Scielo RSS <![CDATA[Revista Brasileira de Educação]]> http://www.scielo.br/rss.php?pid=1413-247820050001&lang=pt vol. num. 28 lang. pt <![CDATA[SciELO Logo]]> http://www.scielo.br/img/en/fbpelogp.gif http://www.scielo.br <link>http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-24782005000100001&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt</link> <description/> </item> <item> <title><![CDATA[<B>Qualidade do ensino</B>: <B>uma nova dimensão da luta pelo direito à educação</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-24782005000100002&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Objetiva analisar o direito à educação, contrapondo a expansão do acesso ao ensino fundamental das últimas décadas aos desafios de transformar o padrão de qualidade para todos em parte do direito público e subjetivo à educação. O texto está estruturado em três partes. Na primeira, são analisados os dados acerca da evolução do acesso à escola em articulação com as noções de qualidade do ensino. Na segunda parte, evidencia-se a dimensão do problema da qualidade mediante análise dos resultados do Programa Internacional de Avaliação de Alunos (PISA) e de suas repercussões no Brasil. Finalmente, discutem-se as possibilidades de estabelecimento de um padrão de qualidade como medida necessária e urgente para a garantia do direito à educação. A conclusão destaca os desafios teóricos e técnicos a serem enfrentados para a formulação de um padrão de qualidade que seja, a um só tempo, compreensível à população e passível de ser exigido judicialmente.<hr/>The objective of this text is to analyse the Right to Education confronting the expansion of the access to elementary schooling during the last decades and the challenges of transforming the standard of 'quality for all' into part of the public and subjective right to education. It is structured in three parts. In the first section, data pertaining to the evolution of access to schooling is analysed in connection with notions of teaching quality. In the second part, the dimension of the problem of quality is evidenced by means of an analysis of the Programme for International Student Assessment (PISA) results and their repercussions in Brazil. Finally, the possibilities of establishing a standard of quality as a necessary and urgent measure to guarantee the right to education are discussed. The conclusion highlights the theoretical and technical challenges to be faced in formulating a standard of quality that is, at one and the same time, comprehended by the population and can be made subject to legal demands. <![CDATA[<B>A reforma do ensino médio nos anos de 1990</B>: <B>o parto da montanha e as novas perspectivas</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-24782005000100003&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt O artigo descreve algumas injunções sociais, econômicas e pedagógicas que, ao final dos anos de 1990, estavam exigindo uma reforma curricular do ensino médio. Faz um levantamento da repercussão, na academia, dos documentos do Conselho Nacional de Educação que veicularam a reforma de 1998. Discute os dados de três pesquisas que acompanharam ou fizeram uma avaliação inicial da interação entre a reforma e as escolas, apontando indícios quanto à falta de condições mínimas necessárias para a consecução dos objetivos oficialmente propostos. Finaliza questionando as atuais perspectivas para uma reforma do ensino médio que realmente favoreça o desenvolvimento integral da maioria dos alunos das escolas públicas.<hr/>The article describes some of the social, economic and pedagogic injunctions that had been demanding a curricular reform in secondary education, in the end of the 90's. It discusses the impact upon the academic community of the documents of the National Council of Education concerning the reform of 1998. It also discusses data from three research studies that both kept track and initially evaluated the interaction between the reform and the schools. It argues that there has been a lack of minimal conditions that would be required to attain the officially proposed reform aims. It concludes problematising the current perspectives towards secondary education reform, bearing in mind it should truly promote a thorough development of most pupils within public schools. <![CDATA[<B>Adult and youth education and the challenge represented by the emerging social movements in Argentina</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-24782005000100004&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Situa historicamente a educação popular de jovens e adultos na Argentina, em relação aos movimentos sociais, a partir do fim da ditadura militar, em 1973, até os dias atuais. Analisa as dificuldades teóricas para entender as limitações subjacentes à participação social, decorrentes do período ditatorial, assim como os desafios e as contradições do momento presente.<hr/>This article situates popular and youth education in Argentina in its historical context, with relation to the social movements, from the end of the military dictatorship in 1973 up to the present day. It analyses the theoretical difficulties in understanding the limitations underlying social participation, resulting from the period of the dictatorship, as well as the challenges and contradictions of the present moment. <![CDATA[<B>O conhecimento matemático do professor</B>: <B>formação e prática docente na escola básica</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-24782005000100005&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Desenvolve uma análise do processo de formação matemática na licenciatura, confrontando o conhecimento matemático veiculado nesse processo com algumas das questões que se colocam para o professor na sua prática docente na escola básica. O estudo focaliza os números naturais e toma como referência o curso diurno de licenciatura em matemática da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). As fontes utilizadas são livros didáticos escolares e universitários, documentos curriculares referentes ao curso de licenciatura da UFMG e, de modo especial, a literatura de pesquisa no campo da educação matemática. O estudo, ao mesmo tempo em que descreve uma parte dos conhecimentos matemáticos envolvidos nas questões da prática profissional docente na escola básica, explicita formas concretas com que se expressa a dicotomia formação/prática - reiteradamente apontada nos estudos sobre as licenciaturas, mas quase sempre num plano genérico e, muitas vezes, superficial.<hr/>This article, analyse the process of formation for mathematics' teachers at undergraduate level, confronting the mathematical knowledge transmitted in this process with some of the issues the teacher is faced with at school. The study focuses on the natural number system and refers to the undergraduate degree in mathematics at the Federal University of Minas Gerais (UFMG), in Brazil. The sources used include textbooks on numbers (at school and university levels), syllabus specifications for the referred course and the research literature on mathematics education. We describe part of the mathematical knowledge (about natural numbers) involved in professional teaching practice at elementary school. We also point out some concrete forms taken on by the formation/teaching practice dichotomy, thus contributing to a better understanding of this important and much debated issue. <![CDATA[<B>Ação afirmativa, relações raciais e educação básica</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-24782005000100006&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Com base em proposta metodológica de combate ao racismo na educação básica, desenvolvida com resultados positivos em escolas de Campo Grande (MS) e Belo Horizonte (MG), objetivou: a) indicar que esse nível de escolarização apresenta o quadro educacional mais grave para as crianças negras; b) refletir sobre as políticas afirmativas de caráter universal e específico, nos diferentes níveis de ensino, defendendo a perspectiva de que contrapô-las, como se excludentes fossem, é uma falsa questão; c) argumentar que a maior ou menor eficácia de políticas de ação afirmativas para os negros está inversamente relacionada ao nível de ensino, isto é, quanto antes o racismo, a discriminação e o preconceito forem enfrentados, melhores serão os resultados educacionais e; d) apontar os desafios para a formação de professores nessa perspectiva.<hr/>On the basis of the methodological proposal for combating racism in primary education, developed with positive results in schools in Campo Grande (State of Mato Grosso do Sul) and Belo Horizonte (State of Minas Gerais), we propose: a) to indicate that this level of schooling presents the most serious educational situation for black children; b) to reflect upon affirmative policies of a universal and specific character, in different levels of education, defending the perspective that setting them in opposition, as if they were exclusive, is a false question; c) to argue that the greater or lesser efficacy of policies of affirmative action for Negroes is inversely related to the level of education, that is, the earlier racism, discrimination and prejudice are faced up to, the better will be the educational results and d) to point to challenges for the formation of teachers in this perspective. <![CDATA[<B>Quem é negro, quem é branco</B>: <B>desempenho escolar e classificação racial de alunos</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-24782005000100007&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Baseado em pesquisa desenvolvida junto às turmas de 1ª a 4ª séries de uma escola pública no Município de São Paulo, este artigo discute as diferenças entre a classificação racial dos alunos feita pelas professoras ou por eles mesmos. O conceito de raça adotado é o de "raça social", isto é, um construto social baseado numa idéia biológica errônea, mas eficaz na manutenção de privilégios. Conclui que o fato de a desigualdade de desempenho escolar entre brancos e negros na escola estudada ser maior quando se usa a classificação das professoras em lugar da auto-classificação decorre tanto de as professoras clarearem crianças de melhor desempenho quanto de avaliarem com maior rigor crianças que percebem como negras, principalmente os meninos. Enfatiza ainda que não se trata de acusar as professoras de uma deliberada discriminação racial, mas de perceber como o racismo, presente na sociedade brasileira como um todo, penetra também nas relações escolares.<hr/>This article is based on research undertaken with classes from the 1st to 4th grades of primary education in a public school in the municipality of São Paulo and discusses the differences between the racial classification of school children carried out by teachers and that made by the children themselves. The concept of race adopted is that of "social race", that is, a social construct based on an erroneous biological idea but which has proved efficient for maintaining privileges. Concludes that the fact that the difference in school performance between white and black children in the school is greater when the teachers' classification is employed in place of self-classification results as much from teachers 'whitening' children with good performance as from their evaluating children, chiefly boys, they perceive as Negroes with greater rigour. It further emphasises that it is not a case of accusing the teachers of deliberate racial discrimination but of investigating the ways in which racism, present in Brazilian society as a whole, also penetrates school relations. <![CDATA[<B>O não-lugar dos professores nos entrelugares de formação continuada</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-24782005000100008&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt O artigo faz uma análise dos sistemas de representação de professores, delegados eleitos para participarem do GT - Formação e Valorização do Magistério, por ocasião da realização do Seminário Estadual de Política Educacional do Espírito Santo, sobre os processos de formação continuada desenvolvidos pela Secretaria de Educação. Utiliza como referencial de análise as categorias de não-lugar, lugar, espaços-tempos e comunidades compartilhadas, a partir das obras de Lefebvre (1983), Augé (1994), Certeau (2001) e Santos (2000), dentre outros. Trabalha com metodologia baseada em coleta de dados por meio de questionário composto de questões abertas e fechadas. Aponta como resultado que o sistema de representação de professores enuncia a necessidade de instauração de processos de formação continuada voltados para a "utópica" de constituição de um coletivo escolar que supere, por meio de comunidades compartilhadas, o não-lugar por eles ocupado até então.<hr/>This article analyses the systems of representation of teachers, elected to participate as delegates in the Working Group on Teacher Formation and Valorisation during the Seminar on Educational Policy held in the State of Espírito Santo, to discuss the processes of continuing formation developed by the State Secretariat of Education. It uses in its analytical framework the categories of non-place, place, space-times and shared communities, based on works of Lefebvre (1983), Augé (1994), Certeau (2001), and Santos (2000), among others. The methodology is based on data collection by means of questionnaires including open and closed questions. The results indicate that the teachers' system of representation points to the need to install processes of continuing formation directed towards the "utopia" of constituting a school collective that surpasses, by means of shared communities, the non-place occupied by the teachers up until now. <![CDATA[<B>A produção da subjetividade e as relações de poder na escola</B>: <B>uma reflexão sobre a sociedade disciplinar na configuração social da atualidade</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-24782005000100009&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Pretende articular a produção da subjetividade contemporânea com as relações de poder que circulam na escola, discutindo o lugar que essa instituição ocupa na configuração social da atualidade. A partir da concepção de sociedade disciplinar de Michel Foucault (1977), busca problematizar a validade e os limites desse modelo na contemporaneidade. Trata-se de reflexão teórica que visa inserir a instituição escolar no contexto sócio-histórico, não só tematizando seu lugar como reprodutora dos padrões hegemônicos da sociedade, mas também sublinhando sua importância na produção da subjetividade e na revisão dos valores construídos socialmente.<hr/>The text seeks to articulate the production of contemporary subjectivity with the relations of power that circulate in the school, discussing the place this institution occupies in the social configuration of the present time. Based on Michel Foucault's conception of the disciplinary society (1977), the essay seeks to examine the validity and the limits of this model for contemporary society. It constitutes a theoretical reflection which aims at inserting the school as institution in the socio-historical context, not only thematising its place as a reproducer of hegemonic social standards, but also stressing its importance for the production of subjectivity and for the revision of socially constructed values. <![CDATA[<B>Escola-empresa</B>: <B>traços do empresário-sombra</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-24782005000100010&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Este artigo consiste em um exercício cartográfico que procura marcar alguns traçados, trajetórias, linhas que compõem os contornos, sempre mutantes, da máquina chamada escola. Um dos devires cartografados envolve as relações e os movimentos da escola na empresa e da empresa na escola. Essas relações engendram mutações de fluxos capitalísticos, marcando as Sociedades de Controle e constituindo novos estados, novos arranjamentos que delineiam a escola na atualidade.<hr/>This paper is a cartographic exercise in which we seek to highlight some traces, trajectories and lines that make up the always-changing contours of this machine called school. One of the "transformations" that is mapped here is concerned with the relationships and movements between the school in the business and the business in the school. These relationships engender mutations in the capitalistic flows that inform Societies of Control and constitute new situations and arrangements which contribute to give school its current shape. <![CDATA[<B>Socioanálise de pré-noções no discurso jornalístico sobre educação</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-24782005000100011&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt A partir da análise de reportagens publicadas em duas revistas semanais de grande circulação nacional, esta pesquisa investiga as formas assumidas pelas pré-noções acionadas por agentes do campo jornalístico na produção e difusão de informações e pontos de vista sobre a educação. Parte-se da hipótese segundo a qual, em razão da posição ocupada pelo campo jornalístico na economia geral de bens simbólicos, as práticas educativas de professores e demais agentes sociais são conformadas por uma determinada construção social da realidade, isto é, por princípios de visão da educação impostos por jornalistas, o mais das vezes sutilmente, tanto ao campo educacional quanto ao espaço social geral.<hr/>The text analyses articles published in two major weekly magazines with a large national circulation and aims at investigating the proportion of those pre-notions disclosed by media professionals in the production and broadcasting of information and points-of-view on education. In view of the position held by the media in the general economy of symbolic goods, we start from the hypothesis according to which the educational practices of teachers and other social agents are shaped by a given social construction of reality, that is, by principles and views of education imposed, generally in a subtle fashion, by journalists and the general social space. <![CDATA[<B>Política curricular como política cultural</B>: <B>uma abordagem metodológica de pesquisa</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-24782005000100012&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Nosso objetivo é discutir concepções de política curricular para caracterizar uma abordagem metodológica de pesquisa que evidencie processos contra-hegemônicos em políticas curriculares. Pressupomos a centralidade da cultura em termos epistemológicos, a ampliação do campo político e a lógica espacial não-binária dos estudos pós-coloniais. Desse exercício definimos política curricular como um processo histórico no qual diferentes protagonistas, imbuídos de seus projetos culturais/sociais, produzem tensões em torno da produção, circulação e consolidação de significados no currículo escolar, entendendo-a como uma política cultural. Sugerimos o deslocamento da abordagem metodológica hegemônica, ou seja, da perspectiva global/local para a perspectiva local/global, e consideramos um equívoco focalizar produção ou implementação, Estado ou cotidiano em pesquisas de política curricular. Enfim, pontuamos algumas questões que podem pautar estudos com essa perspectiva.<hr/>Our objective is to discuss conceptions of curricular policy to characterise a methodological research approach that provides evidence of counter-hegemonic processes in curriculum policies. We presuppose the centrality of culture in epistemological terms, the broadening of the political field and the non-binary spatial logic of post-colonial studies. Based on this exercise we define curricular policy as an historical process in which different protagonists, imbued with their cultural/social projects, produce tension around the production, flow and consolidation of meanings in the school curriculum, understood as a cultural policy. We suggest the transposition of the hegemonic methodological approach, that is, from the global/local perspective to the local/global perspective and consider it an error to centre on production or implementation, State or daily life in research on curricular policy. Finally, we point to questions that can guide studies within this perspective. <![CDATA[<B>Como as mães de uma creche domiciliar percebem o trabalho de tomar conta de crianças?</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-24782005000100013&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt O presente artigo tem como objetivo analisar as trajetórias de vida e profissão de um grupo de mães e os sentidos que elas atribuem ao trabalho de tomar conta de crianças em uma creche domiciliar, no município de São Gonçalo (RJ). O referencial teórico abrange estudos da sociologia e antropologia voltados para famílias das camadas populares, gênero, trabalho e educação. As análises evidenciam que os sentidos traduzem uma perspectiva familiarista de educação, que ocorre por meio da delegação da criação dos filhos à tomadora de conta de crianças.<hr/>The objective of the present article is to analyse the professional and life trajectories of a group of mothers and the meaning which they attribute to the work of looking after children in a home-based crèche in the municipality of São Gonçalo in the state of Rio de Janeiro. The theoretical framework includes sociological and anthropological studies on working class families, gender, work and education. The analysis reveals that the meanings translate a family-oriented perspective of education, which takes place by means of the delegation of the responsibility for raising children to those looking after them. <![CDATA[<B>Educação superior, globalização e democratização</B>: <B>qual universidade?</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-24782005000100014&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt O presente artigo tem como objetivo analisar as trajetórias de vida e profissão de um grupo de mães e os sentidos que elas atribuem ao trabalho de tomar conta de crianças em uma creche domiciliar, no município de São Gonçalo (RJ). O referencial teórico abrange estudos da sociologia e antropologia voltados para famílias das camadas populares, gênero, trabalho e educação. As análises evidenciam que os sentidos traduzem uma perspectiva familiarista de educação, que ocorre por meio da delegação da criação dos filhos à tomadora de conta de crianças.<hr/>The objective of the present article is to analyse the professional and life trajectories of a group of mothers and the meaning which they attribute to the work of looking after children in a home-based crèche in the municipality of São Gonçalo in the state of Rio de Janeiro. The theoretical framework includes sociological and anthropological studies on working class families, gender, work and education. The analysis reveals that the meanings translate a family-oriented perspective of education, which takes place by means of the delegation of the responsibility for raising children to those looking after them. <![CDATA[<B>Posicionamentos da ANPEd sobre a reforma da educação superior em curso</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-24782005000100015&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt O presente artigo tem como objetivo analisar as trajetórias de vida e profissão de um grupo de mães e os sentidos que elas atribuem ao trabalho de tomar conta de crianças em uma creche domiciliar, no município de São Gonçalo (RJ). O referencial teórico abrange estudos da sociologia e antropologia voltados para famílias das camadas populares, gênero, trabalho e educação. As análises evidenciam que os sentidos traduzem uma perspectiva familiarista de educação, que ocorre por meio da delegação da criação dos filhos à tomadora de conta de crianças.<hr/>The objective of the present article is to analyse the professional and life trajectories of a group of mothers and the meaning which they attribute to the work of looking after children in a home-based crèche in the municipality of São Gonçalo in the state of Rio de Janeiro. The theoretical framework includes sociological and anthropological studies on working class families, gender, work and education. The analysis reveals that the meanings translate a family-oriented perspective of education, which takes place by means of the delegation of the responsibility for raising children to those looking after them. <![CDATA[Instituindo a ciência: a produção cultural das disciplinas científicas]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-24782005000100016&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt O presente artigo tem como objetivo analisar as trajetórias de vida e profissão de um grupo de mães e os sentidos que elas atribuem ao trabalho de tomar conta de crianças em uma creche domiciliar, no município de São Gonçalo (RJ). O referencial teórico abrange estudos da sociologia e antropologia voltados para famílias das camadas populares, gênero, trabalho e educação. As análises evidenciam que os sentidos traduzem uma perspectiva familiarista de educação, que ocorre por meio da delegação da criação dos filhos à tomadora de conta de crianças.<hr/>The objective of the present article is to analyse the professional and life trajectories of a group of mothers and the meaning which they attribute to the work of looking after children in a home-based crèche in the municipality of São Gonçalo in the state of Rio de Janeiro. The theoretical framework includes sociological and anthropological studies on working class families, gender, work and education. The analysis reveals that the meanings translate a family-oriented perspective of education, which takes place by means of the delegation of the responsibility for raising children to those looking after them. <![CDATA[Universidade: reforma e/ou rendição ao mercado?]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-24782005000100017&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt O presente artigo tem como objetivo analisar as trajetórias de vida e profissão de um grupo de mães e os sentidos que elas atribuem ao trabalho de tomar conta de crianças em uma creche domiciliar, no município de São Gonçalo (RJ). O referencial teórico abrange estudos da sociologia e antropologia voltados para famílias das camadas populares, gênero, trabalho e educação. As análises evidenciam que os sentidos traduzem uma perspectiva familiarista de educação, que ocorre por meio da delegação da criação dos filhos à tomadora de conta de crianças.<hr/>The objective of the present article is to analyse the professional and life trajectories of a group of mothers and the meaning which they attribute to the work of looking after children in a home-based crèche in the municipality of São Gonçalo in the state of Rio de Janeiro. The theoretical framework includes sociological and anthropological studies on working class families, gender, work and education. The analysis reveals that the meanings translate a family-oriented perspective of education, which takes place by means of the delegation of the responsibility for raising children to those looking after them. <![CDATA[Ensino médio: ciência, cultura e trabalho]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-24782005000100018&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt O presente artigo tem como objetivo analisar as trajetórias de vida e profissão de um grupo de mães e os sentidos que elas atribuem ao trabalho de tomar conta de crianças em uma creche domiciliar, no município de São Gonçalo (RJ). O referencial teórico abrange estudos da sociologia e antropologia voltados para famílias das camadas populares, gênero, trabalho e educação. As análises evidenciam que os sentidos traduzem uma perspectiva familiarista de educação, que ocorre por meio da delegação da criação dos filhos à tomadora de conta de crianças.<hr/>The objective of the present article is to analyse the professional and life trajectories of a group of mothers and the meaning which they attribute to the work of looking after children in a home-based crèche in the municipality of São Gonçalo in the state of Rio de Janeiro. The theoretical framework includes sociological and anthropological studies on working class families, gender, work and education. The analysis reveals that the meanings translate a family-oriented perspective of education, which takes place by means of the delegation of the responsibility for raising children to those looking after them.