Scielo RSS <![CDATA[Economia Aplicada]]> http://www.scielo.br/rss.php?pid=1413-805020140003&lang=pt vol. 18 num. 3 lang. pt <![CDATA[SciELO Logo]]> http://www.scielo.br/img/en/fbpelogp.gif http://www.scielo.br <![CDATA[<b>Heterogeneity in the labor market</b>: <b>unemployment and non-participation in Brazil</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-80502014000300001&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt This article examines the criteria for classification between unemployment and non-participation in the labor force.We analyze the behavior of anon-employed subgroup, called marginally attached to the labor market (those who are not working or searching for a job in the reference week, but are willing to work), to test whether the transitions are similar to either the unemployed or to those non attached to the labor market.We observed that this group is behaviorally distinct and could be considered an intermediate state between the unemployed and those non-participating in the labor force, although closer to the unemployed.<hr/>O trabalho tem como objetivo analisar a validade dos métodos correntes de distinção entre o desemprego e a inatividade. Para isso, aplica-se uma abordagem empírica baseada no comportamento de uma categoria dos inativos denominados marginalmente ativos, isto é, indivíduos que não estão ocupados e não procuram trabalho, porém têm o desejo de trabalhar. Buscou-se testar se os fluxos entre os estados de atividade e inatividade dos marginalmente ativos são comportamentalmente idênticos aos dos desempregados ou "realmente" inativos. Como resultado, verificou-se que as pessoas inativas que desejam trabalhar têm claramente um comportamento distinto daqueles que não procuram e nem desejam trabalhar, estando mais próximas do estado de desemprego. <![CDATA[<b>Desagregação setorial do balanço energético nacional a partir dos dados da matriz insumo-produto</b>: <b>uma avaliação metodológica</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-80502014000300002&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt O artigo propõe e avalia três metodologias para estimar matrizes energéticas nacionais mais desagregadas a partir dos dados da matriz insumo-produto (MIP). Para avaliar os resultados, foram construídas três matrizes insumo-produto híbridas. As análises de correlação e de acuidade dos multiplicadores, índices de ligação setoriais, requerimentos de energia e emissões de CO2 mostraram convergência de resultados nos métodos Base BEN e Base MIP Ajustada. Conclui-se, portanto, que o uso de coeficientes insumo-produto, como ponderadores de expansão do consumo setorial de energia, permite estimar matrizes energéticas consistentes e que são válidas as análises estruturais da economia realizadas com base nelas.<hr/>This paper proposes and evaluates three methods for estimating more disaggregated national energy matrices from input-output matrix (IPM) data. To evaluate the results three hybrid input-output matrices were built. Correlation and acuity of multipliers analyses, binding sectorial indices, energy requirements and CO2 emissions showed convergence results in BEN Base and Base Adjusted MIP methods.We conclude, therefore, that the use of input-output coefficients as weights for sectorial energy consumption expansion allows to estimate consistent energy matrices and that the structural analyzes of the economy based on them are valid. <![CDATA[<b>Incerteza e atividade econômica no Brasil</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-80502014000300003&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Este artigo estuda a relação entre incerteza e atividade econômica no Brasil. A incerteza é aproximada por um índice baseado na frequência da palavra "incerteza" nas seções econômicas de jornais, pelo desvio-padrão das expectativas de crescimento econômico e pela volatilidade do mercado acionário. A incerteza é contra-cíclica, e choques de incerteza produzem efeitos negativos e rápidos na economia brasileira, quando comparados com choques na taxa de juros. Os resultados estão em linha com os encontrados para outros países.<hr/>This paper is aimed at the relationship between uncertainty and economic activity in Brazil. Uncertainty is proxied by an index based on the frequency of economic uncertainty-related articles in newspapers, the standard deviation of growth expectations and stock market volatility. Uncertainty is countercyclical, and uncertainty shocks produce negative and quickier effects in Brazilian economy, when compared with interest rate shocks. The results are similar to those found for other countries. <![CDATA[<b>Measurement of ethanol subsidies and associated economic distortions</b>: <b>an analysis of Brazilian and U.S. policies</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-80502014000300004&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt The objectives of this study were to measure the subsidy equivalent value of ethanol policies in the United States and Brazil, and estimate the magnitude of associated economic distortions. For 2002-11, average annual ethanol subsidy levels were US$7.2 billion in the United States and US$2.1 billion in Brazil. Brazilian support measures for ethanol increased the world price by 2.7% on average in this period, which expanded out put in both countries (1.2% in the United States and 5.3% in Brazil), reduced U.S. consumption by 4.7% and increased Brazilian consumption by 16.1%. On the other hand, U.S. ethanol policies depressed world prices by 2.4% on average in the same period, which boosted consumption in both countries (by 2.5% in the United States and 1.3% in Brazil), expanded U.S. production by 8.3%, but reduced Brazilian out put by 4.7%. Although both countries changed their policies in 2012, distortions remain.<hr/>Este estudo tem por objetivos medir os valores dos subsídios equivalentes das políticas de apoio ao etanol nos Estados Unidos e no Brasil e estimar a magnitude das distorções econômicas por eles causadas. Para o período entre 2002 e 2011, os valores anuais médios destes subsídios foram de US$7,2 bilhões nos Estados Unidos e US$2,1 bilhões no Brasil. As políticas brasileiras elevaram o preço mundial em média em 2,7% neste período, elevando a produção nos dois países (1,2% nos Estados Unidos e 5,3% no Brasil), reduzindo o consumo norte-americano em 4,7% e expandindo o consumo brasileiro em 16,1%. Já as políticas dos Estados Unidos deprimiram o preço mundial em média em 2,4% no mesmo período, expandindo o consumo nos dois países (2,5% no Estados Unidos e 1,3% no Brasil), aumentando a produção norte-americana em 8,3%, mas provocando uma queda de 4,7% na produção brasileira. Em 2012, ambos países mudaram suas políticas, mas as distorções no mercado permanecem. <![CDATA[<b>Distribuição funcional da renda no Brasil</b>: <b>análise dos resultados recentes e estimação da conta da renda</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-80502014000300005&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Este artigo busca examinar a evolução dos resultados da distribuição funcional da renda no período recente, provendo também informações atualizadas que objetivam complementar o SCN do Brasil. No período de 1995 a 2009, houve perda gradual da participação das remunerações na renda nacional até 2004, posteriormente revertida e recuperada até o final da série. Quanto ao rendimento destinado ao capital verificou-se o contrário. Os resultados estimados para os anos de 2010 e 2011 indicaram a manutenção dessa tendência, explicada, sobretudo, pelo aumento do emprego e das remunerações no país nos últimos anos. A metodologia proposta para o provimento destes dados visa eliminar a atual defasagem de dois anos existent eentre os resultados da ótica da renda e os resultados anuais das óticas da produção e da despesa, obtidos pelo sistema trimestral.<hr/>This paper seeks to examine the evolution of the functional income distribution results in the recent period, as well as to provide information to complement the Brazilian SNA. It shows a gradual loss in the weight of compensation in national income, from 1995 to 2004, later reversed and recovered until the end of the series, in 2009. As for the operating surplus, the result found was the opposite. The estimated results for 2010 and 2011 indicated the continuation of this trend, which was explained mainly by the increase of employment and wages in the country in recent years. The methodology proposed for data provision intends to eliminate the current two-year delay among the results of income approach and the annual results of production and expenditure approaches, obtained by quarterly system. <![CDATA[<b>Expectativas empresariais, investimento agregado e emprego</b>: <b>uma análise considerando os efeitos das credibilidades monetária e fiscal no Brasil</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-80502014000300006&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt O trabalho elabora uma análise acerca dos efeitos da credibilidade monetária, da credibilidade fiscal e de outras variáveis expectacionais relacionadas ao ambiente macroeconômico sobre as expectativas dos empresários. Ademais, analisa a influência das expectativas dos empresários sobre as decisões de investimento e o nível de emprego no Brasil sob o regime de metas para inflação. Os resultados sugerem que o comprometimento das autoridades monetária e fiscal com seus objetivos exerce papel fundamental na formação das expectativas dos empresários com relação ao futuro da economia. Os achados também apontam que o investimento agregado e o emprego são afetados pelas expectativas empresariais.<hr/>The aim of this paper is to analyze the effects of monetary and fiscal credibility, and other expectational variables related to the macroeconomic environment regarding the expectations of entrepreneurs. It also examines the influence of entrepreneurs' expectations on investment decisions and employment in Brazil during the regime of inflation targeting. The results suggest that the commitment of both monetary and fiscal authorities with their goals plays a fundamental role in the formation of entrepreneurs' expectations about the future of the economy. Moreover, the findings also indicate that both aggregate investment and employment are affected by entrepreneurs' expectations. <![CDATA[<b>Estimativas trimestrais das transferências públicas de assistência e previdência no Brasil (1995-2012)</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-80502014000300007&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt É difícil exagerar a importância das "transferências (públicas) de assistência e previdência social" no Brasil atual. Poucos estudos, entretanto, analisam sua dinâmica de forma conjunta. Este trabalho contribui para preencher esta lacuna de três maneiras. Primeiro, pela construção de uma série anual compatível com o sistema de contas nacionais brasileiras referência 2000 no período 1995-2012. Segundo, pelo aperfeiçoamento e extensão (até 2012) do esforço de Santos et al. (2010) na construção de estimativas trimestrais agregadas e por componentes dessas transferências. Finalmente, por meio da análise do comportamento dessa variável no período 1995-2012.<hr/>It is difficult to exaggerate the relevance of the "public transfers to the private sector" in modern Brazil. Few studies, however, analyze the evolution of these transfers as a whole. This paper attempts to fillt his gap in the literature in three different ways. First, it shows how to construct an annual series compatible with the current Brazilian national accounts system (2000) over the period 1995-2012. Second, it refines and extends (up until 2012) the previous effort of Santos et al. (2010) in constructing quarterly estimates of these transfers (disaggregated in its main components). Finally, it provides an analysis of the dynamics of the aforementioned transfers in the 1995-2012 years.