Scielo RSS <![CDATA[Revista Brasileira de Educação Especial]]> http://www.scielo.br/rss.php?pid=1413-653820180003&lang=en vol. 24 num. 3 lang. en <![CDATA[SciELO Logo]]> http://www.scielo.br/img/en/fbpelogp.gif http://www.scielo.br <![CDATA[Luso-Brazilian Comparative Study on Initial Education of Teachers in High Abilities/Giftedness With Focus on Curricular Contents]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-65382018000300309&lng=en&nrm=iso&tlng=en RESUMO: Alunos com altas habilidades/superdotação (AH/SD) fazem parte do público-alvo da Educação Especial. Assim, suas particularidades requerem medidas educacionais apropriadas ao desenvolvimento máximo de suas potencialidades, envolvendo planejamento e implementação de estratégias pedagógicas condizentes com as necessidades dos estudantes, o que perpassa pela necessidade de formação de professores. Nessa perspectiva, julga-se imprescindível que o educador possua conhecimentos sobre a temática das AH/SD para que possa desenvolver práticas que favoreçam o crescimento dos potenciais e das habilidades dos alunos. Desse modo, este artigo teve por objetivo analisar os currículos da formação de professores que atuarão junto a crianças dos três aos 10 anos de idade, em duas universidades públicas, uma brasileira (Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho"; UNESP, Campus de Marília) e outra portuguesa (Universidade do Minho; UMinho, Campus de Gualtar). O intuito é verificar se as AH/SD constituem, ou não, um conteúdo disciplinar presente na formação inicial oferecida. A partir da análise dos planos de ensino das disciplinas, encontraram-se indícios de que tal temática é abordada no curso de Pedagogia da UNESP e nos Mestrados em Ensino da UMinho. Pretende-se, dessa maneira, dar continuidade a essa investigação a fim de confirmar esses resultados a partir de entrevistas com os docentes e estudantes dessas universidades.<hr/>ABSTRACT: Students with high abilities/giftedness are part of the target public of Special Education. Thus, their particularities require educational measures appropriate to the maximum development of their potential, involving planning and implementation of pedagogical strategies consistent with the needs of students, pointing to the need for teacher education. From this perspective, it is considered essential that the educator has knowledge about the subject with high abilities/giftedness so that he/she can develop practices that favor the growth of students’ potentials and abilities. Thus, this paper aimed to analyze the curricula of teacher education that will work with children from three to 10 years of age in two public universities, one Brazilian (Universidade Estadual Paulista ‘Júlio de Mesquita Filho’, UNESP, Marília Campus) and another, Portuguese (Universidade do Minho, UMinho, Gualtar Campus). The purpose is to verify whether or not high abilities/giftedness constitute a disciplinary content in the initial education offered. From the analysis of the teaching plans of the disciplines, there were indications that this theme is addressed in the course of Pedagogy of UNESP and in the Masters’ in Teaching of UMinho. In view of this, the intention is to continue this investigation in order to confirm these results through interviews with the professors and students of these universities. <![CDATA[Introduction to the Use of a Tablet for Alternative Communication By An Adolescent with Cerebral Palsy]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-65382018000300327&lng=en&nrm=iso&tlng=en RESUMO: Esta pesquisa teve como objetivo avaliar a transição da prancha de comunicação em papel para a prancha de comunicação no tablet para uma jovem com paralisia cerebral, tendo em vista verificar a efetividade do uso desse recurso de tecnologia assistiva como um equipamento alternativo para a comunicação. Participou do estudo uma jovem com paralisia cerebral usuária de prancha de comunicação em papel tendo como material para construção uma pasta, velcro e cartões de palavras. Foi utilizado um delineamento de comparação entre intervenções com reversão com as seguintes fases experimentais: A1. e A2. não há intervenção; B. implementação de acessibilidade ao tablet; BC. implementação de acessibilidade ao tablet somada a órtese de posicionamento; BCD1. e BCD2. implementação de acessibilidade ao tablet somada à órtese de posicionamento e às modificações na mesa de apoio. Ao investigar o uso do tablet associado aos recursos de tecnologia assistiva implementados os resultados alcançados indicam dados positivos quanto aos procedimentos de ensino estabelecidos para a implementação do tablet em substituição à prancha em papel.<hr/>ABSTRACT: This research aimed to evaluate the transition from communication through paperboard to communication through a tablet for an adolescent with cerebral palsy in order to verify the effectiveness of using this assistive technology resource as an alternative form of communication. The participant of this study was an adolescent with cerebral palsy who uses a paper communication board in conjunction with a folder, Velcro and word cards. A design of comparison between interventions with reversion were used with the following experimental phases: A1. and A2. Also, without intervention; B. Implementation of accessibility to the tablet; BC. Implementation of accessibility to the tablet plus the orthosis for positioning; BCD1. and BCD2, implementation of accessibility to the tablet plus the positioning orthosis and modifications in the table of support. When investigating the use of the tablet associated with the implemented resources of assistive technology the results indicated a positive data related to the teaching procedures established with the implementation of the tablet instead of the paperboard. <![CDATA[Bibliographical Survey on Special Education and Teaching Science in Brazil]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-65382018000300343&lng=en&nrm=iso&tlng=en RESUMO: Com a Declaração Mundial de Educação para Todos, o Brasil optou por construir um sistema de educação inclusivo. Desse modo, é necessário que a Educação Especial seja também objeto de pesquisa sobre o Ensino de Ciências, mas estudos indicam que há pouca pesquisa na área. Assim sendo, o objetivo deste trabalho foi realizar um levantamento bibliográfico nacional e avaliar como a área de pesquisa em ensino de Ciências tem abordado a temática Educação Especial. A pesquisa bibliográfica foi realizada por meio dos procedimentos de revisão definidos pela Análise de Conteúdo e utilizou como corpus de informação seis periódicos acadêmico-científicos de estratos A1 e A2 definidos pelo qualis da CAPES. As buscas foram realizadas a partir de cinco descritores: inclusão, educação inclusiva, educação especial, necessidades educacionais especiais e formação de professores. Em função dos critérios de seleção, foram encontrados apenas 28 artigos: 15 sobre ensino e aprendizagem de Ciências; 12 sobre formação de professores de ciências na perspectiva da educação especial e 1 sobre avaliação e currículo para a Educação Especial. Esses trabalhos, em sua maioria, foram escritos por Éder Pires de Camargo e Anna Maria Canavarro Benite, e o ensino de Física para deficientes visuais é a temática que mais tem sido publicada. As publicações tiveram início em 2006, com o maior número de publicações em 2015. Conclui-se que ainda é incipiente o número de pesquisas na área, possuindo pouca representatividade frente ao total de publicações nas revistas mais bem avaliadas da área.<hr/>ABSTRACT: With the World Declaration of Education for All, Brazil has opted to build an inclusive education system. Thus, it is necessary that Special Education is also the subject of research on Teaching Science, but studies indicate that there is little research in this area. As such, the aim of this work was to carry out a national bibliographical survey to evaluate how the research area of teaching Science has approached the Special Education theme. The bibliographic research was carried out in line with the revision procedures defined by Content Analysis and used six journals of strata A1 and A2 defined by CAPES qualis as corpus of information. The searches were carried out from five descriptors: inclusion, inclusive education, special education, special educational needs and teacher education. According to the selection criteria, only 28 papers were found: 15 on teaching Science and learning; 12 on the education of Science teachers from the perspective of Special Education and one on evaluation and curriculum for Special Education. Most of these works were written by Éder Pires de Camargo and Anna Maria Canavarro Benite, and the teaching of Physics for the visually impaired is the theme that has been published the most. The publications began in 2006, reaching the largest number of publications in 2015. The results show that the amount of research in this area is still incipient, having little representation compared to the total number of publications in the best evaluated journals. <![CDATA[Social Representations and Special Education Teacher’s Epistemological Conceptions of Learning]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-65382018000300359&lng=en&nrm=iso&tlng=en RESUMO: O propósito deste artigo foi investigar as concepções epistemológicas de aprendizagem de professores (n = 12) no decorrer do programa de formação continuada de uma Escola de Educação Básica Modalidade Especial de Curitiba/PR. A pesquisa qualitativa desenvolveu-se a partir da perspectiva fenomenológica hermenêutica, apoiando-se na Teoria das Representações Sociais como um recurso teórico e metodológico para a análise dos dados. Foi utilizado o software IRAMUTEQ para análise estatística dos dados obtidos por meio do protocolo de observação dos encontros. O programa de formação continuada aconteceu em oito encontros com duração de duas horas cada. A cada encontro, um pesquisador registrava as falas dos participantes (registro da temática), e outro, os movimentos do grupo (registro da dinâmica). Os registros das falas dos professores no decorrer dos encontros formaram um corpo textual que foi submetido à análise de similitude e a representação gráfica nuvem de palavras pelo software IRAMUTEQ, dando origem às categorias de análise. As concepções epistemológicas de aprendizagem inatista e empirista coexistiram nas representações sociais dos professores. As concepções estavam ancoradas na visão organicista da deficiência e em ideias que reforçam a falta e não as potencialidades das crianças com deficiência. Em consequência, os professores atuam no preparo da criança com deficiência para sua integração na sociedade, e não em ações educativas voltadas a sua inclusão efetiva na sociedade. Os resultados remetem à formação continuada do professor, ao fomento de discussões reflexivas junto à equipe pedagógica sobre o papel da escola especial e ao incentivo do trabalho interdisciplinar na instituição.<hr/>ABSTRACT: The purpose of this paper is to investigate the teacher’s epistemological conceptions of learning (n = 12) during the continuing teacher education program of a Basic Education School, Special modality, from Curitiba, Paraná, Brazil. The qualitative research was developed from the hermeneutic phenomenological perspective, drawing from the Theory of Social Representations as a theoretical and methodological resource for data analysis. The IRAMUTEQ software was used for statistical analysis data obtained through the protocol of the observation of the meetings. The continuing teacher education program took place over eight meetings lasting two hours each. For each meeting, one researcher registered the speeches of the participants (theme registration) and another one registered the movements of the group (dynamics registration). The register of the teachers’ statements during the meetings formed a textual body which was submitted to similarity analysis and the graphic representation of word clouds by IRAMUTEQ software, giving rise to the categories of analysis. The innate and empirical epistemological conceptions of learning coexisted in the teachers’ social representations. The conceptions were anchored in the organicist view of disability and ideas that reinforce the handicaps of children with disabilities and not their potentialities. As a consequence, teachers work on the preparation of children with disabilities for their integration into society, and not on educational actions aimed at their effective inclusion in society. The results refer to the teacher’s continuing education, the promotion of reflective discussions with the pedagogical team about the role of the special school and the encouragement of interdisciplinary work in the institution. <![CDATA[The National Policy of Special Education in The Perspective of Inclusive Education in Jundiaí: An Analysis of The Implementation Process]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-65382018000300373&lng=en&nrm=iso&tlng=en RESUMO: Este artigo tem como objetivo analisar o processo de implementação da Política Nacional de Educação Especial na Perspectiva da Educação Inclusiva (PNEE-PEI) entre os anos de 2008 e 2013 na Rede Municipal de Ensino de Jundiaí, interior de São Paulo. Duas questões direcionaram o desenvolvimento desta pesquisa: como se articula o processo de implementação da PNEE-PEI na Rede Municipal de Jundiaí e quais as consequências da implementação desta política para a Educação Especial no município. Com o intuito de alcançar o que propõe, este estudo empregou de forma integrada os métodos quantitativo e qualitativo de pesquisa. Os dados coletados foram organizados e submetidos à análise e interpretação por meio da técnica de análise de conteúdo. A pesquisa revela uma participação representativa do terceiro setor no atendimento da Educação Especial em Jundiaí nos anos que antecedem a publicação da PNEE-PEI, evidenciando uma transferência da responsabilidade estatal na oferta e na manutenção desta modalidade. Esse cenário de dominação do terceiro setor passa a modificar-se a partir da implementação da PNEE-PEI que impulsionou a construção de uma política municipal de educação inclusiva, refletindo na expansão do número de matrículas na rede regular de ensino.<hr/>ABSTRACT: This paper aims to analyze the implementation process of the National Policy of Special Education in the Perspective of Inclusive Education (known as PNEE-PEI) between 2008 and 2013 in the Teaching Municipal Network of the city of Jundiaí, state of São Paulo, Brazil. Two issues guided the development of this research: how the PNEE-PEI implementation process is articulated in the Municipal Network of Jundiaí and what the consequences of implementing this policy for Special Education in the municipality are. In order to achieve this proposal, this study used the quantitative and qualitative methods of research in an integrated way. The collected data were organized and submitted for analysis and interpretation through the technique of content analysis. The research reveals a representative participation of the third sector in the provision of Special Education in Jundiaí in the years prior to the publication of PNEE-PEI, showing a transfer of state responsibility in the provision and maintenance of this modality. This scenario of domination of the third sector began to change with the implementation of the PNEE-PEI which promoted the construction of a municipal policy of inclusive education, reflected in the expansion of the number of enrollments in the regular network of education. <![CDATA[Analysis of Sociodemographic Factors of The Pair Caregiver-Child/Adolescent With Disability: A Case-Control Study]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-65382018000300389&lng=en&nrm=iso&tlng=en RESUMO: Fatores sociodemográficos de duplas cuidador-criança/adolescente com deficiência são questões importantes, mas que ainda são pouco exploradas em estudos nacionais. O objetivo deste estudo foi analisar a associação de fatores sociodemográficos e deficiência entre pares de cuidador - criança/adolescente com e sem deficiência. Um estudo com desenho caso-controle foi conduzido. O estudo incluiu 112 pares de cuidador-criança, dos quais 56 foram crianças com deficiência (casos) e 56 crianças sem deficiência (controles). Para coleta de dados, os seguintes instrumentos foram usados: Self-Reporting Questionnaire (SRQ-20) e questionário sociodemográfico. A maioria dos pares cuidador-criança com deficiência apresentou condições sociodemográficas desfavoráveis quando comparados aos pares cuidador-criança sem deficiência. O modelo final de regressão logística indicou que cuidadores de crianças com deficiência percebem sua saúde mais negativamente, e crianças com deficiência apresentam mais restrição alimentar, fazem mais uso de medicamentos controlados e dependem mais de benefícios do governo. As variáveis associadas são fundamentais para entender mais claramente a questão da deficiência e a influência do cuidador nesse contexto.<hr/>ABSTRACT: Sociodemographic factors of the pair caregiver-child/adolescent with disability are important issues, but they are still little explored in national studies. The aim of this study was to analyze the association of sociodemographic factors and disability between pairs of caregiver - child/adolescent with and without disability. A case-control study design was used. The study included 112 caregiver-child pairs, of which 56 were children with disabilities (cases) and 56 children without disabilities (controls). For data collection, the following instruments were used: Self-Reporting Questionnaire (SRQ-20) and Sociodemographic Questionnaire. Most of the pairs caregiver-child with disability presented more unfavorable sociodemographic conditions when compared to the pair caregiver-child with no disability. The final logistic regression model indicated that caregivers of children with disabilities perceive their health more negatively, and children with disabilities present more food restrictions, make more use of controlled medications and rely more heavily on Government benefits. The associated variables are fundamental to understand the issue of disability more clearly and the influence of the caregiver in this context. <![CDATA[The Professional Education of People with Disabilities and Its Repercussions in Teacher Education]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-65382018000300407&lng=en&nrm=iso&tlng=en RESUMO: Uma política de inclusão laboral não vem descontextualizada de muitas outras, dentre elas a educacional, pois a trajetória escolar à qual as pessoas com deficiência tiveram acesso tem implicações tanto para o ingresso no mundo do trabalho quanto na formação profissional em relação ao resgate de conhecimentos prévios que poderão ser pré-requisitos para essa formação. Nessa perspectiva, constitui-se como objetivo deste artigo analisar como a inclusão de pessoas com deficiência, em cursos profissionalizantes, repercute sobre a formação de professores da Educação Profissional em dois municípios situados no estado do Rio Grande do Sul. A pesquisa caracterizou-se pela abordagem qualitativa e o método empreendido foi o estudo de caso do tipo casos múltiplos, desenvolvido a partir de questionários e de entrevistas semiestruturadas com a participação de coordenadores que estão vinculados à organização e à promoção de cursos de qualificação profissional e de professores que ministram aulas nos cursos. Os dados indicaram a necessidade de o professor da Educação Profissional ser reconhecido como um profissional da educação e não somente um profissional de áreas técnicas, com uma trajetória de vida que se sobressai somente com as experiências; a existência de um ritmo diferenciado entre as políticas de formação docente, simplificadas nessa modalidade; e as ações pedagógicas que são requeridas na profissionalização de pessoas com deficiência. Torna-se salutar, a partir do contexto investigado, a atuação da Educação Especial para além dos processos inclusivos de âmbito escolar como também no laboral pelo viés da Educação Profissional.<hr/>ABSTRACT: A policy of labor inclusion in most cases, is not a decontextualized one, as in the case of education policy, where the route of education to which people with disabilities had access, has implications for both the entrance into the world of work and for professional education in relation to the regaining of knowledge which may be prerequisites for such education. From this perspective, the aim of this paper was to analyze how the inclusion of people with disabilities in professional courses has repercussions on the education of teachers in Professional Education, in two municipalities located in the state of Rio Grande do Sul, Brazil. This research is characterized by a qualitative approach and the method was the case study of multiple cases, developed from questionnaires and semi-structured interviews with the participation of coordinators who are involved in the organization and promotion of professional qualification courses and the teachers involved in them. The data indicated the need of the Professional Education teacher to be perceived as a professional of education and not only a professional in technical areas, with a life trajectory that not only stands out with experiences but also; the existence of a distinguishable process between the policies of teacher education, simplified for this level of education; and the pedagogical actions that are required for the professionalization of people with disabilities. From the context investigated, the professional performance of Special Education beyond the inclusive processes of the school remit, and also in the labor context through Professional Education are valuable and beneficial. <![CDATA[School Psychology and Inclusive Education: Performance With Teachers]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-65382018000300427&lng=en&nrm=iso&tlng=en RESUMO: Esta pesquisa objetivou analisar a atuação do psicólogo escolar junto aos professores frente à Educação Inclusiva. A metodologia utilizada foi qualitativa do tipo exploratório-descritiva. Os participantes foram dez psicólogos escolares que atuavam em instituições privadas de ensino. O instrumento de coleta de dados foi um roteiro de entrevista semiestruturada. O procedimento de análise de dados utilizado foi a análise de conteúdo. Os resultados obtidos implicaram em três categorias: demandas inclusivas direcionadas ao psicólogo escolar; atividades desenvolvidas pelo psicólogo escolar junto aos professores; e resultados da atuação do psicólogo escolar junto aos professores. Os resultados evidenciaram a existência de demandas inclusivas comportamentais, acadêmicas e de manejo familiar direcionada pelo professor ao psicólogo escolar; o desenvolvimento de práticas profissionais tanto de cunho resolutivo como preventivo pelo psicólogo escolar; e a atuação do psicólogo escolar junto aos professores frente à Educação Inclusiva foi percebida como benéfica, principalmente no que se refere a aspectos de evolução do aluno, de mudanças atitudinais dos professores e de diminuição de demandas direcionadas ao Serviço de Psicologia Escolar.<hr/>ABSTRACT: This research aimed to analyze the performance of the school psychologist with teachers in relation to Inclusive Education. The methodology used was qualitative of the exploratory-descriptive type. The participants were ten school psychologists who worked in private educational institutions. The instrument of data collection was a semi-structured interview script. The data analysis procedure used was content analysis. The results could be divided into three categories: inclusive demands addressed to the school psychologist; activities developed by the school psychologist together with teachers; and results of the performance of the school psychologist with the teachers. The results evidenced the existence of inclusive behavior, academic and family management demands directed by the teacher to the school psychologist; the development of professional practices of both resolutive and preventive nature by the school psychologist; and the performance of the school psychologist along with teachers regarding Inclusive Education was perceived as beneficial, especially in relation to aspects of student evolution, attitudinal changes of teachers and reduction of demands addressed to the School Psychology Service. <![CDATA[People With Motor Disabilities, Knowledge And Use of Their Fundamental Rights]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-65382018000300441&lng=en&nrm=iso&tlng=en RESUMO: Existe, no Brasil, vasta legislação que evoca os direitos das pessoas com deficiência. No entanto, há carência de estudos sobre a real ciência dessas pessoas acerca de seus direitos. Compreender essa temática permitirá, dessa maneira, a formulação de propostas de intervenções futuras no sentido do efetivo acesso dessas pessoas ao usufruto de seus direitos fundamentais. Assim sendo, o objetivo deste artigo foi verificar se as pessoas com deficiência motora têm consciência e usufruem de seus direitos. Para isso, traçou-se um estudo transversal descritivo com uma amostra de conveniência composta por 39 pessoas com deficiência física. Como resultados, verificou-se que o grupo foi formado por adultos que deambulam, são desfavorecidos socioeconomicamente e de maioria feminina. A maioria parou de trabalhar após o evento/doença, recebe algum benefício do Governo e saem pouco de casa, exceto para tratamento de saúde. A acessibilidade em locais externos foi apontada como dificuldade pela maioria. O grupo demonstrou conhecer pouco sobre os seus direitos específicos, usufruindo daqueles mais propagados, como: benefícios previdenciários e atendimento prioritário. Dessa forma, é importante não apenas aprovação de leis, mas a educação de parte da sociedade, inclusive das próprias pessoas com deficiência, acerca dos seus direitos para que elas possam usufruir deles.<hr/>ABSTRACT: In Brazil, there is a large number of legislation that evoke the rights of people with disabilities. However, there are few studies about the awareness of this population about their rights. Thus, understanding this theme will allow the formulation of proposals for future interventions in the sense of the effective access of these people to take advantage of their fundamental rights. Therefore, the purpose of this paper is to verify if people with motor disability are aware and take advantage of their rights. For this, a descriptive cross-sectional study was drawn up with a convenience sample composed of 39 people with physical disabilities. The participants answered a questionnaire about awareness and use of the rights of the person with disability. As a result, it was verified that the group was comprised of mainly female adults who can move around and are socioeconomically disadvantaged. Most of them stopped working after an event/illness, receive some benefit from the Government and practically do not leave home, except for health treatment. Accessibility in and around external places, was identified as a difficulty for the majority of the participants. The group demonstrated to know little about their specific rights, and they take advantage from the most propagated ones, such as: social security benefits and priority service. Thus, it is important not just to approve laws, but also to educate part of society including the people with disabilities about their rights, so they can benefit from them. <![CDATA[Systematic Review of Parental Stress Outbreaks in Caregivers of Children with Down Syndrome]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-65382018000300455&lng=en&nrm=iso&tlng=en RESUMO: A chegada de uma criança com Síndrome de Down (SD) requer uma readaptação familiar, demandando esforços em relação aos cuidados diários ou às rotinas terapêuticas e escolares. Os objetivos deste estudo foram compreender quais são os principais focos de estresse parental em cuidadores de crianças com SD e identificar quem são os cuidadores principais dessas crianças. Trata-se de uma revisão de literatura de abordagem qualitativa, que utilizou como referencial teórico pesquisas empíricas publicadas a partir de 2010, encontradas nos portais Google Acadêmico, Scielo e Psicologia.PT, e nos periódicos: Interação em Psicologia, CEPE UEG e Ata CIAIQ 2016. Inicialmente, foram identificadas 23 pesquisas, utilizando-se os descritores Síndrome de Down, estresse e cuidadores. Após filtragem, cinco passaram para revisão final. O resultado evidencia que o estresse parental está relacionado a três fatores - à deficiência, ao desenvolvimento da criança e ao papel do cuidador. Os principais focos de estresse foram o impacto do diagnóstico; medo da discriminação e preconceito; falta de autonomia da criança; sobrecarga emocional do cuidador; preocupação com a sexualidade; baixa escolaridade paterna; mães que não podem trabalhar; e crianças mais velhas. As mães apresentaram os níveis mais elevados de estresse. A divisão familiar equilibrada em relação aos cuidados com a criança com SD, além de um acompanhamento psicológico familiar, são alternativas para reduzir os níveis de estresse e garantir saúde física e mental aos cuidadores. Conclui-se que os focos de estresse parental são diversos e causam abalo emocional, dificuldades de aceitação e adaptação familiar.<hr/>ABSTRACT: The arrival of a child with Down Syndrome (DS) requires a family readaptation, demanding efforts in relation to daily care or therapeutic and school routines. The aims of this study were to understand what the main sources of parental stress in caregivers of children with DS are and identify who the main caregivers of these children are. This is a literature review of a qualitative approach that used a theoretical framework of empirical researches published as of 2010, found in the Google Scholar, Scielo and Psychology.PT portals, and in the journals: Interação em Psicologia, CEPE UEG e Ata CIAIQ 2016. Initially, 23 researches were identified, through the use of the descriptors Down syndrome, stress and caregivers. After filtering, five works were selected for a final review. The result shows that parental stress is related to three factors - disability, development of the child and the role of the caregiver. The main stress outbreaks were the impact of the following diagnosis; fear of discrimination and prejudice; lack of autonomy of the child; emotional overload of the caregiver; concern about sexuality; low paternal schooling; mothers who cannot work; and older children. Mothers had the highest levels of stress. A balanced family division in relation to childcare with DS, as well as family psychological counseling, are alternatives to reducing stress levels and guarantee physical and mental health to caregivers. It is concluded that parental stress outbreaks are diverse and cause emotional distress, difficulties of acceptance and family adaptation.