Scielo RSS <![CDATA[Educar em Revista]]> http://www.scielo.br/rss.php?pid=0104-406020190002&lang=pt vol. 35 num. 74 lang. pt <![CDATA[SciELO Logo]]> http://www.scielo.br/img/en/fbpelogp.gif http://www.scielo.br <![CDATA[Apresentação - “A História é uma recolha de experiências”]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-40602019000200009&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt <![CDATA[História, historiografia e pesquisa em educação histórica]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-40602019000200017&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt RESUMO O pensamento histórico, cuja articulação produz a consciência histórica, conduz todo agente racional humano a produzir sobre si e sobre seu meio ambiente uma narrativa histórica, fator de identidade (própria e social) e feitora de cultura. A cultura histórica como meio ambiente intelectual envolvente da educação histórica esteia-se, ao menos desde a cientificização da História a partir de meados do século 19, em dois pilares: a narrativa histórica em geral e a narrativa historiográfica em particular. A relevância para a pesquisa em educação histórica da interação e do diálogo entre essas narrativas e de sua interdependência é argumentada neste artigo.<hr/>ABSTRACT Historical thought, whose articulation produces the historical consciousness, leads every rational human agent to produce about himself and his environment a historical narrative, factor of identity (own and social) and factor of culture. Historical culture, as an intellectual environment encompassing historical education, has been based, at least since the scientification of history from the mid-19th century, on two pillars: the historical narrative in general and the historiographical narrative in particular. The relevance to historical education research of the interaction and dialogue between these narratives and their interdependence is argued in this article. <![CDATA[O historiador e a pesquisa em educação histórica]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-40602019000200035&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt RESUMO Uma das inovações no campo das pesquisas sobre ensino de história é a fundamentação das investigações na filosofia e na teoria da história, anunciando um novo paradigma para a natureza das pesquisas acerca da aprendizagem e ensino de História e que têm caracterizado o campo da educação histórica. A partir destes pressupostos, foram tomadas como objeto de análise 13 teses produzidas no âmbito do Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Federal do Paraná, indicativas de investigações que vêm sendo realizadas no Brasil e indiciárias desta renovação. A análise foi realizada a partir de critérios epistemológicos, teóricos e técnicos, sustentados pelo diálogo com a teoria e filosofia da História, de um lado e aspectos da metodologia da pesquisa qualitativa em educação, de outro. Resultados, ainda que parciais, indicam várias questões a serem levadas em consideração, no que se refere à aprendizagem das crianças e jovens, seja em ambiente escolar ou outros ambientes de aprendizagem. Ademais, suscitam novas questões de investigação, que também foram apontadas neste trabalho.<hr/>ABSTRACT One of the innovations in the field of research about History teaching is the foundation of investigations on philosophy and the theory of history, announcing a new paradigm for the nature of the research about the learning and teaching of History that has been denominated the field of History education. From these presuppositions, were taken as analysis objects 13 theses produced within the Postgraduate Program in Education at the Federal University of Paraná. They are indicative of investigations that have been carried out in Brazil and examples of this renovation. The analysis was based on epistemological, theoretical and technical criteria, supported by dialogue with the theory and philosophy of History from one side and methodological aspects of qualitative educational research on another side. Partial results indicate several issues to be taken into consideration, as to the learning of children and youths, whether in school or other learning environments. Furthermore, new investigative issues raised in this work were also highlighted. <![CDATA[Didática da história e a competência de atribuição de sentido: um estudo a partir da metodologia da educação histórica]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-40602019000200055&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt RESUMO Neste artigo apresentamos como, a partir da metodologia de investigação com pesquisas interculturais baseadas na aplicação de questionários fechados e/ou abertos (BORRIES &amp; ANGVIK,1997), com estudos exploratórios realizados pelo projeto, com professores de quatro Estados do Brasil: Paraná, São Paulo, Goiás e Bahia, nos foi possível chegar aos resultados que apresentamos neste estudo, que procurou entender quais são as carências de orientação que indicam os caminhos que os professores seguem que determinam suas escolhas de conteúdo historiográfico e do método de ensino. Quais demandas do passado? Quais experiências e sentimentos? Analisamos o diálogo estabelecido pelos professores com a concepção de história a partir de uma narrativa apresentada em questionário fechado sobre o descobrimento do Brasil. Nesta pesquisa trabalhamos com Peter Seixas (2016) com o objetivo de perceber qual o lugar da educação histórica na produção de conhecimento na escola e na formação do pensamento histórico criando uma estratégia de tratamento dos dados em conjunto entre as concepções teóricas e a fala dos sujeitos analisados.<hr/>ABSTRACT In this article, starting from the methodology of investigation with intercultural researches based on the application of open and/or closed surveys (BORRIES &amp; ANGVIK,1997) with exploratory studies carried on by the project, with teachers from four Brazilian states: Paraná, São Paulo, Goiás and Bahia, we present how it was possible to reach the results of this study; which sought to understand what are the needs of orientation that indicate the ways teachers follow whose establish their choices concerning the historiographic content and the teaching method. What are the demands from the past? Which experiences and feelings? We have analyzed the dialogue established by the teachers and the notion of history through a narrative presented in a closed survey about the discovery of Brazil. On this research, we work with Peter Seixas (2016) aiming to perceive what is the place of history education in the knowledge production inside the school and in historical thought formation, creating a strategy of treating data along with the theoretical conceptions and the speech of the subjects we have analyzed. <![CDATA[As histórias em quadrinhos e a Ditadura militar brasileira: a triangulação metodológica como critério investigativo das ideias históricas de jovens brasileiros]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-40602019000200069&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt RESUMO Investiga-se como inventariar as histórias em quadrinhos que abordam a Ditadura Militar Brasileira de 1964-1985 que possibilitam mobilizar as dimensões estética, política e cognitiva da cultura histórica (RÜSEN, 2016) dos jovens estudantes brasileiros de escolas públicas. Essa investigação é ligada ao projeto da CAPES Memórias Brasileiras: Conflitos Sociais, denominado Indígenas, Quilombolas e Napalm: uma história da guerrilha do Vale do Ribeira (2015-2019). Parte-se de uma triangulação metodológica fundamentada na compreensão dos processos históricos vinculados à relação entre as estruturas de sentimento (WILLIAMS, 2003) pertencentes a cultura juvenil, a interculturalidade e o novo humanismo (RÜSEN, 2014), e ao princípio da “burdening history” proposto por Bodo von Borries (2016), o qual propõe que o fardo da história pode ser superado pela interpretação multiperspectivada instauradora de controvérsia provida pela autocrítica na teoria da história. Busca-se, a partir do inventário da tipologia das histórias em quadrinhos que narram as experiências históricas relacionadas à Ditadura Militar Brasileira, a criação de um instrumento de investigação que possibilita a construção de uma história em quadrinhos paradidática sobre a Guerrilha do Vale do Ribeira.<hr/>ABSTRACT It is investigated how to inventory the historical comic books that deal with the Brazilian Military Dictatorship of 1964-1985 that make it possible to mobilize the aesthetic, political and cognitive dimensions of the historical culture (RÜSEN, 2016) of the young Brazilian students of public schools. This research is linked to the project CAPES Memórias Brasileiras: Conflitos Sociais named Indígenas, Quilombolas e Napalm: uma história da guerrilha do Vale do Ribeira (2015-2019). It is based on a methodological triangulation based on the understanding of historical processes linked to the relationship between structures of feelling (WILLIAMS, 2003) belonging to youth culture, the relationship between interculturality and the new humanism (RÜSEN, 2014) and on the principle of “burdening history” proposed by Bodo von Borries (2016), which proposes that the burden of history can be overcome by the multiperspectivated interpretation instituting controversy provided by self-criticism in the theory of history. It is searched, from the inventory of the typology of historical comic books that narrate the historical experiences related to the Brazilian Military Dictatorship, the creation of a research instrument that allows the construction of a history comic book about the Guerrilla of the Valley of Ribeira. <![CDATA[Educação histórica e narrativas autobiográficas]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-40602019000200093&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt RESUMO A intenção deste artigo é fundamentar os princípios da Educação Histórica, ancorada em teorias da história, analisando as metodologias de pesquisa e práxis no campo do ensino de história associadas ao uso de narrativas autobiográficas. A base empírica se fundamenta em levantamentos autobiográficos e biográficos de professores de história, da educação básica, de forma a interpretar os usos dos princípios da educação histórica e os resultados alcançados em sala de aula na trajetória dos discentes e docentes envolvidos. A educação histórica se apresenta como uma estratégia fundamental para a criação de contextos educacionais, formais e não formais, escolares e não escolares, necessários diante da realidade presente.<hr/>ABSTRACT The purpose of this article is to base the principles of history education, anchored in theories of history, analyzing the methodologies of research and praxis in the field of history teaching associated to the use of autobiographical narratives. The empirical basis is based on autobiographical and biographical surveys of teachers of history, of basic education, in order to interpret the uses of the principles of historical education and the results achieved in the classroom, in the trajectory of the students and teachers involved. Historical education presents itself as a fundamental strategy for the creation of educational contexts, formal and non-formal, school and non-school, necessary in the present reality. <![CDATA[Investigar em educação histórica em Portugal: opções metodológicas]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-40602019000200109&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt RESUMO A pesquisa em educação histórica visa compreender o pensamento histórico dos sujeitos a nível substantivo e meta-histórico, sobretudo no que concerne aos agentes da aprendizagem no contexto da educação formal. No plano metodológico, quer os estudos sistemáticos quer os de investigação-ação têm privilegiado abordagens de natureza essencialmente qualitativa, acompanhadas de análise quantitativa de dados. Neste artigo discutem-se processos e resultados de alguns desses estudos em Portugal, à luz das opções metodológicas e de conceitos inerentes à História.<hr/>ABSTRACT Research in history education aims to understand the subjects’ historical thinking at meta-historical and substantive levels. Its main focus is the ideas of the agents involved in learning within formal education contexts. In a methodological perspective, both systematic and action-research studies in that field have mainly followed essentially qualitative approaches with an additional quantitative data analysis. The article discusses procedures and results of some studies carried out in Portugal in the light of methodological options and concepts entangled in the nature of history. <![CDATA[Métodos, instrumentos e procedimentos para saber como as competências históricas são avaliadas]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-40602019000200127&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt RESUMEN Este artículo intenta explicar las características de la evaluación en la materia de Historia en lo referente a la tipología de preguntas, capacidades cognitivas, competencias históricas y tipos de contenidos que los exámenes y libros de texto demandan al alumnado de Educación Secundaria. Para ello se ha adoptado un diseño metodológico mixto, defendido en diversas investigaciones desde el área de didáctica de las ciencias sociales (BARCA, 2005; BARTON, 2005, 2012; GRANT, 2001; PRATS, 2002). Esta complementariedad de los enfoques cuantitativos y cualitativos creemos que nos permite acercarnos mejor a un fenómeno tan complejo como es la evaluación. Para el análisis cuantitativo se ha utilizado el paquete estadístico SPSS, en todo lo referente al estudio de frecuencias, medias, porcentajes, chi cuadrado, tablas de contingencia y análisis de la dependencia entre las variables. Por su parte, el tratamiento cualitativo se ha llevado a cabo a través de un análisis de cómo se ha construido la narrativa histórica en los exámenes y los libros de texto, a través de la frecuencia y repetición de hechos, conceptos, fechas y personajes. Además, hemos utilizado el programa Access para el procesamiento y vinculación de datos mediante la creación de tablas relacionales.<hr/>RESUMO O artigo busca explicar as características de avaliação no ensino de história, tendo como referência os tipos de perguntas, habilidades cognitivas, habilidades e tipos de conteúdos históricos que os testes e livros didáticos exigem dos estudantes do ensino secundário. Para isso, adotamos uma concepção metodológica mista, defendida em várias investigações da área de ensino de ciências sociais (BARCA, 2005; BARTON, 2005, 2012; GRANT, 2001; PRATS, 2002). Acreditamos que a complementaridade das abordagens quantitativa e qualitativa permite a melhor aproximação de um fenômeno tão complexo como avaliação. Para a análise quantitativa foi utilizado SPSS, em todas as questões relativas ao estudo de frequências, médias, porcentagens, qui-quadrado, tabelas de contingência e análise da dependência entre as variáveis. De sua parte, o tratamento qualitativo foi realizado por meio da análise de como foi construída a narrativa histórica em testes e livros didáticos, através da frequência e repetição de fatos, conceitos, datas e personagens. Ademais, foi utilizado o programa Access para o processamento e ligação de dados através da criação de tabelas relacionais.<hr/>ABSTRACT This paper tries to explain the characteristics of the assessment in the subject of History in relation to the typology of questions, cognitive capacities, historical skills and types of contents that the exams and textbooks demand to the students of Secondary Education. To this end, a mixed methodological design has been adopted, defended in various investigations from the didactic area of the social sciences (BARCA, 2005; BARTON, 2005, 2012; GRANT, 2001; PRATS, 2002). We believe that this complementarity of the quantitative and qualitative approaches allows us to get closer to a phenomenon as complex as assessment. For the quantitative analysis the statistical package SPSS has been used, in everything related to the study of frequencies, medians, percentages, chi-square, contingency tables and analysis of the dependence between the variables. On the other hand, the qualitative treatment has been carried out through an analysis of how the historical narrative has been constructed in exams and textbooks, through the frequency and repetition of facts, concepts, dates and characters. In addition, we have used the Access program for processing and linking data by creating relational tables. <![CDATA[Educação histórica e competências educacionais]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-40602019000200145&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt RESUMEN Se presentan resultados de un estudio realizado en las universidades españolas de Murcia y Santiago de Compostela, para examinar las percepciones y conocimientos sobre educación histórica de profesorado de primaria en formación. Se han obtenido datos estadísticamente significativos que permiten un diagnóstico sobre la competencia profesional de los futuros docentes de educación primaria. Se justifica la pertinencia de haber utilizado una metodología cuantitativa para un estudio exploratorio. Los resultados apuntan a que la mayoría de los participantes se identifican, formalmente, con un modelo de profesor crítico, que debe utilizar métodos activos de enseñanza y promover valores éticos relacionados con la justicia social. Esta posición formal contrasta a) con sus modelos implícitos, mucho más tradicionales en sus concepciones teóricas y metodológicas; y b) con su selección de contenidos y prácticas para lograr una educación coherente con el modelo formalmente asumido. En las conclusiones se sugiere la necesidad de mejorar la formación de profesores vinculándola más directamente con las prácticas en las aulas de primaria. Se propone reflexionar sobre la práctica desde la práctica, conectándola a la formación teórica, como modelo para formar maestros competentes.<hr/>RESUMO Os resultados de um estudo realizado nas universidades espanholas de Murcia e Santiago de Compostela são apresentados para examinar as percepções e conhecimentos sobre a educação histórica dos professores do ensino primário em formação. Dados estatisticamente significativos foram obtidos para permitir um diagnóstico sobre a competência profissional dos futuros professores do ensino fundamental. A pertinência de ter utilizado uma metodologia quantitativa para um estudo exploratório é justificada. Os resultados sugerem que a maioria dos participantes se identifica, formalmente, comum modelo de professor crítico, que deve utilizar métodos de ensino ativos e promover valores éticos relacionados à justiça social. Essa posição formal contrasta a) com seus modelos implícitos, muito mais tradicionais em suas concepções teóricas e metodológicas; e b) com sua seleção de conteúdos e práticas para alcançar uma educação coerente com o modelo formalmente assumido. As conclusões sugerem a necessidade de melhorar a formação de professores, ligando-a mais diretamente às práticas da sala de aula primária. Propõe-se refletir sobre a prática a partir da prática, conectando-a à formação teórica, como um modelo para formar professores competentes.<hr/>ABSTRACT Results from a study carried out in the Spanish universities of Murcia and Santiago de Compostela are discussed. The objective is to examine the perceptions and pedagogical content knowledge about history of pre-service primary teachers. The study yielded statistically significant results, which allowed a diagnostic about the professional competence of future primary teachers. Quantitative methods have been employed, and their use in an exploratory study is justified. The findings show that a majority of participants identify themselves, formally, with a model of critical teacher, who should use active teaching strategies and promote ethical values related to social justice. This formal stance stands in contrast with a) their implicit teaching models, more traditional in their theoretical and methodological conceptions; and b) with their selection of contents and practices in order to achieve an education coherent with the model formally endorsed. The discussion suggests the need for improvement in teacher’s education, establishing direct connections with the practicum in primary classrooms. We propose a teacher education model based on reflection about practice from practice, connected to theory, in order to educate competent primary teachers. <![CDATA[Artefato da cultura escolar e mercadoria: a escolha do livro didático de Física em análise]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-40602019000200173&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt RESUMO Apresentam-se resultados de pesquisa qualitativa cujo objetivo foi identificar de que modo os eixos analíticos da cultura escolar, da produção cultural e do mercado estão articulados num processo de escolha e apropriação de livros didáticos por professores de Física, brasileiros e portugueses, que atuam na educação básica. Dividida em duas etapas, a pesquisa contou com aplicação de questionários e realização de entrevistas semiestruturadas, sendo as informações obtidas analisadas com base nos procedimentos da Análise de Conteúdo. Os resultados indicaram que os professores escolhem seus livros didáticos a partir de uma combinação desses eixos. Desse modo, a escolha constitui-se em um processo complexo de produção de sentidos e significados, construída ao longo da atividade docente e culminando na indicação de um livro didático que melhor representa as expectativas dos professores com relação a esses eixos e em face do contexto social, econômico e cultural.<hr/>ABSTRACT We present the results of a qualitative research which aimed at identifying how the analytical axes of school culture, cultural production and of the market are connected during the selection and usage processes of choosing and using physics textbooks performed by Brazilian and Portuguese teachers working with Basic Education. Divided into two stages, the research was carried out by applying questionnaires and conducting semi-structured interviews, and the information gathered was analyzed based on Content Analysis procedures. The results indicated that the teachers choose their textbooks based on a combination of these axes. The selection is performed through a complex production process of senses and meanings, developed throughout teaching activities and culminating on the indication of one textbook which best matches the expectations of teachers regarding these aspects in connection to social, economic and cultural contexts. <![CDATA[Educação escolar quilombola no Brasil: uma análise sobre os materiais didáticos produzidos pelos sistemas estaduais de ensino]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-40602019000200193&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt RESUMO O presente artigo tem como objetivo analisar materiais didáticos de Educação Escolar Quilombola (EEQ) da Educação Básica, produzidos especificamente por diferentes sistemas de ensino estaduais no país, confrontando-os com as Diretrizes Curriculares Nacionais (DCN). O trabalho é resultante de pesquisa de pós-doutoramento em Educação pela Universidade Federal do Amapá (UNIFAP), que ocorreu em âmbito nacional no período de 20 de outubro de 2017 a 20 de outubro de 2018. Trata-se de uma pesquisa quali-quantitativa documental reflexiva a partir dos estudos de Minayo (2008), Fonseca (2002), Melucci (2005), Bardin (2002), Larchert e Oliveira (2013), Bittencourt (2007), entre outros. Os resultados da pesquisa apontam que os materiais didáticos analisados apresentaram uma discussão muito restrita e vaga sobre as categorias de análise escolhidas (conceituação de quilombo; cultura e tradições; mundo do trabalho; terra e território; oralidade e memória), limitando-se, muitas vezes, a abordagens superficiais sobre a historiografia do negro no Brasil. Os resultados apontam ainda que esses materiais didáticos produzidos pelos sistemas de ensino estaduais no país atendem, em parte, aos princípios de uma EEQ de qualidade conforme sugerido pelas DCN (2004), deixando, porém, de observar parte dos fundamentos instituídos nas DCN da EEQ (2012). Além disso, são materiais incipientes com pouca visibilidade e/ou participação das comunidades quilombolas na elaboração e/ou produção desses materiais, assim também como são deficientes na demonstração das variedades e diversidades étnicas dos quilombos existentes em nosso país.<hr/>ABSTRACT This article aims at analyzing didactic materials of Quilombola Elementary School Education (EEQ) of Basic Education produced specifically by educational systems of different states of the country, confronting them with the National Curricular Guidelines (DCN). The work is the result of a postdoctoral research in Education by the Federal University of Amapá (UNIFAP), which took place nationwide in the period of October 20, 2017 to October 20, 2018. It is a qualitative and quantitative documentary reflective research of the studies of Minayo (2008), Fonseca (2002), Melucci (2005), Bardin (2002), Larchert and Oliveira (2013), Bittencourt (2007), among others. Additionally, the results of the research show that the didactic materials analyzed presented a very restricted and vague discussion about the categories of analysis chosen (conceptualization of quilombo, culture and traditions, work possibilities, land and territory, orality and memory), being limited to superficial approaches of the historiography of the Negro in Brazil. The results also pointed out that these didactic materials produced by state educational systems in the country meet, in part, the principles of a quality EEQ as suggested by the DCN (2004), however fail to observe some of the foundations established in the EE (2012). In addition, they are incipient materials with poor visibility and/or small participation of quilombola communities in the elaboration and/or production of these materials, as well as deficient in the demonstration of the varieties and ethnic diversities of quilombos in our country. <![CDATA[As mudanças nas formas de gestão escolar no contexto da nova gestão pública no Brasil e em Portugal]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-40602019000200213&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt RESUMO O artigo tem como objetivo analisar, no contexto de redefinição do papel do Estado, as mudanças nas formas de gestão escolar que foram sendo incorporadas na legislação educacional no Brasil e em Portugal, nas últimas décadas. São países com trajetórias distintas quanto à função do Estado na garantia do direito à educação, às políticas de democratização da educação e à institucionalização da gestão democrática nas escolas, no entanto são países que experimentaram longos períodos de regimes autoritários. A investigação apoia-se na literatura nacional e internacional sobre o tema e em fontes documentais, tomando-se como referência a Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (LDB) de 1996, no Brasil, e a Lei de Bases do Sistema Educativo (LBSE) de 1986, em Portugal. O pressuposto é que essas mudanças nos normativos legais provocam uma ruptura no princípio da gestão democrática instituído na Constituição da República Federativa do Brasil de 1988 e na Constituição da República Portuguesa de 1976, com a ascensão de um modelo de gestão escolar centrado na eficácia e na eficiência, com fundamento na Nova Gestão Pública.<hr/>ABSTRACT The paper aims to analyze, in the context of redefinition of State’s role, the changes in the forms of school management that have been incorporated in the educational legislation in Brazil and Portugal in the last decades. They are countries with different trajectories regarding the role of the State in guaranteeing the right to education, policies for the education democratization, and the democratic management institutionalization in schools. However, these countries have experienced long periods of authoritarian regimes. The research is supported by the national and international literatures on the subject and in documentary sources, taking as reference the Law of Guidelines and Bases of National Education (LDB) of 1996 in Brazil and the Basic Education System Law (LBSE) of 1986, in Portugal. The assumption is that these changes in legal norms cause a rupture in the principle of democratic management instituted in the Constitution of the Federative Republic of Brazil of 1988 and in the Constitution of the Portuguese Republic of 1976, with the rise of a school management model focused on effectiveness and efficiency, based on the New Public Management. <![CDATA[O trabalho biográfico como fonte de aprendizado: autoeducação e fenomenologia de Goethe]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-40602019000200233&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt RESUMO Este artigo apresenta a proposta do trabalho biográfico como processo de pesquisa e aprendizado. O sujeito imerso em sua própria história de vida realiza uma autotransformação ao intensificar suas forças cognitivas, afetivas e volitivas. O trabalho biográfico revela uma ampla diversidade de aplicação na educação ao pesquisar a biografia do processo educacional, a biografia do aprendizado, a biografia do desenvolvimento próprio, a biografia das ameaças e impasses vividos, a biografia da evolução da personalidade. A fenomenologia de Goethe serve como embasamento metodológico para a pesquisa biográfica, porque trabalha com a transdisciplinaridade e permite uma abordagem no nível da complexidade da biografia humana. A fenomenologia goethiana é uma postura investigativa com o intuito de descobrir padrões típicos e tendências na existência humana, permitindo ao sujeito realizar um processo de autotransformação para a formação da própria identidade.<hr/>ABSTRACT This article presents the proposal of biographical work as a process of research and learning. The subject immersed in their own life history performs a self-transformation by intensifying their cognitive, emotional, and volitional forces. The biographical work reveals a wide diversity of application in education through researching the biography of the educational process, the biography of the learning, the biography of the own development, the biography of the threats, the biography of the evolution of the personality. Goethe's phenomenology serves as a methodological basis for biographical research, because it works with transdisciplinarity and allows an approach at the level of the complexity of human biography. Goethian phenomenology is an investigative stance which aims to discover typical patterns and trends in human existence, allowing the subject to perform a process of self-transformation for the formation of one's own identity. <![CDATA[Políticas educativas públicas e sexualidades no Chile pós-ditadura: opacidades e hipervisibilidades de sujeitos LGTBI]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-40602019000200251&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt RESUMEN Una vez acabada la dictadura cívico-militar en Chile, progresivamente los distintos gobiernos comenzaron a prestar interés a la necesidad de una formación educativa a nivel sexual. No obstante, los enfoques que han dominado socialmente se relacionan con una transmisión heteronormativa de la sexualidad y, además, sujeta a marcos conservadores y una comprensión biologicista de las relaciones interpersonales. A partir de un análisis discursivo1 del conjunto de leyes y directrices públicas en la educación entre los años 1990 y 2017, se visualiza cómo la diversidad sexual emerge como un constructo social que se pone en juego a partir de la opacidad/visibilidad de sus diferencias, y cómo se puede trazar la inclusión de derechos LGTBI en cuatro momentos históricos: uno inicial, con una política institucional del silencio sobre la temática; uno segundo, donde se instaura un marco general entorno a los programas educativos con alusiones generalistas sobre la orientación e identidad sexual, uno tercero, donde se evidencia una cierta disputa cultural con tintes moralistas y conservadores, y uno último, donde asistimos a una hipervisibilidad identitaria a respecto de sexualidades no heterosexuales.<hr/>RESUMO Uma vez que a ditadura civil-militar no Chile acabou, vários governos gradualmente começaram a desenvolver interesse à necessidade de formação educacional a nível sexual. No entanto, as abordagens que têm dominado se relacionam socialmente com uma transmissão de sexualidade heteronormativa, e também sujeita a estruturas conservadoras e compreensão biologicista das relações interpessoais. A partir de uma análise discursiva de todas as leis e diretrizes públicas de educação entre 1990 e 2017, mostra-se como a diversidade sexual surge como uma construção social que entra em jogo a partir da opacidade/visibilidade de suas diferenças e como a inclusão dos direitos LGTBI pode ser traçada em quatro momentos históricos: um inicial, com uma política institucional de silêncio sobre o assunto; um segundo, no qual um quadro geral que defina programas educacionais com alusões gerais à orientação sexual e identidade de gênero, um terceiro, no qual uma certa disputa cultural com tons moralistas e conservadores, e um último, no qual se assiste a uma hipervisibilidade identitária sobre sexualidades não heterossexuais.<hr/>ABSTRACT Once the civil-military dictatorship had come to its end in Chile, the following governments progressively began to pay attention to the need for an educational formation regarding sexuality. However, the predominant social approach to sexuality has been of a hetero-normative character, bound to the conservative spectrum and a biologic approach to interpersonal relations. Based on the discourse analysis of the set of laws and public guidelines on education in force between 1990 and 2017, it is possible to see how sexual diversity emerges as a social construct that comes into play based on the secrecy/visibility of its differences. Also, the inclusion of LGTBI rights can be traced back to four historic moments: an initial one, when there was a policy of institutional silence on the topic; a second one, when a general framework is established for educational programs with generalist references regarding sexual orientation and identity; a third one, when it is possible to discern a certain cultural dispute based on moralist and conservative perspectives; and a final one, where hyper-visibility of non-heterosexual sexualities takes force. <![CDATA[Protagonismo infantil: um estudo no contexto de instituições dedicadas à educação da primeira infância em Bolonha]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-40602019000200271&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt RESUMO Neste artigo, nosso objetivo é pensar sobre alguns modos como o protagonismo de crianças vinculadas à educação infantil tem sido potencializado a partir dos espaços a elas disponibilizados e a partir da atuação docente junto a elas. Para tanto, foram realizadas observações em instituições educacionais da cidade de Bolonha (Itália) que atendem exclusivamente crianças pequenas. Além disso, foram consultados alguns materiais de divulgação das suas propostas pedagógicas. Analiticamente, operamos - em especial - com os conceitos de Pedagogia da Infância e de Pedagogia do Cotidiano (OLIVEIRA-FORMOSINHO e FORMOSINHO, 2007; BARBOSA, 2010; CARVALHO e FOCHI, 2016; 2017). Os resultados apontaram que tanto a organização do espaço como a atuação das docentes das escolas observadas incentivam a construção da autonomia e da independência das crianças, ou seja, elas são as principais protagonistas de seus processos de desenvolvimento e de aprendizagem.<hr/>ABSTRACT In this article, our objective is to consider some ways in which the protagonism of children linked to early childhood education has been enhanced through the spaces available to them, and the teaching activity in which they are integrated. As such, educational institutions in the city of Bologna (Italy) that exclusively attend small children were the subjects of observation. In addition, some materials publicizing their pedagogical proposals were consulted. Analytically, we particularly operate with the concepts of an Everyday Life (OLIVEIRA-FORMOSINHO et al., 2007; BARBOSA, 2010; CARVALHO e FOCHI, 2016; 2017). The results indicated that, in the observed schools, both spacial organization and teacher performance encourage the construction of autonomy and independence in the children, i.e., they are the main protagonists of their own development and learning processes. <![CDATA[Leituras de si: saberes docentes e história de vida de formadores de professores]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-40602019000200291&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt RESUMO Este ensaio trata da natureza dos saberes docentes de formadores de professores do Campus Universitário de Castanhal/UFPA por meio de histórias de vida. Objetivou-se analisar como se constituem os formadores de professores e como eles engendram e percebem a natureza e a mobilização de seus saberes docentes na prática formadora. Foram utilizadas três histórias de vida para desvelar os saberes vividos, construídos, partilhados e refletidos na docência. O tratamento dos episódios narrativos deu-se à luz da metodologia biográfica, utilizando-se a história de vida temática de espaços e tempos formativos, numa análise interpretativa. Os resultados apontaram que os saberes docentes fecundam e se desenvolvem na trajetória formativa do professor, abrangendo a dimensão pessoal e profissional de sua vida, compondo assim sua história numa leitura crítica de si.<hr/>ABSTRACT This essay deals with the nature of the teaching knowledge of teacher trainers of the University Campus of Castanhal/UFPA through life histories. The objective was to analyze how the teacher educators are constituted and how they generate and perceive the nature and mobilization of their teacher knowledge in the training practice. Three life histories were used to unveil the lived, constructed, shared and reflected knowledge in teaching. The treatment of the narrative episodes occurred in the light of the biographical methodology, using the thematic life history of spaces and formative times, in an interpretative analysis. The results showed that teacher knowledge fecundates and develops in the formative trajectory of the teacher, covering the personal and professional dimension of his life, thus composing his history in a critical reading of himself. <![CDATA[A fotografia na experiência educativa de professores: do olhar e das interpretações]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-40602019000200309&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt RESUMO Este texto desenvolve um método para pensar a educação como experiência educativa (CONTRERAS; PÉREZ, 2010) com uso da fotografia. Tal elaboração se dá no campo da Pedagogia, sob uma perspectiva inspirada na filosofia (BENJAMIN, 1986; 2012; GADAMER, 2013; ARENDT, 2013), com referentes da fotografia pela dimensão estética (BARTHES, 1980; DUBOIS, 1998; VÁZQUEZ, 2005). Tem como objetivo discutir o constructo teórico de um método que utiliza a fotografia para pensar a experiência educativa de professores. Desenvolve a ideia do sujeito que observa a imagem como receptor e elemento determinante à sua compreensão, situado temporal e espacialmente no decurso do processo histórico, identifica algo no horizonte do vivido observado com o que pode estabelecer diálogo. Apresenta a fotografia como instrumento à análise interpretativa da realidade pelo encontro de horizontes, entendida enquanto objeto da cultura que expressa uma visão sobre a realidade e se constitui em aparato de observação pela possibilidade de gerar interpretações decorrentes daquilo que afeta o sujeito receptor da imagem. Ao interpretar o que vê na fotografia como indícios da prática educativa, o observador aciona sua experiência educativa e realiza o exercício de pensar sobre o vivido e evidenciado na imagem. Destaca-se que a fotografia não constitui mera representação dos referentes que evidencia, mas, enreda mundos em relação, de uma perspectiva histórica e estética.<hr/>ABSTRACT This text develops a method to think of education as an educational experience (CONTRERAS; PÉREZ, 2010) with the use of photography. This elaboration takes place in the field of Pedagogy from a perspective inspired by philosophy (BENJAMIN, 1986, 2012, GADAMER, 2013, ARENDT, 2013) with references to photography by the aesthetic of dimension. It aims at discussing the theoretical construct of a method that uses photography to think about the educational experience of teachers. It develops the idea of the subject who observes the image as a receptor and determinant element to its comprehension, situated temporally and spatially in the course of the historical process, identifying something in the horizon of lived observed with what can establish dialogue. It presents photography as an instrument to the interpretative analysis of reality through the encounter of horizons, understood as an object of culture that expresses a vision about reality and constitutes an apparatus of observation for the possibility of generating interpretations arising from what affects the subject receiving the image. In interpreting what they see in the photograph as evidence of educational practice, the observer activates their educational experience and carries out the exercise of thinking about what is lived and evidenced in the image. It is emphasized that photography is not merely a representation of the referents that are in evidence, but it entangles worlds in relation from a historical and aesthetic perspective. <![CDATA[Qualidade da Educação Infantil: avaliação em rede e monitoramento regional - Entrevista com Antonio Gariboldi]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-40602019000200329&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt RESUMO Nesta entrevista, Antonio Gariboldi, pesquisador e professor italiano da Università Degli Studi di Modena e Reggio Emilia, na Emilia Romagna, expõe suas pesquisas e relata a assessoria que prestou para redes italianas, municipais e regionais de educação. Seu trabalho é centrado na avaliação e se desenvolveu a partir da criação de um sistema regional de monitoramento de qualidade educativa dos serviços para a primeira infância e da organização de contextos educativos. Gariboldi fala, também, sobre atividades formativas, muitas vezes, realizadas na forma de pesquisa-ação. Sou muito grata à mediação inicial da pesquisadora Donatella Savio, da Università Degli di Studi di Pavia, que possibilitou meu encontro com o Professor Antonio Gariboldi, no período que estive na Itália para pós-doutoramento. Também agradeço ao professor pela atenção e recepção desde os primeiros contatos até o encontro presencial nas dependências da UNIMORE em Reggio Emilia.<hr/>ABSTRACT In this interview, Antonio Gariboldi, an Italian researcher and professor at the Università Degli Studi di Modena e Reggio Emilia in Emilia Romagna, presents his research and reports the advisory he provided to Italian, municipal and regional education networks. His work is centered in the evaluation and it was developed from the creation of a regional system for monitoring of educational quality of the services for the infancy and the organization of educative contexts. Gariboldi also speaks about formative activities, often carried out in the form of action research. I am very grateful for the initial mediation of the researcher Donatella Savio, from the Università Degli di Studi di Pavia, who made my meeting with Professor Antonio Gariboldi possible, in the period I was in Italy for postdoctoral studies. I also thank the teacher for the attention and reception from the first contacts to the face-to-face meeting at the UNIMORE premises in Reggio Emilia.