Scielo RSS <![CDATA[Economia Aplicada]]> http://www.scielo.br/rss.php?pid=1413-805020140001&lang=pt vol. 18 num. 1 lang. pt <![CDATA[SciELO Logo]]> http://www.scielo.br/img/en/fbpelogp.gif http://www.scielo.br <![CDATA[<b>Performance-based compensation vs. guaranteed compensation: contractual incentives and performance in the Brazilian banking industry</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-80502014000100001&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Top management from retail banks must delegate authority to lower-level managers to operate branches and service centers. Doing so, they must navigate through conflicts of interest, asymmetric information and limited monitoring in designing compensation plans for such agents. Pursuant to this delegation, banks adopt a system of performance targets and incentives to align the interests of senior and unit managers. This paper evaluates the causal relationship between performance-based salaries and managers' effective performance. Using data from January 2007 to June 2009 of a large Brazilian retail banks, we find that that agents with guaranteed variable salary contracts have inferior performance compared with agents who have performance-based compensation packages. We conclude that there is a moral hazard in the behavior of agents who are subject to guaranteed variable salary contracts.<hr/>A alta gerência dos bancos de varejo delega autoridade aos gerentes de unidades bancárias para operação de suas agências. Tal delegação está permeada de conflitos de interesse, informação assimétrica e monitoramento limitado, os quais moldam os planos de compensação dos gerentes. Dessa forma, bancos alinham os interesses da alta gerência e dos gerentes por meio de um sistema de metas e incentivos. Este artigo avalia a relação causal entre os salários com base no desempenho e desempenho dos gestores. Usando dados de janeiro/07 a junho/09, de um grande banco de varejo do Brasil, verificamos que os agentes com contratos salariais variáveis têm desempenho inferior em comparação com agentes que têm remuneração por desempenho. Conclui-se que há um risco moral no comportamento dos agentes que estão sujeitos a contratos salariais variáveis garantidos. <![CDATA[<b>Duraçao do desemprego e transições para o emprego formal, a inatividade e a informalidade</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-80502014000100002&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Longos períodos de desemprego podem influenciar a probabilidade de o indivíduo encontrar um emprego, assim como podem ter efeitos sobre a decisão desse indivíduo sair do mercado de trabalho. Usando dados da PME (Pesquisa Mensal de Emprego) para o período entre 2006 e 2013, estimamos modelos de duração que consideram transições do desemprego para o emprego, que pode ser formal ou informal, e para a inatividade. De acordo com os resultados, uma determinada característica individual geralmente apresenta efeitos diferenciados dependendo do tipo de transição considerado. Os resultados mostram ainda que as probabilidades de transição para todos os estados analisados aumentam com o tempo de desemprego. Indivíduos há mais tempo no desemprego parecem mais propensos a transitar para um emprego formal ou informal, mas também a deixarem a força de trabalho.<hr/>Long unemployment spells may affect the probability of an unemployed get a job, as well as may be related to transitions out of the labor force. Using data from the PME (Pesquisa Mensal de Emprego) covering the period between 2006 and 2013, we estimated duration models that consider transitions from unemployment to different destinations: i) formal employment, ii) informal employment, and iii) inactivity. According to evidence, individual characteristics usually have heterogeneous effects across the types of transition. The results also show that unemployment duration increases the probability of exit from unemployment to employment (formal or informal) and from unemployment to inactivity. <![CDATA[<b>The frequency domain causality analysis between energy consumption and income in the United States</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-80502014000100003&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt We investigated Granger-causality in the frequency domain between primary energy consumption/electricity consumption and GDP for the US by employing approach of Lemmens et al. (2008) and covering the period of January, 1973 to December, 2008. We found that causal and reverse causal relations between primary energy consumption and GDP and electricity consumption and GDP vary across frequencies. Our unique contribution in the existing literature lies in decomposing the causality on the basis of time horizons and demonstrating bidirectional the short-run, the medium-run and the long-run causality between GDP and primary energy consumption/electricity consumption and thus providing evidence for the feedback hypothesis. These results have important implications for the US for planning of the short, the medium and the long run energy and economic growth related policies.<hr/>Através do teste de casualidade de Granger, nós investigamos o domínio de frequência entre o consumo primário de energia/eletricidade e o produto interno bruto (PIB) dos Estados Unidos; aplicando a abordagem de Lemmens et al. (2008) e cobrindo o período entre Janeiro de 1973 a Dezembro de 2008. Nós achamos relações causal e causal reversa entre o consumo primário de energia e PIB, e o consumo de eletricidade e PIB variam através das frequências. Nossa contribuição única na literatura existente reside na decomposição da causalidade com base em horizontes de tempo e demonstração bi-direcional de causalidade de curto prazo, médio-prazo e longo-prazo entre PIB e consumo primário de energia/eletricidade e assim provendo evidência para a "feedback hypothesis". Estes resultados têm importantes implicações para o planejamento energértico de curto, médio e longo prazo dos Estados Unidos e políticas relacionadas ao crescimento econômico. <![CDATA[<b>Política fiscal e ciclos econômicos no Brasil</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-80502014000100004&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Como se comporta o multiplicador fiscal? A literatura recente aponta que o multiplicador fiscal resulta de uma série de fatores dentre os quais se destaca seu comportamento em relação ao ciclo econômico, sendo mais elevado em períodos recessivos. Este artigo analisa esse comportamento por meio de modelos Markov-Switching. Os resultados indicam robustez do multiplicador de investimento público, sendo maior que um, e da carga tributária líquida, que é negativo. Além disso, os resultados encontrados mostram que os multiplicadores são mais relevantes em períodos de menor volatilidade.<hr/>The recent literature argues that the economic cycle is a very important factor behind the way fiscal multiplier behaves, being larger during recessions. This paper analyses fiscal multiplier during distinct regimes by applying Markov-Switching models for Brazil. The results show that public investment multiplier is higher than one and net tax burden multiplier is negative. Furthermore, fiscal multipliers are robust and higher during periods of lower volatility. <![CDATA[<b>Efeitos da participação de consórcios nos lances e deságios em leilões de transmissão de energia elétrica no Brasil</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-80502014000100005&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Este trabalho objetivou avaliar os efeitos da participação de consórcios nos lances e deságios em leilões de transmissão de energia elétrica realizados no Brasil, no período de 2000 a 2011. Foram considerados modelos empilhados com todos os lances (606 observações) e de séries temporais com os lances vencedores (148 observações). Esses modelos foram estimados pelo método dos Mínimos Quadrados Ordinários e por Efeito de Tratamento. Os resultados indicaram que os consórcios foram menos competitivos do que as firmas individuais, pois forneceram, na média, lances maiores e deságios menores. O número de participantes, como esperado, teve efeito competitivo sobre lances e deságios. A receita, por sua vez, esteve positivamente relacionada aos lances, mas não impactou os deságios de forma significativa.<hr/>This work aimed to evaluate the effects of consortia participation on bids and discounts in electric power transmission auctions held in Brazil from 2000 to 2011. We considered pooled models with all bids (606 observations) and time series models with the winning bids (148 observations). These models were estimated by Ordinary Least Squares (OLS) and treatment effect. The results indicated that consortia were less competitive than individual firms, since they provided, on average, higher bids and lower discounts. The number of participants, as expected, had competitive effect on bids and discounts. The revenue, in turn, was positively related to bids, but didn't have significant impact on discounts. <![CDATA[<b>Desigualdade na utilização de serviços de saúde entre adultos</b>: <b>uma análise dos fatores de concentração da demanda</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-80502014000100006&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Este trabalho estima a desigualdade no uso de serviços de saúde por meio de dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD) 2008, conforme metodologia sugerida por O'Donnell et al. (2008). Além da análise descritiva da distribuição observada em nove serviços essenciais, a metodologia permite mensurar as necessidades previstas e padronizadas por classes socioeconômicas. Os resultados apontam que a utilização de serviços de saúde segundo classes de renda familiar é desigual e a favor dos mais ricos (pró-rica), em sete dos serviços analisados. A desigualdade é maior para os indicadores de cirurgia em 12 meses, exame de mamografia e consultas para o período de duas semanas, com índices de concentração estimados de 0,128; 0,20 e 0,371, respectivamente. O fator que mais contribui para mudanças percentuais para concentração é a posse de plano suplementar de saúde. Em contraposição, o Programa de Saúde da Família (PSF) contribui para diminuir essa concentração, porém seu impacto pró-pobre ainda é modesto se comparado com o efeito concentrador de cobertura suplementar.<hr/>This paper estimates health inequality utilization using PNAD 2008 data following the analytical framework proposed by O'Donnell et al. (2008). Beyond descriptive analysis in nine health services, methodological framework allows to measure predicted and standardized need by income classes. Results indicate that services utilization are unequal distributed for the wealthier (pro-rich), in seven out of nine health services. The inequality is higher for surgery services in a 12 months period, mammography and for doctor's visits in two weeks period, with estimated concentration index of 0.128; 0.20 and 0.37, respectively. Supplemental health coverage is the most relevant factor to comprehend positive percentage changes in concentration index. Contrastingly, Family Health Program decreases the concentration, however its impact pro-poor is modest and it is more than offset by the health insurance effect. <![CDATA[<b>Proposta metodológica para a identificação de subcentros urbanos</b>: <b>estudo de caso na região metropolitana de São Paulo</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-80502014000100007&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt A identificação formal de subcentros, em geral, é feita a partir de três tipos de procedimentos metodológicos distintos: estabelecimento de valores de corte, estimativas econométricas e a análise exploratória de dados espaciais, cada qual com seus méritos e deméritos próprios para a análise intra urbana. Contudo, em poucos trabalhos, a exemplo de McMillen & Smith (2003) e McMillen & Lester (2003), se busca a interlocução entre esses procedimentos com o intuito de aperfeiçoar os resultados e suplantar os pontos frágeis de cada abordagem metodológica. Com esse objetivo, se propõe um procedimento para identificação de subcentros de dois estágios, englobando duas das metodologias listadas, a saber: a análise exploratória de dados espaciais e o método de valores de corte. O local avaliado é a Região Metropolitana de São Paulo com base nos dados da Pesquisa Origem e Destino de 2007.<hr/>The formal identification of sub-centers is made basically from the replica of three distinct types of methodological procedures, establishment of cutoff values, econometric estimates and exploratory analysis of spatial data, each with its own merits and demerits for intra-urban analysis. However, in a few works, like likeMcMillen & Smith (2003) andMcMillen & Lester (2003), there is a dialogue between the procedures in order to improve results and overcome the weaknesses of each methodological approach. With this goal, this paper proposes a two-stage procedure for identifying sub-centers, comprising two of the methods listed, namely: the exploratory analysis of spatial data and the cutoff values procedure. The subject site is the Metropolitan Region of São Paulo based on data from the Pesquisa Origem e Destino de 2007.