Scielo RSS <![CDATA[Revista Brasileira de Educação Especial]]> http://www.scielo.br/rss.php?pid=1413-653820140004&lang=pt vol. 20 num. 4 lang. pt <![CDATA[SciELO Logo]]> http://www.scielo.br/img/en/fbpelogp.gif http://www.scielo.br <![CDATA[<b>Editorial</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-65382014000400001&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt <![CDATA[<b>O index para a inclusão como instrumento de pesquisa: uma análise crítica</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-65382014000400002&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Quando nos propomos a realizar uma pesquisa acadêmica em qualquer área do conhecimento, a coerência com o embasamento teórico em que essa pesquisa está fundamentada constitui um dos principais fatores que respondem pela credibilidade dos resultados que pretendemos alcançar. O distanciamento desse embasamento teórico por qualquer motivo, bem como a tentativa forçada de lhe atribuir novos significados para atender aos objetivos do pesquisador, acaba por descaracterizar a pesquisa, ocasionando uma cisão entre a teoria e o que se pretende atingir na prática. É nessa perspectiva que este artigo apresenta uma análise crítica a um trabalho publicado na coletânea Preconceito e Educação Inclusiva, coordenada por José Leon Crochik e organizada pelo Laboratório de Estudos sobre o Preconceito da USP. O referido trabalho, intitulado Análise de formulário de avaliação de inclusão escolar, traz em si uma contradição entre a teoria em que está fundamentado e o que seus autores realmente pretendem alcançar com a pesquisa, fato que nos chamou a atenção, tendo em vista ser do nosso conhecimento o sentido original da proposta lançada pelo Index para Inclusão, de Booth e Ainscow, trabalho em que os autores se basearam para a realização dessa pesquisa. Nossa intenção é, portanto, assinalar os principais pontos do artigo em questão, que divergem da proposta original do Index para Inclusão, com o objetivo de contribuir para uma melhor compreensão do Index, importante trabalho destinado aos profissionais que se dedicam aos estudos e projetos voltados para a inclusão em educação.<hr/>When we under take to conduct academic research in any field of knowledge, consistency with the theoretical framework on which such research is grounded is one of the main factors that account for the credibility of the results we intend to achieve. The detachment from this theoretical foundation for any reason, as well as the forced attempt to assign new meanings to meet the researcher's objectives, ends up by mischaracterizing the research, causing a division between theory and the intended achievement in practice. It is in this perspective that this paper presents a critical analysis to a study published in the collection Prejudice and Inclusive Education, coordinated by José Leon Crochick and organized by the Laboratory for Research on Prejudice at USP. Said work, entitled Analysis of an evaluation form for school inclusion, bears a contradiction between the theory on which it is based and what its authors really intended to achieve with the research, a fact that caught our attention, since it is a work based on the Index for Inclusion Booth and Ainscow, and since the meaning intended by Booth and Ainscow for the use of the Index is quite different from the one presented in Crochick's paper. Our intention is, therefore, to point out the main topics of the paper in question, which diverge from the original proposal of the Index for Inclusion, with the objective of contributing to a better understanding of the Index, an important work for practitioners dedicated to studies and projects concerned with inclusion in education. <![CDATA[<b>Análise da estrutura organizacional e conceitual da educação especial brasileira (2008-2013)</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-65382014000400003&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Nesta pesquisa objetivou-se desvelar e analisar a estrutura organizacional e conceitual da Educação Especial brasileira, configurada nos documentos que orientam as políticas públicas relacionadas com esta modalidade de ensino e que foram publicados entre janeiro de 2008 e abril de 2013. Empregando-se pesquisa documental e análise categorial, efetuou-se a compilação e análise de trinta documentos apresentados no portal do Ministério de Educação como orientadores da Política Nacional de Educação Especial na Perspectiva da Educação Inclusiva. A análise da estrutura organizacional e conceitual da Educação Especial revelou a perpetuação de tradicionais contradições dos discursos associados com esta modalidade de ensino.<hr/>In this paper, we aimed to uncover and analyze the organizational and conceptual structure of Brazilian Special Education, as it is configured by documents published from January 2008 to April 2013 that guide its public policies. We applied documentary research and thematic categorical analysis to perform the compilation and analysis of thirty documents presented by the Ministry of Education as guides for national policies on inclusive Special Education. The analysis of the organizational and conceptual structure of Special Education revealed the perpetuation of traditional contradictions of discourse associated with Special Education. <![CDATA[<b>Empregabilidade de pessoas com deficiência no município de Santos/SP: mapeamento de políticas públicas e práticas institucionais</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-65382014000400004&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Apesar dos gradativos avanços que o Brasil vem mostrando em relação aos direitos e legislações direcionados às pessoas com deficiência (PcD), a participação ativa dos mesmos na sociedade relacionado à plena inclusão na esfera do trabalho ainda se mostra distante do esperado. Em nossa sociedade o trabalho aparece como um importante fator para a valorização do indivíduo, que ao realizar atividades laborais se sente parte integrante e ativa nas relações sociais cotidianas. O objetivo do trabalho foi identificar e analisar as práticas institucionais e políticas públicas existentes no município de Santos voltadas à empregabilidade da pessoa com deficiência. Para isso, foram realizadas visitas/entrevistas nas instituições que atendem esse público e declararam desenvolver atividades relacionadas à inserção de PcD no mercado competitivo de trabalho. Através da aplicação da entrevista semi estruturada, foi possível mapear as metodologias utilizadas pelas instituições para inclusão de pessoa com deficiência no mercado de trabalho, além de analisar suas ações territoriais e sua importância para os usuários. Os resultados encontrados mostraram que não há políticas específicas no município de Santos/SP voltadas para a inserção de pessoas com deficiência no universo do trabalho e que, apesar dos esforços de algumas poucas instituições da cidade para capacitar esse público, ainda não há um parâmetro da metodologia adotada que oriente seus projetos de empregabilidade, tendo cada instituição sua forma singular de trabalhar, dificultando a garantia de um atendimento eficaz e de qualidade, que vise a plena inclusão do sujeito.<hr/>Despite the gradual progress that Brazil has shown regarding the rights of people with disabilities, their full participation and inclusion in the realm of work has been shown to be far from satisfactory. In our society work is an important factor in valuing the individual and performing work activities that enable him to feel like an integral and active participant in everyday social relations. The objective was to identify and analyze the existing institutional practices and public policies in the municipality of Santos focused on employability of people with disabilities. To this end, visits / interviews were conducted in institutions that cater to this audience and reported to be related to the insertion of people with disabilities in the competitive labor market activities. Through the application of semi structured interviews, it was possible to map the methodologies used by the institutions for inclusion of people with disabilities in the labor market, and analyze their territorial claims and their importance to users. The results showed that there are no specific policies in the city of Santos / SP focused on the integration of people with disabilities in the world of work and, despite the efforts of a few institutions in the city to empower these people, there is no methodology parameter to guide employability projects, and each institution had its own working strategies, making it difficult to ensure efficient and quality services, aiming at full inclusion of people with disabilities. <![CDATA[<b>Ensino da matemática a alunos com deficiência intelectual na educação de jovens e adultos</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-65382014000400005&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt A inclusão de jovens e adultos com deficiência intelectual na EJA representa tanto um avanço quanto um desafio frente ao processo ensino-aprendizagem; e, quando tratamos da adaptação curricular para o ensino de Matemática a este alunado, estamos diante da construção de novas possibilidades educacionais. Este estudo teve como objetivo conhecer as práticas do professor da EJA para o ensino de saberes matemáticos ao aluno jovem e adulto com deficiência intelectual, e intervir junto ao docente sobre possíveis estratégias que seriam então adotadas. Para isso, utilizou-se como referência metodológica a abordagem qualitativa com foco na pesquisa-intervenção. O estudo foi realizado em uma sala da EJA, na qual participaram uma professora e cinco estudantes, dois destes com deficiência intelectual. Foram realizadas observações em sala e intervenções mediante aplicação de atividades diferenciadas com foco no ensino desses saberes. Por intermédio dessa pesquisa, verificou-se que estratégias tais como jogos podem efetivamente auxiliar na aquisição de conceitos matemáticos. Assim, espera-se que este estudo desperte reflexões entre os pesquisadores dos campos da Educação Matemática e da Educação Especial e destaque, desse modo, a necessidade de trabalhos diferenciados e colaborativos com o ensino de saberes matemáticos para esse alunado em específico.<hr/>The inclusion of young people and adults with intellectual disabilities in Youth and Adult Education (EJA) represents both a breakthrough and a challenge in the teaching- learning process. When addressing curriculum adaptation for teaching mathematics to this age group, the construction of new educational possibilities are underway. This study aimed to understand the practices of EJA teachers for teaching mathematics to young people and adult students with intellectual disabilities, in order to intervene with teachers by suggesting possible strategies that could be adopted. A qualitative approach with a focus on intervention research was used. The study was conducted in an EJA classroom, and the participants were a teacher and five students, two of whom presented intellectual disabilities. Observations in the classroom were carried out and interventions consisted of applying differentiated activities that focused on teaching this knowledge. The study showed that strategies such as games can effectively assist in the acquisition of mathematical concepts. Thus, we hope that this study will instigate researchers in the fields of Mathematics Education and Special Education Spotlight to reflect on the need for differentiated and collaborative work in teaching mathematical content to such a student group. <![CDATA[<b>Concepções de professores da educação especial (APAEs) sobre a aprendizagem e desenvolvimento do aluno com deficiência intelectual: um estudo a partir da teoria vigotskiana</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-65382014000400006&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt O presente estudo teve por objetivo identificar concepções de professores que atuam na educação especial sobre a aprendizagem e desenvolvimento de alunos com deficiência intelectual, buscando averiguar como estes compreendem esse processo, bem como suas percepções sobre o papel da mediação na aprendizagem. Foi desenvolvido em duas escolas de Educação Básica na modalidade de Educação Especial para deficiente intelectual (Associação de pais e amigos dos excepcionais) localizadas no Interior do Estado do Paraná. O estudo contou com a participação de oito professoras das séries iniciais do Ensino Fundamental, sendo quatro de cada escola. Os dados foram coletados mediante a técnica de entrevista semiestruturada. Estes foram analisados a partir da análise de conteúdo. Os principais resultados permitiram compreender que para as participantes da pesquisa a aprendizagem e desenvolvimento do aluno com deficiência ocorre de forma lenta, justificado pela limitação deste, e que a mediação docente não é vista como de fundamental importância para o aprendizado e desenvolvimento do mesmo. Estes resultados apontam para o fato destes professores estarem desenvolvendo sua prática pedagógica ancorada numa visão segregacionista do aluno com deficiência, com concepções reducionistas, enfatizando as limitações em detrimento das potencialidades. Dessa forma, é essencial um repensar sobre a deficiência e a educação escolar que vem sendo ofertada ao aluno com deficiência intelectual.<hr/>The present study aimed to identify conceptions of teachers who work in special education about learning and development of students with intellectual disabilities, seeking to ascertain how they comprehend this process, as well as their perceptions about the role of mediation in learning. The study was carried out in two Basic Education Special Education modality schools for students with intellectual disability (APAEs - Association of Parents and Friends of the Exceptional) located in the interior of the State of Paraná. The study involved the participation of eight teachers of the lower elementary grades, with four participants from each school. Data were collected using a semi-structured interview technique. The data were analyzed through content analysis. The main results showed that the research participants conceived that learning and development of students with disabilities occurs very slowly, which is to be expected because of their intellectual limitations. Furthermore, they considered that teacher mediation was not essentially significant to the student's learning and development. These results point to the fact that these teachers have developed a practice that is anchored on a segregationist view of students with disabilities, with reductionist conceptions that emphasize limitations at the expense of potential. For this reason, it is critical to rethink disability and schooling that is being offered to students with intellectual disabilities. <![CDATA[<b>Entrelace entre gênero, sexualidade e deficiência: uma história feminina de rupturas e empoderamento</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-65382014000400007&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt O texto objetiva analisar o processo de empoderamento e o exercício da autoadvocacia na vida de pessoas com deficiência como condições que influenciam o reconhecimento da identidade de gênero e das questões de sexualidade. O argumento central defendido é o de que a visão comum sobre as pessoas com deficiência está relacionada geralmente ao rótulo incapacitante da deficiência, acarretando a invisibilidade da sexualidade e o não reconhecimento do ser homem/mulher com deficiência. Este relato de pesquisa adota a metodologia de história oral e contribui para o campo de investigação sobre deficiências, gênero e sexualidade a partir da visibilidade da história de vida de uma mulher com deficiência. Analisa-se a história de uma jovem com deficiência intelectual, evidenciando-se a superação do rótulo incapacitante como condição fundamental para que ela se reconheça como uma mulher sexuada, com a capacidade de tomar decisões e viver seus desejos. A jovem apresenta indícios de seu empoderamento em quatro dimensões fundamentais: família, educação, trabalho e vida social, revelando que a deficiência não a impossibilita de sair, namorar, ter amigos, ter uma ocupação remunerada, isto é, ser uma mulher empoderada.<hr/>This paper aims to analyze the process of empowerment and the exercise of self advocacy in the lives of people with disabilities as conditions that influence the recognition of gender identity and sexuality issues. The central argument defends that the common view of people with disabilities is generally related to a debilitating label of disability, resulting in invisibility of sexuality and the non-recognition of being a man / woman with disabilities. This research report adopts the methodology of oral history and contributes to the field of research on disability, gender and sexuality from the visibility of the life history of a woman with disabilities. This text analyzes the history of a young woman with intellectual disabilities, showing the process of overcoming crippling labels as a key to enabling recognition of herself as a sexual being, capability of making decisions and living her own desires. The young woman showed evidence of empowerment in four main dimensions: family, education, work and social life, revealing that disability does not preclude going out, dating, having friends, having a paid job, and being an empowered woman. <![CDATA[<b>A ansiedade materna durante o diagnóstico da deficiência auditiva: contribuição da intervenção psicológica</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-65382014000400008&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt O objetivo desse estudo foi avaliar o grau de ansiedade de mães de crianças com deficiência auditiva por meio da aplicação do Inventário de Ansiedade Traço-Estado (IDATE), antes e após os procedimentos de diagnóstico audiológico, aconselhamento e orientação psicológica realizados por uma equipe interdisciplinar. Participaram 164 mães de crianças menores de seis anos de idade. Durante os atendimentos da psicologia foi observado que o grupo proporcionou a troca de experiências e auxiliou as mães que vivenciavam os mesmos problemas. Os resultados indicaram que os níveis de Ansiedade Traço e Ansiedade Estado se apresentaram reduzidos com significância estatística na segunda aplicação do IDATE. Os maiores índices de redução foram constatados para as mães casadas, de 21 a 30 anos de idade, da classe socioeconômica baixa superior, com ensino fundamental incompleto e filhos de três e quatro anos de idade, com perda auditiva profunda bilateral.<hr/>The goal of this paper was to evaluate the level of anxiety of mothers of hearing impaired children through the application of the Sate-Trait Anxiety Inventory (STAI), before and after audiological diagnosis procedures, counseling and psychological orientation were carried out by an interdisciplinary team. The participants were 164 mothers of children under six years old. During the psychological sessions we observed that the group helped the mothers, through sharing of experience among people that have experienced the same problems. The results indicated that the levels of Trait Anxiety and State Anxiety were reduced in a statistically significantly manner on the second application on the STAI. The highest levels of reduction were noticed among married mothers, aged 21 to 30 years, from low-medium social-economical level, incomplete elementary education, with children aged three to four years, with bilateral severe hearing loss. <![CDATA[<b>Atividades de vida autônoma na escola de tempo integral: aluno com deficiência visual - perspectivas educacionais</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-65382014000400009&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Este estudo trata sobre percepções de professores e de alunos com deficiência visual (DV) na Escola de Tempo Integral (ETI) do Estado de São Paulo, e as atividades de vida autônoma (AVA) contextualizadas na inclusão educacional. Estes alunos requererem atenção às suas necessidades educacionais especiais (NEE) para a aquisição de conhecimentos e o desenvolvimento de competências e habilidades autônomas em sua escolarização. Objetivou-se conhecer as percepções dos professores para com a sua ação docente e à prática das AVA na ETI pelo aluno com DV. Realizaram-se 12 entrevistas com professores do ensino comum. A análise de conteúdo identificou atendimento às suas NEE; as experiências inclusivas dos professores da ETI. Os dados coletados refletiram os processos das ações pedagógicas inclusivas, sobre o atendimento educacional especializado e a formação integral do aluno com DV. Evidenciou-se o desenvolvimento das AVA como fonte de saberes; o despreparo docente em relação às especificidades desse aluno; e, a educação especial desvinculada do ensino comum. Conclui-se ser necessário redimensionar o ensino comum e a prática das AVA, para que não sejam objetos de resistência dos envolvidos, e para que, estas, qualifiquem este ensino e favoreçam a escolarização e o protagonismo dos alunos com DV na ETI.<hr/>This study addresses perspectives of teachers and students with visual impairments (VI) at the Full-time School (ETI) in the State of São Paulo (Brazil) regarding daily living activities (DLA) within the context of educational inclusion. These students require attention to their special educational needs in order to acquire knowledge and to develop competencies and autonomous abilities in their schooling process. The aim of the study was to understand teacher perceptions regarding DLA practice at ETI for students with VI. Twelve semi-structured interviews with regular school teachers were carried out. Content analysis revealed that the special educational needs were being met and that ETI provided for inclusive experiences for teachers. The data that was collected revealed the processes of inclusive pedagogical practices related to specialized educational services and the broad preparation of students with VI. The study showed that DLA can be a source of understanding, that teachers are often unprepared regarding the specific needs of these students; and special education is disconnected from regular teaching. In conclusion, regular teaching requires adjustments in teaching and practicing DLA so that such activities not be the focus of resistance for those involved, contributing to improving teaching and enabling schooling and empowerment of students with VI at ETI. <![CDATA[<b>A percepção dos coordenadores de licenciaturas da UEL sobre altas habilidades/superdotação</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-65382014000400010&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt O presente relato de pesquisa procura mostrar como a temática de altas habilidades/superdotação (AH/SD) foi vislumbrada por docentes do ensino superior, buscando conhecer, mais especificamente, qual percepção tinham os coordenadores dos colegiados dos cursos de licenciatura da Universidade Estadual de Londrina (UEL) acerca desse tema. Objetivou-se identificar a percepção dos coordenadores dos colegiados dos cursos de licenciatura da UEL a respeito de AH/SD. A pesquisa descritiva, de análise quali-quantitativa, teve como participantes 14 docentes, coordenadores dos colegiados das licenciaturas. A entrevista semiestruturada foi utilizada para a coleta de dados. Após a transcrição, as falas foram submetidas à análise de conteúdo. Os resultados indicaram que a percepção dos docentes sobre a temática AH/SD era ainda elementar, utilizaram do senso comum ao tratar da superdotação, não reconheciam seus estudantes com potencial de AH/SD; entretanto, apontavam diversos indicadores em alunos, dos cursos nos quais atuavam, condizentes com os elencados na literatura da área. Notou-se, portanto, que é preciso que pesquisas nesta área continuem sendo realizadas e que sejam ofertadas formações para que os docentes do ensino superior possam desvencilhar-se de ideias próprias do senso comum e dos mitos que envolvem a temática AH/SD.<hr/>This research report aimed at investigating how the issue of high abilities/giftedness (HA) has been envisioned by college professors, seeking to learn more specifically about the perception of this topic among the college deans of undergraduate courses at the State University of Londrina (UEL). The following goal was established: to identify the perception about HA among the collegiate coordinators of undergraduate courses at UEL. This descriptive, qualitative and quantitative analysis was done with 14 professors who are college deans of undergraduate courses. An interview with semi-structured guidelines was used for data collection. The data was subjected to content analysis after its transcription. The results indicated that the professors' perception about HA is still elementary. They use common sense when dealing with giftedness and do not recognize their students with HA potential. However they point out several indicators in their students which are consistent with those listed in the literature. It is therefore observed that there is a need for continuing research in this area and that courses need to be offered about the subject, so that college professors can break away from common sense ideas and myths surrounding the subject. <![CDATA[<b>Identificando adolescentes em situação de rua com potencial para altas habilidades/ superdotação</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-65382014000400011&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt A presente pesquisa investigou adolescentes em situação de rua com potencial para Altas Habilidades/Superdotação (AH/SD). O método utilizado foi a Inserção Ecológica abrangendo visão contextualizada mediante a história de vida, características dos sujeitos, concepções sobre as potencialidades nos contextos de interação, fatores de risco e proteção ao desenvolvimento. Os participantes envolveram os técnicos do Programa Municipal Criança Urgente, quatro adolescentes indicados, seus responsáveis e professores daqueles que frequentavam a escola durante a pesquisa. Os instrumentos de coleta de dados foram: Escala para Avaliação das Características Comportamentais de Habilidades Superiores adaptada de Renzulli-Hartman; Escala de Autoconceito Infanto-Juvenil; TAEC - Test de Abreacción para Evaluar La Creatividad e Entrevistas Semiestruturadas. O cruzamento dos dados obtidos permitiu delinear o perfil de potencialidades de cada adolescente pesquisado. Estas contribuem para o reconhecimento, aceitação e valorização da cidadania e superação das adversidades em benefício social.<hr/>The present study investigated adolescents who live in the streets for potential High Ability / Giftedness. The method used was Ecological Insertion, that addresses a contextualized perspective that looks at life histories, subject characteristics, concepts about potential in the contexts of interaction, as well as risk and protective factors for development. The participants were staff members of the Programa Municipal Criança Urgente, four teenagers, their guardians and teachers of those who attended school during the study. The instruments used to collect data were: Renzulli-Hartman adapted scale for rating behavioral characteristics of superior students, Self-Concept Scale for Children and Youth; TAEC - Test de Abreacción para Evaluar La Creatividad and semi-structured interviews. Crossing data enabled us to define the potentiality profiles for each adolescent participant. The results contribute to recognizing, accepting and valuing citizenship and overcoming adversities in order to achieve social benefits. <![CDATA[<b>Educação especial em Sergipe</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-65382014000400012&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt A presente pesquisa investigou adolescentes em situação de rua com potencial para Altas Habilidades/Superdotação (AH/SD). O método utilizado foi a Inserção Ecológica abrangendo visão contextualizada mediante a história de vida, características dos sujeitos, concepções sobre as potencialidades nos contextos de interação, fatores de risco e proteção ao desenvolvimento. Os participantes envolveram os técnicos do Programa Municipal Criança Urgente, quatro adolescentes indicados, seus responsáveis e professores daqueles que frequentavam a escola durante a pesquisa. Os instrumentos de coleta de dados foram: Escala para Avaliação das Características Comportamentais de Habilidades Superiores adaptada de Renzulli-Hartman; Escala de Autoconceito Infanto-Juvenil; TAEC - Test de Abreacción para Evaluar La Creatividad e Entrevistas Semiestruturadas. O cruzamento dos dados obtidos permitiu delinear o perfil de potencialidades de cada adolescente pesquisado. Estas contribuem para o reconhecimento, aceitação e valorização da cidadania e superação das adversidades em benefício social.<hr/>The present study investigated adolescents who live in the streets for potential High Ability / Giftedness. The method used was Ecological Insertion, that addresses a contextualized perspective that looks at life histories, subject characteristics, concepts about potential in the contexts of interaction, as well as risk and protective factors for development. The participants were staff members of the Programa Municipal Criança Urgente, four teenagers, their guardians and teachers of those who attended school during the study. The instruments used to collect data were: Renzulli-Hartman adapted scale for rating behavioral characteristics of superior students, Self-Concept Scale for Children and Youth; TAEC - Test de Abreacción para Evaluar La Creatividad and semi-structured interviews. Crossing data enabled us to define the potentiality profiles for each adolescent participant. The results contribute to recognizing, accepting and valuing citizenship and overcoming adversities in order to achieve social benefits.