Scielo RSS <![CDATA[Rem: Revista Escola de Minas]]> http://www.scielo.br/rss.php?pid=0370-446720110001&lang=en vol. 64 num. 1 lang. en <![CDATA[SciELO Logo]]> http://www.scielo.br/img/en/fbpelogp.gif http://www.scielo.br http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0370-44672011000100001&lng=en&nrm=iso&tlng=en <![CDATA[<b>Mineralogy and chemistry of archaeological ceramic fragments from archaeological Dark Earth site in Colombian Amazon</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0370-44672011000100002&lng=en&nrm=iso&tlng=en Vários sítios arqueológicos de Terra Preta Arqueológica (TPA) encontrados na floresta Amazônica Colombiana também contêm alto conteúdo de fragmentos cerâmicos semelhantes aqueles da Amazônia Brasileira, como mostra o sítio Quebrada Tacana. Seus fragmentos cerâmicos são amarelo a cinza, exibem matriz argilosa calcinada envolvendo fragmentos de cariapé, carvão e partículas de cinza, grãos de quartzo e micas. A matriz é composta de metacaulinita a material amorfo, quartzo, folhas de micas, clorita e sepiolita. Cariapé e cauixi são constituídos de cristobalita, da mesma forma o carvão e as cinzas. Embora não detectados pela difração de raios x, os fosfatos devem estar presentes, pois foram detectados teores de P2O5 de até 2,90 %, possivelmente como fosfatos de alumínio, já que o conteúdo de Ca está abaixo 0,1 %, o que elimina a possibilidade da presença de apatita. Estas características mineralógicas e químicas permitem relacionar estes fragmentos cerâmicos com aqueles encontrados nos sítios de TPA no Brasil e reforça o fósforo como um importante componente químico, originado pelo contato dos vasos cerâmicos com os alimentos do cotidiano dos povos amazônicos pré-históricos.<hr/>Several Archaeological Dark Earth (ADE) sites have been already found in the Colombian Amazon forest showing high content of archaeological ceramic fragments similarly to those in the Brazilian Amazon represented by Quebrada Tacana site. Their fragments are yellow to grey colour, display a burned clayey matrix which involves fragments of cariapé and coal and ash particles, besides grains of quartz and micas. The clay matrix is made of metakaolinite, quartz, and some mica flakes, chlorite and sepiolite. Cariapé and cauixi spicules are constituted of cristobalite, which is also the main mineral component of the coal and ashes. Although not detected by X-ray diffraction, the phosphate minerals should be present, since the contents of phosphor reach up to 2.90 Wt.% P2O5. Possibly it occurs as aluminium-phosphate, since Ca contents fall below 0.1 Wt.%. These mineralogical and chemical characteristics allow to correlate these ceramic fragments with those found in the ADE in Brazil and reinforce phosphor as an important chemical component, which indicates human activity by the daily use of pottery all over the Amazon region. <![CDATA[<b>Tectonic breccia of the Cabo Frio area, State of Rio de Janeiro, Brazil, intruded by Early Cretaceous mafic dyke</b>: <b>evidence of the Pan-African brittle tectonism?</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0370-44672011000100003&lng=en&nrm=iso&tlng=en Esse trabalho apresenta as descrições de campo e observações petrográficas de uma brecha tectônica no embasamento gnáissico das áreas de Cabo Frio e Arraial do Cabo, RJ, e seu contato intrusivo com um dique máfico do Eocretáceo. Na proximidade da ilha do Japonês, ocorre um excelente afloramento de contato entre esses litotipos. A zona da brecha tectônica tem 10 a 20 m de largura e tem direção de N30ºE. Os clastos da brecha são angulosos e caracterizados pela textura de auto-brechação, sendo similares aos de brecha tectônica. A matriz é firmemente consolidada por hidrotermalismo e silicificação. O dique máfico tem 7 a 10 m de largura e N45ºE de direção. Ao longo do contato, observa-se a margem de resfriamento do dique, caracterizada por basalto de granulometria fina e disjunções prismáticas. Na Praia das Conchas e Arraial do Cabo, ocorrem quatro afloramentos de contato, demonstrando a intrusão dos diques máficos nas brechas tectônicas consolidadas. Esses afloramentos comprovam que as brechas tectônicas silicificadas são mais antigas do que os diques toleíticos do Eocretáceo. As brechas poderiam ter sido formadas durante a fase hidrotermal e tal processo estaria associado ao tectonismo rúptil do estágio final da Orogenia Pan-Africana, sem atividades magmáticas. A existência dos clastos constituintes da brecha, que são compostos de brecha, sugere que os movimentos de falha e atividades hidrotermais ocorreram repetidamente.<hr/>This paper presents the field descriptions and microscopic observations of a tectonic breccia in the basement gneiss of the Cabo Frio and Arraial do Cabo areas, State of Rio de Janeiro, Brazil, and its intrusive contact with the Early Cretaceous mafic dyke. At the sea cliff close to the Ilha do Japonês, there is an excellent contact outcrop between them. The tectonic breccia zone is 10 to 20m wide and has N30ºE direction. The breccia clasts are angular and characterized by auto-brecciation texture, and composed of breccia with similar aspect of the host tectonic breccia. The matrix is firmly consolidated by hydrothermalism and following silicification. The mafic dyke is 7 to 10m wide and of N45ºE direction. Along the contact, the dyke chilled margin featured by fine-grained basalt and prismatic joints can be observed. At the Conchas Beach and Arraial do Cabo city, there are four outcrops demonstrating the mafic dyke intrusion into the consolidated tectonic breccias. These outcrops prove that the tectonic breccias are older than the Early Cretaceous tholeiitic dykes. The fault breccias could have been formed during the brittle-phase tectonism of the last stage of the Pan-African Orogeny by hydrothermalism without magmatic activities, namely tectonic hydrothermalism. The existence of the clasts constituent of the breccia that are composed of breccia suggests that the fault movement and following hydrothermalism occurred repeatedly. <![CDATA[<b>The L5(S5) ordinary chondritic meteorite from Guaçuí, ES-Brazil</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0370-44672011000100004&lng=en&nrm=iso&tlng=en Após 19 anos desde o registro da última queda de meteorito no Brasil, uma nova queda foi registrada em Guaçuí-ES em junho de 2010. As características químicas, mineralógicas e texturais apresentadas pelo recém descoberto meteorito de Guaçuí permitem classificá-lo como um condrito ordinário do tipo L5(S5).<hr/>After 19 years, a new meteorite fall has been recorded in Brazil. Chemical, mineralogical and textural record of the meteorite fallen in Guaçuí-ES in June 2010 allows to classify it as an L5(S5) ordinary chondrite. <![CDATA[<b>Infrared-spectroscopy analysis of zinc phosphate and nickel and manganese modified zinc phosphate coatings on electrogalvanized steel</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0370-44672011000100005&lng=en&nrm=iso&tlng=en As camadas de fosfato do tipo hopeíta, nas quais o zinco é parcialmente substituído por outros metais, como manganês e níquel, são de grande interesse para a indústria automotiva e de eletrodomésticos. Essas indústrias utilizam aços galvanizados, fosfatizados e pintados com eletropintura cataforética. Os fosfatos de zinco modificados com manganês e níquel são isomorfos com a hopeíta, e de difícil identificação usando-se a técnica de difração de raios X. Nesse trabalho, as camadas de conversão de fosfato foram identificadas usando-se a espectroscopia no infravermelho por transformada de Fourier (FTIR).<hr/>Hopeite-type phosphate coatings in which zinc is partially replaced by other metals like manganese and nickel are of great interest for the automotive and home appliance industries. Such industries use phosphate conversion coatings on galvanized steels in association with cataphoretic electropainting. Zinc phosphates modified with manganese and nickel are isomorphic with the hopeite, and the phase identification using X-ray diffraction is difficult. In this paper, the phosphate coatings are identified using the Fourier transform infrared spectroscopy (FTIR). <![CDATA[<b>Solvent extraction for metal and water recovery from industrial wastes and effluents</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0370-44672011000100006&lng=en&nrm=iso&tlng=en A aplicação da técnica de extração por solventes para a recuperação de metais e da água a partir de resíduos e efluentes industriais é apresentada nesse trabalho. Os seguintes estudos de caso foram analisados: (1) separação seletiva e concentração de Zn contido em efluentes gerados na indústria de zinco, (2) separação de Zn e Fe presentes em efluentes da indústria de galvanização a quente e (3) recuperação de Co e Ni a partir de baterias de celular descarregadas. Dados obtidos em escala de laboratório e em escala-piloto foram empregados para demonstrar a potencialidade da técnica no tratamento de efluentes, visando à reutilização, tanto dos metais, quanto da água, que seriam inutilizados, resultando em economia de energia com redução de impactos ambientais, além da minimização dos custos relacionados ao transporte de materiais perigosos e manutenção de aterros.<hr/>The use of solvent extraction to recover metals and water from industrial residues is highlighted in this work. The method was applied (1) to selectively concentrate Zn from effluents generated by the zinc industry, (2) to separate Zn and Fe from spent pickling effluents produced by the hot-dip galvanizing industry, and (3) to recover Co and Ni from spent batteries. Batch and pilot scale data was used to point out solvent extraction as a feasible method to reuse both metals and water thus resulting in energy savings with reducing environmental impacts, minimizing costs required to transport hazardous materials to waste sites, to replace the discharged wastewater and to produce the raw material that would be previously discharged as wastes. <![CDATA[<b>Effects of hot and warm rolling on microstructure, texture and properties of low carbon steel</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0370-44672011000100007&lng=en&nrm=iso&tlng=en É conhecido que variações de processo durante o tratamento termomecânico causam efeito marcante na microestrutura e nas propriedades mecânicas de aços baixo carbono. Vários trabalhos já foram publicados sobre o efeito da composição química, temperatura de reaquecimento, temperatura de laminação de acabamento, temperatura de bobinamento, quantidade de redução durante a laminação a quente e na laminação a frio e temperatura de recozimento nas propriedades mecânicas desses aços. Existem, no entanto, alguns pontos contraditórios na literatura. Nesse trabalho, são estudados os efeitos da temperatura de término de laminação e a temperatura de bobinamento na microestrutura, recristalização e textura dos aços baixo carbono laminados a quente e a morno em condições industriais. Os efeitos na microestrutura, textura cristalográfica e propriedades são apresentados e discutidos. Adicionalmente, o presente estudo analisa os possíveis mecanismos metalúrgicos responsáveis pelas microestruturas e propriedades mecânicas obtidas.<hr/>It is well-known that variations in the thermomechanical processing can have a profound effect on the microstructure and mechanical properties of Low Carbon steels. Numerous studies have been published on the effect of composition, slab reheating temperature (SRT), hot rolling finishing temperature (FRT), coiling temperature after rolling (CT), amount of deformation during hot and cold rolling, and annealing temperature on the mechanical properties of LC steels. There are, however, some disagreements in the results presented in the literature. In this work the FRT and CT effects on the microstructure, recrystallization behavior and texture of LC steels rolled under hot and warm-rolling industrial conditions were investigated. The results in terms of the microstructure, crystallographic texture and properties are shown and discussed. In addition, this study will present the possible mechanisms responsible for the microstructure and mechanical properties observed. <![CDATA[<b>Effect of mineralogical composition and particle size distribution in raw material formulation</b>: <b>Santa Gertrudes ceramic pole</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0370-44672011000100008&lng=en&nrm=iso&tlng=en A absorção de água por peças cerâmicas para revestimentos é um dos parâmetros básicos de classificação das mesmas. Esta absorção foi estudada em argilas vermelhas da Formação Corumbataí, analisando a influencia da distribuição granulométrica e composição mineralógica em quatro amostras de matérias-primas com características diferentes, por meio da evolução da sinterização com o aumento da temperatura. Misturas entre elas foram preparadas calculando-se a contribuição de cada matériaprima com base na absorção de água de cada componente, pré-fixando a temperatura de queima e o valor de absorção de água. Foram analisadas as causas das variações experimentais em relação ao valor esperado, para fazer modificações na composição ou temperatura, permitindo assim maior controle dos produtos. O empacotamento adquirido para uma densidade de prensagem constante dos corpos-de-prova e a composição mineralógica, responsável pelo teor de fundentes, se mostraram eficientes para justificar o comportamento cerâmico observado.<hr/>The water absorption of ceramic tiles is a basic parameter for its classification. In this paper the water absorption was studied in red clays of the Corumbataí Formation to verify the influence of the particle size distribution and mineralogical composition in four different samples of clays through the evolution of the sintering with the increase of the temperature. Mixtures of raw materials were prepared by the contribution of each one. It was based on the individual absorption of water to get prefixed water absorption for the mixture. The causes of the experimental variations were analyzed in relation to the expected value, to make corrections in the composition or temperature, allowing larger control on the products. The acquired packing for a constant compaction density of the test specimens and the mineralogical composition, responsible for the content of fluxing compounds, were effective to justify the observed ceramic behavior. <![CDATA[<b>A heuristic for the open-pit mining operational planning problem with dynamic truck allocation</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0370-44672011000100009&lng=en&nrm=iso&tlng=en Esse trabalho trata do planejamento operacional de lavra em minas a céu aberto com alocação dinâmica de caminhões. Esse problema consiste em determinar o número de viagens que cada caminhão deve fazer a cada frente de lavra, bem como decidir em quais frentes de lavra alocar as carregadeiras, de sorte a atender as metas de produção e qualidade requeridas para o minério a ser produzido, fazendo o melhor aproveitamento da frota de veículos disponível. Dada sua complexidade combinatória, o problema é resolvido por meio de um algoritmo heurístico baseado na metaeurística Iterated Local Search. O algoritmo proposto é testado usando-se dados reais e seus resultados são comparados com aqueles encontrados pelo otimizador LINGO aplicado a um modelo de programação matemática.<hr/>This work addresses open-pit mining operational planning with dynamic truck allocation. The problem involves determining the number of trips that each mining truck would do to each mining face, as well as deciding to which face the shovels are to be allocated, in order to meet the production and quality targets, and to achieve the best utilization of the available fleet. Due to the combinatorial complexity of the problem, it is solved using a heuristic algorithm based on the Iterated Local Search metaheuristic. The proposed algorithm is tested using real data and the results are compared against those produced by a LINGO-based mathematical programming model. <![CDATA[<b>Mining productivity estimation and management methodology</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0370-44672011000100010&lng=en&nrm=iso&tlng=en Apesar da crise econômica global do final de 2008, a expectativa para o consumo de aço nos países do grupo dos BRICs - Brasil, Rússia, Índia e China - é de que haja um aumento significativo nas próximas décadas, em função de seu atual baixo consumo per capita. Como a abertura de novas minas para suprir o aumento da demanda do setor siderúrgico está limitada por questões ambientais, sociais, de mão-de-obra, energia e fornecimento de equipamentos, o aumento da produtividade de operações existentes será um fator essencial. Na indústria de mineração, métodos de estimativa têm sido usados há décadas na gestão de produtividade. As maiores dificuldades para a estimativa de produtividade de uma mina incluem a obtenção dos dados necessários e a complexidade da criação do modelo. No presente trabalho, apresenta-se o desenvolvimento de uma nova abordagem para a estimativa de produtividade de lavra a partir de regressões múltiplas com base em dados operacionais da mina. Essa abordagem integra a Metodologia de Estimativa e Gestão de Produtividade de Minas (MEGPM), cuja aplicação se justifica pela obtenção de ganhos em eficiência, a partir da eliminação das perdas no fluxo produtivo. Foram garantidos ganhos consideráveis com diminuição das diferenças entre os ICDs das turmas operacionais. As variáveis operacionais foram obtidas diretamente da base de dados do sistema de gerenciamento de operações e o desenvolvimento do modelo se deu de forma simples, de fácil aplicação com boa correlação entre os valores de produtividade estimados e obtidos. As etapas que compõem o desenvolvimento desse modelo de gestão, bem como um estudo de caso, serão apresentadas nesse trabalho.<hr/>Even with the financial crisis of 2008, the steel consumption forecast for the BRIC countries - Brazil, Russia, India and China - is for a significant increase over the next decades, due to their present low per-capita consumption level. The start up of new mines to supply this increase in demand is likely to be limited due to legal and practical restrictions related to environmental, social, manpower and energy issues. Therefore, most of the new demand for iron ore will be supplied by increasing the productivity of mines currently in operation. The main challenges for managing mine productivity are related to the choice of the estimation method, due to the difficulties in collecting appropriate information and to the establishment of a representative model. This article presents an estimation approach for mine productivity estimation through multiple regressions over the operational database of the mine. The approach is proposed through a Mine Productivity Estimation and Management tool (MPEM) which can deliver savings related to increased production efficiency by the identification and removal of losses in the mine production flow. Production improvement has been actually achieved in practical applications by managing the discrepancies in the KPIs of different operating shift crews. The operational variables have been identified directly over the operational database of the mine and the model has been developed in a simple and easy-to-use fashion, with excellent levels of correlation between the estimated and actual values of the mine's productivity. The article describes the development approach as well as the application of the model in a case-study. <![CDATA[<b>Reducing coal quality variability with size optimization of blended piles</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0370-44672011000100011&lng=en&nrm=iso&tlng=en A variabilidade do minério in-situ é um dos grandes problemas em todas as etapas pós-lavra, pois comportamentos erráticos de parâmetros físico-químicos podem acarretar grandes dificuldades para o processamento do minério. Pilhas de estoque tem sido utilizadas para reduzir a flutuabilidade de teores, servindo como um filtro da variabilidade. O principal parâmetro para a redução da variabilidade na pilha é a massa de minério estocado. Quanto maior a pilha, menor a variabilidade. Porém há limites viáveis para sua construção. O incorreto dimensionamento leva a perdas financeiras, devido aos altos custos de estoque e às perdas em recuperação e teores na usina de beneficiamento. Esse estudo propõe quantificar a redução da variabilidade de conteúdo de cinza e teor de enxofre em um depósito de carvão. A estimativa de teores em modelos de blocos por métodos tradicionais como krigagem ordinária não considera as incertezas associadas ao modelo geológico. Dessa forma, a utilização de simulação geoestatística é mais adequada para prever flutuações locais dos teores. Para as variáveis testadas, nesse estudo, foram analisadas as reduções de flutuação por meio de diferentes tamanhos de pilhas.<hr/>The in-situ grade variability imposes a series of problems during ore processing. Blending is commonly used to reduce this variability. The main factor to reduce head grade variability is the pile mass and size. The larger the pile, the lesser the reclaimed grades vary. However, there are practical limits to the pile length and mass. An incorrect design leads to financial losses due to either high capital costs for oversized piles or losses in plant recovery due to undersized piles incapable of attenuating grade fluctuations. Block estimation by traditional methods, such as ordinary krigging, does not properly incorporate the uncertainty associated with the estimates. Therefore, geostatistical simulation was selected. as it is the best suited to predict local grade fluctuations. The variables used to illustrate the proposed methodology were ash and sulfur content, for which the reduction of the fluctuation was analyzed for different pile sizes. <![CDATA[<b>Thickeners in iron ore processing</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0370-44672011000100012&lng=en&nrm=iso&tlng=en Esse trabalho visa a comparar estudos de espessamento realizados em escala industrial com ensaios de sedimentação realizados em escala de bancada e propõe a utilização de fatores de correção nos métodos clássicos de dimensionamento de espessadores convencionais. A prática industrial, no âmbito do tratamento de minérios de ferro no Brasil, tem consolidado uma modificação substancial no método clássico de Kynch (com traçado de Talmage & Fitch), a qual consiste em adotar, para o traçado, a concentração mássica de sólidos na proveta após 24 horas, no lugar da concentração nominal do underflow no espessador industrial. Os ensaios indicam que a área unitária assim obtida ainda deve ser afetada com os fatores de correção. Esse fator, multiplicativo, é de 0,64, para espessadores de lamas, e de 1,3, para espessadores de concentrado fino (pellet feed).<hr/>This article displays a thickness comparison between an industrial scale campaign test and some bench scale tests for sedimentation and proposes correction factors for the classical dimensioning methods for the conventional thickeners. Brazilian iron ore processing has consolidated a substancial modification of the classical Kynch's method (under the Talmage & Fitch's graphical procedure). It involves the adoption of the mass concentration value corresponding to the height of the slurry/supernatant interface after 24 hours of rest in a conventional graduated cylinder test, instead of that corresponding to the nominal underflow concentration in the industrial thickener. The tests indicate that the calculations for the solid-loading area need to be corrected by a multiplicative factor of 0.64 for slime thickeners and 1.3 for pellet feed thickeners. <![CDATA[<b>Dry comminution of quartz and dolomite mixtures</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0370-44672011000100013&lng=en&nrm=iso&tlng=en Estudou-se o comportamento dos principais parâmetros da moagem a seco de mesclas binárias em batelada dos minerais dolomita e quartzo. Por meio de vários ensaios físicos com diferentes proporções desses minerais por diferentes ciclos moagem, acompanhou-se a evolução da granulação dos produtos em termos de coeficiente de agudez, a, e diâmetro, d50, parâmetros da função de distribuição de probabilidades sigmoidal de Hill, a qual foi utilizada para ajustar a nuvem de dados. Os resultados subsidiaram o desenvolvimento de sistema simulador de cominuição baseado em rede neural artificial (do tipo perceptron de multicamada com algoritmo de supervisão e treinamento de retropropagação com momento), a ser objeto de artigo futuro.<hr/>The behavior of batch grinding of a dry binary mix using dolomite and quartz has been studied. Through several tests with different proportions of these minerals and different grinding cycles, the granular system evolution was observed in terms of sharpness coefficient and mean diameter d50. These parameters were fit into the Hill’s sigmoidal function of probability distribution to adjust the results. The results were used for the validation of a neural network system (multilayer perceptron-like algorithm), which will be presented in another article. <![CDATA[<b>Depressants for dolomites in willemite flotation</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0370-44672011000100014&lng=en&nrm=iso&tlng=en Essa investigação avaliou o efeito de depressores para dolomita na flotação de zinco, a fim de aumentar tanto a recuperação quanto a seletividade. Os reagentes estudados foram: uma emulsão de amina (Clariant Flotigan 2835-2L), óleo diesel e MIBIC, nas proporções 1,0; 0,16 e 0,4 como coletor e espumante; solução de sulfeto de sódio e barrilha como agente ativador e modificador de pH, respectivamente; silicato de sódio como agente dispersante e como depressores: silicato de sódio, dextrina, dicromato de potássio, tanino, amido e carboximetilcelulose (CMC). As etapas de dispersão, sulfetização e flotação de willemita foram investigadas. Esse trabalho foi desenvolvido em escala de laboratório e apresentou, entre outros resultados, um bom desempenho da carboximetilcelulose e amido como depressores da ganga dolomítica na flotação do minério de zinco willemítico.<hr/>This research addressed the effects of depressants on willemite flotation, in order to increase both zinc recovery and selectivity. The reagents were: an amine emulsion (Clariant Flotigan 2835-2L), diesel oil and MIBIC in the proportions of 1.0, 0.16 and 0.4 as the collector and frother; a sodium sulfide and sodium carbonate solution as the activator and pH modifier, respectively; sodium silicate as the dispersant agent; and as the depressant: sodium silicate, dextrin, potassium dichromate, tannin, starch and carboxymethylcellulose (CMC). The steps of dispersion, sulfidization and willemite flotation were investigated. This work was conducted on laboratory scale and showed, among other findings, that a good performance could be obtained using carboxymethylcellulose and starch as a dolomitic gangue depressant in the flotation of willemite zinc ore. <![CDATA[<b>Concentration by apatite flotation originating from carbonatically affiliated rocks</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0370-44672011000100015&lng=en&nrm=iso&tlng=en Esse estudo de processamento busca o aprimoramento das operações de flotação ireta e de flotação reversa da apatita proveniente de rochas de filiação carbonatítica, objetivando obter um concentrado de apatita na especificação da indústria de ácido fosfórico. A flotação direta da apatita foi realizada em duas etapas de flotação, rougher e cleaner. O objetivo da flotação direta foi gerar um produto para alimentar o circuito de flotação reversa da apatita. A flotação reversa foi realizada em três etapas (rougher, cleaner e recleaner) e em pH igual a 5,0, utilizando o ácido fosfórico (H3PO4) como depressor da apatita. Em linhas gerais, os resultados dos ensaios de flotação reversa evidenciaram a recuperação da apatita, o que demonstra que os reagentes específicos utilizados favoreceram a seletividade do sistema. Foi possível obter um concentrado de apatita com 38,11% de P2O5, 50,98% de CaO, 1,07% de Fe2O3, 0,67% de MgO e razão CaO/ P2O5 de 1,34.<hr/>The current processing study seeks to improve operations for the direct and reverse flotation of apatite originating from carbonatically-affiliated rocks to obtain an apatite concentrate in accordance with the phosphoric acid industry specifications. The direct flotation of apatite was carried out in two flotation phases, rougher and cleaner. The aim of direct flotation was to generate a product to feed the reverse flotation circuit of apatite. Reverse flotation was performed in three stages (rougher, cleaner and recleaner) and at pH 5.0, using phosphoric acid (H3PO4) as an apatite depressor. Summing up, the results of reverse flotation tests pointed out apatite recovery, which shows that the specific reagents used favored system selectivity. It was possible to obtain an apatite concentrate with 38.11% of P2O5, 50.98% of CaO, 1.07% of Fe2O3, 0.67% of MgO and ratio CaO/ P2O5 of 1.34. <![CDATA[<b>Planning for early mine closure</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0370-44672011000100016&lng=en&nrm=iso&tlng=en Planos de fechamento de mina são hoje bastante difundidos entre empresas de mineração no Brasil. No entanto, a principais diretrizes brasileiras e internacionais abordam principalmente o fechamento programado de uma mina, ou seja, aquele que ocorre após a exaustão das reservas, segundo um plano de lavra predeterminado. Esse trabalho revê dois casos recentes de fechamento prematuro de mina na Austrália e propõe, com base nas boas práticas internacionalmente recomendadas para o planejamento do fechamento de minas, critérios para avaliar o grau de preparação das empresas para o fechamento prematuro. Os critérios são testados em planos de fechamento de duas minas de ferro.<hr/>Several mining companies operating in Brazil have been preparing mine closure plans describing end of life actions to ensure long term physical stability, land rehabilitation and, to a certain extent, socioeconomic measures. Most Brazilian and international guidelines, however, skip early closure and only feature guidance to closure planning after reserve depletion. In this paper, two cases of early closure in Australia are reviewed, causes for early closure are explored, criteria to evaluate preparedness to early mine closure are proposed and tested in two mines. It concludes that, despite recent advances, planning for mine closure seldom take account of early closure risks.