Scielo RSS <![CDATA[Revista Brasileira de Saúde Ocupacional]]> http://www.scielo.br/rss.php?pid=0303-765720190001&lang=en vol. 44 num. lang. en <![CDATA[SciELO Logo]]> http://www.scielo.br/img/en/fbpelogp.gif http://www.scielo.br <![CDATA[Matrix support as a strategy to strengthen workers’ health in primary care]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0303-76572019000100301&lng=en&nrm=iso&tlng=en Resumo Introdução: a garantia da atenção integral à saúde do trabalhador requer a incorporação sistemática de ações na atenção básica, sendo o apoio matricial uma estratégia potente para sua viabilização. Objetivo: descrever e analisar as práticas de apoio matricial desenvolvidas por um Centro de Referência em Saúde do Trabalhador (Cerest) junto à rede de serviços de atenção básica, com vistas à incorporação de ações de saúde do trabalhador. Métodos: estudo de natureza descritiva. Realizou-se entrevista semiestruturada com 41 profissionais que participaram do processo de matriciamento. Os dados foram analisados segundo a técnica de análise de conteúdo. Resultados: o apoio matricial possibilitou a ampliação de práticas que reconhecem o usuário enquanto trabalhador e o trabalho como determinante do processo saúde-doença. Com o aumento da resolutividade dos casos e maior articulação entre os profissionais do Cerest e da rede de atenção básica, houve redução dos encaminhamentos aos Cerest. Os desafios identificados incluem a necessidade de qualificar apoiadores e o enfrentamento da sobrecarga de trabalho e da ênfase nas ações assistenciais que ocorrem em detrimento das de vigilância, dificultando a integralidade do cuidado. Conclusão: o apoio matricial pode operar como estratégia potente de fortalecimento da saúde do trabalhador no Sistema Único de Saúde (SUS).<hr/>Abstract Introduction: ensuring comprehensive care for workers’ health requires systematic actions incorporation in primary health care, and including matrix support is a powerful strategy for its viability. Objective: to describe and analyze the matrix support practices adopted by a Occupational Health Reference Center (Cerest) for the incorporation of occupational health actions in the primary care network. Methods: a descriptive study was conducted using a semistructured interview with 41 health professionals who participated in the matrix process. The data were analyzed according to the technique of content analysis. Results: matrix support allowed the expansion of practices that recognize the primary health network user as a worker and the work as determinant of the health-disease process. Increasing the resolution of cases and the greater articulation between the Cerest professionals and those of the primary care network made possible the referrals reduction to Cerest. Challenges identified include training of supporters, health professionals workload reduction, and greater emphasis on surveillance actions. Conclusion: matrix support can operate as a powerful strategy to strengthen occupational health in the Brazilian Unified Health System (SUS). <![CDATA[Work-related mental illness prevention: the praxis of Brazilian public health system professionals committed to the worker’s health]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0303-76572019000100302&lng=en&nrm=iso&tlng=en Resumo Introdução: apesar das inúmeras evidências de que as condições de trabalho na atualidade geram adoecimento mental nos trabalhadores, as políticas públicas que abordam essa temática ainda são frágeis no Brasil. Objetivos: identificar e analisar a práxis de profissionais da área da saúde pública que compreendem a complexidade presente no processo de saúde-adoecimento mental, considerando os aspectos relacionados às situações de trabalho. Métodos: pesquisa qualitativa, com uso de entrevistas abertas realizadas com nove profissionais que atuavam na Atenção Básica, em Centro de Atenção Psicossocial (Caps) e em Centros de Referência em Saúde do Trabalhador (Cerest) do estado de São Paulo. Resultados: as práticas dos profissionais vão do atendimento aos trabalhadores já adoecidos a propostas de promoção de saúde psíquica nos ambientes de trabalho. Os profissionais revelaram compreensão da relação entre saúde mental e trabalho e demonstraram comprometimento ético e político com a temática e propostas do campo da Saúde do Trabalhador. Conclusão: para que ações como as identificadas aconteçam com maior frequência, é necessário que se invista na formação crítica dos profissionais da saúde, no protagonismo da classe trabalhadora e que se consolidem e disseminem políticas públicas que visem às ações de prevenção do adoecimento mental relacionado ao trabalho.<hr/>Abstract Introduction: despite the innumerable evidences that the current working conditions generate mental illness in workers, public policies that approach this subject are still fragile in Brazil. Objectives: to identify and analyze the praxis of public health professionals who understand the complexity of the work-related mental health-illness process. Methods: a qualitative study was carried out using the open interview technique with nine health professionals from Psychosocial Care Centers (Caps) and Occupational Health Reference Centers (Cerest) of the São Paulo State primary care network. Results: the professionals’ practices involve caring to workers who were already ill and proposals for psychic health promotion in the work environment. Their praxis revealed understanding of the relationship between mental health and work, and demonstrated their ethical and political commitment to the theme and to the Occupational Health field proposals. Conclusion: for the identified actions to be taken more frequently it is necessary to invest in health professionals’ argumentative trainings, to recognize the working class central role, and to consolidate and disseminate public policies aimed at preventing work-related mental illness. <![CDATA[Worker’s health intervention: the historical actors’ perspective]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0303-76572019000100303&lng=en&nrm=iso&tlng=en Resumo Introdução: o campo da Saúde do Trabalhador (ST) se assenta em uma concepção que pressupõe uma visão ambiental, social e histórica do processo saúde-doença, ultrapassando os limites dos locais de trabalho. Objetivo: apresentar diferentes facetas da intervenção em ST a partir de um resgaste histórico da construção do campo, destacando visões de seus instituidores. Métodos: entrevistas com agentes históricos do campo considerados informantes-chave. Para análise do conteúdo abordado nas entrevistas foram eleitas as categorias: os alicerces da intervenção e sua viabilidade na estruturação dos serviços; intervenção como produção de conhecimento e normativa; a propagação da intervenção: formação e informação. Resultados: na perspectiva desses atores, a intervenção é uma marca do campo que se apresenta na produção científica e técnica, bem como nos serviços; fortemente aliada ao movimento dos trabalhadores enquanto sujeitos, tanto nas ações como na produção compartilhada de conhecimento. Conclusão: no campo da ST, a intervenção tem como expressão máxima a Vigilância em Saúde do Trabalhador. Também se manifesta nas modalidades de pesquisa-ação, pesquisa-intervenção e comunidade ampliada de pesquisa, que afirmam o protagonismo dos trabalhadores e a valorização da subjetividade para os processos de transformação.<hr/>Abstract Introduction: the Worker’s Health (WH) field is based on a conception that presupposes an environmental, social and historical view of health-disease process beyond the workplace limits. Objective: to present different facets of the WH intervention from a historical recovery of the field construction, highlighting its founders’ views. Methods: interviews with historical field actors considered key informants. For the interviews content analysis, the following categories were defined: the intervention foundation and its feasibility for services structuring; intervention as knowledge production and regulation; the intervention spreading: training and information. Results: from these actors’ perspective, intervention is intrinsic to the field, and is present in scientific and technical production, as well as in services; strongly allied to the workers’ movement as subjects, both in actions and in the shared production of knowledge. Conclusion: in the WH field, intervention has the Workers’ Health Surveillance as its maximum expression. It is also shown in form of action-research, intervention-research and broader research community, which affirms workers’ protagonism and the subjectivity growing importance for the transformation processes. <![CDATA[Professional qualification as a strategic action for the implementation of the Brazilian Workers’ Health Policy]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0303-76572019000100304&lng=en&nrm=iso&tlng=en Resumo Introdução: a criação da Rede Nacional de Atenção Integral à Saúde do Trabalhador é considerada a principal estratégia para a Política Nacional de Saúde do Trabalhador e da Trabalhadora. O Ministério da Saúde priorizou a qualificação profissional das equipes dos centros de referência em saúde do trabalhador, considerados nucleares na rede. Foi firmado um convênio com o Centro de Estudos da Saúde do Trabalhador e Ecologia Humana, da Escola Nacional de Saúde Pública, da Fundação Oswaldo Cruz, para o desenvolvimento de um Curso de Especialização em Saúde do Trabalhador na modalidade a distância. Objetivo: descrever e analisar o desenvolvimento do curso no período de 2006 a 2015. Métodos: análise documental. Resultados: o curso ocorreu nas regiões Norte, Nordeste, Centro-Oeste e Sudeste, com 1.703 inscritos, 70% de concluintes aprovados e evasão de 28%. Valorizou-se a opinião dos profissionais participantes sobre o curso e o material didático e analisou-se sua relação com a política e o desempenho dos alunos e tutores. Conclusão: o processo pioneiro cumpriu os objetivos abrindo novos caminhos para ações em saúde do trabalhador e identificando evidências positivas da capacitação sobre os serviços e a rede.<hr/>Abstract Introduction: the creation of the National Workers’ Health Comprehensive Care Network is considered the main strategy for the Brazilian Workers’ Health Policy. The Ministry of Health prioritized the professional training of the teams from workers’ health reference centers, which are considered crucial within the network. The Ministry of Health signed an agreement with the Centre of Studies for Worker’s Health and Human Ecology of the Oswaldo Cruz Foundation National School of Public Health, aiming at organizing a distance education course on Workers’ Health. Objective: to describe and analyze the course development from 2006 to 2015. Methods: documentary analysis. Results: the course was held in the North, Northeast, Midwest and Southeast regions of Brazil, with 1,703 enrollees, from which 70% were approved and 28% dropped out. The participants’ opinions about the course and its materials were taken into account. We analyzed the relationship between the course and the workers’ health policy, as well as the performance of students and tutors. Conclusion: the courses pioneering process achieved its objectives, carving new paths for actions in workers’ health, and making it possible to identify positive evidence of the training on services and the network. <![CDATA[Logical model of a return to work program: guiding tool to prevent disability]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0303-76572019000100305&lng=en&nrm=iso&tlng=en Resumo Introdução: organizar e avaliar Programas de Retorno ao Trabalho (PRT) de indivíduos afastados por incapacidade, decorrente de lesões sofridas no ambiente laboral, é de grande importância para o Sistema Único de Saúde (SUS). Objetivo: construir o Modelo Lógico do PRT desenvolvido pelo Centro Estadual de Referência em Saúde do Trabalhador da Bahia (Cesat/Bahia) como uma das etapas iniciais do processo de avaliação da sua implantação. Método: estudo de caso único, integrado e retrospectivo, visando a elaboração de Modelo Lógico baseado em roteiro formulado pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) para avaliação de programas. Resultados: o Modelo Lógico final do PRT-Cesat/Bahia foi construído em três dimensões operacionais -indivíduo (trabalhador), ambiente de trabalho e atores sociais -, permitindo que a equipe coordenadora refletisse sobre as várias etapas do processo e sobre o impacto e a utilidade do programa para a população. Conclusão: o Modelo Lógico possibilita aos profissionais de saúde, pesquisadores, trabalhadores e demais atores sociais debater o conteúdo, princípios, recursos e teorias para implantação, replicação e avaliação de PRT.<hr/>Abstract Introduction: it is of great importance for the Brazilian Unified Health System (SUS) to organize and evaluate Return to Work programs for workers in disability leave due to injuries suffered in the work environment. Objective: to construct the Logical Model of the Return to Work program developed by the Bahia State Worker’s Health Reference Center (Cesat/Bahia) as one of the initial stages for the evaluation of its implantation process. Method: a single, integrated and retrospective case study, aiming at elaborating a Logical Model based on a script formulated by the Institute for Applied Economic Research (Ipea). Results: the Cesat/Bahia Logical Model of Return to Work program was constructed in three operational dimensions - individual (worker), work environment and social actors -, allowing the coordinating team to reflect on its process stages as well as on the program impact and utility for the population. Conclusion: the Logical Model enables health professionals, researchers, workers and other social actors to discuss the content, principles, resources and theories for the implementation, propagation and evaluation of the Return to Work program. <![CDATA[Reallocation of public servants due to an outsourcing process: a case study in a Brazilian public university restaurant]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0303-76572019000100306&lng=en&nrm=iso&tlng=en Resumo Objetivo: apresentar e analisar uma intervenção realizada para a realocação de servidores públicos, ocasionada por processo de terceirização das atividades operacionais de um restaurante universitário de uma universidade pública brasileira. Métodos: estudo qualitativo descritivo. Foram realizadas análise documental e organizacional, entrevistas semiestruturadas e aplicação do Índice de Capacidade do Trabalho com 33 funcionários, em 2016. Resultados: o levantamento de informações referentes ao estado de saúde dos funcionários e a análise das exigências físicas das tarefas prescritas nos cargos a serem assumidos possibilitou a adequação da realocação para as novas funções de forma a não prejudicar os trabalhadores que já apresentavam restrições médicas e de garantir novas funções compatíveis com a capacidade laboral dos trabalhadores deslocados e dos que permaneceram na atividade original reestruturada. Conclusão: o estudo mostrou que, antes de fazer uma realocação, é importante analisar e compreender o trabalho realizado pelo indivíduo e envolver todos os atores implicados no processo de adaptação às novas funções.<hr/>Abstract Objective: to present and analyze an intervention undertaken to plan the reallocation of public servants replaced by an outsourcing process in a Brazilian public university restaurant. Methods: qualitative and descriptive study. We performed documentary and organizational analysis, carried out semi-structured interviews, and applied the Work Ability Index, in 33 employees, in 2016. Results: the gathering of information regarding the workers’ health status, and the analysis of the physical requirements for the envisaged tasks of the positions to be assumed, made it possible to adapt the reallocation to the new functions. It made also possible not to harm the displaced workers who already had medical restrictions, and ensure them with new functions that were compatible with their working ability, or to jeopardize the ones who remained in the original restructured activity. Conclusion: the study indicates that before carrying out reallocation it is important to analyse and understand the work produced by the individual and to involve all implicated actors in the adaptation process for the new roles. <![CDATA[Implementation of a guideline for surveillance and health care of ex-workers and the population exposed to lead, cadmium, copper and zinc in Santo Amaro, Bahia, Brazil]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0303-76572019000100307&lng=en&nrm=iso&tlng=en Resumo Introdução: ao longo de 40 anos, estudos evidenciam a contaminação da cidade de Santo Amaro por elevados níveis de chumbo e outros metais. Estudos epidemiológicos revelaram altas concentrações de chumbo e cádmio em amostras de sangue de pescadores, trabalhadores e em compartimentos ambientais. Em 2010, foi instituído um protocolo para orientar o desenvolvimento de ações de assistência, acompanhamento e vigilância da saúde da população exposta. Objetivo: identificar as dificuldades e avanços na implantação das estratégias preconizadas pelo protocolo sob a perspectiva dos gestores e profissionais da Saúde. Métodos: estudo qualitativo, utilizando pesquisa documental e entrevistas semiestruturadas. Resultados: a falta de compromisso e as mudanças de gestores na saúde, a carência de infraestrutura, a rotatividade de pessoal e o não cumprimento de acordos entre Município e Estado contribuíram para que as ações de assistência e vigilância à saúde da população exposta não fossem cumpridas. Conclusão: a implantação efetiva das ações propostas requer unidade na concepção do que seria a melhor estratégia para atenção à saúde, um maior compromisso das instâncias envolvidas e o engajamento dos usuários do SUS a fim de que reconheçam a relevância do protocolo para a melhoria da qualidade de vida da população.<hr/>Abstract Introduction: throughout 40 years studies have emphasized the contamination of the city of Santo Amaro by high levels of lead and other metals. Epidemiological studies have revealed high concentrations of lead and cadmium in blood samples of fishermen, workers and in environmental compartments. In 2010, a guideline was established to rule the development of assistance actions, monitoring and health surveillance of the exposed population. Objective: to identify the difficulties and progress in the implementation of the strategies proposed by the guideline under the perspective of the managers and healthcare professionals. Methods: qualitative study, using documental research and semi-structured interviews. Results: the lack of commitment and the change of healthcare managers, the lack of infrastructure, the staff turnover and the non-compliance of agreements between the local and state administration have contributed to the non-execution of assistance actions and health surveillance of the exposed population. Conclusion: the effective implementation of the proposed actions requires unit in the conception of what would be the best strategy for the healthcare, a bigger commitment of the instances concerned with it, and the involvement of the national health service users in order to recognize the relevance of the guideline for the improvement of the population quality of life. <![CDATA[Precariousness of work and psychic suffering: psychodynamics of work action in a university hospital pharmacy service]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0303-76572019000100308&lng=en&nrm=iso&tlng=en Resumo Introdução: desde 2014, a divisão de farmácia (DF) de um hospital universitário vivencia um processo de precarização do trabalho derivado de uma crise político-financeira. Visando superar conflitos decorrentes dessa precarização, os farmacêuticos demandaram uma ação em psicodinâmica do trabalho (PDT) a uma equipe de pesquisadores da universidade. Objetivos: criar espaços de reflexão e discussão com os farmacêuticos; elaborar um diagnóstico organizacional e relacional da DF; e promover ações que transformassem o contexto então vigente. Métodos: a partir da formação de grupos de reflexão sobre o trabalho, a ação em PDT foi organizada segundo princípios teórico-metodológicos clássicos: análise da demanda; observação clínica; análise do material das sessões; interpretação; elaboração de relatório e validação. Resultados: a precarização impactou o trabalho dos farmacêuticos e da DF, gerando insegurança quanto ao futuro profissional, dificuldade de cooperação, sentimentos de não reconhecimento do trabalho realizado e necessidade de readequação das atividades. Conclusão: a ação em PDT possibilitou maior diálogo entre os farmacêuticos e reapropriação do trabalho realizado pela DF, favorecendo a busca de estratégias para superar os conflitos relacionais e as dificuldades encontradas no cotidiano, de modo a enfrentar o momento vivenciado.<hr/>Abstract Introduction: since 2014, the pharmacy division (PD) of a university hospital has faced the ongoing precariousness of their work process due to a political-financial crisis. Seeking to overcome conflicts arising from such precariousness, pharmacists requested an action in psychodynamics of work from a team of researchers of the university. Objectives: to create opportunities for reflection and discussion meetings with the pharmacists; to make a diagnosis on the organizational and relational working conditions in the PD; and to promote actions to transform the context. Methods: from the reflection groups, the psychodynamics of work action was organized according to classic theoretical-methodological principles: demand analysis; clinical observation; analysis of the material produced during the sessions; interpretation; report writing, and its validation. Results: precariousness impacted the pharmacists’ and PD´s work, generating insecurity about their professional future, difficulty in cooperation, feelings of non-recognition of their work and the need to re-adapt the activities. Conclusion: the action in psychodynamics of work allowed greater dialogue among pharmacists and the re-appropriation of the work held by the PD, favoring the search for strategies to overcome the relational conflicts and difficulties encountered in their daily life in order to face the experienced moment. <![CDATA[Rethinking alternatives in Worker’s Health from an emancipatory perspective]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0303-76572019000100401&lng=en&nrm=iso&tlng=en Resumo Diante da gravidade da crise envolvendo graves retrocessos de políticas sociais em curso no Brasil, a proposta deste ensaio é pensar alternativas para futuras intervenções em Saúde do Trabalhador em uma perspectiva emancipatória. Trata-se de um convite à reflexão de novos horizontes teóricos e políticos que façam dialogar a Saúde do Trabalhador com os referenciais da abordagem pós-colonial e da proposição das Epistemologias do Sul (EdS). As EdS substanciam a obra do cientista social português Boaventura de Sousa Santos em torno de um pensamento alternativo de alternativas inspirado pelos saberes produzidos nas lutas sociais dos grupos subalternizados. Após apresentarmos uma síntese das EdS e do conceito de pensamento abissal, discutimos alguns limites e potencialidades para pensar novos horizontes teóricos, temáticos e políticos em trabalho e saúde. Em seguida refletimos sobre como os desastres industriais são emblemáticos por articular processos de exclusões radicais dentro e fora dos muros fabris. Por fim, discutimos a potência das EdS em abrir os termos do debate sobre possíveis intervenções em Saúde do Trabalhador, trazendo para o campo novos referenciais que fazem repensar, de forma ampla e radical, as agendas epistemológicas e políticas pela frente.<hr/>Abstract In view of the severity of the Brazilian crisis involving serious setbacks in social policies, the purpose of this essay is to think alternatives for future interventions in Workers’ Health from an emancipatory perspective. It is an invitation to reflect on new theoretical and political horizons for discussing Workers’ Health from the reference of the postcolonial approach and the proposition of the Epistemologies of the South (EdS). The EdS reflects the work of the Portuguese social scientist Boaventura de Sousa Santos around an alternative thinking of alternatives inspired by knowledge produced in social struggles of the groups that were made subaltern. After presenting a synthesis of the EdS and the concept of abyssal thinking, we discuss some limits and potentialities for thinking new theoretical, thematical and political horizons in workers´ health. Then we reflect on how industrial disasters are emblematic by articulating radical exclusion processes within and outside the factory walls. Finally, we discuss the potential of EdS to open the debate on possible interventions in Workers’ Health, bringing new theoretical frameworks to the field, and enabling the broad and radical rethinking of the epistemological and political agendas to come. <![CDATA[An intervention in Psychopathology of Work - Clinic of Activity contributions]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0303-76572019000100402&lng=en&nrm=iso&tlng=en Resumo O ensaio trata das contribuições da clínica da atividade para a intervenção nos contextos laborais. Partindo da constatação de uma lacuna presente na psicopatologia do trabalho quanto ao desenvolvimento de métodos para reduzir ou prevenir os fatores patogênicos nesses contextos, faz-se um resgate da proposta de intervenção da clínica da atividade. Para ilustrar a importância das bases teórico-metodológicas desenvolvidas nesse campo de estudos, é relatada uma intervenção que visou reduzir os problemas enfrentados por profissionais responsáveis pelo cuidado de pacientes com graves deficiências físicas e mentais. Os resultados revelam alguns desenvolvimentos ocorridos na atividade do cuidador, ampliando seu poder de agir, revitalizando o gênero profissional e minimizando impactos em sua saúde mental, o que sugere um diálogo profícuo entre essas áreas.<hr/>Abstract The essay deals with the contributions of the Clinic of Activity to the intervention in labor contexts. Based on the acknowledgment of a gap in the Psychopathology of Work regarding the development of methods to reduce or prevent pathogenic factors in these contexts, the authors rescue the Clinic of Activity intervention proposal. To illustrate the importance of theoretical-methodological bases developed in this field of study, they reported on an intervention aimed at reducing the problems faced by professionals responsible for the care of patients with severe physical and mental disabilities. The results reveal some developments in the caregiver’s activity, extending their power to act, revitalizing the professional genre and minimizing impacts on their mental health, which suggests a fruitful dialogue between these areas. <![CDATA[Strategies of intra and intersectorality to integrate the occupational health at all healthcare levels]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0303-76572019000100601&lng=en&nrm=iso&tlng=en Resumo Objetivo: descrever o papel e as ações conduzidas pelo Centro de Referência em Saúde do Trabalhador (Cerest) de São Bernardo do Campo (SP) para a implementação da política de saúde do trabalhador no município, entre 2010 e 2016. Métodos: o relato de experiência foi baseado em reflexões coletivas associadas à análise de documentos - relatórios, memórias de reunião, planos de trabalho do Cerest, Planos Municipais de Saúde - sobre as ações do serviço e sua construção intra e intersetorial. Resultados: coube ao Cerest o papel de fomentar o debate e problematizar as intervenções, introduzindo e disseminando na rede de saúde a atenção ao trabalhador. As ações do Cerest focalizaram o trabalho em rede buscando desenvolver o raciocínio clínico, epidemiológico e sociopolítico sobre a realidade sanitária da população. Foram construídas referências técnicas por meio do apoio matricial visando a implementação da notificação compulsória dos agravos relacionados à saúde do trabalhador na rede pública e privada, a articulação intersetorial, o fortalecimento da participação social e da articulação de ações regionais. Conclusão: fundada no compromisso ético-político que se impõe às ações de saúde, a experiência tem buscado instituir uma cultura da saúde do trabalhador no âmbito da saúde e do município, respeitando os princípios da integralidade do cuidado e da centralidade do trabalho.<hr/>Abstract Objective: to describe the role and the actions carried out by the Worker’s Health Reference Center (Cerest) of São Bernardo do Campo, in the state of São Paulo, Brazil, in the implementation of the worker’s health policy in the municipality between 2010 and 2016. Methods: this report on experience was based on collective reflections associated with the analysis of documents - reports, meeting minutes, Cerest’s work plans, municipal health plans - on the Cerest actions and their intra and intersectoral structuring. Results: the Cerest’s role was to foment the debate and to problematize the interventions by introducing and disclosing, in the health network, the workers’ healthcare. Cerest’s actions focused on the networking to develop a clinical, epidemiological and sociopolitical reasoning about the population’s health reality. Technical references were built through matrix support aiming at implementing the compulsory notification of injuries related to occupational health in the public and private network, intersectoral articulation, strengthening of social participation and of regional actions’ articulation. Conclusion: rooted in the ethic-political commitment imposed to health actions, the experience has been seeking to institute a culture of worker’s health in the scope of the health system and municipality, agreeing with the principles of care completeness and work centrality. <![CDATA[Mobbing at work: from individual to collective confrontation]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0303-76572019000100602&lng=en&nrm=iso&tlng=en Resumo Objetivo: relatar uma experiência de acolhimento de trabalhadores em um serviço escola de psicologia e apresentar os resultados obtidos por meio de ações desenvolvidas para o enfretamento, individual e coletivo, de assédio moral no trabalho. Métodos: relato de intervenção vivenciada em serviço de psicologia. A intervenção se deu em dois momentos: 1) acolhimento terapêutico individual do caso inicial, 2) acolhimento em grupo. O atendimento individual ocorreu em oito encontros e o de grupo, constituído por sete trabalhadores, em nove encontros. A análise se deu com a leitura de prontuários e diários e de reuniões para discussão e convergência dos conteúdos emergidos. Resultados: foram sistematizados dois dispositivos de análise, o assédio ao indivíduo e o assédio ao grupo. O primeiro apontou as reelaborações do trabalhador frente ao fenômeno. O segundo promoveu o fortalecimento enquanto grupo, por meio da partilha e da construção coletiva dos meios de enfrentamento. Conclusão: reafirma-se a importância do acolhimento ao assediado e/ou testemunhas como modo inicial para enfrentar o assédio, seguido da necessidade de espaços coletivos para ressignificação dos efeitos psicossociais que o assédio moral produz ao trabalhador e ao seu trabalho.<hr/>Abstract Objective: to report an experience of welcoming workers in a psychology school service and to present the results obtained through actions undertaken for the individual and collective confrontation of mobbing at work. Methods: report of intervention experienced in a psychology service. The intervention took place in two moments: 1) initial case individual therapeutic welcoming, 2) group welcoming. The individual care was provided in eight meetings. The group, consisting of seven workers, in nine care meetings. The analysis was carried out with the reading of medical records and diaries, as well as by meetings for discussion and convergence of the emerged contents. Results: two analysis devices were systematized: individual mobbing and group mobbing. The first one pointed out the worker’s re-elaborations due to the phenomenon. The second promoted the group strengthening while it shared and constructed collectively its means of confrontation. Conclusion: the authors reaffirm the importance of welcoming the mobbed workers and/or their witnesses as a starting point to deal with mobbing It must be followed by collective spaces to re-signify the psychosocial effects of mobbing on the workers and their work. <![CDATA[Bank workers’ mental strain: building confrontation strategies]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0303-76572019000100603&lng=en&nrm=iso&tlng=en Resumo Este relato visa apresentar e discutir o embasamento, o desenvolvimento e os resultados de um grupo de enfrentamento organizado com trabalhadores bancários adoecidos. A atividade foi realizada pelo Núcleo de Ação em Saúde do Trabalhador (NAST), em parceria com o Sindicato dos Bancários de Limeira. Partindo da trajetória profissional dos trabalhadores, o objetivo foi o de problematizar as características da organização do trabalho contemporâneo nesse setor. O grupo realizou oito encontros de aproximadamente duas horas na sede do sindicato, em Limeira. Nos encontros, os trabalhadores relataram situações laborais adversas determinantes no processo saúde-doença. Grande parte das queixas dos trabalhadores estava relacionada ao desgaste mental ocasionado pela pressão sofrida para alcançar metas superdimensionadas, levando ao estresse -, dentre outras formas de adoecimento -, inclusive pela falta de reconhecimento por parte dos gestores e usuários da instituição. O grupo se mostrou dispositivo potente de enfrentamento e ferramenta importante ao dar espaço de voz para trabalhadores se articularem na construção de estratégias individuais e coletivas para promoção da saúde no local de trabalho.<hr/>Abstract This report aims to present and discuss the basis, development and results of a support group constituted with sick bank workers. The activity was carried out by the Núcleo de Ação em Saúde do Trabalhador - NAST (Workers’ Health Action Center) in partnership with the Bank Workers’ Union of Limeira, state of São Paulo, Brazil. Starting from the workers’ professional life, the objective was to query the current labor organization in this sector. The group held eight meetings of approximately two hours each at the union headquarters in Limeira. During the meetings, workers reported adverse work situations that were determinant in their health-disease process. Most of the workers’ complaints were related to the mental strain caused by pressure to achieve oversized goals, and by the lack of recognition by the institution managers and users. The support group proved to be a powerful confrontation device and an important tool in providing a voice space for workers to articulate the construction of individual and collective strategies for health promotion in the workplace. <![CDATA[Work-related violence registries and worker’s health surveillance: breaking invisibility]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0303-76572019000100604&lng=en&nrm=iso&tlng=en Resumo Introdução: a Política Nacional de Saúde do Trabalhador e da Trabalhadora prevê o replanejamento de ações em saúde do trabalhador a partir do reconhecimento das violências relacionadas ao trabalho. Objetivos: descrever o processo de notificação de violências relacionadas ao trabalho como ferramenta para investigação e intervenção em saúde do trabalhador e as ações decorrentes, por meio de vigilância em saúde do trabalhador, desenvolvidas pelo Centro de Referência em Saúde do Trabalhador (Cerest) de São Bernardo do Campo/SP, no período de 2009 a 2016. Métodos: relato descritivo da atuação do Cerest com base em revisão documental e dados secundários de notificações de violências relacionadas ao trabalho e apresentação e discussão de três ações de vigilância em saúde do trabalhador centradas em aspectos psicossociais. Resultados: as notificações operaram como ferramentas que possibilitaram transformar dados em informações e conhecimento crítico para ação. As vigilâncias foram motivadas por queixas de assédio moral feitas por trabalhadores acidentados em metalúrgica; denúncia e notificações referentes ao adoecimento de trabalhadores em teleatendimento; denúncias de trabalhadores com deficiências em um supermercado. Conclusão: as informações deram visibilidade aos problemas dos trabalhadores e possibilitaram planejamento, pelo Sistema Único de Saúde (SUS), de ações preventivas de enfrentamento à violência e a aspectos psicossociais relacionados ao trabalho.<hr/>Abstract Introduction: the Brazilian National Worker’s Health Policy foresees the replanning of workers’ health actions based on the recognition of work-related violence. Objectives: to describe the use of work-related violence records as a tool for investigation and intervention actions, through worker’s health surveillance, developed by the Occupational Health Reference Center (Cerest) of São Bernardo do Campo, SP, from 2009 to 2016. Methods: descriptive report of the Cerest performance based on documentary review and secondary data of work-related violence records. Presentation and discussion of three surveillance actions focused on psychosocial aspects. Results: the work-related violence reports operated as tools that made it possible to transform data into information and critical knowledge for surveillance actions that were motivated by complaints of moral harassment referred by metallurgy injured workers, denunciations concerning workers sickening in telemarketing and disabled workers in a supermarket. Conclusion: the information gave visibility to the workers’ problems and made it possible for the Brazilian National Health System (SUS), through Cerest, to plan preventive actions towards dealing with violence and psychosocial work-related factors. <![CDATA[Inter-union Training Forum on Health-Labor-Law: an expanded peer community to be in motion in worker’s health]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0303-76572019000100605&lng=en&nrm=iso&tlng=en Resumo Introdução: a experiência relatada diz respeito às iniciativas desenvolvidas pelo Fórum Intersindical de Formação em Saúde-Trabalho-Direito para a Ação em Saúde do Trabalhador (ST), no Rio de Janeiro, no período de agosto de 2015 a outubro de 2017. O Fórum é um espaço de articulação entre instituições públicas e o movimento sindical cujas iniciativas compreendem reuniões ordinárias e extraordinárias, grupos de trabalho, boletim informativo, cursos de formação intersindical, seminários, encontros e oficinas. Objetivo: descrever a discutir a atuação do Fórum como instrumento de análise e consolidação da saúde do trabalhador. Métodos: organizado enquanto comunidade ampliada de pares, o Fórum foi analisado a partir de três vertentes: um estudo empírico sobre a percepção dos participantes, utilizando-se o método SWOT/FOFA, revisão bibliográfica e análise de documentos produzidos no seu âmbito. Resultados: evidenciaram-se obstáculos, avanços, desafios e resultados relacionados a sua dinâmica de funcionamento e contribuição à implementação da saúde do trabalhador. Conclusão: os resultados demonstraram a relevância e viabilidade do Fórum enquanto comunidade capaz de contribuir para a difusão e consolidação da área de saúde do trabalhador no Brasil.<hr/>Abstract Introduction: the reported experience concerns the initiatives developed by the Inter-union Training Forum on Health-Labor-Law for the Action in Occupational Health, in Rio de Janeiro, Brazil, from August 2015 to October 2017. The Forum is a space for articulation between public institutions and the trade union movement whose initiatives include ordinary and extraordinary meetings, working groups, newsletter, inter-union training courses, seminars, meetings and workshops. Objective: to describe and discuss the Forum’s performance as an instrument for analysis and consolidation of worker’s health. Methods: organized as an extended peer community, the Forum was analyzed from three dimensions: an empirical study on the participants’ perception, using the Swot method, literature review and analysis of documents produced within it. Results: the authors evidenced obstacles, advances, challenges and results related to the Forum’s operating dynamics and contribution to the implementation of worker’s health. Conclusion: the results demonstrated the relevance and viability of the Forum as a community capable of contributing for the diffusion and consolidation of the worker’s health area in Brazil. <![CDATA[The Workers’ Mental Health Care Project of Universidade Federal do Rio de Janeiro - Prasmet: 20 years]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0303-76572019000100606&lng=en&nrm=iso&tlng=en Resumo Introdução : o Projeto de Atenção à Saúde Mental dos Trabalhadores (Prasmet), da Universidade Federal do Rio de Janeiro, se inscreve no campo da Saúde do Trabalhador como um esforço concentrado de produzir conhecimento em saúde mental e trabalho, oferendo clínica psicossocial aos que trabalham em uma das maiores universidades brasileiras. Objetivos : apresentar a história do Prasmet e descrever as ações de intervenção em saúde do trabalhador voltadas aos servidores da universidade. Métodos : foram desenvolvidos dois eixos de discussão, sendo o primeiro referente às explicações sobre o funcionamento das ações do Prasmet e o segundo a construção do perfil da clientela atendida, a partir de informações que expressam características da atenção prestada e das questões clínicas dessa população. Resultados : o exercício da clínica com olhar sobre o trabalho permite situar os problemas de saúde em contextos espaciais, sociais e temporais, como a da prevalência do grupo de diagnósticos das depressões e de grupos de trabalhadores com maiores riscos de adoecimento, caso da categoria da enfermagem. Conclusão : o desenvolvimento de estratégias para as ações de promoção, reabilitação e educação em saúde do trabalhador permite abordagens institucionais de maior magnitude e resolutividade.<hr/>Abstract Introduction: the Workers’ Mental Health Care Project (Prasmet), conducted by the Universidade Federal do Rio de Janeiro, is as a concentrated effort in the Worker’s Health field to produce knowledge on mental health and work, providing a psychosocial clinic to the workers of one of the largest Brazilian universities. Objectives: to present the history of Prasmet, and to describe the occupational health interventions focused on the university workers. Methods: two axes were described - the first explaining Prasmet actions; and the second about the construction of patients’ profile, based on information about the attention provided to the workers and the clinical characteristics of this population. Results: clinical practice focused on workers’ activities allows health problems to be spatially, temporally and socially contextualized, such as the prevalence of the depression diagnosis group, and of workers with higher risk of illness, as the nursing group. Conclusion: the development of strategies for promotion, rehabilitation and education in occupational health allows institutional approaches of greater magnitude and resolution. <![CDATA[Ethnographic approach and social intervention in the production and use of images: interview with José Roberto Novaes (Beto Novaes)]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0303-76572019000100901&lng=en&nrm=iso&tlng=en Resumo Beto Novaes é professor aposentado do Instituto de Economia da Universidade Federal do Rio de Janeiro, onde coordena o projeto Educação através das Imagens. Desenvolve desde meados dos anos 1970 pesquisas e atividades de extensão baseadas no uso de imagens sobre trabalho e trabalhadores, em sua maioria no setor rural. Imagens são o meio que utiliza para aproximar a pesquisa e o saber acadêmico da sociedade, descontruindo hierarquia de saberes na qual o conhecimento acadêmico seria superior. Suas produções têm origem em demandas sociais para tratar de problemas com pouca visibilidade social, dentre eles: a exploração do trabalho e as migrações no mundo rural; trabalho infantil e das mulheres; resistências dos trabalhadores; agroecologia e enfrentamento aos agrotóxicos. Seu olhar etnográfico faz contraponto ao exercício da dominação por meio das narrativas dos trabalhadores, “dando voz para quem não têm voz” e, desenhando caminhos de enfrentamento e mudança da realidade. Seus documentários são ensinamentos da arte da etnografia e da prática de intervenção, não apenas para participar da mudança da realidade social, mas também para influenciar a práxis acadêmica. Seus filmes são também peças artísticas onde a beleza convive com a sensibilidade, generosidade, engajamento e esperança.<hr/>Abstract Beto Novaes is a retired professor of the Institute of Economics of the Federal University of Rio de Janeiro, where he coordinates the ‘Education through Images’ project. Since the mid-seventies, he has undertaken research and extension activities based on the use of images about work and workers, mostly in the rural sector. Images are the means used to bring research and academic knowledge closer to society, disrupting the hierarchy of knowledge in which academic knowledge is normally considered superior. His productions arise from social demands to deal with problems of little visibility such as: the exploitation of labor and migrations in the rural domain, child and female labor, workers’ resistance, agroecology and confrontation with pesticides use. Through his ethnographic approach, he acts against the exercise of domination through workers’ narratives, ‘giving voice to those who have no voice’, and designing ways of confronting with and changing reality. His documentaries express teachings in the art of ethnography and in the practice of intervention, not only with a view to change social reality, but also to influence academic praxis. His films are also artistic pieces where beauty coexists with sensitivity, generosity, commitment and hope. <![CDATA[Errata]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0303-76572019000101201&lng=en&nrm=iso&tlng=en Resumo Beto Novaes é professor aposentado do Instituto de Economia da Universidade Federal do Rio de Janeiro, onde coordena o projeto Educação através das Imagens. Desenvolve desde meados dos anos 1970 pesquisas e atividades de extensão baseadas no uso de imagens sobre trabalho e trabalhadores, em sua maioria no setor rural. Imagens são o meio que utiliza para aproximar a pesquisa e o saber acadêmico da sociedade, descontruindo hierarquia de saberes na qual o conhecimento acadêmico seria superior. Suas produções têm origem em demandas sociais para tratar de problemas com pouca visibilidade social, dentre eles: a exploração do trabalho e as migrações no mundo rural; trabalho infantil e das mulheres; resistências dos trabalhadores; agroecologia e enfrentamento aos agrotóxicos. Seu olhar etnográfico faz contraponto ao exercício da dominação por meio das narrativas dos trabalhadores, “dando voz para quem não têm voz” e, desenhando caminhos de enfrentamento e mudança da realidade. Seus documentários são ensinamentos da arte da etnografia e da prática de intervenção, não apenas para participar da mudança da realidade social, mas também para influenciar a práxis acadêmica. Seus filmes são também peças artísticas onde a beleza convive com a sensibilidade, generosidade, engajamento e esperança.<hr/>Abstract Beto Novaes is a retired professor of the Institute of Economics of the Federal University of Rio de Janeiro, where he coordinates the ‘Education through Images’ project. Since the mid-seventies, he has undertaken research and extension activities based on the use of images about work and workers, mostly in the rural sector. Images are the means used to bring research and academic knowledge closer to society, disrupting the hierarchy of knowledge in which academic knowledge is normally considered superior. His productions arise from social demands to deal with problems of little visibility such as: the exploitation of labor and migrations in the rural domain, child and female labor, workers’ resistance, agroecology and confrontation with pesticides use. Through his ethnographic approach, he acts against the exercise of domination through workers’ narratives, ‘giving voice to those who have no voice’, and designing ways of confronting with and changing reality. His documentaries express teachings in the art of ethnography and in the practice of intervention, not only with a view to change social reality, but also to influence academic praxis. His films are also artistic pieces where beauty coexists with sensitivity, generosity, commitment and hope. <![CDATA[Errata]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0303-76572019000101202&lng=en&nrm=iso&tlng=en Resumo Beto Novaes é professor aposentado do Instituto de Economia da Universidade Federal do Rio de Janeiro, onde coordena o projeto Educação através das Imagens. Desenvolve desde meados dos anos 1970 pesquisas e atividades de extensão baseadas no uso de imagens sobre trabalho e trabalhadores, em sua maioria no setor rural. Imagens são o meio que utiliza para aproximar a pesquisa e o saber acadêmico da sociedade, descontruindo hierarquia de saberes na qual o conhecimento acadêmico seria superior. Suas produções têm origem em demandas sociais para tratar de problemas com pouca visibilidade social, dentre eles: a exploração do trabalho e as migrações no mundo rural; trabalho infantil e das mulheres; resistências dos trabalhadores; agroecologia e enfrentamento aos agrotóxicos. Seu olhar etnográfico faz contraponto ao exercício da dominação por meio das narrativas dos trabalhadores, “dando voz para quem não têm voz” e, desenhando caminhos de enfrentamento e mudança da realidade. Seus documentários são ensinamentos da arte da etnografia e da prática de intervenção, não apenas para participar da mudança da realidade social, mas também para influenciar a práxis acadêmica. Seus filmes são também peças artísticas onde a beleza convive com a sensibilidade, generosidade, engajamento e esperança.<hr/>Abstract Beto Novaes is a retired professor of the Institute of Economics of the Federal University of Rio de Janeiro, where he coordinates the ‘Education through Images’ project. Since the mid-seventies, he has undertaken research and extension activities based on the use of images about work and workers, mostly in the rural sector. Images are the means used to bring research and academic knowledge closer to society, disrupting the hierarchy of knowledge in which academic knowledge is normally considered superior. His productions arise from social demands to deal with problems of little visibility such as: the exploitation of labor and migrations in the rural domain, child and female labor, workers’ resistance, agroecology and confrontation with pesticides use. Through his ethnographic approach, he acts against the exercise of domination through workers’ narratives, ‘giving voice to those who have no voice’, and designing ways of confronting with and changing reality. His documentaries express teachings in the art of ethnography and in the practice of intervention, not only with a view to change social reality, but also to influence academic praxis. His films are also artistic pieces where beauty coexists with sensitivity, generosity, commitment and hope. <![CDATA[Road freight transport: fatal work accidents and labor inspection]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0303-76572019000101301&lng=en&nrm=iso&tlng=en Resumo Introdução: um grande número de acidentes de trabalho fatais (ATF) ocorre no Transporte Rodoviário de Cargas (TRC). Jornada de trabalho excessiva e descanso inadequado dos motoristas são apontados entre os principais fatores contribuintes. É atribuição do Ministério do Trabalho fiscalizar essas condições. Objetivos: avaliar se a ação da fiscalização do trabalho no setor de TRC recebeu atenção proporcional à magnitude dos indicadores de mortalidade por acidente de trabalho nessa atividade e analisar a inclusão dos fatores jornada e descanso nas inspeções. Métodos: estudo exploratório, quantitativo, descritivo, com base documental e bibliográfica e utilização de dados oficiais de ATF e da Fiscalização do Trabalho, de 2008 a 2012. Resultados: entre as 20 atividades/ocupações com mais mortes, o TRC (1430 óbitos; 37,97 mortes/100 mil vínculos) e a ocupação de motorista de caminhão de longas distâncias (1098 óbitos; 55,33 mortes/100 mil vínculos, em 2011) se destacaram. Contudo, as ações de fiscalização no setor representaram 1,4% do total no período investigado e a inclusão da jornada e descanso dos motoristas se deu somente em metade dessas ações. Conclusão: é necessário incremento no número de fiscalizações no TRC e na abordagem dos fatores contribuintes para os ATF dos motoristas de caminhão.<hr/>Abstract Introduction: a large number of fatal work accidents (FWA) occurs in road freight transport (RFT). Drivers’ excessive working hours and inadequate rest are highlighted among the main contributing factors. In Brazil, the Ministry of Labor is the federal authority responsible for inspecting such working conditions. Objectives: to evaluate whether the labor inspection of the RFT sector received attention that was proportional to the magnitude of its fatal occupational injuries indicators and to analyze the verification of drivers’ working and rest hours in the inspections. Methods: quantitative, descriptive and exploratory study using documentary and bibliographical information, and official data of FWA and Federal Labor Inspection from 2008 to 2012. Results: among the 20 activities/occupations with more fatal accidents, the RFT (1430 deaths; 37.97 deaths/ 100,000 employed persons) and the long-distance truck driver occupation (1098 deaths; 55.33 deaths/100,000 employed persons, in 2011) were highlighted. However, the labor inspections carried out in the RTF sector represented 1.4% of the total number of the Federal Labor inspections, and the drivers’ working and rest hours were checked only in half of these actions. Conclusion: it is necessary to increase the number of inspections in the RFT sector whilst the factors that contribute to truck drivers’ FWA must be checked. <![CDATA[Evaluation of the effectiveness of a local exhaust ventilation system employed for controlling crystalline silica in a silicone rubber industry]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0303-76572019000101302&lng=en&nrm=iso&tlng=en Resumo Introdução: os sistemas de ventilação local exaustora (SVLE) podem ser utilizados para controlar a exposição ocupacional a agentes químicos. Contudo, muitas vezes são indevidamente concebidos, instalados ou operados, tornando-se ineficazes. Objetivo: avaliar a eficácia de um SVLE empregado para controle da sílica cristalina utilizada na produção da borracha de silicone. Métodos: a avaliação aplicada foi baseada em procedimentos técnicos descritos em literatura referencial de ventilação industrial e sistematizada em três etapas - inspeção inicial, avaliação dos parâmetros do SVLE e avaliação ambiental. Foi realizado um teste de campo em um SVLE instalado em misturador de sílica e silicone utilizado em uma empresa de fabricação de borracha de silicone no Estado de São Paulo. Resultados: as etapas de inspeção e avaliação dos parâmetros do SVLE apontaram deficiências no projeto, na operação e na manutenção do sistema, referendadas por sua reduzida velocidade de captura. Na avaliação ambiental, foram encontradas concentrações de sílica cristalina na fração respirável acima do valor de referência adotado. Conclusão: o estudo ratificou a necessidade de projeto, instalação, operação e manutenção dos SVLE estarem em consonância com os princípios de engenharia de ventilação a fim de se obter o funcionamento eficaz do sistema.<hr/>Abstract Introduction: local exhaust ventilation (LEV) systems can be used for controlling chemical occupational exposure. However, sometimes they are improperly designed, installed or operated, becaming ineffective. Objective: to evaluate the effectiveness of a LEV used for controlling crystalline silica employed in the production of silicone rubber. Methodology: the assessment carried out was based on technical procedures described in the industrial ventilation reference literature and was systematized in three steps - initial inspection, evaluation of LEV parameters and environmental assessment. A field test was applied in a LEV installed in a silica and silicone mixer of a rubber manufacturing company located in the state of São Paulo, Brazil. Results: the inspection and evaluation steps of the LEV parameters pointed out deficiencies in the design, operation and maintenance of the system, testified by its reduced capture velocity. Regarding the environmental assessment, concentrations of crystalline silica above the reference value were found in the respirable fraction. Conclusion: the study confirmed that, for the LEV effective functioning, their design, installation, operation and maintenance have to be in conformity with the principles of ventilation engineering. <![CDATA[Quality of life and overweight in alternating shift workers]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0303-76572019000101303&lng=en&nrm=iso&tlng=en Resumo Objetivo: identificar a percepção dos trabalhadores de turnos alternantes de uma mineradora da região dos Inconfidentes, Minas Gerais, sobre sua qualidade de vida (QV) e analisar sua associação com indicadores de excesso de adiposidade corporal. Métodos: estudo transversal com 437 trabalhadores em turnos alternantes com um ou mais fatores de risco cardiovascular. Dados sociodemográficos e clínicos foram analisados. A QV foi avaliada com o questionário SF-36 e a adiposidade corporal estimada a partir das medidas antropométricas e de composição corporal. Resultados: a pontuação para os domínios da QV variou de 67 a 100, no entanto, o aumento de gordura corporal apresentou correlação negativa com os domínios saúde geral, vitalidade e capacidade funcional. Foi observada, por análise de cluster, a formação de dois agrupamentos, um composto pelos domínios da QV e o outro constituído pelos indicadores de composição corporal. Não foi identificada associação entre os escores estimados de QV dos trabalhadores de turno e o tempo de trabalho. Conclusão: o declínio da QV apresentou associação com o excesso de adiposidade corporal. Recomenda-se a adoção de medidas visando reduzir o excesso de adiposidade corporal e melhorar a qualidade de vida dos trabalhadores em turno alternante da mineração.<hr/>Abstract Objective: to identify the perception that alternating shift workers from a mining company in the region of Inconfidentes, Minas Gerais, Brazil, have about their quality of life (QoL) and to analyse its association with indicators of excess body adiposity. Methods: cross-sectional study involving 437 alternating shift workers with one or more cardiovascular risk factors. Sociodemographic and clinical data were analyzed. QoL was evaluated by the SF-36 questionnaire. Body adiposity was estimated through anthropometric and body composition measurements. Results: the scores for QoL domains ranged from 67 to 100, however, body fat increasing showed a negative correlation with general health, vitality and functional capacity domains. Through cluster analysis, the authors observed the formation of two groups, one comprising the QoL domains, and a second made up of body composition indicators. No association was found between the shift workers estimated QoL scores and their shift working lifetime. Conclusion: the QoL decline was associated with body adiposity excess. The recommendation is the adoption of measures aimed at reducing excess body adiposity and improving mining alternating shift workers‘ quality of life. <![CDATA[Psychological demands, low social support and repetitiveness: occupational factors associated with musculoskeletal pain in shoe industry workers]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0303-76572019000101304&lng=en&nrm=iso&tlng=en Resumo Introdução: os distúrbios musculoesqueléticos (DME) constituem importante problema de saúde pública, podendo promover sofrimento físico e psíquico, incapacidades para o trabalho e alto custo social. Objetivo: descrever a população de trabalhadores da indústria de calçados, estimar a prevalência e identificar os fatores associados aos DME em membros superiores e pescoço. Método: estudo de corte transversal, com amostra aleatória estratificada de 446 trabalhadores. Variáveis sociodemográficas, de estilo de vida e ocupacionais (demandas físicas e psicossociais) foram levantadas e mensuradas por meio de instrumentos validados. Conduziu-se análise fatorial das variáveis de demandas físicas e por meio da regressão logística múltipla identificaram-se os fatores associados ao desfecho. Resultados: encontrou-se prevalência de DME, nos últimos 12 meses, de 47,3% em pescoço, ombro e dorso (extremidades proximais) e 37,4% em extremidades distais. DME em extremidades proximais se associaram a alta demanda psicológica, baixo apoio social do supervisor, tempo de trabalho na empresa ≥ 8 anos, sexo feminino. Em extremidades distais se associaram a alta demanda psicológica, baixo apoio social do supervisor, demandas físicas com repetitividade e sexo feminino. Conclusão: DME em membros superiores apresentam alta prevalência na indústria de calçados, com relevante papel das demandas psicossociais na sua ocorrência, cujo controle exige intervenção sobre as condições de trabalho.<hr/>Abstract Introduction: musculoskeletal disorders (MSDs) are a major public health problem, causing great physical and psychological suffering, work disability, and imposing heavy costs on workers and society. Objective: to analyze shoe industry workers, estimating the prevalence and factors associated with MSDs of the neck region and upper limb. Method: a cross-sectional study carried out with a stratified random sample of 446 workers interviewed with use of a questionnaire. Sociodemographic, lifestyle and occupational variables (physical and psychosocial demands) were measured. Factor analysis was applied on variables related to physical demands and multiple logistic regression was used to identify the factors associated with the outcome. Results: MSD prevalence in previous 12 months was 47.3% in the neck, shoulder or upper back (proximal extremities) and 37.4% in distal extremities. MSDs in proximal extremities were associated with psychological demand, low supervisor support, working time at the company (≥ 8 years) and female sex. MSDs in distal extremities were associated with psychological demand, low supervisor support, repetitive strain injuries and female sex. Conclusion: MSDs in upper limbs were highly prevalent in the shoe industry, with psychosocial demands having a significant role on their occurrence, whose control requires intervention on working conditions. <![CDATA[Fatal work accidents in Palmas, Tocantins, Brazil: missed opportunities of information]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0303-76572019000101305&lng=en&nrm=iso&tlng=en Resumo Objetivo: estimar o sub-registro de acidentes de trabalho fatais (ATF) nos sistemas de informação do Ministério da Saúde, Secretaria Estadual de Segurança Pública (SSP), Ministério do Trabalho e Secretaria da Previdência Social, de 2007 a 2015, em Palmas, Tocantins. Métodos: para identificação dos casos de ATF, as fontes de dados foram o Sistema de Informação sobre Mortalidade (SIM), o Sistema de Informações Hospitalares do Sistema Único de Saúde (SIH-SUS), o Sistema de Informações de Agravos de Notificação (SINAN), a Relação Anual de Informações Sociais (RAIS), o Sistema de Informação de Comunicação de Acidentes de Trabalho (SISCAT), os boletins de ocorrência (BO), Guias de Encaminhamento Cadavérico (GEC) e Laudo de Exame Cadavérico (LEC). Para calcular a subnotificação de cada sistema, uma base de dados única foi criada com os registros de todas as fontes, eliminando-se repetições. Resultados: foram identificados 114 casos. Os sub-registros encontrados foram: SIM, 28,9%; SINAN, 44,7%; SSP, 55,3%; RAIS, 73,1%; SISCAT, 65,4%, para trabalhadores segurados. Conclusão: o melhor desempenho de registro é o do SIM. Observou-se extenso sub-registro em todas as demais fontes. Registros de mortalidade por ATF são subestimados. Ações de melhoria dos registros, especialmente no SIH-SUS, RAIS, SISCAT, SSP, seguidos pelo SINAN e SIM, são necessárias.<hr/>Abstract Objective: to estimate the underreporting of fatal work accidents (FWA) in information systems of the Ministry of Health, State Secretariat of Public Security (SSP), Ministry of Labor and Social Security Secretariat, from 2007 to 2015, in Palmas, Tocantins. Methods: the data sources of the FWA cases were the Mortality Information System (SIM), the Hospital Information System of the Unified Health System (SIH-SUS), the Information System on Diseases of Compulsory Declaration (SINAN), the Annual Social Information Report (RAIS), the Information System of Communication of Work Accidents (SISCAT), police reports (PR), Cadaver Referrals (GEC) and Cadaveric Examination Reports (LEC). To calculate underreporting within each system, a single database was created with the records of all sources, eliminating repetitions. Results: 114 cases were identified. Under-reports identified were: SIM, 28.9%; SINAN, 44.7%; SSP, 55.3%; RAIS, 73.1%; SISCAT, 65.4%, for insured workers. Conclusion: the best performance in registry is from SIM. Extensive underreporting was observed in all other sources. Mortality records due to FWA are underestimated. Action to improve recording, especially at SIH-SUS, RAIS, SISCAT, and SSP, followed by SINAN and SIM, are required. <![CDATA[Adiposity indicators as a screening method for polysomnography in shift workers]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0303-76572019000101306&lng=en&nrm=iso&tlng=en Resumo Objetivo: verificar o potencial discriminatório dos indicadores de adiposidade na predição da apneia obstrutiva do sono (AOS) em trabalhadores de turnos. Métodos: estudo transversal realizado em uma empresa de extração de minério de ferro, em Minas Gerais, Brasil. Dados antropométricos foram coletados e polissonografia (PSG) foi realizada em 118 trabalhadores de turno do sexo masculino que possuíam ao menos um fator de risco global para doença cardiovascular. Resultados: a prevalência de AOS na amostra foi de 84,7%. Entre os indicadores de adiposidade usados para predizerem a AOS (≥ 5 eventos/hora), o índice de massa corporal (IMC), a circunferência da cintura (CC), a relação cintura/estatura (RCE) e a gordura corporal total (GCT), revelaram valores de sensibilidade acima de 70%. Gordura visceral (GV), circunferência do pescoço (CP) e relação pescoço-estatura (RPE) foram as mais efetivas em identificar corretamente trabalhadores sem AOS (valores de especificidade acima de 70%). As áreas sob a curva de Característica de Operação do Receptor (COR) para CC e RPE foram maiores que 0,7, o que indicou que o teste foi eficaz na discriminação de indivíduos com AOS. Conclusões: alterações nos indicadores de adiposidade abdominal e cervical têm relação significativa com a presença de AOS e demostraram eficácia como método de rastreamento para PSG. CC e RPE são considerados bons indicadores para predizerem a AOS.<hr/>Abstract Objective: to verify the discriminatory power of adiposity indicators in the prediction of obstructive sleep apnoea (OSA) in shift workers. Methods: a cross-sectional study carried out in an iron ore extraction company, in Minas Gerais, Brazil. Anthropometric data were collected and polysomnography (PSG) was performed in 118 male shift workers who owned at least one overall risk factor for cardiovascular disease. Results: the OSA prevalence in the sample was 84.7%. Among the adiposity indicators used to predict OSA (≥ 5 events/hour), body mass index (BMI), waist circumference (WC), waist-to-height ratio (WHtR), and total body fat (TBF) showed sensitivity values higher than 70%. Visceral fat (VF), neck circumference (NC), and neck-to-height ratio (NHtR) were the most effective in correctly identifying workers without OSA (specificity values higher than 70%). The areas under the receiver operating characteristic (ROC) curves for WC and NHtR were greater than 0.7, which indicated the test was effective in discriminating individuals with OSA. Conclusions: alterations in abdomen and neck adiposity indicators have a significant relationship with the presence of OSA and showed effectiveness as a screening method for PSG. WC and NHtR are considered good indicators for OSA prediction. <![CDATA[Acute Coronary Syndrome patients’ return to work]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0303-76572019000101307&lng=en&nrm=iso&tlng=en Resumo Introdução: as doenças cardiovasculares representam grande impacto de morbimortalidade para a sociedade brasileira. Objetivo: verificar o tempo para retorno ao trabalho de pacientes com Síndrome Coronária Aguda (SCA); identificar e correlacionar variáveis sociodemográficas, clínicas, psicossociais e ocupacionais que podem influenciar nesse período e no desempenho no trabalho. Métodos: estudo transversal correlacional desenvolvido em 2015-2016 com 65 pacientes com SCA que retornaram ao trabalho. Instrumentos utilizados: Questionário de Caracterização; Questionário de Avaliação do Desempenho no Trabalho; Veterans Specific Activity Questionnaire; MacNew Heart Disease Health-related Quality of Life; Escala Hospitalar de Ansiedade e Depressão; e Impacto da Doença no Cotidiano do Valvopata. Foram aplicados: o teste de Mann-Whitney; pós-teste de Dunn; e coeficiente de correlação de Spearman. Resultados: o tempo médio para retorno ao trabalho foi de 7,3 meses. Os participantes que exerciam trabalho manual apresentaram tempo maior para retorno ao trabalho. O desempenho no trabalho foi fortemente correlacionado com a qualidade de vida e inversamente com ansiedade e depressão. Conclusão: os dados apontam a necessidade de desenvolvimento de estratégias a fim de promover o retorno ao trabalho de pacientes com SCA.<hr/>Abstract Introduction: cardiovascular diseases represent a major morbidity and mortality impact on the Brazilian society. Objective: to verify the Acute Coronary Syndrome (ACS) patients’ time to return to work; and to identify and correlate sociodemographic, clinical, psychosocial, and occupational variables that may influence that time and their work performance. Methods: cross-sectional correlational study conducted in 2015-2016 with 65 ACS patients who returned to work. The instruments used were: Sociodemographic Questionnaire; Work Performance Evaluation Questionnaire; Veterans Specific Activity Questionnaire; MacNew Heart Disease Health-related Quality of Life; Hospital Anxiety and Depression Scale; and Impact of Valvular Disease in Everyday Life. Mann-Whitney test, Dunn’s posttest, and Spearman’s correlation coefficient were applied. Results: participants took 7.3 months on average to return to work; the ones who performed manual labor took longer to do so. Professional performance was found to be strongly correlated with quality of life and, inversely, with anxiety and depression. Conclusion: data indicate the need to develop strategies to promote ACS patients’ return to work. <![CDATA[Work experience and social inclusion of individuals with schizophrenia]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0303-76572019000101308&lng=en&nrm=iso&tlng=en Resumo Objetivos: compreender os aspectos positivos e negativos das experiências relacionadas ao trabalho relatadas por indivíduos com esquizofrenia, usuários de um ambulatório de especialidades envolvido em um programa de inclusão laboral. Métodos: estudo com abordagem qualitativa e observacional. Onze participantes responderam a uma pergunta norteadora aberta: “o que você percebe como aspectos positivos e negativos na sua experiência de trabalho?”. Os dados foram categorizados por meio de análise temática. Resultados: foram identificadas 4 categorias: sobrecarga e falta de informação/orientação no trabalho; a importância da remuneração; assumindo responsabilidades, esperança e superação; a vivência da doença, o cuidado com a saúde e o trabalho. O estudo mostrou a importância de buscar estratégias eficazes de inclusão laboral para indivíduos com esquizofrenia, que considerem as especificidades da doença e os fatores estressantes relacionados ao trabalho como potenciais desencadeadores de sofrimento físico e emocional. Conclusão: é fundamental investir em ações que possibilitem efetiva inclusão laboral de pessoas com esquizofrenia. Tais medidas devem contemplar os portadores de esquizofrenia, suas famílias, as empresas e os profissionais dos serviços de saúde mental. As especificidades da doença, as necessidades, os interesses e o potencial da pessoa devem ser considerados.<hr/>Abstract Objectives: to understand the positive and negative aspects of work-related experiences reported by individuals with schizophrenia who use a specialty outpatient clinic involved in a work inclusion program. Methods: observational qualitative approach study. Eleven participants answered an open guiding question: “what do you see as positive and negative in your work experience?”. Data were categorized by thematic analysis. Results: four categories were identified: overload and lack of information/guidance at work; the importance of remuneration; assuming responsibility, hope and overcoming; disease experience, health and work care. The study showed the importance of seeking effective labor inclusion strategies for individuals with schizophrenia. These strategies have to consider the disease specificities and work-related stressors as potential triggers of physical and emotional distress. Conclusion: it is essential to invest in actions that enable effective labor inclusion of people with schizophrenia. Such measures should include individuals with schizophrenia, their families, the companies and mental health professionals, taking into accountthe disease specificities, the person’s needs, interests and potential. <![CDATA[Psychosocial factors at hospital work: experienced conditions related to job strain and effort-reward imbalance]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0303-76572019000101309&lng=en&nrm=iso&tlng=en Resumo Introdução: condições e organização inadequadas do trabalho hospitalar configuram fatores psicossociais no trabalho (FPST) desencadeantes de estresse, que podem gerar desfechos negativos para trabalhadores, pacientes e instituições. Objetivo: avaliar prevalências de FPST e características pessoais e ocupacionais a elas associadas entre trabalhadores do setor hospitalar. Métodos: estudo transversal com 1.795 trabalhadores de um hospital de São Paulo, Brasil. Foi utilizado um formulário autoaplicável avaliando aspectos demográficos, ocupacionais e FPST (questionários baseados nos modelos Demanda-Controle e Esforço-Recompensa). Foram realizadas análise descritiva e regressão logística ordinal de chances proporcionais parciais. Resultados: as prevalências de situações vivenciadas para desgaste no trabalho foram: 13,6% de baixo risco, 73,0% de risco intermediário e 13,4% de alto risco. As prevalências no desequilíbrio esforço-recompensa foram: 33,1% com baixo desequilíbrio, 31,3% com desequilíbrio moderado, 30,8% com desequilíbrio elevado e 4,8% sem respostas. Características individuais e ocupacionais estiveram associadas à ocorrência dos FPST. Conclusão: os dois modelos avaliam diferentes aspectos das atividades e da inserção social dos indivíduos no trabalho, e características individuais e ocupacionais estiveram associadas aos FPST. Os resultados indicaram que distintas questões devem ser consideradas quando do planejamento de intervenções para melhorias no ambiente psicossocial do trabalho.<hr/>Abstract Introduction: inadequate hospital work conditions and organization constitute psychosocial factors at work (PSFW) that trigger stress and may have negative outcomes for workers, patients and institutions. Objective: to evaluate the prevalence of PSFW and associated personal and occupational conditions among hospital workers. Methods: cross-sectional study with 1,795 workers from a hospital in São Paulo, Brazil. A self-administered form was used to evaluate demographic and occupational features and PSFW (questionnaires based on the Demand-Control and Effort-Reward models). Descriptive analysis and ordinal logistic regression of partial proportional odds were performed. Results: prevalence rates of conditions related to job strain were: 13.6% low risk, 73.0% intermediate risk and 13.4% high risk. Effort-reward imbalance prevalence rates were: 33.1% low imbalance, 31.3% moderate imbalance, 30.8% high imbalance and 4.8% non-answer. Individual and occupational features were associated with the occurrence of PSFW. Conclusion: the two models evaluate different aspects of the work activities and social insertion of individuals at work, and individual and occupational conditions were associated with PSFW. The results show that different issues should be considered when planning intervention to improve the psychosocial environment at work. <![CDATA[Thermal overload in rural areas: the influence of work intensity]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0303-76572019000101310&lng=en&nrm=iso&tlng=en Resumo Introdução: a legislação brasileira determina que se monitore o Índice de Bulbo Úmido Termômetro de Globo (IBUTG) nos ambientes de trabalho em que o calor possa representar risco à saúde dos trabalhadores. Porém, esse monitoramento e a adoção de medidas preventivas não são comumente observados. Objetivo: identificar e mapear a influência da intensidade do trabalho na extrapolação potencial de limites de sobrecarga térmica para trabalhadores em atividade a céu aberto em áreas rurais do Nordeste do Brasil. Métodos: com base na Norma Regulamentadora nº 15 e em dados do Instituto Nacional de Meteorologia, o software Sobrecarga Térmica foi utilizado para estimar os índices de IBUTG na região, no período de 1º de setembro de 2016 a 31 de agosto de 2017. Resultados: dos 132 pontos geográficos investigados, a extrapolação dos limites de sobrecarga térmica foi identificada em 48% dos trabalhos pesados e em 14% dos trabalhos moderados, indicando a necessidade de paradas para descanso em mais de 50% do tempo analisado. Discussão: a diminuição da intensidade do trabalho resulta em redução expressiva da sobrecarga térmica. Nas localidades historicamente reconhecidas pelo alto risco de exposição ao calor, deveria ser adotada, como medida efetiva de prevenção, a restrição ao estímulo de atividades extenuantes, sobretudo as promovidas pela remuneração atrelada à produtividade.<hr/>Abstract Introduction: Brazilian law requires the use of Wet-Bulb Globe Temperature (WBGT) to monitor work environments where heat may pose a risk to workers’ health; however, such monitoring is often not observed and preventive measures are not taken. Objective: to identify and map the influence of labor intensity on the potential extrapolation of heat exposure threshold limits for outdoor workers in rural areas of northeastern Brazil. Methods: based on Brazil’s Labor Regulatory Standard no. 15 and data from the Brazilian Institute of Meteorology, the software Sobrecarga Térmica (Thermal Overload) was used to estimate WBGT index in the territory from September 1st, 2016 to August 31, 2017. Results: the extrapolation of thermal overload limits was characterized for heavy work in 48%, and for moderate work in 14% of the 132 geographic points investigated, indicating the need for rest stops in more than 50% of the analyzed period. Discussion: decreasing work intensity results in an expressive reduction in thermal overload rates. The restriction to the stimulation of strenuous activities - especially remunerated ones linked to production - in regions historically recognized for their high risk of heat exposure should be implemented as an effective preventive measure for heat stress. <![CDATA[Occupational exposure to pesticides, risks and safety practices in family farming in a municipality of Espírito Santo, Brazil]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0303-76572019000101311&lng=en&nrm=iso&tlng=en Resumo Objetivo: caracterizar a exposição ocupacional, percepção do risco, práticas de segurança e fatores associados ao uso de equipamento de proteção individual (EPI) durante a manipulação de agrotóxicos. Métodos: estudo transversal com amostra representativa de agricultores de Santa Maria de Jetibá, Espírito Santo. Procedeu-se à caracterização sociodemográfica e ocupacional dos agricultores com exposição direta a agrotóxicos e a identificação dos ingredientes ativos e classificação toxicológica dos produtos utilizados. Resultados: foram referidas 106 marcas comerciais, 45 grupos químicos e 77 ingredientes ativos. Houve predomínio do herbicida glifosato. Dos 550 agricultores avaliados 89% referiram uso de agrotóxicos extremamente tóxicos, 56,3% utilizavam mais de cinco agrotóxicos e 51% trabalhavam há mais de 20 anos em contato direto com estes produtos. Metade não lia rótulo dos agrotóxicos, mais de um terço não observava o tempo de carência para colheita e reaplicação e nem o de reentrada na lavoura; 71,4% não utilizavam EPI ou utilizavam de forma incompleta. Entre os fatores associados à não utilização do EPI, destaca-se a classe socioeconômica (p = 0,002), baixa escolaridade (p = 0,05), falta de suporte técnico (p &lt; 0,001) e não leitura dos rótulos (p &lt; 0,001). Conclusão: os agricultores apresentaram exposição ocupacional prolongada a múltiplos agrotóxicos de elevada toxidade, referindo práticas inseguras de manuseio.<hr/>Abstract Objective: to characterize occupational exposure, risk perception, safety practices and factors associated with the use of personal protective equipment (PPE) during pesticide handling. Methods: cross-sectional study with a representative sample of farmers from Santa Maria de Jetibá, Espírito Santo, Brazil. We collected sociodemographic and occupational data of farmers directly exposed to pesticides and identified the active ingredients and toxicological classification of the pesticides used. Results: 106 trademarks, 45 chemical groups and 77 active ingredients were identified. There was a predominance of the herbicide glyphosate. Of the 550 farmers evaluated, 89% reported using extremely toxic pesticides, 56.3% used more than five different agrochemicals, and 51% worked for over 20 years in direct contact with these products. Half of them did not read the label, more than a third did not observe the pre-harvest, reapplication, or reentry intervals; 71.4% used incomplete PPE or none. Factors associated with non-use of PPE include socioeconomic class (p = 0.002), low educational level (p = 0.05), lack of technical support (p &lt; 0.001) and non-reading of labels (p &lt; 0.001). Conclusion: farmers have prolonged occupational exposure to multiple high toxicity pesticides, referring to unsafe handling practices. <![CDATA[Data mining and machine learning perspectives for occupational safety and health]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0303-76572019000101401&lng=en&nrm=iso&tlng=en Resumo Introdução: a variedade, volume e velocidade de geração de dados (big data) possibilitam novas e mais complexas análises. Objetivo: discutir e apresentar técnicas de mineração de dados (data mining) e de aprendizado de máquina (machine learning) para auxiliar pesquisadores de Saúde e Segurança no Trabalho (SST) na escolha da técnica adequada para lidar com big data. Métodos: revisão bibliográfica com foco em data mining e no uso de análises preditivas com machine learning e suas aplicações para auxiliar diagnósticos e predição de riscos em SST. Resultados: a literatura indica que aplicações de data mining com algoritmos de machine learning para análises preditivas em saúde pública e em SST apresentam melhor desempenho em comparação com análises tradicionais. São sugeridas técnicas de acordo com o tipo de pesquisa almejada. Discussão: data mining tem se tornado uma alternativa cada vez mais comum para lidar com bancos de dados de saúde pública, possibilitando analisar grandes volumes de dados de morbidade e mortalidade. Tais técnicas não visam substituir o fator humano, mas auxiliar em processos de tomada de decisão, servir de ferramenta para a análise estatística e gerar conhecimento para subsidiar ações que possam melhorar a qualidade de vida do trabalhador.<hr/>Abstract Introduction: variety, volume and data generation speed allow for new and more complex analyses. Objective: to discuss and present data mining and machine learning techniques to aid occupational safety and health (OSH) researchers to choose the suitable technique when dealing with large volumes of data. Methods: literature review to discuss data mining and machine learning predictive applications for aiding diagnosis and risk prevention in OSH. Results: literature shows that data mining with machine learning algorithms for predictive purposes in OSH and public health present better performance when compared to traditional analysis. According to the research purpose, different techniques are recommended. Discussion: data mining has become a common alternative when dealing with large databases in public health, making it possible to analyze large volume of morbidity and mortality data. These techniques are not meant to replace the human factor, but rather to assist in decision-making processes, to work as a tool for the statistical analysis of OSH data and to build up knowledge to subsidize actions that may improve worker’s quality of life. <![CDATA[Anxiety disorders as a cause of work absenteeism]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0303-76572019000101501&lng=en&nrm=iso&tlng=en Resumo Introdução: transtornos mentais e comportamentais (TMC) estão entre as principais causas de perda de dias de trabalho. Os transtornos de ansiedade são a segunda causa dos afastamentos laborais. Objetivo: identificar e analisar as evidências disponíveis na literatura sobre afastamentos do trabalho por transtornos de ansiedade. Métodos: revisão integrativa da literatura, sem limite de ano de publicação, com descritores controlados, realizada nas bases de dados Literatura Latino-Americana e do Caribe em Ciências da Saúde (Lilacs), Medical Literature Analysis and Retrieval System Online (Medline) e Base de Dados em Enfermagem (BDENF). Resultados: a seleção final consistiu em 13 artigos, sendo o mais antigo publicado em 2006 e o mais recente em 2016. Os afastamentos por transtornos de ansiedade tiveram como principais fatores de risco as condições e ambiente de trabalho, com impacto negativo, tanto para a saúde do trabalhador como para o empregador. Discussão: as evidências apontam para uma alta prevalência dos transtornos ansiosos como causa de afastamentos do trabalho e da alta demanda de custos elevados com auxílio-doença. Conhecer o perfil de adoecimento do trabalhador contribui para identificar os fatores de risco para TMC e auxilia na proposição de estratégias de intervenção direcionadas a reduzir o afastamento laboral.<hr/>Abstract Introduction: mental and behavioral disorders (MBD) are among the main causes of lost workdays. Anxiety disorders are the second cause of work absenteism. Objective: to identify and analyze evidence available in literature about work absenteism due to anxiety disorders. Methods: integrative literature review, with no publication year limits and with controlled subject headings, using the following databases: Latin American and Caribbean Literature on Health Sciences (Lilacs), Medical Literature Analysis and Retrieval System Online (Medline) and Nursing Database (BDENF). Results: the final selection consisted of 13 articles, the oldest published in 2006 and the most recent in 2016. Work absences due to anxiety disorders had as main risk factors the environment and working conditions, with a negative impact for both, the worker‘s and the employer‘s health. Discussion: evidence indicates a high prevalence of anxiety disorders as cause of work absenteeism and of the high demand for increasing social security costs. Knowing the worker‘s illness profile contributes to identify the MBD risk factors, and helps in proposing intervention strategies aimed at reducing work absenteism. <![CDATA[Firearm injuries to public safety professionals and military personnel: integrative review]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0303-76572019000101502&lng=en&nrm=iso&tlng=en Resumo Objetivo: sistematizar a produção bibliográfica sobre a ocorrência de ferimentos por arma de fogo (FAF) entre profissionais de segurança pública, incluindo policiais e militares de forças armadas. Métodos: revisão integrativa realizada em bases bibliográficas eletrônicas brasileiras e internacionais (BVS, Scopus, Web of Science e Pubmed), sem estipulação de recorte temporal ou territorial. Resultados: foram encontrados 31 artigos segundo os critérios de inclusão e de exclusão. Notou-se aumento crescente de publicações entre 1976 e 2016, a maioria publicada em inglês, em periódicos da área da saúde. Os FAF foram o principal mecanismo de injúria em serviço entre os policiais, mais frequentes entre profissionais do sexo masculino, na faixa etária de 30 anos. As circunstâncias de maior risco foram: ações de prisão e confrontos com criminosos; respostas a chamados policiais para verificação de perturbação à ordem; e em situações de guerra. Existem poucos estudos que discutam as repercussões físicas dos FAF para o exercício profissional dos trabalhadores de segurança pública.<hr/>Abstract Objective: to systematize the bibliographic production on the occurrence of firearm injuries (FAI) among public safety professionals, including police officers and military personnel. Methods: integrative review carried out in Brazilian and international electronic bibliographic databases (Brazilian Virtual Health Library, Scopus, Web of Science and Pubmed), without time or geographic specification. Results: thirty-one articles were found according to the inclusion and exclusion criteria. There was a growing increase of publications between 1976 and 2016, most of them in English and published in health sciences journals. FAI were the mainspring of injury among police officers, most frequent in male professionals, aged range 30. The riskiest circumstances were: arrest actions and clashes with criminals; attendance to police calls to verify order disturbance; and in war situations. There are few studies discussing the physical repercussions of FAI for the public safety workers’ professional practice. <![CDATA[Interdisciplinary approach in quality of life groups for patients with Repetitive strain injuries/Work-related musculoskeletal disorders - RSI/WMSD]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0303-76572019000101601&lng=en&nrm=iso&tlng=en Resumo Introdução: o atendimento isolado de pacientes com lesões por esforços repetitivos/distúrbios osteomusculares relacionados ao trabalho (LER/DORT) por profissionais de diferentes áreas é insuficiente para contemplar todos os aspectos sociais e de saúde afetados por esses agravos. Objetivo: relatar o trabalho conjunto interdisciplinar entre Fisioterapia e Psicologia, desenvolvido por meio de grupos de qualidade de vida (GQV) para pacientes com LER/DORT atendidos no Centro de Referência de Saúde do Trabalhador de Guarulhos-SP. Métodos: foram analisados os relatórios dos GQV desenvolvidos de 2009 a 2014 e as gravações das reuniões dos dois grupos mais recentes. Discussão: as identidades pessoais e profissionais dos pacientes afetados pelas LER/DORT estavam abaladas com o adoecimento, a invisibilidade da doença, os longos períodos de tratamento e de afastamento do trabalho e com a exclusão social decorrente desse quadro. O GQV propiciou um espaço de reflexão e socialização para os trabalhadores adoecidos, auxiliando-os no resgate da sua identidade e cidadania. A atuação conjunta interdisciplinar da Fisioterapia e da Psicologia nos grupos se mostrou fundamental para enfrentar a complexidade e a multifatorialidade desses agravos, ampliando a visão e a experiência dos profissionais e instrumentalizando-os para um olhar mais integrado e humanizado voltado ao trabalhador adoecido.<hr/>Abstract Introduction: the isolated care of patients with repetitive strain injury/work-related musculoskeletal disorders (RSI/WMSD) by different professionals is insufficient to cover all health and social aspects affected by these injuries. Objective: to report the interdisciplinary joint work between Physiotherapy and Psychology, developed through quality of life (QOL) groups for RSI/WMSD patients, at the Centro de Referência de Saúde do Trabalhador (Worker’s Health Reference Center) in Guarulhos, São Paulo, Brazil. Methods: we analyzed the QOLs groups reports from 2009 to 2014, and the recordings of the two most recent groups meetings. Discussion: the RSI/WMSD patients’ personal and professional identities were affected by their falling ill, the disease invisibility, the long periods of treatment and consequent absences from work, as well as by the social exclusion resulting from all these situations. The QOL group provided the sick workers with a space for reflection and socialization, and helped them recover their identity and citizenship. Physiotherapy and Psychology interdisciplinary joint work carried out in the groups was essential to face the RSI/WMSD complexity and its multiple factors. It also contributed to broaden the physioterapists’ and psychologists’ visions and experiences, supplying them with the needed tools to pursue a more integrated and humanized approach towards sick workers.