Scielo RSS <![CDATA[Estudos de Psicologia (Natal)]]> http://www.scielo.br/rss.php?pid=1413-294X20040003&lang=en vol. 9 num. 3 lang. en <![CDATA[SciELO Logo]]> http://www.scielo.br/img/en/fbpelogp.gif http://www.scielo.br <link>http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-294X2004000300001&lng=en&nrm=iso&tlng=en</link> <description/> </item> <item> <title><![CDATA[<B>The new forms of expression of prejudice and racism</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-294X2004000300002&lng=en&nrm=iso&tlng=en Recentemente tem-se verificado uma condenação social aberta às formas mais tradicionais e flagrantes de racismo. Em conseqüência, em várias partes do mundo, alguns estudos utilizando metodologias tradicionais de coleta de dados têm demonstrado que os estereótipos negativos associados aos negros têm diminuído. Todavia, novas e mais sofisticadas formas de expressão do preconceito e do racismo têm surgido, corporificando muitos comportamentos cotidianos de discriminação, quer ao nível institucional, quer ao nível interpessoal. Estas novas formas de expressão do preconceito e do racismo produzem na psicologia social várias teorizações. Temos as teorias do racismo moderno, do racismo simbólico, do racismo aversivo, do racismo ambivalente, do preconceito sutil e do racismo cordial, dentre outras. Neste trabalho procuramos analisar cada uma das novas teorias sobre o preconceito e sobre o racismo, e discorremos sobre o suporte empírico que fundamenta cada uma dessas teorias.<hr/>Nowadays the democratic societies condemn the open and traditional forms of prejudice and racism. Consequently, some studies, using traditional data collection methodologies, have demonstrated that the negative stereotypes associated to the blacks are decreasing. However, new and more sophisticated forms of racism have emerged and produced many everyday discriminatory actions, at an institutional and interpersonal level. To analyze these new forms of expression of prejudice and racism several theories have emerged in social psychology. In this sense, we have the modern racism, symbolic racism, aversive racism, ambivalent racism, cordial racism and subtle prejudice theories. This work analyzes these new theories of racism and prejudice and describes some of their empirical support. <![CDATA[<B>Sexuality in ageing process</B>: <B>a new guideline - transcultural comparison</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-294X2004000300003&lng=en&nrm=iso&tlng=en As terapias de reposição hormonal assim como as novas moléculas (sildenafil, tadalafil) que lutam contra as disfunções da ereção revelaram a demanda crescente na área da saúde sexual na segunda metade da vida. Entretanto, o lugar da sexualidade no processo de envelhecimento constitui um assunto particularmente contaminado por preconceitos. A complementaridade entre a teoria sociológica e a teoria psicanalítica permite esclarecer a dupla natureza deste fenômeno, em que o recalcamento intrapsíquico é fruto, em primeiro lugar, dos ideais culturais interiorizados. Com o propósito de uma comparação transcultural, procedeu-se à aplicação de um questionário amplo a duas amostras, uma brasileira e outra portuguesa, de maneira a caracterizar conhecimentos, atitudes, crenças e práticas sobre a vivência do corpo e da sexualidade de 187 pessoas entre 52 e 90 anos gozando de boa saúde física e mental.<hr/>Access to new drugs (tibolona, sildenafil, tadalafil) revealed an increasing demand of seniors about their sexual health. However, prejudices about older people's sexuality remain prevalent in our culture. Sociological and psychoanalytical theories combined allow understanding the double nature of this phenomenon, in which intrapsychic repression results of internalized cultural ideals. This article presents a transcultural survey comparing two samples, Brazilian and Portuguese, to verify knowledge, attitudes, beliefs and practices about sexuality of 187 healthy people, 52 to 90 years old. <![CDATA[<B>Primiparous mothers' knowledge about child development of different Brazilian urban centers</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-294X2004000300004&lng=en&nrm=iso&tlng=en Cognições parentais constituem importante componente do contexto sociocultural em que se dá o desenvolvimento infantil, e a literatura brasileira sobre o tema é ainda escassa. O objetivo deste estudo é analisar a relação entre conhecimento sobre desenvolvimento infantil e variáveis da mãe e do bebê. Foi estudada uma amostra de 405 mães primíparas, com filhos menores de um ano, distribuída por seis cidades em diferentes regiões do Brasil. Utilizou-se o Inventário do Conhecimento do Desenvolvimento Infantil (KIDI). Foram encontrados efeitos significativos de escolaridade materna e centro urbano. O efeito significativo de escolaridade materna foi verificado em todas as cidades, menos em Porto Alegre, possivelmente pelas políticas de atenção materno-infantil aí implementadas. Estes resultados contribuem para o conhecimento de aspectos do contexto de desenvolvimento de crianças brasileiras, e têm implicações para o planejamento de programas de intervenção que visem à promoção de saúde.<hr/>Parental cognitions are important components of the sociocultural context of child development. The Brazilian literature regarding this subject is still scarce. The purpose of this research is to analyze the relationship between knowledge of infant development and different variables concerning the mother and the infant. Four hundred and five primiparous mothers with their children less than 1 year old, in six cities of different regions of Brazil, took part in the study. The Knowledge of Infant Development Inventory (KIDI) was used. Mothers' educational level and urban center where they lived showed significant effects. This result was found for groups of all urban centers studied, with the exception of Porto Alegre. This result may reflect the different public policies concerning child and maternal care in that city. These findings contribute towards understanding important aspects of the developmental context of Brazilian children. They have implications for planning health promotion intervention programs. <![CDATA[<B>Challenges of using social constructionism in psychotherapeutic context</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-294X2004000300005&lng=en&nrm=iso&tlng=en Nos últimos anos, o construcionismo social influenciou a construção de diferentes propostas terapêuticas. Buscando compreender de que forma as proposições construcionistas se encontram presentes no campo da terapia e como dão sustentação teórica a determinadas práticas psicoterápicas, este estudo analisou as propostas da terapia narrativa de White e Epston, da abordagem colaborativa de Harlene Anderson e dos processos reflexivos de Tom Andersen. Esta análise apontou para como estão presentes, de diferentes formas: a) a ênfase nos significados trazidos pelos clientes, b) a análise dos relacionamentos, c) o foco na potencialidade dos clientes e d) na terapia como co-construção, em consonância com as proposições construcionistas. Ao mesmo tempo, ressaltou a necessidade de reflexão sobre o caráter restrito da concepção de "social" e a sustentação de vocabulários modernos sobre o self. Esta análise convida a considerarmos tais propostas para além de uma perspectiva técnica, redimensionando-as como uma opção discursiva.<hr/>In the last years, social constructionism has contributed to the construction of different therapeutic proposals. Aiming to understand how cosntructionist assumptions theoretically sustain certain therapeutic practices, this study analyzed White & Epston's narrative therapy, Harlene Anderson's collaborative approach and Tom Andersen's reflexive processes. According to constructionist assumptions, this analysis pointed to how it is presented, in these different proposals, a) an emphasis on the meanings brought by the clients, b) an analysis of the relationships, c) a focus on client's potentials and d) a notion of therapy as co-construction. At the same time, it pointed out the importance of reflecting about the concept of context used by those authors, as well as the sustenance of modern vocabularies of self. Finally, moving away from technical perspective, this analysis invites to consider those proposals as discursive options. <![CDATA[<B><I>Locus</I> of control</B>: <B>validation of a scale in a training context</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-294X2004000300006&lng=en&nrm=iso&tlng=en Este artigo apresenta resultados do processo de construção e validação de um instrumento de locus de controle, junto a uma amostra (n = 1845) de participantes de treinamentos oferecidos por três organizações do Distrito Federal. As repostas válidas ao instrumento elaborado constituíram três fatores, a saber, Internalidade, Externalidade/Sorte e Externalidade/Outros, cada qual com 12 itens, com índices de confiabilidade maiores que os relatados em estudos nacionais e estrangeiros (0,89, 0,92 e 0,80, respectivamente). Este estudo também investigou o perfil demográfico da amostra de participantes, a partir de seus escores em cada um dos três fatores mencionados. Considerando as categorias de respostas criadas, observou-se um maior número de diferenças significativas entre os grupos no fator Internalidade. Uma razão para isto pode ser que a maioria dos respondentes alcançou elevados escores neste fator porque não conseguiu distinguir seus julgamentos referentes às fontes externas de controle.<hr/>This article presents the results of the development and validation process of a locus of Control instrument, in a sample (n = 1845) of training participants at public and private organizations in the Federal District. The valid responses to the developed instrument have constituted three factors, namely Internality, Externality/Chance and Externality/Others, each one of them with 12 items, with reliability scores higher than those reported in national and international studies (0.89, 0.92 and 0.80, respectively). This study also sought to investigate the sample of participants demographic profile, based on their scores in each one of the three mentioned factors. Given the created response categories, a higher number of significant differences were observed between the groups in the Internality factor. One reason for this may be that most respondents have reached high scores in this factor, because they could not correctly distinguish their judgments concerning external sources of control. <![CDATA[<B>Baby's psychofunctional symptoms and parents/baby therapeutic consultations</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-294X2004000300007&lng=en&nrm=iso&tlng=en Os distúrbios psicofuncionais do bebê e sua relação com a qualidade dos vínculos primários, principalmente com a figura materna, têm sido objeto de estudos e pesquisas visando o diagnóstico e a intervenção precoces. Conceitos teóricos como mutualidade psíquica e mandato transgeracional têm valorizado a influência das representações parentais e principalmente dos aspectos fantasmáticos dos pais na organização psíquica da criança. Neste artigo discute-se a relação entre a presença de distúrbios psicofuncionais no bebê e os padrões de interação pais/bebê, levando-se em conta três eixos: o comportamental, o afetivo e o fantasmático. Por fim, para ilustrar, descreve-se o caso de um bebê com distúrbio de alimentação.<hr/>Baby's psychofunctional symptoms are related to the quality of primary attachment, especially with the mother. Several studies and researches in this field have early diagnosis and intervention as their main objective. Theoretical concepts as psychic mutuality and transgenerational mandate have showed the influence of parental representation and specially their phantasmatic aspects in the child psychological organization. This article discusses the relationship between the presence of psychofunctional symptoms in the baby and the parents/baby patterns of interaction analyzing 3 axes: behavioral, affective and phantasmatic, as well as their patterns of attachment. Finally, to illustrate, we describe the case of a baby with eating difficulties. <![CDATA[<B>Doctor-patient communication and adhesion to treatment in adolescents with chronic organic diseases</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-294X2004000300008&lng=en&nrm=iso&tlng=en A evolução da Medicina, associada à adequada adesão ao tratamento, vem aumentando a sobrevida de crianças portadoras de doenças orgânicas crônicas, até a adolescência e vida adulta. Neste estudo focalizaram-se as implicações da comunicação médico-paciente na adesão ao tratamento. Foram entrevistados 8 rapazes e 10 moças, entre 12 e 18 anos, portadores de doenças orgânicas crônicas desde a infância. As entrevistas, seguindo roteiro flexível, foram gravadas, transcritas, e submetidas à análise qualitativa. Pacientes atendidos em programas assistenciais específicos apresentaram melhor comunicação com seu médico e maior adesão ao tratamento. Os adolescentes identificaram a mãe como intermediária na comunicação com o médico, desde o diagnóstico, e situaram-se como espectadores desta comunicação. Interpretou-se que tal situação não favorece o desenvolvimento psicológico destes jovens, e impede que assumam a doença e o tratamento. Sugere-se a criação de programas e procedimentos que incluam formalmente o paciente pediátrico na comunicação do médico com a mãe.<hr/>The evolution of Medicine, associated to appropriate adhesion to treatment, has been increasing the life expectancy of children with chronic organic diseases, until adolescence and adult life. This study focalizes the implications of doctor-patient communication in the adhesion to treatment. Eight boys and ten girls, between 12 and 18 years of age, with chronic organic diseases since childhood were interviewed. The interviews, following a flexible guideline, were recorded, transcribed, and submitted to qualitative analysis. Patients assisted in specific aid programs presented better communication with their doctors and greater adhesion to treatment. The adolescents identified the mother as mediator in the communication with the doctor, since the diagnosis, and they located themselves as spectators of this communication. It was interpreted that such situation does not favor the psychological development of these adolescents, and it impedes that they assume the disease and treatment. The creation of programs and procedures that include the pediatric patient formally in the doctor's communication with the mother is suggested. <![CDATA[<B>Being a<I> drag queen</B></I>: <B>a study on the characterization of the queer identity</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-294X2004000300009&lng=en&nrm=iso&tlng=en O principal objetivo deste estudo foi identificar o processo de formação da identidade queer das drag queens do circuito Balneário Camboriú e Florianópolis. Para atingir este propósito, foi investigado como se processa a relação de identificação das drag queens com o gênero feminino e masculino. Abordou-se também de que modo configura-se a relação entre o sujeito e a personagem drag queen, descrevendo a sua visão sobre a própria sexualidade. Estes dados foram obtidos através de pesquisa exploratória com três sujeitos através de entrevistas, sendo o roteiro semidirigido, além de terem sido realizadas visitas em suas moradias e em casas noturnas onde faziam apresentações artísticas. Os entrevistados relataram que a identidade das drags se diferencia de suas identidades pessoais em diversos aspectos. A drag possui características físicas e psicológicas, além de posturas e atitudes, que são próprias da personagem e que a distinguem do sujeito que a compõe. Mas houve relatos com freqüência que existem situações em que personagem e sujeito que a compõe se confundem. Através dos resultados, pode-se identificar como a configuração da identidade está relacionada com a socialização e com as transformações do corpo. Os sujeitos que interpretam as drag queens manifestam esse jogo de identidades, de ambos os gêneros, configurando o que pode se identificar com uma identidade queer.<hr/>The main objective of this study was to identify the formation process of queer identity of some drag queens in the cities of Balneário Camboriú and Florianópolis, in the state of Santa Catarina, south of Brazil. In order to achieve this objective, we investigated how the drag queens identify themselves with the female and male genders. In addition, we investigated how the relation between the interviewed subjects and their drag queen character gets established through their description of their own sexuality. The data was collected from three subjects through a survey composed of a semi-direct questionnaire and through visits to their homes and to the nightclubs where they perform their shows. The interviewed subjects have reported that their drag queen character identity differs from their own personal identities in several ways. Besides their posture and attitudes, drag queens have physical and psychological characteristics that are proper to their character's identity and which are distinguishable from their own personal identity. However, there were frequent reports of some situations in which both identities are blended. Through the results, one can identify how the configuration of identity is related with socialization and body changes. The subjects who enact the role of drag queens manifest their identities, of both genders, by configuring what one may call a queer identity. <![CDATA[<B>Development and validation of a training system beliefs scale</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-294X2004000300010&lng=en&nrm=iso&tlng=en Este artigo aborda a construção e validação da escala de crenças sobre o sistema de treinamento. Os itens foram formulados a partir do Modelo MAIS (Borges-Andrade, 1982) aplicado à avaliação de treinamento, das escalas de cinismo organizacional (Tesluk, Farr, Mathieu, & Vance, 1995) e das crenças que as pessoas possuem sobre treinamento descritas na revisão de Rousseau (1997). Crenças são vistas como os aspectos cognitivos relacionados a um objeto (Ajzen & Fishbein, 1980). Foram criados 35 itens, que passaram por processo de validação semântica e estatística no Banco do Brasil. Na validação estatística, realizada com 327 casos, utilizou-se análise de componentes principais e análise fatorial (PAF, rotação oblíqua). Os resultados dessas análises indicaram a existência de três fatores, com índices psicométricos adequados e conteúdos consistentes com o modelo teórico adotado, o que sugere a validade interna do instrumento. Possibilidades de intervenção nas organizações com o uso dessa escala também são discutidas.<hr/>This paper focuses on the development and validation of a scale for measuring beliefs on the training system. The MAIS Model (Borges-Andrade, 1982) applied to training evaluation, the Organizational Cynicism Scales (Tesluk, Farr, Mathieu, & Vance, 1995) and the beliefs people hold on training, described in Rousseau's (1997) review, have been used as a basis for formulating the scale items. Beliefs are viewed as cognitive aspects related to an object (Ajzen & Fishbein, 1980). Thirty-five items have been formulated and semantically and statistically validated in Banco do Brasil. For statistical validation, 327 cases have been collected and principal components analysis and factor analysis (PAF, oblimin rotation) have been used. The results have indicated the existence of three factors, with adequate psychometric indexes. Their content has been found to be consistent with the adopted theoretical model. These results suggest that the instrument has internal validity. Possibilities for organizational intervention using this scale are also discussed. <![CDATA[<B>Iatrogeny and social exclusion: madness as an object of scientific discourse in Brazil</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-294X2004000300011&lng=en&nrm=iso&tlng=en Este trabalho apresenta um retrospecto histórico sobre o discurso científico a respeito da loucura no Brasil, com destaque para a evolução das noções de doença mental e de iatrogenia. O discurso manicomial, eminentemente psiquiátrico, introduziu o gerenciamento científico da loucura, a partir do final do século XIX. De meados do século XX ao final da década de 80, o discurso da saúde mental, organizado pela Psiquiatria e por outras disciplinas, como a Psicanálise, a Sociologia e a Antropologia, sob a perspectiva biopsicossocial de compreensão do homem, representou uma nova tentativa de validar o gerenciamento científico da loucura. A partir do final da década de 80, foi introduzido o discurso da desinstitucionalização que, em vez de propor uma nova validação do discurso científico no gerenciamento da loucura, indicou a necessidade de sua (des)construção: uma radical operação epistemológica de modificação de suas concepções, como a de doença mental.<hr/>This paper presents a historical retrospective on the scientific discourse about madness in Brazil, emphasizing the evolution of the notions of mental disease and of iatrogeny. The manicomial discourse, produced by Psychiatry, has introduced the scientific management of madness since the end of the 19th century. From the middle of the 20th century until the end of 1980, the discourse of mental health, organized by Psychiatry and by other disciplines, such as Psychoanalysis, Sociology and Anthropology, using a biopsychossocial understanding of man, represented a new attempt to reinforce the scientific management of madness. At the end of 1980, the deinstitutionalization discourse was introduced and, instead of proposing a new validation for the scientific discourse on madness, it indicated the necessity of its (de)construction: a radical epistemological operation to modify some of its main notions, such as the notion of the mental disease. <![CDATA[<B>The choice of an alternative care for the infant</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-294X2004000300012&lng=en&nrm=iso&tlng=en A escolha de um cuidado alternativo para o bebê ou criança pequena geralmente não é tarefa fácil para os pais e envolve a análise de vários fatores. Isto fica mais difícil ainda quando esta escolha precisa ser feita nos primeiros meses de vida do bebê. O presente artigo tem por objetivo discutir os fatores que influenciam na escolha de um cuidado alternativo (i.e., parente, babá, creche) para o bebê e criança pequena e as vantagens e desvantagens apontadas pelos pais para as diferentes formas de cuidado. Dentre os fatores envolvidos no processo de decisão dos pais estão: a situação financeira e social da família; o apoio social recebido nos cuidados da criança; as práticas e crenças parentais sobre o cuidado das crianças; a escolaridade dos pais; a idade da criança; e o grupo étnico. Os estudos apontam que um cuidado alternativo adequado não só tranqüiliza os pais, como contribui para o desenvolvimento do bebê e para que seja mantida a qualidade da interação pais-bebê.<hr/>The choice of an alternative care for the infant is not an easy task for parents and it involves the analysis of several factors. It is even harder when this choice has to be made in the first months of the baby's life. This article aims to discuss the factors which have influence in choosing an alternative care (i.e., relatives, baby sitter, and day care) for the infant, and the advantages and disadvantages mentioned by parents for the different ways of care. The factors involved in the decision process for the parents are: the financial and social status of the family, the social support received in taking care of the child, and the ethnic group. Research shows that a proper alternative care not only relaxes and reassures parents as well as contributes to the development of the infant and keeps the quality of the parent-child bond. <![CDATA[<B>Confirmatory factorial analysis of the Psychosocial Values Questionnaire - QVP24</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-294X2004000300013&lng=en&nrm=iso&tlng=en Este artigo apresenta o Questionário de Valores Psicossociais (QVP) como instrumento adequado para a análise dos sistemas de valores de estudantes universitários. No estudo realizado (N = 300), os resultados de uma análise fatorial confirmatória mostram a adequação conceitual da estrutura e dos conteúdos dos quatro sistemas responsáveis pela organização dos valores dos universitários: materialista, religioso, hedonista e pós-materialista. Os resultados também mostram que os sistemas são correlacionados positivamente. A discussão enfatiza a natureza societal dos sistemas de valores e a adequação do QVP para mensurar esses sistemas.<hr/>This study shows that the Psychosocial Values Questionnaire is an adequate instrument to measure value systems of university students. The results of a Confirmatory Factor Analysis (N = 300) show the conceptual validity of the structure and content that organizes students' value systems: materialist, religious, hedonist and post-materialist. The results also confirm that these value systems are positively correlated. The discussion emphasizes the societal nature of the values systems and the validity of the Psychosocial Values Questionnaire to measure these systems. <![CDATA[<B>Infant's interactions at day care</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-294X2004000300014&lng=en&nrm=iso&tlng=en O artigo trata de eventos interativos de bebês com coetâneos. Inicialmente, abordamos concepções e métodos de estudo sobre interação de bebês na literatura, a partir da década de 1970. A seguir, apresentamos estudo empírico realizado através da análise de gravações em vídeo do projeto Processos de adaptação de bebês a creche, que acompanhou 21 bebês (4-14 meses) em creche universitária. A investigação deu-se em duas fases. A primeira, pela identificação de episódios interativos envolvendo os 21 bebês, considerando-se interação como fazer algo juntos. A segunda, pela análise microgenética dos episódios interativos de um bebê. Tal análise revelou freqüentes, fluidas e entrecortadas interações, que ultrapassam o fazer algo juntos, podendo o comportamento ser regulado mesmo à distância e mesmo que um dos parceiros não saiba que está regulando o comportamento do outro. Isso nos levou a tratar as interações como ocorrendo em um campo interativo, através da concepção de co-regulação do comportamento.<hr/>The paper aims to discuss early peer interactive events. Initially, interactive conceptions and methodological issues from a literature review are introduced. Then, an empirical study is presented. It has been constructed from videotapes analysis of the Babies' adaptation into day care center research project, which has followed 21 babies (4-14 months of age), at a university day care center. Investigation included two phases. First, interactional episodes were identified based on an interaction conception of doing something together. The second phase resulted from a microgenetic analysis of all identified episodes related to one selected child. The study revealed frequent, brief, fluid and interrupted interactions. Yet, the analysis points toward interaction as going beyond doing something together, as behavior can be regulated from distance, while children are involved in diverse activities and, even if one of them is not aware that he/she is regulating the other partner's behavior. As such, interactions are considered as co-regulation within interactive fields. <![CDATA[<B>Scientific production on brief psychotherapies in Brazil and other Latin-American countries (1990-2000)</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-294X2004000300015&lng=en&nrm=iso&tlng=en O objetivo deste estudo foi o de delinear um perfil da literatura científica sobre as psicoterapias breves no Brasil e demais países da América Latina, entre 1990 e 2000, através de levantamento realizado nas seguintes bases eletrônicas de dados: Lilacs, PsycINFO, Medline, Adolec, Scielo, MedCarib, Teses Brasileiras, PAHO e WHOLIS. Os 81 resumos obtidos foram analisados segundo as seguintes categorias: distribuição da produção, autoria, afiliação institucional dos autores, fonte de publicação, ano da publicação, idioma, suporte de publicação, população alvo, enfoque teórico, natureza do trabalho. Os resultados sugerem que: 1) as bases de dados eletrônicas constituem atualmente importante fonte de acesso à produção brasileira sobre as psicoterapias breves, não se podendo dizer o mesmo dos demais países latino americanos; 2) apesar da diferença numérica, verifica-se um perfil semelhante quanto às variáveis estudadas para o conjunto das produções.<hr/>The purpose of this study was to outline a profile of the scientific literature concerning brief psychotherapies in Brazil and other countries of Latin America, from 1990 to 2000, based on an electronic databases survey. Data obtained from Lilacs, PsycINFO, Medline, Adolec, Scielo, MedCarib, Brazilian Thesis, PAHO and WHOLIS resulted in 81 abstracts analyzed according to the: production distribution, authorship, affiliation, source, publication year, language, document type, population, theoretic approach and publication type. Results suggested that: 1) the electronic databases are currently important sources for accessing the Brazilian brief psychotherapy production, but not for the other Latin America countries; 2) despite the quantitative difference of both productions, a similar profile may be verified respecting many of the variables under study. <![CDATA[<B>The dentist's behavior analysis in the context of children treatment</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-294X2004000300016&lng=en&nrm=iso&tlng=en A pesquisa comportamental em odontologia tem permitido reconhecer padrões de interação do cirurgião-dentista com seu cliente, assim como, propor formas de intervenção sistemática que contribuam para a facilitação do atendimento clínico. Este trabalho teve como objetivo analisar funcionalmente os comportamentos do cirurgião-dentista em uma seqüência de sessões de atendimento odontológico de uma criança. Todas as sessões foram registradas em vídeo e os episódios de interação comportamental profissional-cliente descritos na íntegra. Os comportamentos foram classificados em categorias conforme sua funcionalidade. Os resultados mostraram que o tratamento odontológico envolve um controle bidirecional entre seus participantes ativos. O dentista utiliza-se da instrução e distração, enquanto estratégias de manejo de comportamentos colaborativos, assim como, de contenção física e punição verbal para o controle de eventos não-colaborativos. Os resultados permitiram supor que o que leva o dentista a atuar de modo particular, parece ser o padrão comportamental da criança, assim como sua história de aprendizagem ao contexto de tratamento.<hr/>Behavioral research in Dentistry has created possibilities of knowing different patterns of interaction between dentist and patient as well as procedures to improve dental care. The aim of the present study was to analyze the behavior of two dentists and a five-year old child, during clinical dental treatment. Dental treatment events were recorded and then described based on a functional analysis framework. Behaviors were classified into categories and analyzed in terms of actions-antecedent and consequential events. Results showed that dental treatment involves a bi-directional control of patient and dentists' behavior. Instruction and distraction were the main management procedures of cooperative behavior. Physical restraint and verbal punishment were often used to control uncooperative behaviors. The results showed that what leads a dentist to have such behavior might be closely related to how the patient behaves as well as how much expertise the dentist has on dental treatment for children. <![CDATA[<B>Perception and judgment of organizational retaliation</B>: <B>construction and factorial validation of an instrument</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-294X2004000300017&lng=en&nrm=iso&tlng=en Este artigo apresenta dois estudos sobre a construção e a validação de um instrumento de medida da percepção e do julgamento da retaliação organizacional. No primeiro estudo, a escala composta inicialmente por 31 itens foi aplicada a uma amostra de 187 sujeitos. Os dados foram submetidos à análise fatorial e eliminaram-se os itens que não alcançaram o critério de carga fatorial estipulado, permanecendo 15 itens na solução final. Os resultados apontam uma estrutura unifatorial para a percepção (alfa = 0,95) e para o julgamento da retaliação (alfa = 0,89). No segundo estudo (N = 313), a análise fatorial confirmatória reafirma a estrutura fatorial obtida. As escalas de percepção e julgamento demonstram validade fatorial com índices de precisão que as indicam para aplicações no âmbito científico e, comparadas a estudos anteriores, apresentam avanços que vão de uma concepção comportamental para uma concepção perceptiva e avaliativa da retaliação organizacional.<hr/>This article presents two studies about the construction and validation of an instrument to measure the perception and the judgment of the organizational retaliation. In the first study, the scale initially composed by 31 items was applied to a sample of 187 subjects. Data were submitted to factor analysis and the items that did not achieve the established criterion of factor charge were eliminated, so that in the final solution there were 15 remaining items. The results point to a one-factor structure for perception (alpha = .95) and for retaliation judgment (alpha = .89). In the second study (N = 313), the confirmatory factor analysis reaffirms the factorial structure obtained. The scales of perception and judgment demonstrate factorial validity with precision indexes that indicate them to be applied in the scientific sphere, which, compared to previous studies, present advances from a behaviorist conception to a perceptive and evaluative conception of the organizational retaliation. <![CDATA[<B>Stress and family relationships from the perspective of siblings of individuals with pervasive developmental disorders</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-294X2004000300018&lng=en&nrm=iso&tlng=en Os Transtornos Globais do Desenvolvimento (TGD) caracterizam-se pelo comprometimento da interação social, pelo uso estereotipado e repetitivo da linguagem e pela presença de comportamentos repetitivos com interesses restritos. A maioria dos estudos nessa área focaliza o impacto dos TGD nos pais, ao passo que pouca atenção tem sido dada ao impacto nos irmãos. O presente estudo objetivou investigar a presença de indicadores de estresse e a qualidade das relações familiares em irmãos de indivíduos com e sem TGD. Participaram 62 crianças e adolescentes com idades entre 8 e 18 anos. Os resultados revelaram a ausência de indicadores de estresse nos grupos investigados. Os dados corroboram as premissas do metamodelo de Adaptação da Família à Doença Crônica, ao demonstrar que a presença de um membro com TGD na família não representa, obrigatoriamente, um evento adverso para os irmãos, desde que haja qualidade nas relações familiares e uma rede de apoio.<hr/>The Pervasive Developmental Disorders (PDD) can be described as a severe developmental disorder that presents deficits in reciprocal social interaction, communication and restricted and repetitive interests and behaviors. Most studies focus the impact of parenting an individual with PDD. However less research has investigated how autistic individuals affect their siblings. The goal of this study was to evaluate indicators of stress and the quality of family interactions in siblings of autistic individuals compared to siblings of normally developing individuals. Sixty-two siblings between the ages of 8 and 18 participated in this investigation. Results indicated that siblings of individuals with autism, as well as comparison siblings, do not report stress. The results of this investigation suggest that the presence of a family member with PDD does not necessarily represent an adverse event for the siblings. This could be due to the quality of family relations and availability of social support. <![CDATA[<B>Anxiety and learning</B>: <B>peer interaction in solving algebraic problems</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-294X2004000300019&lng=en&nrm=iso&tlng=en Partindo de uma perspectiva construtivista e interacionista, pesquisadores têm apontado o conflito sócio-cognitivo como situação que favorece o desenvolvimento cognitivo em estudantes que resolvem problemas conjuntamente. Com base no pressuposto de que elementos afetivos estão interligados aos sociais e cognitivos, o estudo teve por objetivo observar como oito duplas de estudantes de sexta e sétima séries gerenciavam, simultaneamente, a busca de solução para quatro problemas algébricos, a relação interpessoal e a ansiedade gerada pelas dificuldades eventualmente encontradas. As sessões foram videografadas e analisadas qualitativamente. Observou-se que: (1) todas as duplas manifestaram ansiedade relacionada às dificuldades da tarefa; (2) uma boa interação facilitou o gerenciamento dessa ansiedade; (3) uma má interação piorou o desempenho, sendo fonte adicional de ansiedade e desencorajando o desencadeamento de conflitos sócio-cognitivos; (4) uma boa interação e um gerenciamento adequado da ansiedade não puderam garantir um bom desempenho na tarefa quando, a pelo menos um dos participantes, faltavam os requisitos cognitivos mínimos para dominá-la.<hr/>From a constructionist and interactionist perspective, researchers have shown that the socio-cognitive conflict leads to a cognitive development by students in solving-problem tasks in small groups. Based on the paradigm that affective factors are interconnected to the social and cognitive ones, this study aimed to observe sixteen 6th and 7th grade students in working in pairs, how they manage simultaneously: the solution search to four given algebraic problems, the interpersonal relationship and the anxiety generated by the difficulties eventually found. The sessions were recorded in video and qualitatively analyzed. It was observed that: (1) all groups manifested anxiety related to the difficulties of the task; (2) good interactions facilitated anxiety management; (3) bad interactions worsened performance, were additional source of anxiety and inhibited the emergence of socio-cognitive conflicts; (4) good interactions and appropriate management of anxiety benefited a good performance on the task, but could not assure a good performance when at least one participant did not have the minimum cognitive prerequisites to accomplish it. <![CDATA[<B>Marital satisfaction in long lasting marriages</B>: <B>a feasible construction</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-294X2004000300020&lng=en&nrm=iso&tlng=en O relacionamento conjugal está associado à saúde e qualidade de vida, principalmente nos anos de maturidade e velhice, embora o fato de um casamento durar não necessariamente signifique que o mesmo é satisfatório para os cônjuges. O objetivo do presente estudo foi identificar os processos e variáveis associadas à satisfação conjugal em casamentos de longa duração, ou seja, mais de 20 anos. Trinta e oito casais paulistas responderam a um conjunto de questionários já utilizados em estudo multicultural prévio (Estados Unidos, Suécia, Alemanha, Holanda, Canadá, África do Sul, Israel e Chile). Em cerca de metade dos casais estudados, ao menos um dos cônjuges estava satisfeito. Comparando-se casais satisfeitos e insatisfeitos foi possível identificar que a satisfação aumenta quando há proximidade, estratégias adequadas de resolução de problemas, coesão, boa habilidade de comunicação, se os cônjuges estiverem satisfeitos com seu status econômico e forem praticantes de sua crença religiosa.<hr/>Marital relationship is related with couple's health and quality of life, especially during the adulthood and the aging years. However, the fact that a marriage is long lasting, does not mean it is necessarily satisfactory to the partners. This paper aims to identify the processes and variables associated to satisfaction in long lasting marriages (those longer than 20 years). Thirty eight couples from São Paulo, Brazil, answered a set of questionnaires used previously in multicultural studies carried out in Sweden, USA, Germany, Canada, Netherlands, South Africa, Israel and Chile. In about half of these couples, at least one consort was found satisfied. Comparing satisfied and unsatisfied couples, it became clear that higher levels of satisfaction are found among couples who have adequate strategies for problem solving, proximity, cohesion, good communication skills; who are religiously active and satisfied with their economical status. <![CDATA[<B>Psychologist mothers or mother psychologists</B>: <B>vicissitudes in childrearing practices</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-294X2004000300021&lng=en&nrm=iso&tlng=en No processo de alterações de valores ocorrido durante o século XX, a Psicologia e a Psicanálise emergiram como saberes norteadores para a conduta dos pais, e sua difusão tem sido considerada fonte de dificuldades para estes. Este trabalho busca contribuir para a compreensão do papel de tais saberes na vivência de mães, através de entrevistas realizadas com mães psicólogas atuantes clinicamente com orientação psicanalítica. Utilizou-se a história de vida temática, que prevê inicialmente o relato da história de vida, complementada por um conjunto de tópicos previamente definidos pelo pesquisador. As entrevistas foram gravadas, transcritas e analisadas qualitativamente. Resultados apontam que a importância do contato e trabalho com Psicologia e Psicanálise para a maternidade envolve a dimensão do conhecimento teórico e também do trabalho emocional na própria análise, que permite uma assimilação diferenciada do conhecimento técnico. Um outro dado não previsto e enfatizado foi a vivência da maternidade modificando a atuação profissional.<hr/>In the process of change of values occurred in the 20th century, Psychology and Psychoanalysis emerged as scientific guides for parents' behavior, and their diffusion has been considered source of difficulties for them. This work intends to contribute to the understanding of the role of such knowledge systems, through interviews with psychologist mothers who work as psychotherapists in psychoanalytical orientation. Thematic history of life was used at first, foreseeing the narrative of history of life, complemented by a set of topics previously defined by the researcher. The interviews were recorded, transcribed and qualitatively analyzed. Results point to the importance of contact and work with Psychology and Psychoanalysis for maternity involving the dimension of theoretical knowledge and also the emotional work in self analysis, allowing a differentiated assimilation of technical knowledge. A not foreseen and emphasized datum was the experience of maternity modifying professional performance. <link>http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-294X2004000300022&lng=en&nrm=iso&tlng=en</link> <description/> </item> </channel> </rss> <!--transformed by PHP 11:07:01 20-07-2018-->