Scielo RSS <![CDATA[Ciência & Saúde Coletiva]]> http://www.scielo.br/rss.php?pid=1413-812320090006&lang=en vol. 14 num. 6 lang. en <![CDATA[SciELO Logo]]> http://www.scielo.br/img/en/fbpelogp.gif http://www.scielo.br <![CDATA[<B>Saúde ambiental e territórios sustentáveis</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232009000600001&lng=en&nrm=iso&tlng=en <![CDATA[<B>Environment, health and sustainable development</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232009000600002&lng=en&nrm=iso&tlng=en Os problemas do meio ambiente e seus impactos na saúde e bem-estar das populações, sobretudo dos mais carentes e excluídos do acesso a bens materiais e simbólicos proporcionados apenas a uma minoria privilegiada, devem ser analisados no contexto da crise econômica e financeira que varre o sistema capitalista, com seus desdobramentos na queda da produção, do emprego e de renda e a perda de inúmeros ativos fixos e de poupanças populares.A crise do paradigma capitalista evidencia a natureza predatória do sistema, levando a humanidade à beira de uma catástrofe, cujos impactos são sentidos em nível local, nacional e global. O ensaio aponta os principais aspectos da deterioração ambiental - o efeito estufa, a poluição de rios, lagos e águas costeiras, a contaminação dos solos por agrotóxicos e pesticidas; a erosão de solos e a desertificação pelo desmatamento de florestas; a ausência de saneamento básico nas regiões metropolitanas, onde se concentra uma parcela crescente da população carente e deserdada.Ao discutir as disfunções e paradoxos da acumulação e concentração do capital, o ensaio aponta para a necessidade de construir um novo paradigma de desenvolvimento, baseado na cooperação e solidariedade, na distribuição equitativa do produto social e na reformulação do sistema político, superando os padrões autoritários, através da construção de um modelo participativo e de cogestão.<hr/>Environmental problems and their impact on health and welfare of the population, mainly the most deprived and excluded, from access to material and symbolic goods, provided only to a privileged minority, must be analyzed within the context of the global economic and financial crisis which swept the whole world since 2008. The collapse of the capitalist system and its negative impacts on production, income and employment provide evidence to the predatory nature of the underlying social and political relations which lead humanity to a catastrophic abyss whose consequences are felt on local, national and global levels. Appointing to the main aspects of environmental deterioration - greenhouse gases; pollution of rivers, lakes and oceans; the erosion and intoxication of soils; the lack of basic sanitation and fresh water supply in metropolitan areas, this essay refers to official health indicators published recently by the Ministry of Health of Brazil which documents destructive trends. Discussing the dysfunction and the paradoxes of capital accumulation the essay points out to the need for building a new development paradigm based on cooperation and solidarity; an equitable distribution of the social product and the reform of the political system leading from the present authoritarian patterns of social relations to a participative and a true democratic model. <![CDATA[<B>Who will sustain such development?</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232009000600003&lng=en&nrm=iso&tlng=en Os problemas do meio ambiente e seus impactos na saúde e bem-estar das populações, sobretudo dos mais carentes e excluídos do acesso a bens materiais e simbólicos proporcionados apenas a uma minoria privilegiada, devem ser analisados no contexto da crise econômica e financeira que varre o sistema capitalista, com seus desdobramentos na queda da produção, do emprego e de renda e a perda de inúmeros ativos fixos e de poupanças populares.A crise do paradigma capitalista evidencia a natureza predatória do sistema, levando a humanidade à beira de uma catástrofe, cujos impactos são sentidos em nível local, nacional e global. O ensaio aponta os principais aspectos da deterioração ambiental - o efeito estufa, a poluição de rios, lagos e águas costeiras, a contaminação dos solos por agrotóxicos e pesticidas; a erosão de solos e a desertificação pelo desmatamento de florestas; a ausência de saneamento básico nas regiões metropolitanas, onde se concentra uma parcela crescente da população carente e deserdada.Ao discutir as disfunções e paradoxos da acumulação e concentração do capital, o ensaio aponta para a necessidade de construir um novo paradigma de desenvolvimento, baseado na cooperação e solidariedade, na distribuição equitativa do produto social e na reformulação do sistema político, superando os padrões autoritários, através da construção de um modelo participativo e de cogestão.<hr/>Environmental problems and their impact on health and welfare of the population, mainly the most deprived and excluded, from access to material and symbolic goods, provided only to a privileged minority, must be analyzed within the context of the global economic and financial crisis which swept the whole world since 2008. The collapse of the capitalist system and its negative impacts on production, income and employment provide evidence to the predatory nature of the underlying social and political relations which lead humanity to a catastrophic abyss whose consequences are felt on local, national and global levels. Appointing to the main aspects of environmental deterioration - greenhouse gases; pollution of rivers, lakes and oceans; the erosion and intoxication of soils; the lack of basic sanitation and fresh water supply in metropolitan areas, this essay refers to official health indicators published recently by the Ministry of Health of Brazil which documents destructive trends. Discussing the dysfunction and the paradoxes of capital accumulation the essay points out to the need for building a new development paradigm based on cooperation and solidarity; an equitable distribution of the social product and the reform of the political system leading from the present authoritarian patterns of social relations to a participative and a true democratic model. <![CDATA[<B>Environment, health and sustainable development</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232009000600004&lng=en&nrm=iso&tlng=en Os problemas do meio ambiente e seus impactos na saúde e bem-estar das populações, sobretudo dos mais carentes e excluídos do acesso a bens materiais e simbólicos proporcionados apenas a uma minoria privilegiada, devem ser analisados no contexto da crise econômica e financeira que varre o sistema capitalista, com seus desdobramentos na queda da produção, do emprego e de renda e a perda de inúmeros ativos fixos e de poupanças populares.A crise do paradigma capitalista evidencia a natureza predatória do sistema, levando a humanidade à beira de uma catástrofe, cujos impactos são sentidos em nível local, nacional e global. O ensaio aponta os principais aspectos da deterioração ambiental - o efeito estufa, a poluição de rios, lagos e águas costeiras, a contaminação dos solos por agrotóxicos e pesticidas; a erosão de solos e a desertificação pelo desmatamento de florestas; a ausência de saneamento básico nas regiões metropolitanas, onde se concentra uma parcela crescente da população carente e deserdada.Ao discutir as disfunções e paradoxos da acumulação e concentração do capital, o ensaio aponta para a necessidade de construir um novo paradigma de desenvolvimento, baseado na cooperação e solidariedade, na distribuição equitativa do produto social e na reformulação do sistema político, superando os padrões autoritários, através da construção de um modelo participativo e de cogestão.<hr/>Environmental problems and their impact on health and welfare of the population, mainly the most deprived and excluded, from access to material and symbolic goods, provided only to a privileged minority, must be analyzed within the context of the global economic and financial crisis which swept the whole world since 2008. The collapse of the capitalist system and its negative impacts on production, income and employment provide evidence to the predatory nature of the underlying social and political relations which lead humanity to a catastrophic abyss whose consequences are felt on local, national and global levels. Appointing to the main aspects of environmental deterioration - greenhouse gases; pollution of rivers, lakes and oceans; the erosion and intoxication of soils; the lack of basic sanitation and fresh water supply in metropolitan areas, this essay refers to official health indicators published recently by the Ministry of Health of Brazil which documents destructive trends. Discussing the dysfunction and the paradoxes of capital accumulation the essay points out to the need for building a new development paradigm based on cooperation and solidarity; an equitable distribution of the social product and the reform of the political system leading from the present authoritarian patterns of social relations to a participative and a true democratic model. <![CDATA[<B>Sustainability and sustainment</B>: <B>a debate on the conception of a sustainable society</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232009000600005&lng=en&nrm=iso&tlng=en Os problemas do meio ambiente e seus impactos na saúde e bem-estar das populações, sobretudo dos mais carentes e excluídos do acesso a bens materiais e simbólicos proporcionados apenas a uma minoria privilegiada, devem ser analisados no contexto da crise econômica e financeira que varre o sistema capitalista, com seus desdobramentos na queda da produção, do emprego e de renda e a perda de inúmeros ativos fixos e de poupanças populares.A crise do paradigma capitalista evidencia a natureza predatória do sistema, levando a humanidade à beira de uma catástrofe, cujos impactos são sentidos em nível local, nacional e global. O ensaio aponta os principais aspectos da deterioração ambiental - o efeito estufa, a poluição de rios, lagos e águas costeiras, a contaminação dos solos por agrotóxicos e pesticidas; a erosão de solos e a desertificação pelo desmatamento de florestas; a ausência de saneamento básico nas regiões metropolitanas, onde se concentra uma parcela crescente da população carente e deserdada.Ao discutir as disfunções e paradoxos da acumulação e concentração do capital, o ensaio aponta para a necessidade de construir um novo paradigma de desenvolvimento, baseado na cooperação e solidariedade, na distribuição equitativa do produto social e na reformulação do sistema político, superando os padrões autoritários, através da construção de um modelo participativo e de cogestão.<hr/>Environmental problems and their impact on health and welfare of the population, mainly the most deprived and excluded, from access to material and symbolic goods, provided only to a privileged minority, must be analyzed within the context of the global economic and financial crisis which swept the whole world since 2008. The collapse of the capitalist system and its negative impacts on production, income and employment provide evidence to the predatory nature of the underlying social and political relations which lead humanity to a catastrophic abyss whose consequences are felt on local, national and global levels. Appointing to the main aspects of environmental deterioration - greenhouse gases; pollution of rivers, lakes and oceans; the erosion and intoxication of soils; the lack of basic sanitation and fresh water supply in metropolitan areas, this essay refers to official health indicators published recently by the Ministry of Health of Brazil which documents destructive trends. Discussing the dysfunction and the paradoxes of capital accumulation the essay points out to the need for building a new development paradigm based on cooperation and solidarity; an equitable distribution of the social product and the reform of the political system leading from the present authoritarian patterns of social relations to a participative and a true democratic model. <![CDATA[<B>Economic development axis and socioenvironmental conflicts generation in Brazil</B>: <B>challenges to sustainability and environmental justice</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232009000600006&lng=en&nrm=iso&tlng=en A realização da 1ª Conferência Nacional de Saúde Ambiental, a ser realizada em dezembro de 2009, apresenta inúmeros desafios ao campo da Saúde Coletiva. Seus objetivos e eixos adotam conceitos-chave como desenvolvimento, sustentabilidade, processos de produção e consumo, a questão da democracia e das políticas públicas, revelando a abrangência, a novidade e o forte caráter interdisciplinar e intersetorial da Saúde Ambiental. Ao resgatar e articular temas importantes para a Saúde Coletiva, a conferência aponta para a necessidade de refletirmos sobre os determinantes socioambientais da saúde na atualidade, de forma a avançarmos na construção de diretrizes e ações de vigilância e promoção da saúde. Este artigo discute as características do modelo de desenvolvimento brasileiro, seus impactos e conflitos socioambientais e sanitários. Usamos como referenciais teóricos e empíricos os acúmulos provenientes dos campos da economia ecológica e da ecologia política, assim como as experiências de cooperação junto à Rede Brasileira de Justiça Ambiental e diversos movimentos sociais. Dois casos serão aprofundados, o do agronegócio e uso de agrotóxicos, e a expansão da cadeia siderúrgica no país. Ao final, elencamos alguns pontos para compor uma agenda da "crise" socioambiental.<hr/>The 1st National Environmental Health Conference, in December 2009, presents countless challenges to the field of Public Health. It debates key concepts as development, sustainability, production and consumption processes, democracy and public policies; advocating for innovative, interdisciplinary and intersectorial aspects of Environmental Health. The Conference recovers and articulates important themes for the Public Health, and also indicates the need of reflecting the socio-environmental determinants of health at the present time, in order to provide progresses in the construction of guidelines and actions to health surveillance and promotion. This article discusses the characteristics of the Brazilian model of development, its impacts and conflicts within social, environmental and health fields. We use theoretical and empirical contributions from the fields of Ecological Economy and Political Ecology, as well as, experiences of cooperation with the Brazilian Network on Environmental Justice and several social movements. Two cases are discussed in more detail: the first related to agribusiness and the use of pesticides, and the other about the expansion of the iron and steel industry in Brazil. We conclude proposing some elements that could be incorporated by a research agenda committed to the debate about the "socioenvironmental crisis". <![CDATA[<B>Health, work and environment at the Brazilian rural</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232009000600007&lng=en&nrm=iso&tlng=en O presente artigo discute as implicações das mudanças no paradigma produtivo sobre a saúde e o ambiente no meio rural brasileiro. Para tanto, analisa dados de produção, demografia e economia, contrastando os determinantes, de ordem social, estrutural e econômica, com os reflexos na relação saúde, trabalho e ambiente, desvelando um quadro preocupante, que inclui: a) os impactos ambientais de grandes cadeias produtivas como soja, milho, algodão e cana de açúcar; b) a contaminação química de diversos compartimentos ambientais em razão do uso de agrotóxicos e fertilizantes na agricultura; c) o uso de áreas naturais para o aumento de áreas destinadas à agricultura e pecuária; e d) os reflexos destas ações sobre a saúde de um contingente expressivo de indivíduos, trabalhadores ou não, colocados cada vez mais em situação de extrema vulnerabilidade face aos riscos advindos dos diversos processos produtivos presentes no meio rural brasileiro. Assim, o presente artigo mostra que os macrodeterminantes (ou grandes forças motrizes) acabam por configurar o retrato da saúde dos habitantes do Brasil Rural que, cotidianamente, enfrentam uma série de desafios para a garantia de uma qualidade de vida e de trabalho digna.<hr/>This manuscript discusses the implications of the productive paradigm changes in health and environment of rural area of Brazil. It analyzes production, economy and demography data, facing social and structural determinants with health and environmental reflexes, revealing a serious panorama that includes: a) environmental impacts associated to large productive chains, such as corn, soy-bean, cotton and sugar cane; b) chemical contamination of diverse environment compartments due to pesticides and fertilizers used in agriculture; c) the use of natural land in the expansion of agriculture and cattle farming activities; and d) the reflexes of these actions on individuals, workers or not, that are more and more forced to deal with extreme vulnerability situations because of the risk of rural work processes. Thus, the present article points that macro-determinants (or driven-forces) tends to configure the health status of Rural Brazil inhabitants which, day after day, face a series of challenges in order to guarantee dignity in their work and quality of life. <![CDATA[<B>Work and health</B>: <B>the activity of burning toxic waste in cement kilns in Cantagalo, Rio de Janeiro State</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232009000600008&lng=en&nrm=iso&tlng=en Este estudo ocupa-se de analisar as condições de trabalho e saúde a partir dos relatos dos trabalhadores envolvidos na atividade de coprocessamento de resíduos tóxicos em fornos de cimenteiras de Cantagalo (RJ). Realizamos uma investigação qualitativa baseada na utilização de roteiro semi-estruturado, na qual foram entrevistados treze indivíduos. Na análise do discurso, foi possível observar falhas no planejamento do processo de trabalho, na identificação de riscos, na prevenção de agravos, no monitoramento de impactos à saúde e ao ambiente, bem como na identificação e notificação aos órgãos competentes. A assimilação das incertezas do processo, favorecendo os interesses dos empreendedores, permitiu que recaísse sobre os trabalhadores o ônus do adoecimento, aceitável na medida em que se negam evidências clínicas. Torna-se imperioso amplo debate que envolva entes públicos e privados, a sociedade e suas representações, confrontando-se questões éticas, ambientais e de saúde aos interesses do capital, para que se estabeleçam novas diretrizes para o processo.<hr/>This study analyzes the work and health conditions through the discourse of the employees involved in the activity of toxic waste co-processing in cement kilns in Cantagalo, RJ. A qualitative approach was adopted using a semi-structured interview with 13 individuals. After analyzing the discourse, it was possible to observe relevant failures in the work process planning, in the identification of risks, in preventing diseases, in monitoring health impacts and to the environment, even their identification and notification to the competent authorities. The assimilation of the uncertainties of the process, favoring the interests of the entrepreneurs, has passed on the workers the burden of illness, rendered acceptable in that they deny clinical evidences. It is imperative to establish a broad debate involving public and private entities, the society in all its representations, confronting ethical, environmental and health issues to the interests of capital in order to set new guidelines for the process. <![CDATA[<B>Perception of mercury contamination by Brazilian adolescents in a gold mining community</B>: <B>an ethnographic approach</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232009000600009&lng=en&nrm=iso&tlng=en This study used ethnographic methods to examine the perception of mercury contamination by adolescents in the mining community of Poconé, Mato Grosso, Brazil. In Phase I, 53 students aged 13 to 16 years in six schools presented theatrical sketches about community health risks to generate key terms for a pile sorting activity in Phase II. Mercury was reported by four of the 15 groups (26%). In Phase II, researchers conducted semi-structured interviews and pile sorts with 31 students to assess adolescent attitudes about mercury and to generate an ethnomedical model of mercury perception. The lack of consensus evident in the model reveals that while students view mercury as an overall threat, many of them do not understand how its presence can harm human health. Few adolescents felt confident about their knowledge (3%) or could accurately explain how it was used (9%), even though many of them had relatives working as miners (55%). Further analysis of pile sort data suggests that mercury may not belong in a "typical risks" domain. The authors argue that ethnographic methods are a useful tool for public health research, and hope that these findings can contribute to health education interventions in the field.<hr/>Foram utilizados métodos etnográficos para avaliar a percepção de adolescentes escolares sobre a contaminação por mercúrio na cidade de Poconé, Mato Grosso, Brasil. Na Fase I, 53 estudantes (13 a 16 anos de idade) de seis escolas do ensino fundamental apresentaram aos pesquisadores temas sobre saúde pública que geraram palavras-chave para a Fase II (cartões-estímulo). Mercúrio foi citado por quatro dos quinze grupos (26%) formados por dois a cinco estudantes. Na Fase II, os pesquisadores realizaram entrevistas semi-estruturadas e cartões-estímulo em 31 estudantes para avaliar atitudes sobre mercúrio que geraram um modelo etnomédico. A falta de consenso evidenciada neste modelo revelou que enquanto alguns estudantes percebiam o mercúrio como uma ameaça, outros desconheciam como sua presença poderia afetar a saúde, poucos eram confiantes sobre seu conhecimento (3%) ou poderiam explicar com detalhes como era utilizado (9%), embora possuíssem parentes trabalhando como garimpeiros (55%). O mercúrio como um "risco típico" também não faz parte do domínio do conhecimento destes adolescentes. Os autores sugerem que métodos etnográficos possam ser uma ferramenta útil para a Saúde Coletiva e esperam que estes resultados possam contribuir para novas intervenções em educação para a saúde neste tema. <![CDATA[<B>Risks scenarios frameworks in the context of an oil refinery installation at Pernambuco State</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232009000600010&lng=en&nrm=iso&tlng=en A magnitude dos problemas socioambientais relacionados à urbanização, industrialização e esgotamento de recursos naturais tem impacto crescente sobre a saúde e o ambiente. Paradoxalmente, os padrões de consumo demandam a ampliação da produção industrial, baseada na exploração de recursos não renováveis, cujos riscos tecnológicos, particularmente os da indústria petroquímica, impõem dificuldades reais às medidas de controle e vigilância à saúde. O refino de petróleo é uma atividade potencialmente danosa ao ambiente e à saúde humana, particularmente aos trabalhadores. Esse estudo objetivou caracterizar os cenários de risco para a saúde ambiental decorrentes da instalação de uma refinaria de petróleo na Região Metropolitana de Recife (Pernambuco). Com base em dados secundários e referências da literatura, construiu-se uma matriz de reprodução social para contextualizar os problemas nas dimensões biológica, da consciência e conduta, econômica, política e ecológica, permitindo presumir riscos, com vista a subsidiar o desenvolvimento e a organização das ações de vigilância em saúde no Estado, articuladas intersetorialmente, com participação social, capazes de intervir sobre os riscos e evitar o adoecimento dos trabalhadores e da população nesse território.<hr/>The magnitude of the environmental and social problems due to urbanization, industrialization and exhaustion of natural resources has shown an increase in the impact on health and environment. Paradoxically, the consumption patterns demand for the expansion in the industrial production based on the exploitation of the non-renewable resources, which technological risks, especially from the petrochemical industry, have put difficulties on the risk control and health surveillance. The petroleum refining is an activity potentially damageable to the environment and human health, particularly to workers. The main objective of this study was to characterize the scenarios of risk to environmental health due to an oil refinery installation in the Metropolitan Region of Recife (Pernambuco). Based on secondary data and literature review, a Social Reproduction Matrix was made contextualizing the problems in the biological, consciousness and conduct, economic, policy and ecological dimensions, enabling to presume the risks to support the health surveillance development and organization in the state, with intersectoriality, social participation, and able to intervene on risks and prevent diseases among the workers and people in the territory. <![CDATA[<B>Evaluation of risk factors related to lead exposure in children and adolescents from Rio de Janeiro</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232009000600011&lng=en&nrm=iso&tlng=en A importância do chumbo atmosférico na contaminação global do ambiente tem recebido crescente atenção científica. A principal forma de monitorização da exposição é biológica, mas a ambiental tem um papel importante, já que o ambiente é a principal fonte de exposição ao chumbo. O estudo transversal busca identificar fontes de contaminação e potenciais fatores de risco da exposição em 64 crianças de zero a dezesseis anos de uma comunidade economicamente desfavorecida do Rio de Janeiro. Foram determinadas as concentrações de chumbo em solo, água, poeira e ar e calculados os fatores de risco neurológico e carcinogênico de inalação e ingestão. O sangue coletado foi utilizado para análise de Pb-S, ALA-D% e genotipagem da ALA-D. O fator de risco neurológico observado foi 549 vezes superior à dose de referência para poeira e 554 vezes superior no caso de ingestão. O fator de risco carcinogênico para ingestão foi de quatro vezes. A média de Pb-S foi 5,6μg/dL e 40% das crianças apresentaram valores de Pb-S acima do ponto de corte de 6μg/dL. A média de ALA-D% foi 40,3% e foi observada correlação entre Pb-S e ALA-D%. O genótipo ALAD1-2 foi identificado em 10% das crianças. Os resultados deste estudo permitirão o conhecimento da nossa realidade, subsidiando os órgãos de saúde pública e meio ambiente nas ações de controle e vigilância ambiental integrada<hr/>The importance of atmospheric lead in environmental global contamination is receiving increasing scientific attention. The main exposure monitoring approach is biological, but the environmental one has a key role, since the environment is the major source of exposure. The study aimed to identify the contamination sources and potential risk factors of the exposure in a 64 subject group formed by 0-16 years-old children from an economically deprived community in Rio de Janeiro. Lead concentrations in soil, water, dust and air were determined and neurological and carcinogenic risk factors for ingestion and inhalation were calculated. Blood samples were collected and used in the analysis of Pb-B, ALA-D% and ALA-D genotyping. The observed neurological risk factor was 549 times higher than reference dose for dust and 554 times higher in the case of ingestion. The carcinogenic risk factor for ingestion was about 4 times. Mean Pb-B was 5.6μg/dL and 40% of the children presented Pb-B levels above the 6μg/dL cutoff value. Mean ALA-D% was 40.3% and a correlation between Pb-B and ALA-D% was observed. ALAD1-2 genotype was identified in 10% of the children. The results will allow the understanding of our reality, supporting public health and environment organizations to carry out control actions and all-encompassing environmental surveillance. <![CDATA[<B>The inclusion of health in environmental impact studies</B>: <B>case report of a coal-fired power plant in Ceará State</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232009000600012&lng=en&nrm=iso&tlng=en Este texto objetiva discutir a inclusão da dimensão da saúde nos procedimentos de avaliação de impactos ambientais, para que os diversos atores (a serem) envolvidos no processo de tomada de decisão possam avaliar, antecipadamente à implementação, a necessidade e a adequação tecnológica e locacional do mesmo. O ponto de partida foi uma demanda do Ministério Público Federal à Universidade Federal do Ceará, para analisar o projeto de uma usina termelétrica a carvão mineral a ser implantada no Complexo Industrial e Portuário do Pecém (CE). A metodologia consistiu no reconhecimento do contexto sócio-histórico em que se insere o projeto, estudo bibliográfico sobre os impactos ambientais e à saúde gerados, diálogos com a comunidade atingida, para então analisar o documento preparado pelo órgão estadual de meio ambiente. Como resultados, são apresentados os eixos centrais de incidência da análise e as proposições de complementação do termo de referência para antecipar as inter-relações entre os processos de produção, o ambiente e a desigual distribuição dos impactos sobre a saúde; e avalia-se a necessidade de avançar nesta abordagem para alimentar processos de tomada de decisão mais próximos do real vivido ou a viver, e mais democráticos.<hr/>The study discusses the inclusion of health in the evaluation of environmental impacts to allow actors potentially involved in decision-making to determine the need and technological and geographic adequacy of projects ahead of implementation. The point of departure was a request from the Public Attorney to the Federal University of Ceará to analyze the project of a coal-fired power plant to be built within the Port of Pecém Industrial Compound in Ceará State, Brazil. The methodology included a description of the social and historical context of the area, a bibliographical study of health and environmental impacts and dialogues with affected communities, followed by an analysis of state environmental guidelines for this type of enterprise. The results shows the main categories of analysis identified and proposed additions to current regulations intended to anticipate relations between production processes, the environment and an uneven distribution of health impacts. Besides, it also assesses the need to advance the development of the approach in order to subsidize and democratize decision-making processes closer to actual circumstances in the present and near future. <![CDATA[<b>Environmental and workers' health, within the framework of primary health care in the Brazilian National Health System (SUS)</b>: <b>opportunities and challenges</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232009000600013&lng=en&nrm=iso&tlng=en O texto busca contribuir para a discussão dos entrecruzamentos entre os campos da saúde ambiental e da saúde do trabalhador, referenciada no cenário brasileiro das relações produção/trabalho, ambiente e saúde e nas mudanças na organização do SUS, com destaque para o papel da atenção primária à saúde (APS), e se destina a contribuir para as discussões no processo de preparação da 1ª Conferência Nacional de Saúde Ambiental (1ª CNSA), prevista para ser realizada em dezembro de 2009. São descritos, de modo sintético, aspectos históricos e conceituais desses campos, algumas das características compartilhadas e as ações esperadas do sistema de saúde, com destaque para o papel da APS e a importância do diálogo com o movimento social. Finalizando, são identificados pontos para uma agenda de trabalho comum.<hr/>This paper has the purpose of contributing to the discussion of the crossing areas between Environmental Health and Workers´ Health, in the Brazilian context of Labor, Production, Environment and Health. This paper emerges in the context of the current organizational changes of the Brazilian National Health System (SUS), with a major focus on Primary Health Care, having in mind, also, the preparation of the 1st National Environmental Health Conference (1ª CNSA) to be held in December of 2009. So, historical and conceptual aspects of those fields are described in a summarized manner, as well as some shared features and expected actions of the Health System, with emphasis to the role of Primary Health Care and to the importance of the dialogue with the social movement. Finally, some topics for a common agenda were identified by the authors. <![CDATA[<b>Who is who in Brazilian environmental health? Identification and characterization of academic groups and civil society organizations</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232009000600014&lng=en&nrm=iso&tlng=en Neste artigo, apresentamos os resultados da primeira fase do projeto "Quem é quem na saúde ambiental brasileira". O objetivo deste projeto é identificar e caracterizar grupos de pesquisas e organizações da sociedade civil atuantes no campo da saúde ambiental, em condições de contribuir tanto ao fortalecimento de suas bases técnicas e científicas quanto a facilitar o diálogo com a sociedade civil organizada. A identificação ocorreu através informações disponíveis no CNPq (diretório dos grupos de pesquisas), na Associação Brasileira de Organizações Não Governamentais (ABONG), no Fórum Brasileiro de ONGs e Movimentos Sociais para o Meio Ambiente e o Desenvolvimento Sustentável (FBOMS) e na Rede Brasileira de Justiça Ambiental (RBJA). Os resultados foram apresentados e discutidos tendo como base a evolução temporal, a distribuição geográfica e as áreas de pesquisa e de atuação. As considerações finais apontam para o grande potencial de diálogo entre especialistas e não especialistas, governamentais e não governamentais, para criar as bases de uma comunidade ampliada de pares capaz de combinar políticas, conhecimentos, tecnologias e ações para a compreensão e busca de soluções para a constituição de uma saúde como pré-requisito e como resultado do bem estar e da vida plena.<hr/>In this paper we present the results of the first phase of the project Who is Who in Brazilian Environmental Health. The aim of this project is to identify and characterize the Academic Groups and Civil Society Organizations acting on the field of environmental health that are able to contribute both to the strengthening of its technical and scientific basis, and to the dialogue with organized civil society. The identification took place through the data source available at CNPq (Research Groups Directory), ABONG (Brazilian Association of Non-Governmental Organizations), FBOMS (Brazilian Forum of NGOs and Social Movements for Environment and Sustainable Development) and RBJA (Brazilian Network for Environmental Justice). The results were presented and discussed based on time evolution, geographic distribution and areas of research and action. Final considerations point to the great potential for dialogue between experts and non experts, governmental and non-governmental, in order to create the foundation for a extended peer community capable of combining policies, knowledge, technologies and actions, seeking the comprehension and search of solutions to the establishment of health as a prerequisite and X a result of well being and full life. <![CDATA[<B>Trend of mortality from respiratory disease in elderly and the forest fires in the state of Rondônia/Brazil</B>: <B>period between 1998 and 2005</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232009000600015&lng=en&nrm=iso&tlng=en As queimadas na região amazônica têm sido um problema ambiental grave. Poucos estudos relacionam os efeitos das queimadas sobre a saúde das populações expostas. Este artigo tem por objetivo estudar a tendência da mortalidade por doenças respiratórias em idosos, selecionadas no período de 1998 a 2005, no Estado de Rondônia, e correlacionar com o número de focos de queimadas. Trata-se de um estudo descritivo do tipo ecológico. Os registros de óbitos foram obtidos do Sistema de Informações de Mortalidade do SUS (SIM/SUS) e os registros de dados sobre os focos de queimadas foram obtidos através de banco de dados online disponível publicamente no Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais. Os resultados mostraram uma tendência de crescimento nas taxas de mortalidade por doenças do aparelho respiratório (DAR) e doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC), entre os idosos acima de 65 anos, e também uma tendência de crescimento do número de focos de calor. Houve uma correlação positiva e significante entre número de focos de queimadas e as taxas de mortalidade por DAR e DPOC, o que explica entre 50% e 80% da mortalidade pelas doenças estudadas em idosos na região. Estes resultados demonstram a gravidade do problema das queimadas e o impacto sobre a saúde respiratória da população, principalmente sobre a mortalidade em idosos.<hr/>The forest fires in the Amazon region have been a serious environmental problem. Few studies relate the effects of forest fires on the health of exposed populations. This article aims to study the trend of mortality from respiratory diseases in the elderly, in the period 1998 to 2005, in the state of Rondônia and to correlate with the number of fire focuses. This is a descriptive study of the type of ecological. The death certificates were obtained from the Mortality Information System and the registers of data on the focus of fire have been obtained through online database available publicly in the National Space Research Institute. The results had shown a trend of growth in mortality rates for respiratory disease and chronic obstructive pulmonary disease (COPD) among elderly over 65 years and also a growing trend in the number of focus of heat. There was a positive and significant correlation between the number of fire focuses and mortality rates respiratory diseases and COPD, which explains around 50% to 80% of deaths by diseases in the elderly in the region studied. These results demonstrate the gravity of the problem of forest fires and the impact on respiratory health of the population, mainly on mortality in the elderly. <![CDATA[<B>Chemical residues and contaminants in food of animal origin in Brazil</B>: <B>history, legislation and actions of sanitary surveillance and other regulatory systems</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232009000600016&lng=en&nrm=iso&tlng=en A segurança de alimentos é um tema cada vez mais relevante, devido à crescente busca por uma melhor qualidade de vida e conscientização dos consumidores quanto ao direito de adquirir produtos seguros à saúde. O uso de substâncias em animais produtores de alimentos para o consumo humano requer de estudos de farmacocinética à depleção dos resíduos, com o estabelecimento de valores limitativos, de forma que não constituam em um risco à saúde. Além das substâncias utilizadas intencionalmente, outras advindas da contaminação ambiental ou contaminação das rações ingeridas por esses animais podem atingir o homem através da dieta. Os objetivos deste artigo são reunir e discutir os principais atos federais relativos a resíduos e contaminantes químicos em alimentos de origem animal no Brasil, além daqueles relativos ao controle de medicamentos de uso veterinário e aditivos para produtos destinados à alimentação animal. A apresentação cronológica das bases legais pretende facilitar a interpretação dos atos dentro dos respectivos cenários políticos e econômicos. As propostas de ação dos diferentes agentes envolvidos nos sistemas regulatórios são discutidas sob o ponto de vista da saúde pública.<hr/>Food safety became a relevant subject due to the increasing search for a better way of life and consciousness of the consumers to stand on one's rights to acquire healthy products. The use of substances in animals destined for human consumption requires from pharmacokinetics to residue depletion studies, with the establishment of limitative values so that do not constitute a risk to health. Beyond the substances used deliberately, others coming from environment contamination or contamination of feeding stuffs consumed by these animals may reach human through the diet. The aims of this paper are to collect and discuss the main federal acts covering chemical residues and contaminants in food of animal origin in Brazil, besides those on measures to control veterinary medicinal products and additives for use in animal nutrition. The chronological presentation of the legal basis intends to facilitate the interpretation of the acts inside respective political and economics scenarios. The actions proposed from the different agents involved into the regulatory systems are discussed from the public health point of view. <![CDATA[<B>Education on biosafety and bioethics</B>: <B>necessary articulation in biotechnology </B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232009000600017&lng=en&nrm=iso&tlng=en A educação científica tem sido debatida em alguns segmentos da sociedade e organizações internacionais têm estimulado as nações a investirem nessa área tão estratégica. Nesse contexto, a educação em biossegurança e bioética explora um conteúdo rico em prevenção, normas e princípios éticos, que servem para nortear os caminhos trilhados pela biotecnologia. A valorização da biossegurança e da bioética como parte de uma política educacional científica, efetiva e consistente, pode estimular a formação de indivíduos com uma consciência científica e cidadã, em condições de participar das questões de natureza ética e tecnológica produzidas pela biotecnologia.<hr/>Science education has been discussed in some segments of the society and, international organizations have encouraged nations to invest in this strategic area. In this context, education in bioethics and biosafety explores a rich content on prevention, standards and ethical principles which serve to guide the paths track by biotechnology. The recovery of bioethics and biosafety, as part of an educational policy scientific, effective and consistent, can stimulate the formation of individuals with a scientific and citizen awareness, in a position to participate on ethical and technological issues produced by biotechnology. <![CDATA[<B>Urban solid residues, garbage collectors and public health</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232009000600018&lng=en&nrm=iso&tlng=en O artigo aborda a problemática ambiental da produção e da geração de resíduos sólidos urbanos, destacando o conceito de saúde e de ambiente enquanto representação social. A partir de uma revisão bibliográfica, discute a incorporação da temática saúde e ambiente no campo de conhecimento e práticas de interconexão com a saúde coletiva. Associa nesse contexto a questão da exclusão social gerada pela forma de produção e de consumo da sociedade pós-moderna, introduzindo os catadores de lixo, grupo populacional vulnerável.<hr/>The article approaches the issues of environmental production and the generation of urban solid residues, in particular the environment and health concept while social representation. From a bibliographical revision it argues the incorporation of the themes of health and environment in the practical field of knowledge and of interconnection with the Public Health. In this context it associates the question of the social exclusion generated by the form of production and consumption of the after-modern society, introducing the garbage collectors as a vulnerable population group. <![CDATA[<B>Social Control, work world and the National Conferences of Health at the turn of the 20th century</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232009000600019&lng=en&nrm=iso&tlng=en A prática do controle social no campo da saúde do trabalhador vem enfrentando as barreiras impostas pela globalização e pela reestruturação d(n)o mundo do trabalho, seja pelo enfraquecimento dos sindicatos de trabalhadores, seja pela ausência de representantes das várias categorias de trabalhadores sem vínculo formal de trabalho, pertencentes ao expressivo mercado informal/precarizado. Na virada do século XX, as grandes Conferências Nacionais de Saúde foram marcadas por contextos políticos com diferenças significativas, o que favoreceu a falta de articulação entre as bases representativas, que se ocupavam principalmente com as demandas fragmentadas e interesses particularistas. Refletir sobre como se configura a legítima representação das classes de trabalhadores, sejam elas pertencentes ao mercado formal ou informal/precarizado, faz-se necessário diante das evidências de que o arranjo atual vem impedindo o aprofundamento dos assuntos específicos da saúde do trabalhador.<hr/>The practice of social control in the field of the worker's health has been facing barriers imposed by the globalization and the restructuring in the work world, either because of the weakness of the workers' unions, or by the absence of representatives of the various workers categories without formal work bond, belonging to the expressive informal/precarious market. In the beginning of the 20th century, big National Conferences of Health were marked by political contexts with significant differences, favoring the lack of articulation among the representative bases that were engaged mainly in fragmented demands and particulars interests. To contemplate on as the legitimate representation of the workers' classes is configured, either belonging to the formal market, or informal/precarious, is necessary against the evidences that the current arrangement is impeding the deepening of the specific worker's health issues. <![CDATA[<B>Bio-security with emphasis in biological polluting agents in health workers</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232009000600020&lng=en&nrm=iso&tlng=en Los trabajadores de la salud del servicio de urgencias están expuestos frecuentemente a diferentes peligros, entre ellos a la exposición de los contaminantes biológicos. Estudio de carácter descriptivo, con el objetivo de caracterizar socio-demográficamente a los trabajadores, además de verificar el nivel de aplicación de las normas de bioseguridad, en el servicio de urgencias de una institución de salud en la ciudad de Bogota-Colombia 68.3 % de los trabajadores se encuentra vinculados mediante contrato en la modalidad de prestación de servicios, el 31.7%, esta vinculado en la modalidad de término indefinido. El 44.6% del personal no ha recibido capacitación sobre el tema de bioseguridad, un 42.4 % no aplican la técnica adecuada de lavado de manos. En relación con el aspecto de re-encapuchar las agujas, se encontró que el 31% realizan esta práctica. El 100% de los trabajadores tienen el esquema completo de la vacuna Hepatitis B, pero el mismo porcentaje no tiene medición de anticuerpos de hepatitis B. Es fundamental el suministro de elementos de protección personal y dotación de elementos y recipientes que contribuyan a la bioseguridad. Se deben realizar actividades pedagógicas para sensibilizar y crear conciencia crítica a la organización y todo el personal que labora en el área de urgencias, sobre los peligros y consecuencias a que se exponen en su lugar de trabajo.<hr/>Health workers of the emergency service are frequently exposed to different dangers, among them the contact with biological polluting agents. This is a study of descriptive character, with the objective to characterize workers on social demographic aspects, and also to verify the level of application of the bio-security norms at the emergency services of a health institution in the city of Bogota, Colombia. 68,3% of the workers are with a contract in the modality of benefit of services, the 31,7%, are in the modality of indefinite term. 44,6% of the personnel have not received the qualification on bio-security, and 42,4% do not apply the suitable technique of washing hands. In relation to the aspect of the return to use needles, 31% was doing this practice. All workers have the complete kit of Hepatitis B vaccine, but the same percentage does not have measurement of Hepatitis B antibodies. It is fundamental the provision of elements of personal protection and set of elements and containers that contribute to the bio-security. Pedagogical activities can be used to sensitize and create critical awareness to all personnel who work at emergency, about dangers and consequences that are exposed in their workplace. Measurements of titles of Hepatitis B are necessary to verify the immunological state of the workers. <![CDATA[<B>Co-incineration in cement kilns</B>: <B>health and environmental risks</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232009000600021&lng=en&nrm=iso&tlng=en O objetivo do artigo é discutir a forma como a coincineração de resíduos em fábricas de cimento vem crescendo no Brasil, bem como seus impactos sobre a saúde humana e o meio ambiente. Informações gerais sobre mercado e efeitos sobre a saúde foram obtidas através de revisão bibliográfica e alguns estudos de caso, escolhidos a partir de debate com integrantes da Rede Brasileira de Justiça Ambiental, foram construídos para ilustrar a situação no Brasil. Os estudos encontrados mostraram que, independente do nível de desenvolvimento tecnológico dos países, a saúde dos trabalhadores e das pessoas que moram próximas às fábricas de cimento vem sendo prejudicada pela poluição emitida pelas empresas de cimento, em especial por aquelas que praticam a coincineração. Além disso, no contexto brasileiro, a vulnerabilidade das instituições e populações afetadas tende a agravar este problema. Como conclusão, defende-se o aumento da capacidade institucional dos órgãos brasileiros responsáveis pelo monitoramento das atividades industriais, bem como uma rediscussão mais aprofundada dos aspectos políticos e éticos ligados ao transporte e comércio de resíduos industriais.<hr/>In this article we discuss the development of hazardous waste co-incineration in cement kilns in Brazil as well as its impacts on health and the environment. Information was gathered through an extensive review on social and environmental impacts of co-incineration, and case studies, chosen after discussion with social movement representatives concerned with the co-incineration issue and related to the Brazilian Network on Environmental Justice, are described to illustrate the reality of co-incineration in Brazil. Studies showed that workers and community health suffers negative impacts from such practices in high-, middle- and low-income countries. In the Brazilian context, the institutional and social vulnerability intensifies these problems. To conclude, we argue for the necessity of increasing the institutional capacity of health and environmental agencies in Brazil, through staff training and better infra-structure. Additionally, we also propose a return of the debate about political and ethical aspects of industrial waste trade. <![CDATA[<b><i>Better this than nothing!</i></b> <b>Participation and accountability on risk management of Camaçari Petrochemical Complex, in Bahia State</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232009000600022&lng=en&nrm=iso&tlng=en O objetivo da pesquisa foi analisar o modelo adotado na construção dos conselhos comunitários consultivos. O recorte empírico trata do Conselho Comunitário de Camaçari (BA), primeiro no país e referência para a implantação de outros. Observação participante e dezessete entrevistas foram as principais fontes de dados. O conselho se constitui num sofisticado mecanismo de docilização e responsabilização pela disseminação de uma ideologia organizacional hegemônica e de modos de governança neoliberais.<hr/>This research intends to analyze the model adopted in the construction of community advisory committees. The empirical object is the Community Advisory Committee of Camaçari Complex (BA), the first one to be set up in the country and that has been used as a reference for the implementation of others. Participant observation and seventeen interviews were the main sources of data. The advisory committee constitutes itself in a sophisticated mechanism of docilization and responsabilization for the spread of an organizational hegemonic ideology and neoliberal modes of governance. <![CDATA[<B>Occurrence of a hepatitis A outbreak in three neighborhoods of the city of Vitória, Espírito Santo State, and its relation with the quality of the water for human consumption</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232009000600023&lng=en&nrm=iso&tlng=en Este trabalho teve como finalidade analisar os possíveis fatores relacionados com as ocorrências de hepatite A nos bairros Grande Vitória, Estrelinha e Inhanguetá, localizados no município de Vitória, Estado do Espírito Santo, de abril a junho do ano de 2006, e a qualidade da água consumida pela população. Foram usados como indicadores de qualidade da água as concentrações de cloro residual livre (CRL) e a presença de coliformes termotolerantes. As análises microbiológicas realizadas na água consumida pelas comunidades estudadas não apresentaram resultados indicadores de contaminação por coliformes termotolerantes e os teores de CRL determinados nos meses de janeiro a junho estiveram sempre acima do limite mínimo exigido pela legislação (Portaria nº 518/2004). Os resultados mostraram que a ocorrência do surto de hepatite A pode estar relacionada com a ausência de barreiras físicas que impeçam o contato das pessoas com água contaminada e às deficiências nas práticas higiênicas adotadas, individualmente, pela população local.<hr/>This work had as purpose to analyze the possible factors related with the occurrences of Hepatitis in the neighborhoods of Grande Vitória, Estrelinha and Inhanguetá located in the city of Vitória, State of the Espírito Santo, from April the June, 2006, and the quality of the water consumed by the population. The indicators for the water quality used were the Free Residual Chlorine concentrations (FRC) and the presence of thermotolerant coliforms. The microbiological analyses performed in the water consumed for the studied communities did not presented results indicating contamination by thermotolerants coliforms and the percentage of FRC determined between January and June were always above of the minimum limit demanded by the legislation (Act 518/2004). The results showed that the occurrence of a Hepatitis A outbreak can be related with the absence of physical barriers that impede the contact of people with the contaminated water and the practical deficiencies in the hygienic practices adopted, individually, by the local population. <![CDATA[<B>Age effect on the life quality and health of garbage collectors of an association in Governador Valadares, Minas Gerais State, Brazil</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232009000600024&lng=en&nrm=iso&tlng=en Trabalhadores que segregam materiais recicláveis são expostos diariamente a condições insalubres de trabalho que podem afetar com mais intensidade sua saúde em função do aumento de idade cronológica. Uma população de catadores de materiais recicláveis na cidade de Governador Valadares, Minas Gerais, Brasil respondeu a um questionário semi-estruturado que continha questões sobre a presença e/ou ausência de dor laboral, intensidade da dor, moradia, acesso a serviços de saúde, presença ou ausência de acidentes laborais e grau de satisfação pessoal. Essas variáveis dependentes foram correlacionadas com a variável independente idade do trabalhador. Observou-se que a dor não está associada ao aumento da idade e não interfere no grau de satisfação pessoal da população estudada. O grau de escolaridade teve associação negativa com a idade. Os catadores mais jovens apresentaram menor grau de satisfação pela vida. A idade não tem nenhuma associação com a ocorrência de acidentes laborais e tipo de moradia.<hr/>Workers that segregate recyclable garbage are daily exposed to unhealthy work conditions which can have a more intense negative effect with aging of the garbage collector. A population of garbage collectors from Governador Valadares, Minas Gerais, Brazil answered a semi-structured questionnaire regarding the presence or absence of labor pain, pain intensity, living conditions, access to health services, occurrence of accidents at works and degree of personal satisfaction. These variables were correlated with the age of the workers. It was observed that pain is not associated to age increase and that it doesn't affect the degree of personal satisfaction of the studied population. The education degree was negatively related with age. The youngest garbage collectors presented a lower degree of life satisfaction. The age of the workers doesn't have any association with the occurrence of accidents at work and dwelling type. <![CDATA[<B>Life and work at the petroleum industry in Campos Basin</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232009000600025&lng=en&nrm=iso&tlng=en Neste artigo, destacamos a temática do confinamento como um eixo central na atividade realizada nas plataformas marítimas de petróleo da Bacia de Campos, na região norte do Estado do Rio de Janeiro. Essa é uma realidade de trabalho que determina para os trabalhadores offshore, como estes são conhecidos, uma ruptura entre dois momentos distintos em suas vidas: o período de catorze dias de trabalho no mar e a vida em terra por 21 dias. Adotamos como material empírico a investigação que conduzimos sobre este universo, destacando aqui o modo como estes trabalhadores interpretam as condições do trabalho confinado aos quais estão submetidos.<hr/>In this paper we detach the subject of confinement as a central axle in the activity at maritime oil platforms of Campos Basin, in north region of the Rio de Janeiro state. This work reality that determines for offshore workers, as they are known, a rupture between two different moments in there lives: the period of fourteen days in the sea and the life in land per twenty one days. We adopt as material empiricist, the research carried out on this universe, detaching here the way as these professionals understand the conditions of confined work in which they are submitted. <![CDATA[<B>Diagnosis of the final disposal of urban solid wastes in the region of the Association of the Cities at Alto Irani (AMAI), Santa Catarina State</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232009000600026&lng=en&nrm=iso&tlng=en O objetivo desse estudo foi diagnosticar o destino dos resíduos sólidos urbanos na região da AMAI (SC), composta por catorze municípios. Foram aplicados questionários às prefeituras e realizadas visitas nos municípios para mapear tanto lixões ativos e desativados como aterros controlados e sanitários. Os parâmetros utilizados foram: existência de cercas; tipo de cobertura; retirada dos resíduos antes da cobertura; proximidades com águas superficiais; presença de catadores ou animais; monitoramento e coleta de chorume e gás; distância de moradias e existência de coleta seletiva. A partir da pesquisa, foram localizados vinte e sete lixões desativados, sendo que dezoito deles receberam algum tipo de remediação; porém, em nenhum deles ocorreu de forma padrão. Detectou-se precariedade na remediação nos lixões desativados, pois a simples cobertura com terra não é suficiente, já que o material ali depositado continua poluindo através do chorume produzido. Atualmente, todos os municípios depositam os seus resíduos sólidos urbanos em aterros sanitários localizados em Xanxerê e Xaxim. Dos quatorze municípios, somente um possui coleta seletiva e ainda de forma precária. Atualmente, coleta-se 54,15 ton/dia de resíduos, totalizando-se uma média de 0,610 g/hab.dia de lixo, a um custo de R$ 1,78/hab para os cofres públicos mensalmente.<hr/>The aim of this study was to carry out diagnosis about the destination given to the urban solid wastes in AMAI-SC region, which has fourteen cities. It was applied questionnaires to the city halls, and visits to map active and inactive dumps, controlled and sanitary landfill. It was investigated: the existence of fences, monitoring and collecting of gas and leachate, if they were next to the superficial waters, the presence of animals or collectors. It was considered, also, the distance of houses and/or urban mass and information about selective collection. It was found twenty and seven inactive dumps, where eighteen had received treatment. It was detected precariousness in remediation of all inactive dumps, because a single covering with land is not enough, therefore the material put there, keeps polluting through the production of lard and methane gas. Nowadays, all AMAI cities put their urban solid wastes in sanitary landfill found in Xanxerê and Xaxim. Among the fourteen cities, only one has selective collection, and in a precarious way, what reduces the useful life time of landfill, beyond being harmful to the environment. It is collected 54.15 tons/day of wastes, which sums 0.610 g/hab.day of waste, costing R$ 1.78 to the public coffers monthly. <![CDATA[<B>Microbiological monitoring of underground waters in cities of the Extreme West of Santa Catarina State</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232009000600027&lng=en&nrm=iso&tlng=en A degradação dos recursos naturais vem aumentando em números alarmantes, principalmente, as fontes hídricas. Devido a isto, cada vez mais as populações vêm utilizando águas subterrâneas para consumo humano. Contudo, o grande problema é a contaminação destas por microrganismos patogênicos. O objetivo do presente estudo foi avaliar a qualidade microbiológica de águas subterrâneas em municípios do Extremo Oeste de Santa Catarina. Foram analisadas 149 amostras de água de poços em catorze municípios, durante o período de janeiro de 2005 a dezembro de 2006. Foram determinados em todas as amostras os números mais prováveis de coliformes totais e termotolerantes. Os resultados apresentaram altos índices de amostras impróprias para consumo, com 54,7% em 2005 e 56,7% em 2006. Os nossos dados evidenciam os riscos para doenças de veiculação hídrica que a população da região está exposta com o consumo desta água, mostrando um grave problema de saúde pública.<hr/>The degradation of natural resources is increasing in alarming numbers, especially water sources that is constant changes in its quality. Because of this, more and more people come using groundwater for human consumption, but the big problem is contamination by these pathogenic microorganisms. The purpose of this study was to evaluate the microbiological quality of groundwater districts in the Extreme West of Santa Catarina, Brazil. We analyzed 149 samples of water from wells in 14 municipalities during the period January 2005 to December 2006. Were determined in all samples the total coliform and thermotolerant. The results showed high rates of samples inappropriate for consumption, with 54.7% in 2005 and 56.7% in 2006. Our data show the risk of diseases spreading of water that the region's population is exposed to the consumption of water, showing a serious public health problem. <![CDATA[<B>Fluoride concentration in the adjacent vegetation next to fertilizer industries of Cubatão, São Paulo State, Brazil</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232009000600028&lng=en&nrm=iso&tlng=en O objetivo deste trabalho foi avaliar se a poluição por fluoreto observada em 1996 em Cubatão (SP), utilizando a vegetação como biomarcador, teve alterações nos últimos dez anos. Folhas de Terminalia cattappa (chapéu do sol), localizadas na região das indústrias de fertilizantes e na área urbana municipal, foram coletadas em 1996 e 2006. As folhas foram desidratadas, pulverizadas e fluoreto extraído com água foi analisado com eletrodo específico. A concentração de fluoreto encontrada nas folhas das árvores localizadas ao redor do pólo de fertilizantes foi doze vezes maior do que a naquelas da área urbana, tanto em 1996 como 2006. Sugere-se que a poluição ambiental por fluoreto em Cubatão não apresentou melhoria em dez anos.<hr/>The aim of this study was to evaluate if fluoride pollution found in 1996 in Cubatão, SP, Brazil, using the vegetation as biomarker, changed in the last ten years. Leaves of Terminalia cattappa located at the industrial area around the industries of fertilizers and in the urban area of the city were collected in 1996 and 2006. They were dried, powdered and fluoride water soluble extracted was analyzes with specific electrode. The fluoride concentration in the leaves around fertilizer industries was 12 times greater than that found in the urban area, either in 1996 or 2006, respectively. The data suggest that in the last ten years the environmental pollution by fluoride in Cubatão has not improved. <![CDATA[<B>Analysis of the work process of environmental surveillance agents in the city of Olinda, Pernambuco State</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232009000600029&lng=en&nrm=iso&tlng=en Este trabalho teve como objetivo analisar a cobertura do Programa de Vigilância Ambiental em Saúde no município de Olinda e os aspectos que podem ter interferido no fato de não se ter visitado o número de imóveis estabelecidos pelo Programa Nacional de Controle da Dengue, dentre eles o número de faltas dos agentes de vigilância ambiental e a quantidade de imóveis trabalhados diariamente. Para a realização do estudo, criou-se um banco de dados com a relação de todos os agentes que trabalharam no ano de 2006, levando-se em consideração o número de faltas, licenças médicas, férias, além do número de imóveis trabalhados. Os resultados mostraram que o número de imóveis trabalhados pelos agentes por dia teve uma maior influência no baixo rendimento apresentado no ano de 2006, quando comparado ao número de suas faltas. Dentre os fatores que contribuíram para uma média abaixo do esperado estão o alto número de pendências (imóveis fechados e recusas), a falta de materiais, os constantes cursos de capacitação e a demanda dos agentes para outras ações de saúde. Portanto, conclui-se ser necessária uma mudança no processo de trabalho dos agentes de vigilância ambiental, além de uma avaliação mais criteriosa e constante de suas atividades para que seja possível atingir as metas predeterminadas.<hr/>This work aimed to analyze the coverage of the Program of Environmental Surveillance in Health in the city of Olinda, Pernambuco State and the factors that interfered in not achieving the number of properties established by the National Program of Dengue's Control to be visited by the environmental surveillance agents, among them the number of absences and the number of properties worked daily. For the accomplishment of the study, a database was prepared with a list of agents that worked in the year of 2006, considering the number of absences, medical licenses, vacations and the number of worked properties. The results showed that the number of properties worked by the agents per day had a larger influence in the low income presented in the year of 2006 when compared to the number of their absences. The high number of closed properties and refusals, lack of materials, constant training courses and agent demands for other health actions were some factors that contributed to the low productivity of the agents. Therefore, it is necessary a change in the work process of the environmental surveillance agents, as well as a more discerning and constant evaluation of their activities so that it is possible to reach the established goals. <![CDATA[<B>Natural fluoride levels from public water supplies in Piauí State, Brazil</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232009000600030&lng=en&nrm=iso&tlng=en The aim of this work was to determine the natural fluoride concentrations in public water supplies in Piauí State, Brazil, in order to identify cities in risk for high prevalence of dental fluorosis. For each city, two samples of drinking water were collected in the urban area: one from the main public water supply and another from a public or residential tap from the same source. Fluoride analyses were carried out in duplicate using a specific ion electrode and TISAB II. From a total of 222 cities in Piauí, 164 (73.8%) samples were analyzed. Urban population in these towns corresponds to 92.5% of the whole state with an estimated population of 1,654,563 inhabitants from the total urban population (1,788,590 inhabitants). A total of 151 cities showed low fluoride levels (<0.30 mg/L) and 13 were just below optimum fluoride concentration in the drinking water (0.31-0.59 mg/L). High natural fluoride concentration above 0.81 mg/L was not observed in any of the surveyed cities. As a conclusion, most of the cities in Piauí have low fluoride concentration in the drinking water. The risk for a high prevalence of dental fluorosis in these urban areas due to natural fluoride in the water supplies is very unlikely. Thus, surveys about the dental fluorosis prevalence in Piauí should be related with data about the consumption of fluoridated dentifrices and other fluoride sources.<hr/>O objetivo deste trabalho foi realizar um levantamento dos teores residuais de flúor (F in natura) da água de abastecimento em municípios do Piauí para identificar localidades com risco de elevada prevalência de fluorose dentária. Para cada município, foram coletadas duas amostras da água de abastecimento da zona urbana, uma amostra da principal fonte de abastecimento público do município e a outra de uma torneira pública ou residencial abastecida pela mesma fonte. As análises de flúor foram realizadas em duplicata, utilizando um eletrodo específico e TISAB II. Dos 222 municípios do Piauí, 164 (73,8%) enviaram amostras para análise. A população urbana desses municípios corresponde a 92,5% (1.654.536 habitantes) da população urbana total do estado (1.788.590 habitantes). Observou-se que 151 municípios apresentam baixos teores residuais de flúor (<0,30 mg/L) e treze municípios apresentaram teores residuais abaixo do nível ideal (0,31 - 0,59 mg/L). Nenhum município analisado apresentou teor residual de flúor acima do aceitável (> 0,81 mg/L). Conclui-se que a maioria dos municípios do Piauí possui água de abastecimento com baixos teores de flúor residual. O risco de uma elevada prevalência de fluorose dentária pelo flúor residual da água de abastecimento é pouco provável. Estudos sobre a prevalência de fluorose dentária no Piauí devem considerar outras fontes de flúor. <![CDATA[<B>Pesticide exposure and its repercussion in the health of sanitary agents in the State of Ceará, Brazil</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232009000600031&lng=en&nrm=iso&tlng=en Os agentes sanitaristas são os trabalhadores mais expostos aos efeitos dos inseticidas nas campanhas antivetoriais, desde o preparo da calda até a aplicação nas áreas intra ou peridomiciliares. Fatores como falta de equipamentos de proteção individual ou desconhecimento da forma correta de manipulação de cada produto aumentam os riscos de intoxicação. O objetivo deste trabalho foi analisar a história ocupacional de agentes sanitaristas sobre o controle dos vetores no Estado do Ceará e sua repercussão na saúde destes trabalhadores. As histórias de vida ocupacionais foram relatadas por dez agentes, através de entrevistas individuais gravadas. O conteúdo foi analisado a partir da construção de categorias como: perfil dos agentes, controle de endemias, condições de trabalho, riscos e alterações na saúde. Os depoimentos revelaram condições de trabalho geradoras de risco à saúde dos agentes, desde intoxicações agudas a crônicas, além de outros problemas, como o alcoolismo. Constatou-se que os profissionais foram desrespeitados como seres humanos e que houve descumprimento dos direitos trabalhistas, evidenciando-se o descaso por parte dos seus superiores e instituição contratante.<hr/>Sanitary agents are the most exposed ones to the effects of insecticides in eradication campaigns since its preparation until its application inside and outside houses. The lack of protection equipment and misinformation on how to use the material properly increase the risk of intoxication. The aim of this work was to analyze the occupational history of vector control sanitary agents in Ceará State, Brazil and its effects on their health. Individual recorded interviews were done with 10 agents who verbally described their life history. The content of these interviews were analyzed through the following categories: agent profile, endemic controls, work conditions, risks and health changes. Health risk situations were described from acute and chronic intoxication to problems with alcoholism. The research showed that sanitary agents have been disrespected as human beings as well as their labor rights, showing negligence by their employers. <![CDATA[<B>Medical wastes management</B>: <B>aspects of internal handling in the city of Marituba, Pará State, Brazil</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232009000600032&lng=en&nrm=iso&tlng=en Os resíduos sólidos dos serviços de saúde (RSSS) oferecem risco potencial para saúde pública e meio ambiente perante um gerenciamento inadequado. Objetivou-se verificar aspectos do manejo interno dos RSSS do município paraense de Marituba. Através da aplicação de questionários e visitas de campo, realizou-se um estudo descritivo, observacional em treze estabelecimentos de saúde. O volume total de resíduos gerados era de cerca de 13.000kg/semana. Havia limitações nas diversas etapas do manejo interno, como a realização de tratamento interno somente num local, o armazenamento externo, que ocorria em quatro instituições e de maneira precária, entre outros. Também, havia conformidades como acondicionamento em sacos e recipientes adequados, segregação dos resíduos comuns. De modo geral, as normas federais não eram atendidas e o gerenciamento de RSSS dos estabelecimentos de saúde necessita de adequação na realização de todas as etapas do manejo, para controlar e diminuir os riscos e reduzir a quantidade de resíduos.<hr/>Medical wastes offer a potential risk to public health and the environment before an inadequate management. This study aims to verify aspects of internal handling of medical wastes in the city of Marituba, Pará State. By means of questionnaires and field visits, a descriptive and observational study was performed in 13 health establishments in the city. The total volume of generated medical wastes was about 13,000kg/week. There were deficiencies in many stages of the internal handling, for example the internal treatment that was performed in only one of the establishments, external storage made in 4 establishments and in precarious ways, among many others. Also, there were conformities as packing in adequate bags and containers as well as common waste separation. In general way, the federal norms were not accomplished and management of medical wastes in health establishments needs adequacy in every stage of the handling in order to control and reduce risks, decreasing the quantity of residues. <![CDATA[<B>Pomeranian community and the use of pesticides</B>: <B>an unknown reality</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232009000600033&lng=en&nrm=iso&tlng=en O objetivo deste trabalho foi caracterizar socioeconomicamente a comunidade pomerana do Alto Santa Maria, localizada no município de Santa Maria de Jetibá (ES) e investigar os principais fatores de exposição aos agrotóxicos. Trata-se de um estudo transversal realizado a partir de um questionário semi-estruturado, reunindo informações de 151 famílias. A análise foi baseada em estatísticas descritivas e modelos de regressão logística. Os resultados revelaram que a maioria dos membros da comunidade é o proprietário da terra. A participação das crianças nas atividades agrícolas é uma tradição da cultura pomerana. O uso de agrotóxicos nas lavouras nesta comunidade começou na década de oitenta e, desde então, diferentes tipos de agrotóxicos são frequentemente usados pela população rural. Os modelos de regressão logística que associam a presença de algum problema de saúde com o tipo de limpeza da terra, uso de agrotóxicos, frequência de aplicação dos agrotóxicos e uso de equipamento de proteção mostraram que a chance de um indivíduo apresentar algum problema de saúde está relacionada com o uso de agrotóxicos e o grau de escolaridade é um fator importante para o uso de equipamentos de proteção. A comunidade pomerana estudada possui hábitos culturais que contribuem para a exposição aos agrotóxicos.<hr/>The objective of this article is to characterize social and economically the Pomeranian community from "Alto Santa Maria" in the municipality of Santa Maria de Jetibá at Espírito Santo State and investigate the main factors of pesticides exposure in rural community. A cross-sectional study was carried out interviewing 151 members of a rural Pomeranian community using a semi-structured questionnaire. The analysis was based in descriptive statistics and logistics regression models. The results revealed that the majority of the community members own their land. The child participation in agricultural activities is a tradition in the Pomeranian culture. The use of pesticides by this community began in the 80s since then; different types of pesticides have frequently been used by rural residents. The logistic regression models that associate the presence of some health problem with how the land is cleaned, pesticides usage, pesticides application frequency and the use of protection equipment, showed that the chance of an individual to present some health problem is related with the use of pesticides. Another regression model showed that the education level is an important factor to the use of protection equipment. The Pomeranian community studied has some cultural habits that contribute for the exposure of pesticides. <![CDATA[<B>Monitoring the genotoxic action in shoe workers by micronucleus test, Pelotas, Rio Grande do Sul State</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232009000600034&lng=en&nrm=iso&tlng=en Neste trabalho, investigou-se a frequência de micronúcleos em células esfoliadas da mucosa bucal de trabalhadores de sapatarias, na cidade de Pelotas (RS). O estudo constou de 54 trabalhadores de sapatarias expostos à cola e solventes e 54 controles. Avaliou-se a incidência de células com micronúcleos(CMN), binucleadas(CBN), núcleos ligados(CNL) e total de anomalias(TA), em 2.000 células por indivíduo. Elaborou-se um banco de dados no programa SPSS "for Windows" pelo teste de Mann-Whitney U, p<0,05. A média de anomalias entre os sapateiros foi 8.69±6.49CMN; 8,85±4,92CBN; 5,78±4,78CNL; 23,31±10,01TA, e nos controles 4,00±61617; 5,05CMN; 4,63±61617; 4,35CBN; 4,76±61617; 5,00CNL; 13,39±61617; 9,43TA (p=0,0001; p=0,0001; p=0,144 e p=0,0001, respectivamente). Avaliou-se a influência da idade, sexo, tempo de trabalho, renda familiar, fumo, bebida alcoólica, doenças dermatológicas, oftalmológicas, respiratórias e sistema nervoso central (SNC) no número de anomalias celulares. Esses não influenciaram; apenas observou-se que, na faixa etária de 15 a 29, foi maior o número de CNL do que em 45 a 72 anos e no tempo de trabalho de 0,1 a 10 anos apresentou mais CMN do que as outras faixas.<hr/>In this paper it was investigated the micronuclei frequency in exfoliated oral mucosa cells in shoe shop workers in the city of Pelotas, RS. The study counted on 54 shoe workers exposed to glue and solvents and 54 controls. It was evaluated the incidence of cells with micronucleus (CMN), bi-nucleus (CBN), linked nucleus (CLN) and total amount of anomalies (TAA), in 2000 cells per person. A database was created in the SPSS "for Windows" software using the Mann-Whitney U, p<0.05 test. The average of anomalies among shoe workers was 8.69±6.49CMN; 8.85±4.92CBN; 5.78±4.78CNL; 23.31±10.01TA, in the controlled 4.00±5.05CMN; 4.63±4.35CBN; 4.76±5.00CNL; 13.39±9.43TA (p=0.0001; p=0.0001; p=0.144 and p=0.0001 respectively). It was also evaluated the age, gender, time of work, family income, smoke, alcohol beverages, the influence of dermatological, ophthalmological, respiratory and central nervous system (CNS) diseases in the number of cell anomalies. These items did not have any influence. It was only observed that among the age group of 15 to 29 years old the number of CNL was bigger than among the age group of 45 to 72. Among those with time of work of 0.1 and 10 years presented a higher CNM than in the other group range. <![CDATA[<B>Sociodemographic variables as determinant of the environment domain of quality of life of adolescents</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232009000600035&lng=en&nrm=iso&tlng=en O presente estudo teve como objetivo identificar a relação entre variáveis sociodemográficas e o domínio meio ambiente da qualidade de vida (QV) de adolescentes. A amostra foi composta por 608 adolescentes com idades entre 14 e 20 anos, do município da Lapa (PR). Para a avaliação da QV e da condição socioeconômica, foram utilizados, respectivamente, o questionário WHOQOL-Bref e da ABEP. Para análise dos dados, recorreu-se à estatística descritiva e aos testes qui-quadrado, exato de Fisher e regressão logística binária, considerando p<0,05. O valor médio da QV global e do domínio meio ambiente dos adolescentes foi 67,3% e 55,6%, respectivamente. Moças tiveram 1,9 vezes mais chance para apresentar domínio meio ambiente ruim do que rapazes, bem como indivíduos menos abastados (classe B e C+D+E) apresentaram, respectivamente, 5,7 e 7,4 vezes mais risco para possuir domínio meio ambiente ruim quando comparados com adolescentes da classe socioeconômica A. Pode-se inferir que o domínio meio ambiente apresentou-se como ponto vulnerável da QV dos adolescentes investigados. Os principais subgrupos em risco para possuir domínio meio ambiente da QV ruim foram compostos por adolescentes do sexo feminino e pertencentes às classes socioeconômicas menos favorecidas.<hr/>This study aimed to identify the relationship between sociodemographic variables and environment domain of Quality of Life (QOL) of adolescents. The sample was composed by 608 adolescents aged 14 to 20 years, from the municipality of Lapa, Paraná State, South of Brazil. The WHOQOL-Bref and ABEP questionnaires were used, respectively, to assess the QOL and socioeconomic condition. Data analysis used descriptive statistics and chi-square tests, exact Fisher and logistic regression binary, considering p<0.05. The average value of QOL overall and environment domain of adolescents was 67.3% and 55.6%, respectively. Girls were 1.9 times more likely to present poor environment domain than boys, and less wealthy individuals (B and C+D+E classes) showed, respectively, 5.7 and 7.4 times more risk to have poor environment domain when compared with adolescents of A class socioeconomic. It can be inferred that the environment domain presented themselves as vulnerable point of the QOL of adolescents investigated. The main groups in risk to the have poor environment domain of the QOL were composed by female adolescents, belonging to less advantaged socioeconomic classes. <![CDATA[<B>Exposure assessment to metals in an armament repair shop of a military organization</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232009000600036&lng=en&nrm=iso&tlng=en O objetivo deste estudo foi a avaliação da exposição ocupacional ao chumbo e manganês dos trabalhadores de uma oficina de recuperação de armamento de uma organização militar. O ar do ambiente de trabalho foi avaliado no monitoramento ambiental e os indicadores biológicos de dose interna, para chumbo e manganês, em sangue e na urina, foram utilizados no monitoramento biológico. A concentração de manganês e chumbo nos filtros e fluidos biológicos foi determinada por espectrometria de absorção atômica eletrotérmica. Os resultados do monitoramento ambiental indicaram níveis de Pb e Mn acima do TLV-TWA durante o processo de pintura (313,33 μg m-3) e solda (951 μg m-3). Os indicadores biológicos revelaram que cinco dos nove trabalhadores apresentam níveis de Pb-S que sugerem exposição ambiental ao chumbo (valores entre 5 e 10 μg dL-1). Pode-se concluir que existe uma pequena exposição ocupacional ao chumbo e ao manganês na oficina de tratamento superficial. Tal exposição é influenciada pelas condições meteorológicas e pela demanda variável de trabalho.<hr/>The aim of this study was the occupational exposure assessment to lead and manganese of workers in an armament repair shop of a military organization. The air of the working environment was assessed in the environmental monitoring while the internal dose biological indicators for lead and manganese, in blood and urine, were used in biological monitoring. Metals concentration in filters and biological fluids were determined by electrothermal atomic absorption spectrometry. The results of the environmental monitoring showed lead and manganese levels above the TLV-TWA during the process of painting (313.33 g m-3) and solder (951 μg m-3). The biological indicators revealed that five of the nine employees presented Pb-S levels that suggested an environmental exposure to lead (values between 5 and 10 μg dL-1). It can be concluded that there is a small occupational exposure to lead and manganese in the superficial treatment repair shop. This exposure is influenced by weather conditions and the variable demand of work. <![CDATA[<B>Climate change, tropospheric ozone and particulate matter, and health impacts</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232009000600037&lng=en&nrm=iso&tlng=en We review how climate change could affect future concentrations of tropospheric ozone and particulate matter (PM), and what changing concentrations could mean for population health, as well as studies projecting the impacts of climate change on air quality and the impacts of these changes on morbidity/mortality. Climate change could affect local to regional air quality through changes in chemical reaction rates, boundary layer heights that affect vertical mixing of pollutants, and changes in synoptic airflow patterns that govern pollutant transport. Sources of uncertainty are the degree of future climate change, future emissions of air pollutants and their precursors, and how population vulnerability may change in the future. Given the uncertainties, projections suggest that climate change will increase concentrations of tropospheric ozone, at least in high-income countries when precursor emissions are held constant, increasing morbidity/mortality. There are few projections for low- and middle-income countries. The evidence is less robust for PM, because few studies have been conducted. More research is needed to better understand the possible impacts of climate change on air pollution-related health impacts.<hr/>Examinamos como as mudanças climáticas podem afetar o futuro das concentrações de ozônio troposférico e de partículas suspensas (PS), e o que uma mudança nas concentrações significaria para a saúde da população. Analisaram-se estudos que projetam os impactos das mudanças climáticas na qualidade do ar e morbidade/mortalidade. A mudança climática pode afetar a qualidade do ar local e regional com mudanças nas taxas de reações químicas, altura das camadas limite que afetam a mistura vertical de poluentes e mudanças nos padrões sinóticos de circulação atmosférica que gerenciam o transporte de poluentes. Dentre as fontes de incerteza, a mudança climática futura, emissões de poluentes do ar e seus precursores e como a vulnerabilidade da população poderá ser modificada no futuro. Devido às incertezas, as projeções sugerem que as mudanças climáticas aumentarão as concentrações de ozônio troposférico pelo menos nos países de alta renda, onde as emissões precursoras de ozônio são constantes, resultando em maior morbidade/mortalidade. Para os países de baixa e média renda, há poucas projeções. A evidência é menor para PS, pois há poucos estudos. É preciso mais pesquisa para compreender os possíveis impactos da mudança climática nos impactos à saúde relacionados à poluição do ar. <![CDATA[<B>Music therapy on Parkinson disease</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232009000600038&lng=en&nrm=iso&tlng=en Este estudo descreve uma pesquisa qualitativa, interfaciando dois campos - gerontologia e musicoterapia -, em uma metodologia interativo-dialógica - com dez indivíduos ligados de forma íntima à questão parkinsoniana, entrevistados na Associação Brasil Parkinson (ABP) paulistana. Objetiva-se verificar, a partir de narrativas pessoais, a importância de práticas alternativas fundadas em elementos sonoro-rítmico-musicais, sendo exemplares o exercício de tocar um instrumento (piano, violino, etc.), ou cantar em grupo, ou praticar um exercício musical orientado, que podem funcionar como atividade terapêutica para pessoas com a doença de Parkinson (DP), e como devem ser aplicadas com seriedade e competência pelos seus profissionais. Dados foram coletados em entrevista preestruturada e reestruturada conforme a necessidade de aplicação a cada entrevistado, envolvendo categorias variadas. Da análise, sistematização e interpretação dos dados, pôde-se, a partir das modalidades das respostas e de uma comparação qualitativa, sugerir que a musicoterapia é excelente via para o tratamento do doente, fazendo-o conviver melhor com a DP, minimizando seu sofrimento, o que implica a mudança do sujeito para uma posição singular e própria na relação com sua doença e com os demais que o cercam.<hr/>This study is a result of a qualitative research, in the Gerontology and Music therapy scenario. It was analyzed the importance of alternative practices like playing an instrument (piano, violin, etc.), singing, or practicing a guided musical exercise as a therapy activity for elder people with Parkinson Disease. The analysis, systematization and interpretation of the data pointed: music therapy is an excellent way to improve the life of the patient that becomes more sociable, decreasing physical and psychological symptoms ("symptomatology") and the subject change for a singular and own position in the relation with your disease and the people around. <![CDATA[<B>Development of health promotion in Brazil in the last twenty years (1988-2008)</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232009000600039&lng=en&nrm=iso&tlng=en O presente artigo examina o desenvolvimento da institucionalização da promoção da saúde (PS) no Brasil nos últimos vinte anos, desde a Constituição Federal de 1988. Aborda, inicialmente, o arcabouço jurídico-institucional sobre o qual repousa a institucionalização da PS no país. A seguir, trata de sua afirmação recente como política nacional, da análise de suas práticas segundo se desenvolvam no interior do sistema de saúde ou em outras instâncias e, finalmente, da construção da sua capacidade institucional, através da pesquisa e da formação de recursos humanos. Foram revisados cerca de cem referências bibliográficas, entre documentos de política institucional, decretos e leis, anais de congressos e outros eventos. A vivência pessoal dos autores no processo de desenvolvimento teórico-conceitual da área e do processo de institucionalização da promoção da saúde como política pública no país também foi aproveitada na produção desta revisão. O artigo finaliza com uma crítica sobre as principais restrições ao seu desenvolvimento teórico-prático e a indicação de algumas perspectivas que favoreceriam tal desenvolvimento.<hr/>This paper examines the institutionalization of health promotion (HP) in Brazil in the twenty years following the proclamation of the 1988 Brazilian Constitution. The legal and institutional foundations of HP are delineated, as well as its recent reassertion as a national policy. Moreover, the praxis of HP within the health system and other instances are analyzed, and the institutional capacity building - by means of research and training of human resources - is examined. Around 100 papers were revised, including institutional policy documents, decrees, laws, and annals of congresses and other events. The authors' personal experience in the ideational conception of the area and in the institutionalization of health promotion as a public policy in the country was also drawn upon. Finally, major restrictions to the theoretical and practical development of health promotion are criticized and a few ideas that might benefit such development are presented. <![CDATA[<b><i>A avaliação da qualidade de vida</i></b>: <b><i>guia para profissionais da saúde</i></b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232009000600040&lng=en&nrm=iso&tlng=en O presente artigo examina o desenvolvimento da institucionalização da promoção da saúde (PS) no Brasil nos últimos vinte anos, desde a Constituição Federal de 1988. Aborda, inicialmente, o arcabouço jurídico-institucional sobre o qual repousa a institucionalização da PS no país. A seguir, trata de sua afirmação recente como política nacional, da análise de suas práticas segundo se desenvolvam no interior do sistema de saúde ou em outras instâncias e, finalmente, da construção da sua capacidade institucional, através da pesquisa e da formação de recursos humanos. Foram revisados cerca de cem referências bibliográficas, entre documentos de política institucional, decretos e leis, anais de congressos e outros eventos. A vivência pessoal dos autores no processo de desenvolvimento teórico-conceitual da área e do processo de institucionalização da promoção da saúde como política pública no país também foi aproveitada na produção desta revisão. O artigo finaliza com uma crítica sobre as principais restrições ao seu desenvolvimento teórico-prático e a indicação de algumas perspectivas que favoreceriam tal desenvolvimento.<hr/>This paper examines the institutionalization of health promotion (HP) in Brazil in the twenty years following the proclamation of the 1988 Brazilian Constitution. The legal and institutional foundations of HP are delineated, as well as its recent reassertion as a national policy. Moreover, the praxis of HP within the health system and other instances are analyzed, and the institutional capacity building - by means of research and training of human resources - is examined. Around 100 papers were revised, including institutional policy documents, decrees, laws, and annals of congresses and other events. The authors' personal experience in the ideational conception of the area and in the institutionalization of health promotion as a public policy in the country was also drawn upon. Finally, major restrictions to the theoretical and practical development of health promotion are criticized and a few ideas that might benefit such development are presented.