Scielo RSS <![CDATA[Tempo]]> http://www.scielo.br/rss.php?pid=1413-770420180001&lang=en vol. 24 num. 1 lang. en <![CDATA[SciELO Logo]]> http://www.scielo.br/img/en/fbpelogp.gif http://www.scielo.br <![CDATA[Scales of identity in the literature of African independences: an exploratory approach to nationalism, social identities, and cultural production]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-77042018000100001&lng=en&nrm=iso&tlng=en Resumo Este artigo busca investigar de que maneira escritores africanos da época das independências recorriam, em seus textos, a identidades sociais demarcadas em termos de nação, raça, etnia e classe, no esforço de definir, explicar e pautar a ação coletiva pelo quadro de projetos políticos nacionais específicos. Após revisar a possibilidade de se falar de uma “literatura africana das independências”, busca-se definir a conveniência de uma abordagem “de baixo para cima” das classificações sociais envolvidas, entendendo-as como pontos em uma escala de identidades, mais que como campos conceituais discretos, e enfatizando seu “uso prático” como um índice analítico privilegiado para o universo mais amplo do nacionalismo africano e suas disputas. Finalmente, apresenta-se um pequeno esboço comparativo das possibilidades de tratamento divergente da identidade em diferentes escalas a partir de um corpus ilustrativo de autores africanos.<hr/>Abstract This paper questions how African writers in the age of independences referred in their texts to social identities fashioned upon nation, race, ethnicity and class, in order to define, explain and influence collective action in the frame of particular nation-building projects. After reviewing the possibility of talking of a ‘literature of African independences,’ it is sought to establish the convenience of a ‘bottom-up’ approach to the social classifications involved, understanding them as marks on a scale of identities, rather than discrete conceptual fields. Emphasized here is their ‘practical use’ as a privileged analytical index for the broader universe of African nationalism and its internal struggles. Finally, a small comparative sketch of the divergent possibilities of writing about identities on different scales is presented, drawing upon an illustrative corpus of African writers. <![CDATA[The staging of discord: Cinematographic consumption and the formation of middle-class culture in Belle Époque carioca]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-77042018000100021&lng=en&nrm=iso&tlng=en Resumo A partir do horizonte de uma história cultural orientada por questões etnográficas, este artigo analisa a formação de uma cultura de classe média no Rio de Janeiro do início do século XX, considerando as práticas em torno do consumo cinematográfico. Tendo como foco um protesto de estudantes universitários contra um exibidor cinematográfico e seus desdobramentos, lançamos como questão principal: que paralelos podemos traçar entre os jovens revoltosos e uma cultura de classe média na então capital no início do século XX?; e, como questão secundária, em que medida a realização de um protesto contra o proprietário de um cinematógrafo revela fontes de tensão entre os exibidores cinematográficos e o público? O tratamento das fontes (23 artigos publicados em oito periódicos, entre os dias 14 e 31 de maio de 1913) ateve-se ao paradigma indiciário, metodologia de investigação proposta pelo historiador Carlo Ginzburg que vem orientando esta pesquisa no acervo da Biblioteca Nacional.<hr/>Abstract Following the perspective of Cultural History guided by questions related to ethnography, this work analyzes the formation of a middle-class culture in the beginning of XXth century in Rio de Janeiro, by observing some practices related to cinematographic consumption. Focusing on a protest by students against a film exhibitor and its consequences, we launched the questions: a) which relations can we draw between these students and a middle-class culture in the beginning of the XXth century? and, as a secondary issue, b) to what extent the making of a protest against the owner of a cinema reveals some sources of tension between cinema exhibitors and the public? The treatment of sources (23 articles published in eight newspapers between May 14th and May 31st, 1913) is based on the scientific paradigm, a methodology proposed by historian Carlo Ginzburg, which has been guiding this research in the collections of National Library of Brazil. <![CDATA[Pátria-Nova and Integralismo Lusitano: authoritarian proposals in contact through Portuguese-Brazilian magazines]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-77042018000100041&lng=en&nrm=iso&tlng=en Resumo Os intelectuais têm laços de sociabilidade dinâmicos, que por vezes transcendem os limites da proximidade geográfica. Ao identificarem a partilha de projetos, estabelecem contatos entre si, com o intuito de estreitar relações ou, ao menos, apresentar os aspectos comuns entre as correntes de pensamento para fortalecer vínculos. Assim, este artigo apresenta a consonância de valores, projetos e códigos por meio de correspondências estabelecidas entre as revistas Política, de viés conservador e simpático ao fascismo em Portugal, e o grupo patrianovista, representante do monarquismo orgânico no Brasil.<hr/>Abstract The intellectuals have dynamic sociability ties, which sometimes transcend the geographical limits. To identify the sharing of projects, establish contacts among themselves in order to strengthen relations or, at least, present the commonalities between the currents of thought in order to strengthen ties. Thus, this article presents the shared values, identities and codes through correspondence established between reviews Política, conservative, friendly bias to fascism in Portugal, and the Patrianovista group, representative of organic monarchism in Brazil. <![CDATA[Dossiê O governo da Justiça e os magistrados no mundo luso-brasileiro]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-77042018000100055&lng=en&nrm=iso&tlng=en Resumo: Trata-se da apresentação do dossiê “O Governo da Justiça e os magistrados no mundo luso-brasileiro”. O texto reflete brevemente a respeito da importância das análises sobre a dimensão humana da administração colonial, focando especialmente na magistratura, além de apresentar os textos que compõe o dossiê.<hr/>Abstract: It is the presentation of the thematic number of Tempo, “Government of Justice and the magistrates in the Luso-Brazilian world”. The text describes briefly the importance of the analysis of the human dimension of the Colonial Administration, focusing specially on the magistrates. Finally, it introduces the papers of the thematic number. <![CDATA[The early modern “perfect jurist”]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-77042018000100059&lng=en&nrm=iso&tlng=en Resumo Partindo da análise da literatura deontológica dirigida aos juristas, procura-se traçar o retrato ideal dos juristas, relacionando-o com o imaginário social acerca da justiça e do direito. Esse modelo dos juristas não representa apenas um ideal do grupo, mas ainda uma norma de comportamento para os juristas e uma referência para a sociedade, que, ao lidar com o grupo dos letrados, é decisivamente influenciada pelo modo como eles próprios se imaginam, imagem que procuram difundir e inculcar nos outros. Subjacentes estão convicções metodológicas acerca do poder conformador dos imaginários e dos discursos.<hr/>Abstract Based on the analysis of the deontological literature regarding jurists, the ideal portrait of the jurists is drawn, relating it with the social imaginary about justice and law. This model of jurists is not only an ideal of the group, but also a standard of behavior for jurists and a reference for society which, in dealing with the group of legal letrados, is decisively influenced by the way in which they imagine themselves. Image they seek to spread and inculcate in others. Underlying are methodological convictions about the shaping power of imaginaries and discourses. <![CDATA[Institutions of power and justice in the colonial period: the first courts (Bahia, Rio de Janeiro and Maranhão]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-77042018000100089&lng=en&nrm=iso&tlng=en Resumo Os tribunais da Relação estabelecidos na América portuguesa eram instituições jurídicas formadas por desembargadores que julgavam as ações em segunda ou última instância, mesclando competências originárias e recursais, com jurisdição sobre várias comarcas. O presente artigo tem como objetivo realizar uma análise comparativa do processo de criação dos três primeiros tribunais instituídos na América portuguesa, considerando as diferentes motivações que influenciaram e impulsionaram direta ou indiretamente o estabelecimento das instituições de justiça nos trópicos, com o intuito de proporcionar uma melhor compreensão do funcionamento político e jurídico das Relações.<hr/>Abstract The Courts of Justice established in Portuguese America were legal institutions formed by judges who judged actions in the second or last instance, merging original and appeals competences, with jurisdiction over several counties. The purpose of this article is to make a comparative analysis of the process of creation of the first three courts established in Portuguese America, considering the different motivations that influenced and stimulated directly or indirectly the establishment of justice institutions in the tropics, in order to provide a better understanding of the political and legal functioning of relations. <![CDATA[The Supreme Court of Bahia in the final eighteenth century: Politicization of justice and juridical culture in the “Conjuração Baiana” of 1798]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-77042018000100116&lng=en&nrm=iso&tlng=en Resumo O objetivo deste artigo é analisar a atuação dos desembargadores do Tribunal da Relação da Bahia em vários conflitos e na condução das devassas da Conjuração Baiana de 1798, destacando a centralidade da instituição nas estruturas e dinâmicas do império português e seu fundamental papel político para a manutenção da exploração colonial na conflituosa transição do século XVIII para o século XIX.<hr/>Abstract The purpose of this article is to analyze the role of the judges of the Supreme Court of Bahia in various conflicts and in the conduct on the investigation of the “Conjuração Baiana” of 1798, highlighting the centrality of the institution in the structures and dynamics of the Portuguese Empire and its fundamental political role for the maintenance of colonial exploration in the conflictive transition from the eighteenth to the nineteenth centuries. <![CDATA[Upward social mobility and professional career of the 18th century of Bahia judges]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-77042018000100140&lng=en&nrm=iso&tlng=en Resumo O setor judiciário se constituiu em estratégico caminho tomado por parcelas das elites coloniais, para se distinguirem e se legitimarem -dentro da hierarquia social do império português. O pertencimento a um tribunal foi uma distinção das mais cobiçadas. O objetivo central deste artigo é refletir sobre esse processo de mobilidade social ascendente, a partir da identificação e análise das ações dos membros das elites baianas do século XVIII em sua busca pelo acesso ao universo das magistraturas portuguesas. O uso dos critérios de distinção hierárquica como estratégia de ascensão social alcançou os nascidos na colônia por meio das diversas possibilidades permitidas por uma economia da mercê, materializada pelo acesso a instituições como o Santo Ofício ou a uma Ordem Militar, e também pelo pertencimento à República das Letras.<hr/>Abstract The judicial sector became a strategic path taken by the colonial elites to distinguish and legitimize themselves within the social hierarchy of the Portuguese Empire. Belonging to a court was among the most coveted distinctions. The main objective of this article is to reflect on this process of upward social mobility based on the identification and analysis of the actions of the members of the eighteenth century Bahia elites in their search for access to the Portuguese magistrates' universe. The hierarchical distinction criteria used as a strategy for social ascension reached those born in the colony through the various possibilities allowed by an economy of mercy and materialized by the access to institutions such as the Holy Office or to a Military Order, but also by belonging to the Republic of Letters. <![CDATA[Entre a cruz e a caldeirinha: An ouvidor in the service of the monarchy in the Asseca lands]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-77042018000100161&lng=en&nrm=iso&tlng=en Resumo O presente artigo propõe um estudo da atuação da justiça em terras donatárias sob a ótica da atuação do ouvidor do Espírito Santo Mateus Nunes José de Macedo na capitania da Paraíba do Sul dos Campos dos Goytacazes (1745-1748). Nessa intricada administração, as relações de poder estabeleciam conflitos, instabilidade e redes clientelares que definiam estratégias e garantias sociais e políticas. E, em uma capitania donatária, tais relações se tornaram ainda mais complexas.<hr/>Abstract This article proposes a study about the administration of justice on donee lands under the power of Mateus Nunes José de Macedo, Ouvidor (royal magistrate) of Espírito Santo, over Paraíba do Sul Captaincy, located in Campos dos Goytacazes (1745-1748). In this turbulent administration, power relations both triggered conflicts and fomented customer-oriented networks which not only defined strategies but also established social and political guarantees. And in that context, Justice surely played a quintessential part. And in a donne captaincy these power relations have become even more complex. <![CDATA[O nascimento do Brasil e outros ensaios: “pacificação”, regime tutelar e formação de alteridades]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-77042018000100180&lng=en&nrm=iso&tlng=en Resumo O presente artigo propõe um estudo da atuação da justiça em terras donatárias sob a ótica da atuação do ouvidor do Espírito Santo Mateus Nunes José de Macedo na capitania da Paraíba do Sul dos Campos dos Goytacazes (1745-1748). Nessa intricada administração, as relações de poder estabeleciam conflitos, instabilidade e redes clientelares que definiam estratégias e garantias sociais e políticas. E, em uma capitania donatária, tais relações se tornaram ainda mais complexas.<hr/>Abstract This article proposes a study about the administration of justice on donee lands under the power of Mateus Nunes José de Macedo, Ouvidor (royal magistrate) of Espírito Santo, over Paraíba do Sul Captaincy, located in Campos dos Goytacazes (1745-1748). In this turbulent administration, power relations both triggered conflicts and fomented customer-oriented networks which not only defined strategies but also established social and political guarantees. And in that context, Justice surely played a quintessential part. And in a donne captaincy these power relations have become even more complex.