Scielo RSS <![CDATA[CERNE]]> http://www.scielo.br/rss.php?pid=0104-776020150002&lang=en vol. 21 num. 2 lang. en <![CDATA[SciELO Logo]]> http://www.scielo.br/img/en/fbpelogp.gif http://www.scielo.br <![CDATA[EDGE EFFECT IN ATLANTIC FOREST REMNANTS IN THE WATERSHED OF THE RIVER TAPACURÁ, PERNAMBUCO]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-77602015000200169&lng=en&nrm=iso&tlng=en Neste trabalho objetivou-se avaliar o efeito de borda sobre o componente arbóreo em dois fragmentos de Floresta Atlântica na Bacia do Rio Tapacurá-PE. Para amostragemdo componente adulto, foram plotadas 15 parcelas de 10 x 25 m e subparcelas de 1 x 25 m para a regeneração. As parcelas foram dispostas em três ambientes, cada uma com cinco unidades amostrais, conforme distância da borda. As comparações entre os ambientes foram realizadas por meio da composição de espécies, Diagrama de Venn e análise de agrupamento. A maior riqueza foi observada na área mais distante da borda e o maior número de indivíduos próximo à borda. Na Mata da Onça, os ambientes mais distantes da borda foram similares, porém são diferentes em composição e em estrutura, quando comparados com o ambiente mais próximo da margem do fragmento. Contudo, na Mata da Buchada, os dois primeiros ambientes próximos à borda foram similares. A interação, entre o ambiente antrópico e o fragmento, causa efeitos sobre a comunidade arbóreas áreas mais limítrofes do fragmento.<hr/>The objective of this study was to evaluate the edge effect on arboreal component of two Atlantic Forest fragments, in the Watershed of Tapacurá River, Pernambuco. For the sampling of the adult component 15 plots of 10 x 25 m were plotted and subplots of 1 x 25 m for the regeneration. The plots were arranged in three environments, with five sampling units each, according to distance from the edge. Comparisons between the environments were performed by specie composition, Venn diagram and cluster analysis. The greatest richness was observed in the area farther from the edge and the greatest number of individuals near the edge. In the Mata da Onça, the farthest edge environments were similar, but different in composition and structure as compared to the nearest environment. However, in the Mata da Buchada the first two environments near to the edge were similar. The interaction between the human environment and the fragment affects the arboreal community in the fragment edges. <![CDATA[ABOVE GROUND BIOMASS MICRONUTRIENTS IN A SEASONAL SUBTROPICAL FOREST]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-77602015000200175&lng=en&nrm=iso&tlng=en Na biomassa acima do solo de uma floresta nativa ou plantada, estão estocadas grandes quantidades de nutrientes, com poucos trabalhos encontrados na literatura, principalmente com micronutrientes. Conduziu-se este trabalho com o objetivo principal de quantificar a biomassa e os micronutrientes estocados na biomassa, acima do solo, em uma Floresta Estacional Subtropical, em Itaara-RS, Brasil. Para a quantificação da biomassa, foram abatidas 20 árvores distribuídas em cinco classes de diâmetros. As árvores abatidas foram separadas nas frações: madeira do fuste, casca do fuste, galhos e folhas. Nas amostras da biomassa, foram determinados os teores totais de B, Cu, Fe, Mn e Zn. O estoque de micronutrientes na biomassa, para cada componente foi obtido com base na biomassa seca estimada, multiplicada pelo teor de nutrientes. A produção total estimada de biomassa acima do solo foi de 210,0 Mg.ha-1. Nessa estimativa, os galhos corresponderam a 48,8%, a madeira do fuste 43,3%, a casca do fuste 5,4%, e as folhas 2,4%. Os menores teores de B, Cu, Fe e Mn (mg.kg-1) estão na madeira do fuste, com exceção do Zn; nos galhos e na madeira, estão os maiores estoques de B, Cu, Fe e Mn (kg.ha-1). Nos galhos, folhas e cascas, está estocada a maior parte dos micronutrientes, apontando a importância destes de permanecerem sobre o solo.<hr/>In the above ground biomass of a native forest or plantation are stored large quantities of nutrients, with few studies in the literature, especially concerning micronutrients. The present work aimed to quantify the micronutrients in above ground biomass in a Seasonal Subtropical forest in Itaara-RS, Brazil. For the above ground biomass evaluation, 20 trees of five different diameter classes were felled. The above ground biomass was separated in the following compartments: stem wood, stem bark, branches and leaves. The contents of B, Cu, Fe, Mn and Zn in the biomass samples were determined. The stock of micronutrients in the biomass for each component was obtained based on the estimated dry biomass, multiplied by the nutrient content. The total production of above ground biomass was estimated at 210.0 Mg.ha-1. The branches, stem wood, stem bark and leaves corresponded to 48.8, 43.3, 5.4 and 2.4% of the above ground biomass. The lower levels of B, Cu, Fe and Mn are in stem wood, except for Zn; in the branches and trunk wood are the largest stocks of B, Cu, Fe and Mn. In the branches, leaves and trunk bark are stored most micronutrients, pointing to the importance of these to remain on the soil. <![CDATA[FLORISTIC-STRUCTURAL COMPARISON OF ADULTS AND REGENERATING STRATA IN A MINED AREA OF CAMPO RUPESTRE, DIAMANTINA, MG]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-77602015000200183&lng=en&nrm=iso&tlng=en Objetivou-se, neste trabalho, comparar a estrutura fitossociológica e verificar a similaridade dos estratos adulto e regenerante em uma antiga lavra de mineração. Para a amostragem da vegetação arbórea, foram alocadas em um transecto de 50×100 m, 50 parcelas de 10×10 m onde foram amostrados todos os indivíduos vivos com diâmetro a 0,3 m do solo &amp;ge; 3 cm (DAS30&amp;ge; 3 cm). A regeneração natural foi amostrada em subparcelas de 2 x 2 m e 5 x 5 m, onde foram amostrados plantas com 0,1 m ≤ altura &amp;lt; 0,5 m e 0,5 m ≤ altura &amp;lt;1,50 m, respectivamente, estando as subparcelas localizadas no canto superior direito das 50 parcelas permanentes de 10 x 10 m, sendo amostrados indivíduos com DAS30≤ 3 cm e altura superior a 10 cm. Foram amostrados para as comunidades adultas e regenerantes 1262 indivíduos, distribuídos por 21 famílias e 45 espécies. O índice de Shannon Weaver (H'), para os estratos adultos e regenerantes foram, respectivamente: 2,18 nats.ind-¹ e 2,73 nats.ind-¹. As espécies com o maior índice de regeneração natural foram Lavoisiera montana (14,28%); Lavoisiera pectinata (14,26%); Microlicia isophylla (14,13%); Baccharis elliptica (10,71%); Baccharissp 1 (7,15%) e Cambessedia menbranaceae (3,63%). As espécies que se destacaram em relação aos valores de importância no estrato adulto foram Lavoisiera montana(28,59%); Eremanthus erythropappus (29,98%); Microlicia isophylla (5,87%); Pseudobrickelliasp (5,26%); Baccharis elliptica (5,18%) e Palicourea rigida(4,31%). O índice de similaridade de Jaccard entre o estrato regenerante e adulto foi de 69,56%. O estudo permitiu conhecer as principais diferenças florísticas e estruturais dos estratos estudados contribuindo para o conhecimento das principais espécies colonizadoras desse ambiente.<hr/>The objective of this work was to compare the phytosociological structure and to verify the similarity of the adult and regenerating stratum in an old mining site. For the arboreal vegetation sampling, 50 plots of 10 x 10 m were placed in a transect of 50 x 100 m, where all of the living individuals with 0.3 m diameter from the soil &amp;ge; 3 cm (DAS30 &amp;ge; 3 cm) were sampled. The natural regeneration was sampled in sub plots of 2 x 2 m and 5 x 5 m for plants with 0.1 m ≤ height &amp;lt; 0.5 m and 0.5 &amp;lt; height &amp;lt; 1.5 m, respectively. The sub portions were located in the superior right corner of the 50 permanent 10 x 10 m plots where individuals with DAS30≤ 3 cm and height superior to 10 cm were sampled. 1262 individuals were sampled for the adult and regenerating communities, spread in 21 families and 45 species. The index of Shannon Weaver (H'), for the adult and regenerating stratums was: 2.18 nats.ind-¹ and 2.73 nats.ind-¹, respectively. The species with the larger natural regeneration index were Lavoisiera montana (14.28%); Lavoisiera pectinata (14.26%); Microlicia isophylla (14.13%); Baccharis elliptica (10.71%); Baccharissp 1 (7.15%) and Cambessedia menbranaceae (3.63%). The species that presented the largest values of importance in the adult stratum were Lavoisiera montana (28.59%); Eremanthus erythropappus (29.98%); Microlicia isophylla (5.87%); Pseudobrickelliasp (5.26%); Baccharis elliptica(5.18%) and Palicourea rigida (4.31%). The Jaccard index of similarity between the regenerating and the adult stratums was 69.56%. This study identified the main floristic and structural differences of the studied stratums, contributing to the knowledge of the main species that colonize this environment. <![CDATA[PROPERTIES OF EUCALYPTUS WOOD HYBRIDS AND CHARCOAL AT THREE AGES]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-77602015000200191&lng=en&nrm=iso&tlng=en Foram estudadas madeiras de híbridos de Eucalyptus grandis x Eucalyptus urophylla em três diferentes idades. As características das madeiras e dos carvões produzidos, a partir dessas madeiras, bem como influência da madeira nas características dos carvões produzidos foram avaliadas. Foram realizadas análises químicas (extrativos, lignina, cinzas, análise elementar), densidade básica e poder calorífico superior - PCS nas madeiras. O carvão foi produzido em forno tipo mufla, com taxa de aquecimento 1,67 ºC.min-1 e temperatura final de 450 ºC. Para os carvões, foram realizadas análise imediata, análise elementar e rendimento gravimétrico do processo de pirólise. Foi observado um aumento nos valores de densidade, teor de extrativos, teor de carbono e relação C/H da madeira com a maturidade da árvore. Outras características como teor de cinzas e relação S/G tiveram seus valores diminuídos com a idade da árvore. Maior rendimento gravimétrico em carvão e em gases não-condensáveis foram encontrados no material mais maduro.<hr/>In the present studied was investigated hybrids of Eucalyptus grandis x Eucalyptus urophylla in three different ages. Wood and charcoal characteristics as well as the influence of wood characteristics on the charcoals produced were evaluated. Chemical analyzes (extractives, lignin, ash, elemental analysis), basic density and calorific value - PCS were performed for wood. The charcoals were produced in a muffle type furnace with a heating rate of 1.67 °C.min-1 and an end temperature of 450 °C. Volatile material content, ash content, fixed carbon content, elemental analysis and gravimetric yield of the pyrolysis process were performed for the charcoals. An increase in density values​​, extractives content, carbon content and C/H rate were observed with the maturity of the tree. Other features such as ash content and S/G ratio decreased with the age of the tree. Greater gravimetric yield in charcoal and non-condensable gases were found in more mature materials. <![CDATA[EVOLUTION OF DENDROMETRIC VARIABLES OF Mimosa scabrella BY SITE CLASS]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-77602015000200199&lng=en&nrm=iso&tlng=en A identificação do ritmo de crescimento das variáveis dendrométricas de espécies florestais com o uso da análise de tronco é rápida, eficiente e de grande importância na tomada de decisões para o manejador florestal. Sendo assim, objetivou-se neste trabalho analisar a evolução das curvas de produção, Incremento Médio Anual (IMA) e Incremento Corrente Anual (ICA) da altura, diâmetro, área transversal e volume individual da Bracatinga (Mimosa scabrella), em diferentes classes de sítio, bem como, ajustar modelos matemáticos para expressar a evolução dessas variáveis, ao longo dos anos. A base de dados proveio da análise completa de tronco de 29 árvores, coletadas na região metropolitana de Curitiba, com idades variando de sete a 18 anos, distribuídas em três classes de sítio. Após as medições e processamento básico dos dados, ajustaram-se seis modelos matemáticos conhecidos na literatura, para cada uma das quatro variáveis dendrométricas em análise, independentemente para cada sítio. O melhor modelo foi escolhido com base no coeficiente de determinação ajustado (R²aj), erro padrão de estimativa em percentagem (Syx%) e análise gráfica de resíduos. Os resultados mostraram que o modelo de Chapman-Richards foi o de melhor ajuste para quase todas as variáveis em análise dentro dos três sítios. Verificou-se, também, que a ordem de culminação do incremento corrente anual seguiu a ordem cronológica esperada, isto é, primeiro a altura, seguida pelo diâmetro, área transversal e, por último, o volume, em todos os sítios.<hr/>The identification of the growth rhythm of the dendrometric variables of forest species with the use of stem analysis is quick, efficient and of great importance in the decision making by forest managers. Thus, the objectives of this research were to analyze the annual evolution of the yield curves, Mean Annual Increment (MAI) and Current Annual Increment (CAI) in height, diameter, cross sectional area and volume of individual Mimosa scabrellaBenth (Bracatinga) in different site classes, and also, to fit mathematical models to express the evolution of these variables over the years. The database came from complete stem analysis of 29 Mimosa scabrella trees collected in the metropolitan region of Curitiba, with ages ranging from seven to 18 years, distributed in three site classes. After the measurements and basic data processing, six mathematical models were adjusted for each one of the four dendrometric variables, independently for each site. The best model was chosen based on the adjusted coefficient of determination (R²aj), relative standard error of estimate (Syx%) and residual graphic analysis. The results showed that the Chapman-Richards model presented the best fitting for almost all analyzed variables in all three sites. It was also verified that the culmination order of the current annual increment followed the expected chronological order, that is, first height, then diameter, cross sectional area, and finally, volume, in all the sites. <![CDATA[MIXED AND MONOSPECIFIC STANDS OF EUCALYPTUS AND BLACK-WATTLE. II - FINE ROOT BIOMASS DENSITY]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-77602015000200209&lng=en&nrm=iso&tlng=en The aim of this study was to evaluate fine root biomass density (FRBD) in mixed and monospecific stands of Eucalyptus grandis x E. urophylla and Acacia mearnsii(black wattle) in Bagé-RS (Southern Brazil). An experimental trial was installed with three treatments: 100% Eucalyptus (100E); 100% Acacia mearnsii (100A); 50% Eucalyptus + 50% Acacia mearnsii (50E:50A). The trial was carried using a randomized block design with three replicates. The fine root (&amp;le; 2.0mm) biomass density was determined 8 and 18 months after planting the trees. Soil samples were collected, with a cylindrical extractor auger (d = 7.0 cm), from four depths (0 - 5, 5 - 10, 10 - 20 and 20 - 30 cm) at each sampling point. After 8 months, the FRBD distribution was the same in both species and in all soil layers, reaching the maximum projection at 125 cm from the tree trunk. After 18 months, the root biomass density was higher in the monospecific black wattle stand than in the monospecific eucalyptus stand and the mixed stand. The fine root biomass density was highest in the 5 - 10 cm layer close to the trunk, for the planting row spacing, the planting line and the diagonals between two planting lines. Knowledge about fine root growth and distribution in soil at initial stages of stand development may help in decision-making for intensive forestry, thus ensuring more efficient use of soil resources.<hr/>O objetivo deste estudo foi avaliar a densidade da biomassa de raízes finas (DBRF) em povoamentos monoespecíficos e misto de Eucalyptus grandis x E. urophyllana região sul do Brasil. Para isso, instalou-se área experimental no município de Bagé-RS, a qual foi constituída por três tratamentos: 100E (100% de eucalipto); 100A (100% de Acacia mearnsii); 50E:50A (50% de eucalipto + 50% de Acacia mearnsii) em delineamento de blocos ao acaso, com três repetições. Determinou-se a densidade de biomassa de raízes finas (DBRF &amp;le; 2,0mm) aos 8 e 18 meses após o plantio. A amostragem foi realizada com tubo extrator de formato cilíndrico com 7,0 cm de diâmetro. Para cada ponto de amostragem, coletaram-se amostras em quatro profundidades: 0 - 5; 5 - 10; 10 - 20 e 20 - 30 cm. Verificou-se que a densidade de biomassa de raízes finas (DBRF) aos 8 meses de idade, nos diferentes sistemas de cultivo, possui o mesmo comportamento para a ocupação das diferentes camadas do solo, atingindo uma projeção máxima de 125 cm de distância em relação ao tronco da árvore. Já, aos 18 meses após o plantio, verificamos que no cultivo monoespecífico de acácia-negra a densidade de raízes foi superior em relação ao monocultivo e plantio misto de eucalipto. A maior densidade de biomassa de raízes finas encontra-se na camada de 5 a 10 cm de profundidade, nas proximidades do tronco da árvore e na linha de plantio, seguida pela diagonal e entrelinha de plantio. O entendimento do crescimento e distribuição da biomassa radicular nos estágios iniciais de crescimento de povoamentos florestais pode ajudar na decisão de práticas silviculturais a serem adotadas a fim de assegurar uma utilização mais eficiente dos recursos do solo. <![CDATA[SITE INDEX CURVES AND HYPSOMETRIC RELATIONSHIP FOR <em>Eucalyptus grandis</em>PLANTATIONS FOR THE CAMPOS GERAIS REGION, PARANA STATE]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-77602015000200219&lng=en&nrm=iso&tlng=en Neste trabalho, objetivou-se, essencialmente, ajustar modelos para a construção de curvas de índice de sítio e modelos para estimar alturas nas diferentes idades para Eucalyptus grandis,na região dos Campos Gerais, no estado do Paraná. Os dados utilizados no ajuste dos modelos foram provenientes de parcelas permanentes, temporárias e de inventários pré-corte, englobando idades de 2,5 a 26,5 anos. Foram testados vários modelos para representar os sítios e a relação hipsométrica. Para o sítio, o modelo de Chapman-Richards apresentou as melhores estatísticas de ajuste e precisão, tendo-se construído 5 curvas de sítio (amplitude de 5 m) pelo método da curva-guia. Os quatro modelos hipsométricos testados apresentaram desempenhos satisfatórios e estatísticas similares, constatando-se que a inclusão da variável altura dominante ou do índice de sítio nos modelos não melhorou, substancialmente, as estatísticas de ajustes e precisão, mas os resíduos ficaram mais homogêneos e mais próximos de zero.<hr/>The study aimed to fit mathematical models for the construction of Site Index curves and to estimate heights at different ages for Eucalyptus grandis in the Campos Gerais region, Parana State. The data used to fit the models came from permanent, temporary plots and pre-harvesting inventory, covering ages from 2.5 to 26.5 years. Several models were tested to represent the sites and the hypsometric relationship. The Site Index curves were constructed by the guide-curve method. For the Site Index, the Chapman-Richards model showed the best fit and precision statistics, generating 5 Site Index curves (range of 5 m) with the Chapman-Richards model. The four hypsometric models tested showed satisfactory performance and similar statistics and the inclusion of the variables dominant height or site index did not substantially improve the goodness of fit statistics, but the residues were more homogeneous and closer to zero. <![CDATA[PRODUCTIVE BEHAVIOR OF EUCALYPTUS AND ACACIA, IN DIFFERENT ARRANGEMENTS OF CROP-LIVESTOCK-FOREST INTEGRATION]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-77602015000200227&lng=en&nrm=iso&tlng=en Objetivou-se, neste trabalho, avaliar o crescimento inicial de árvores de eucalipto clonal, híbrido de Eucalyptus grandis x E. urophylla e acácia (Acacia mangium) em fileiras alternadas ou não; em consórcio com forrageiras em ILPF e em monocultivo. O delineamento utilizado foi em blocos completos ao acaso, com quatro repetições, com três arranjos arbóreos constituídos de eucalipto, eucalipto + acácia, acácia, todos na integração lavoura-pecuária-floresta e duas testemunhas em monocultivo (eucalipto e acácia). A altura das árvores de eucalipto é influenciada pelo consórcio com acácia nos arranjos estudados na ILPF, o que não acontece com o diâmetro à altura do peito. O arranjo das espécies de eucalipto e acácia consorciados na mesma linha de plantio possui produtividade igual ao arranjo, utilizando apenas eucalipto nas linhas de plantio em sistemas de ILPF. A produtividade de madeira de eucalipto no arranjo de eucalipto e acácia na mesma linha da ILPF é menor do que em cultivo sozinho na linha, porém, a soma da madeira produzida pelas duas espécies é superior ao arranjo de apenas eucalipto na linha de plantio da ILPF.<hr/>The objective was to evaluate initial growth of clonal Eucalyptus, hybrid Eucalyptus grandis x E. urophylla and Acacia (Acacia mangium) trees in alternate and not alternate rows of trees, intercropped with forage (crop-livestock-forest integration - CLFI) and monoculture. The design was a randomized complete block design with four replications, three arboreal arrangements consisting of eucalyptus, acacia + eucalyptus, acacia, all planted in crop-livestock-forest integration and two monoculture controls (Eucalyptus and Acacia). The height of eucalyptus trees is influenced by the consortium with Acacia in the studied CLFI designs, which does not happen with the diameter at breast height. The arrangement of species of eucalyptus and acacia intercropping in the same row planting has productivity equal to the array using only the lines of eucalyptus planting systems . Timber productivity of acacia and eucalyptus in the same row is less than the same species line, however, the sum of the timber produced from the two species is greater than the arrangement of eucalyptus only row in CLFI. <![CDATA[A SYSTEM FOR <em>Pinus taeda</em> GROWTH AND YIELD IN THE NORTH OF SANTA CATARINA]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-77602015000200235&lng=en&nrm=iso&tlng=en Objetivou-se, neste trabalho, testar diferentes modelos matemáticos para o ajuste de curvas de índice de sítio e avaliar o modelo de Clutter para predição do crescimento e da produção em povoamentos de Pinus taeda na região norte do Estado de Santa Catarina. Os dados de altura dominante foram obtidos por meio da medição de 216 parcelas, com área de 400 m², em 2009. Para o modelo de Clutter, utilizaram-se dados de inventário contínuo, realizado entre os anos de 2004 e 2008, em talhões com idades entre 5 e 34 anos. As estatísticas coeficiente de determinação ajustado (R²aj), erro padrão da estimativa (Syx), erro padrão da estimativa em porcentagem (Syx%) e distribuição de resíduos em porcentagem foram utilizadas para selecionar o melhor modelo. Verificou-se que o modelo de sítio mais adequado foi o de Silva-Bailey e o modelo de Clutter foi considerado eficiente para estimar o crescimento e a produção em m³.ha-1, do ponto de vista estatístico e biológico.<hr/>The objective of this study was to test different models for fitting site index curves and evaluat the Clutter model for predicting Pinus taedagrowth and yield in the northern State of Santa Catarina. The dominant height data were obtained from 216 plots measured in 2009, with an area of ​​400 m². To fit the Clutter model we used data from permanent plots, conducted between 2004 and 2008 in areas aged between 5 and 34 years. The coefficient of determination (R²adj), standard error of estimate (Syx), standard error of estimate in percentage (Syx%) and residual percentage distribution were the statistics used to select the best model. The Silva-Bailey model was the most appropriated to represent site index curves, while the Clutter model performed well for estimating the growth and yield (m³.ha-1), from a statistical and biological point of view. <![CDATA[PREDICTIONG OF EUCALYPTUS WOOD BY COKRIGING, KRIGING AND REGRESSION]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-77602015000200243&lng=en&nrm=iso&tlng=en No semiárido pernambucano na região do Polo Gesseiro do Araripe, onde é produzido 97% do gesso consumido no Brasil, um experimento florestal com 1875 árvores de eucaliptos foi cortado e todas as árvores foram cubadas rigorosamente pelo método de Smalian. A localização de cada árvore foi demarcada num plano cartesiano, e uma amostra de 200 árvores foi retirada pelo processo inteiramente aleatório. Nas 200 unidades amostrais foram utilizados três métodos de estimação para a variável volume de madeira, análise de regressão, krigagem e cokrigagem. Para a cokrigagem a variável secundária foi o DAP (Diâmetro a Altura do Peito) e para a regressão foi utilizado o modelo de Spurr ou da variável combinada que utiliza duas variáveis explicativas a altura total da árvore (H) e o DAP. As variáveis volume e DAP apresentaram dependência espacial. Para comparar os métodos foram utilizados o coeficiente de determinação (R2), a distribuição residual dos erros (valores observados x estimados). Os melhores resultados foram conseguidos com a regressão R2 = 0,82, volume total = 166,25 m3, a cokrigagem forneceu R2 = 0,72 e volume total = 164,14 m3 e a krigagem teve R2 = 0,32 e o volume total = 163,21 m3, o volume real do plantio era de 166,14 m3.<hr/>In the Gypsum Pole of Araripe, semiarid zone of Pernambuco, where is produces 97% of the plaster consumed in Brazil, a forest experiment with 1875 eucalyptus was cut off and all the trees were rigorously cubed by the Smalian method. The location of each tree was marked on a Cartesian plane, and a sample of 200 trees was removed by entirely random process. In the 200 sample trees, three estimation methods for variable volume timber, regression analysis, kriging and cokriging were used. To cokriging method, the secondary variable was the DBH (Diameter at Breast Height), and for the regression model of Spurr or the combined variable, it uses two explanatory variables: total height of the tree (H) and the DBH. The variables volume and DBH showed spatial dependency. To compare de methods it was used the coefficient of determination (R2) and the residual distribution of the errors (real x estimated data). The best results were achieved with the Spurr equation R2 = 0.82 and total volume estimated 166.25 m3. The cokriging provided and R2 = 0.72 with total volume estimated of 164.14 m3 and kriging had R2 = 0.32 and the total volume estimated of 163.21 m3. The real volume of the experiment was 166.14 m3. <![CDATA[MODELING THE OCCURRENCE OF COHORTS IN THE DIAMETRIC STRUCTURE OF Araucaria angustifolia (Bertol.) Kuntze]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-77602015000200251&lng=en&nrm=iso&tlng=en Estudos referentes à estrutura diamétrica das florestas nativas são essenciais para o entendimento do desenvolvimento, fornecer parâmetros do crescimento e produção suficientes para gerar estimativas que subsidiem o manejo sustentado. No entanto, a modelagem matemática de funções probabilísticas, como as de densidade, tornam-se de difícil aplicação em distribuições multimodais. A espécie Araucaria angustifolia (Bertol.) Kuntze, de importância social, ambiental e econômica, apresenta padrão de distribuição multimodal, formando unidades demográficas denominadas de coortes, que se originam, em decorrência de agentes antrópicos e naturais que atuam nos nichos. Logo, tomando com base dados inventariados de árvores com diâmetro à altura do peito, igual ou maior que 9,5 cm (DAP≥9,5 cm), oriundos da Floresta Nacional de São Francisco de Paula, RS, foram testadas diferentes funções densidade de probabilidade. O melhor ajuste à série de dados consiste em uma função truncada de polinômio de sétimo grau, que, além de manter valores ajustados muito próximos aos observados, manteve a configuração multimodal da distribuição.<hr/>Studies concerning the diameter structure are essential for understanding the development of native forests, provide growth and yield parameters sufficient to generate estimates that support sustainable management. However, the mathematical modeling of probability functions, such as density, becomes difficult to implement in multi-modal distributions, found in forest species and communities. The species Araucaria angustifolia (Bertol.) Kuntze, of social, environmental and economic features, presents multimodal distribution pattern forming units called demographic cohorts, which arise due to natural and anthropogenic agents that operate in niches. Therefore, taking inventory database of trees with a diameter at breast height equal to or greater than 9.5 cm (DBH≥9.5 cm), from the National Forest of São Francisco de Paula, RS, it was possible to test different probability density functions. The best fit to the data series consists of a truncated polynomial function of seventh degree, which besides maintaining fitted values ​​very close to those observed for total and diameter classes, maintained the multimodal distribution characteristic. <![CDATA[STRUCTURAL DYNAMICS IN A FRAGMENT OF SEASONAL SEMI-DECIDUOUS FOREST IN LAVRAS, MG, BRAZIL]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-77602015000200259&lng=en&nrm=iso&tlng=en Neste trabalho, objetivou-se descrever a dinâmica estrutural da comunidade arbórea de um fragmento de floresta semideciduifólia (Mata do Capivari), situado em Lavras, Minas Gerais. O estudo teve como base três inventários realizados no período de onze anos (1997, 2003 e 2008) em 28 parcelas permanentes de 20×20 m onde foi registrada a espécie e a medida de diâmetro à altura do peito (DAP) das árvores com DAP ≥ 5 cm, incluindo sobreviventes, mortas ou recrutas. A hipótese foi de que os padrões de dinâmica do primeiro período (1997 a 2003) persistiram no segundo (2003 a 2008). Os descritores da dinâmica foram taxas de mortalidade e recrutamento de árvores individuais (dinâmica demográfica), taxas de ganho e perda de área basal (dinâmica da biomassa) e as respectivas taxas de mudança líquida. Entre 2003 e 2008, a taxa de mortalidade, de 3,30%.ano-1, superou a de recrutamento, de 2,78%.ano-1. A taxa de ganho em área basal foi de 2,72%.ano-1, pouco inferior à de perda, de 2,98%.ano-1. De maneira geral, os padrões repetiram os do primeiro período (1998 a 2003), com persistência de um lento declínio demográfico, particularmente concentrado nas proximidades do rio, e uma área basal próxima da estabilidade, ao contrário da alta encosta, onde ocorreu uma significativa expansão. Comparativamente, a Mata do Capivari é uma das mais estáveis entre as estudadas na região, a despeito da persistente interferência humana<hr/>The present contribution aimed at describing the structural dynamics of the tree community of a forest fragment of seasonal semi-deciduous forest (Mata do Capivari) situated in Lavras, Minas Gerais State, South-eastern Brazil. The study was based on three surveys carried out during an 11-year period (1997, 2003 and 2008) in 28 20×20 m permanent plots where records were made of the species and diameter at breast height (dbh) of trees with dbh ≥ 5 cm, including survival, mortality and recruits. The hypothesis was that the patterns of dynamics found in the first interval (1997-2003) persisted in the second (2003-2008). The descriptors of dynamics were the rates of mortality and recruitment of individual trees (dynamics of demography), rates of gain and loss of tree basal area (dynamics of biomass), and respective net change rates. Between 2003 and 2008, the mortality rate, of 3.30%.yr-1, surpassed the recruitment rate, of 2.78%.yr-1. The gain rate in basal area was 2.72%.yr-1, only a little inferior to the loss rate, of 2.98%.yr-1. In general, these patterns repeated those of the first interval (1998-2003), with a persisting slow demographic decline, particularly concentrated near the river, and a nearly stable basal area. Comparatively speaking, the Mata do Capivari is one of the most stable among those studied in the region despite persistent human interference. <![CDATA[SPECTRO-TEMPORAL CHARACTERIZATION OF Eucalyptus spp. CANOPIES BY TM/Landsat 5 RADIOMETRIC DATA]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-77602015000200267&lng=en&nrm=iso&tlng=en Imagens TM/Landsat5 referentes a duas passagens defasadas em um mês (abril e maio de 2009), sobre a região de Capão Bonito (SP) onde se desenvolvem plantios de Eucalyptus uroplilla, Eucalyptus grandis e uma espécie híbrida entre estas duas, foram utilizadas na caracterização espectral de dosséis que apresentavam diferenças estruturais explicadas por diferenças de idade. Essas imagens foram convertidas para valores físicos (Fatores de reflectância de superfície) e, a partir delas, foram geradas outras imagens fruto da aplicação da técnica de principais componentes. As dispersões dos valores de PC1 e de PC2, em um espaço bidimensional, foram avaliadas visando a identificar tendências na dispersão desses valores provenientes dos diferentes dosséis, associadas às suas características biofísicas. Os resultados indicaram que em plantios jovens (até os 3 primeiros anos de idade), a nuvem de dispersão se posiciona nas porções mais inferiores do espaço PC1 x PC2 e mais distantes de sua origem (zero). Isso indica maior participação das porções inferiores dos dosséis menos brilhantes na região do infravermelho próximo (solo exposto ou galhos secos) e mais brilhantes na região do visível. Os plantios mais maduros tendem a priorizar participação das folhas em detrimento das porções mais sombreadas, localizadas nas regiões mais inferiores dos dosséis. A caracterização espectral dos dosséis de eucalipto foi consistente nas duas oportunidades aqui exploradas (duas passagens).<hr/>TM/Landsat 5 images (April and May 2009) from Capão Bonito (SP) region where Eucalyptus urophilla, Eucalyptus grandis and a hybrid of both species have been planted were utilized in the spectral characterization of some stands that presented structural differences explained mainly by age. These images have been converted to physical values such as surface reflectance factors and from these values principal components images were generated. The dispersion of PC1 and PC2 on a bi-dimensional space has been evaluated to identify tendencies of pixels positioning. Results have shown that for young eucalyptus canopies (up to 3 years old) the positioning is well defined, occupying the lower part of the dispersion clouds and far from the graph origin (zero). This result indicates more participation of the lower portions of the canopies, which presents lower values of reflectance in the near infrared (bare soil or dry branches) and high reflectance in the visible region. The older canopies presented higher influence of photosynthetic active leaves rather than the shadowed and lower portions of the canopies. The spectral characterization of eucalyptus canopies at the two temporal set of data was consistent. <![CDATA[FLORISTIC AND STRUCTURE OF SEASONALLY DRY TROPICAL FORESTS]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-77602015000200277&lng=en&nrm=iso&tlng=en Neste estudo, objetivou-se caracterizar florística e estruturalmente a comunidade arbórea em uma área de encosta, Caatinga arbórea e em área ecotónal com cerrado no Parque Nacional Cavernas do Peruaçu, Norte de Minas Gerais, buscando testar as seguintes hipóteses: 1- Existem diferenciações florísticas entre os ambientes; 2- Todos os ambientes apresentam as mesmas características quanto à estrutura. Foram confeccionados diagrama de Venn e histogramas de frequência da distribuição de indivíduos por classes de diâmetro. Foi feita a análise de Espécies Indicadoras e foram calculados os parâmetros fitossociológicos clássicos. Foram encontradas 305 espécies, distribuídas em 173 gêneros e 48 famílias. Sendo que, na encosta, foram encontradas 166 espécies, na Caatinga arbórea foram encontradas 204 espécies e na área ecotonal foram encontradas 155 espécies. Muitas espécies foram exclusivas a cada ambiente, sendo 54 à encosta, 65 à Caatinga arbórea e 35 ao ecótono. Apenas 69 espécies foram comuns aos três ambientes. Foram amostrados 1391 indivíduos, resultando em uma estimativa de 1340,62, 1765 e 1280 indivíduos.ha-1 na encosta, Caatinga arbórea e ecótono, respectivamente. A área basal em m2.ha-1 foi 47,64, 30,05 e 23,29, respectivamente. Já, o índice de diversidade de Shannon foi 3,49, 3,74 e 3,61 nats.indivíduo-1, e a equabilidade de Pielou foi de 0,80, 0,84 e 0,85. Com relação à distribuição dos indivíduos em classes de diâmetro, a Caatinga arbórea e encosta apresentaram um mesmo padrão, com uma diminuição gradual do número de indivíduos. Já, o ambiente ecotonal apresentou uma distribuição tendendo a normal.<hr/>A floristic and structural survey of the tree community in different environments (slope, Arboreal Caatinga and ecotone to savannah) were carried out in Cavernas do Peruaçu National Park, North of Minas Gerais. We aimed to test the following hypotheses: 1 - There is floristic differentiation among the environments; 2 - All environments have the same structural characteristics. Venn Diagrams were used to compare both the shared and unshared species among the environments. Tree distribution by diameter classes for each environment was made by means of frequency histograms. An Indicator Species Analysis and usual phytossociological parameters were used. A total of 305 species were found, distributed in 173 genera and 48 families, of which 166 were found in the slope, 204 in the Arboreal Caatinga and 155 in the ecotone. 54 species were exclusive to the slope, 65 to the Arboreal Caatinga and 35 to the ecotone and only 69 species were common to all three environments. 1391 individuals were sampled, yielding an estimated density of 1340.62, 1765 and 1280 individuals.ha-1 respectively for the slope, Arboreal Caatinga and ecotone. The basal area reached 47.64, 30.05 and 23.29 m2.ha-1, respectively for the slope, Arboreal Caatinga and ecotone. The Shannon diversity index and Pielou's evenness were, respectively, 3.49 and 0.80 for the slope, 3.74 and 0.84 for the Arboreal Caatinga and 3.61 and 0.85 for the ecotone. The Arboreal Caatinga and the slope presented a gradual decrease in frequency towards the higher diameter classes whereas the ecotone tended to follow a normal distribution. <![CDATA[STRUCTURE AND POTENTIAL USE OF TREE SPECIES IN A MANAGED FOREST IN PA MOJU, SANTÁREM-PARÁ]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-77602015000200293&lng=en&nrm=iso&tlng=en Neste estudo, objetivou-se analisar a fitossociologia e o uso múltiplo das espécies arbóreas em floresta manejada na comunidade Actaaia, Assentamento Moju I e II, Santarém-Pará. Foram amostrados 10 ha de floresta manejada, alocando-se, sistematicamente, 20 parcelas de 20 m x 250 m e mensuradas todas as árvores com DAP ≥ 10 cm. Foram encontradas 128 espécies, pertencentes a 37 famílias botânicas. A diversidade pelo Índice de Shannon foi 4,04, que resultou em 83% da diversidade máxima da amostra. Cada espécie foi representada, em média, por oito indivíduos e a densidade e área basal foram 341,83 árv.ha-¹ e 18,05 m².ha-¹, respectivamente. A floresta remanescente apresentou espécies com potencial madeireiro e não madeireiro, para a utilização pela comunidade; a ocorrência de 58% de espécies com, pelo menos, dois usos revelou a importância de estudar as suas funcionalidades para a melhoria da qualidade de vida dos comunitários, o que deve ser considerado em um plano de manejo florestal comunitário.<hr/>The study aimed to analyze the phytosociology and multipurpose tree species use in a managed forest in the Actaaia community, Settlement Moju I and II, Santarém, Pará. 10 ha of managed forest were sampled, systematically allocating 20 plots of 20 m x 250 m, with all trees with DBH ≥ 10 cm measured. 128 species belonging to 37 families were found. The Shannon diversity index was 4.04, which resulted in 83% of the maximum diversity of the sample. Each species was represented on average by eight individuals and the density and basal area were 341.83 trees.ha-1 and 18.05 m².ha-1, respectively. After exploration, the forest contained species with timber and non-timber potential use by the community, with the occurrence of 58% of species with at least two uses, revealing the importance of studying their features to improve the quality of life of the community, which should be considered in a community forest management plan. <![CDATA[FOREST COVER EVALUATION IN THE ATLANTIC FOREST LANDSCAPE OF THE OURO PRETO REGION - MG, IN THE YEAR 2010]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-77602015000200301&lng=en&nrm=iso&tlng=en Objetivou-se, neste trabalho, avaliar o estado de conservação atual da paisagem na região de Ouro Preto, Ouro Branco e Mariana, MG, correspondendo à áreas situadas no alto das bacias dos rios das Velhas, do Carmo, Gualaxo do Sul e ribeirão da Colônia. A região possui diferentes Unidades de Conservação (UCs), localizadas no domínio fitogeográfico da Mata Atlântica. Utilizaram-se imagens RapidEye AG (jun/2010) com 5 m de resolução espacial. A classificação do uso do solo para obtenção das métricas da paisagem foi dividida em três classes: Floresta Estacional Semidecidual Montana, Vegetação natural 2 e Uso Antrópico. Os resultados apontaram que a área de estudo encontra-se bem preservada, principalmente dentro das UCs, onde se localizam os grandes fragmentos, principais para a conservação; as formações naturais presentes na área de estudos corresponderam a 87,08%; as métricas mostraram que a distância média entre os fragmentos (262) é 72,18 m; a forma e o efeito de bordas nos fragmentos apresentaram-se adversas à preservação da biodiversidade; fortes pressões antrópicas: área urbana, solo exposto, minerações etc., estão presentes em maior intensidade fora da Zona de Amortecimento (ZA) do Parque Estadual do Itacolomi; pontos vulneráveis à conservação encontram-se, em grande parte, próximos às áreas de pastoreio e de mineração, com destaque para as áreas de campo das UCs de Ouro Branco e de pastoreio dentro da APA Estadual Cachoeira das Andorinhas.<hr/>This study aimed to evaluate the current state of conservation and the landscape connectivity in the area covering part of the counties of Ouro Preto, Mariana and Ouro Branco, MG. This area is located at the upper course of the Velhas river, Carmo river, Gualaxo do Sul river and Colônia creek. The region belongs to the Mata Atlantica phytogeographic ecosystem and encompasses different Conservation Units (CUs). RapidEye AG (Jun/2010) with 5 m of spatial resolution images were used. The study area was divided into three classes: Seasonal semideciduous montane forest; Natural vegetation 2; Anthropic use. The results showed that the study area is well preserved, particularly inside the CUs where the fragments are bigger and are considered priority sites for conservation. The natural formations of the region corresponded to 87.08% of the study area. The metrics showed that the average distance between the 262 fragments is 72.18 m. The shape of the fragments do not favor the preservation of biodiversity, because they are complex and irregular (fractal). The application of edge effects initially increases the fragmentation and, subsequently reduces the size of individual vegetation spots, smoothing their complex shapes. Strong anthropic pressures are present outside the buffer zone of the State Park of Itacolomi. The weak points are those surrounding pastoral and mining areas, mainly field areas of CUs in Ouro Branco and pasture areas inside the Cachoeira das Andorinhas State APA. <![CDATA[ANALYSIS OF SPACE-TIME DYNAMICS OF FOREST FRAGMENTS IN THE ALEGRE RIVER SUBWATERSHED, BRAZIL]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-77602015000200311&lng=en&nrm=iso&tlng=en O conhecimento sobre o histórico da fragmentação florestal em bacias hidrográficas auxilia no planejamento e na aplicação de práticas pautadas na restauração de áreas florestais devastadas. A análise estrutural dos fragmentos florestais da sub-bacia hidrográfica do rio Alegre, ES, baseou-se no uso de métricas da paisagem, por meio do aplicativo computacional ArcGis 10.0 e a extensão Patch Analyst, considerando uma evolução durante os anos de 1975, 2002 e 2007. As análises mostraram um aumento de, aproximadamente, 7% na área total da cobertura florestal, acompanhado do surgimento de 645 novos fragmentos florestais. O número de fragmentos foi elevado e a área de contribuição pequena, o que implicou na alta relação de borda/área. A predominância de fragmentos de forma geométrica simples ocorreu entre os menores fragmentos (&lt; 1 ha). Os maiores fragmentos (&gt; 20 ha) mostraram-se próximos, apresentando tendência de redução nos valores da métrica de proximidade. A partir dos resultados, infere-se que, apesar do aumento da área vegetada, a qualidade ambiental dos remanescentes florestais encontra-se altamente comprometida.<hr/>Knowing the history of forest fragmentation in watersheds helps plan and implement practices based on restoration of degraded forest areas. Structural analysis of forest fragments in the Alegre River subwatershed, State of Espírito Santo, was based on landscape metrics using ArcGIS 10 software with Patch Analyst extension, regarding changes during 1975, 2002, and 2007. Analysis showed an increase of about 7% in the total area of forest cover and emergence of 645 new forest fragments. Numerous patches and a small drainage area resulted in a high perimeter-to-area ratio. Simple geometric shapes predominated in smaller patches (&lt; 1 ha). Larger patches (&gt; 20 ha) were close to each other, with a tendency to decrease proximity metric values. The results show that despite increase in vegetated area, the environmental quality of forest remnants is highly jeopardized. <![CDATA[USE OF AMAZONIAN SPECIES FOR AGING DISTILLED BEVERAGES: PHYSICAL AND CHEMICAL WOOD ANALYSIS]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-77602015000200319&lng=en&nrm=iso&tlng=en O processo de armazenamento de bebidas destiladas em barris de madeira é uma prática que visa à melhoria das características sensoriais da bebida, tais como cor, aroma e sabor. A qualidade da bebida destilada armazenada nesses barris depende de características da madeira como densidade, permeabilidade, composição química e anatomia, além do tipo de tratamento térmico dado à madeira durante a confecção dos barris. O Brasil possui uma grande diversidade florestal, principalmente no norte do país, na Amazônia. Essa região abriga milhares de espécies de árvores, porém, limita-se à utilização de pouco mais de duas espécies nativas e outras exóticas para o armazenamento de bebidas. Assim, objetivou-se, neste trabalho, determinar algumas das características físicas e químicas das madeiras de quatro espécies florestais da Região Amazônica. Os resultados obtidos para as espécies arbóreas aqui estudadas serão comparados com os de madeiras já utilizadas para o armazenamento de bebidas destiladas. As espécies estudadas foram angelim-pedra (Hymenolobium petraeum Ducke), cumarurana (Dipteryx polyphylla (Huber) Ducke), jatobá (Hymenaea courbaril L.) e louro-vermelho (Nectandra rubra (Mez) C.K. Allen). As árvores foram coletadas em área de manejo florestal da Empresa Precious Woods Amazon, em Silves, Amazonas. Dentre as análises realizadas foram determinados: teores de extrativos totais, quantidade de lignina, porcentagem de minerais (cinzas) e teores de taninos, além de densidade básica, análise elementar (CHNS-O) e análise térmica. Observou-se que a composição química estrutural (teores de lignina, holocelulose) e elementar (porcentagem de C, H, N e O) das madeiras possuem diferenças significativas. A madeira do jatobá possui maior teor de taninos e, na análise térmica, foi a madeira com menor perda de massa.<hr/>The process of storing liquor in wooden barrels is a practice that aims to improve the sensory characteristics, such as color, aroma and flavor, of the beverage. The quality of the liquor stored in these barrels depends on wood characteristics such as density, permeability, chemical composition, anatomy, besides the wood heat treatment used to fabricate the barrels. Brazil has a great diversity of forests, mainly in the north, in the Amazon. This region is home to thousands of tree species, but is limited to the use of only a few native species to store liquors. The objective of this study was to determine some of the physical and chemical characteristics for four Amazon wood species. The results obtained in this study will be compared with others from woods that are traditionally used for liquor storage. The species studied were angelim-pedra (Hymenolobium petraeum Ducke) cumarurana (Dipteryx polyphylla (Huber) Ducke), jatobá (Hymenaea courbaril L.) and louro-vermelho (Nectandra rubra (Mez) CK Allen). The trees were collected from Precious Woods Amazon Company forest management area, in Silves, Amazonas. Analyzes such as: concentration of extractives, lignin amount, percentage of minerals (ash) and tannin content, density, elemental analysis (CHNS-O) and thermal analysis were done. It was observed that the chemical composition (lignin, holocellulose) and elemental analysis (percentage of C, H, N and O) of the woods have significant differences. The jatobá wood presented higher tannin content, and in the thermal analysis, was that which had the lowest mass loss. <![CDATA[WOOD ANATOMY OF ROOT, TRUNK AND BRANCH FROM BARBATIMÃO (Stryphnodendron adstringens (Mart) Coville)]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-77602015000200329&lng=en&nrm=iso&tlng=en Objetivou-se analisar o lenho de raiz, tronco e galho de barbatimão, Stryphnodendron adstringens em área de cerrado, no município de Lavras, MG. Amostras de lenho do tronco e do galho foram retiradas a 0, 25, 50, 75 e 100% da altura total do tronco e comprimento total do galho. Amostras de lenho das raízes foram retiradas a 40 cm de profundidade do solo. Qualitativamente o lenho do barbatimão possui camadas de crescimento distintas para o tronco e galho; na raiz, encontram-se pouco definidas. Porosidade difusa. Placas de perfuração simples. Pontoações intervasculares e raio-vasculares, areoladas, alternas e com guarnições. Parênquima paratraqueal vasicêntrico. Raios predominantemente unisseriados, apresentando raios multisseriados. Os raios são heterocelulares, onde o corpo do raio é formado por células procumbentes e margens com células quadradas e eretas. Observaram-se, raios homogêneos formados apenas por células procumbentes. Presença de cristais nas células dos parênquimas axiais, radiais e nas fibras. Quantitativamente, as características relevantes para o lenho foram: maior frequência de vasos para o galho; paredes das fibras mais espessas no lenho de raiz e raio mais largo no tronco.<hr/>This study aimed to analyze the wood of root, trunk and branch from barbatimão (Stryphnodendron adstringens) in the cerrado area, in Lavras (Minas Gerais State, Southeastern Brazil). Trunk and branch wood samples were removed at 0, 25, 50, 75 and 100% of the trunk and branch total height. Root wood samples were removed at 40 cm depth soil. Qualitatively the barbatimão wood has distinct growth layers for the trunk and branch; at the root they are poorly defined. Diffuse porosity. Simple perforation plates. Inter-vascular and vessel-ray. Bordered, alternate and with garnishes. Vasicentric paratracheal parenchyma. Uniseriate rays predominant, presenting multiseriate rays. The rays are heterocellular, where the ray body is formed by procumbent cells and margins with square and upright cells. It was observed that homogeneous rays are formed only by procumbent cells. Crystals are present at the axial and radial parenchyma cells, and in the fibers. Quantitatively the relevant features to the wood were: higher vessel frequency in branch wood; thicker wall fibers in the root wood and larger rays in the trunk <![CDATA[ORIENTATION AND POSITION EFFECTS OF A LOCAL HETEROGENEITY ON FLEXURAL VIBRATION FREQUENCIES IN WOODEN BEAMS]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-77602015000200339&lng=en&nrm=iso&tlng=en Studying the influence of defect on the dynamic behavior of wood in order to detect the local heterogeneities is of great importance in non-destructive testing of wood. The natural heterogeneities in wood are oriented in a volume. However, one-dimensional models are still used in dynamic characterization of wooden beams. The aim of this study was to experimentally investigate the effects of the orientation and position of an artificial defect on the flexural vibration frequencies. Different batches of Fagus orientalis specimens were drilled in the radial direction at five positions along the specimen. Dynamic tests in free flexural vibration were performed on the specimens before and after drilling both in the longitudinal-radial (LR) and longitudinal-tangential (LT) bending plan. The behavior in free flexural vibration was found to be different depending on the position and orientation of heterogeneity. When the drilling axis lies in the bending plane (LR), the weakening of frequency was maximal at the location of an antinode of vibration. On the contrary, the frequency offset was maximal in the place of a vibration node when the drilling axis was orthogonal to the bending plane (LT).<hr/>Estudar a influência de um defeito sobre o comportamento dinâmico da madeira, a fim de detectar as heterogeneidades locais, é de grande importância em ensaios não destrutivos. As heterogeneidades naturais da madeira são orientadas em um volume. Entretanto, modelos unidimensionais ainda são utilizados para a caracterização dinâmica de vigas de madeira. Objetivou-se, neste estudo, investigar experimentalmente os efeitos da orientação e da posição de um defeito artificial nas frequências de vibração de flexão. Diferentes lotes de amostras de Fagus orientalis foram perfurados na direção radial, em cinco posições, ao longo do comprimento da amostra. Os ensaios dinâmicos em vibração de flexão livre foram realizados nas amostras antes e depois da perfuração nos planos de flexão longitudinal-radial (LR) e longitudinal-tangencial (LT). O comportamento em vibração de flexão livre foi diferente em função da posição e da orientação da heterogeneidade. Quando o eixo de perfuração estava no plano de flexão (LR), o enfraquecimento das frequências foi máximo, no local de um antinode de vibração. O deslocamento de frequência, apresentou comportamento contrário, ou seja, foi máximo na zona de um nó de vibração, quando o eixo de perfuração era ortogonal em relação ao plano de flexão (LT).