Scielo RSS <![CDATA[Educar em Revista]]> http://www.scielo.br/rss.php?pid=0104-406020120002&lang=es vol. num. 44 lang. es <![CDATA[SciELO Logo]]> http://www.scielo.br/img/en/fbpelogp.gif http://www.scielo.br <![CDATA[<b>Editorial</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-40602012000200001&lng=es&nrm=iso&tlng=es <![CDATA[<b>Apresentação</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-40602012000200002&lng=es&nrm=iso&tlng=es <![CDATA[<b>The conceptual profile of death and its schooling process in science teaching</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-40602012000200003&lng=es&nrm=iso&tlng=es Apresentaremos neste artigo as etapas do trabalho de construção do modelo de perfil conceitual de morte que resultou na identificação de três zonas: naturalista, em que a morte é interpretada como resultado de processos ou propriedades biológicas; religiosa, na qual a morte é compreendida como fato ou fenômeno que resulta de uma "vontade divina", frequentemente vista como passagem para outra vida, e relacional, na qual a morte é concebida como fato ou fenômeno a ser negado, ocultado. Na sequência, abordaremos as possibilidades de escolarização do conceito de morte, no ensino de ciências, por meio do desenvolvimento de uma sequência de ensino sobre o ciclo de vida. Nessa etapa, identificaremos as diferentes zonas do perfil conceitual de morte que circularam durante a aula e o quanto o discurso da ciência pode promover alterações nos modos de falar e formas de pensar dos estudantes sobre a morte.<hr/>This article presents the steps that compose the construction of the conceptual profile model of death that resulted in the identification of three zones: naturalistic, in which death is interpreted as a result of biological processes or biological properties; religious, in which death is understood as a fact or phenomenon that results from a "divine will", often seen as a passage to another life, and relational, in which the death is conceived as a fact or phenomenon to be denied or hidden. Subsequently, some possibilities are proposed to turn the concept of death into a scholar subject in Science classes through the development of a teaching sequence about the life cycle. In this step, the different zones of the conceptual profile of death which circulated during the class are identified, as well as showing how much the discourse of science can promote changes in the students' ways of talking and thinking about death. <![CDATA[<b>Profundizando en la educación científica</b>: <b>aspectos epistemológicos y metodológicos a tener en cuenta en la enseñanza</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-40602012000200004&lng=es&nrm=iso&tlng=es El principal objetivo de este trabajo consiste en aproximar al profesorado hacia algunos logros de la investigación sobre la didáctica de las ciencias. En primer lugar, se muestra cómo la historia y epistemología de las Ciencias y, en particular, de la Química, está contribuyendo a la mejora de su enseñanza teniendo presentes algunos aspectos conceptuales y epistemológicos que pueden facilitar la alfabetización científica. En particular, se presentan ejemplos de construcción de conceptos clave en la Química escolar como el peso de los gases, la idea de sustancia y la de elemento químico. También se advierte al profesorado sobre algunos tópicos criticables sobre la naturaleza de la ciencia. En segundo lugar, se hace una breve presentación de las tradiciones más importantes de investigación sobre alfabetización científica y tecnológica: la del cambio conceptual, la sociocultural y la crítica. Finalmente se abordan las orientaciones metodológicas del modelo de aprendizaje como investigación orientada que ya se han utilizado con resultados satisfactorios en la enseñanza de temáticas específicas de las disciplinas de Física y Química.<hr/>The main objective of this paper is to present teachers with some of the achievements of research on science didactics. First, it shows how the history and epistemology of science, in particular in Chemistry, are contributing to improvements in teaching, considering the inclusion of conceptual and epistemological aspects that facilitate scientific literacy. In particular, examples in building key concepts in school Chemistry are presented, such as the weight of gases, the idea of substance and chemical element. It also warns teachers of some of the critical topics about the nature of science. Secondly, a brief presentation of the major traditions of research on scientific and technological literacy is presented: the conceptual, the sociocultural and critical changes. Finally, some methodological guidelines of learning that have already been successfully used in teaching specific subjects in Physics and Chemistry, such as the oriented research model, are presented.<hr/>O principal objetivo deste trabalho consiste em aproximar os professores de alguns resultados da investigação sobre a didática das ciências. Em primeiro lugar se mostra como a história e a epistemologia das ciências e, em particular, da Química, está contribuindo à melhoria de seu ensino, considerando alguns aspectos conceituais e epistemológicos que podem facilitar a alfabetização científica. Em particular, são apresentados exemplos da construção de conceitos chave na Química escolar como o peso dos gases, a noção de substância e a de elemento químico. Também se alerta os professores sobre alguns tópicos críticos sobre a natureza da ciência. Em segundo lugar, se faz uma breve apresentação das mais importantes tradições de investigação sobre alfabetização científica e tecnológica: a de mudança conceitual, a sociocultural e a crítica. Finalmente se abordam as orientações metodológicas do modelo de aprendizagem como investigação orientada que têm sido utilizadas com resultados satisfatórios no ensino de temáticas específicas das disciplinas Física e Química. <![CDATA[<b>Advancing teacher knowledge of effective argumentation pedagogy</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-40602012000200005&lng=es&nrm=iso&tlng=es This paper provides a discussion of the methodological approach to a research project that builds on previous studies of effective argumentation pedagogy undertaken by one of the authors. In this study, teachers from six schools in a city location are taking part in a one-year project to use new web-based professional development materials to advance their practice in using group discussion and argumentation in science. The teachers attend workshops on planning and organising effective group-work, introducing argument and sustaining small group discussion, and curriculum planning to promote argumentation activity. Between sessions the teachers develop each aspect of pedagogy in their schools. Data are collected from each of the participating schools using teacher survey and interviews to ascertain perspectives on argumentation practice in science, pedagogical strategies used, changes in practice and collaborative working with colleagues in school. The paper focuses on the issues of research design in determining the impact of the workshops.<hr/>Este artigo traz uma discussão sobre a abordagem metodológica de um projeto de pesquisa que se baseia em estudos anteriores sobre a pedagogia da argumentação eficaz, realizado por um dos autores. Neste estudo, professores de seis escolas estão participando de um projeto, com duração de um ano, para usar novos materiais de desenvolvimento profissionais baseados na internet para a melhoria da sua prática no uso de grupo de discussão e argumentação em ciências. Os professores participam de oficinas sobre planejamento e organização de grupos de trabalho eficientes, introduzindo argumentação e mantendo a discussão em pequenos grupos, e do planejamento de currículos para promover a atividade argumentativa. Entre as sessões, os professores desenvolvem cada aspecto da pedagogia em suas escolas. Os dados são levantados em cada uma das escolas participantes por meio de questionários e entrevistas junto aos professores para averiguar as perspectivas sobre a prática da argumentação em ciência, estratégias pedagógicas utilizadas, mudanças nas práticas e trabalho colaborativo com os colegas na escola. O artigo enfoca questões sobre o delineamento da pesquisa para determinar o impacto das oficinas. <![CDATA[<b>Experimental activities in research in science teaching</b>: <b>epistemological and pedagogical fundamentals</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-40602012000200006&lng=es&nrm=iso&tlng=es Considerando a necessidade de analisar a fundamentação teórica que embasa as atividades experimentais escolares na ultima década, desenvolveu-se uma investigação tomando como objeto as pesquisas publicadas sobre essa temática em um importante periódico da área. Toma-se como referência a concepção de que a experimentação está inserida em um contexto epistemológico e pedagógico, pois envolve concepções de realidade, de conhecimento, de conhecimento científico, de método científico, enfim, uma concepção de ciência e também concepções de aprendizagem, de posicionamento dos conhecimentos prévios dos alunos, de relações entre conteúdo e método, enfim, uma concepção de currículo. Desenvolvendo uma análise epistemológico-pedagógica dos artigos, foi observado que metodologicamente são adotadas diferentes abordagens para desenvolver as atividades experimentais: algumas mais demonstrativas, priorizando a observação, outras mais de atuação por parte do estudante, priorizando a investigação. As pesquisas tomam como pressuposto básico favorecer a aprendizagem ou a interação. A aprendizagem se refere à compreensão da atividade científica, ou de conhecimentos teóricos e práticos. A interação pode ser tanto do aluno com a atividade quanto social, ou ainda entre disciplinas.<hr/>An analysis of articles published during the last decade (2002-2011) in an important Brazilian Physics teaching journal, which focused on experimental activities in the classroom, was presented, within the consideration of necessary reflections on the theoretical approach that sustains experimental activities in Physics teaching. It is thought that these kind of activities are immersed in an epistemological and pedagogical context, as they involve conceptions of reality, knowledge, scientific method (i.e. conceptions of science) and learning, student's alternative conceptions, and the relationship between contents and method (i.e. conception of curriculum). Analyzing the published articles, it was observed that in terms of methodology, different approaches in developing the experimental activities are emphasized: some of them are demonstrative, focusing on the observation; and some prioritize the students' participation in the activities, focusing on the investigation. The research has as the basic principle the emphasis on Learning or Interaction. While learning refers to understanding the scientific activities and the relationship between theoretical and practical knowledge, interaction emphasizes the relationship between the student and the activity, in social interaction, or even between disciplines. <![CDATA[<b>Deconstruyendo el modelo deficitario de la apropiación social de la ciencia y la tecnología en Colombia</b>: <b>el caso de la cartilla "<i>Las Maticas de mi Huerta"</i></b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-40602012000200007&lng=es&nrm=iso&tlng=es Los estudios sobre política y actividades de apropiación social de ciencia y tecnología (ASCyT) en Colombia han evidenciado la presencia de un modelo deficitario de relación entre el conocimiento científico y el público. Este modelo, que está presente en diversidad de actividades edu-comunicativas, se caracteriza por describir dinámicas de comunicación unidireccional y vertical de la ciencia hacia sus públicos. Estos estudios se han quedado cortos en identificar cuáles son las condiciones de producción que sostienen dicho modelo. Analizando el caso de una cartilla educativa, este artículo busca profundizar en la comprensión de aquello que define la ASCyT en Colombia como una práctica deficitaria. Lo anterior se logró desde un análisis de contenido etnográfico de este material educativo que permitió identificar una serie de dispositivos de lenguaje y gráficos que pueden a futuro servir de guía reflexiva para el diseño de otros materiales edu-comunicativos para la ASCyT.<hr/>Studies on policy and on activities of social appropriation of science and technology (SAST) in Colombia have shown the presence of a deficit model that characterizes the relationship between scientific knowledge and the public. This model, which is present in diverse communicative and educational activities, is characterized by establishing unidirectional and vertical communication dynamics from science to its public. However, these studies have fallen short in identifying what the production conditions that sustain this model are. Analyzing the case of an educational booklet, this article seeks to deepen the understanding of what it is that defines the SAST practice in Colombia as deficitarian. This was achieved through an ethnographic content analysis of educational material, which allowed the identification of a number of language and graphic devices that, in the future, could become a reflexive guide in the design of new educational and communicative materials for the SAST.<hr/>Estudos sobre políticas e atividades de apropriação social da ciência e tecnologia (ASCT) na Colômbia têm mostrado a presença de um modelo de déficit de relação entre o conhecimento científico e o público. Este modelo, que está presente em diversas atividades educacionais e comunicativas, se caracteriza por estabelecer uma dinâmica de comunicação unidirecional e vertical da ciência para seus públicos. Contudo, estes estudos não têm identificado quais são as condições que sustentam este modelo de produção. Analisando o caso de uma cartilha educativa, este artigo procura aprofundar a compreensão sobre o que define a prática da ASCT na Colômbia como deficitária. Isto foi realizado a partir de uma análise de conteúdo etnográfico do material, a partir do qual foi possível identificar uma série de dispositivos de linguagem e de diagramação que no futuro podem servir como guia reflexiva para o desenho de novos materiais educomunicativos para a ASCT. <![CDATA[<b>Different conceptions of science and the implications for its teaching</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-40602012000200008&lng=es&nrm=iso&tlng=es Uma teoria científica é um corpo de conhecimento autocontido, com elementos estruturantes - as partes - que, numa lógica interna, compõem um todo articulado. As partes representam um conhecimento local, conceitual e profundo da teoria, enquanto o todo representa a espacialização, o racional, a formalização - um conhecimento em extensão. Numa teoria da Física, a escolha dos elementos que a compõem e a maneira como eles se articulam traduzem uma especial estrutura conceitual, resultando em um produto particular. Se a natureza deste produto é sincrônica e espacial, uma proposta de seu ensino implica seu desmonte epistemológico seguido de uma reconstrução didática, localizando e conceituando suas partes diacrônica e linearmente. A análise da Mecânica Clássica apresentada nos livros didáticos, aprovados no PNLD/2011, exemplifica as singularidades das desconstruções e reconstruções dessa teoria da Física, revelando as diferentes visões da mesma implícitas nessas obras propostas para seu ensino.<hr/>A scientific theory is a self-contained knowledge system with structuring elements - the parts - that, when considered through their internal logic, constitute an articulated total. The parts represent a local, conceptual and deep knowledge of the theory, whereas the total represents the utilization of space, the rational and the formalizing - meaning knowledge in extension. Inside a Physics theory, the choice of compound elements in combination with the way they mingle, reveal a specific conceptual structure, which results in a particular product. If this product has a synchronic and spatial nature, a proposal for its teaching will require an epistemological disassembling of its origin, followed by a pedagogical reconstruction, that focuses and classifies the parts in a diachronic and linear way. The analysis of the Classic Mechanics introduced by schoolbooks, duly approved by PNLD/2011, illustrates the particularities of the disassembling and reconstruction of this Physics theory, revealing the different aspects implied within this work suggested for its teaching. <![CDATA[<b>Questions in Science textbooks</b>: <b>development and validation of a checklist</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-40602012000200009&lng=es&nrm=iso&tlng=es Questões são enunciados que requerem uma resposta refletida e que desempenham diversas funções educativas, incluindo o despoletar novas aprendizagens. Neste caso, o seu uso enquadra-se na Aprendizagem Baseada na Resolução de Problemas (ABRP, do inglês, Problem-Based Learning, PBL), que coloca o aluno no centro dos processos de ensino e aprendizagem, atribuindo-lhe um papel ativo na aprendizagem de novo conhecimento. Atendendo à influência que os manuais exercem nas práticas de ensino, a questão que se coloca é a de saber em que medida as questões incluídas nos manuais escolares de Ciências podem fomentar um ensino orientado para a ABRP. Neste texto, descrever-se-á o processo de construção e validação de uma grelha de análise de questões incluídas em manuais escolares de Ciências com essa finalidade, apresentando-se não só essa grelha, mas também, a título ilustrativo, uma aplicação da mesma a um tópico de Ciências, 8º ano, abordado nas duas disciplinas desta área.<hr/>Questions require a thoughtful answer and can play diverse educational roles, such as stimulating the learning of new knowledge, as is the case in Problem-Based Learning (PBL) contexts. In this context, the student is placed at the center of the teaching and learning processes and plays an active role in the learning of new knowledge. Bearing in mind the influence that textbooks exert on teaching practices, it is worthwhile questioning to which extent questions included in school science textbooks promote a PBL oriented teaching approach. This paper describes the development and validation of a checklist for analyzing the questions included in science textbooks. After introducing the checklist, an example of its application to a science unit assigned to two junior high school science courses (8th grade) is given, approaching the two disciplines in the area. <![CDATA[<b>Physics and Science textbooks</b>: <b>research contributions to modification of teaching</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-40602012000200010&lng=es&nrm=iso&tlng=es Este artigo sistematiza resultados de pesquisas sobre o livro didático de Física e de Ciências desenvolvidas no âmbito do Grupo de Estudos e Pesquisas em Ensino de Física da Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR) e do Núcleo de Pesquisas em Publicações Didáticas da Universidade Federal do Paraná (UFPR). Evidencia a ausência de estudos didáticos e epistemológicos e avalia os resultados obtidos no âmbito de diferentes projetos, tanto no que se refere aos livros para alunos como no que diz respeito aos manuais para professores. Apresenta resultados indicativos para a ampliação da pesquisa nessa temática.<hr/>This paper systematizes the results of research on Physics and Science textbooks developed by the Group of Studies and Research on Physics Teaching (UTFPR) and the Research Group on Didactical Publications (UFPR). It highlights the absence of didactic and epistemological studies on this subject and evaluates the results obtained in different projects, in regard to both students' books and teachers' manuals. The work presents results which indicate the need to expand research on this matter. <![CDATA[<b>Responsible consumption</b>: <b>one step beyond the environmental aspect</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-40602012000200011&lng=es&nrm=iso&tlng=es Este artigo apresenta um modelo, de cunho didático e dirigido prioritariamente aos profissionais de educação, que leva em conta os diversos aspectos que devem caracterizar um consumo como responsável. Além do usual aspecto Meio Ambiente, há outros, como a Publicidade, a Saúde e a Segurança, o Direito e a Ética e que foram aqui sintetizados a partir da coleção lançada conjuntamente pelo IDEC (Instituto de Defesa do Consumidor) e pelo Inmetro (Instituto Nacional de Metrologia, Normalização e Qualidade Industrial). Essa coleção é dirigida aos professores e alunos do terceiro e quarto ciclos do ensino fundamental e foi elaborada no contexto dos temas transversais apresentados pelos Parâmetros Curriculares Nacionais (PCNs). Colocando-se no papel de consumidor responsável e utilizando-se do referido modelo, inspirado na coleção do IDEC e do Inmetro, pretende-se analisar um caso-exemplo, Ambev, considerada a maior indústria cervejeira da América Latina e "Referência mundial na gestão da água". Por meio desse exemplo, procura-se mostrar que o "respeito à natureza", no caso, o elemento água, é um parâmetro necessário, mas insuficiente para caracterizar um consumo como responsável e que os demais aspectos apontados acima devem ser considerados.<hr/>This paper presents a model of didactic feature and directed primarily to professional education, which takes into account the various aspects that should characterize a responsible consumption. Besides the usual environmental aspect, there are others aspects such as advertising, health and safety, and Law and ethics, which have been summarized from the collection launched jointly by the IDEC (Institute of Consumer Protection) and Inmetro (National Institute of Metrology, Standardization and Industrial Quality). This collection is addressed to teachers and students of the third and fourth cycles of elementary school and was elaborated in the context of cross-cutting themes presented by the National Curriculum Parameters (PCNs). Assuming the role of the responsible consumers and using the referred model, inspired by the collection by IDEC and Inmetro, we intend to analyze the case of AmBev, considered the largest brewery in Latin America and a "global reference in water management". Through this example, we seek to present that the "respect for nature" - in this case the water -, despite being a necessary parameter, is not sufficient to characterize a responsible consumption. Considering the latter, the others aspects raised above should be considered. <![CDATA[<b>When consumers' society goes to school</b>: <b>an essay on the condition of youth in High School</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-40602012000200012&lng=es&nrm=iso&tlng=es O presente artigo tem por objetivo refletir sobre a incidência de uma cultura de consumo de mercadorias, tal como diagnosticada por diversos autores, nas construções de sentido de jovens e adolescentes do Ensino Médio. Tomando-se como marco teórico as perspectivas da filósofa Hannah Arendt, do sociólogo Zygmunt Bauman e do psicanalista Jurandir Freire Costa, os autores buscaram tecer análises e interpretações que, coadunadas com um olhar educacional do contexto escolar contemporâneo, colaboram para a compreensão do desinteresse juvenil nas atividades de sala de aula. Em particular, a partir de elementos comportamentais presentes em uma sociedade de consumidores, são esboçados cenários presentes na crise do Ensino Médio brasileiro frente a jovens e adolescentes. O estudo conclui que, dadas as atuais demandas comportamentais presentes em uma cultura organizada em torno do consumo, a condição juvenil presentificada nas escolas tem se mostrado resistente a construções de sentido que vejam o aprendizado no ensino médio inserido em um projeto de longo prazo. Como resultado se têm, então, adesões distanciadas e o predomínio de uma cultura da diversão nos espaços escolares.<hr/>The following essay aims at reflecting upon the incidence of a goods consuming culture, as identified by several authors, in the constructions of meanings by youngsters and adolescents from High School. The perspectives of the philosopher Hannah Arendt, the sociologist Zygmunt Bauman and the psychoanalyst Jurandir Freire Costa were taken into consideration to carry out the authors' analyses and interpretations. Such analyses, combined with an educational view of contemporary school context, collaborated to the comprehension of the youngsters' lack of interest in classroom activities. In particular, current scenarios on the crisis of Brazilian High Schools were outlined, considering youngsters and adolescents, based on behavioral elements present in a consumers' society. The study concludes that, considering the behavior requirements present in a culture organized around the consumption, the condition of youth presented in schools has been resistant to the constructions of meanings that consider High School learning as inserted in a long-term project. As a result, there are drifted adhesions and the predominance of a culture of amusement in school spaces. <![CDATA[<b>Teachers of the first grades of elementary education and the relations established with knowledge</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-40602012000200013&lng=es&nrm=iso&tlng=es Este artigo apresenta análise realizada sobre as relações estabelecidas pelo professor com o conhecimento no exercício da docência, nas séries iniciais do ensino fundamental em escolas públicas. Foi possível verificar que as professoras entrevistadas estabelecem relação utilitária e superficial, seja com o conhecimento científico, seja com o conhecimento das disciplinas escolares, em decorrência de aprendizado ocorrido nos momentos de formação inicial ou de formação continuada e referido à sua aplicabilidade prática, bem como daquilo que o exercício docente proporciona e exige dos professores em sua lida cotidiana. Além disso, destaca-se a valorização de conhecimento adquirido com a experiência.<hr/>This paper presents an analysis conducted on the relationship established by the teacher with knowledge in the teaching activity, in the initial grades of elementary education in public schools. It was possible to verify that the interviewed teachers establish a utilitarian and superficial relationship, either with scientific knowledge or with the knowledge on school subjects. This type of relationship is caused by the kind of learning developed in moments of initial or continued formation and related to its practical applicability, as well as by what the teaching activity provides and demands from the teachers in their daily work. Moreover, the valorizing of knowledge acquired with the experience is highlighted. <![CDATA[<b>School inclusion/exclusion and affectivity</b>: <b>rethinking the school failure of children from the lower social classes</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-40602012000200014&lng=es&nrm=iso&tlng=es A inclusão em educação não se restringe à visão multifacetada da deficiência. Ela se constitui na dialética exclusão/inclusão, fazendo-se parte constitutiva da exclusão. Sabe-se que a antinomia exclusão/inclusão significa o direito à satisfação das necessidades básicas de aprendizagem, a eliminação das barreiras à aprendizagem e a participação de todos no sistema educativo. Entende-se que isso só ocorrerá quando direcionar-se o pensamento para o desenvolvimento de culturas, para a construção de políticas e para a orquestração de práticas inclusivas. Essas três dimensões são necessárias ao (des)envolvimento inclusivo dentro de qualquer escola que pretenda tornar-se inclusiva. O objetivo desse trabalho é mostrar a necessidade de discutir acerca da relação exclusão/inclusão, das diferenças vistas como a especificidade do ser humano e da afetividade, aspecto imprescindível para a aprendizagem. A gestão da afetividade positiva predispõe a ação e a reação em diferentes situações, fazendo com que o aluno "sinta" a aprendizagem, despertando o interesse em aprender e, assim, eliminando o fracasso escolar nas crianças de classes populares. Consequentemente, a tríade afetividade - aprendizagem - inclusão é vital para o processo educativo. Esse trabalho foi concretizado em 2009, em estudos realizados no grupo Laboratório de Pesquisa, Estudos e Apoio à Participação e à Diversidade em Educação - LaPEADE/UFRJ, e tem relação com o período das obras teóricas consultadas e o tema desenvolvido.<hr/>The inclusion in education is not restricted to the multifaceted vision of the deficiency. It consists of the dialectic exclusion/inclusion, becoming a constituent part of the exclusion. We know that the antinomy exclusion/inclusion means the right to the satisfaction of basic learning needs, the elimination of barriers to learning and the participation of all in the educative system. It is understood that this will only occur once we direct the thought for the development of cultures, the construction of policies and the structuring practices for inclusion. These three dimensions are necessary to the inclusive development/involvement inside any school which intends to become inclusive. The objective of this work is to show the necessity to discuss the relationship exclusion/inclusion, the differences seen as specificities of the human being and the affectivity, which is an essential aspect for learning. The management of the positive affectivity predisposes the action and the reaction in different situations. It makes the pupil "feel" the learning, rousing the interest in learning, and eliminating the school failure in the children from lower social classes. Consequently, the triad affectivity-learning-inclusion is vital for the educative process. This work was conducted in 2009, through studies guided by the group LaPEADE/UFRJ, and it is related to the period of the theoretical works consulted and the developed theme. <![CDATA[<b>Media-education for High School</b>: <b>why and how to do it</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-40602012000200015&lng=es&nrm=iso&tlng=es Embora não seja assunto novo, a aprendizagem sobre mídia é tema que vem ganhando espaço na educação brasileira. Internacionalmente, a promoção da media literacy é prática talvez tão antiga quanto os próprios meios de comunicação. Com a ascensão das chamadas novas mídias, paradigmas educacionais e materiais pedagógicos têm mudado rapidamente, requerendo uma revisão de conceitos e um novo posicionamento dos estudos de mídia no currículo escolar. Neste contexto, o presente artigo apresenta uma proposta de trabalho sintonizada com os paradigmas da mídia-educação inglesa (Hall, Whannel, Buckingham, Kress) e da nova esfera da cultura digital. Partindo de trailers de cinema disponíveis no Youtube, criamos atividades de leitura e escrita em mídia para o Ensino Médio, dentro da área de Códigos, Linguagens e suas Tecnologias, testando tais atividades com 20 estudantes de uma escola da rede pública de ensino de Bauru, Estado de São Paulo. A metodologia consiste em selecionar trailers de filmes populares de gêneros diferentes e criar atividades para desmontar o texto audiovisual, explorar as características da linguagem, pensar nas relações do texto com a audiência e avaliar a aprendizagem possível. Os resultados sugerem que o foco na análise sistemática da linguagem é um caminho produtivo para refletir sobre questões de representação, identidade, qualidade e gosto. A experiência também mostrou as dificuldades estruturais que a cultura escolar estabelecida tem para pôr em prática atividades deste tipo.<hr/>Although the learning on media is not properly a new subject, it is a theme which has been gaining relevance within the Brazilian educational system. At the international level, the promotion of media literacy is a practice maybe as old as the means of communication themselves. With the rise of the new media, Educational paradigms and teaching materials have quickly changed, requiring a revision of concepts and a new position of the media studies in the school curriculum. According to this context, this paper elaborates a work proposal in tune with the paradigms of the British media-education (Hall, Whannel, Buckingham, Kress) and the new sphere of digital culture. Starting from movie trailers available on Youtube, we created reading and writing activities for High Schools, inside the area called "Codes, Languages and their Technologies", testing such activities in 20 students of a public school in the city of Bauru, State of São Paulo. The methodology consists of selecting trailers of popular movies from different genres and creating activities to dismantle the audiovisual text, explore the characteristics of language, think about the relationships of the text with the audience and evaluate the possible learning. The results suggest that the focus on the systematic analysis of language is a particularly productive way to reflect about questions on representation, identity, quality and taste. The experience also showed the structural difficulties faced by the established school culture to put into practice activities like these. <![CDATA[<b>Formación y gusto por la escritura y la lectura a luz de las ideas de Friedrich Nietzsche como ámbito de estudio de la Educación Corporal</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-40602012000200016&lng=es&nrm=iso&tlng=es En este artículo estamos presentando un tema de estudio: la Educación Corporal. Tratamos de leer a Federico Nietzsche a la luz de las ideas de gusto, cuerpo y educación con el interés de abrir horizontes de interpretación para un escenario académico necesitado de una (otra) significación. Recurrimos al pensamiento de Nietzsche con el fin de abordar objetos que él propiamente no llegó a explorar nunca como son la formación del gusto desde el cuerpo en perspectiva pedagógica y hacia una Educación Corporal. Encontramos que los conceptos de formación del gusto y de cuerpo nos sirven como herramientas analíticas para nuestra investigación.<hr/>In this article we are presenting a topic of study referred as body education. We have read Friedrich Nietzsche in the light of the ideas of taste, body and education, with the interest of expanding the horizons of interpretation for an academic setting in need of a (another) meaning. We have appealed to Nietzsche's thought in order to approach study objects he never explored properly, such as the formation of taste from the body in a pedagogical perspective and towards a body education. We have discovered that the concepts of taste formation and body may serve as analytical tools for our research.<hr/>Neste artigo, apresentamos como tema de estudo a Educação Corporal. Trata-se de ler Friedrich Nietzsche à luz das ideias de gosto, corpo e educação, com o interesse de abrir os horizontes de interpretação para um cenário acadêmico necessitado de (outra) significação. Recorremos ao pensamento de Nietzsche para abordar assuntos que ele, propriamente, nunca chegou a explorar, como a formação do gosto a partir do corpo numa perspectiva pedagógica em direção a uma Educação Corporal. Em nossa pesquisa, os conceitos de formação do gosto e de corpo nos servem como ferramentas analíticas. <![CDATA[<b>Dewey's agreements and disagreements with Freud</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-40602012000200017&lng=es&nrm=iso&tlng=es Este artigo expõe ideias de Sigmund Freud sobre temas que são fundamentais para compreender o homem contemporâneo: a constituição do psiquismo; a formação e a resolução das patologias mentais; a cultura em sentido amplo e a educação como elemento mediador entre o indivíduo e a sociedade. O objetivo é apresentar e comparar as análises feitas por John Dewey sobre esses mesmos temas, tomando por base o livro Human nature and conduct. As comparações entre os discursos freudiano e deweyano são feitas por meio da metodologia proposta por Chaïm Perelman no livro Tratado da argumentação (elaborado em coautoria com Olbrechts-Tyteca), que busca esclarecer as estratégias argumentativas usadas por um autor para obter ou aumentar a adesão às teses propostas e, com isso, despertar ações concretas. As conclusões sugerem que, embora Dewey discorde de Freud, existem pontos de concordância entre ambos, especialmente no que diz respeito ao significado dos impulsos e da sublimação e à concepção de que o conhecimento é mutável e impreciso, o que rejeita a crença em certezas absolutas e insere as decisões e ações humanas no âmbito da probabilidade.<hr/>This article exposes Sigmund Freud's ideas about themes which are fundamental to the comprehension of the contemporary man: the psychic constitution; the formation and resolution of mental pathologies; the broad meaning of culture and the education as a mediating element between individual and society. This paper aims to present and compare the analysis made by John Dewey regarding these same themes based on the book Human nature and conduct. The comparisons between Freudian and Deweyan discourses are made through the methodology proposed by Chaïm Perelman in the book Treatise on argumentation (co-authored by Olbrechts-Tyteca), which aims to clarify the argumentative strategies used by an author to obtain or increase adhesion to the proposed theses and, with that, to awaken concrete actions. The conclusions suggest that although Dewey disagrees with Freud, they agree on certain issues, especially regarding the meaning of impulses and sublimation and regarding the conception that knowledge is changeable and imprecise, what rejects the belief in absolute certainties and inserts human actions and decisions in the sphere of probability. <![CDATA[<b>An anthropological view of the application of questionnaires in educational research</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-40602012000200018&lng=es&nrm=iso&tlng=es No presente estudo alguns conceitos antropológicos - ideia de vocabulário nativo, inteligibilidade e aproximação do outro - e sociológicos são acionados como estratégia para a ressignificação da aplicação de questionários, levando a considerá-la como instância de processos sociais complexos que produzem opinião. A análise das reações e atuações dos atores escolares no momento de aplicação dos questionários é considerada como uma possibilidade para a interpretação da diversidade de características materiais, das disposições e ações individuais, fundamentando a leitura dos dados quantitativos para além das explanações estatísticas. Durante a descrição deste tipo de atividade, pôde-se dimensionar a relação entre as exceções e a regularidade de comportamentos, ampliando o olhar para o futuro trabalho de observação do campo, para os mecanismos de identificação e interação com os pesquisadores e desta etapa como espaço para a reflexão de aspectos da experiência escolar. Recomenda-se, enquanto instrumento de ampliação para a abordagem quantitativa, que o conjunto de impressões sobre a aplicação de questionários na pesquisa educacional deva ser contabilizado na análise das frequências, compondo a interpretação dos resultados de pesquisa.<hr/>In this study, some anthropological concepts - the idea of native vocabulary, understanding and approach to the other - and sociological concepts are triggered as a strategy to reframe the application of questionnaires, considering it as an instance of complex social processes which generate opinion. The analysis of the reactions and actions of the school actors during the application of questionnaires is considered as a possibility for the interpretation of the diversity of characteristics of the materials, individual actions and dispositions, grounding the analysis of the quantitative data beyond the statistical explanations. During the description of this type of activity, it was possible to scale the relation between the exceptions and the behavior regularity, extending the look to the future work of field observation and the mechanisms for identification and interaction with the researchers, and to this step as a space for reflection on aspects of school experiences. As a tool in the expansion to the quantitative approach, it is recommended that the set of views on the use of questionnaires in educational research is accounted in the frequency analysis, being a part of the interpretation of the research results. <![CDATA[<b>Ensino de óptica para alunos cegos</b>: <b>possibilidades</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-40602012000200019&lng=es&nrm=iso&tlng=es No presente estudo alguns conceitos antropológicos - ideia de vocabulário nativo, inteligibilidade e aproximação do outro - e sociológicos são acionados como estratégia para a ressignificação da aplicação de questionários, levando a considerá-la como instância de processos sociais complexos que produzem opinião. A análise das reações e atuações dos atores escolares no momento de aplicação dos questionários é considerada como uma possibilidade para a interpretação da diversidade de características materiais, das disposições e ações individuais, fundamentando a leitura dos dados quantitativos para além das explanações estatísticas. Durante a descrição deste tipo de atividade, pôde-se dimensionar a relação entre as exceções e a regularidade de comportamentos, ampliando o olhar para o futuro trabalho de observação do campo, para os mecanismos de identificação e interação com os pesquisadores e desta etapa como espaço para a reflexão de aspectos da experiência escolar. Recomenda-se, enquanto instrumento de ampliação para a abordagem quantitativa, que o conjunto de impressões sobre a aplicação de questionários na pesquisa educacional deva ser contabilizado na análise das frequências, compondo a interpretação dos resultados de pesquisa.<hr/>In this study, some anthropological concepts - the idea of native vocabulary, understanding and approach to the other - and sociological concepts are triggered as a strategy to reframe the application of questionnaires, considering it as an instance of complex social processes which generate opinion. The analysis of the reactions and actions of the school actors during the application of questionnaires is considered as a possibility for the interpretation of the diversity of characteristics of the materials, individual actions and dispositions, grounding the analysis of the quantitative data beyond the statistical explanations. During the description of this type of activity, it was possible to scale the relation between the exceptions and the behavior regularity, extending the look to the future work of field observation and the mechanisms for identification and interaction with the researchers, and to this step as a space for reflection on aspects of school experiences. As a tool in the expansion to the quantitative approach, it is recommended that the set of views on the use of questionnaires in educational research is accounted in the frequency analysis, being a part of the interpretation of the research results.