais editados na cidade do Rio de Janeiro entre 1959 e 1962. O estudo destaca o contexto histórico brasileiro que antecede a chegada da talidomida no Brasil, com ênfase em alguns aspectos relativos à indústria farmacêutica no cenário da década de 1950; traz algumas informações sobre o Instituto Pinheiros Produtos Terapêuticos S/A, o principal laboratório que produziu e comercializou a droga no país; demonstra como os jornais veicularam as primeiras propagandas incentivando a prescrição do medicamento e acompanha as notícias sobre os malefícios da talidomida; aponta quais ações foram tomadas para a retirada da droga do mercado brasileiro, uma vez que ela era amplamente comercializada no país naquele momento; conclui que a mídia impressa deu destaque moderado para a tragédia, que a talidomida circulou largamente pelo território nacional e sugere que a primeira geração de bebês vítimas da talidomida deve ser maior do que normalmente se supõe.<hr/>The article reviews and discusses the events surrounding the thalidomide tragedy based on news from the print media. Newspapers published in the city of Rio de Janeiro, RJ, Brazil, from 1959 to 1962 were investigated. The analysis highlights the historical context that predates the arrival of the drug in Brazil, with emphasis on some aspects of the pharmaceutical industry in the country. It provides information on the Instituto Pinheiros Produtos Terapêuticos, the main laboratory that produced and marketed the drug in the country, and demonstrates how newspapers presented the first news about the dangers of thalidomide. Furthermore, it indicates what actions were taken to withdraw the drug from the Brazilian market, as the drug was widely marketed in the country at that time. It concludes that the print media reported the event without urgency and without featuring it on the front pages of the newspapers. The article concludes that thalidomide ended up circulating widely throughout Brazil and suggests that the first generation of thalidomide babies must be greater than is commonly supposed. <![CDATA[Política de saúde na China: a influência ocidental europeia em suas reformas a partir de 1978]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-12902015000301006&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Pretendeu-se estudar a política de saúde na China sob a hipótese de que as mudanças sofridas pela reforma política e de abertura a partir de 1978 não se configuram por um processo de "americanização" (implantação do projeto neoliberal), mas por um processo de ocidentalização europeia, sob o pilar dos serviços sociais do bem-estar social dos "trinta anos gloriosos", de caráter contributivo, através da introdução dos seguros sociais na constituição de seu sistema de segurança social e, por conseguinte, nos seus regimes de saúde. Comparada com o período maoísta, a reforma política e o processo de abertura iniciado por Deng Xiaoping resultou em um retrocesso ao caráter coletivo e universalista do sistema de saúde chinês, com o enfrentamento de problemas de acesso e financiamento da saúde, nos dias atuais. Isso ocasiona à China o grande desafio de criar estratégias e promover reformas para garantir a cobertura do acesso aos serviços e equipamentos de saúde a sua numerosa população.<hr/>This paper intends to study the health policy in China. It starts from the hypothesis that the changes brought by the political and opening-up reform after 1978 are not configured by an "Americanization" process (implementation of the neoliberal project), but by an European occidentalization process based on the social services of the Welfare State of the "thirty glorious years". This process has a contributory character, through the introduction of social insurance in the constitution of China's social security system and, consequently, in its health systems. This results in a throwback in the health policy's collective and universal character, with problems to face regarding access and the financing of the health systems existing today, if we compare the Maoist period with the period after the political and opening-up reform launched by Deng Xiaoping. This situation brings to China the big challenge of creating strategies and reforms to ensure coverage of access to health services and equipment to its large population. <![CDATA[Discursos de médicos de família brasileiros e italianos sobre autonomia na perspectiva bioética]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-12902015000301021&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Este artigo analisa discursos de médicos de família brasileiros e italianos sobre o potencial de impulsão à autonomia de sujeitos-usuários competentes cognitivamente nas decisões do cuidado, em ações de atenção primária à saúde, na perspectiva bioética. Pesquisa qualitativa de caráter exploratório, realizada em 2007, em Florianópolis, Santa Catarina, Brasil, e na província de Roma, região Lazio, Itália, com 15 médicos de família brasileiros, 15 médicos de família italianos e um diretor sanitário do Serviço Sanitário Nacional (SSN), Itália. Foram utilizados como instrumentos de coleta entrevistas semiestruturadas e diário de campo. O tratamento e a sistematização do conteúdo das mensagens geraram duas categorias analíticas: "racionalidade biomédica versus racionalidade emancipatória" e "da condição histórica de menoridade ao desejo de ser autônomo". Em ambos os países, depoimentos revelaram: a) fragilidade na materialização da autonomia diante do imperativo biomédico contemporâneo de prevenir riscos probabilísticos; e b) movimentos emancipatórios geradores de estratégias concretas e simbólicas para o enfrentamento da desconstrução da prática médica, historicamente produzida através do lastro obediência. Discursos brasileiros apontaram os protocolos produtivistas, impostos por gestões, como instrumento de preservação de menoridades. Médicos de família italianos sinalizaram um maior reconhecimento de sujeitos-cidadão de direitos na condução do cuidado. A pesquisa revelou a necessidade de a APS brasileira dialogar com teorias das ciências humanas e investir em mecanismos de impulsão ao exercício ético para rever o sentido que vem ocupando a adoção da bipolítica de prevenção ao risco na continência da saúde concreta do tempo presente.<hr/>This article analyzes Brazilian and Italian general practitioners' discourses on the potential to boost autonomy among subjects-users who are cognitively competent with regard to their care decisions, through primary health care actions, from the bioethical perspective. Qualitative research with an exploratory approach, carried out in 2007, in Florianópolis, Santa Catarina, Brazil, and in the Province of Rome, Lazio Region, Italy, with 15 Brazilian general practitioners, 15 Italian general practitioners, and 1 health director of the Italian National Health Service (SSN). Semi-structured interviews and a field diary were used as data collection instruments. Processing and systematization of messages' content have generated two analytical categories: "biomedical rationality versus emancipatory rationality" and "from the historical condition of minority to the wish to be autonomous." In both countries, testimonies have revealed: a) poor materialization of autonomy in face of the contemporary risk-prevention biomedical imperative; and b) emancipatory movements that generate concrete and symbolic strategies in order to cope with deconstruction of the medical practice, historically produced through the path of obedience. Brazilian discourses pointed out productivist protocols, imposed by administrations, as an instrument for the preservation of the minorities. Italian general practitioners suggested greater recognition of subjects-citizens of rights when providing care. The research revealed there is a need the Brazilian Primary Health Care (APS) dialogue with humanities theories and invest in mechanisms to boost ethical behavior to review the sense that has been occupying the adoption of the risk prevention biopolicy in the continence of actual health at this time. <![CDATA[O acesso aos Campos Elísios: a promoção da saúde ampliada e as tecnologias de melhoramento em busca da longevidade (e da imortalidade)]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-12902015000301033&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt São abordadas e discutidas as tecnologias de melhoramento e sua meta de vender a possibilidade (real ou virtual) de manter e proporcionar aparência de juventude, longevidade e até imortalidade aos seres humanos como modelo de construção da noção de si mesmo. Emprega-se a ideia de "promoção de saúde ampliada" tanto no sentido de intensificação dos discursos sustentando comportamentos saudáveis como alegoria fotográfica no sentido de ampliar a sua imagem e permitir uma visão mais aproximada de detalhes políticos, ideológicos e mercantis das suas proposições. A partir de uma tipologia das ciências contra o envelhecimento feita por John Vincent em: cosméticas, médicas, biológicas e imortalistas, são enfocados os dois últimos itens e suas implicações. Ao final, propõe-se um enfoque analítico da questão, destacando estratégias biopolíticas para lidar com a finitude humana através de enfoques preemptivos sob a égide da hiperprevenção e a busca de um tipo de felicidade como autossatisfação pessoal que necessita de tecnologias de melhoramento para ser alcançada.<hr/>In this article, we discuss enhancement technologies and their goal to sell the possibility (actual or virtual) of keeping and providing appearances of youth, longevity and even immortality for human beings as a construction model of the notion of self. We employ the idea of 'amplified health promotion' in the sense of intensification of discourses supporting healthy behaviours and also as a photographic allegory, in the sense of amplifying its image in order to allow a closer view of the political, ideological and mercantile details of its proposals. Based on a typology of the anti-ageing sciences, proposed by John Vincent as cosmetic, medical, biological and immortalist, we deal with the latter two and their implications. Finally, we propose an analytical focus on the subject, emphasizing biopolitical strategies to deal with human finitude through preemptive approaches with the support of hyper-prevention, and the search of a kind of happiness as personal self-fulfillment that needs enhancement technologies to be reached. <![CDATA[Ambiente construído, saúde pública e políticas públicas: uma discussão à luz de perceções e experiências de idosos institucionalizados]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-12902015000301047&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt O impacto do ambiente construído na saúde das populações há muito que é reconhecido. Com efeito, esta ligação remonta ao século XIX. Dado o aumento da esperança de vida, as políticas públicas começaram, mais recentemente, a dar particular atenção à maximização da saúde e das capacidades funcionais das pessoas idosas. A ideia consiste em considerar a população idosa não como um problema, mas, antes, como um desafio e como o resultado de um substancial desenvolvimento social, económico e territorial. Como tal, iniciativas do tipo cidades/comunidades amigas dos idosos ganharam protagonismo, reconhecendo-se por esta via o impacto que o desenho, os serviços e as amenidades produzem na saúde e no bem-estar das pessoas. Essas iniciativas, porém, tendem a negligenciar o importante papel que as instituições de apoio à terceira idade detêm na sociedade. É objetivo deste artigo perceber o impacto que o ambiente construído envolvente a essas instituições produz no comportamento dos seus utentes. Foram realizadas entrevistas semiestruturadas com 88 pessoas idosas, com idade média de 75 anos, de 11 instituições localizadas no Distrito de Aveiro, Portugal, representando diferentes padrões geográficos. Foram, igualmente, entrevistadas algumas das pessoas que aí exercem a sua atividade profissional. Embora globalmente os utentes sintam-se satisfeitos com a localização da instituição, foram referidas inúmeras barreiras associadas ao desenho urbano. Os resultados alcançados permitem realçar a importância de se realizar estudos dessa natureza e, consequentemente, reforçar, ao nível das políticas públicas, a ligação da saúde pública com o ordenamento do território.<hr/>The importance of the built environment in shaping health outcomes does not come as a surprise. In fact, the linkage between these issues dates back to the 19thcentury, known as the sanitary revolution. Due to the increase in life expectancy, public policies more recently began focusing on how to maximize the health and functional capacity of the elderly. The idea is to look at population ageing not as a problem but rather as a challenge and a legacy of prosperous social, economic and spatial development. As such, initiatives like age-friendly cities/communities have come to the forefront worldwide, recognizing that the design, utilities and amenities of places affect the health and well-being of older people. However, these initiatives tend to neglect the important role supportive care facilities play for a considerable number of older people. This paper seeks to understand the impact of the neighbourhood environment of supportive care facilities on older people's behaviour. Data for the study were gathered from 11 facilities of the Aveiro District, Portugal, located in places with different geographical patterns. Semi-structured group interviews were conducted with 88 older persons with an average age of 75, as well as with the institutional setting's personnel. Although, overall, older people are satisfied with the location of their facility, barriers concerning the design of the built environment were largely mentioned. The results achieved provide additional insights for public policies and to strengthen the link between public health and spatial planning. <![CDATA[A visão do envelhecimento, da velhice e do idoso veiculada por livros infanto-juvenis]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-12902015000301061&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Este estudo, de abordagem qualitativa e tipo descritivo-exploratório, analisa a visão do envelhecimento veiculada por livros infanto-juvenis. O caminho metodológico foi permeado pela seleção, aquisição e análise, utilizando-se a técnica de análise de conteúdo categorial por temática, de livros nacionais recomendados pelo Programa Nacional Biblioteca da Escola (PNBE), publicados entre 2003 e 2012, tendo em seu enredo a menção ao idoso e/ou à velhice e/ou ao envelhecimento de seres humanos. Identificaram-se duas grandes categorias temáticas, compostas por subcategorias: 1) aspectos biológicos na velhice, com as subcategorias senescência versus senilidade e mitos relacionados aos aspectos físicos dos idosos; e 2) aspectos psicossociais na velhice, com as subcategorias conhecimento e experiência de vida do idoso, intergeracionalidade, autorrealização na velhice, isolamento social, mitos relacionados à velhice e morte na velhice. Os resultados procuram contribuir para uma melhor utilização dos livros infanto-juvenis no processo educativo a respeito do tema envelhecimento, não só em termos de cidadania e civilidade como também em termos de educação em saúde.<hr/>This qualitative study, descriptive and exploratory, analyzed the view on aging that is conveyed by children's books. Books recommended by the National School Library Program, published between 2003 and 2012, whose plot mentioned aged people and/or old age and/or the aging of human beings were scrutinized. The methodological approach consisted of the selection, acquisition and analysis of these books, using the technique of categorical content analysis by subject. Two major themes and some subcategories were identified: 1) biological aspects of aging (subcategories: senescence "versus" senility; myths concerning elderly people's physical aspects); and 2) psychosocial aspects in old age (subcategories: knowledge and life experience of the elderly; intergenerationality; self-fulfillment in old age; social isolation; myths concerning old age; death in old age). The results can contribute to a better use of children's books in the educational process on the aging subject, not only in terms of citizenship and civility, but also in terms of health education. <![CDATA[Os blogs pró-Ana e a experiência da anorexia no sexo masculino]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-12902015000301076&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Este artigo analisa os blogs pró-anorexia, ou blogs pró-ana, produzidos por indivíduos do sexo masculino, para entender o comportamento anoréxico masculino e o espaço que os blogs ocupam na vida desses sujeitos. Nosso objetivo foi explorar elementos relacionados com a cultura de magreza disponível nos blogs, tendo em vista analisar a questão da anorexia em homens, bem como compreender como os mesmos vivenciam essa experiência. Trata-se de pesquisa qualitativa, realizada em blogs brasileiros e estrangeiros cujos autores das páginas eram homens. Os resultados sugerem que essa população faz da internet uma rede de apoio, com características de ajuda mútua e de produção de autonomia. Por meio dos blogs, os homens discutem alternativas para ludibriar a família e socializam estratégias entre os pares para atingir o objetivo da manutenção do baixo peso. Percebemos que os profissionais da saúde devem prestar atenção para esta "rede informal" de apoio mútuo, uma vez que os blogs pró-ana têm contribuído para a promoção do comportamento anoréxico no sexo masculino.<hr/>This article analyzes pro-anorexia blogs, or pro-Ana blogs, produced by men to understand the anorexic male behavior and the space that these blogs occupy in the life of these individuals. Our goal was to explore factors related to the culture of thinness that is available on the blogs, in order to analyze the issue of anorexia in men, as well as understand how they feel about this experience. This is a qualitative study conducted in Brazilian and foreign blogs authored by men. The results suggest that, to this population, the internet is a support network with characteristics of mutual aid and autonomy production. Through the blogs, men discuss alternatives to deceive their families and socialize strategies to achieve the goal of low weight maintenance. We conclude that health professionals should pay attention to this "informal network" of mutual support, as the pro-Ana blogs have been contributing to promote the anorexic behavior among men. <![CDATA[Gestantes em situação de rua no município de Santos, SP: reflexões e desafios para as políticas públicas]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-12902015000301089&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt O estudo teve como objetivo investigar o cotidiano de gestantes em situação de rua e sua relação com as políticas públicas na cidade de Santos, litoral do Estado de São Paulo. A coleta de dados foi feita através do registro e estudo de narrativas de memórias de vida. A análise deu-se pelo agrupamento temático de trechos das narrativas, sendo identificadas quatro principais categorias: vida na rua; cuidado e gestação; projetos futuros; e rede pública de serviços. As narrativas revelam mulheres com capacidade criativa para desejar uma vida melhor a partir da possibilidade de ter um filho. Entretanto, a condição social em que vivem, envolvendo a luta diária pela sobrevivência e, em alguns casos, a dependência química dificultam o planejamento de estratégias que transformem o desejo em um projeto de vida. Dessa forma, na maioria das vezes perdem a guarda de seus filhos. Embora conheçam os serviços públicos, quase sempre os acessam apenas em casos de urgência. Não se identificaram na rede de serviços assistenciais - pública e do terceiro setor - programas focados na questão da gestante em situação de rua, ainda que o Brasil já viva, atualmente, histórias de famílias que têm a situação de rua como experiência intergeracional. Os resultados apontam para a necessidade de constituição de políticas intersetoriais, voltadas para gestantes em situação de rua.<hr/>The study aimed to investigate the daily routine of homeless pregnant women and their relation to public policies in the city of Santos, State of São Paulo. Data was collected through the record and study of narratives of life memories. The analysis was conducted through the thematic grouping of excerpts of narratives, and four main categories were identified: life on the street; care and pregnancy; future projects; and public services. The narratives reveal women with creative ability to desire a better life based on the possibility of having a child. However, the social condition in which they live, which involves the daily struggle for survival and, in some cases, drug addiction, hinders the planning of strategies to transform the desire into a life project. Thus, most of them lose custody of their children. Although they know the public services, they go to them only in emergencies, mostly. We have not identified, in the network of care services - public and third sector -, programs focusing on the issue of homeless pregnant women, even though Brazil already witnesses, today, stories of families who have the homeless situation as an intergenerational experience. The results point to the need of making intersectoral policies targeted at homeless pregnant women.