Scielo RSS <![CDATA[Cerâmica]]> http://www.scielo.br/rss.php?pid=0366-691320150002&lang=pt vol. 61 num. 358 lang. pt <![CDATA[SciELO Logo]]> http://www.scielo.br/img/en/fbpelogp.gif http://www.scielo.br <![CDATA[Editorial]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0366-69132015000200001&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt <![CDATA[Estimativa da degradação de fachadas com revestimento cerâmico: estudo de caso de edifícios de Brasília]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0366-69132015000200151&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt <p>No contexto da temática da avaliação de desempenho, vida útil, degradação e diagnóstico de patologias, tem-se observado que os edifícios construídos em Brasília vêm apresentando elevados casos de manifestações patológicas nas fachadas. Esses fenômenos vêm sendo observados em edifícios nas mais diferentes idades, induzindo a questionamentos importantes na parte técnica, relacionados à compatibilidade dos materiais constituintes do sistema de revestimento, técnicas construtivas, degradação dos materiais e projeto. Neste sentido, o objetivo deste estudo consiste em apresentar uma metodologia de inspeção, identificação e quantificação das manifestações patológicas que ocorrem com maior frequência nas fachadas dos edifícios. A metodologia proposta consiste em uma sistematização do processo de inspeção, com identificação, mapeamento e quantificação das manifestações patológicas em uma amostra de 90 fachadas. Essa metodologia permite estabelecer índices de intensidade de ocorrência de danos em função da orientação solar e da idade, bem como permite determinar a intensidade de manifestação patológica em diferentes regiões das fachadas (paredes contínuas, aberturas, sacadas, cantos e extremidades, juntas, transição entre pavimentos e topo). A amostragem é tomada no contexto dos edifícios de Brasília com idade na faixa de 5 a 48 anos. Os resultados mostram elevado fator de dano de descolamento cerâmico e evidenciam que os valores mais elevados dos fatores de danos foram observados nas fachadas Norte e Oeste e ainda nas fachadas com idade acima de 10 anos. Os resultados mostram também que os danos ocorrem com maior frequência na região das paredes contínuas. Este estudo visa contribuir com a necessidade de sistematização da identificação, classificação e quantificação dos danos em fachadas com revestimento cerâmico.</p><hr/><p>In the context of the theme of the performance assessment, service life, degradation and diagnosis of pathologies has been observed that buildings constructed in Brasília have high cases of pathological manifestations in the facades. These phenomena have been observed in buildings in many different ages, inducing relevant questions in the technical part, related to the compatibility of the materials and components, construction techniques, materials degradation and design. In this sense, the objective of this study is to present a methodology for inspection, identification and quantification of pathological events that occur most frequently on the facades of buildings. The proposed methodology consists of a systematization of the inspection process, identifying, mapping and quantification of pathologies in a sample of 90 facades. This methodology allows us to establish indices of intensity of damage in terms of solar orientation and age, as well as to determine the intensity of pathologies in different regions of the facades (continuous walls, windows, balconies, corners and edges, joints, transition between floors and top). The sample is taken in the context of buildings of Brasilia, Brazil, which ages range from 5 to 48 years. The results show the highest values of damage factors refer to ceramic detachment. It were observed, too, that the highest values of damage factors occur in the North and West facades in buildings with age over of 10 years. The results also show that damage occurs most frequently in the region of the continuous walls. This study aims to contribute to the need for systematic identification, classification and quantification of damage in ceramic facades.</p> <![CDATA[Sinterização da alumina reforçada com um vidro bioativo do sistema 3CaO.P<sub>2</sub>O<sub>5</sub>-SiO<sub>2</sub>-MgO]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0366-69132015000200160&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt <p>Alumina-based ceramics, Al<sub>2</sub>O<sub>3</sub>, exhibit a combination of properties which favor its use as biomaterial, specifically as structural dental prosthesis. Its most important properties as biomaterial are its elevated hardness, chemical stability and biocompatibility. Usually, Al<sub>2</sub>O<sub>3</sub> is processed by solid-state sintering at a temperature of about 1600 <sup>o</sup>C, but it is very difficult to eliminate the porosity due to its diffusional characteristics. The objective of this work was the development and characterization of sintered Al<sub>2</sub>O<sub>3</sub> ceramics, densified with a transient liquid phase formed by a bioactive 3CaO.P<sub>2</sub>O<sub>5</sub>-SiO<sub>2</sub>-MgO glass. Powder mixtures of 90 wt.% Al<sub>2</sub>O<sub>3</sub> and 10 wt.% bioglass were milled, compacted and sintered at 1200 <sup>o</sup>C to 1450 <sup>o</sup>C. Comparatively, monolithic Al<sub>2</sub>O<sub>3</sub> samples were sintered at 1600 <sup>o</sup>C/120 min. The sintered specimens were characterized by relative density, crystalline phases, microstructure and mechanical properties. The results indicate that the specimen sintered at 1450 <sup>o</sup>C/120 min present the best properties. Under this sintering condition, a relative density of 95% was reached, besides hardness higher than 9 GPa and fracture toughness of 6.2 MPa.m<sup>1/2</sup>. XRD analysis indicate alumina (αAl<sub>2</sub>O<sub>3</sub>), whitlockite (3CaO.P<sub>2</sub>O<sub>5</sub>) and diopsite [3(Ca,Mg)O.P<sub>2</sub>O<sub>5</sub>], as crystalline phases. Comparatively, monolithic sintered Al<sub>2</sub>O<sub>3</sub> samples presented 92% of relative density with 17.4 GPa and 3.8 MPa.m<sup>1/2</sup> of hardness and fracture toughness respectively.</p><hr/><p>Cerâmicas à base de alumina exibem combinações de propriedades as quais favorecem seu uso como biomaterial, com destaque para estruturas de prótese dentária. Entre as mais importantes propriedades para uso como biomaterial estão a dureza elevada, a estabilidade química e a biocompatibilidade. Normalmente, Al<sub>2</sub>O<sub>3</sub>é sinterizada no estado sólido em temperaturas superiores a 1600 <sup>o</sup>C; porem, devido às suas características difusionais, há grande dificuldade em eliminar completamente a porosidade. O objetivo deste trabalho foi o desenvolvimento e a caracterização de cerâmicas de Al<sub>2</sub>O<sub>3</sub>densificadas com uma fase liquida formada por um vidro bioativo do sistema 3CaO.P<sub>2</sub>O<sub>5</sub>-SiO<sub>2</sub>-MgO. Misturas de pó com 90% em peso de Al<sub>2</sub>O<sub>3</sub> e 10% em peso de vidro foram preparadas, compactadas e sinterizadas entre 1200<sup> o</sup>C e 1450 <sup>o</sup>C. Comparativamente, amostras de Al<sub>2</sub>O<sub>3</sub> monolíticas foram sinterizadas a 1600 <sup>o</sup>C/120 min. As amostras foram caracterizadas por densidade relativa, fases cristalinas, microestrutura e propriedades mecânicas. Os resultados indicaram que as amostras sinterizadas a 1450 <sup>o</sup>C/120 min apresentaram as melhores propriedades, com densidade relativa de 95% além de dureza de 9 GPa e tenacidade a fratura de 6,2 MPa.m<sup>1/2</sup>. Análises de difração de raios X indicaram alumina (α-Al<sub>2</sub>O<sub>3</sub>), whitlockita (3CaO.P<sub>2</sub>O<sub>5</sub>) e diopsita [3(Ca,Mg)O.P<sub>2</sub>O<sub>5</sub>], como fases cristalinas após sinterização. Comparativamente, as amostras de Al<sub>2</sub>O<sub>3</sub> apresentaram 92% de densidade relativa com 17,4 GPa e 3,8 MPa.m<sup>1/2</sup> de dureza e tenacidade a fratura, respectivamente.</p> <![CDATA[Ataque de matrizes cimentícias por sulfato de sódio:adições minerais como agentes mitigadores]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0366-69132015000200168&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt <p>A degradação do concreto por sulfatos ocorre a partir de suas reações químicas com os compostos hidratados do cimento Portland e que, em estágios avançados, promovem a formação de produtos expansivos que geram a sua fissuração e desagregação. A utilização de adições minerais na composição, em substituição parcial ao cimento, provoca alterações microestruturais que interferem na porosidade da matriz hidratada e, principalmente, na distribuição e na interconectividade dos poros, influenciando no ingresso de água contaminada. No presente trabalho avaliou-se o potencial de mitigação do ataque por íons sulfato quando da inclusão de adições minerais na composição do material. A determinação da variação dimensional de barras de argamassa, conforme a NBR 13.583, foi utilizada para avaliar o potencial de mitigação do material ligante composto por cimento CP V - ARI (referência) e minerais em substituição parcial a este, no teor de 10%, em massa, como sílica ativa, metacaulim, sílica de casca de arroz, fíler calcário e quartzoso, além de resíduo de cerâmica vermelha, com diferentes finuras. A argamassa de referência apresentou elevada expansão, bem como as que continham metacaulim, fíler calcário e resíduo de cerâmica vermelha, independentemente da distribuição granulométrica. A utilização de sílica ativa, sílica de casca de arroz ou fíler quartzoso na composição do material reduziu a expansão a valores aceitáveis, atribuindo resistência ao ataque por sulfatos às argamassas.</p><hr/><p>Deterioration of the concrete by sulfates occurs through chemical reactions between the hydrated cement compounds and sulfate ion. As a result of these reactions there is in advanced stages the formation of expansive products that cause cracking and disintegration of concrete. The use of mineral additions in the composition of the binder material to partially replace the clinker causes microstructural changes that interfere in porosity of the hydrated matrix and especially the size distribution and pore interconnectivity. This positively or negatively influences the inflow of water containing sulfate ions into the structure. This paper aims to evaluate the mineral admixtures capacity of reducing the sulfate attack in concrete structures. Dimensional changes of Portland cement mortar bars were determined, as required by ABNT NBR 13.583/2014, and were used to evaluate the mitigatory potential binder material composed by cement CP V - ARI (reference) and compositions with partial replacement of 10% by cement mass using: silica fume; metakaolin; rice husk ash; limestone and quartz filler; and red ceramic residue with different milling times. The reference mortar showed high expansion, as well as mortars containing metakaolin, limestone filler and red ceramic residue, regardless of the milling time. The silica fume, rice husk ash and quartz filler in the composition of the binder material of mortar reduced expansion to acceptable levels, making them resistant to attack by sulphates.</p> <![CDATA[Revisão bibliográfica: reutilização de resíduos da construção e demolição na indústria da construção civil]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0366-69132015000200178&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt <p>As questões ambientais têm ocupado cada vez mais espaço nas legislações dos países, devido à grande geração de resíduos, oriundos principalmente, da indústria da construção civil. Para qualquer país, não tem como haver crescimento, sem que a indústria da construção o acompanhe. Crescimento este, que gera grandes impactos ambientais, desde a extração de recursos naturais para a produção de insumos, até a produção de resíduos, que são dispostos no meio ambiente sem nenhum controle. Este artigo expõe pesquisas que retratam a preocupação quanto à geração dos resíduos provenientes da indústria da construção não somente no Brasil, mas em todo o mundo. Pesquisadores de todo o planeta disponibilizam dados quanto à quantidade de RCD gerado, legislações empregadas com o intuito de minimizar e prevenir a geração de RCD e aplicabilidades dos resíduos reciclados nos mais diversos ramos do setor construtivo, de forma a promover o seu retorno à cadeia da construção. Dados estes, que foram apresentados neste trabalho, com o intuito de "acordar" o Brasil, para a nova ordem mundial, em que a palavra <bold>reciclar</bold>, não mais será uma opção, e sim, rotina de cada brasileiro.</p><hr/><p>Environmental issues have occupied more and more space in the laws of countries due to the large generation of waste, coming mainly from the construction industry. For any country, there can be no growth without the parallel growth in the construction industry. This growth generates large environmental impacts, from the extraction of natural resources for the production of raw materials through production of waste that are sometimes discharged into the environment without any control. This article presents research that portrays concern over the generation of waste from the construction industry not only in Brazil but worldwide. Researchers from around the world provide information about the amount of RCD generated, laws employed in order to minimize and prevent the generation of RCD and applicability of recycled waste in the most diverse branches of the construction sector in order to promote its return to the construction chain. The data, which were presented in this paper, is intended to "wake up" Brazil, for the new world order, where the word <bold>recycle</bold>, will no longer be an option, but rather, routine in the life of every Brazilian.</p> <![CDATA[Desenvolvimento de modelo conceitual de telha ecológica a partir de resíduos de PET e gesso da construção]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0366-69132015000200190&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt <p>Este trabalho apresenta o gesso na construção civil, suas aplicações, características e o desperdício associado. É exposta a legislação brasileira pertinente ao gerenciamento dos resíduos sólidos na construção, e mais especificamente as resoluções CONAMA 307/02 e 431/11, em que o resíduo de gesso passou a ter uma reclassificação quanto a sua destinação. Assim, esse passou a ser considerado um material passível de reutilização e reciclagem. Dessa forma, o objetivo do trabalho foi investigar a viabilidade técnica de aproveitamento de resíduos de gesso como matéria-prima para materiais de construção, no caso, pela incorporação deste em telhas. Assim, é feita uma descrição dos tipos de telhas, suas características e métodos de fabricação, como também a exposição de dois tipos de telhas recicladas. É descrito também o albedo, associado com o benefício de telhados brancos na redução da temperatura dentro das edificações nos dias de maior calor. Foi feita uma lista com as formas e cobrimentos possíveis para a adaptação do gesso na telha, e a partir de características favoráveis às telhas foi escolhido o modelo a ser detalhado, a partir de uma matriz avaliativa. O modelo escolhido foi o Colonial Gigante, com capa polimérica feita de resíduo de PET (politereftaleno de etileno) envolvendo o resíduo de gesso. Um modelo 3D foi desenvolvido, e a telha foi nomeada de Telha GePET. Foram definidas em laboratório a umidade e a massa específica aparente e unitária do resíduo de gesso. Diversas características da telha foram descritas, como suas dimensões, massa, fonte de matéria-prima, produção, instalação no telhado, manutenção e durabilidade, o descarte após sua vida útil, o albedo, o isolamento térmico e o valor da telha. Concluiu-se que é possível a fabricação de uma telha com resíduos de gesso, juntamente com o resíduo de PET, tornando-a um produto mais sustentável e 100% reciclável.</p><hr/><p>First of all this work presents plaster on civil construction, its application, features and its waste. In sequence is shown some legislation regarding solid waste management in building industries and specifically on the CONAMA resolutions 307/02 and 431/11 in which the residue of plaster has been reclassified about its destination. With the reclassification it is considered a feasible material to reuse and recycle. Then are mentioned some case studies that demonstrate the possibility of the reuse of plaster. The work objective was to investigate the technical feasibility of plaster waste as a raw material for building materials, in this case to be incorporated on a tile. So, a description is given of the types of tiles, its characteristics and manufacturing methods, as well as two types of recycled tiles. It is also described the albedo, associated with the benefit of white roofs in the temperature reduction of the buildings in the hottest days. A list of possible forms and coverings to adapt the plaster on the tile were made, and from the propitious characteristics of tiles an evaluative matrix was made, so a tile to be detailed was chosen from it. The chosen model was the Giant Colonial, with a polymeric cover made of PET (polyethylene terephthalate) waste involving the plaster waste. A 3D model was developed and the tile was called GePET tile. Moisture, density and true density of the gypsum residue was defined in the laboratory. Several features of the tile were described as their size, weight, the source of raw material, production, roof installation, maintenance and durability, discard after their life cycle, albedo, thermal insulation and the cost of the tile. It was concluded that manufacturing a tile with plaster waste is possible, associated with PET waste, making product sustainable and 100%.</p> <![CDATA[Influência da rota alcoólica e razão tensoativo/argila no processo de organofilização de argilas bentoníticas e em suas propriedades reológicas em meios não aquosos]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0366-69132015000200199&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt <p>Argilas bentoníticas podem ser definidas como sendo uma argila constituída essencialmente de argilominerais do grupo das esmectitas, especialmente a montmorilonita. Não sendo as argilas bentoníticas naturalmente organofílicas, estas podem ser modificadas através de tratamentos específicos com tensoativos (iônicos ou não-iônicos), passando sua natureza de hidrofílica para hidrofóbica. As argilas organofilicas são amplamente utilizadas como agentes viscosificantes na mistura de componentes usados para a perfuração de poços de petróleo e água entre outros usos. Estudos recentes demonstraram a influência do tipo de argila, tensoativo e presença de defloculante na reologia das dispersões. Neste trabalho verificamos a influência da rota alcoólica, do teor de argila e tensoativo na produção de argilas organofilicas e no comportamento reológico final em meios não aquosos. Para tanto, realizamos a caracterização das amostras de argilas através de análise termogravimétrica, difração de raios X, análise térmica diferencial e análise granulométrica. As argilas organofílicas foram caracterizadas por difração de raios X e fluorescência de raios X. Por fim foram produzidas dispersões de acordo com normatização da Petrobras para realização dos ensaios reológicos. Os resultados evidenciaram que existe influência da razão argila/tensoativo e da rota alcoólica nas propriedades reológicas das dispersões.</p><hr/><p>Bentonite clays can be defined as clays consisting predominantly of the smectite group clay minerals, particularly montmorillonite. Naturally, the bentonite clays are not organophilic, these can be modified by treatment with specific surfactants (ionic or nonionic), turning from hydrophobic to hydrophilic. The organophilic clays are widely used as viscosifying agents in the mixture of components used for oil and water well drilling among other uses. Recent studies have demonstrated the influence of clay type, the presence of surfactant and dispersant on rheology. In this study we verified the influence of alcoholic route, clay and surfactant content in the production of organophilic clays and in the final rheological behavior in non-aqueous media. Thus, we performed the characterization of samples of clays by thermogravimetric analysis, X-ray diffraction, differential thermal analysis and particle size analysis. The organoclays were characterized by X-ray diffraction and X-ray fluorescence. Finally, dispersions were produced according to standards by Petrobras to perform normalization rheological tests. The results indicated that there is the influence of clay/surfactant ratio and the alcoholic route on the rheological properties of dispersions.</p> <![CDATA[Preparação e caracterização de sistemas chamote/argila visando o reaproveitamento de descartes industriais]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0366-69132015000200206&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt <p>A contribuição do setor ceramista relativa aos bens produzidos nacionalmente reflete a informalidade vigente nas olarias associada ao desconhecimento, em sua maioria, daqueles que manufaturam os produtos. Na região do nordeste, mais especificamente na Paraíba, a indústria de cerâmica vermelha também vivencia tal problemática associada à falta de um protocolo mais efetivo. Desse modo, este projeto foi desenvolvido visando contribuir para reduzir os impactos ambientais originados pela olaria Santa Cecília Ltda., PB, Brasil avaliando-se nova formulação com reaproveitamento do descarte, chamote. A caracterização dos materiais foi realizada por difração de raios X, por fluorescência de raios X por energia dispersiva, por microscopias, óptica e eletrônica de varredura. Os sistemas, chamote/amostras, queimados a 800, 900 e 1000 ºC foram também avaliados quanto às características cerâmicas.</p><hr/><p>The contribution of the ceramist industry relative on the gross domestic product reflects the existing informality in brickwork associated with unawareness, mostly those, who manufacture products. In the northeastern region, more specifically in Paraíba, the red ceramic industry also experienced such problems associated the absence of a more effective protocol. Thus, this project was developed aiming reduce the environmental impacts arising in the brickwork by Santa Cecília Ltda., PB, Brazil, evaluating new formulation and recycling disposal, grog. The material characterization was performed by X-ray diffraction, by X-ray fluorescence energy dispersive, by optical and scanning electron microscopy. The systems, grog/samples sintered at 800, 900 and 1000 °C were also evaluated for ceramic characteristics.</p> <![CDATA[Levantamento das emissões atmosféricas da indústria da cerâmica vermelha no sul do estado de Santa Catarina, Brasil]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0366-69132015000200213&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt <p>Os principais contribuintes antropogênicos para a contaminação do ar são as emissões veiculares e industriais. Santa Catarina é um estado com setor industrial desenvolvido. Destaca-se não apenas pelo número, como também pela diversificação de atividades fabris. Dentre essas atividades, há a de produção de peças cerâmicas vermelhas (tijolos e telhas - as olarias). Há uma concentração representativa dessas empresas no sul desse estado. Suspeita-se que as emissões atmosféricas das olarias comprometam a qualidade do ar, de forma danosa a saúde da população. Entretanto, quase não foram realizados estudos aprofundados, nem da qualidade do ar, muito menos das emissões do setor. Esse trabalho visa verificar como é tratada a questão das emissões atmosféricas por parte das olarias. Tal levantamento foi realizado por duas maneiras: aplicação de questionários e levantamento de informações de licenciamento ambiental. Nos questionários, notou-se que apenas 13% das olarias afirmaram manter os seus equipamentos de tratamento de efluentes atmosféricos ativos durante todo o período da queima dos fornos. Na análise de documentos vinculados ao licenciamento ambiental, averiguou-se que uma grande parcela das olarias não realiza laudos de emissões, como também não verifica o adequado funcionamento dos seus equipamentos de controle de poluição atmosférica. Apesar dos laudos de emissão indicarem compatibilidade com os limites legais de emissão, a concentração dessas empresas em um espaço geográfico restrito indica que provavelmente haja impacto significativo na qualidade do ar.</p><hr/><p>The main anthropogenic contributions to air quality deterioration are through vehicular and industrial emissions. Santa Catarina is a Brazilian state with a developed industrial sector. The amount of industries, as well as their diversified activities stand out. Among these activities, there is the production of red clay ceramics (brick and tile kilns). There is a representative concentration of this kind of industries in southern Santa Catarina, Brazil, and the impact caused by these factories on air quality is a concern. There is a suspicion that this impact affect local population health. However, proper studies have not been done either on air quality or on these industries emissions. The aim of this work is to verify how the atmospheric emissions issue is considered by bricks and tile kilns. The survey was conducted applying two methods: questionnaire and evaluation of environmental assessment documents. In the questionnaires, it was noticed that only 13% of the kilns let their air pollution control devices on throughout the kiln operation. By the documents analysis it was verified that a significant amount of industries does not make stack sampling, as well as they do not verify if their air pollution control devices are properly working. Despite the fact that the emissions reports denote compatibility with local emission regulations, the density of factories in a small geographic space indicates that a significant impact on air quality occurs.</p> <![CDATA[Molhabilidade por PGM-forno matte sintético e industrial]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0366-69132015000200219&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt <p>Wettability of SGL's RN-graphite by synthetic and industrial PGM (Platinum Group Metal)-furnace matte (CuFeNiS) was investigated using a sessile drop configuration. This work was done to determine the compatibility of a graphite refractory with liquid PGM-furnace matte. Direct measurements of interfacial contact angles were used to determine wettability. In inert conditions, graphite was poorly wetted by synthetic and industrial PGMfurnace matte (CuFeNiS), the contact angles were &gt; 90° for all tested matte types. No correlation was observed between the sulphur content of the matte and its wetting behaviour. The granulated matte expanded by up to 25 volume % during melting.</p><hr/><p>A molhabilidade do grafite RN-SGL em forno-PGM de acabamento fosco (Cu Fe Ni S) sintético e industrial foi investigada usando uma configuração de gota séssil. Este trabalho foi feito para determinar a compatibilidade de um refratário de grafite com líquido PGM-forno de acabamento fosco. Medidas diretas de ângulos de contato interfacial foram usadas para determinar a molhabilidade. Em condições inertes, grafite foi levemente molhado pelo PGM-forno de acabamento fosco (Cu Fe Ni S) sintético e industrial, os ângulos de contacto foram &gt; 90 ° para todos os tipos de matte testados. Não houve correlação entre o teor de enxofre do acabamento fosco e seu comportamento molhamento. O acabamento fosco granulado foi expandido em até 25% em volume durante a fusão.</p> <![CDATA[Síntese, caracterização e propriedade fotoluminescente de tungstato de bário puro e dopado com hólmio]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0366-69132015000200224&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt <p>O tungstato de bário (BaWO<sub>4</sub>) é um importante material cerâmico da família das <italic>scheelitas</italic>que apresenta aplicações em dispositivos fotoluminescentes como cintiladores, diodos emissores de luz, lasers do estado sólido, entre outros, destacando-se como matriz hospedeira para íons lantanídeos, por apresentar estabilidades química e mecânica. Este trabalho teve como intuito sintetizar, caracterizar estruturalmente e avaliar a propriedade fotoluminescente de pós de tungstato de bário puro e dopado com íons hólmio (Ho<sup>3+)</sup>. Os pós de Ba<sub>1-x</sub>Ho<sub>2x/3</sub>WO<sub>4</sub> (x = 0, 0,01, e 0,02) foram obtidos por coprecipitação e caracterizados por difração de raios X, espectroscopias Raman, na região do Infravermelho e de absorção na região do ultravioleta-visível, microscopia eletrônica de varredura e espectroscopia de fotoluminescência. As análises de difração de raios X e espectroscopia Raman revelaram ordenamento cristalino. A morfologia foi caracterizada pela presença de grãos octaédricos com distribuição heterogênea do tamanho dos grãos. Uma banda centrada em 475 nm foi identificada no espectro de fotoluminescência para a amostra de BaWO<sub>4</sub> sob excitação de 350,7 nm. Com a dopagem deste óxido, houve redução significativa do valor do <italic>gap</italic> ótico e transições características de emissão dos íons Ho<sup>3+</sup>(transições f-f) foram identificadas.</p><hr/><p>Barium tungstate (BaWO<sub>4</sub>) is an important ceramic material belonging to the family of scheelites, which is applied as photoluminescent material, as scintillator, light-emitting diodes (LEDs), solid-state lasers, among other, being a host matrix for lanthanide ions, due to its chemical and mechanical stability. This research aims to synthetize, characterize structurally and evaluate photoluminescent properties of barium tungstate powders and Ho<sup>3+</sup>-doped barium tungstate. Powders of Ba<sub>1-x</sub>Ho<sub>2x/3</sub>WO<sub>4</sub> (x= 0, 0.01 and 0.02) were obtained by coprecipitation and characterized by X-ray diffraction (XRD), Raman spectroscopy, Fourier-Transformed Infrared spectroscopy (FTIR), UV-Vis spectroscopy, scanning electron microscopy (SEM) and photoluminescent spectroscopy. XRD and Raman spectroscopy analyses revealed crystalline ordering for these materials. Their morphology was characterized by the presence of octahedral grains with heterogeneous distribution of grain size. A broad band centered at 475 nm was identified for BaWO<sub>4</sub>at 350,7 nm excitation in emission spectrum. The addiction of holmium ions into the BaWO<sub>4</sub> matrix promoted a significant reduction of the optical gap and characteristic transitions (f-f transitions) of ions Ho<sup>3+</sup>were identified.</p> <![CDATA[Sensibilidade à secagem da matéria-prima cerâmica da Formação Corumbataí na região do Polo Cerâmico de Santa Gertrudes, SP]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0366-69132015000200236&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt <p>As argilas provenientes da Formação Corumbataí são atualmente a principal fonte de matéria-prima para as indústrias do Polo Cerâmico de Santa Gertrudes. 73% das indústrias desse polo que utilizam o processo de secagem via seca são hoje alvo de crescente pressão dos órgãos de controle ambiental devido à emissão de partículas (poeira) associado ao processo de secagem da matéria-prima. Neste trabalho, foram realizados quatro diferentes testes de secagem em três tipos de matéria-prima (D, I e M) da Formação Corumbataí, com umidades naturais iniciais de 8%, 18% e 19%, respectivamente, para poder avaliar a sensibilidade à secagem. Dentre os testes analisados neste trabalho estão o processo natural de secagem ao sol, secagem ao vento, secagem ao sol combinado a uma corrente de vento, e secagem ao sol com matéria-prima previamente umedecida em água corrente. Os testes foram ainda correlacionados à análise termogravimétrica. A análise por difração de raios X, juntamente com as análises química e petrográfica mostrou que as amostras D, I e M contêm predominantemente filossilicatos 2:1 como illitas (25-30%) e esmectitas (15-25%), e em menor quantidade caulinita (0-15%) e clorita (0-5%). Os resultados dos experimentos de secagem associados à mineralogia mostram que entre 100 °C e 200 °C nos gráficos de termogravimetria pode indicar de modo rápido a sensibilidade à secagem que o material apresenta, uma vez que a maior perda de umidade obtida nesta faixa indica a maior quantidade de minerais do grupo das esmectitas, que por sua vez conferem ao material menor sensibilidade à secagem. Além disso, os procedimentos de secagem natural sugerem que secar separadamente a matéria-prima pode resultar em maior eficiência do processo de secagem.</p><hr/><p>The clays from the Corumbataí Formation are the major source of raw ceramic materials for industries in the Ceramic District of Santa Gertrudes, SP, Brazil. 73% of those industries that use the dry grinding process are being targeted of increasing pressure from the environmental control agencies due to particle emission (dust) in the air associated with the drying process of raw materials. In this paper, four different types of experiments were performed on three different types of raw-material (D, I and M) from the Corumbataí Formation, with initial moisture contents of 8%, 18%, 19%, respectively, to evaluate the drying sensitivity of these samples. The tests conducted were drying by sunlight, drying by wind, drying by sunlight combined with an air stream, and drying by sunlight the samples previously moistened in flowing water. The tests were correlated with thermogravimetric analyses. The X-ray diffraction analysis along with the chemical and petrographic analysis has shown that samples D, I and M contain, mainly, phyllosilicates 2:1, such as illite (25-30%) and smectite (15-25%), and fewer amounts of kaolinite (0-15%) and chlorite (0-5%). The results of the drying experiments associated with the mineralogy of the samples showed that the thermogravimetric curves in the 100 °C- 200 °C range may indicate in a faster way the materials drying sensitivity, once the major moisture loss obtained in this range indicates the largest amount of smectite, which gives a lower drying sensitivity to the material. Moreover, the dry route procedures suggest that drying the materials separately may improve the drying process results.</p> <![CDATA[Influência da irradiação com laser Er:YAG na resistência ao cisalhamento de um cimento resinoso à cerâmica feldspática - estudo in vitro]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0366-69132015000200244&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt <p>Although several conventional surface treatments have been used on feldspathic ceramic, a few studies investigated the effects of the irradiation with Er: YAG laser using different parameters. The aim of this in vitro study was to evaluate the shear bond strength of a resin cement to feldspathic ceramic, after the application of different surface treatments, especially the irradiation with Er:YAG laser. Forty-two discs made of a feldspathic ceramic were divided into six groups (n = 7): G1: control group - 10% hydrofluoric acid (HF), G2: Air abrasion with Al2O3 + HF; G3: Er: YAG laser with 500 mJ/4Hz, G4: Er: YAG laser with 500 mJ/4Hz: + HF; G5: Er: YAG laser with 400 mJ/6Hz and G6: Er:YAG laser with 400 mJ/6Hz + HF. After this, all the specimens were treated with silane, and then a resin cement cylinder was built on the treated ceramic surface. After 24 h at 37 oC, specimens were submitted to the shear bond strenght test and stereoscopic evaluation to determine the type of failure. The mean bond strength values (MPa) obtained were: G1 - 17.55, G2 - 18.80, G3 - 21.80, G4 - 12.62, G5 - and 15.81 G6- 11.59. After performing the ANOVA and Tukey's test, it was concluded that the group irradiated with Er:YAG laser at 500mJ/4Hz performed similarly to the groups that received the conventional treatments, such as hydrofluoric acid etching and the combination of air abrasion plus hydrofluoric acid, and was higher than the other groups irradiated with Er:YAG laser.</p><hr/><p>O objetivo deste estudo in vitro foi avaliar a resistência ao cisalhamento de um cimento resinoso à cerâmica feldspática, após a aplicação de diferentes tratamentos de superfície, especialmente a irradiação com laser de Er:YAG. Quarenta e dois discos de cerâmica foram divididos em seis grupos (n = 7): G1- grupo controle: ácido fluorídrico a 10% (HF), G2 - jato abrasivo de Al<sub>2</sub>O<sub>3</sub> + HF; G3 - Er:YAG laser com 500 mJ/4Hz (L1); G4- L1 + HF; G5 - Er:YAG laser com 400 mJ/6Hz (L2) e G6 - L2 + HF. Depois disso, todas as amostras foram tratadas com silano e, em seguida, um cilindro de cimento resinoso foi construído sobre a superfície de cerâmica tratada. Depois de 24 h a 37 <sup>o</sup>C, os espécimes foram submetidos ao teste de resistência ao cisalhamento e avaliação estereoscópica para determinar o tipo de fratura. Os valores médios de resistência de união (MPa) obtidos foram: G1 - 17,55, G2 - 18,80, G3 - 21,80, G4 - 12,62, G5 - 15,81 e G6- 11,59. Após análise de variância e teste de Tukey, concluiu-se que o grupo irradiado com laser de Er:YAG laser com 500 mJ/4Hz obteve resultados semelhantes aos grupos que receberam os tratamentos convencionais e foi maior do que os outros grupos irradiados com laser de Er:YAG.</p> <![CDATA[Avaliação da atividade pozolânica dos resíduos de cerâmica vermelha produzidos nos principais polos ceramistas do Estado de S. Paulo]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0366-69132015000200251&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt <p>Com intuito de se obter vantagens técnicas, econômicas e ambientais, vem se acentuando o interesse da indústria do cimento para adições minerais em substituição parcial ao clínquer no cimento Portland. Uma das adições minerais mais comuns e que vem ganhando espaço no mercado brasileiro corresponde à argila calcinada, que agrega basicamente as características de pozolanicidade aos seus produtos compostos. Um material com propriedades potencialmente similares às argilas calcinadas e ainda não aproveitado como pozolana no país refere-se aos resíduos da indústria de cerâmica vermelha (RCV). Este trabalho buscou aprofundar o conhecimento sobre as propriedades cimentícias dos RCV, focalizando-se as propriedades pozolânicas de oito amostras coletadas em cerâmicas representativas de quatro dos principais polos paulistas, e suas relações com as composições das matérias-primas utilizadas (massas cerâmicas) e com a temperatura de queima. Os resíduos cerâmicos, após moagem controlada, mostraram-se adequados para a utilização como aditivo pozolânico para o cimento Portland. As amostras ensaiadas apresentaram um consumo médio de 500 mg de Ca(OH)<sub>2</sub>/grama de amostra no Ensaio Chapelle, suplantando em 14,7% o valor mínimo normatizado. A máxima reatividade verificada situa-se na faixa de temperatura de queima entre 700 °C e 800 °C. Esse intervalo de maior reatividade corresponde aos patamares de queima usuais praticados nas empresas de cerâmica vermelha, o que corrobora com o potencial de aproveitamento de seus resíduos como adição mineral, fazendo com que o RCV possa constituir uma nova fonte de material pozolânico para o setor cimenteiro no país.</p><hr/><p>To obtain technical, economic and environmental advantages, there has been an increasing interest in the cement industry for mineral additions partially substituting clinker in Portland cement. One of the most common mineral additions and that has been gaining ground in the Brazilian market consists of calcined clay, which basically adds the pozzolanic characteristics to their composite products. A material with properties similar to potentially calcined clays and not passed as pozzolan in the country refers to the residues of the ceramic industry (RCV). This study aimed to increase knowledge of the cementitious properties of RCV, focusing on the pozzolanic properties of eight samples collected in representative ceramic four major S. Paulo centers, Brazil, and its relations with the compositions of the raw materials used (ceramic material) and the firing temperature. The ceramic waste, after controlled milling, were suitable for use as an additive for pozzolanic Portland cement. The tested samples showed an average consumption of 500 mg of Ca(OH)<sub>2</sub>/g of sample in the Chapelle test, surpassing by 14.7% the minimum standardized. The maximum observed reactivity is located in the firing temperature range between 700 °C and 800 °C. This interval corresponds to the usual higher reactivity burning levels practiced in red ceramic companies, which confirms the potential use of their waste as mineral admixture, causing the RCV can be a new source of pozzolanic material for cement sector in the country.</p> <![CDATA[Síntese de zeólita do tipo faujasita: comparação entre caulim beneficiado e caulim flint]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0366-69132015000200259&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt <p>O trabalho tem como objetivo a síntese de zeólita faujasita a partir de três tipos de caulim da região amazônica: dois caulins provenientes do processo de beneficiamento de caulim para cobertura de papel e caulim duro, um caulim não processado originado da lavra do caulim. Produtos da zeolitização dos caulins mostraram a formação de zeólita do tipo faujasita. O caulim duro mostrou baixo potencial de zeolitização na relação de Si/Al igual a 2 em comparação com os caulins beneficiados, possivelmente relacionado a presença de compostos de ferro no caulim não processado. Após a remoção do ferro, novos resultados mostraram uma completa mudança quanto a formação de zeólita faujasita, passando esta para a fase mineralógica dominante.</p><hr/><p>The main purpose of this work is the synthesis of faujasite zeolite using three different kinds of kaolin from the Amazon region, Brazil: two kaolin from the beneficiation process for paper coating and hard or flint kaolin, a non-processed kaoling from the mining site. Analysis of the reaction products of kaolin showed the formation of faujasite zeolite. Flint kaolin showed a lower potential with respect to zeolitization ratio Si/Al equal to 2, compared to processed kaolins, probably related to the iron present in the structure. New results show a complete change in the formation of faujasite, which turns to be the main mineralogical phase after iron removal.</p> <![CDATA[Estudo da sinterização de nanopartículas por microscopia eletrônica de transmissão in situ]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0366-69132015000200269&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt <p>O controle e o entendimento do processo de sinterização é de grande destaque científico e tecnológico devido à inerente dependência entre as características de um material e sua micro/nanoestrutura. Entretanto, o crescente controle na produção de nanopartículas trouxe novos desafios à sinterização, especialmente na aplicação dos modelos clássicos de transporte de massa. Diante desses desafios, técnicas <italic>in situ</italic>de caracterização têm surgido para a investigação de processos físicos e químicos durante sua ocorrência, em especial a sinterização. Dentre essas técnicas, a microscopia eletrônica de transmissão <italic>in situ</italic> mostra-se um importante método na investigação do processo de sinterização pela visualização direta dos fenômenos envolvidos. Nesse trabalho é exposto a potencialidade da técnica pelo estudo da sinterização de nanopartículas de CeO<sub>2</sub> por microscopia eletrônica de transmissão <italic>in situ</italic> com a análise dos fenômenos de densificação, orientação cristalográfica e ligantes nas superfícies dessas partículas.</p><hr/><p>The control and the understanding of the sintering process are of utmost scientific and technological importance due to the intrinsic dependence of the characteristic of a a material on its micro/nanostructure. The increasing control of the production of nanoparticles led to new challenges to sintering, especially on the application of classical mass transport models. Taking this into account, in situ characterization techniques have been proposed to investigate physical and chemical processes that occur during sintering. Among those techniques, the in situ transmission electron microscopy (TEM) is an important characterization technique to investigating sintering enabling a direct observation of the phenomena occurring during sintering. In this work the potentiality to the study of CeO<sub>2</sub> nanoparticles by in situ TEM is reported, consisting on the analysis of the densification phenomenon, the crystallographic orientation and the binding species at the nanoparticle surface.</p>