Scielo RSS <![CDATA[Educar em Revista]]> http://www.scielo.br/rss.php?pid=0104-406020160004&lang=pt vol. num. 62 lang. pt <![CDATA[SciELO Logo]]> http://www.scielo.br/img/en/fbpelogp.gif http://www.scielo.br <![CDATA[Editorial]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-40602016000400005&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt <![CDATA[Apresentação]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-40602016000400011&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt <![CDATA[O papel da fluência de leitura de palavras no desenvolvimento da compreensão da leitura: um estudo longitudinal]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-40602016000400017&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt RESUMO Segundo a "Visão Simples da Leitura" (VSL), a compreensão da leitura é o produto de duas habilidades distintas: a decodificação, definida como a habilidade de ler palavras com acurácia, e a compreensão linguística. O presente estudo avalia o papel da fluência, definida como a habilidade de ler palavras com acurácia e rapidez, no modelo da VSL. Em particular, o estudo examinou se a fluência contribui para o desenvolvimento inicial da compreensão da leitura em português, independentemente da habilidade de decodificação e da compreensão linguística. O estudo foi longitudinal e contou com a participação de 65 crianças brasileiras matriculadas em escolas da rede particular do ensino de Belo Horizonte, Minas Gerais. A decodificação e a fluência foram avaliadas quando as crianças estavam no final do 1o ano do ensino fundamental; a compreensão da leitura foi avaliada um ano mais tarde, no final do 2o ano. A compreensão linguística foi estimada a partir do desempenho das crianças em uma prova de vocabulário administrada em duas ocasiões diferentes ao longo do estudo. Os resultados sugerem que variações na fluência de leitura contribuem para o desenvolvimento inicial da compreensão da leitura em português, mesmo após o controle do efeito de variações na habilidade linguística e no desempenho em decodificação. As implicações desses resultados para nossa compreensão do papel da fluência no desenvolvimento da leitura são discutidas.<hr/>ABSTRACT According to the "Simple View of Reading" (SVR), reading comprehension is the product of two distinct abilities: decoding, defined as the ability to read words with accuracy, and linguistic comprehension. The present study examines the role of fluency, defined as the ability to read words with accuracy and fluency, in the SVR model. In particular, the study evaluated whether fluency contributes to the development of reading comprehension in early literacy acquisition in Portuguese, above and beyond variations in decoding and linguistic comprehension. The study was longitudinal and included 65 Brazilian children enrolled in private schools in Belo Horizonte, Minas Gerais. Decoding and fluency were assessed at the end of the 1st grade of primary school; reading comprehension was assessed one year later, at the end of the 2nd grade. Linguistic comprehension was estimated on the basis of the students' performance on a vocabulary test administered at two different occasions along the study. Results suggest that variations in reading fluency predict early development in reading comprehension in Portuguese independently of the effect of variations in decoding performance and linguistic abilities. The implications of these findings for our understanding of the role played by fluency on the development of skilled reading are discussed. <![CDATA[Promover a fluência em leitura: um estudo com alunos do 2º ano de escolaridade]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-40602016000400033&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt RESUMO Neste artigo são analisados os resultados de um Programa de Promoção da Fluência em Leitura (PPFL), implementado junto de 74 alunos do 2º ano de escolaridade de um Agrupamento Escolar do norte de Portugal. O PPFL é constituído por 22 sequências didáticas, elaboradas a partir de 22 textos (9 narrativos, 4 informativos e 9 poemas). Cada sequência foi operacionalizada em sessões de 10 a 15 minutos, durante 22 semanas, em ciclos de cinco dias (quinta-feira a quarta-feira). Em cada semana foi trabalhado apenas uma sequência didáctica (i.e. um texto). Foi utilizado um design quase experimental, com grupo experimental e grupo de controlo e com pré e pós-teste. Os sujeitos foram avaliados através de um teste de fluência de leitura - o Teste de Fluência em Leitura (TFL) -, considerando as variáveis velocidade e precisão. Os resultados evidenciam diferenças significativas a favor do grupo experimental, que superou as diferenças iniciais que se registavam no pré-teste. A análise qualitativa do impacto do PPFL aponta para um incremento na motivação para ler, no envolvimento da família e para a mudança de práticas por parte dos professores envolvidos.<hr/>ABSTRACT In this paper the results of the Programa de Promoção da Fluência em Leitura (PPFL) - Reading Fluency Improvement Program will be analysed. This program was implemented with 74 students from the second grade of a primary school in the north of Portugal. The PPFL is composed by 22 didactic sequences, constructed from 22 texts (9 narrative, 4 informative and 9 poems). Each sequence was implemented through sessions of 10 to 15 minutes, during 22 weeks, in five days cycles (from Thursday to Wednesday). Each week (cycle) we worked with only one didactic sequence (i.e. one text). The study uses a quasi experimental design, with a control group and an experimental group, with a pretest and a posttest. The participants were assessed with the Teste de Fluência em Leitura (TFL) - Reading Fluency Test, considering the variables speed and accuracy. The results show significant differences for the experimental group results in the posttest, indicating the effectiveness of the PPFL. The experimental group exceeded the initial differences in the pretest and showed, in the posttest, a slight superiority compared to the control group. The qualitative analysis of the PPFL impact suggests an increase in the reading motivation, in the family involvement and changes in teachers' educational practices. <![CDATA[Compreensão da leitura textual e sua relação com as funções executivas]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-40602016000400053&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt RESUMO A leitura é uma atividade complexa que envolve diversos processos, tais como identificação de letras, reconhecimento de palavras, acesso ao significado, integração sintática e semântica. A identificação/reconhecimento de palavras apesar de necessária para compreender um texto não é suficiente. Neste artigo o foco será a relação entre compreensão textual e as funções executivas. São abordados brevemente alguns dos principais modelos e alguns instrumentos de avaliação de compreensão de leitura textual. Em seguida, é apresentado o conceito, componentes e principais instrumentos de avaliação das funções executivas. Por último, apresentamos uma síntese reflexiva sobre estudos recentes que investigam as relações entre funções executivas e compreensão de texto. Tanto em estudos nacionais, quanto internacionais estas relações têm sido evidenciadas, assim como os efeitos positivos de programas para a promoção do desenvolvimento das funções executivas, desde a educação infantil, as quais podem contribuir posteriormente também para auxiliar na compreensão de textos.<hr/>ABSTRACT Reading is a complex task that involves diverse processes such as the identification of letters, recognition of words, access to meanings, and syntactic and semantic integration. Even though the identification/recognition of words is necessary to understand a text, it is not sufficient. This paper focuses on the relationship between textual understanding and executive functions. Some of the main models and instruments used to assess textual reading understanding are briefly approached. Afterwards, the concept, components and main instruments to assess executive functions are presented. Finally, a reflective synthesis of recent studies investigating the relationship between executive functions and textual understanding is presented. These relationships have been reported in Brazilian and international studies as well as the positive effects of programs promoting the development of executive functions beginning in child education, which also later can contribute to support reading comprehension. <![CDATA[Produção escrita de narrativas: influência de condições de solicitação]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-40602016000400069&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt RESUMO A habilidade de produzir narrativas não emerge repentinamente, apresenta um desenvolvimento gradual, cujo percurso é influenciado por vários fatores, dentre os quais, destacam-se: idade; escolaridade; experiências prévias com textos; tipo de solicitação, ou seja, produção livre, a partir de gravuras, de ilustrações de livros infantis, relatos de fatos ocorridos, reprodução de histórias contadas, entre outros. Há indícios de que, no início da escolarização, as narrativas apresentam-se melhor estruturadas quando a condição de solicitação oferece apoio visual, sobretudo quando este apresenta algum tipo de conflito. Nesta pesquisa, investigamos: (1) o desempenho na produção de narrativas de alunos do 3º e 5º anos do ensino fundamental, sob diferentes condições de produção: com apoio visual e verbal e com e sem sugestão de conflito e (2) os efeitos da escolaridade no desempenho em produção de narrativas. Os alunos foram solicitados a produzirem histórias (um tipo particular de narrativa) em seis diferentes condições. Os resultados mostram que, embora o apoio visual seja relevante na qualidade narrativa de histórias, ele não é fator determinante. A presença de sugestão de conflito parece ser também um elemento favorecedor. Nossos dados apontam também efeito positivo da escolaridade na qualidade narrativa dos textos produzidos pelos alunos investigados. Discute-se a importância de práticas pedagógicas que promovam a aprendizagem de conhecimentos explícitos relativos à estrutura dos diferentes tipos de texto, de modo a propiciar maior competência dos alunos na produção textual.<hr/>ABSTRACT The ability to produce narratives does not emerge suddenly, but it presents a gradual development, whose course is influenced by several factors, among which there are: age; education; previous experiences with texts; type of request, like free theme text production from drawings and illustrations of children's books, reports of facts that occurred, reproduction of listened stories, etc. There is evidence that at the beginning of schooling, narrative texts seem to present better structure when the request condition offers visual support, mainly when this support presents some kind of conflict. In this research, we investigated: (1) the performance in narrative written texts of a sample of students from the 3th and 5th degree of elementary school, under different production conditions: with visual and verbal support and with and without suggestions of conflict; (2) the effects of the educational level in writing narrative texts. Students were asked to produce stories (a particular kind of narrative) in six different conditions. The results show that although the visual support was relevant in the narrative quality of stories, this is not a determining factor. The presence of a conflictive proposition also seems to be an enhancer. Our data also indicate a positive effect of educational level in the narrative quality of the investigated students' production. We discuss the importance of teaching practices that promote learning of explicit knowledge about the structure of different types of text, in order to enhance the students' competence in writing texts. <![CDATA[Desenvolvimento de habilidades metatextuais e sua expressão na produção de textos de opinião]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-40602016000400087&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt RESUMO O artigo apresenta e discute dados do aprimoramento da capacidade de escrita a partir da reflexão sobre a aprendizagem das especificidades próprias da linguagem argumentativa. Realizou-se uma pesquisa de intervenção para o desenvolvimento da capacidade de gestão consciente do uso de marcas linguísticas da argumentação (operadores argumentativos e organizacionais). A escrita dos participantes do estudo - 18 alunos do 5º ano do ensino fundamental de uma escola pública - foi analisada considerando-se dois aspectos: a) A relação entre os conhecimentos linguísticos relativos à coerência e à coesão e o aperfeiçoamento da escrita; b) A apropriação das especificidades tipológicas concernentes à escrita argumentativa. O estudo revelou que a decisão de usar os elementos constitutivos de um texto de opinião (argumento, contra-argumento, resposta) não é o único fator que orienta as produções textuais. Um importante fator evidenciado nas etapas de produção está relacionado ao tema e à forma como ele é apresentado aos participantes. Assim, verificou-se que o texto é mais bem desenvolvido quando o tema proposto possibilita a criação de um espaço de negociação de divergências na produção textual. Entretanto, a realização de intervenções didático-pedagógicas possibilitou que os estudantes refletissem sobre os elementos da "estrutura argumentativa", o que resultou em um aumento de suas habilidades metatextuais e, consequentemente, maior capacidade no que se refere à produção deste gênero de texto.<hr/>ABSTRACT The article shows and discusses data from the improvement of the writing ability based on reflections about the learning of argumentative language and its specificities. This study performed an interventional research to develop the ability to handle linguistic features of argumentation consciously (argumentative operators and organizing operators). Participants were 18 elementary school students from a public school enrolled at the 5th grade. The writing ability of the students was analyzed based on two main aspects: a) The association between the linguistic competence concerning coherence and cohesion and the improvement of the writing ability; b) The acquisition of the typological specificities regarding argumentative writing. According to the results, the decision to use the elements of an opinion text (argument, counterargument, response) is not the only factor that guides the process of producing a text. In addition, another important element highlighted in the process of producing a text is related to the theme and how it is presented to the students. Thus, it was found that the text is better developed when the theme enables a space for negotiating the divergences during the process of producing a text. However, didactic interventions provide the means for students to reflect about the elements of the "argumentative structure", resulting in the improvement of metatextual knowledge and a better capacity with regard to the production of this type of text. <![CDATA[A revisão textual na perspectiva de professoras do ensino fundamental]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-40602016000400107&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt RESUMO O presente artigo analisa as concepções de professoras do ensino fundamental acerca da revisão textual e as ações didáticas por elas realizadas em sala de aula, estabelecendo como este conhecimento se aproxima ou se distancia daquele descrito na literatura. Foram entrevistadas 15 professoras que discorreram acerca de como conceituam a revisão textual, sobre o que revisar, bem como sobre as situações didáticas e procedimentos adotados em sala de aula para que seus alunos revisem os textos que produzem. De maneira geral, as professoras possuem concepção sequencial e linear acerca da escrita e da revisão de texto. A revisão confunde-se, muitas vezes, com a correção de erros, voltando-se para a edição dos aspectos formais do texto. A prática de revisão mais frequentemente citada compreende a releitura do texto pela criança ao lado da professora. De forma geral, observa-se grande descompasso entre conceitos oriundos de pesquisas na área e a forma como as professoras entrevistadas pensam e realizam sua prática pedagógica quanto à revisão de texto.<hr/>ABSTRACT This article analyzes elementary school teachers' conceptions of text revision and their classroom teaching actions, establishing how their knowledge approaches or distances itself from that described in the literature. Fifteen elementary school teachers were interviewed about how they conceptualized text revision, about what should be reviewed, as well as about the procedures adopted in classrooms for students to review the texts they produced. In general, teachers have sequential and linear conception of writing and text revision. The review is often confounded with proofreading, paying attention to the formal aspects of text edition. The most frequently cited review practice includes the re-reading of the text by the child together with the teacher. In general, there is great discrepancy between concepts from research in the area and the way the teachers who were interviewed think and organize their teaching on text revision. <![CDATA[Um instrumento para a avaliação formativa de textos produzidos por usuários de Libras]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-40602016000400125&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt RESUMO O presente trabalho descreve um instrumento para avaliação de textos produzidos por alunos surdos usuários da Língua Brasileira de Sinais (LIBRAS). Instrumentos que permitam analisar as dificuldades dos alunos são cruciais na avaliação formativa para que se possa desenvolver um plano de ensino adequado às necessidades dos alunos. Teoricamente, o instrumento baseia-se na distinção feita por Nunes e Bryant (2014) entre a relação direta e indireta entre as formas da língua falada e escrita, privilegiando a relação indireta, através de conceitos inferidos pela experiência com a língua. O instrumento utilizado é formado por duas escalas, a primeira avalia a organização sintática e a segunda a qualidade do texto. A relevância do instrumento foi analisada através de sua aplicação a textos produzidos por 18 usuários de LIBRAS que frequentam escolas para alunos surdos na região de Porto Alegre. Obteve-se uma distribuição normal dos escores, sem efeito de chão ou de teto, o que sugere a adequação do instrumento à amostra selecionada. Observou-se um bom nível de fidedignidade do instrumento, obtendo-se também uma indicação positiva de sua validade conceitual, através da correlação entre as duas escalas. Conclui-se que o instrumento pode ser usado na avaliação formativa de usuários de LIBRAS, permitindo identificar aspectos da produção de textos que possam ser trabalhados prioritariamente pelo professor.<hr/>ABSTRACT This paper reports an analysis of the adequacy of a measure for the assessment of text production in Portuguese by deaf Brazilian students who are users of Brazilian Sign Language (LIBRAS). Instruments that enable the analysis of students' difficulties are crucial in the formative evaluation and the design of individual educational plans for deaf students. The theoretical foundation for this measure was proposed by Nunes and Bryant (2014) in their distinction between two types of relation between the oral and the written forms of a language, which are a direct relation, via the surface of the languages, and an indirect relation, based on concepts acquired through experience with the language. This measure focuses on the latter and includes two scales, which assess the use of syntax and text quality, respectively. The importance of the measure was examined through its application to texts produced by 18 deaf pupils, users of LIBRAS who attended schools for deaf students in Porto Alegre. The measure showed neither a floor nor a ceiling effect, and approached a normal distribution. This indicates adequacy of the measure to the selected group. Internal consistency was high; an indication of construct validity was obtained by a high and significant correlation between the two scales. We concluded that the scale is relevant for the assessment of users of LIBRAS and can be productively used for formative assessment, which facilitates the identification of text production aspects that can be used in the delineation of individual educational plans. <![CDATA[Literacia científica: leitura e produção de textos científicos]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-40602016000400143&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt RESUMO Após discussão do termo e do conceito de literacia, da sua história e do seu contexto sociocultural, são referidas as condições da aprendizagem da leitura e da escrita no sistema alfabético e distinguidos diferentes tipos de "letrado". É apresentado o subconceito de literacia científica, esboçada a sua história e discutida a sua ambiguidade, concluindo que ele deve incluir tanto a produção escrita da ciência como o conhecimento e compreensão que as pessoas têm desta. É analisada e comentada a parte de leitura e de produção de texto na atividade científica, assim como a relação íntima entre leitura e escrita de texto, e são considerados os hábitos e as exigências das publicações. São ilustrados os baixos níveis da "consciência científica" na população, inclusive na estudantil, e do ensino da ciência na escola, é recomendada a leitura precoce de artigos científicos e considerada favoravelmente a tendência atual à aproximação e em certos casos integração das literacias científica e literária. O estado da literacia (mais precisamente da capacidade de leitura) no contexto da globalização capitalista neoliberal e no Brasil em particular são considerados como travões à generalização da literacia científica. Enfim, é defendida a importância da ciência experimental da cognição e da linguagem e de uma maior orientação do ensino para o desenvolvimento das capacidades de "inteligência fluida".<hr/>ABSTRACT Following a discussion of the literacy word and concept, of its history and sociocultural context, we refer the conditions of learning how to read and write in the alphabetic system and we distinguish kinds of "literates". We examine the sub-concept of scientific literacy, considering its history and discussing its ambiguity, concluding that it ought to include both the written production of science and the knowledge and understanding people have of it. We analyze and comment the textual reading and writing components of scientific activity, as well as their intimate relationship, and we consider some aspects of the publications' rules and demands. We illustrate the low levels of the "scientific awareness" of the population, even among students, and of science teaching in schools, recommending the early reading of scientific papers, and considering as positive the trend for an approximation, in some cases integration, of scientific and literary literacies. We argue that the state of literacy (more precisely of reading capacity) in the global neoliberal capitalist society, in particular in Brazil, counters the generalization of scientific literacy. Finally, we propose to support the development of experimental research on cognition and language, and to look for how school teaching can better foster "fluid intelligence" capacities. <![CDATA[Alunos falam sobre a escola: do mundo dos adultos à Terra do Nunca]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-40602016000400165&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt RESUMO A discussão que trazemos neste artigo é parte de nossa leitura das falas de alunos que frequentavam os anos finais do ensino fundamental em 2009 e 2010. Temos como objetivo evidenciar os significados que eles produziram para a escola à luz das noções de significado, objeto, legitimidade e espaço comunicativo que fazem parte do Modelo dos Campos Semânticos e de um ensaio da história de Peter Pan, que nos permitiu distinguir que quando os alunos falam sobre a escola os significados que eles produzem, de que a escola é importante para o futuro deles, vão em direção ao Mundo dos Adultos. Mas, quando eles se colocam dentro da escola, suas falas contemplam o encontro com os amigos e a hora do recreio, aproximando-se mais da lógica da Terra do Nunca.<hr/>ABSTRACT The discussion we bring in this paper is part of our reading of students' speeches who attended Middle School in 2009 and 2010. Our purpose is to evidence the meanings they produced about school based in notions of meaning, object, legitimateness and communicative space which compose the Model of Semantic Fields and an essay on Peter Pan's story that allowed us to distinguish that when students speak about school the meanings they produce, on how important is school for their future, go in the direction of the Adults' World. But, when they put themselves inside the school, their speeches were about getting together with friends and the break period, approaching more the Neverland's logic. <![CDATA[Individualismo e comunidade profissional nos estabelecimentos escolares na Espanha: limitações e possibilidades]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-40602016000400181&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt RESUMEN Cuando los profesionales comparten su saber hacer práctico sobre los aprendizajes de los estudiantes, como muestra la investigación, eso tiene un impacto en la calidad de la educación. No obstante, en los establecimientos escolares españoles domina una cultura de solipsismo docente, falta de trabajo en colaboración, como ha documentado la investigación y los informes internacionales (Teaching and Learning International Survey - TALIS). Para diagnosticar los grados de cultura de aprendizaje compartido hemos adaptado y validado uno de los mejores instrumentos existentes (el cuestionario Professional Learning Community Assessment-Revised - PLCA-R) y aplicado a una muestra representativa en Andalucía. Recogemos algunos de los resultados referidos a esta dimensión. Finalmente discutimos los resultados y señalamos implicaciones y líneas de acción para reconstruir las escuelas como comunidades profesionales de aprendizaje.<hr/>RESUMO Quando os profissionais compartilham seu saber fazer prático sobre as aprendizagens dos estudantes, como mostra esta pesquisa, isto impacta na qualidade da educação. Não obstante, nos estabelecimentos escolares espanhóis domina uma cultura de solipsismo docente, falta de trabalho em equipe, como foi documentado por esta investigação e pelos relatórios internacionais (Teaching and Learning International Survey - TALIS). Para diagnosticar os graus de cultura de aprendizagem compartilhada adaptamos e validamos um dos melhores instrumentos existentes (o questionário Professional Learning Community Assessment-Revised - PLCA-R) e o aplicamos a uma amostra representativa na Andaluzia. Selecionamos alguns dos resultados relacionados a esta questão. Finalmente discutimos os resultados e assinalamos implicações e linhas de ação para reconstruir as escolas como comunidades profissionais de aprendizagem.<hr/>ABSTRACT When professionals who have responsibility in doing well their work share their practical knowledge of students' learning, gathering evidences as the ones showed here, this produces an impact in the quality of the education given. Nevertheless, teachers have a culture of individualism at Spanish schools, including lack of collaborative work, as it was documented in the investigation and in the international reports (Teaching and Learning International Survey - TALIS). We have adapted and validated one of the best existing instruments (the questionnaire "Professional Learning Community Assessment-Revised, PLCA-R") to test the shared learning degree of culture and we used it in a representative sample in Andalusia. We collected some of the results referred to this dimension. Finally, we discuss the findings and highlight the implications and lines of action to reconstruct the schools as professional learning communities. <![CDATA[Desafios do modelo de prática por ressonância colaborativa na formação inicial dos docentes]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-40602016000400199&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt RESUMEN En este artículo se analizan y comparan los dos modelos de práctica docente para formación de profesores de educación media implementados en Uruguay: el modelo histórico, basado en un trabajo individual con escasa supervisión pedagógica, y el modelo por resonancia colaborativa. El diseño de investigación fue mixto y de tipo concurrente articulando estrategias metodológicas cualitativas y cuantitativas. Se aplicó una encuesta a una muestra no probabilística de 197 casos (122 estudiantes practicantes de profesorado y 75 profesores de centros de práctica) y entrevistas en profundidad a 13 informantes calificados. Luego de revisar y comparar diferentes estudios internacionales y del análisis de evidencias recogidas, se concluye que el modelo denominado "resonancia colaborativa" es una alternativa eficaz para orientar cambios significativos en la formación práctica de los futuros docentes de educación media. La implementación de esta modalidad implica un importante desafío de gestión institucional pero es un paso importante en el largo camino de fortalecimiento de la calidad en la formación de profesores para la educación media.<hr/>RESUMO Neste artigo são analisados e comparados dois modelos de prática docente para a formação de professores do ensino médio implementados no Uruguai: o modelo histórico, baseado em um trabalho individual, com pouca supervisão pedagógica, e o modelo por ressonância colaborativa. O método de investigação foi misto e do tipo concorrente, articulando estratégias metodológicas qualitativas e quantitativas. Foi aplicada uma entrevista a uma amostra não probabilística de 197 casos (122 estudantes praticantes da carreira docente e 75 professores de centros de práticas), bem como entrevistas em profundidade com 13 informantes qualificados. Depois de revisar e comparar diferentes estudos intencionais e da realização da análise das evidências coletadas, foi concluído que o modelo denominado "ressonância colaborativa" é uma alternativa eficaz para orientar mudanças significativas na formação de futuros docentes do ensino médio. A implementação desta modalidade é um importante desafio de gestão institucional e é um passo importante no longo caminho para o fortalecimento da qualidade da formação de professores do ensino médio.<hr/>ABSTRACT This article analyzes and compares two models of teaching practice for the training of secondary education teachers implemented in Uruguay: the historical model, based on individual work with little pedagogical supervision, and the model for collaborative resonance. The research design is opposing and mixed, articulating qualitative and quantitative methodological strategies. A survey was applied to a sample of 197 cases with non probability (122 practitioner students of the teaching career and 75 teachers of practice centers) and in-depth interviews with 13 qualified informants. After reviewing and comparing various international studies and the analysis of collected evidence, we concluded that the model called "collaborative resonance" is an effective way to guide significant changes in the practical training of secondary education future teachers. The implementation of this approach involves an important challenge for institutional management and it is an important step in the long way to strengthen the quality of teacher training for secondary education. <![CDATA[Os Departamentos Municipais de Educação na Galícia na legislatura 2007-2011: um estudo de casos]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-40602016000400229&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt RESUMEN En un contexto europeo en el que las políticas educativas evolucionan hacia la cogestión y la colaboración multinivel, el presente estudio analiza la situación de los Departamentos Municipales de Educación en Galicia (España), considerándolos una pieza clave para el desarrollo de proyectos educativos de territorio que vertebren el futuro de las políticas educativas locales. El estudio, que combina técnicas cuantitativas y cualitativas de recogida de datos, analiza el trabajo realizado en los trece departamentos identificados en Galicia en el año 2007-2011. Los resultados demuestran las diferencias existentes entre la oferta educativa al alcance de los ciudadanos residentes en los distintos municipios, lo que lleva a plantearse la necesidad de trabajar de un modo colaborativo y organizado en pro de una mayor optimización de recursos e igualdad de oportunidades que garanticen el derecho a la educación.<hr/>RESUMO Num contexto europeu, em que as políticas educacionais evoluem para a cogestão e a colaboração multinível, o presente estudo analisa a situação dos Departamentos Municipais de Educação na Galícia (Espanha), considerando-os uma peça-chave para o desenvolvimento de projetos educacionais de território que alicerçam o futuro das políticas educativas locais. O estudo, que combina técnicas quantitativas e qualitativas de coleta de dados, analisa o trabalho efetuado nos treze departamentos identificados na Galicía na legislatura 2007-2011. Os resultados mostram as diferenças existentes na oferta educativa ao alcance dos cidadãos residentes nos diversos municípios, o que leva a considerar a necessidade de trabalhar de forma colaborativa e organizada em prol de uma maior otimização dos recursos e igualdade de oportunidades que garantam o direito à educação.<hr/>ABSTRACT In a European context where educative policies evolve towards co-determination and horizontal and vertical collaboration, this study analyzes the status of the Municipal Departments of Education in Galicia (Spain), considering them a key piece for the development of fundamental educational territorial projects for the future of local educational policies. The study combines quantitative and qualitative data collecting devices, analyzing the work done in thirteen departments identified in Galicia in the 2007-2011 term. The results demonstrate the differences between educational opportunities available to citizens in different municipalities, which makes us ask ourselves about the need to work in a collaborative and organized way for greater optimization of resources and equal opportunities among citizens that ensure the right to education. <![CDATA[Transição para o ensino superior: aspiração dos alunos do ensino médio de uma escola pública]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-40602016000400245&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt RESUMO O trabalho discute resultados de uma pesquisa que identifica e analisa projetos e aspirações de continuidade dos estudos de alunos do ensino médio de uma escola estadual da região metropolitana de Belo Horizonte, Minas Gerais. Busca-se compreender as formas de presença da escola e da família na elaboração dos projetos de vida. A discussão se baseia nos dados coletados por meio de questionários autoaplicados dirigidos aos alunos. Foram realizados cruzamentos entre a variável resposta (se o aluno pretende cursar o ensino superior) e as variáveis relacionadas às características adscritivas dos alunos, à trajetória escolar, ao contexto familiar e escolar. A partir dos cruzamentos, foram selecionadas as variáveis que indicavam associação com a variável resposta e estimado um modelo de regressão logística que buscou analisar os fatores associados às aspirações dos alunos em cursar o ensino superior. Os achados indicaram que três características distinguem mais os alunos em termos de aspirações de continuidade de estudos: sexo, renda familiar e incentivo da família.<hr/>ABSTRACT This paper discusses the results of a research that identifies and analyses projects and aspirations of the high school students from a state school located at the metropolitan region of Belo Horizonte, Minas Gerais, regarding the continuation of their studies. We search to understand the ways in which school and families are present in the elaboration of the life projects. The discussion is based on data gathered through self-applied questionnaires taken by the students. We crossed the answer variable (whether the student intends to attend higher education) and variables related to ascription characteristics of the students, to their school trajectory, and to their family and school context. Based on the crossings, we selected the variables that indicated association with the answer variable and a model of logistic regression was estimated that intended to analyze the factors associated with the expectations of students to attend higher education. The findings indicated three characteristics that most distinguish the students in terms of aspirations of continuing their education: gender, family income and family support. <![CDATA[Qualidade Sinaes para o curso de pedagogia: padrão ou ilusão?]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-40602016000400261&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt RESUMO Este artigo evidencia a qualidade parametrizada pelo Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (Sinaes) em seus instrumentos avaliativos e que é usada no processo de orientação da oferta dos cursos de pedagogia. A hipótese de investigação considerou que os resultados exarados pelo Sinaes se baseiam em critérios que não esclarecem o padrão de qualidade desejável para a oferta dos cursos em questão, contribuindo pouco para superar os desafios destacados pelos embates em torno das suas Diretrizes Curriculares Nacionais. Para testar essa hipótese, foram utilizados os dados presentes em uma amostra de fichas de avaliação de cursos in loco, bem como nos instrumentos e resultados avaliativos produzidos pelo Sinaes. A partir de uma perspectiva hermenêutica, a análise dos indicadores e parâmetros efetivamente utilizados pelo Sinaes para avaliar os cursos de pedagogia revelou um padrão de qualidade impreciso, delineando um perfil difuso do que é bom ou adequado para orientar a oferta desses cursos no Brasil.<hr/>ABSTRACT This article highlights the quality parameterized by the Brazilian National System for Higher Education Assessment - Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (Sinaes), considering its assessment tools adequate for the orientation process to offer pedagogy courses in Brazil. The research hypothesis considered that the results formally recorded by Sinaes are based on criteria that do not account for the desirable quality standards for these courses, contributing little to overcome the challenges around their National Curriculum Guidelines. To test this hypothesis, we used the data present in a sample of on-site courses evaluation formularies, as well as the assessment instruments and results produced by Sinaes. From a hermeneutic perspective, the analysis of indicators and benchmarks actually used by Sinaes to assess the pedagogy courses revealed a pattern of inaccurate quality, outlining a diffuse profile of what is good or desirable to guide the offer of such courses in Brazil. <![CDATA[Ensino de Filosofia: método e recepção filosófica em Agnes Heller]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-40602016000400279&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt RESUMO Este artigo apresenta, problematiza e analisa alguns pressupostos do método de recepção filosófica de Agnes Heller presentes em sua obra A Filosofia Radical. O conceito de recepção filosófica ocupa lugar central na análise. Mostra que não é possível pensar em educação filosófica senão a partir de uma epistemologia de referência circunscrita por um modus operandi filosófico. Daí decorre que só é possível conferir identidade e legitimidade à filosofia quando se reconhece e se estabelece uma "territorialidade epistemológica". Essa territorialidade se expressa por meio do estatuto de conhecimento propriamente filosófico, mas que se afirma como saber filosófico radical na medida em que não separa o conhecimento das condições humano-sociais de quem o tornou possível. Mais do que um conjunto de argumentos lógicos intelectivamente ordenados, conhecer com radicalidade tem a ver com atitude, com posicionamento que não separa o pensar do agir e da vida. A utopia racional, o carecimento, a atitude, a objetivação filosófica, são algumas das noções conceituais que possibilitam instituir e dar identidade ao Método filosófico, do modo como ele é compreendido e justificado por Heller.<hr/>ABSTRACT This article presents and discusses some assumptions of Agnes Heller' philosophical receiving method in her work Radical Philosophy. The concept of philosophical reception occupies a central role in the analysis. It shows that one cannot think of philosophical education but from an epistemology of circumscribed reference by a philosophical modus operandi. Thus, it follows that one can only give identity and legitimacy to philosophy when an "epistemological territoriality" is recognized and established. This territoriality is expressed through the proper philosophical knowledge status which is stated as radical philosophical knowledge, considering that it does not separate knowledge from human-social conditions of those who made it possible. More than a set of logical arguments intellectually ordered, knowing radically has to do with attitude and a position that does not separate acting from thinking and life. Rational utopia, privation, attitude and philosophical objectification are some of the conceptual notions that enable to institute and give identity to the Philosophical method, the way it is understood and justified by Heller. <![CDATA[Análise da trama de argumentos na obra "Meditações" cartesianas na construção da ideia do "Cogito": uma proposta para um modelo didático para o ensino de Filosofia]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-40602016000400295&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt RESUMO Uma das principais heranças do pensamento racionalista de René Descartes (1596-1650) está materializada no conceito do Cogito. A proposta aqui foi desenvolver uma análise dos principais argumentos dos dois primeiros textos clássicos da obra Meditações e expor a trama de argumentos que formam o corpo do conceito do Cogito com o objetivo de estruturar uma sequência didática. Na primeira parte do artigo está a exposição dos argumentos cartesianos dos sentidos, dos sonhos, do Deus enganador, de extensão como Dados; a ideia do Gênio maligno como Justificativa; e a Conclusão da ideia do Cogito: "penso, logo existo". A segunda parte está na construção da ideia do Cogito como modelo didático. A hipótese é que essa estrutura possa servir como prática didática nas aulas de Filosofia do ensino básico estimulando a argumentação e as discussões sobre a obra cartesiana.<hr/>ABSTRACT One of the main legacies of the rationalist thought of René Descartes (1596-1650) is embodied in the concept of Cogito. Here, the purpose was to develop an analysis of the main arguments in the classical texts of the first and second Meditations and expose the web of arguments that form the Cogito concept body in order to structure a teaching sequence. In the first part of the article is the exposure of Cartesian arguments of senses, dreams, the deceivable God, extension as Data; the idea of evil Demon as Justification; and the idea of the Cogito Conclusion: "I think, therefore I am". The second part is the Cogito idea construction as a teaching model. The hypothesis is that this structure can serve as teaching practice in primary school Philosophy classes stimulating argumentation and discussions about the Cartesian work. <![CDATA[Nota biográfica em comemoração ao nascimento de Eny Caldeira]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-40602016000400311&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt RESUMO Uma das principais heranças do pensamento racionalista de René Descartes (1596-1650) está materializada no conceito do Cogito. A proposta aqui foi desenvolver uma análise dos principais argumentos dos dois primeiros textos clássicos da obra Meditações e expor a trama de argumentos que formam o corpo do conceito do Cogito com o objetivo de estruturar uma sequência didática. Na primeira parte do artigo está a exposição dos argumentos cartesianos dos sentidos, dos sonhos, do Deus enganador, de extensão como Dados; a ideia do Gênio maligno como Justificativa; e a Conclusão da ideia do Cogito: "penso, logo existo". A segunda parte está na construção da ideia do Cogito como modelo didático. A hipótese é que essa estrutura possa servir como prática didática nas aulas de Filosofia do ensino básico estimulando a argumentação e as discussões sobre a obra cartesiana.<hr/>ABSTRACT One of the main legacies of the rationalist thought of René Descartes (1596-1650) is embodied in the concept of Cogito. Here, the purpose was to develop an analysis of the main arguments in the classical texts of the first and second Meditations and expose the web of arguments that form the Cogito concept body in order to structure a teaching sequence. In the first part of the article is the exposure of Cartesian arguments of senses, dreams, the deceivable God, extension as Data; the idea of evil Demon as Justification; and the idea of the Cogito Conclusion: "I think, therefore I am". The second part is the Cogito idea construction as a teaching model. The hypothesis is that this structure can serve as teaching practice in primary school Philosophy classes stimulating argumentation and discussions about the Cartesian work. <![CDATA[Leitura e ortografia: além dos primeiros passos]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-40602016000400319&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt RESUMO Uma das principais heranças do pensamento racionalista de René Descartes (1596-1650) está materializada no conceito do Cogito. A proposta aqui foi desenvolver uma análise dos principais argumentos dos dois primeiros textos clássicos da obra Meditações e expor a trama de argumentos que formam o corpo do conceito do Cogito com o objetivo de estruturar uma sequência didática. Na primeira parte do artigo está a exposição dos argumentos cartesianos dos sentidos, dos sonhos, do Deus enganador, de extensão como Dados; a ideia do Gênio maligno como Justificativa; e a Conclusão da ideia do Cogito: "penso, logo existo". A segunda parte está na construção da ideia do Cogito como modelo didático. A hipótese é que essa estrutura possa servir como prática didática nas aulas de Filosofia do ensino básico estimulando a argumentação e as discussões sobre a obra cartesiana.<hr/>ABSTRACT One of the main legacies of the rationalist thought of René Descartes (1596-1650) is embodied in the concept of Cogito. Here, the purpose was to develop an analysis of the main arguments in the classical texts of the first and second Meditations and expose the web of arguments that form the Cogito concept body in order to structure a teaching sequence. In the first part of the article is the exposure of Cartesian arguments of senses, dreams, the deceivable God, extension as Data; the idea of evil Demon as Justification; and the idea of the Cogito Conclusion: "I think, therefore I am". The second part is the Cogito idea construction as a teaching model. The hypothesis is that this structure can serve as teaching practice in primary school Philosophy classes stimulating argumentation and discussions about the Cartesian work.