Scielo RSS <![CDATA[Economia Aplicada]]> http://www.scielo.br/rss.php?pid=1413-805020060004&lang=pt vol. 10 num. 4 lang. pt <![CDATA[SciELO Logo]]> http://www.scielo.br/img/en/fbpelogp.gif http://www.scielo.br <![CDATA[<B>Estrutura urbana e atividade tecnológica em Minas Gerais</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-80502006000400001&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Este trabalho utiliza uma base de dados de patentes do Instituto Nacional de Propriedade Industrial (INPI), com o objetivo de preencher algumas lacunas na literatura sobre o tema que relaciona inovação e desenvolvimento regional em Minas Gerais. Estes objetivos são os seguintes: 1) identificar os principais fatores determinantes da inovação nos municípios mineiros a partir dos fatores considerados relevantes pela literatura internacional; 2) determinar a relação que existe entre a estrutura urbana do Estado e a inovação; 3) revelar padrões de associação espaciais e identificar agrupamentos espaciais significativos de produção tecnológica; 4) verificar se ocorrem transbordamentos tecnológicos intermunicipais. O trabalho constatou que a atividade tecnológica é concentrada espacialmente, e tende a ocorrer principalmente ao redor da área metropolitana de Belo Horizonte. A estrutura urbana do Estado é, em parte, causadora desta distribuição espacial da atividade tecnológica, porque a maior parte das cidades não possui escala urbana e requisitos exigidos pela inovação.<hr/>This paper uses a database of patent applications from the Brazilian Patent Office (INPI) to throw some light on the relationship between innovation and regional development in the state of Minas Gerais. The objectives are described as follows: 1) to identify the main determinants of innovation in the municipalities of Minas Gerais considering the variables emphasized by the international literature; 2) to determine the relation existing between the urban structure of the state of Minas Gerais and its innovative performance; 3) to reveal the patterns of spatial associations and to identify significant spatial clustering of technological activity; 4) to verify the occurrence of interregional knowledge spillovers. The results showed that the innovative activity is spatially concentrated and presents a major tendency to take place around the metropolitan area of Belo Horizonte. The urban structure of the state is pointed out as a cause of this spatial distribution of the technological activity because great part of its municipalities do not have urban scale and minimum conditions required by the innovative process. <![CDATA[<B>Simulação dos efeitos concorrenciais da fusão Copene-Braskem</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-80502006000400002&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Neste artigo são simuladas as implicações concorrenciais decorrentes da compra do controle da empresa COPENE pelo grupo BRASKEM. Mais especificamente, tal operação diz respeito aos efeitos da concentração horizontal no mercado de polietilenos (PEAD, PEBD e PEBDL), e da integração vertical no mercado de eteno. Para avaliar os efeitos da operação, foi realizada uma análise que simulou o comportamento das empresas produtoras de polietilenos e eteno em termos de fixação de preços e quantidades ofertadas. As principais conclusões destas simulações, partindo da formação da empresa BRASKEM, são: (i) elevação do preço médio dos polietilenos no mercado brasileiro; (ii) redução da quantidade total de polietilenos consumida; (iii) elevação da concentração no setor, medida pelo Índice Herfindahl-Hirschmann; (iv) maior participação de mercado da empresa BRASKEM, o que reforça sua posição dominante.<hr/>In this paper, we aim to analyze the consequences for the competition as regards the purchase of control of COPENE enterprise by the BRASKEM group. Specifically, such operation increases the degree of horizontal concentration in Brazilian Polyethylene market (PEAD, PEBD, PEBDL), as well as the concentration in the market for ethene. In order to evaluate the consequences of these operations, an analysis was carried out in order to simulate the behavior of producing companies of polyethylene and ethene as regards prices and quantities. The main conclusions of these simulations, from the formation of BRASKEM enterprise: (i) increase in average prices of polyethylene in Brazilian Market; (ii) decrease in the total quantity of polyethylene consumed; (iii) Increase in the Herfindahl-Hirschman Index in the sector; (iv) greater market share of BRASKEM, reinforcing its dominant position. <![CDATA[<B>Desconexão no sistema de inovação no setor saúde</B>: <B>uma avaliação preliminar do caso brasileiro a partir de estatísticas de patentes e artigos</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-80502006000400003&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Este artigo formula uma conjectura sobre o sistema de inovação no setor saúde no Brasil: a existência de uma "desconexão" entre as produções científica e tecnológica. A conjectura é avaliada por meio de estatísticas de patentes e artigos científicos. Essas estatísticas são utilizadas para localizar a posição do Brasil no cenário internacional e para cotejar as especializações de mesorregiões do País em termos de ciência e tecnologia. A desconexão no sistema de inovação do setor saúde investigada no artigo está relacionada à forte presença de patentes da área entre as patentes de não-residentes no Brasil e a problemas na balança comercial do setor.<hr/>This paper conjectures about a disconnection between the scientific and the technological dimensions of the Brazilian health innovation system. Statistics of patents and scientific papers are used in the investigation of this conjecture. The international position of Brazil in regard to the health innovation system is identified. The disconnection between the scientific and technological productions in Brazil is investigated at the regional level. Deficits in the sectoral trade balance and the high percentage of health-related non-resident patents seem to be associated with the disconnection conjectured throughout this paper. <![CDATA[<B>Importações brasileiras de leite: impactos micro e macroeconômicos</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-80502006000400004&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Nos anos 1990 houve mudanças significativas no setor agroindustrial do leite no Brasil. Dentre elas destacam-se: a desregulamentação do rigoroso controle estatal após 46 anos (1945-1991); o lançamento de novos produtos; a entrada de multinacionais; a criação do Mercosul e a abertura comercial generalizada. O comércio mundial de lácteos tem a participação de poucos países, sendo os principais importadores e exportadores os países membros da OCDE. Países como o Brasil e a Índia possuem parcelas pouco expressivas do volume de comércio. O objetivo geral da pesquisa é analisar os fatores que têm influenciado as importações de lácteos pelo Brasil no período de 1991 a 2003. A metodologia empregada para medir os impactos sobre as importações de leite de variáveis micro e macroeconômicas foi a de séries temporais. Incorporou-se uma análise gráfica a partir do diagrama back to back. Utilizou-se a equação de excesso de demanda para definir a demanda por importação de leite.<hr/>During the decade of the 1990's several significant changes took place in the milk agroindustry sector in Brazil: the sector was deregulated after 46 years of state control; new milk products were created; the market share of multinational enterprises increased; the Mercosul was created; and the economy was opened through tariff reduction and deregulations. Only a few countries participate in the world milk trade. Major importers and exporters are members of OECD. The trade share of countries like Brazil and India in rather small. The general objective of this study is to analyze the micro and macro factors that influenced the imports of milk by Brazil during the period from 1991 to 2003. The milk imports market is analyzed through "back to back" graphic system such that Brazil imports demand faces the world export supply. <![CDATA[<B>Comércio e meio ambiente</B>: <B>políticas ambientais e competitividade no âmbito da ALCA</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-80502006000400005&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Este artigo avalia de forma integrada os efeitos da ALCA e das reduções de emissões de CO2, tratadas pelo Protocolo de Quioto, a fim de se fazer uma comparação dos benefícios (ou perdas), tanto econômicos quanto ambientais. O instrumento utilizado para as simulações - GTAP-E (energia) - é uma versão modificada do GTAP (Global Trade Analysis Project) desenvolvido pela Universidade de Purdue e foi projetado para ana-lisar assuntos relacionados ao uso de energia e de políticas que provoquem mudanças climáticas. Os resultados obtidos apontam que a política ambiental de redução de emissões, apesar de contribuir para a diminuição de CO2 na atmosfera, de forma geral, afeta negativamente o bem-estar econômico nos países que contraem tais emissões. Este resultado sugere que um determinado país que adotasse um comportamento free rider na hipótese de consolidação da ALCA, não reduzindo suas emissões, seria beneficiado em relação aos demais países que adotassem outra postura.<hr/>This paper analyses the effects of both the FTAA and the reduction of CO2 emissions, established by the Kyoto Protocol, in order to compare the gains (or losses) on economic and environmental grounds. The instrument employed to perform the simulations are based on GTAP-E (energy), a modified version of GTAP (Global Trade Analysis Project) developed by the Purdue University, which aims to assess the issues related to the use of energy and the impacts of policies that generate climate changes. The results show that environment policies that reduce CO2 emissions despite contributing to cut CO2 on the atmosphere, in general affect negatively the economic welfare on countries that contract such emissions. This result suggests that if a country adopts a free rider behavior towards the FTAA, not reducing its emissions, it would be benefited in relation to other countries that do not adopt this position. <![CDATA[<B>Dinâmica das exportações da América Latina</B>: <B>economias de escala ou dumping recíproco?</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-80502006000400006&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt O propósito central deste trabalho é verificar se as exportações da América Latina podem ser explicadas pela presença de concorrência monopolista com economias de escala ou oligopólios com dumping recíproco. Para cumprir esse objetivo utilizou-se a técnica de estimar, econometricamente, equações gravitacionais das exportações da América Latina para produtos diferenciados e homogêneos. As informações utilizadas contêm uma extensa relação de registros de operações de exportação de 26 países latino-americanos para 136 países do mundo. Os resultados das estimações econométricas permitem obter as seguintes conclusões: (a) as exportações de bens diferenciados dos países da América Latina são explicadas por um modelo de concorrência monopolista, com rendimentos crescentes e com livre entrada; (b) no caso das exportações de bens homogêneos, elas obedecem a um comportamento de oligopólio com dumping recíproco; (c) a América Latina ainda depende das exportações de bens homogêneos que estão associados à atividade primária.<hr/>The main concern of this paper is investigated if the Latin American exports is explain for monopolist competition with increasing returns or oligopoly competition with reciprocal dumping. For these propose we used gravitational equation for Latin-American exports for differentiated and homogeneous products. For our econometric estimation we used an extensive sample of exports of 26 Latin-American country's to 136 country's importers of the rest of the world. Our results of the research are the following (a) The Latin-American exports for differentiated goods is explain by monopoly competition and increasing returns with free entry market (b) for homogeneous goods the behavior of regional exports is associated a oligopoly competition with reciprocal dumping (c) The homogeneous goods, with are associated with primary raw materials are yet very important for the economic growth of the Latin-American country's. <![CDATA[<B>Determinantes macroeconômicos do <I>spread</I> bancário no Brasil</B>: <B>teoria e evidência recente</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-80502006000400007&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt No Brasil, em razão do sucesso do processo de estabilização de preços, da maior abertura e integração ao mercado financeiro internacional e, mais recentemente, da adoção de um regime de taxa de câmbio flutuante, esperava-se que os spreads bancários iriam, em algum grau, convergir para os níveis internacionais, o que acabou por não acontecer. De fato, um dos principais fatores que impedem o crescimento do crédito no Brasil - cuja relação crédito/PIB tem caído de forma acentuada de 1994 aos dias de hoje - são as elevadíssimas taxas de juros dos empréstimos que têm sido praticadas no País. O presente artigo tem por objetivo aprofundar a discussão sobre a determinação do spread bancário no Brasil, procurando mostrar que os determinantes ma-croeconômicos são fatores importantes a serem considerados na explicação do comportamento do spread no País. Para tanto, realiza-se uma análise de regressão múltipla com o intuito de identificar as variáveis macroe-conômicas que podem estar influenciando direta ou indiretamente o spread no Brasil no período 1994/2003. O artigo apresenta evidências de que a elevada volatilidade da taxa de juros e seu nível são os determinantes macroeconômicos principais do elevado spread bancário no Brasil.<hr/>Due to the successful implementation of the price stabilization programme (Real Plan), the greater international financial integration and, more recently, the adoption of a floating exchange rate regime, it was expected in Brazil a sharp decline of the banking interest spreads converging to the international levels. However, such a reduction did not materialized. Indeed, one of the main factors to why the ratio total credit over GDP is still low in Brazil is the very high loan interest rates. The paper aims to at analyze the macroeconomic determinants of banking spread in Brazil. For this purpose, we make use of a multiple regression analysis with the objective to find what macroeconomic variables are determining, directly or indirectly, the banking spread in the period 1994-2003. The results show that the high volatility of the short-term interest rate (Selic) and its level are the main macroeconomic determinants of the banking spread in Brazil.