Scielo RSS <![CDATA[Horizontes Antropológicos]]> http://www.scielo.br/rss.php?pid=0104-718320110002&lang=pt vol. 17 num. 36 lang. pt <![CDATA[SciELO Logo]]> http://www.scielo.br/img/en/fbpelogp.gif http://www.scielo.br <![CDATA[<b>Apresentação</b>: <b>repensando objetos, arte e cultura material</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-71832011000200001&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt <![CDATA[<b>Desfetichizar para producir valor, refetichizar para producir el colectivo</b>: <b>cultura material en una cooperativa de "cartoneros" del gran Buenos Aires</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-71832011000200002&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Este artículo presenta resultados de una investigación realizada en una cooperativa de "cartoneros" del área metropolitana de Buenos Aires dedicada al reciclado de residuos, focalizando en el análisis de la materialidad de sus prácticas. A partir del análisis etnográfico de las rutas de objetos descartados como "basura" y su posterior apropiación, busco evidenciar los modos en los cuales éstos resucitan en la vida social, cargándose de nuevos sentidos, sosteniendo y/o produciendo nuevos vínculos. Este movimiento de objetos descartados en tránsito da lugar a un complejo proceso social que no solo (re)crea a estas cosas sino también a las personas que entran en vinculación con y a través de ellos. El artículo sostiene que los residuos constituyen objetos material y simbólicamente densos que lejos de representar la fase final del proceso de producción/consumo, juegan un papel importante en la configuración de los vínculos interpersonales que ligan a quienes participan en sus transferencias.<hr/>This article presents results of research conducted in a cooperative of "pickers" of the Buenos Aires metropolitan area dedicated to recycling of waste, focusing on the analysis of the materiality of their practice. Ethnographic analysis of the paths of objects discarded as "rubbish" and its subsequent appropriation, my aim is to demonstrate the ways in which they are raised again in social life, charging new senses, holding and/or producing new social linkages. The movement of this objects discarded in transit results in a complex social process that not only (re)creates these things but also people who come into relationship with and through them. This article argues that waste was material and symbolically dense objects that far from representing the final stage of production/consumption processes, play an important role in shaping interpersonal ties that bind those involved in transfers. <![CDATA[<b>A imagem sagrada na era da reprodutibilidade técnica</b>: <b>sobre santinhos</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-71832011000200003&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Os santinhos são retângulos de papel cujas faces comportam, de um lado, uma imagem de santo (ou santa, ou santos), e, do outro, textos em que se combinam preces e prescrições para utilizá-las corretamente, detalhes da vida do santo, propaganda da gráfica que imprime o material, etc. Em meu artigo procuro trazer algumas reflexões sobre as formas de interação (religiosa ou não) que podem se dar em torno desse compósito texto-imagem, tais como percebidas ao acompanhar sua circulação em trabalho de campo, e uma discussão da simbologia que a eles pode estar associada, a partir de uma interpretação de textos e imagens.<hr/>Santinhos (holy cards, or prayer cards) are small rectangular pieces of paper with a picture of a saint (or several saints) on one side and text on the other: the latter combines prayers and instructions for correct use of the card, details of the saint's life, advertising for the printing house that made the card, and so on. In this article I intend to explore various forms of interaction (religious and otherwise) involving this text-image composite, including those observed during my field research, and a discussion of the symbology frequently associated with the cards, based on an interpretation of both the texts and the images. <![CDATA[<b>La religión como cultura material</b>: <b>socio-génesis de los circuitos editoriales en el mundo católico y evangélico</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-71832011000200004&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt El presente artículo se focaliza en el estudio de la cultura material de la religión, a través del análisis de los espacios de producción de bienes culturales en los circuitos católicos y evangélicos. Nuestro trabajo se encuentra focalizado en la génesis y desarrollo del complejo editorial, explorando el vínculo que se establece entre la religión y la economía. Para ello llevamos adelante entrevistas en profundidad y análisis de documentos de las principales editoriales religiosas de la Argentina.<hr/>The aim of the article is to study the material culture of religion, by analyzing the realms of cultural goods production within the Catholic and evangelical worlds. The research is focused on the genesis and development of publishing companies, exploring the relation between religion and economy. In order to do this we carried out in-depth interviews and document analysis of the main religious publishing companies in Argentina.. <![CDATA[<b>De sujeitos e objetos</b>: <b>um ensaio crítico de antropologia da técnica e da tecnologia</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-71832011000200005&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Os estudos sobre os fenômenos técnicos geralmente centram-se sobre atos e lógicas de produção dos objetos, através de abordagens sistêmicas e a partir da dicotomia Homem/Natureza. Dessa forma, as análises levam à construção de totalidades ontologicamente distintas: por um lado, o mundo sociocultural, por outro, aquele material. Assim, quando se se refere ao Homem, entende-se sociedade, sistema simbólico, etc., enquanto que, por Natureza, aspectos físicos, químicos, etc. Analisando criticamente esse paradigma, o presente artigo busca colocar em evidência seus limites heurísticos, para em seguida apresentar um esboço de proposta analítica alternativa, baseada numa abordagem processual, no entendimento das técnicas a partir de lógicas e práticas de uso, e na superação metodológica da referida dicotomia Homem/Natureza. Assim, aborda os elementos que constituem o cosmo como estando, segundo as circunstâncias, na posição de sujeitos de ação ou de objetos da ação.<hr/>Studies on technical phenomena usually focus on actions and logics of production of objects through systemic approaches and from the dichotomy Man/Nature. Thus, the analysis led to the construction of worlds ontologically distinct: the sociocultural world, on the one hand, and the material world on the other hand. Thus, when it refers to Man, the analyses talk about society, symbolic system, etc., while, when it refers to Nature, aspects such as physics, chemistry etc., are put forward. Critically analyzing this paradigm, this article seeks to highlight its heuristic limits. An outline of an analytical alternative will be presented, which is based on a processual approach that understands the techniques from logics and practices of use. This approach search to overcome methodologically the dichotomy Man/Nature by addressing the elements that constitute the cosmos, which depending on circumstances, is found on the position of subject of action or object of action. <![CDATA[<b>Entre vulgarizações e singularizações</b>: <b>notas sobre a vida social dos balaios</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-71832011000200006&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Partindo de uma reflexão geral sobre os estudos da "cultura material", neste artigo experimento a rentabilidade analítica das formulações teóricas de Igor Kopytoff, autor que sugeriu a pesquisa do que denominou de biografia cultural dos objetos, enfatizando suas fases de vida e as gradações, sobreposições e recorrências de classificações que os vulgarizavam ou singularizavam em determinada sociedade. E, para buscar um diálogo criativo com esse autor, utilizo notas realizadas durante trabalho de campo junto a integrantes do bloco de carnaval Afoxé Filhos de Gandhi do Rio de Janeiro, composto por praticantes do candomblé e que utilizavam ritualmente "balaios" durante um cortejo religioso pelas ruas da cidade chamado Presente de Iemanjá.<hr/>Starting from a general reflection on the study of "material culture", in this article I experiment the analytic profitability of the theoretical formulations of Igor Kopytoff, author who suggested a research of the cultural biography of the objects, emphasizing their life stages and the gradations, overlaps and recurrences of classifications that cause their vulgarization or singularization in a given society. And searching a creative dialogue with this author, I use notes taken during a fieldwork with members of the carnival group Afoxé Filhos de Gandhi of Rio de Janeiro, composed of practitioners of Candomble and who used ritually "baskets" during a religious procession in the streets of the city named Yemanja's Gift. <![CDATA[<b>Da invenção da tradição (ou de como os patrimônios nos inventam)</b>: <b>notas</b><b> sobre a patrimonialização do pastoreio na Espanha</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-71832011000200007&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Buscando dialogar com o conhecimento produzido na antropologia sobre a categoria patrimônio este trabalho se dedica a analisar um processo em curso na Europa, que consiste no esforço de revitalização e preservação de um tipo de pastoreio de ovelhas e cabras, conhecido como transumância. A transumância, típica dos países de clima mediterrâneo, com fortes oscilações térmicas entre o inverno e o verão e que se caracteriza pelo deslocamento dos pastores e rebanhos por longas distâncias, tem sido considerada uma atividade fadada ao desaparecimento na Europa, em razão do número cada vez mais reduzido de pastores. A reflexão sobre o fenômeno de patrimonialização dessa atividade é a proposta deste artigo. A análise da estruturação de um sistema de objetos nesse contexto e a sua atuação na formação de subjetividades, de identidades culturais e afirmação de direitos são objetivos centrais deste trabalho.<hr/>Seeking dialogue with the knowledge produced in anthropology about the category heritage this paper analyzes a process in Europe, which is the effort to revitalize and preserve a type of grazing known as transhumance. The transhumance, typical of countries of the Mediterranean climate, with strong temperature fluctuations between winter and summer, is characterized by the displacement of people with their livestock over long distances. This activity has been considered threatened to disappear in Europe. The reflection on the "patrimonialization" of this activity is the purpose of this article. The analysis of the construction of a system of objects in this context and its role in the formation of subjectivities, cultural identities and assertion of rights are central goals of this work. <![CDATA[<b>A respeito da materialidade do patrimônio imaterial</b>: <b>o caso do INRC Porongos</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-71832011000200008&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt O colecionamento e a conservação de "bens culturais" vêm ganhando em complexidade pela inclusão de temas oriundos de minorias étnicas e econômicas. Apesar do consenso relativo ao conceito de patrimônio cultural proposto pela Unesco, a definição do que deve ser preservado e celebrado como "bem cultural" pode ser objeto de lutas políticas, jurídicas, econômicas e sociais. Visando refletir sobre as consequências dessas lutas, este artigo aborda o processo de inventário de referências culturais em torno do Massacre de Porongos, evento da Revolução Farroupilha (1835-1845) que vem servindo de apoio à configuração de uma identidade negra e gaúcha no Rio Grande do Sul. Segundo os autores, apesar de se apresentar no registro de "patrimônio imaterial", o processo de inventário possibilitou a fabricação de um "corpo" (de textos e imagens) e a delimitação de "lugares" (de memória) a partir dos quais os referentes culturais ditos "imateriais" vêm se inscrever.<hr/>The collection and conservation of "cultural objects" has been gaining in complexity with the inclusion of non-material associations regarding ethnic and economic minorities. Despite the consensus on the concept of cultural heritage proposed by Unesco, the definition of what should be preserved and celebrated as "cultural object" may be subject of political, legal, economic and social struggles. In order to reflect upon the consequences of these struggles, this article discusses the process of inventory of cultural references related to the Porongos Massacre, an event of the Farroupilha's Revolution (1835-1845). These cultural references are serving in the configuration of black people's and gauchos identities. According to the authors, althought relating to the "intangible heritage", the process of inventory has enabled the fabrication of a "body" (text and images) and the definition of "places" (from memory) from which the cultural references so-called "non-material" come subscribe. <![CDATA[<b>A chamada "nova classe média"</b>: <b>cultura material, inclusão e distinção social</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-71832011000200009&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt O presente artigo tem como objetivo apresentar uma discussão sobre a importância do consumo e cultura material para um determinado estrato social. A partir de uma pesquisa realizada sobre ligações clandestinas de energia elétrica, fenômeno sociotécnico de dimensões culturais conhecido por "gatos", residi por oito meses em um bairro popular na região metropolitana do Rio de Janeiro. Como moradora, pude penetrar na vida do bairro e analisar o estilo de vida de um grupo de moradores considerado a elite local, que, àquela época, fazia parte de um contingente mais amplo da população brasileira que estava adquirindo visibilidade pública, sendo denominado pela mídia como "nova classe média". Devido ao aumento da renda, à política de juros baixos e aos financiamentos facilitados a partir do Plano Real, esses "novos consumidores" obtiveram mais acesso a bens duráveis, especialmente eletroeletrônicos, elevando assim seu status perante seus iguais e muitas vezes adequando através de táticas seu novo padrão de consumo. Por meio do consumo, principalmente de carros e eletroeletrônicos, eles almejam inclusão em outro estrato social, as camadas médias urbanas.<hr/>The aim of this article is discussing the importance of consuming and material culture for a determined social strata. In order to carry out research on illegal energy hook-ups, a social and technical phenomenon with a strong cultural dimension, I lived for eight months in a lower-class neighborhood in Greater Metropolitan Rio de Janeiro. As a resident of the neighborhood, I had insider access to the way of life there and was thus able to study the lifestyle of the so-called local elite, who were part of the segment of the Brazilian population increasingly acknowledged by the media as the "new middle class". As a result of increased income, low interest rates and greater access to financing created by the Plano Real, these "new consumers" were now able to purchase durable goods, namely electronics/appliances. This new purchasing power often led to elevated status in relation to their peers as well as to changes in behavior. In purchasing more goods, mainly cars and domestic appliances, this group strives to join another social strata, that of the urban middle class. <![CDATA[<b>Cultura e gastro-anomia</b>: <b>psicopatologia da alimentação cotidiana. </b><b>Entrevista com Claude Fischler</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-71832011000200010&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt O presente artigo tem como objetivo apresentar uma discussão sobre a importância do consumo e cultura material para um determinado estrato social. A partir de uma pesquisa realizada sobre ligações clandestinas de energia elétrica, fenômeno sociotécnico de dimensões culturais conhecido por "gatos", residi por oito meses em um bairro popular na região metropolitana do Rio de Janeiro. Como moradora, pude penetrar na vida do bairro e analisar o estilo de vida de um grupo de moradores considerado a elite local, que, àquela época, fazia parte de um contingente mais amplo da população brasileira que estava adquirindo visibilidade pública, sendo denominado pela mídia como "nova classe média". Devido ao aumento da renda, à política de juros baixos e aos financiamentos facilitados a partir do Plano Real, esses "novos consumidores" obtiveram mais acesso a bens duráveis, especialmente eletroeletrônicos, elevando assim seu status perante seus iguais e muitas vezes adequando através de táticas seu novo padrão de consumo. Por meio do consumo, principalmente de carros e eletroeletrônicos, eles almejam inclusão em outro estrato social, as camadas médias urbanas.<hr/>The aim of this article is discussing the importance of consuming and material culture for a determined social strata. In order to carry out research on illegal energy hook-ups, a social and technical phenomenon with a strong cultural dimension, I lived for eight months in a lower-class neighborhood in Greater Metropolitan Rio de Janeiro. As a resident of the neighborhood, I had insider access to the way of life there and was thus able to study the lifestyle of the so-called local elite, who were part of the segment of the Brazilian population increasingly acknowledged by the media as the "new middle class". As a result of increased income, low interest rates and greater access to financing created by the Plano Real, these "new consumers" were now able to purchase durable goods, namely electronics/appliances. This new purchasing power often led to elevated status in relation to their peers as well as to changes in behavior. In purchasing more goods, mainly cars and domestic appliances, this group strives to join another social strata, that of the urban middle class. <![CDATA[<b>Uma trajetória antropológica</b>: <b>entrevista com Didier Fassin</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-71832011000200011&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt O presente artigo tem como objetivo apresentar uma discussão sobre a importância do consumo e cultura material para um determinado estrato social. A partir de uma pesquisa realizada sobre ligações clandestinas de energia elétrica, fenômeno sociotécnico de dimensões culturais conhecido por "gatos", residi por oito meses em um bairro popular na região metropolitana do Rio de Janeiro. Como moradora, pude penetrar na vida do bairro e analisar o estilo de vida de um grupo de moradores considerado a elite local, que, àquela época, fazia parte de um contingente mais amplo da população brasileira que estava adquirindo visibilidade pública, sendo denominado pela mídia como "nova classe média". Devido ao aumento da renda, à política de juros baixos e aos financiamentos facilitados a partir do Plano Real, esses "novos consumidores" obtiveram mais acesso a bens duráveis, especialmente eletroeletrônicos, elevando assim seu status perante seus iguais e muitas vezes adequando através de táticas seu novo padrão de consumo. Por meio do consumo, principalmente de carros e eletroeletrônicos, eles almejam inclusão em outro estrato social, as camadas médias urbanas.<hr/>The aim of this article is discussing the importance of consuming and material culture for a determined social strata. In order to carry out research on illegal energy hook-ups, a social and technical phenomenon with a strong cultural dimension, I lived for eight months in a lower-class neighborhood in Greater Metropolitan Rio de Janeiro. As a resident of the neighborhood, I had insider access to the way of life there and was thus able to study the lifestyle of the so-called local elite, who were part of the segment of the Brazilian population increasingly acknowledged by the media as the "new middle class". As a result of increased income, low interest rates and greater access to financing created by the Plano Real, these "new consumers" were now able to purchase durable goods, namely electronics/appliances. This new purchasing power often led to elevated status in relation to their peers as well as to changes in behavior. In purchasing more goods, mainly cars and domestic appliances, this group strives to join another social strata, that of the urban middle class. <![CDATA[<b>Raça como questão</b>: <b>história, ciência e identidades no Brasil</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-71832011000200012&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt O presente artigo tem como objetivo apresentar uma discussão sobre a importância do consumo e cultura material para um determinado estrato social. A partir de uma pesquisa realizada sobre ligações clandestinas de energia elétrica, fenômeno sociotécnico de dimensões culturais conhecido por "gatos", residi por oito meses em um bairro popular na região metropolitana do Rio de Janeiro. Como moradora, pude penetrar na vida do bairro e analisar o estilo de vida de um grupo de moradores considerado a elite local, que, àquela época, fazia parte de um contingente mais amplo da população brasileira que estava adquirindo visibilidade pública, sendo denominado pela mídia como "nova classe média". Devido ao aumento da renda, à política de juros baixos e aos financiamentos facilitados a partir do Plano Real, esses "novos consumidores" obtiveram mais acesso a bens duráveis, especialmente eletroeletrônicos, elevando assim seu status perante seus iguais e muitas vezes adequando através de táticas seu novo padrão de consumo. Por meio do consumo, principalmente de carros e eletroeletrônicos, eles almejam inclusão em outro estrato social, as camadas médias urbanas.<hr/>The aim of this article is discussing the importance of consuming and material culture for a determined social strata. In order to carry out research on illegal energy hook-ups, a social and technical phenomenon with a strong cultural dimension, I lived for eight months in a lower-class neighborhood in Greater Metropolitan Rio de Janeiro. As a resident of the neighborhood, I had insider access to the way of life there and was thus able to study the lifestyle of the so-called local elite, who were part of the segment of the Brazilian population increasingly acknowledged by the media as the "new middle class". As a result of increased income, low interest rates and greater access to financing created by the Plano Real, these "new consumers" were now able to purchase durable goods, namely electronics/appliances. This new purchasing power often led to elevated status in relation to their peers as well as to changes in behavior. In purchasing more goods, mainly cars and domestic appliances, this group strives to join another social strata, that of the urban middle class. <![CDATA[<b>Dos autos da cova rasa</b>: <b>a identificação de corpos não-identificados no Instituto Médico-Legal do Rio de Janeiro, 1942-1960</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-71832011000200013&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt O presente artigo tem como objetivo apresentar uma discussão sobre a importância do consumo e cultura material para um determinado estrato social. A partir de uma pesquisa realizada sobre ligações clandestinas de energia elétrica, fenômeno sociotécnico de dimensões culturais conhecido por "gatos", residi por oito meses em um bairro popular na região metropolitana do Rio de Janeiro. Como moradora, pude penetrar na vida do bairro e analisar o estilo de vida de um grupo de moradores considerado a elite local, que, àquela época, fazia parte de um contingente mais amplo da população brasileira que estava adquirindo visibilidade pública, sendo denominado pela mídia como "nova classe média". Devido ao aumento da renda, à política de juros baixos e aos financiamentos facilitados a partir do Plano Real, esses "novos consumidores" obtiveram mais acesso a bens duráveis, especialmente eletroeletrônicos, elevando assim seu status perante seus iguais e muitas vezes adequando através de táticas seu novo padrão de consumo. Por meio do consumo, principalmente de carros e eletroeletrônicos, eles almejam inclusão em outro estrato social, as camadas médias urbanas.<hr/>The aim of this article is discussing the importance of consuming and material culture for a determined social strata. In order to carry out research on illegal energy hook-ups, a social and technical phenomenon with a strong cultural dimension, I lived for eight months in a lower-class neighborhood in Greater Metropolitan Rio de Janeiro. As a resident of the neighborhood, I had insider access to the way of life there and was thus able to study the lifestyle of the so-called local elite, who were part of the segment of the Brazilian population increasingly acknowledged by the media as the "new middle class". As a result of increased income, low interest rates and greater access to financing created by the Plano Real, these "new consumers" were now able to purchase durable goods, namely electronics/appliances. This new purchasing power often led to elevated status in relation to their peers as well as to changes in behavior. In purchasing more goods, mainly cars and domestic appliances, this group strives to join another social strata, that of the urban middle class. <![CDATA[<b>Juventude e televisão</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-71832011000200014&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt O presente artigo tem como objetivo apresentar uma discussão sobre a importância do consumo e cultura material para um determinado estrato social. A partir de uma pesquisa realizada sobre ligações clandestinas de energia elétrica, fenômeno sociotécnico de dimensões culturais conhecido por "gatos", residi por oito meses em um bairro popular na região metropolitana do Rio de Janeiro. Como moradora, pude penetrar na vida do bairro e analisar o estilo de vida de um grupo de moradores considerado a elite local, que, àquela época, fazia parte de um contingente mais amplo da população brasileira que estava adquirindo visibilidade pública, sendo denominado pela mídia como "nova classe média". Devido ao aumento da renda, à política de juros baixos e aos financiamentos facilitados a partir do Plano Real, esses "novos consumidores" obtiveram mais acesso a bens duráveis, especialmente eletroeletrônicos, elevando assim seu status perante seus iguais e muitas vezes adequando através de táticas seu novo padrão de consumo. Por meio do consumo, principalmente de carros e eletroeletrônicos, eles almejam inclusão em outro estrato social, as camadas médias urbanas.<hr/>The aim of this article is discussing the importance of consuming and material culture for a determined social strata. In order to carry out research on illegal energy hook-ups, a social and technical phenomenon with a strong cultural dimension, I lived for eight months in a lower-class neighborhood in Greater Metropolitan Rio de Janeiro. As a resident of the neighborhood, I had insider access to the way of life there and was thus able to study the lifestyle of the so-called local elite, who were part of the segment of the Brazilian population increasingly acknowledged by the media as the "new middle class". As a result of increased income, low interest rates and greater access to financing created by the Plano Real, these "new consumers" were now able to purchase durable goods, namely electronics/appliances. This new purchasing power often led to elevated status in relation to their peers as well as to changes in behavior. In purchasing more goods, mainly cars and domestic appliances, this group strives to join another social strata, that of the urban middle class. <![CDATA[<b>Atitudes raciais de pretos e mulatos em São Paulo </b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-71832011000200015&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt O presente artigo tem como objetivo apresentar uma discussão sobre a importância do consumo e cultura material para um determinado estrato social. A partir de uma pesquisa realizada sobre ligações clandestinas de energia elétrica, fenômeno sociotécnico de dimensões culturais conhecido por "gatos", residi por oito meses em um bairro popular na região metropolitana do Rio de Janeiro. Como moradora, pude penetrar na vida do bairro e analisar o estilo de vida de um grupo de moradores considerado a elite local, que, àquela época, fazia parte de um contingente mais amplo da população brasileira que estava adquirindo visibilidade pública, sendo denominado pela mídia como "nova classe média". Devido ao aumento da renda, à política de juros baixos e aos financiamentos facilitados a partir do Plano Real, esses "novos consumidores" obtiveram mais acesso a bens duráveis, especialmente eletroeletrônicos, elevando assim seu status perante seus iguais e muitas vezes adequando através de táticas seu novo padrão de consumo. Por meio do consumo, principalmente de carros e eletroeletrônicos, eles almejam inclusão em outro estrato social, as camadas médias urbanas.<hr/>The aim of this article is discussing the importance of consuming and material culture for a determined social strata. In order to carry out research on illegal energy hook-ups, a social and technical phenomenon with a strong cultural dimension, I lived for eight months in a lower-class neighborhood in Greater Metropolitan Rio de Janeiro. As a resident of the neighborhood, I had insider access to the way of life there and was thus able to study the lifestyle of the so-called local elite, who were part of the segment of the Brazilian population increasingly acknowledged by the media as the "new middle class". As a result of increased income, low interest rates and greater access to financing created by the Plano Real, these "new consumers" were now able to purchase durable goods, namely electronics/appliances. This new purchasing power often led to elevated status in relation to their peers as well as to changes in behavior. In purchasing more goods, mainly cars and domestic appliances, this group strives to join another social strata, that of the urban middle class.