Scielo RSS <![CDATA[Acta Ortopédica Brasileira]]> http://www.scielo.br/rss.php?pid=1413-785220170002&lang=en vol. 25 num. 2 lang. en <![CDATA[SciELO Logo]]> http://www.scielo.br/img/en/fbpelogp.gif http://www.scielo.br <![CDATA[CLINICAL APPLICATION OF A DRILL GUIDE TEMPLATE FOR PEDICLE SCREW PLACEMENT IN SEVERE SCOLIOSIS]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-78522017000200067&lng=en&nrm=iso&tlng=en ABSTRACT Objective: To evaluate the accuracy and the effect of drill guide template for pedicle screw placement in severe scoliosis. Method: Eight patients with rigid scoliosis were enrolled, five males and three females, ranging from nine to 23 years old. A three-dimensional CT scan of the spine was performed and saved as a DICOM file type. The multi-level template was designed by Mimics software and manufactured according to the part of the most severe deformity. The drill template was placed on the corresponding vertebral surface. Pedicle screws were carefully inserted across the trajectory of the template. Postoperatively, the positions of the pedicle screws were evaluated by CT scan and graded for validation. Results: No spinal cord injury or nerve damage occurred. All patients had satisfactory outcomes. The abnormalities and the measures observed during operation were the same as those found in the preoperative period. The position of the pedicle screws was accurate, according to the postoperative X-ray and CT scan. The rate of scoliosis correction was 60%. Compared with controls, surgery time, blood loss and radiation were significantly lower. Conclusion: With the application of multi-level template, the placement of pedicle screws shows high accuracy in scoliosis with shorter surgical time, less blood loss and less radiation exposure. Level of Evidence III, Retrospective Comparative Study.<hr/>RESUMO Objetivo: Avaliar a precisão e o efeito da matriz de guia de broca para colocação de parafuso pedicular em escoliose grave. Método: Oito pacientes com escoliose rígida foram selecionados, sendo cinco homens e três mulheres na faixa etária de nove a 23 anos. Foi realizada TC tridimensional da coluna, gravada no formato DICOM. A matriz multinível foi desenhada pelo software Mimics e fabricada de acordo com a parte da deformidade mais grave. A matriz da broca foi colocada na superfície vertebral correspondente. Os parafusos pediculares foram cuidadosamente inseridos ao longo da trajetória da matriz. No pós-operatório, as posições dos parafusos pediculares foram avaliadas por TC e classificadas para validação. Resultados: Não ocorreu nenhuma lesão da medula espinhal nem lesão de nervos. Todos os pacientes tiveram desfechos satisfatórios. As anormalidades e as medidas observadas durante a operação foram as mesmas encontradas no pré-operatório. A posição dos parafusos pediculares foi precisa, de acordo com a radiografia e a TC pós-operatórias. A taxa de correção de escoliose foi de 60%. Em comparação com os controles, o tempo de cirurgia, a perda de sangue e a radiação foram significantemente menores. Conclusão: Com a aplicação da matriz multinível, a colocação dos parafusos pediculares mostra alta precisão na escoliose, com menor tempo cirúrgico, menos perda de sangue e menor exposição à radiação. Nível de Evidência III, Estudo Retrospectivo Comparativo. <![CDATA[QUANTITATIVE EVALUATION OF EXPERIMENTAL BONE REGENERATION USING INDENTATION TESTS]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-78522017000200071&lng=en&nrm=iso&tlng=en ABSTRACT Objectives: To determine whether the macroindentation test can be applied to quantitatively assess bone regeneration. Methods: A 3.2 mm diameter transverse monocortical defect was created on the medial aspect of both proximal metaphyses of the tibia of male Unib-WH rats. For the macroindentation tests, we used 5.00 mm diameter indenters with a 3.2 mm tip. Defect testing was performed 1 to 12 weeks following the surgical procedures to compare the hardness of the newly developed tissue over the 12-week study period. Additional histological, morphological and physical/chemical data were obtained by optical and electronic microscopy, Raman, and energy dispersive x-ray spectrometry (EDS). Results: The mean indentation forces increased in a time-dependent manner from 4 to 12 weeks (p&lt;0.001). Tests performed with the 5.0 mm diameter tip were not able to measure the indentation forces in the first week after the procedure. Moreover, in the second postoperative week indentation forces and the newly formed tissue within the spinal canal were greater than those measured in the fourth and eighth weeks. Conclusions: The macroindentation test can be used to quantitatively assess bone regeneration in experimental studies. The choice of indenter tip diameter should consider the study design. Level of Evidence II, Diagnostic Studies.<hr/>RESUMO Objetivos: Determinar se o teste de macroendentação pode ser aplicado para avaliar quantitativamente a regeneração óssea. Métodos: Foi criado um defeito monocortical transversal com 3,2 mm de diâmetro na face medial de ambas as metáfises proximais da tíbia de ratos Wistar machos. Para os testes de macroendentação, empregou-se endentador com ponta de 3,2 mm e 5,0 mm de diâmetro. O teste dos defeitos foi realizado em 1 a 12 semanas depois dos procedimentos cirúrgicos, de modo que a dureza do tecido recém-formado foi comparada no período de 12 semanas do estudo. Os dados histológicos, morfológicos e físico-químicos adicionais foram obtidos por microscopia óptica e eletrônica, espectrometria Raman e EDS (espectrometria com dispersão de energia). Resultados: As forças médias de endentação aumentaram de modo dependente do tempo de 4 a 12 semanas (p &lt; 0,001). Os testes realizados com a ponta de 5 mm de diâmetro não foram capazes de medir as forças de endentação na primeira semana depois do procedimento. Além disso, na segunda semana, as forças de endentação e o tecido recém-formado no interior do canal medular foram superiores aos da quarta e oitava semanas. Conclusões: O teste de macroendentação pode ser utilizado em estudos experimentais para avaliar quantitativamente a regeneração óssea. A escolha do diâmetro da ponta do endentador deve considerar o desenho do estudo. Nível de Evidência II, Estudos Diagnósticos. <![CDATA[THE INFLUENCE OF PASSIVE TOBACCO EXPOSURE AND PHYSICAL EXERCISE ON BONE TISSUE OF YOUNG RATS]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-78522017000200077&lng=en&nrm=iso&tlng=en ABSTRACT Objective: The objective of this study is to investigate the effect of passive smoking during pregnancy and associated with swimming on bone area growth, bone mineral density (BMD), and bone mineral content (BMC). Methods: The offspring was grouped by control matrices (G1) and passive smokers (G2). The offspring was regrouped in eight subgroups, with exposure to smoking (2x/day) and physical exercise (1 session/day), respecting the group of matrices in: sedentary control (G1CS and G2CS), swimming control (G1CN and G2CN), sedentary passive smoker (G1FS and G2FS), and passive smoker swimmer (G1FN and G2FN). The area, BMD and BMC were measured by the tibia and femur and analyzed by densitometer. The results were analyzed by One-Way ANOVA test with Tukey post-test, with a significance level of 5%. Results: In the tibia BMC study, a better rate was observed in G2CN group when compared to G1CS, G1CN and G1FN (p ≤ 0.023). When assessing BMD in the femur, a higher density ratio was observed in G1FS group when compared to G2CS, G2CN, G2FS and G2FN (p&lt;0.008). In the tibia study, the animals of the G1FS group had higher rates when compared to G2CS and G2FN groups (p≤0.007). Conclusions: The model of male offspring exposed to passive smoking during fetal development showed a strong decrease in the analyzed parameters. Level of Evidence I, Randomized High Quality Clinical Trial With or Without Statistically Significant Difference, But Narrow Confidence Intervals.<hr/>RESUMO Objetivo: O objetivo desse estudo é investigar o efeito do tabagismo passivo durante a prenhez e associado à natação no crescimento de área óssea, densidade mineral óssea (DMO) e conteúdo mineral ósseo (CMO). Métodos: Os filhotes foram gerados por matrizes controle (G1) e tabagistas (G2). Os filhotes foram reagrupados em oito subgrupos, com exposição ao tabagismo (2x/dia) e realização de exercício físico (1 sessão/dia), respeitando o grupo de matrizes em: controle sedentário (G1CS e G2CS), controle natação (G1CN e G2CN), tabagista passivo sedentário (G1FS e G2FS) e tabagista passivo natação (G1FN e G2FN). A área, a DMO e o CMO foram aferidos pela tíbia e pelo fêmur e analisados pelo densitômetro. Os resultados foram analisados pelo teste de ANOVA One-Way, com pós-teste de Tukey, com nível de significância de 5%. Resultados: No estudo do CMO da tíbia, foi observada taxa melhor no grupo G2CN quando comparada aos filhotes dos grupos G1CS, G1CN e G1FN (p ≤ 0,023). Na averiguação da DMO no fêmur, foi observada maior taxa de densidade no grupo G1FS quando confrontado aos grupos G2CS, G2CN, G2FS e G2FN (p ≤ 0,008). Já no estudo da tíbia, os animais do grupo G1FS apresentaram maiores taxas quando comparados aos grupos G2CS e G2FN (p≤0,007). Conclusões: O modelo de filhotes machos expostos ao tabagismo passivo durante o desenvolvimento fetal apresentou uma forte diminuição dos parâmetros analisados. Nível de Evidência I, Estudo Clínico Randomizado de Alta Qualidade Com ou Sem Diferença Estatisticamente Significante, Mas Com Intervalos de Confiança Estreitos. <![CDATA[LOCAL PERIARTICULAR ANALGESIA IN TOTAL KNEE ARTHROPLASTY]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-78522017000200081&lng=en&nrm=iso&tlng=en ABSTRACT Objective: To evaluate the use of infiltration of periarticular analgesic agents intraoperatively in total knee arthroplasty (TKA), with regard to benefits, reduction of pain, opioid consumption, improvement of range of motion and early ambulation. Methods: To analyze the benefits of periarticular drug infiltration, the patients submitted to TKA were evaluated, being separated into two groups. One group received the local periarticular infiltration protocol containing 0.5% bupivacaine (400mg/20ml), 1/1000 epinephrine (0.3ml), triamcinolone hexacetonide (20mg/1ml), clonidine (150mcg/1ml) and 20 ml of saline (0.9% SS) and, the other group underwent conventional intravenous analgesia. The results were compared and the variables analyzed were age, sex, BMI, comorbidities, postoperative complications, pain, functional capacity, range of motion, transfusion and rescue opioids for analgesia. Results: The mean age of the patients was 68 years and most were female and presented involvement of the left knee. Postoperatively, patients who had received periarticular infiltration showed improvement of pain as well as functional capacity. Conclusion: The analysis of data obtained demonstrated that the periarticular infiltration of analgesic agents is significantly effective for pain control and functional recovery. Level of Evidence II, Prospective Comparative Study.<hr/>RESUMO Objetivo: Avaliar a realização da infiltração de solução de agentes analgésicos periarticulares no intraoperatório da artroplastia total do joelho (ATJ), no que tange aos seus benefícios, redução da dor, consumo de opioides, melhora do arco de movimento e deambulação precoce. Métodos: Para avaliar os benefícios da infiltração de agentes periarticulares, foram analisados pacientes submetidos à ATJ, sendo separados em dois grupos. Um grupo recebeu o protocolo de infiltração periarticular local, contendo solução de bupivacaína a 0,5% (400 mg /20 ml), epinefrina 1/1000 (0,3 ml), hexacetonido de triancinolona (20 mg/1 ml), clonidina (150 mcg/1 ml) e 20 ml de solução salina (SF a 0,9%) e outro grupo recebeu analgesia endovenosa convencional. Os resultados foram comparados e as variáveis analisadas foram idade, sexo, IMC, comorbidades, complicações pós-cirúrgicas, dor, capacidade funcional, amplitude de movimento, transfusão e resgate de opioides para analgesia. Resultados: Dos pacientes analisados a média de idade foi de 68 anos e a maioria era do sexo feminino e com acometimento do joelho esquerdo. No pós-operatório os pacientes que haviam recebido infiltração periarticular apresentaram melhora da dor, bem como da capacidade funcional. Conclusão: A análise dos dados obtidos demonstrou que a infiltração periarticular de agentes analgésicos é significativamente eficaz para o controle da dor e recuperação funcional. Nível de Evidência II, Estudo Prospectivo Comparativo. <![CDATA[NEGATIVE-PRESSURE WOUND THERAPY IN THE TREATMENT OF COMPLEX INJURIES AFTER TOTAL KNEE ARTHROPLASTY]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-78522017000200085&lng=en&nrm=iso&tlng=en ABSTRACT Objective: To present an experience with negative-pressure wound therapy (NPWT) in the treatment of surgical wounds in patients treated for infections after total knee arthroplasty (TKA) with or without dehiscence and prophylaxis in wounds considered at risk of healing problems. Methods: We prospectively evaluated patients with TKA infection with or without surgical wound dehiscence and patients with risk factors for infection or surgical wound complications treated with Pico(r) device for NPWT in addition to standard treatment of infection or dehiscence in our institution. We considered as an initial favorable outcome the resolution of the infectious process and the closure of the surgical wound dehiscences in the treated cases and the good progression of the wound without complicating events in the prophylactic cases. Results: We evaluated 10 patients who used Pico(r) in our service. All patients had a favorable outcome according to established criteria. No complications were identified regarding the use of the NPWT device. The mean follow-up of the patients after the use of the device was 10.5 months. Conclusion: The NPWT can be safely used in wound infections and complications following TKA with promising results. Long-term randomized prospective studies should be conducted to prove its effectiveness. Level of Evidence IV, Case Series.<hr/>RESUMO Objetivo: Apresentar uma experiência com a terapia com pressão negativa (TPN) no tratamento das feridas cirúrgicas de pacientes tratados por infecções em artroplastias totais do joelho (ATJ) associadas ou não à deiscência e como profilaxia nas feridas consideradas em risco de problemas de cicatrização. Métodos: Foram avaliados prospectivamente pacientes que apresentavam infecção de ATJ associada ou não à deiscência de ferida operatória e pacientes com fatores de riscos de infecção ou complicações de ferida cirúrgica tratados com dispositivo PICO(r) para TPN além do tratamento padrão da infecção ou deiscência em nossa instituição. Consideramos como desfecho favorável inicial a resolução do processo de infecção e o fechamento das deiscências de ferida operatória nos casos de tratamento e a boa evolução da ferida operatória, sem eventos complicadores, nos casos profiláticos. Resultados: Foram avaliados 10 pacientes que usaram PICO(r) em nosso serviço. Todos os pacientes apresentaram desfecho favorável de acordo com os critérios estabelecidos. Não foram identificadas quaisquer complicações com relação ao uso do dispositivo de TPN. A média de seguimento dos pacientes após o uso do dispositivo foi de 10 meses e meio. Conclusão: A TPN pode ser usada em complicações de ferida e infecção depois de ATJ de maneira segura e com resultados promissores. Estudos prospectivos randomizados prolongados devem ser realizados para comprovar sua eficácia. Nível de Evidência IV, Série de Casos. <![CDATA[STUDY OF THE ANTEROLATERAL LIGAMENT OF THE KNEE IN FORMALIN-EMBEDDED CADAVERS]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-78522017000200089&lng=en&nrm=iso&tlng=en ABSTRACT Objective: To verify the incidence and characterize morphologically the anterolateral ligament of the knee (ALL) in cadaveric samples of the collection of the Laboratory of Anatomy of the Department of Morphology of the Universidade Federal do Espírito Santo. Methods: Dissections and cross sections were performed for mesoscopic analysis of the anterolateral region of 15 knees preserved in 4% formalin solution in order to identify the ALL. Results: After dissection of the skin and subcutaneous tissue of the knee anterolateral region, it was possible to identify the iliotibial tract (ITT), the patellar ligament and the femoral biceps tendon. The ITT was removed from the Gerdy tubercle and the following structures were visualized: knee joint capsule, fibular collateral ligament and popliteal tendon. However, the ALL was not identified in any of the samples. Conclusions: The ALL could not be identified in any of the specimens studied, either through dissection or mesoscopic analysis. Level of Evidence III, Diagnosis Studies - Investigation of an Exam for Diagnosis.<hr/>RESUMO Objetivo: Verificar a incidência e possivelmente caracterizar morfologicamente o ligamento anterolateral do joelho (LAL) em amostras cadavéricas do acervo do Laboratório de Anatomia do Departamento de Morfologia da Universidade Federal do Espírito Santo. Métodos: Foram realizadas dissecações e secções transversais para análise mesoscópica da região anterolateral de 15 joelhos conservados em solução de formalina a 4% a fim de identificar o LAL. Resultados: Após a dissecação da pele e da tela subcutânea da região anterolateral dos joelhos foi possível identificar o trato iliotibial (TIT), o ligamento patelar e o tendão do músculo bíceps femoral. Após a desinserção do TIT no tubérculo de Gerdy as seguintes estruturas foram visualizadas: cápsula articular do joelho, o ligamento colateral fibular e o tendão do músculo poplíteo. Entretanto, o LAL não foi identificado em nenhuma das amostras. Conclusões: O LAL não pôde ser identificado em nenhum dos espécimes estudados, seja através da dissecação ou da análise mesoscópica. Nível de Evidência III, Estudos Diagnósticos - Investigação de um Exame para Diagnóstico. <![CDATA[SPORTS INJURIES AMONG AMATEUR ATHLETES AT A BRAZILIAN UNIVERSITY]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-78522017000200093&lng=en&nrm=iso&tlng=en ABSTRACT Objective: To obtain information on the incidence and nature of sports injuries at a Brazilian university. Method: Data from 396 student amateur athletes (61% male) playing 15 different sports during the 2013 season were retrospectively evaluated. Subjects completed the National Collegiate Athletic Association Injury Surveillance System questionnaire at the conclusion of the 2013 sports season. Injuries that resulted in at least one day of time lost were included. Exposure was defined as one student amateur athlete participating in one practice or game and is expressed as an athlete-exposure (A-E). Results: Injury rates were significantly greater in games (13.13 injuries per 1000 A-Es, 95% CI = 10.3-15) than in practices (4.47 injuries per 1000 A-Es, 95% CI = 3.9-5.1). The mechanisms that accounted for the most injuries in games and practices were player contact (52.9%) and non-contact (54.5%), respectively. Ankle ligament sprains were the most common injury (18.2% of all reported injuries). A relatively high incidence of anterior cruciate ligament injury was also observed (0.16 injuries per 1000 A-Es). Conclusion: Brazilian student amateur athletes are at great risk of sustaining non-contact injuries such as ankle sprains and anterior cruciate ligament injuries. Level III of Evidence, Study of non consecutive patients; without consistently applied reference ''gold'' standard.<hr/>RESUMO Objetivo: Obter a incidência e as características das lesões esportivas em atletas de uma universidade do Brasil. Métodos: Os dados de 396 atletas amadores universitários (61% homens) de 15 modalidades, referentes ao ano de 2013, foram avaliados retrospectivamente. Os atletas responderam o questionário ISS (Injury Surveillance System) adotado pela NCAA (National Collegiate Athletic Association) no final da temporada esportiva de 2013. Foram incluídas as lesões que resultaram em pelo menos um dia de afastamento. A exposição foi definida como um atleta amador universitário participando de um treino ou jogo e foi expressa como uma exposição-atleta (E-A). Resultados: As taxas de lesões em jogos (13,13 lesões por 1000 E-A, 95% IC = 10,3 - 15) foram significantemente maiores do que em treinos (4,47 lesões por 1000 E-A, 95% IC = 3,9 - 5,1). Os mecanismos envolvidos na maioria das lesões em jogos e em treinos foram contato com outro jogador (52,9%) e sem contato (54,5%), respectivamente. A torção de tornozelo foi a lesão mais comum (18,2% entre todas as lesões). Observou-se alta incidência de lesões do ligamento cruzado anterior do joelho (0,16 lesões por 1000 E-A). Conclusão: Os atletas amadores universitários brasileiros têm maior risco de sofrer lesões sem contato, como torção de tornozelo e lesão do ligamento cruzado anterior. Nível de Evidência III, Estudo de pacientes não consecutivos; sem padrão de referência "ouro" aplicado uniformemente. <![CDATA[BONE FRAGILITY, FRACTURE RISK AND TRAUMA:A COMPLICATED TRIANGLE IN CHILDREN]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-78522017000200099&lng=en&nrm=iso&tlng=en ABSTRACT Objective: To analyze whether association between bone fragility and risk of fracture depends on the trauma level. Method: All participants along with their mothers underwent DXA scan and body measurements. The subjects answered a self-report questionnaire about their physical activities and the precipitating causes. The questionnaire results were associated with DXA performed at the baseline visit. Results: A total 374 children with available DXA scan and complete follow-up of 5 years were included in the final analysis. Of the 374 children, 53 (14.2%) had one fracture, and 11 (20.7%) had more than one fracture. Based on the modified Landin classification, the trauma level was determined. Of the 53 (14.2%) children who had one fracture, 39 (73.6%) were classified, namely 19 (48.7%) with mild trauma, 16 (41%) with moderate trauma and four (10.2%) with severe trauma. Trauma level could not be assigned to 14 (26.4%) children due to limited information. Children without fractures had significantly higher values in all bone parameters compared to those with fractures caused by mild trauma. Conclusion: Subjects with mild trauma fractures had an inversely proportional ratio between bone fragility parameters and fracture risk compared with subjects without fractures. Level of Evidence IV, Case Series.<hr/>RESUMO Objetivo: Analisar se a associação entre fragilidade óssea e risco de fratura depende do nível de trauma. Método: Todos os participantes, juntamente com suas mães, foram submetidos à DEXA e medições corporais. Os participantes responderam um questionário de autorrelato sobre atividades físicas e descrição de como o trauma ocorreu. Os resultados do questionário foram associados à DEXA realizada na primeira visita do estudo. Resultados: Um total de 374 crianças com DEXA disponível e acompanhamento completo de 5 anos foi incluído na análise final. Das 374 crianças, 53 (14,2%) tiveram uma fratura e 11 (20,7%) tiveram mais de uma fratura. Com base na classificação de Landin modificada, foi determinado o nível de trauma. Das 53 (14,2%) crianças que tiveram uma fratura, 39 (73,6%) foram classificadas, sendo 19 (48,7%) com trauma leve, 16 (41%) com trauma moderado e quatro (10,2%) com trauma grave. O nível de trauma não pôde ser atribuído a 14 (26,4%) crianças, devido a informações limitadas. As crianças sem fraturas apresentaram valores significantemente mais altos em todos os parâmetros ósseos, em comparação com os que tinham fraturas causadas por trauma leve. Conclusão: Os indivíduos com fraturas por trauma leve apresentaram relação inversamente proporcional entre os parâmetros fragilidade óssea e o risco de fratura em comparação com indivíduos sem fratura. Nível de Evidência IV, Série de Casos . <![CDATA[CUSTOMIZED GUIDE FOR FEMORAL COMPONENT POSITIONING IN HIP RESURFACING ARTHROPLASTY]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-78522017000200103&lng=en&nrm=iso&tlng=en ABSTRACT Objective: To prove the accuracy of a customized guide developed according to our method. Methods: This customized guide was developed from a three-dimensional model of proximal femur reconstructed using computed tomography data. Based on the new technique, the position of the guide pin insertion was selected and adjusted using the reference of the anatomical femoral neck axis. The customized guide consists of a hemispheric covering designed to fit the posterior part of the femoral neck. The performance of the customized guide was tested in eight patients scheduled for total hip arthroplasty. The stability of the customized guide was assessed by orthopedic surgeons. An intraoperative image intensifier was used to assess the accuracy. Results: The customized guide was stabilized with full contact and was fixed in place in all patients. The mean angular deviations in relation to the what was planned in anteroposterior and lateral hip radiographs were 0.5º ± 1.8º in valgus and 1.0º ± 2.4º in retroversion, respectively. Conclusion: From this pilot test, the authors suggest that the proposed technique could be applied as a customized guide to the positioning device for hip resurfacing arthroplasty with acceptable accuracy and user-friendly interface. Level of Evidence IV, Cases Series.<hr/>RESUMO Objetivo: Comprovar a precisão de uma guia personalizada desenvolvida a partir de nosso método. Métodos: Esta guia personalizada foi desenvolvida a partir do modelo tridimensional da parte proximal do fêmur reconstruída usando dados de tomografia computadorizada. Com base na nova técnica, a posição de inserção do pino da guia foi selecionada e ajustada usando a referência do eixo anatômico do colo do fêmur. A guia personalizada consiste em um revestimento hemisférico projetado para encaixar na parte posterior do colo do fêmur. O desempenho da guia personalizada foi testado em oito pacientes que seriam submetidos à artroplastia total do quadril. A estabilidade da guia personalizada foi avaliada por cirurgiões ortopedistas. Para avaliar a precisão, usou-se um intensificador de imagem intraoperatório. Resultados: A guia personalizada foi estabilizada com contato total e foi fixada em todos os pacientes. Os desvios angulares médios com relação ao planejado nas radiografias anteroposteriores e laterais do quadril foram de 0,5º ± 1,8º em valgo e 1,0º ± 2,4º em retroversão, respectivamente. Conclusão: A partir deste teste piloto, os autores sugerem que a técnica proposta poderia ser aplicada como guia personalizada para o dispositivo de posicionamento para resurfacing em artroplastia de quadril com aceitável precisão e interface amigável. Nível de Evidência IV, Série de Casos . <![CDATA[FEMORAL NECK FRACTURES GARDEN I AND II: EVALUATION OF THE DEVIATION IN LATERAL VIEW]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-78522017000200107&lng=en&nrm=iso&tlng=en ABSTRACT Objective: To evaluate the rate of deviation in the lateral radiographic incidence in patients with femoral neck fracture classified as non-diverted in the anteroposterior view (Garden I and II). Methods: Nineteen selected patients with femoral neck fractures classified as Garden I and II were retrospectively evaluated, estimating the degree of deviation in the lateral view. Results: Fifteen cases (79%) presented deviations in lateral view, with a mean of 18.6 degrees (±15.5). Conclusion: Most fractures of the femoral neck classified as Garden I and II present some degree of posterior deviation in the X-ray lateral view. Level of Evidence III, Retrospective Comparative Study.<hr/>RESUMO Objetivo: Avaliar a taxa de desvio na incidência radiográfica lateral em pacientes com fratura do colo femoral classificadas como não desviadas na incidência anteroposterior (Garden I e II). Métodos: foram avaliados retrospectivamente 19 pacientes selecionados com fraturas do colo do fêmur classificadas como Garden I e II, estimando-se o grau de desvio na incidência radiográfica lateral. Resultados: Quinze casos (79%) apresentaram desvio no perfil, com média de 18,6 (± 15,5). Conclusão: A maioria das fraturas do colo femoral classificadas como Garden I e II apresenta algum grau de desvio posterior na incidência radiográfica lateral. Nível de Evidência III, Estudo Retrospectivo Comparativo .