Scielo RSS <![CDATA[CERNE]]> http://www.scielo.br/rss.php?pid=0104-776020160001&lang=en vol. 22 num. 1 lang. en <![CDATA[SciELO Logo]]> http://www.scielo.br/img/en/fbpelogp.gif http://www.scielo.br <![CDATA[STRUCTURE OF NATURAL REGENERATION IN RELATION TO SOIL PROPERTIES AND DISTURBANCE IN TWO SWAMP FORESTS]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-77602016000100001&lng=en&nrm=iso&tlng=en ABSTRACT Veredas (palm swamps) is a type of vegetation associated with watercourses, characterized by the presence of Mauritia flexuosa palm trees. These systems are not well understood and suffer from high anthropogenic pressure. The aims of this study were to describe the natural regeneration of two swamp forests in vereda systems with different anthropogenic impacts and investigate if the variation in these plant communities are associated to edaphic conditions. The study was performed in preserved and impacted sites located in the Environmental Protection Area of the Pandeiros River in northern Minas Gerais. At each site, one hundred 25 m2 plots were established for surveying regenerating shrubs and trees (≥1 cm diameter at the base of the stem and &lt; 3 cm diameter at breast height). Vegetation structure was evaluated by phytosociological parameters, similarity index, and size distribution of individuals. Regenerating strata was correlated with chemical and physical soil analyses. The vegetation at the preserved site was characterized by a higher number of individuals and a lower diversity but contained species that were typical of flooded areas. The results also showed differences in soil nutrient availability between sites that influenced the distribution of species at the two study sites.<hr/>RESUMO As veredas são um tipo de vegetação associada aos cursos d'água, caracterizada pela presença da palmeira arbórea Mauritia flexuosa. Estes sistemas não são bem compreendidos e sofrem grande pressão antrópica. Os objetivos deste estudo foram descrever a regeneração natural de duas florestas higrófilas em sistemas de veredas com diferentes impactos antropogênicos e investigar se a variação nesta comunidade de plantas está associada as condições edáficas. O estudo foi realizado em sítios preservado e impactado localizado na área de Proteção Ambiental do rio Pandeiros, norte de Minas Gerais. Em cada sítio, 100 parcelas de 25 m2 foram estabelecidas para o levantamento dos arbustos e árvores regenerantes (≥1 cm de diâmetro na base do caule e &lt; 3 cm de diâmetro na altura do peito). A estrutura da vegetação foi avaliada pelos parâmetros fitossociológicos, índice de similaridade e distribuição de tamanhos dos indivíduos. O estrato regenerativo correlacionou com as análises químicas e físicas do solo. A vegetação no sítio preservado foi caracterizada por um maior número de indivíduos e menor diversidade, mas continha espécies típicas de ambientes alagados. Os resultados também mostraram diferenças na disponibilidade de nutrientes do solo entre os sítios que influenciaram a distribuição de espécies nas duas áreas estudadas. <![CDATA[GEOTECNOLOGY FOR FOREST COVER TEMPORAL ANALISYS]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-77602016000100011&lng=en&nrm=iso&tlng=en RESUMO As métricas de ecologia da paisagem associadas à mineração de dados podem ser utilizadas para aumentar o potencial de análise e aplicações de dados de sensoriamento remoto, tornando-se uma importante ferramenta para a tomada de decisão. Dessa forma, objetivou-se classificar e quantificar diferentes tipos de vegetação por meio de técnicas de mineração de dados e métricas de ecologia da paisagem em uma análise multitemporal (2001 e 2011), em São Luís do Paraitinga, São Paulo, Brasil. A análise de imagens orientada a objetos e o algoritmo de mineração de dados C4.5 foram utilizados para realizar a classificação automática, cuja precisão foi avaliada com o índice kappa e com as medidas de discordância de alocação e de quantidade, recentemente propostas na literatura. Foram classificadas quatro classes de uso e cobertura da terra, entre elas o Eucalipto cuja área aumentou de 4,4% para 8,6%. A classificação automática apresentou kappa de 0,79 e 0,8, erros de quantidade de 2% e 3,5% e alocação de 5,5% e 5% para 2001 e 2011, respectivamente. Conclui-se que o método de mineração de dados e as métricas de ecologia da paisagem foram eficientes na separação de classes de vegetação.<hr/>ABSTRACT The landscape ecology metrics associated with data mining can be used to increase the potential of remote sensing data analysis and applications, being an important tool for decision making. The present study aimed to use data mining techniques and landscape ecology metrics to classify and quantify different types of vegetation using a multitemporal analysis (2001 and 2011), in São Luís do Paraitinga city, São Paulo, Brazil. Object-based image analyses and the C4.5 data-mining algorithm were used for automated classification. Classification accuracies were assessed using the kappa index of agreement and the recently proposed allocation and quantity disagreement measures. Four land use and land cover classes were mapped, including Eucalyptus plantations, whose area increased from 4.4% to 8.6%. The automatic classification showed a kappa index of 0.79 and 0.80, quantity disagreements of 2% e 3.5% and allocation measures of 5.5% and 5% for 2001 and 2011, respectively. We therefore concluded that the data mining method and landscape ecology metrics were efficient in separating vegetation classes. <![CDATA[ARAUCARIA CLONAL FORESTRY: TYPES OF CUTTINGS AND MOTHER TREE SEX IN FIELD SURVIVAL AND GROWTH]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-77602016000100019&lng=en&nrm=iso&tlng=en ABSTRACT Araucaria angustifolia (Bert.) O Kuntze (Paraná pine or Araucaria) is a potential forestry native species for Brazilian silviculture. However, a number of challenges and technical restraints persist, hindering its silvicultural expansion, among which are the lack of cloning technologies of superior genetic materials and their assessment under field conditions. Thus, we evaluated the potential use of araucaria plants derived from cuttings and seeds for timber production, by assessing field survival, growth and strobilus production using cuttings from male and female plants, collected from different positions, compared with those produced by sexual reproduction. Clones of male and female trees from different types of cuttings and seedlings were planted in 3 x 3 m spacing. The experiment was conducted in a completely randomized design of one tree plot with three treatments. Female clones and apical cuttings showed higher growth in diameter at breast height (6.4 cm) and total height (3.6 m) 74 months after planting, followed by seedlings and other clones, with similar results. We conclude that cuttings technique is potential for araucaria propagation for wood production purposes, and it is favored by the use of apical cuttings from female mother trees.<hr/>RESUMO Araucaria angustifolia é uma espécie nativa potencial para a silvicultura brasileira. No entanto, uma série de desafios e limitações técnicas ainda persistem, dificultando sua expansão silvicultural, dentre os quais se destaca a falta de tecnologias de clonagem de materiais genéticos superiores, bem como sua avaliação em condições de campo. Assim, objetivou-se avaliar a potencialidade da utilização de mudas de araucária oriundas de estaquia e de sementes para produção madeireira, por meio da avaliação da sobrevivência e crescimento a campo. Clones provenientes de matrizes masculinas e femininas, de diferentes tipos de estacas e mudas de sementes foram plantadas em espaçamento 3 x 3 m. O experimento foi conduzido em delineamento inteiramente casualizado, com três tratamentos e parcelas de uma planta (one tree plot). Clones do sexo feminino e de estacas contendo o ápice apresentaram maior crescimento em diâmetro à altura do peito (6,4 cm) e altura total (3,6 m) aos 74 meses após o plantio, seguidas das de sementes e demais clones, com resultados similares. Conclui-se que a estaquia é uma técnica potencial de produção de mudas de araucária para fins madeireiros e é favorecida pela utilização de estacas proveniente de matrizes femininas e com ápice. <![CDATA[EVALUATION OF FORWARDER WOOD EXTRACTION COST OF OPERATION]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-77602016000100027&lng=en&nrm=iso&tlng=en RESUMO Objetivou-se com este trabalho, determinar os custos provenientes da atividade de extração da madeira realizada pelo trator florestal forwarder até aproximadamente 30.000 horas de trabalho. Foram utilizadas 7 forwardes John Deere, modelo 1710D com potência de 160 kW. Foi utilizada a base de dados fornecida por uma empresa florestal situada no estado de Minas Gerais, contendo todas as informações necessárias para o cálculo do custo operacional das máquinas e posterior realização da análise de sensibilidade. O custo operacional foi obtido através do somatório dos custos fixos e variáveis. Para a análise de sensibilidade foi realizada uma variação de ± 20% dos elementos mais representativos do custo total da máquina. O resultado obtido para o custo operacional médio geral do forwarder foi de US$147,80 h-1. Os custos com manutenção e reparos, mão-de-obra, combustível, e depreciação representaram aproximadamente 90% do custo total da máquina. A redução de 10% em seus valores resultou em uma economia de, aproximadamente, 9% em todos os anos avaliados.<hr/>ABSTRACT The objective of this study was to determine the costs of the activity of timber extraction done by forwarders until approximately 30,000 work hours. We used 7 John Deere forwarders, model 1710D with 160 kW engine power. A database provided by a forestry company located in the state of Minas Gerais was used, containing all the information necessary for calculating the operating cost of the machines and for the subsequent sensitivity analysis. The operating cost was obtained by the sum of the fixed and variable costs. For the sensitivity analysis a variation ± 20% of the most representative elements of the total cost of the machine was performed. The result obtained for the average operating cost of the forwarder was US$ 147.80 h-1. Costs for repairs and maintenance, labor, fuel, and depreciation represented approximately 90% of the total cost of the machine. A 10% reduction in their values resulted in a savings of approximately 9% in all years evaluated. <![CDATA[PRODUCTION AND DISTRIBUTION OF <em>Jatropha curcas</em> BIOMASS IN THE BRAZILIAN SEMIARID]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-77602016000100035&lng=en&nrm=iso&tlng=en RESUMO Com o objetivo de avaliar a produção e distribuição da biomassa da parte aérea de diferentes genótipos de pinhão-manso no semiárido brasileiro, foi implantado um experimento na Fazenda Gabriela, localizada no município de Santa Maria da Boa Vista, Pernambuco. O delineamento experimental adotado foi em blocos casualizados, com dez tratamentos (genótipos de pinhão-manso) e três repetições, em parcelas lineares de seis plantas, com bordadura simples e espaçamento de 3,0 x 2,0 m. Foram aplicadas uma adubação correspondente a 150 g de NPK (06:24:12) por cova no plantio e duas adubações de cobertura com 150 g.planta-1 de NPK (10:10:10) aos seis e aos doze meses de idade. As plantas foram irrigadas semanalmente por gotejamento com uma aplicação média de 20 litros de água por planta durante o período de estiagem da região. Aos 24 meses de idade, foi medida a altura total das plantas, o diâmetro médio das bifurcações a 1,30 m da superfície do solo e o número de bifurcações a 0,5 m de altura. Foram feitas 26 colheitas semanais de frutos/sementes. Os frutos foram colhidos maduros, antes de sua queda ao chão, durante sete meses. Os genótipos apresentaram elevada uniformidade agronômica, exceto para a variável número de bifurcações, onde o genótipo 1701 foi superior aos genótipos 1501, 1602, 1703 e 1601. A produção de biomassa dos genótipos em condições irrigadas no semiárido é elevada e a distribuição da biomassa dos genótipos nos diferentes componentes seguiu a ordem decrescente: raiz&gt;frutos&gt;galhos grossos&gt;folhas&gt;casca&gt;galhos finos.<hr/>ABSTRACT In order to assess production and distribution of biomass shoots of different genotypes of Jatropha curcas under irrigation in the semiarid region of Pernambuco, Brazil, an experiment was established in Gabriela Farm, in the municipality of Santa Maria da Boa Vista-PE. The experimental design was randomized blocks with ten treatments (genotypes of Jatropha curcas), and three replications in row plots of six plants, with a single border and spacing of 3.0 x 2.0 m. Plants were fertilized with 150 g of NPK (06:24:12) at planting time, and a topdressing with 150 g.planta-1 NPK (10:10:10) applied at six and twelve months of age. The plants were irrigated weekly using a dripping system with an average water application of 20 l.plant-1 during the dry period of the region. At 24 months of age, the overall height of the plants, the average diameter of bifurcations at 1.30m from the soil level and the number of bifurcations at 0.5 m of height were evaluated. Twenty six fruit/ seed harvests were done weekly. Fruits were harvested ripe, before falling on the ground, for seven months. To determine dry biomass, the plants were cut at 0.30 m from soil level. The genotypes showed high agronomic uniformity, except for the variable number of bifurcations, where the genotype 1701 was superior to the genotypes 1501, 1602, 1703 and 1601. Biomass production of genotypes in irrigated conditions in the semiarid region is high and the distribution of biomass followed the decreasing order: root&gt;fruit&gt;thick branches&gt;leaves&gt;bark&gt;thin branches. <![CDATA[PHYSICAL, MORPHOLOGICAL PROPERTIES AND RAMAN SPECTROSCOPY OF CHESTNUT BLIGHT DISEASED <em>CASTANEA SATIVA</em> MILL. WOOD]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-77602016000100043&lng=en&nrm=iso&tlng=en ABSTRACT In this study, some of the physical and anatomical properties of Chestnut Blight Diseased (CBD) wood were investigated, and the study also included observations using Raman spectroscopy. The objective of these investigations was to determine the extent of the damage that is done to the wood of the diseased chestnut trees, which must be removed from the forest and used in the manufacture of industrial products. It was indicated that most of the adverse effects of the disease were in the vascular cambium. There was a clear indication of deterioration of the wood in the last growth ring next to vascular cambium. In the diseased secondary xylem region next to vascular cambium; vessel diameter, vessel frequency and vessel element length had a decrease, and vessel and other cells were irregular compared to healthy wood. Spores were detected and identified as Cryphonectria parasitica (Murrill). Annual ring properties (annual growth ring width, latewood percentage, etc.) were similar in diseased wood compared to healthy wood. The Raman spectroscopy results showed no significant changes in the structure of the cell wall or its components. After removing the diseased parts, unlimited usage of formerly wood is possible. Heat treatment of the wood is suggested before use in the interest of sanitation and dimensional stability.<hr/>RESUMO Neste estudo, algumas das propriedades físicas e anatômicas de madeira afetada pelo cancro do castanheiro (CBD) foram investigadas, e o estudo também incluiu observações usando espectroscopia Raman. O objetivo destas investigações foi determinar a dimensão do dano que é causado na madeira dos castanheiros doentes, que devem ser removidos da floresta e utilizados na fabricação de produtos industriais. Foi avaliado que a maioria dos efeitos adversos da doença esta localizado no câmbio vascular. Há uma clara indicação de deterioração da madeira no último anel de crescimento junto ao câmbio vascular. Na região doente do xilema secundário ao lado do câmbio vascular o diâmetro, frequência e comprimento do vaso eram menores, e os vasos e outras células eram irregulares comparados à madeira saudável. Esporos foram detectados e identificados como Cryphonectria parasitica (Murrill). Propriedades dos anéis anuais (largura de anéis de crescimento anual, porcentagem de lenho tardio, etc.) foram similares em madeira doente e madeira saudável. O resultado da espectroscopia Raman não mostrou mudança significativa na estrutura da parede celular ou dos seus componentes. Depois de retirar as partes doentes, o uso ilimitado da madeira é possível. Tratamento térmico da madeira é sugerido antes da utilização para fins de saneamento e estabilidade dimensional. <![CDATA[<strong> <em>EUCALYPTUS</em></strong> CELLULOSE MICRO/NANOFIBRILS IN EXTRUDED FIBER-CEMENT COMPOSITES]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-77602016000100059&lng=en&nrm=iso&tlng=en RESUMO Uma forma alternativa para produção de fibrocimento é a extrusão, que permite entre muitas vantagens a produção de compósitos cimentícios com geometrias diferenciadas e requer baixo investimento inicial para produção industrial. Nesse contexto,o objetivo desse trabalho foi obter micro/nanofibrilas celulósicas de Eucalyptus e avaliar o efeito da adição de diferentes conteúdos dessas micro/nanofibrilas nas propriedades físico-mecânicas de fibrocimentos envelhecidos naturalmente e em ambiente climatizado. Micro/nanofibrilas celulósicas produzidas em desfibrilador mecânico foram caracterizadas quanto a sua morfologia. Compósitos extrudados produzidos com 0,5% e 1,0% (em massa) de micro/nanofibrilas foram comparados com compósitos sem micro/nanofibrilas. Compósitos produzidos a partir das três formulações foram submetidos aoenvelhecimento natural e em ambiente controlado para posterior caracterização por flexão estática, vibração flexural e propriedades físicas. Não houve diferença significativa no módulo de ruptura (MOE), limite de proporcionalidade (LOP), e deformação específica total entre os compósitos com reforço de 0,5 e 1,0% de micro/nanofibrilas e aqueles sem reforço. O módulo elástico estático (MOE) aumentou, e a energia específica diminuiu com 1,0% de micro/nanofibrilas. O módulo de elasticidade dinâmico (E) dos compósitos aumentou com o incremento do conteúdo de micro/nanofibrilas (1,0%) e do tempo de exposição ao envelhecimento natural e controlado. O presente estudo indica que as propriedades físicas (absorção de água - AA, porosidade aparente - PA e densidade aparente - DA) e mecânicas de fibrocimentos são sensíveis à formulação e que esse comportamento varia em função do tempo (135 dias). Essas informações devem ser consideradas úteis para o desenvolvimento de novos materiais reforçados com micro/nanofibrilas de celulose.<hr/>ABSTRACT Extrusion is an alternative process for fiber-cement production and allows many advantages such as different geometries for the extruded products and the low initial investment for industrial production. In this context the aim of this study was to produce cellulose micro/nanofibrils from Eucalyptus pulp and evaluate the properties of cementitious composites made with different contents of cellulose micro/nanofibrils. Cellulose micro/ nanofibrils were produced using a mechanical defibrillator, and characterized for their morphology. Extruded composites were produced with 0.5 to 1.0% (by mass) of micro/ nanofibrils and compared to unreinforced composites. Composites reinforced with 1.0% of micro/nanofibrils presented higher water absorption and apparent porosity than their counter parts. No significant differences were observed for modulus of rupture (MOR), limit of proportionality (LOP) and final specific deformation, between the composites reinforced with 0.5% and 1.0% of micro/nanofibrils and those with no reinforcement. The static elastic modulus (MOE) increased and specific energy decreased with the inclusion of 1.0% of micro/nanofibrils. Dynamic elastic modulus (E) of the composites increased with the increase of micro/nanofibrils content and of weathering exposition. This study indicates that fiber-cements are sensitive to changes in structural composition and time of ageing (135 days). This information can be useful for developing of new products based on cellulose micro/nanofibrils. <![CDATA[FOREST HARVEST SCHEDULING PLAN INTEGRATED TO THE ROAD NETWORK]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-77602016000100069&lng=en&nrm=iso&tlng=en ABSTRACT In industrial forest plantations, the spatial distribution of management units for harvest scheduling influences the timber production cost and the non-renewable resources consumption, due to issues related to transport logistic. In this context, this research aimed to formulate Integer Linear Programming (ILP) by means of the application of Floyd-Warshall network optimization algorithm to generate timber production routes, minimizing the production costs resulting from harvest activities and forest road maintenance. Then, scenarios were simulated considering different minimal harvest ages for Pinus spp. and Eucalyptus spp. stands. The planning horizon was five years with annual periodicity. The study area was 23,330 hectares of forests, located in Paraná state (southern Brazil). We compared the simulated scenarios according to the following parameter indicators: harvest income, building road network and the production unit cost. The decreasing of the minimal harvest age reduces the mean production of management units scheduled to be harvested, in other hand, it requires fewer roads to be built, and consequently increases the production unit cost. The solutions obtained by using ILP models presented an optimality gap lower than 0.1%.<hr/>RESUMO Nas plantações florestais industriais, a distribuição espacial das unidades de manejo agendadas para colheita influencia o custo de produção madeireira e o consumo de recursos não renováveis, devido às questões relacionadas com a logística de transporte. Neste contexto, o objetivo do estudo foi formular modelos de Programação Linear Inteira (PLI) por meio da aplicação do algoritmo de otimização em redes Floyd-Warshall na geração de rotas de produção madeireira, minimizando o custo de produção resultante das atividades de colheita e manutenção de estradas. Em seguida, foram simulados cenários considerando distintas idades mínimas de corte de talhões de Pinus spp. e Eucalyptus spp. O horizonte de tempo foi de 5 anos com periodicidade anual. A área de estudo foi 23.330 hectares de florestas, localizados no estado do Paraná (sul do Brasil). Nos comparamos os cenários simulados de acordo com os seguintes parâmetros indicadores: rendimento da colheita, rede de estradas utilizada e custo unitário de produção. A diminuição da idade mínima de corte reduz a produtividade média das unidades de manejo agendadas para colheita e, por outro lado, requer menos estradas edificadas, o que consequentemente diminui o custo unitário de produção. As soluções obtidas pelo uso dos modelos PLI estiveram menos de 0,1% distantes do ótimo global. <![CDATA[QUANTITATIVE STUDY OF MORPHOLOGICAL STRUCTURAL VARIATION IN THE <strong> <em>Calophyllum brasiliense</em></strong> WOOD]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-77602016000100077&lng=en&nrm=iso&tlng=en RESUMO As características silviculturais e tecnológicas favoráveis da espécie Calophyllum brasiliense Camb. têm levado ao surgimento de plantios comerciais. De modo geral, a literatura apresenta somente dados médios e gerais sobre algumas variáveis desta espécie, não informando dados específicos a determinadas variáveis antecessoras ao momento do estudo tecnológico, como idade, espaçamento, entre outros, talvez porque se trata de uma espécie de floresta nativa. Dada a lacuna existente quanto à caracterização da madeira de guanandi, o objetivo deste trabalho foi estudar quantitativamente: (i) a variação estrutural morfológica das principais células do lenho, e (ii) a delimitação entre madeira juvenil e adulta, para a espécie proveniente de plantio puro, cujas variáveis antecessoras são conhecidas. Foram amostradas cinco espécimes, dentro de uma população de 135 árvores, com 13 anos de idade e espaçamento 4,0 m x 2,5 m. Os resultados indicaram valores médios de 1134; 21,02; 12,88 e 4,07 μm para o comprimento, largura, diâmetro do lume e espessura média da parede das fibras, respectivamente. A madeira de guanandi com 13 anos de idade foi caracterizada como juvenil.<hr/>ABSTRACT Favorable silvicultural and technological characteristics of the species Calophyllum brasiliense Camb. have led to the emergence of commercial plantations. Scientific literature offers only medium and general data on some variables of this species, not reporting specific variables prior to the time of the study, such as age, spacing, among others, perhaps because the wood is mostly from native forests. Given the knowledge gap regarding the characterization of guanandi wood, the aim of this work was to quantitatively study: (i) the morphological structural variation of the wood cells, and (ii) the distinction between juvenile and mature wood, for the species from a pure plantation, whose growth history are known. Five specimens were sampled, within a population of 135 trees, with 13 years of age and 4.0 x 2.5 m spacing. The results indicated average values of 1134, 21.02, 12.88 and 4.07 μm for the length, width, and diameter of the lumen and mean wall fiber thickness, respectively. 13-years-old guanandi wood was characterized as juvenile. <![CDATA[PHYSIOLOGICAL CLASSIFICATION OF FOREST SEEDS REGARDING THE DESICCATION TOLERANCE AND STORAGE BEHAVIOUR]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-77602016000100085&lng=en&nrm=iso&tlng=en RESUMO Este trabalho teve por objetivo classificar sementes de espécies florestais nativas da bacia do Alto Rio Grande quanto à tolerância à dessecação e ao comportamento no armazenamento. Testes de germinação e de umidade foram feitos para cada espécie: com as sementes recém-beneficiadas, imediatamente ao atingir 12% e 5% de umidade, e após três meses de armazenamento a -18°C, apenas para sementes com 5% de umidade. Com base nos testes de germinação e umidade, as sementes foram classificadas em recalcitrantes, intermediarias e ortodoxas. As sementes de Brosimum gaudichaudii, Erythroxylum deciduum, Eugenia pleurantha, Myrcia venulosa, Nectandra megapotamica foram classificadas como recalcitrantes (22.7% das espécies). Foram classificadas como intermediárias as sementes de Aegiphila sellowiana, Aspidosperma parvifolium, Blepharocalyx salicifolius, Casearia lasiophylla, Cassia occidentalis, Dalbergia miscolobium, Diospyros brasiliensis, Diospyros hispida, Ilex brevicuspis, Ilex cerasifolia, Myrocarpus fastigiatus, Senna aversiflora e Senna splendida (59.1% das espécies). Miconia albicans, Platycyamus regnellii, Styrax camporum e Piptadenia gonoacantha foram classificadas como ortodoxas (18.2% das espécies).<hr/>ABSTRACT This work aims to classify forest seeds native to the Alto Rio Grande region regarding the desiccation tolerance and storage behaviour. Germination and water content tests were performed in seeds of different species. The tests were conducted immediately after seed processing, at 12% and 5% of water content, and at 5% after 3 months of storage in -18°C. Based on the results obtained, seeds were classified into recalcitrant, intermediate and orthodox class. Seeds of Brosimum gaudichaudii, Erythroxylum deciduum, Eugenia pleurantha, Myrcia venulosa, Nectandra megapotamica were classified as recalcitrant (22.7% of all species). Seeds of Aegiphila sellowiana, Aspidosperma parvifolium, Blepharocalyx salicifolius, Casearia lasiophylla, Cassia occidentalis, Dalbergia miscolobium, Diospyros brasiliensis, Diospyros hispida, Ilex brevicuspis, Ilex cerasifolia, Myrocarpus fastigiatus, Senna aversiflora, Senna splendida e Blepharocalyx salicifolius were classified as intermediate (59.1% of all species). Seeds of Miconia albicans, Platycyamus regnellii, Styrax camporum and Piptadenia gonoacantha were classified as orthodox (18.2% of all species). <![CDATA[ECOPHYSIOLOGICAL ANALYSIS OF <strong><em>GENIPA AMERICANA</em></strong> L. SEEDS IN AN INDUCED SOIL SEED BANK]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-77602016000100093&lng=en&nrm=iso&tlng=en RESUMO Este trabalho foi realizado com o objetivo de estudar o comportamento de sementes de G. americana L. (Rubiaceae) em bancos de sementes induzidos. A pesquisa foi realizada no município de Lavras - MG em uma floresta estacional semidecídua da Universidade Federal de Lavras. As sementes coletadas foram beneficiadas e caracterizadas quanto ao conteúdo de água, viabilidade e tolerância à dessecação. Foram instalados bancos de sementes induzidos em duas áreas distintas (topo de morro e mata ciliar) localizados no sub-bosque da floresta. As sementes foram acondicionadas em redes de náilon e cobertas com camada de serapilheira previamente removida para instalação das redes. Foi realizada avaliação mensal da germinação, emergência das plântulas, conteúdo de água das sementes e do solo e a caracterização do crescimento inicial das plântulas. Foi observado que sementes de G. americana formam banco de sementes transitório, com manutenção de sua viabilidade somente até o quarto mês após dispostas em ambiente natural. De modo geral, o banco de sementes na área de mata ciliar foi o que apresentou o maior potencial para o estabelecimento de plântulas em ambiente natural o que está de acordo com as características ecológicas dessa espécie.<hr/>ABSTRACT This work studied the behavior of G. americana L. (Rubiaceae) seeds in an induced soil seed bank. This study was conducted in Lavras-MG in a seasonal semideciduous forest of the Federal University of Lavras. Seeds collected in the area were cleaned and analyzed (water content, viability and desiccation tolerance). Soil banks were installed in two distinct areas (top of hill and riparian forest) located in the understory of the forest. Seeds were placed in nylon nets and covered with a thin litter layer that was previously removed for this purpose. Monthly assessment of germination, seedling emergence, seed and soil water content, and the characterization of the initial seedling growth was performed. It was observed that G. americana seeds forms a transitory seed bank, with maintenance of its viability until the fourth month after disposal in natural environment. In general, the seed bank located in the riparian forest area showed the best potential for seedling establishment in a natural environment, which supports the ecological behavior of this species. <![CDATA[EFFECT OF ARTIFICIAL WEATHERING ON WOOD LAMINATES COLOR TREATED WITH TWO FINISHING PRODUCTS]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-77602016000100101&lng=en&nrm=iso&tlng=en RESUMO O intemperismo é um dos principais motivos da deterioração da madeira, principalmente de sua cor. A aplicação de produtos de acabamento minimiza esses efeitos. Este trabalho teve como objetivo avaliar o efeito do intemperismo artificial sobre lâminas de madeira das espécies de cumaru (Dipteryx odorata) e pau marfim (Balfourodendron riedelianum) tratadas com dois produtos de acabamento com monitoramento por meio de um espectrofotômetro. As amostras foram submetidas a ciclos de exposição ao intemperismo de 20, 40, 52, 76, 124, 226, 430, 838 e 960 horas. Os parâmetros colorimétricos (L*, a*, b*, C e h*) foram medidos antes dos tratamentos, após a aplicação dos produtos e durante os intervalos de tempo de intemperismo. A aplicação dos produtos de acabamento escureceu as lâminas de madeiras de cumaru e de pau marfim em estado natural. No entanto, nos tempos de intemperismos mais elevados, ambas as espécies voltaram a clarear, chegando mesmo a serem superiores os valores da claridade ao da madeira natural. O uso do cetol se mostrou mais eficiente, dando maior estabilidade na conservação da cor da madeira das espécies estudadas.<hr/>ABSTRACT Weathering is one of the main reasons for the degradation of wood, especially its color. The application of finishes minimizes these effects. This study aimed to monitor the effect of artificial weathering on wood veneer of the species cumaru (Dipteryx odorata) and pau marfim (Balfourodendron riedelianum) with two finishes, the marine varnish and Cetol, with monitoring using a spectrophotometer. The samples were subjected to cycles of exposure to weathering for 20, 40, 52, 76, 124, 226, 430, 838 and 960 hours. The colorimetric parameters (L*, a*, b*, C and h*) were measured before treatment, after application of the products and during the weathering time intervals. The application of finishes darkened veneer of cumaru wood and pau marfim in nature. However, in higher weathering times, both species returned to a lighter color, and even became lighter than the natural wood. The use of Cetol was more efficient, giving greater stability in the conservation of wood color of the species studied. <![CDATA[AUTOMATED MAPPING OF PERMANENT PRESERVATION AREAS ON HILLTOPS]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-77602016000100111&lng=en&nrm=iso&tlng=en ABSTRACT Permanent Preservation Areas (PPAs) on hilltops are among the many areas protected by the New Forest Code in Brazil. Mapping of these involves difficult interpretation and application of the Law, as well a complex task of translating it in map algebra. This paper aims to present, in detail, a methodological model for delimitation of PPAs on hilltops, according to the Brazilian new Forest Code (NFC, Law 12,651/2012). The model was developed in Model Builder for ArcGIS 10.2, and is able to map the PPAs in any digital terrain model. However, field validations are required to verify its efficiency. There is need for legal standardization of criteria that may cause subjectivity in delimitation. The organization of these data on a large scale is very important, as example, to the Rural Environmental Registry, which provides georeferencing of all rural properties and its protected areas in Brazil.<hr/>RESUMO As Áreas de Preservação Permanente em topos de morros estão entre as diversas áeras protegidas pelo novo Código Florestal (NCF) brasileiro. O mapeamento das mesmas envolve dificuldades técnicas de interpretação da Lei, bem como a complexa tarefa de traduzi-la em álgebra de mapas. O presente trabalho apresenta, em detalhe, um modelo metodológico para delimitação de APPs em topos de morros, de acordo com o NCF (Lei 12.651/2012). O modelo foi construído em ambiente Model Builder para ArcGIS 10.2 e é capaz de mapear as APPs em qualquer modelo digital de terreno. No entanto, validações em campo são necessárias para verificar a eficiência do modelo. Também, é necessária a regulamentação de critérios que causam subjetividade na delimitação. A organização desses dados em larga escala é importante, por exemplo, para o Cadastro Ambiental Rural (CAR), que prevê o georreferenciamento de todas as propriedades rurais e suas áreas protegidas, no Brasil. <![CDATA[MACRO AND MICRONUTRIENT DEFICIENCY IN MATURE SEEDLINGS OF <strong><em>KHAYA IVORENSIS</em></strong> STUDIED IN NURSERY]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-77602016000100121&lng=en&nrm=iso&tlng=en RESUMO O mogno africano (Khaya ivorensis) é uma essência florestal de alto valor e de grande potencial para substituir o mogno brasileiro (Swietenia macrophylla). Atualmente, pouco se conhece a respeito das exigências nutricionais do mogno africano. Nesse sentido, o presente trabalho teve o objetivo de avaliar o desenvolvimento e a composição mineral de plantas de K. ivorensis submetidas à omissão de macro e micronutrientes. Para isso, realizou-se experimento com solução nutritiva, com os tratamentos: T1-Solução completa; T2-omissão de nitrogênio; T3-omissão de fósforo; T4-omissão de potássio; T5- omissão de cálcio; T6-omissão de magnésio; T7-omissão de enxofre; T8-omissão de ferro; T9-omissão de boro; T10-omissão de cobre; T11-com omissão de manganês; T12-com omissão de zinco; T13-com omissão de molibdênio e T14-água deionizada. As avaliações foram realizadas a partir de mudas comerciais prontas para o plantio, que permaneceram em casa de vegetação sendo irrigadas apenas com água deionizada. Após quinze dias as plantas passaram a receber diariamente 200 ml de solução nutritiva. O delineamento experimental utilizado foi inteiramente casualizado com quatorze tratamentos e dez repetições. Os dados dendrológicos foram descritos a cada quinze dias até tornarem-se bem definidos. As plantas tiveram desenvolvimento afetado apenas pela omissão de N, exibindo menores teores foliares do elemento. As omissões dos demais nutrientes afetaram levemente o desenvolvimento das plantas.<hr/>ABSTRACT African mahogany (Khaya ivorensis) is a high value forest species and of great potential to replace the brazilian mahogany (Swietenia macrophylla). Currently, little is known about the nutritional requirements of African mahogany. In this sense, the present study aimed to evaluate the growth and mineral composition K. ivorensis plants submitted to the omission of macro and micronutrients. For this, we carried out a experiment with nutrient solution with the following treatments: T1-Complete Solution; T2-omission of nitrogen; T3-omission of phosphorus; T4-omission of potassium; T5-omission of calcium; T6-omission of magnesium; T7-omission of sulfur; T8-omission of iron; T9-omission of boron; T10-omission of copper; T11-omission of manganese; T12-omission of zinc; T13-omission of molybdenum; and T14-deionized water. The evaluations were carried out based on commercial seedlings ready for planting, which remained in a greenhouse, irrigated only with deionized water. After fifteen days, the plants started to receive 200 ml of nutrient solution daily. The experimental design used was completely randomized with fourteen treatments and ten replications. The dendrological data were collected every fifteen days until they became well defined. The plants had their growth affected only by the omission of N, showing smaller contents of the element in the leaves. The omissions of the other nutrients only slightly affected the growth of plants. <![CDATA[REPRODUCTIVE PHENOLOGICAL STRATEGIES OF <strong><em>Xylopia aromatica</em></strong> (LAM.) MART. (ANNONACEAE) IN CERRADO AREA]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-77602016000100129&lng=en&nrm=iso&tlng=en RESUMO Apesar dos esforços empreendidos nos últimos anos, os dados sobre a fenologia das espécies do Cerrado são fragmentários e mesmo X. aromatica sendo amplamente distribuída sua fenologia é desconhecida. Neste sentido, buscou-se avaliar sua fenologia reprodutiva em um fragmento de Cerrado no Município de Rio Verde e correlaciona-la com as variáveis climáticas. Marcou-se 20 indivíduos para serem observadas mensalmente as fenofases: botão, flor aberta, fruto imaturo e maduro. Para as análises utilizou-se o percentual de Fournier, método de presença/ausência e correlação de Spearman. A emissão de botões ocorreu de modo irregular e os mesmos estiveram presentes tanto no período seco quanto no chuvoso de modo a não se correlacionar com nenhuma das variáveis. A floração ocorreu de forma distribuída ao longo do estudo se correlacionando de modo negativo apenas com a umidade relativa. A frutificação ocorreu no período seco e na transição do período seco para o chuvoso, correlacionada negativamente com a precipitação e umidade. Os frutos amadureceram nos últimos meses da estação seca e primeiros da chuvosa, se correlacionando apenas com a umidade. O ciclo reprodutivo de X. aromatica não é influenciado fortemente pelas variáveis climáticas e o fato de se correlacionar negativamente com a precipitação e umidade sugere que a espécie foi adaptada de modo a otimizar a polinização e dispersão de frutos.<hr/>ABSTRACT Despite efforts in recent years, data on the phenology of Cerrado species are fragmentary, and even X. aromatica being widely distributed, its phenology is unknown. In this sense, we sought to evaluate their reproductive phenology in a fragment of Cerrado in Rio Verde Municipality and correlate it with climatic variables. 20 individuals were marked to be subject to monthly phenological phases observation: bud, open flower, immature and mature fruit. For the analysis we used the percentage of Fournier, method of presence/absence and Spearman correlation. The emission of buds occurred irregularly and was present in both the wet and in the dry period, not correlating with any of the climatic variables. Flowering occurred distributed throughout the study, negatively correlated only with relative humidity. Fruitification occurred in the dry season and in the transition from dry to rainy season, negatively correlated with rainfall and humidity. The fruits matured in the last months of the dry season and first months of the rainy season, correlating only with moisture. The reproductive cycle of X. aromatica is not strongly influenced by climatic variables and the fact that it is negatively correlated with precipitation and humidity suggests that the species was adapted to optimize pollination and dispersal of fruit.