Scielo RSS <![CDATA[Estudos de Psicologia (Natal)]]> http://www.scielo.br/rss.php?pid=1413-294X19990002&lang=pt vol. 4 num. 2 lang. pt <![CDATA[SciELO Logo]]> http://www.scielo.br/img/en/fbpelogp.gif http://www.scielo.br http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-294X1999000200001&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt <![CDATA[<B>Raciocínio moral em interação social</B>: <B>um estudo sobre sugestionabilidade</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-294X1999000200002&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Estudos foram realizados a fim de verificar se crianças escolhiam entre cumprir uma promessa ou dizer a verdade em três dilemas hipotéticos. As escolhas iniciais das crianças eram contra argumentadas pelos entrevistadores adultos a fim de verificar a sugestionabilidade das mesmas. Os resultados dos estudos conduzidos em Recife e Nova Iorque (EUA), mostram que as crianças de 6 a 8 anos foram mais sugestionáveis em alguns dilemas do que as de 10 a 12 anos. As mudanças das escolhas foram mais freqüentes de promessa para verdade do que de verdade para promessa. Foi evidenciada sugestionabilidade significativamente maior nas crianças estadunidenses do que nas brasileiras, particularmente em dois dos dilemas. Estudos repetidos nos EUA e Brasil confirmam esta diferença, que pode ser explicada, em parte, pelas diferentes relações de autoridade observadas nas escolas nas duas culturas. Os dados são discutidos em termos de heteronomia, das características significantes dos dilemas, e das relações de autoridade dentro da cultura.<hr/>Studies were conducted in which children chose whether to keep a promise or tell the truth in three hypothetical dilemmas. Their initial choices were then counter-probed by adult interviewers to assess their suggestibility. In these studies, conducted in Recife (Brazil) and New York City, younger children (6 to 8) were more suggestible on some of the dilemmas than older children (10-12), and shifting was more frequent from promise to truth than from truth to promise. There was significantly greater suggestibility evidenced by the U.S. than the Brazilian children, particularly on two of the dilemmas. Replication studies in the U.S. and Brazil confirm this difference, which may be explained, in part, by different authority relationships observed in schools in the two cultures. Findings are discussed in terms of heteronomy, the significant features of the dilemmas, and authority relations within culture. <![CDATA[<B>Promoção de atitudes ambientais favoráveis através de debates de dilemas ecológicos</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-294X1999000200003&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Este estudo se propôs a promover atitudes ambientais favoráveis em adolescentes através de debates de dilemas com conteúdo ecológico. Os dilemas foram elaborados com base na teoria de julgamento moral de Kohlberg e na técnica de discussão de dilemas morais em grupo, criada por Blatt e Kohlberg. Dezesseis estudantes do primeiro ano do segundo grau de uma escola pública de Porto Alegre participaram do estudo, tendo sido aplicado nesses estudantes, como pré-teste e pós-teste, um questionário de dez itens sobre atitudes em relação à ecologia. As respostas dos participantes foram avaliadas numa escala de zero a dois pontos, indicando o grau de maturidade de atitudes em relação ao ambiente. O grau de participação nas discussões de dilemas também foi analisado. A análise dos dados indica que a técnica foi eficaz somente para os alunos considerados participativos nas discussões.<hr/>This research study had the purpose of promoting favorable attitudes toward the environment in adolescents through debates of dilemmas with ecological content. The dilemmas were elaborated with basis on Kohlberg's theory of moral judgment and on Blatt and Kohlberg's group discussion technique. Sixteen students from the first year of high-school from a public school in Porto Alegre (Brazil), participated in the research study. These students were administred a ten-item questionnaire about attitudes regarding ecology, as pre-test and post-test. The participants responses were rated in a zero to two points scale, indicating the degree of maturity of attitudes regarding the environment. The degree of participation in the discussions was also analyzed. The analysis of data reveals that the technique worked only for those students considered high in participation in the discussions. <![CDATA[<B>O impacto do ambiente familiar nos primeiros anos de vida</B>: <B>um estudo com adolescentes de uma invasão de Salvador, Bahia</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-294X1999000200004&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Medidas de ajustamento psicossocial de 56 adolescentes de um bairro popular foram efetuadas, mediante um inquérito epidemiológico, para avaliar o poder preditivo de variáveis ambientais e sócio-econômicas, avaliadas quando esses sujeitos tinham entre 0 e 5 anos. Foram consideradas variáveis relativas a três diferentes momentos no curso de vida da família. A qualidade da estimulação no ambiente familiar precoce (escores no Inventário HOME) mostrou-se mais importante do que psicopatologia parental na análise de diferenças entre escores médios para problemas (QMPI) e competências (ACQ). O único fator do HOME significativamente correlacionado ao escore no QMPI foi "punição e restrição física" (p<0,05). De maneira geral, altos escores no Inventário HOME foram associados a mais altos índices de ajustamento. Entretanto, alguns fatores que indicam adversidade nos primeiros anos predisseram níveis mais altos de competência, alertando para a complexidade inerente à determinação de vulnerabilidade ou resiliência no processo do desenvolvimento.<hr/>Measures of psychosocial adjustment were made through an epidemiological survey on 56 teenagers of a popular neighborhood of Salvador to evaluate the predictive power of environmental and socioeconomic variables, evaluated when those subjects had between 0 and 5 years. Variables concerning to three different moments in the course of life of the family were considered. The quality of the stimulation in the early family environment (scores at HOME Inventory) revealed more important than parental psychopathology in the analysis of differences among medium scores for problems (QMPI) and competencies (ACQ - Achenbach, Quay & Conners' Checklist). The only factor of the HOME Inventory correlated to the score in QMPI was "punishing and restriction" (p<0,05). In general, high scores at HOME Inventory were associated to higher indexes of adjustment; however, some factors that indicate adversity in the first years predicted higher levels of competence, getting the attention for the complexity inherent to determination of vulnerability-resilience in developmental processes. <![CDATA[<strong>Manifestações iniciais de trocas interativas mãe-bebê e suas transformações</strong>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-294X1999000200005&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Neste trabalho, adota-se a perspectiva sócio-cultural e pressupõe-se que as interações adulto-bebê são matrizes nas quais se constrói o desenvolvimento. Esta pesquisa teve como objetivo descrever e analisar as transformações nas atividades da mãe e do bebê, nas trocas interativas e nos contextos específicos em que tais atividades e interações ocorrem, em etapas iniciais de desenvolvimento do bebê. Foi realizado o registro em vídeo, em ambiente natural, da observação de uma díade mãe-bebê em quatro momentos de desenvolvimento do bebê: 2, 10, 15 e 21 semanas. Foram analisadas as modificações na natureza das interações, mudanças nas atividades dos parceiros (e.g., vocalização, fala, sorriso), nos tipos de estimulação por parte das mães (e.g., estimulação voltada para a mãe ou voltada para os objeto) e os diferentes contextos de interação. Os resultados obtidos mostraram-se convergentes com achados de pesquisas na área, ampliando-os. Foram identificadas, desde fases iniciais, interações como processos recíprocos de engajamento que tornaram-se mais freqüentes e complexos. Foi possível identificar interações mãe-bebê, caracterizá-las e ilustrar a natureza diferenciada das atividades e interações dos parceiros em momentos distintos do desenvolvimento do bebê. Os resultados apresentados puderam ser interpretados segundo a abordagem sócio-cultural, que considera as interações sociais como constitutivas do desenvolvimento.<hr/>This study aims at investigating developmental changes in the patterns of mother-infant interaction, at early stages of the baby's development. A mother-infant dyad was observed and video recorded at home at four moments of the baby's development: 02, 10, 15 and 21 weeks. The modifications in the nature of the interaction, in the partners' activities (e.g. vocalization, speech, smile), in the kinds of stimulation promoted by the mother (e.g. directed to herself or to objects), and in the different interactional contexts were examined. Results were consistent with the literature in the area and have expanded it. It was possible to identify interactions as reciprocal processes of engagement which became gradually more frequent and complex. Mother-infant interactions were identified since early stages. They were characterized and illustrated the differentiated nature of activities of the partners and interactions at distinct moments of the baby's development. <![CDATA[<B>A construção de uma metodologia observacional para o estudo de crianças em situação de rua</B>: <B>criando um manual de codificação de atividades  cotidianas</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-294X1999000200006&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Este estudo teve por objetivo descrever uma metodologia criada para a observação de crianças em situação de rua em seu ambiente natural. Questões sobre o desenvolvimento dessas crianças, sobre a utilização e significado do espaço da rua e sobre os aspectos metodológicos foram relevantes para a realização deste tipo de estudo. Os resultados encontram-se condensados em um manual criado especialmente para a codificação das atividades cotidianas apresentadas pelas crianças em situação de rua. A discussão enfatiza a importância da realização de estudos observacionais exploratórios e descritivos para avaliar o processo de criação de metodologias específicas para entender e analisar o desenvolvimento humano em situações de risco. A aplicabilidade deste método é discutida como conhecimento produzido pela Psicologia do Desenvolvimento.<hr/>This study aims to describe a method created to observe children of the street in their natural environment. The development of these children, the meaning and the utilization of street space, and methodological aspects were considered. The results are presented in a manual elaborated to codify the daily activities of the observed children. The discussion emphasizes that observational, exploratory and descriptive studies are essential to validate the process of creative specific methodologies to understand and analyze human development at risk situations. In addition, the study shows the applicability of the method for a resulting knowledge to the field of developmental psychology. <![CDATA[<B>Apresentação</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-294X1999000200007&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Este estudo teve por objetivo descrever uma metodologia criada para a observação de crianças em situação de rua em seu ambiente natural. Questões sobre o desenvolvimento dessas crianças, sobre a utilização e significado do espaço da rua e sobre os aspectos metodológicos foram relevantes para a realização deste tipo de estudo. Os resultados encontram-se condensados em um manual criado especialmente para a codificação das atividades cotidianas apresentadas pelas crianças em situação de rua. A discussão enfatiza a importância da realização de estudos observacionais exploratórios e descritivos para avaliar o processo de criação de metodologias específicas para entender e analisar o desenvolvimento humano em situações de risco. A aplicabilidade deste método é discutida como conhecimento produzido pela Psicologia do Desenvolvimento.<hr/>This study aims to describe a method created to observe children of the street in their natural environment. The development of these children, the meaning and the utilization of street space, and methodological aspects were considered. The results are presented in a manual elaborated to codify the daily activities of the observed children. The discussion emphasizes that observational, exploratory and descriptive studies are essential to validate the process of creative specific methodologies to understand and analyze human development at risk situations. In addition, the study shows the applicability of the method for a resulting knowledge to the field of developmental psychology. <![CDATA[<strong>A Psicologia a caminho do novo século</strong>: <strong>identidade profissional e compromisso social</strong>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-294X1999000200008&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt O tema "A Psicologia a caminho do novo século: identidade profissional e compromisso social" foi desenvolvido aqui a partir de três aspectos: um pequeno resgate histórico sobre o vínculo da Psicologia com a sociedade brasileira, buscando caracterizar sua relação com esta sociedade; em seguida, desenvolver a perspectiva da profissão comprometida com a realidade social, apresentando alguns critérios para se julgar o compromisso social de práticas e saberes da Psicologia, além da defesa de que a Psicologia, como saber e fazer, se desenvolva sempre vinculada à sociedade que a acolhe; e para finalizar, trazer a questão da identidade profissional do psicólogo, partindo do princípio de que identidade deve ser sempre vista como metamorfose e como movimento permanente de transformação. O texto pretende ser uma defesa de uma identidade para os psicólogos que seja movimento e transformação, porque é reflexo do vínculo que a Psicologia deve manter com a sociedade, que está sempre em movimento, vínculo este de compromisso com as necessidades e demandas da maioria da população brasileira.<hr/>The theme "Psychology towards the new century: professional identity and social commitment" was elaborated here from three foundations: 1. a short historical recovery of the links between Psychology and Brazilian society, aiming at the portrayal of its relationship with that society; 2. the development of a perspective of the profession committed to the social reality, including the presentation of criteria to evaluate the social engagement of practices and understandings of Psychology and the argument that Psychology, as knowledge and doings, should always act in dependence to the society that hosts it; 3. the prompting of the question of psychologist's professional identity, from the standpoint that identity should always be seen as metamorphosis and a permanent movement of transformation. The text intends to be a defense of an identity for psychologists that implies movement and transformation because it is consequence of the linkage Psychology should entertain with society, which is always moving, a linkage of commitment to the needs and demands of the majority of the Brazilian population. <![CDATA[<strong>Eliezer Schneider</strong>: <strong>um esboço biográfico</strong>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-294X1999000200009&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Este artigo procura traçar o percurso profissional de Eliezer Schneider, um dos primeiros brasileiros com formação acadêmica em Psicologia. Formado em Direito em 1939, pela Faculdade Nacional de Direito da antiga Universidade do Brasil (hoje UFRJ), prestou concurso para o Instituto de Psicologia daquela universidade, onde ingressou em 1941. Poucos anos depois, obteve o título de Mestre em Psicologia pela Universidade de Iowa (EUA) com tese sobre as teorias emergentistas da personalidade, orientada pelo professor Gustavo Bergman. Da experiência nessa Universidade permaneceu seu interesse pelo behaviorismo, menos talvez por sua metodologia do que por sua ênfase nas situações ambientais como determinantes do comportamento humano. Seu interesse pela Psicologia, segundo seu próprio relato, surgiu com o estudo do Direito - como entender o criminoso, como caracterizar a inimputabilidade? Sua principal influência, contudo, se encontra na formação de toda uma geração de professores de Psicologia Social que, com ele, aprendemos a estender nosso olhar além do paradigma individualista e intimista que caracteriza nossa Psicologia.<hr/>This article presents the professional trajectory of Eliezer Schneider, one of the first Brazilians with academic training in Psychology. Graduated in Law, in 1939, by National College of Law of the old University of Brazil (nowadays Federal University of Rio de Janeiro), he applied to a position at the Institute of Psychology of that University, being hired in 1941. Few years later, he got the Master degree by University of Iowa (USA), with a thesis about the emergentist theories of personality, under the supervision of Gustavo Bergman. Due to his experience at that University, Schneider kept his interest in behaviorism alive, perhaps not so for its methodology but for its emphasis in environmental situations as determinants of human behavior. His interest in Psychology, according to his own report, began with Law studies - how to understand the criminal, how to characterize his/her unliability? However, his main contribution relates to the training of a whole generation of Social Psychology teachers, who have learned, with him, to extend our sight beyond the paradigm of individualism and intimacy that identifies our Psychology. <![CDATA[<strong>Eliezer Schneider</strong>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-294X1999000200010&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Este artigo procura traçar o percurso profissional de Eliezer Schneider, um dos primeiros brasileiros com formação acadêmica em Psicologia. Formado em Direito em 1939, pela Faculdade Nacional de Direito da antiga Universidade do Brasil (hoje UFRJ), prestou concurso para o Instituto de Psicologia daquela universidade, onde ingressou em 1941. Poucos anos depois, obteve o título de Mestre em Psicologia pela Universidade de Iowa (EUA) com tese sobre as teorias emergentistas da personalidade, orientada pelo professor Gustavo Bergman. Da experiência nessa Universidade permaneceu seu interesse pelo behaviorismo, menos talvez por sua metodologia do que por sua ênfase nas situações ambientais como determinantes do comportamento humano. Seu interesse pela Psicologia, segundo seu próprio relato, surgiu com o estudo do Direito - como entender o criminoso, como caracterizar a inimputabilidade? Sua principal influência, contudo, se encontra na formação de toda uma geração de professores de Psicologia Social que, com ele, aprendemos a estender nosso olhar além do paradigma individualista e intimista que caracteriza nossa Psicologia.<hr/>This article presents the professional trajectory of Eliezer Schneider, one of the first Brazilians with academic training in Psychology. Graduated in Law, in 1939, by National College of Law of the old University of Brazil (nowadays Federal University of Rio de Janeiro), he applied to a position at the Institute of Psychology of that University, being hired in 1941. Few years later, he got the Master degree by University of Iowa (USA), with a thesis about the emergentist theories of personality, under the supervision of Gustavo Bergman. Due to his experience at that University, Schneider kept his interest in behaviorism alive, perhaps not so for its methodology but for its emphasis in environmental situations as determinants of human behavior. His interest in Psychology, according to his own report, began with Law studies - how to understand the criminal, how to characterize his/her unliability? However, his main contribution relates to the training of a whole generation of Social Psychology teachers, who have learned, with him, to extend our sight beyond the paradigm of individualism and intimacy that identifies our Psychology. <![CDATA[<B>O significado da pesquisa em Comportamento Animal</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-294X1999000200011&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Este artigo procura traçar o percurso profissional de Eliezer Schneider, um dos primeiros brasileiros com formação acadêmica em Psicologia. Formado em Direito em 1939, pela Faculdade Nacional de Direito da antiga Universidade do Brasil (hoje UFRJ), prestou concurso para o Instituto de Psicologia daquela universidade, onde ingressou em 1941. Poucos anos depois, obteve o título de Mestre em Psicologia pela Universidade de Iowa (EUA) com tese sobre as teorias emergentistas da personalidade, orientada pelo professor Gustavo Bergman. Da experiência nessa Universidade permaneceu seu interesse pelo behaviorismo, menos talvez por sua metodologia do que por sua ênfase nas situações ambientais como determinantes do comportamento humano. Seu interesse pela Psicologia, segundo seu próprio relato, surgiu com o estudo do Direito - como entender o criminoso, como caracterizar a inimputabilidade? Sua principal influência, contudo, se encontra na formação de toda uma geração de professores de Psicologia Social que, com ele, aprendemos a estender nosso olhar além do paradigma individualista e intimista que caracteriza nossa Psicologia.<hr/>This article presents the professional trajectory of Eliezer Schneider, one of the first Brazilians with academic training in Psychology. Graduated in Law, in 1939, by National College of Law of the old University of Brazil (nowadays Federal University of Rio de Janeiro), he applied to a position at the Institute of Psychology of that University, being hired in 1941. Few years later, he got the Master degree by University of Iowa (USA), with a thesis about the emergentist theories of personality, under the supervision of Gustavo Bergman. Due to his experience at that University, Schneider kept his interest in behaviorism alive, perhaps not so for its methodology but for its emphasis in environmental situations as determinants of human behavior. His interest in Psychology, according to his own report, began with Law studies - how to understand the criminal, how to characterize his/her unliability? However, his main contribution relates to the training of a whole generation of Social Psychology teachers, who have learned, with him, to extend our sight beyond the paradigm of individualism and intimacy that identifies our Psychology. <![CDATA[<B>Representando a alteridade</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-294X1999000200012&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Este artigo procura traçar o percurso profissional de Eliezer Schneider, um dos primeiros brasileiros com formação acadêmica em Psicologia. Formado em Direito em 1939, pela Faculdade Nacional de Direito da antiga Universidade do Brasil (hoje UFRJ), prestou concurso para o Instituto de Psicologia daquela universidade, onde ingressou em 1941. Poucos anos depois, obteve o título de Mestre em Psicologia pela Universidade de Iowa (EUA) com tese sobre as teorias emergentistas da personalidade, orientada pelo professor Gustavo Bergman. Da experiência nessa Universidade permaneceu seu interesse pelo behaviorismo, menos talvez por sua metodologia do que por sua ênfase nas situações ambientais como determinantes do comportamento humano. Seu interesse pela Psicologia, segundo seu próprio relato, surgiu com o estudo do Direito - como entender o criminoso, como caracterizar a inimputabilidade? Sua principal influência, contudo, se encontra na formação de toda uma geração de professores de Psicologia Social que, com ele, aprendemos a estender nosso olhar além do paradigma individualista e intimista que caracteriza nossa Psicologia.<hr/>This article presents the professional trajectory of Eliezer Schneider, one of the first Brazilians with academic training in Psychology. Graduated in Law, in 1939, by National College of Law of the old University of Brazil (nowadays Federal University of Rio de Janeiro), he applied to a position at the Institute of Psychology of that University, being hired in 1941. Few years later, he got the Master degree by University of Iowa (USA), with a thesis about the emergentist theories of personality, under the supervision of Gustavo Bergman. Due to his experience at that University, Schneider kept his interest in behaviorism alive, perhaps not so for its methodology but for its emphasis in environmental situations as determinants of human behavior. His interest in Psychology, according to his own report, began with Law studies - how to understand the criminal, how to characterize his/her unliability? However, his main contribution relates to the training of a whole generation of Social Psychology teachers, who have learned, with him, to extend our sight beyond the paradigm of individualism and intimacy that identifies our Psychology.