Scielo RSS <![CDATA[Opinião Pública]]> http://www.scielo.br/rss.php?pid=0104-627620140003&lang=en vol. 20 num. 3 lang. en <![CDATA[SciELO Logo]]> http://www.scielo.br/img/en/fbpelogp.gif http://www.scielo.br <![CDATA[Determinantes do voto no primeiro turno das eleições presidenciais brasileiras de 2010: uma análise exploratória]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-62762014000300311&lng=en&nrm=iso&tlng=en O objetivo deste artigo é avaliar o efeito de um conjunto de variáveis no voto dos principais candidatos (Dilma Rousseff, José Serra e Marina Silva) e nos votos nulos e em branco no primeiro turno das eleições presidenciais brasileiras de 2010. A pesquisa é baseada nos resultados do Estudo Eleitoral Brasileiro (Eseb-2010). Para análise dos dados foi utilizado um modelo de regressão logística multinomial, cujos resultados são também apresentados por intermédio de gráficos com as probabilidades preditas do voto segundo algumas variáveis. Entre as variáveis selecionadas, a escolaridade, a região, a religião, a preferência partidária, o autoposicionamento na escala esquerda-direita e a avaliação de governo foram as que apresentaram diferenças na votação obtida pelos candidatos. Por outro lado, o sexo, a idade e a participação no programa Bolsa Família tiverem reduzido impacto nessa votação.<hr/>The objective of this article is to examine the effect of a set of variables on the vote of the main candidates (Dilma Rousseff, José Serra and Marina Silva), and on invalid votes in the first round of Brazilian presidential elections in 2010. The research is based on the results of "Estudo Eleitoral Brasileiro" (Brazilian Electoral Study) conducted in 2010. The data was analysed using a multinomial logistic regression model, whose results are also presented through graphics with the predicted probability. Among the selected variables, education, region, religion, party preference, self-positioning in the left-right scale and evaluation of government showed the most significant differences between the candidates. On the other hand, sex, age, and participation in the "Bolsa Família" program have limited impact on the differentiation of candidates. <![CDATA[Uso estratégico de eleições alternadas? Efeitos da candidatura para prefeito sobre a votação dos concorrentes ao cargo de deputado federal no Brasil]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-62762014000300326&lng=en&nrm=iso&tlng=en Este artigo analisa o uso de candidaturas para cargos mais altos, não só como evidência de ambição progressiva, mas também como fonte de benefícios eleitorais para o candidato. O argumento é que eleições alternadas para cargos nos diferentes níveis no sistema federativo permitem que até mesmo candidatos que perderam disputas por prefeituras tirem proveito da cobertura da campanha mais tarde na corrida por uma vaga na Câmara dos Deputados. A hipótese de que esse retorno eleitoral existe é testada por meio de modelos lineares e de máxima verossimilhança, usando dados das eleições para deputado federal em 2010, tendo em conta o desempenho dos candidatos em 2006 e se eles concorreram ou não para prefeito em 2008. Os resultados mostram que há ??benefícios eleitorais consideráveis para o candidato, mesmo para aqueles que perderam eleições para prefeito.<hr/>This article analyzes the use of candidacies for higher political offices, not only as evidence of progressive ambition, but also as a source of electoral benefits for the candidate. The argument is that alternating elections for different level positions in the federative system permit that even candidates who lost in mayoral races to take advantage of campaign coverage later in the race for a seat in the Chamber of Deputies. The hypothesis that this electoral return exists is tested by applying linear and maximum likelihood models on data from Brazilian federal deputy elections in 2010, taking into account their performance in 2006 and whether or not they ran for mayor in 2008. Results show that there are considerable late electoral benefits even for those who lost mayoral elections. <![CDATA[Classificando ocupações prévias à entrada na política: uma discussão metodológica e um teste empírico]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-62762014000300346&lng=en&nrm=iso&tlng=en O artigo propõe uma discussão sobre definição, classificação e mensuração de posições sociais de origem para o estudo do recrutamento de elites políticas. Para tanto, apresenta diferentes estratégias teórico-metodológicas para enquadrar a variável "ocupação prévia à carreira parlamentar" e sugere a pertinência de um critério mais analítico que sociográfico na codificação das profissões daqueles que postulam ingressar no mundo político. Sustenta-se que o recrutamento político pode ser mais bem apreendido por meio de uma tipologia que leve em conta não apenas variáveis institucionais, mas, na linha sugerida por Max Weber, variáveis econômicas e sociais. No teste empírico dos critérios propostos neste artigo, foram utilizados dados sobre candidatos a deputado federal no Brasil em 2006 e 2010 para simular o rendimento de uma classificação alternativa. Essa classificação está baseada em três parâmetros: 1) a flexibilidade da carreira profissional do candidato (tempo livre e autonomia financeira), 2) a importância dessa ocupação numa dada comunidade (status social) e 3) sua afinidade prévia com os valores e as práticas do mundo político. O resultado revelou que clivagens sociais e clivagens de gênero podem ser reforçadas pelo tipo de atividade profissional exercida previamente pelos candidatos a parlamentar antes mesmo que filtros institucionais produzam seus efeitos.<hr/>This article brings forward a discussion regarding the definition, classification, and measurement of social positions of origin for research on political elite recruitment. To this end we present several theoretical and methodological strategies to establish the variable "occupation prior to a parliamentary career" and argue in favor of a more analytical criterion than a sociographic one when coding the occupations of those who consider entering the political world. The argument that follows considers that political recruitment could be better apprehended by means of a typology that takes into account not only institutional variables but also, as suggested by Max Weber, social and economic variables. For the empirical test concerning the proposed criteria the data is based on candidates for a federal deputy seat in 2006 and 2010 so as to simulate the efficiency of an alternative classification. This classification is based on three parameters: 1) the flexibility of the candidate's professional career (free time and financial autonomy), 2) the importance of this occupation in a given community (social status) and 3) the candidate's previous affinities with the values and practices of the political world. The results revealed that social cleavages as well as gender cleavages may be enhanced due to the type of professional activity previously exerted by the political candidates even before institutional filters yield their effects. <![CDATA[Políticas de ação afirmativa e o experimento de listas: o caso das cotas raciais na universidade brasileira]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-62762014000300363&lng=en&nrm=iso&tlng=en Neste artigo adotamos uma metodologia de questionamento indireto para medir as opiniões de estudantes da UnB acerca do uso da cor/raça como um critério de admissão à Universidade. Partimos da hipótese de que opiniões sobre políticas afirmativas não são obtidas com confiabilidade em surveys convencionais, pois o grupo não elegível ao benefício (no caso, os estudantes brancos) poderia ocultar uma resposta de oposição por receio de parecer preconceituoso. Esse efeito é conhecido na literatura como efeito da desejabilidade social. Portanto, adotamos uma metodologia que garante privacidade aos respondentes, denominada experimento de listas, para medir as opiniões sinceras dos estudantes acerca do sistema de cotas raciais. Porém os resultados mostraram que o viés nas opiniões ocorreu, de forma inesperada, no grupo de estudantes elegíveis às cotas (afrodescendentes e indígenas). Precisamente, eles apoiaram fortemente o sistema de cotas raciais (68,3%) quando tiveram privacidade nas respostas, mas na pergunta direta demonstraram apenas uma tímida aprovação (29,0%). Chamamos esse efeito de efeito de inibição. Paralelamente, os estudantes brancos não demonstraram nenhum efeito de desejabilidade social, contrariando alguns achados de pesquisas similares nos EUA.<hr/>In this article, we adopt an indirect questioning methodology to measure attitudes toward the use of race as a criterion for admission in Brazilian higher education institutions. We hypothesize that attitudes toward such affirmative action policies cannot be measured by conventional survey questions because non-eligible students - mostly white students - may fear to appear prejudiced by showing opposition to them. This survey effect is known as the social desirability effect. Thus we adopt a list experiment to measure students' sincere attitudes toward the race-based quota admission system. We find that white students do not over-report their approval of racial quotas in university admissions. But, the results show that quota eligible students, Afro and indigenous Brazilians, tend to overwhelmingly under-report their approval of race quotas. Specifically, eligible students strongly approve of the racial quota system (68.3%) when provided privacy in their responses, but publicly voice only timid approval of it (29.0%). We label this effect as the inhibition effect. Moreover, we did not find a social desirability effect among white students, contrasting with some previous findings in the U.S. <![CDATA[A identificação de enquadramentos através da análise de correspondências: um modelo analítico aplicado à controvérsia das ações afirmativas raciais na imprensa]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-62762014000300377&lng=en&nrm=iso&tlng=en Embora o conceito de enquadramento venha sendo intensivamente utilizado nos estudos de mídia, parece unânime a opinião de que seu emprego ainda é fluido demais para fundar um paradigma teórico. Contribui para isso a informalidade metodológica característica das rotinas tradicionalmente usadas para a identificação de enquadramentos. Diante dessa lacuna, este artigo propõe um protocolo para a identificação de enquadramentos midiáticos a partir da combinação de Programas Computacionais de Codificação Assistida de Dados Qualitativos (Caqdas, na sigla anglófona) com a técnica da Análise de Correspondências. Tal combinação permite explicitar os critérios que validam uma dada tipologia de enquadramentos sem, contudo, automatizar todo o processo. Para exemplificar os ganhos heurísticos dessa técnica, ela é aplicada a um corpus de textos sobre as ações afirmativas raciais nas universidades brasileiras publicados nos dois principais jornais brasileiros.<hr/>The concept of framing is intensively used in media studies. However, it is usually employed in a fractured way. In despite of its semantics inaccuracy, also contributes to these problems the lack of formal routines to identify media-frames. This article proposes a routine to framing identification based on the combination between Computer-Assisted Qualitative Data Analysis Software (Caqdas) and Correspondence Analysis techniques. Such mixed method could clarify the formalization of media-frames without mechanizing the full process. To exemplify the usefulness of this technique, it's applied to a corpus of journalistic texts about the affirmative action in Brazil. <![CDATA[Enquadramentos midiáticos e sua influência sobre a consolidação de direitos de crianças e adolescentes]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-62762014000300407&lng=en&nrm=iso&tlng=en Este artigo traz uma contribuição à compreensão do percurso de reconhecimento dos direitos de crianças e adolescentes no Brasil, no qual têm sido observadas representações simbólicas que, com frequência, são criadas, modificadas ou popularizadas pelas diversas mídias. Foram pesquisados com análise de enquadramento os jornais impressos de maior circulação no estado de São Paulo em um período após quase 20 anos de vigência do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA). Os resultados sugerem que o ECA enfrenta obstáculos à sua consolidação, na forma de coberturas jornalísticas superficiais e fragmentadas de acontecimentos que deveriam ser contextualizados em relação às políticas públicas da área e seu específico entendimento de causas possíveis e soluções cabíveis.<hr/>This article brings a contribution to the comprehension of the path of recognizing the rights of children and adolescents in Brazil, in which there have been seen symbolic representations that often are created, modified or popularized by the media. Newspapers with the largest circulation in the state of São Paulo in a period after almost 20 year of the Statute of the Child and Adolescent (ECA) coming into force were investigated with framing analysis. Results suggest that the ECA faces obstacles to its consolidation, in the form of superficial and fragmented media coverage of events that should be contextualized in relation to public policies and their specific understanding of causes and possible solutions applicable. <![CDATA[Explicando os efeitos de programas de socialização política: a experiência do Parlamento Jovem no Brasil]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-62762014000300425&lng=en&nrm=iso&tlng=en O presente artigo investiga, de forma sistemática, as mudanças geradas por programas de educação cívica em seus participantes, oferecendo uma visão integrada dos condicionantes e dos padrões de efeito resultantes. Nossas principais conclusões são: 1) valores são mais resistentes à mudança do que a motivação, o conhecimento político e as atitudes diante de instituições políticas; 2) os ganhos cognitivos e mudanças atitudinais ocorrem com maior intensidade quando o objeto pertence ao universo familiar da experiência; 3) os efeitos sobre a participação política não se manifestam no presente, mas os dados indicam a propensão a maior participação na vida adulta; 4) a qualidade do programa e a motivação do participante condicionam a influência dos demais fatores. O objeto de estudo é o Parlamento Jovem mineiro, em sua edição de 2008. O desenho da nossa pesquisa segue a lógica da pesquisa quase experimental (Campbell; Stanley, 1979). A partir de uma amostra não aleatória, foram realizadas, em 2008, duas rodadas de um survey, com 670 entrevistas, sendo 335 antes e 335 após o programa, das quais 167 com participantes e 168 com não participantes.<hr/>This article investigates systematically the changes generated by civic education programs on its participants, offering an integrated view of the determinants and the resulting effect patterns. Our main conclusions are: 1) values ??are more resistant to change than motivation, political knowledge and attitudes towards political institutions; 2) cognitive gains and attitudinal changes are more likely to occur (and with greater intensity) when the object belongs to the universe of experience related to the program; 3) effects on political participation do not occur in the present, but the data indicate a propensity latter in adult life; 4) very often, the quality of the program and the motivation of the participant determine the influence of other factors. The object of study is the Youth Parliament mineiro, in its 2008 edition. Our research design follows the logic of quasi-experimental research (Campbell; Stanley, 1979). In 2008, a non-random sample of 670 participants completed two rounds of interviews, 335 before and 335 after the program. We interviewed 167 participants and 168 non-participants. <![CDATA[Mudanças e continuidades no movimento de direitos humanos: padrões organizacionais, relacionais e discursivos]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-62762014000300450&lng=en&nrm=iso&tlng=en Este artigo avalia as mudanças no padrão de ação coletiva de um movimento social decorrente dos efeitos de seu engajamento em instituições participativas de elaboração de políticas públicas, considerando três dimensões interdependentes - organizacional, relacional e discursiva. Os efeitos institucionais no movimento social são examinados a partir do estudo de caso do Centro de Defesa de Direitos Humanos da Serra (CDDH), localizado na região metropolitana do Espírito Santo, no contexto pós-1990, mediante instrumentos do método qualitativo e quantitativo. A correlação entre o engajamento institucional do movimento e as mudanças verificadas no seu padrão de ação coletiva apresenta efeitos de complexificação da estrutura organizacional, pluralização da rede de relações sociais e discurso de cooperação e contestação na interação sociedade-Estado.<hr/>This article assesses changes in the pattern of collective action of social movement arising of the effects of their engagement in participatory institutions of policy-making, considering three interdependent dimensions - organizational, relational and discursive. Institutional effects in the social movement are examined from the case study of the Center for the Defense of Human Rights of Serra, located in the metropolitan area of Espírito Santo, after 1990 through qualitative and quantitative method. The correlation between the institutional engagement of the movement and the changes in the pattern of collective action has effects of complexification organizational, pluralization of social network, and cooperation and contestation discourse in the society-state interaction. <![CDATA[El enfoque de la gobernanza y su recepción en el marco gubernativo actual de las sociedades latinoamericanas]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-62762014000300480&lng=en&nrm=iso&tlng=en Se abordan en este artículo la gobernanza y las transformaciones que supone en la concepción de lo público desde una perspectiva institucional. Para ello se hace un acercamiento al concepto de gobernanza desde los distintos autores que la han defendido, discutiendo sus características diferenciadoras con respecto a la administración tradicional de lo público en el estado moderno. Así mismo, se propone un análisis de las principales discusiones de la perspectiva institucional, con respecto a los cambios en la trama de lo público y de la arena política que suscita el enfoque de la gobernanza, para concluir con unas reflexiones, en general, sobre el proceso gubernativo en América Latina.<hr/>Governance and the transformations involved in the conception of the public from an institutional perspective are addressed in this article. With this aim, an approach to the concept of governance from various authors is realized, arguing its distinguishing features with respect to the traditional public management in the modern state. Likewise, an analysis of the main arguments of the institutional perspective, with respect to changes in the public and political arena that the raises the governance approach is proposed, to conclude with some reflections, in general, about the governmental process in Latin America. <![CDATA["The Americano Dream" ou "The American Dream": o debate contemporâneo sobre a imigração de mexicanos para os Estados Unidos]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-62762014000300496&lng=en&nrm=iso&tlng=en Neste artigo resenho o debate acadêmico suscitado nos Estados Unidos por causa dos argumentos de Huntington sobre a imigração hispânica, sobretudo a de mexicanos, para este país. Em suas obras "The Hispanic challenge" e Who are we?, Huntington argumenta que, por razões demográficas e políticas, os imigrantes mexicanos não se assimilariam ao core culture norte-americano fundado nos valores anglo-protestantes, o que dividiria os EUA em dois povos, duas culturas e duas linguagens. As pesquisas empíricas aqui resenhadas que testaram os argumentos empíricos de Huntington os negaram e os críticos teóricos destes concebem que eles são doutrinários porque expressam uma ideologia settler, bem como manifestam a teoria do conflito do pluralismo cultural e a do colonianismo interno.<hr/>In this article I review the academic debate generated in the United States from the Huntington's arguments about Hispanic immigration, especially Mexicans, for this country. In his works "The Hispanic challenge" and Who are we?, Huntington argues that for demographic and political reasons Mexican immigrants not assimilate to American culture founded on the core Anglo-Protestant values??, which will divide the United States into two peoples, two cultures and two languages?? Empirical studies that tested here the empirical Huntington's arguments denied them and the critical theorists conceive them doctrinal, because express a settler ideology and manifest conflict theory of cultural pluralism and the internal colonialism. <![CDATA[Encarte de dados: Opinião sobre questões de segurança pública e comportamento social]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-62762014000300523&lng=en&nrm=iso&tlng=en Neste artigo resenho o debate acadêmico suscitado nos Estados Unidos por causa dos argumentos de Huntington sobre a imigração hispânica, sobretudo a de mexicanos, para este país. Em suas obras "The Hispanic challenge" e Who are we?, Huntington argumenta que, por razões demográficas e políticas, os imigrantes mexicanos não se assimilariam ao core culture norte-americano fundado nos valores anglo-protestantes, o que dividiria os EUA em dois povos, duas culturas e duas linguagens. As pesquisas empíricas aqui resenhadas que testaram os argumentos empíricos de Huntington os negaram e os críticos teóricos destes concebem que eles são doutrinários porque expressam uma ideologia settler, bem como manifestam a teoria do conflito do pluralismo cultural e a do colonianismo interno.<hr/>In this article I review the academic debate generated in the United States from the Huntington's arguments about Hispanic immigration, especially Mexicans, for this country. In his works "The Hispanic challenge" and Who are we?, Huntington argues that for demographic and political reasons Mexican immigrants not assimilate to American culture founded on the core Anglo-Protestant values??, which will divide the United States into two peoples, two cultures and two languages?? Empirical studies that tested here the empirical Huntington's arguments denied them and the critical theorists conceive them doctrinal, because express a settler ideology and manifest conflict theory of cultural pluralism and the internal colonialism.