Scielo RSS <![CDATA[Revista Brasileira de Educação Especial]]> http://www.scielo.br/rss.php?pid=1413-653820160004&lang=en vol. 22 num. 4 lang. en <![CDATA[SciELO Logo]]> http://www.scielo.br/img/en/fbpelogp.gif http://www.scielo.br <![CDATA[Editorial]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-65382016000400475&lng=en&nrm=iso&tlng=en <![CDATA[Schooling and Institutionalization of Children with Down Syndrome: Experiences of Portuguese Elderly Couples]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-65382016000400477&lng=en&nrm=iso&tlng=en RESUMO: este estudo teve como objetivo explorar as experiências de casais idosos portugueses com a educação e institucionalização de seus filhos com Síndrome de Down (SD). Foi desenvolvido através do método da história oral, com a participação de catorze casais. Os dados foram obtidos através de entrevista semiestruturada e analisados com base na análise de conteúdo. Os resultados deste estudo evidenciaram que, à época, as condições de atendimento e apoio a crianças com necessidades especiais eram precárias. A quase totalidade das crianças enfrentou a exclusão escolar, em decorrência da falta de estrutura das escolas e falta de preparação do corpo docente para lidar com as necessidades dos filhos. A institucionalização foi motivo de satisfação e contentamento para alguns casais, pela oferta de oportunidades de desenvolvimento e apoio de profissionais especializados. No entanto, também revestiu-se de preocupação pelo pouco e tardio investimento na aprendizagem cognitiva dos filhos, o que comprometeu o seu desenvolvimento neste aspecto. Neste sentido, a escassez de políticas educacionais, em Portugal, dificultou o desenvolvimento intelectual destes jovens, limitando-os e impedindo-os de usufruírem de um futuro laboral a que tinham direito e de exercer plenamente os seus direitos de cidadania.<hr/>ABSTRACT: This study aimed to explore the experiences of Portuguese elderly couples with education and institutionalization of their children with Down Syndrome (DS). The study was developed through oral history method, with the participation of fourteen couples. Data were collected through semi-structured interviews and analyzed based on content analysis. The results of this study showed that, at the time, the conditions of service and support to children with special needs were precarious. Almost all the children faced exclusion from school, due to the lack of school structure and lack of preparation of teachers to handle the needs of children. Institutionalization was a source of satisfaction and contentment for some couples, as they offered opportunities for development and professional support. However, they showed concern for the poor and tardy investment in the cognitive learning of their children, which hindered their development in this respect. In this sense, the lack of educational policies in Portugal hampered these young people's intellectual development, limiting them and preventing them from enjoying a future of labor to which they are entitled and to fully exercise their citizenship. <![CDATA[Development Indicators in Children and Adolescents with IQ Equal to or Below 70]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-65382016000400493&lng=en&nrm=iso&tlng=en RESUMO: este estudo teve o objetivo de buscar indicadores de desenvolvimento em crianças e adolescentes com dificuldades para aprender, com QI igual ou inferior a 70 no teste WISC-IV (compatível com o valor delimitado para o diagnóstico de deficiência intelectual). Fundamentou-se na perspectiva histórico-cultural do desenvolvimento humano proposta por Vygotsky, especialmente no que se refere à distinção entre desenvolvimento real e potencial. Foram relatados estudos de caso com duas crianças. A coleta de dados ocorreu a partir de gravações em áudio de entrevistas semiestruturadas com os pais/responsáveis e com os profissionais da escola em que os participantes estavam matriculados, e gravações em vídeo das sessões de atendimento de um serviço de educação não formal que as crianças participavam regularmente. A análise de dados envolveu transcrição das entrevistas e elaboração de quadros com os modos de participação social e processos mentais superiores relatados, de cada criança/adolescente; exame das filmagens das sessões de atendimento, com transcrição e análise microgenética de episódios significativos. Os dados sugerem que, ao se enfatizar a busca de indicadores de desenvolvimento, pode-se obter uma visão abrangente de cada caso, de forma a contemplar, para além das limitações, as potencialidades das crianças e dos adolescentes.<hr/>ABSTRACT: This study aimed to identify development indicators in children and adolescents with learning difficulties, with IQ equal to or below 70 in the WISC-IV test (compatible to the delimited value for diagnosis of intellectual disability). It was based on the historical-cultural perspective of human development proposed by Vygostsky, especially in relation to the distinction between real and potential development. This research reports two case studies with a child and a teenager. Data was collected from audio recordings of semi-structured interviews with parents/responsible person and the professionals of the schools they were enrolled, as well as video recordings of the service sessions in an informal educational project the child and teenager regularly attended. Data analysis involved transcriptions of the interview and construction of tables with the child/teenager's social participation modes and superior mental processes, analysis of the service sessions recordings with transcriptions and micro genetic analysis of significant episodes. Data suggest that, when emphasizing the search for development indicators, it is possible to have a wide view of each case in a way to contemplate, beyond limitations, children and teenagers' potentialities. <![CDATA[Analysis of Cinematographic Works to Understand Teachers’ Conceptions of Students with Disabilities]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-65382016000400511&lng=en&nrm=iso&tlng=en RESUMO: o movimento de inclusão dos alunos com deficiência no ensino básico apresenta dificuldades de efetivação, principalmente pelo forte bloqueio dos professores ante esses discentes em sala de aula, fato que advém, sobretudo, das concepções negativas de deficiência que mediam as relações de ensino e interferem no processo de inclusão. Essas noções são construídas historicamente e reforçadas pelos grandes meios de comunicação social. Partindo da ideia de que hoje o cinema se configura como um dos principais disseminadores de comportamentos, este estudo objetiva refletir as relações entre as representações dos sujeitos com deficiência e as concepções que mediam a interação dos professores com seus alunos. Para tanto, levantamos filmes recentes que têm a deficiência como temática, organizamos os resultados em gráficos com variáveis quantitativas e relacionamos esses dados com estudos sobre cinema e deficiência e considerações da perspectiva histórico-cultural, que permitem fundamentar que as relações sociais influenciam na constituição pessoal dos indivíduos. Encontramos 250 filmes e verificamos que a representação atual mais comum é pela dramatização pessoal. A análise das obras cinematográficas permitiu identificar que as concepções de limitação dos professores sobre seus alunos com deficiência fazem parte de um imaginário social que vem sendo retratado e reafirmado, também, pelo cinema. É possível propor discussões com os docentes sobre o modo como a pessoa com deficiência é retratada: apenas por sua incapacidade e não por suas qualidades. Essa ideia socialmente estigmatizada em geral faz com que ele limite esses alunos, sem explorar seus potenciais.<hr/>ABSTRACT: The movement to include students with disabilities in basic education faces difficulties of implementation, especially due to the block teachers have with these learners in their classroom, fact that derives especially from the negative conceptions of disabilities that mediate education relations and interfere with the inclusion process. These notions are historically constructed and strengthened by major social communication media. Starting from the idea that today movies are configured as one of the main behavior disseminators, this study aims to reflect on the relations between the representations of people with disabilities and the conceptions that mediate the interactions between teachers and their students. Thus, recent movies focused on the theme disabilities were collected, the results were organized in graphics with quantitative variables and these data were related to studies about movies and disabilities and considerations of the historical and cultural perspective, which allow to argue that social relations influence the personal constitution of the individuals. We found 250 films and verified that the most common current representation is of personal dramatization. The analysis of the cinematographic works allowed to identify that the conceptions of limitation teachers have about their students with disabilities are part of a social imagery that has been portrayed and reiterated, also, by movies. It is possible to propose discussions with teachers on how the person with disability is portrayed: only for their disability and not for their qualities. This socially stigmatised idea, in general, prevents teachers from exploring their potentials. <![CDATA[Inclusive Education: a Study about Teacher's Training]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-65382016000400527&lng=en&nrm=iso&tlng=en RESUMO a lacuna na formação de professores é apontada por vários autores como uma das dificuldades mais significativas para a efetivação do processo de inclusão. Em decorrência de questão tão pertinente a presente pesquisa teve por objetivo investigar a formação em educação inclusiva de professores da rede pública que atuam com crianças com deficiência, em escolas regulares do ensino fundamental. Foram entrevistados 52 professores sendo: 25 professoras regentes, 17 professoras apoio e 10 professores de educação física. As entrevistas foram gravadas e transcritas. Utilizou-se a análise de conteúdo e, como referencial teórico, o Modelo Bioecológico de Desenvolvimento Humano. No que diz respeito à formação dos docentes, categorias de análises foram identificadas: o reconhecimento da importância da formação pelos docentes, a angústia pela percepção de formação insuficiente, a busca pela formação continuada ou ainda por especializações através de cursos e até mesmo pós-graduação como forma de preencher essa lacuna, crítica ao conteúdo das disciplinas cursadas, formação como facilidade de acesso à informação, distância entre teoria e prática. A inclusão de crianças com deficiência no contexto das escolas regulares ainda tem muito a avançar, principalmente no que diz respeito à formação dos professores que se relacionam diretamente com essas crianças.<hr/>ABSTRACT The gap in teacher training activities is mentioned by several authors as one of the most significant difficulties for an effective inclusion process. Due to the importance of this theme, this research aimed to investigate the inclusive education training of teachers in the public school system that work with children with disabilities in elementary general schools. The participants were 52 teachers and 25 regents teachers, 17 support teachers and 10 physical education teachers. The semi-structured interviews were recorded and transcribed for later analysis. We used content analysis and, as theoretical framework, the Bioecological Theory of Human Development. In relation to teacher training, the following categories were found: recognition of the importance of training by the teachers, the anguish caused by perceiving insufficient training, the search for continuing education and for specialization courses or graduate courses as a way to bridge this gap, criticism on the content of the courses taken, training as an easy way to information access and distance between theory and practice. The results indicated that the inclusion of children with disabilities in the school context still have long way to go, especially regarding the training of teachers who work directly with these children. <![CDATA[Benefits of PECS-Adapted Program for a Student with Cerebral Palsy]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-65382016000400543&lng=en&nrm=iso&tlng=en RESUMO: a comunicação humana constitui uma troca de sentimentos e necessidades entre duas ou mais pessoas, seja realizada pela linguagem oral, gestual, gráfica e/ou escrita. Com isso, este estudo teve como objetivo verificar os efeitos da implementação do Sistema de Comunicação por intercâmbio de figuras associada a metodologia do Currículo Funcional (PECS-Adaptado) em um aluno com paralisia cerebral. A pesquisa foi realizada nas dependências de uma escola de educação especial, em uma cidade de pequeno porte localizada no interior do estado de São Paulo. Participaram do estudo um aluno com paralisia cerebral e sem a fala oral, sua professora e seus pais. Os pais do aluno e a professora foram orientados para a utilização do sistema em casa e na escola, respectivamente, instrumentalizando assim interlocutores mais imediatos. A coleta dos dados durou aproximadamente sete meses. Durante a pesquisa, observou-se que o participante com paralisia cerebral aumentou suas habilidades comunicativas, de acordo com as suas necessidades e a professora e os pais compreenderam a importância do uso do sistema de comunicação alternativa para o processo de ensino e aprendizagem.<hr/>ABSTRACT: Human communication is an exchange of feelings and needs between two or more people, either carried out by oral, sign, graphic and/or written languages. Therefore, this study aimed to verify the effects of the implementation of the Picture Exchange Communication System. (PECS-adapted) for a student with cerebral palsy. The research was carried out in a special education school, in a small town in the state of São Paulo, Brazil. One non-speaking student with cerebral palsy participated in the research, his teacher and his parents. The parents and the teacher were guided in using the system at home and at school, and this instrumentalizing the most immediate partners. Data collection lasted about seven months. During the research, it was observed that the participant increased his communication skills, according to his needs, and the teacher and the parents understood the importance of using the alternative communication system for teaching and learning. <![CDATA[Referral and Profile of The Special Education Target Audience in a Multifunctional Resources Classroom: a Case Study]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-65382016000400559&lng=en&nrm=iso&tlng=en RESUMO: a definição do público-alvo da Educação Especial está na legislação. No entanto, neste percurso muitos dos alunos atendidos foram excluídos do serviço por não estarem contemplados nesta nova nomenclatura, levantando os questionamentos: estes alunos recebem algum tipo de atendimento? Mesmo não estando definidos na legislação, frequentam as Salas de Recursos Multifuncionais (SRM)? Nesse sentido, os objetivos propostos foram: pontuar os motivos para o encaminhamento dos alunos para a SRM e identificar quem são os alunos que frequentam a SRM. A metodologia da pesquisa foi baseada no estudo de caso, tendo uma SRM como lócus. Os participantes foram: a professora especialista e a coordenação da Educação Especial. Foram utilizados para a coleta de dados a entrevista semiestruturada, a análise dos documentos dos alunos que frequentavam a SRM e roteiros de observação. Para o tratamento dos dados realizou-se a triangulação de dados. Os resultados obtidos apontaram que quatro dos alunos que frequentavam o atendimento educacional especializado (AEE) na SRM possuíam deficiência intelectual, quatro eram denominados alunos com necessidades educacionais especiais, e não era necessário o laudo para a matrícula. Os motivos para o encaminhamento, em sua maioria, eram baseados no rendimento que o aluno apresentava na classe regular e se estava alfabetizado ou não; outros motivos, como deficiência e a solicitação dos pais para a avaliação, também estavam presentes. Conclui-se que o lócus da pesquisa possuía uma estrutura divergente da legislação quanto aos alunos considerados Públicos-alvo da Educação Especial.<hr/>ABSTRACT: The definition of the Special Education target-audience is described in the law. However, in the course of action many students were excluded from the service because they were not contemplated in this definition, therefore raising some questions: are these students receiving any service? Even not included by the law, are they served in the Multifunctional Resources Classrooms (MRC)? In this context, the proposed objectives were: to point out the reasons for referring students to the MRC, and to identify the students attending the MRC. The research methodology was based on the case study of a MRC. The participants were the special teacher and the coordinator of the school. Data collection was carried out through semi-structured interviews, documents of the students attending the MRC and observation protocols. Information treatment was based on data triangulation. The results showed that four students attending the Special Educational Service in the MRC had intellectual disabilities, four students were denominated as with special educational needs, and thus diagnosis was not necessary for enrollment. The reasons for referral were mostly based on the student's achievement in the general classroom and whether the student was literate or not. Other reasons, such as the presence of a disability and the parents' request for assessment were also identified. We concluded that the locus of the research had a diverse structure from what the law defines in relation to the students considered target-audience for Special Education. <![CDATA[Evaluation of Motor Development in Children with Down Syndrome]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-65382016000400577&lng=en&nrm=iso&tlng=en RESUMO: a Síndrome de Down (SD) é uma alteração genética bastante conhecida por apresentar características físicas e cognitivas, com possíveis déficits em seu desenvolvimento motor. O objetivo do estudo foi de avaliar a idade motora em crianças com a SD e apontar quais categorias psicomotoras apresentaram maiores déficits em seus resultados. Foram participantes deste estudo sete crianças diagnosticadas com a SD, sem patologias associadas e para a avaliação da idade motora foram aplicados os testes da Escala de Desenvolvimento Motor (EDM). Por tratar-se de crianças com necessidades especiais, os dados foram avaliados e tabulados individualmente. Os resultados mostraram um desenvolvimento motor geral muito inferior ao esperado para todos os participantes na mesma idade. No entanto, foi verificado que o desenvolvimento motor fino apresentou menor prejuízo na maioria dos casos. Ao contrário da organização temporal, esquema corporal e equilíbrio que foram considerados muito aquém do esperado em todas as crianças. A organização temporal foi a tarefa na qual os participantes apresentaram maior atraso motor. Conclui-se que os níveis de atraso motor em crianças com SD, embora constantemente presentes, variam conforme a tarefa solicitada e de acordo com as individualidades de cada sujeito.<hr/>ABSTRACT: Down Syndrome (DS), is a genetic disorder well known for presenting physical and cognitive characteristics, with possible deficits in motor development. The present study aimed to evaluate the motor age in children with DS and point out which psychomotor categories showed higher deficits. The subjects of this study were seven children diagnosed with SD without associated pathologies. For evaluating the motor age, we applied Motor Development Scale (MDS) tests, which uses a set of tasks that culminate in a score, and subsequently classifies participants in relation to motor development. Because the participants were children with special needs, data were analyzed and tabulated separately. Results showed a that general motor development was much lower than expected for all participants at the same age. However, it was found that the fine motor development showed less impairment in most cases. Unlike temporal organization, body scheme and balance were considered much below the expectations for all children. Temporal organization was the poorest scored task. We concluded that motor delay levels in children with DS, although constantly present, vary according to the requested task and according to the individualities of each individual. <![CDATA[Blind Students and the Learning of Genetics in Classroom: Teacher's and Student's Perceptions]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-65382016000400589&lng=en&nrm=iso&tlng=en RESUMO: percepções de professores e alunos de turmas mistas sobre o processo de ensino-aprendizagem de genética foram investigadas. As concepções dos professores foram obtidas a partir de questionários mistos e a dos alunos a partir de questionários baseados na escala de Likert. A análise dos resultados seguiu uma abordagem diferencial (sem grupo de comparação). Os dados foram categorizados seguindo os princípios da análise de conteúdo, seguido de um tratamento quali-quantitativo. Os resultados evidenciaram a forte influência de referências visuais nas percepções de professores e alunos videntes sobre as dificuldades enfrentadas na aprendizagem de genética. Embora alunos videntes e professores reconheçam que as imagens utilizadas nas aulas de genética sejam recursos facilitadores da aprendizagem de conceitos abstratos, continuam apresentando dificuldades a despeito do uso de estratégias visuais. Por outro lado, os alunos cegos sinalizaram os prejuízos decorrentes do uso acrítico desses recursos, posto que, dificultam a apreensão dos conceitos. Assim, parece que o primado da visão cega a todos, impedindo a percepção de que para além do ver está o ato construtivo do conhecer e que, pessoas desprovidas dessa cegueira, o caso dos cegos, podem indicar caminhos diferentes daqueles pré-estabelecidos para a apreensão de conceitos não visuais.<hr/>ABSTRACT: The perceptions of teachers and students (in classrooms with young people with and without blindness) about the teaching and learning of genetics were investigated through a semi-structured questionnaire for teachers and a Likert scale questionnaire for students. Data analysis followed a differential approach, without a comparison group. Data were categorized according to content analysis, followed by a qualitative and quantitative treatment. Results evidenced a strong influence of visual reference both for teachers' and typical students' perceptions about the difficulties in learning genetics. Although typical students and teachers recognize that images used in genetics classes are facilitating tools of abstract concepts, they still present difficulties despite the use of visual strategies. On the other hand, blind students pointed to the damages caused by the acritical use of these resources, as they hindered the learning of concepts. Thus, it seems that the primacy of visual reference blinds us all, blocking the perception that beyond seeing is the constructive act of knowing, and that people who cannot see may indicate different paths from the ones pre-established for learning non-visual concepts. <![CDATA[Visuo-Tactile and Visual-Auditory Sensory Substitution in People with Visual Impairment: a Systematic Review]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-65382016000400605&lng=en&nrm=iso&tlng=en RESUMO: buscando conhecer a produção científica atual sobre substituição sensorial, o objetivo desse estudo foi analisar os métodos e dispositivos de substituição sensorial destinados a pessoas com deficiência visual que são apresentados em pesquisas empíricas no formato de artigos científicos. Trata-se de uma revisão sistemática da literatura cuja fonte de dados foram artigos publicados em periódicos disponíveis online na base de dados Portal de Periódicos da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, nas línguas portuguesa e inglesa, nos últimos cinco anos. Os descritores usados foram: substituição sensorial, substituição visuo-tátil, substituição sensorial visuo-auditiva e seus correspondentes na língua inglesa. As buscas retornaram 186 artigos. Após a seleção a partir da leitura do título e resumo restaram 11 artigos considerados como amostra final da revisão. A revisão reportou apenas artigos internacionais. Foram identificados alguns métodos e dispositivos de substituição sensorial, nos quais a maioria propõe avaliações desses dispositivos em situações de navegação em diferentes espaços e identificação de barreiras e obstáculos no ambiente. Exceto por um artigo, os demais realizaram suas investigações em situações ideais de laboratório. Os resultados dos estudos são, na maioria, de natureza quantitativa, nos quais as percepções dos usuários com deficiência visual não são consideradas, em contrapartida o foco é direcionado para validar a eficiência do dispositivo de substituição sensorial. Considera-se necessário aprofundamento de pesquisas na área abrangendo outras fontes como teses e dissertações. Ressalta-se a necessidade do investimento em estudos sobre esse tipo de recurso de modo a favorecer o acesso da população com deficiência visual.<hr/>ABSTRACT: In an attempt to acknowledge the scientific literature on sensory substitution, the aim of this study was to analyze the methods and devices for sensory substitution for visually impaired people presented in empirical research in scientific articles. This is a systematic review of the literature whose source of data were articles published in online journals in Portal de Periódicos da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, in Portuguese and English in the last five years. The keywords were: sensory substitution, visuo-tactile substitution, visuo-auditory sensory substitution and their matches in Portuguese. The searches retrieved a total of 186 articles. After the selection from reading the titles and the abstracts, the corpus consisted of 11 articles which were considered for the final sample. The review only reported international articles. Some methods and sensory substitution devices were identified; most research proposed evaluating these devices in situations of navigating in different spaces, and identifying barriers and obstacles in the environment. Except for one article, the others carried out their research in ideal laboratory conditions. The results of the studies are mostly quantitative in which the perceptions of visually impaired users are not considered, however, the focus is directed to validate the efficiency of the sensory substitution devices. We considered that it is necessary to deepen the research in the area covering other sources such as theses and dissertations. The need for investment is also emphasized in studies of this type of resource to favor the access for visually impaired population. <![CDATA[Literacy Process in Students with Autism Spectrum Disorder (ASD): a Review Study]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-65382016000400619&lng=en&nrm=iso&tlng=en RESUMO: dois objetivos são identificados no presente artigo: (a) contrastar o processo de desenvolvimento da leitura em pessoas com desenvolvimento típico e Transtorno do Espectro do Autismo (TEA) e (b) relatar os resultados de um estudo de revisão de pesquisas, publicadas em periódicos científicos, no período 2009-2015, sobre práticas interventivas em leitura, utilizadas no atendimento de indivíduos com TEA. Os resultados das pesquisas revelam que esses indivíduos, tipicamente, evidenciam déficits no processo de aquisição de competências em leitura. Assinale-se que os prejuízos na integração de informações, para fins de compreensão textual é prevalente, sendo apontado como um dos fatores críticos a serem tratados. Os problemas de leitura identificados nessa população podem, no entanto, ser remediados por meio de adaptações de estratégias empregadas com educandos com desenvolvimento típico. O artigo discute, por fim, a escassez de estudos nacionais que abordam essa temática e a carência de políticas educacionais que prezem pela adoção de modelos interventivos respaldados em pesquisas científicas.<hr/>ABSTRACT: Two objectives were identified in this article: (a) to contrast the reading development process in people with typical development and Autism Spectrum Disorder (ASD) and (b) to report the results of a review study focused on interventional practices published in scientific journals between 2009 and 2015. The results showed that individuals with ASD typically show deficits in reading development. Failure to integrate written information for textual understanding is prevalent and considerate a critical factor to be addressed. Reading problems identified in this population may, however, be remedied by adapting strategies commonly used with typically developing peers. The article further discusses the limited number of published national studies that address this issue and the lack of educational policies that support the use scientifically based practices.