Scielo RSS <![CDATA[Revista Brasileira de Saúde Ocupacional]]> http://www.scielo.br/rss.php?pid=0303-765720170010&lang=pt vol. 42 num. lang. pt <![CDATA[SciELO Logo]]> http://www.scielo.br/img/en/fbpelogp.gif http://www.scielo.br <![CDATA[Estratégias analíticas com cromatografia e espectrometria de massas para biomonitorização da exposição ao benzeno pela determinação do ácido <em>S</em>-fenilmercaptúrico urinário]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0303-76572017001000401&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Resumo Introdução: o benzeno é uma substância de reconhecida toxicidade e sua biomonitorização torna-se fundamental para a prevenção de danos à saúde humana, principalmente em situações de exposição ocupacional. Dentre os biomarcadores de exposição, o ácido S-fenilmercaptúrico é considerado o único específico, mas, devido a suas baixas concentrações na urina, é requerido o uso de técnicas analíticas sensíveis capazes de quantificar traços. Objetivo: revisar metodologias baseadas na cromatografia e na espectrometria de massas para a determinação do ácido S-fenilmercaptúrico. Método: revisão da literatura sobre a determinação do ácido S-fenilmercaptúrico urinário por técnicas de cromatografia e espectrometria de massas, nas principais bases de dados científicas, considerando o período entre 1951 e 2015. Resultados: 120 documentos serviram como base teórica para a construção desta revisão. A técnica analítica mais empregada foi o acoplamento da cromatografia a líquido com a espectrometria de massas. Contudo, os métodos diferem quanto ao preparo das amostras. Conclusão: o alto custo de aquisição e a manutenção de equipamentos são fatores limitantes para a difusão dos sistemas de cromatografia e espectrometria de massas. No entanto, sua elevada sensibilidade e seletividade faz com que essas técnicas, acopladas, possibilitem elucidar situações de exposição ocupacional e ambiental a poluentes, como o benzeno.<hr/>Abstract Introduction: benzene is a substance of recognized toxicity and its biomonitoring of exposure becomes critical for preventing health damages, especially in occupational exposure situations. Among all the biomarkers of exposure, S-phenylmercapturic acid is considered the only specific one, but due to its low concentrations in urine, acute analytical techniques capable of quantifying traces must be used. Objective: to review methodologies based on chromatography and mass spectrometry for determination of S-phenylmercapturic acid. Method: literature review on the determination of urinary S-phenylmercapturic acid by chromatographic techniques and mass spectrometry in the main scientific databases, considering the period between 1951 and 2015. Results: 120 documents served as theoretical basis for the construction of this review. The analytical technique that was most applied was the coupling of liquid chromatography with mass spectrometry. However, the methods differ according to the preparation of samples. Conclusion: the high cost of equipment acquisition and maintenance are limiting factors for the diffusion of chromatography systems and mass spectrometry. Nevertheless, its high sensitivity and selectivity enable these coupled techniques to elucidate situations of occupational and environmental exposure to pollutants, such as benzene. <![CDATA[Utilização de biomarcadores de genotoxicidade e expressão gênica na avaliação de trabalhadores de postos de combustíveis expostos a vapores de gasolina]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0303-76572017001000402&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Resumo Introdução: a avaliação de uma exposição mensura sua intensidade, frequência e duração, podendo detectar danos precoces que, se ignorados, podem evoluir para um quadro nocivo. Nos campos da saúde ambiental e ocupacional, os biomarcadores de genotoxicidade tem sido largamente utilizados para essa avaliação. Objetivo: identificar, descrever e discutir os principais bioindicadores de genotoxicidade e seu uso conjunto com técnicas de avaliação de expressão gênica em estudos de exposição ocupacional ao benzeno em postos de revenda de combustíveis (PRC). Métodos: revisão bibliográfica de trabalhos publicados entre 1995 e 2015. Resultados: as técnicas identificadas foram: ensaio cometa, estresse oxidativo, micronúcleos, aberrações cromossômicas, polimorfismos, adutos de DNA e proteínas, fatores epigenéticos e expressão gênica. Foi observado que testes de danos genéticos e epigenéticos são utilizados em frentistas de PRC que participam de programas de saúde do trabalhador ou de pesquisas, embora um baixo número de publicações sobre o tema tenha sido identificado. Esse fato talvez possa ser explicado pelos poucos países onde a profissão persiste e pelas limitações para o desenvolvimento de pesquisas nesses países. Conclusão: os bioindicadores de genotoxicidade e as técnicas de expressão gênica são úteis na detecção de dano precoce desta exposição ocupacional e devem ser avaliados em conjunto.<hr/>Abstract Introduction: an exposure evaluation measures its intensity, frequencyand duration, detecting premature damage that, if ignored, might develop into a harmful framework. On environmental and occupational health fields, genotoxicity biomarkers have been widely used for this evaluation. Objective: to identify, describe and discuss main genotoxicity biomarkers and their use together with gene expression evaluation techniques in studies concerning occupational exposure to benzene in gas stations (GS). Methods: bibliographical review of studies published between 1995 and 2015. Results: the following techniques were identified: comet assay, oxidative stress, micronuclei, chromosomal aberrations, polymorphisms, DNA and protein adducts, epigenetic factors and gene expression. We observed that genetic and epigenetic damage tests are used in gas station attendants who participate in worker’s health programs or in researches, although a short number of publications on the theme have been identified. This can be explained by the small number of countries where such job still exists and by the limitations for developing research in such countries. Conclusion: genotoxicity biomarkers and gene expression techniques are useful for detecting the premature damage resulting from this occupational exposure and must be jointly evaluated. <![CDATA[Prevenção da exposição ocupacional ao benzeno em trabalhadores de postos de revenda de combustíveis: a experiência do estado do Espírito Santo]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0303-76572017001000500&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Resumo Objetivo: descrever e analisar ações desenvolvidas pela Comissão Estadual do Benzeno do Espírito Santo (CEBz/ES) voltadas à prevenção da exposição ocupacional ao benzeno em postos de revenda de combustíveis (PRC), em Vitória/ES. Métodos: foram analisadas as ações desenvolvidas a partir das parcerias estabelecidas pela CEBz/ES, entre os anos de 2012 a 2015, de modo a subsidiar sua continuidade nas frentes de: a) Diagnóstico situacional dos PRC; b) Educação em Saúde; e c) Vigilância nos ambientes de trabalho com articulação entre diferentes órgãos do governo e sindicatos. Resultados: destacam-se a ampliação do conhecimento, pelos membros da CEBz/ES, sobre os processos de trabalho e condições de funcionamento dos PRC; o fortalecimento e ampliação das parcerias interinstitucionais na realização das ações de vigilância em saúde; e a implementação de ações de educação em saúde destinadas aos empregadores, trabalhadores, sindicatos e profissionais da área de saúde do trabalhador. Conclusão: o alcance destes resultados indica a potencialidade deste processo de construção e articulação interinstitucional, além de possibilitar a aplicação dessa experiência em outros municípios.<hr/>Abstract Objective: to describe and analyze actions developed by the State Commission of Benzene of Espírito Santo (CEBz/ES) aimed at the prevention of occupational exposure to benzene on gas stations (GS), in Vitória, capital of Espírito Santo state, Brazil. Methods: we analyzed actions developed through partnerships established by the CEBz/ES from 2012 to 2015 regarding: a) The situational diagnosis of GS; b) Health Education activities; and c) Surveillance of working environments through articulation between different government agencies and trade unions. Results: this analysis highlights the CEBz/ES members’ enlargement of knowledge about the work processes and the operation conditions of the GS located in Vitoria/ES; the strengthening and expansion of inter-institutional partnerships when carrying out health surveillance activities; and the implementation of health education activities aimed at employers, employees, trade unions and occupational health professionals. Conclusion: the achievement of these results indicates the potentiality of this inter-institutional process of articulation and actions construction, in addition to enabling the application of that experience in other cities.