Scielo RSS <![CDATA[Ciência & Saúde Coletiva]]> http://www.scielo.br/rss.php?pid=1413-812320100002&lang=en vol. 15 num. 2 lang. en <![CDATA[SciELO Logo]]> http://www.scielo.br/img/en/fbpelogp.gif http://www.scielo.br <![CDATA[<B>Health problems in childhood</B>: <B>challenges from treatment to prevention</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232010000200001&lng=en&nrm=iso&tlng=en <![CDATA[<b>Child is the father of man</b>: <b>new challenges for child health</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232010000200002&lng=en&nrm=iso&tlng=en Este artigo traz uma análise do atual contexto epidemiológico e demográfico onde a criança se insere e trata da necessidade de reformulação dos serviços de saúde destinados ao cuidado a criança, apontando também para a questão de que é necessária a produção de novos conhecimentos que dêem conta de uma nova pediatria. O conhecimento de que o cuidado aplicado à criança precisa ser ampliado de forma a contemplar problemas agudos e prevenção de doenças a longo prazo, inclusive na vida adulta, introduz um novo campo de ação para a pediatria, exigindo também a formação de novos pesquisadores que dêem às crianças oportunidades de serem incluídas em pesquisas com medicamentos e outras propostas terapêuticas a elas endereçadas. Concluindo, novas estratégias relacionadas ao cuidado à criança e à formação de novos pediatras e pesquisadores, que dêem conta do cuidado de um ser humano em crescimento e desenvolvimento, com todas as suas especificidades, precisam ser implementadas nos serviços de saúde e no campo da produção de conhecimentos, para que estas possam crescer e se tornar adultos saudáveis.<hr/>This paper offers an analysis of current demographic and epidemiological context in which the child falls and addresses the need to the reformulation of the health services intended for child care, pointing also to the question of the need to produce new knowledge that help them in a new pediatrics care. The knowledge that child care needs to be expanded to take into account acute problems and disease prevention in the long run, even in adulthood, introduces a new field for pediatrics that also demands the formation of new researchers who can give the children opportunities to be included in research on drugs and other therapeutic proposals addressed to them. In conclusion, health care strategies concentrated particularly on children with all their specificity, a growing and developing human being, need to be implemented in the health services so that they can grow well and become healthy adults. <![CDATA[<B>The research in child health and the Brazilian cohorts</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232010000200003&lng=en&nrm=iso&tlng=en Este artigo traz uma análise do atual contexto epidemiológico e demográfico onde a criança se insere e trata da necessidade de reformulação dos serviços de saúde destinados ao cuidado a criança, apontando também para a questão de que é necessária a produção de novos conhecimentos que dêem conta de uma nova pediatria. O conhecimento de que o cuidado aplicado à criança precisa ser ampliado de forma a contemplar problemas agudos e prevenção de doenças a longo prazo, inclusive na vida adulta, introduz um novo campo de ação para a pediatria, exigindo também a formação de novos pesquisadores que dêem às crianças oportunidades de serem incluídas em pesquisas com medicamentos e outras propostas terapêuticas a elas endereçadas. Concluindo, novas estratégias relacionadas ao cuidado à criança e à formação de novos pediatras e pesquisadores, que dêem conta do cuidado de um ser humano em crescimento e desenvolvimento, com todas as suas especificidades, precisam ser implementadas nos serviços de saúde e no campo da produção de conhecimentos, para que estas possam crescer e se tornar adultos saudáveis.<hr/>This paper offers an analysis of current demographic and epidemiological context in which the child falls and addresses the need to the reformulation of the health services intended for child care, pointing also to the question of the need to produce new knowledge that help them in a new pediatrics care. The knowledge that child care needs to be expanded to take into account acute problems and disease prevention in the long run, even in adulthood, introduces a new field for pediatrics that also demands the formation of new researchers who can give the children opportunities to be included in research on drugs and other therapeutic proposals addressed to them. In conclusion, health care strategies concentrated particularly on children with all their specificity, a growing and developing human being, need to be implemented in the health services so that they can grow well and become healthy adults. <![CDATA[<B>Public polices at child health area</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232010000200004&lng=en&nrm=iso&tlng=en Este artigo traz uma análise do atual contexto epidemiológico e demográfico onde a criança se insere e trata da necessidade de reformulação dos serviços de saúde destinados ao cuidado a criança, apontando também para a questão de que é necessária a produção de novos conhecimentos que dêem conta de uma nova pediatria. O conhecimento de que o cuidado aplicado à criança precisa ser ampliado de forma a contemplar problemas agudos e prevenção de doenças a longo prazo, inclusive na vida adulta, introduz um novo campo de ação para a pediatria, exigindo também a formação de novos pesquisadores que dêem às crianças oportunidades de serem incluídas em pesquisas com medicamentos e outras propostas terapêuticas a elas endereçadas. Concluindo, novas estratégias relacionadas ao cuidado à criança e à formação de novos pediatras e pesquisadores, que dêem conta do cuidado de um ser humano em crescimento e desenvolvimento, com todas as suas especificidades, precisam ser implementadas nos serviços de saúde e no campo da produção de conhecimentos, para que estas possam crescer e se tornar adultos saudáveis.<hr/>This paper offers an analysis of current demographic and epidemiological context in which the child falls and addresses the need to the reformulation of the health services intended for child care, pointing also to the question of the need to produce new knowledge that help them in a new pediatrics care. The knowledge that child care needs to be expanded to take into account acute problems and disease prevention in the long run, even in adulthood, introduces a new field for pediatrics that also demands the formation of new researchers who can give the children opportunities to be included in research on drugs and other therapeutic proposals addressed to them. In conclusion, health care strategies concentrated particularly on children with all their specificity, a growing and developing human being, need to be implemented in the health services so that they can grow well and become healthy adults. <![CDATA[<B>The demand for a new pediatrician</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232010000200005&lng=en&nrm=iso&tlng=en Este artigo traz uma análise do atual contexto epidemiológico e demográfico onde a criança se insere e trata da necessidade de reformulação dos serviços de saúde destinados ao cuidado a criança, apontando também para a questão de que é necessária a produção de novos conhecimentos que dêem conta de uma nova pediatria. O conhecimento de que o cuidado aplicado à criança precisa ser ampliado de forma a contemplar problemas agudos e prevenção de doenças a longo prazo, inclusive na vida adulta, introduz um novo campo de ação para a pediatria, exigindo também a formação de novos pesquisadores que dêem às crianças oportunidades de serem incluídas em pesquisas com medicamentos e outras propostas terapêuticas a elas endereçadas. Concluindo, novas estratégias relacionadas ao cuidado à criança e à formação de novos pediatras e pesquisadores, que dêem conta do cuidado de um ser humano em crescimento e desenvolvimento, com todas as suas especificidades, precisam ser implementadas nos serviços de saúde e no campo da produção de conhecimentos, para que estas possam crescer e se tornar adultos saudáveis.<hr/>This paper offers an analysis of current demographic and epidemiological context in which the child falls and addresses the need to the reformulation of the health services intended for child care, pointing also to the question of the need to produce new knowledge that help them in a new pediatrics care. The knowledge that child care needs to be expanded to take into account acute problems and disease prevention in the long run, even in adulthood, introduces a new field for pediatrics that also demands the formation of new researchers who can give the children opportunities to be included in research on drugs and other therapeutic proposals addressed to them. In conclusion, health care strategies concentrated particularly on children with all their specificity, a growing and developing human being, need to be implemented in the health services so that they can grow well and become healthy adults. <![CDATA[<B>The visibility of the child throughout history</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232010000200006&lng=en&nrm=iso&tlng=en Este artigo traz uma análise do atual contexto epidemiológico e demográfico onde a criança se insere e trata da necessidade de reformulação dos serviços de saúde destinados ao cuidado a criança, apontando também para a questão de que é necessária a produção de novos conhecimentos que dêem conta de uma nova pediatria. O conhecimento de que o cuidado aplicado à criança precisa ser ampliado de forma a contemplar problemas agudos e prevenção de doenças a longo prazo, inclusive na vida adulta, introduz um novo campo de ação para a pediatria, exigindo também a formação de novos pesquisadores que dêem às crianças oportunidades de serem incluídas em pesquisas com medicamentos e outras propostas terapêuticas a elas endereçadas. Concluindo, novas estratégias relacionadas ao cuidado à criança e à formação de novos pediatras e pesquisadores, que dêem conta do cuidado de um ser humano em crescimento e desenvolvimento, com todas as suas especificidades, precisam ser implementadas nos serviços de saúde e no campo da produção de conhecimentos, para que estas possam crescer e se tornar adultos saudáveis.<hr/>This paper offers an analysis of current demographic and epidemiological context in which the child falls and addresses the need to the reformulation of the health services intended for child care, pointing also to the question of the need to produce new knowledge that help them in a new pediatrics care. The knowledge that child care needs to be expanded to take into account acute problems and disease prevention in the long run, even in adulthood, introduces a new field for pediatrics that also demands the formation of new researchers who can give the children opportunities to be included in research on drugs and other therapeutic proposals addressed to them. In conclusion, health care strategies concentrated particularly on children with all their specificity, a growing and developing human being, need to be implemented in the health services so that they can grow well and become healthy adults. <![CDATA[<B>The authors reply</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232010000200007&lng=en&nrm=iso&tlng=en Este artigo traz uma análise do atual contexto epidemiológico e demográfico onde a criança se insere e trata da necessidade de reformulação dos serviços de saúde destinados ao cuidado a criança, apontando também para a questão de que é necessária a produção de novos conhecimentos que dêem conta de uma nova pediatria. O conhecimento de que o cuidado aplicado à criança precisa ser ampliado de forma a contemplar problemas agudos e prevenção de doenças a longo prazo, inclusive na vida adulta, introduz um novo campo de ação para a pediatria, exigindo também a formação de novos pesquisadores que dêem às crianças oportunidades de serem incluídas em pesquisas com medicamentos e outras propostas terapêuticas a elas endereçadas. Concluindo, novas estratégias relacionadas ao cuidado à criança e à formação de novos pediatras e pesquisadores, que dêem conta do cuidado de um ser humano em crescimento e desenvolvimento, com todas as suas especificidades, precisam ser implementadas nos serviços de saúde e no campo da produção de conhecimentos, para que estas possam crescer e se tornar adultos saudáveis.<hr/>This paper offers an analysis of current demographic and epidemiological context in which the child falls and addresses the need to the reformulation of the health services intended for child care, pointing also to the question of the need to produce new knowledge that help them in a new pediatrics care. The knowledge that child care needs to be expanded to take into account acute problems and disease prevention in the long run, even in adulthood, introduces a new field for pediatrics that also demands the formation of new researchers who can give the children opportunities to be included in research on drugs and other therapeutic proposals addressed to them. In conclusion, health care strategies concentrated particularly on children with all their specificity, a growing and developing human being, need to be implemented in the health services so that they can grow well and become healthy adults. <![CDATA[<B>Prevalence and severity of gingivitis among scholars (7-14 years)</B>: <B>local conditions associated to bleeding on probing</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232010000200008&lng=en&nrm=iso&tlng=en O objetivo deste estudo foi coletar dados sobre a prevalência e severidade de gengivite em uma amostra de crianças em idade escolar, bem como sua relação com possíveis fatores de risco locais. Duzentos e seis indivíduos foram examinados, sendo 107 meninos e 99 meninas, com idades entre 7 e 14 anos; foram coletados dados referentes ao índice de placa (IP), índice gengival (IG) e profundidade clínica de sondagem (PCS). Entre os parâmetros clínicos observados, as médias referentes a PCS, IP e IG encontradas foram de 1,58 + 0,46, 1,12 + 0,49 e 0,89 + 0,32, respectivamente. Noventa e cinco indivíduos (46,1%) apresentaram um quadro de gengivite leve e 111 (53,9%), de gengivite moderada. No geral, os indivíduos do sexo masculino apresentaram estatisticamente maior quantidade de placa bacteriana e maior inflamação do tecido gengival que indivíduos do sexo feminino. A presença de inflamação gengival foi encontrada em todos os indivíduos examinados. A severidade de inflamação nos dentes permanentes esteve diretamente relacionada à quantidade de placa e ao sangramento à sondagem.<hr/>The objective of this study was to collect data about the prevalence and severity of gingivitis in a sample of scholars, as well as its relationship with possible local risk factors. Two hundred and six subjects were examined, 107 male and 99 female, with age ranging from 7 to 14 years, where data from their Plaque Index (IP), Gingival Index (IG), and Clinical Probing Depth (PCS) were collected. Among all the clinical parameters observed, the mean values found referent to PCS, IP and IG were 1.58 + 0.46, 1.12 + 0.49 and 0.89 + 0.32, respectively. Ninety five subjects (46.1%) presented a diagnostic of slight gingivitis and 111 (53.9%) of moderate gingivitis. Overall, male subjects presented statistically more dental plaque and more gingival inflammation than female subjects. Clinical signs of gingival inflammation were found in all the examined subjects. Gingivitis severity around permanent teeth was directly linked to the amount of dental plaque deposits and to the presence of bleeding on probing. <![CDATA[<B>Oral cleft and its notification in the information system</B>: <B>live Births Declaration analysis in Campos dos Goytacazes, Rio de Janeiro State, 1999-2004</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232010000200009&lng=en&nrm=iso&tlng=en O objetivo deste estudo foi investigar a notificação de ocorrência de fissuras orais na Declaração de Nascido Vivo (DNV), através dos três itens do campo 34 (notificação de malformação congênita). Para tal, foram verificados os prontuários de pacientes inscritos em serviços de referência em tratamento de anomalias craniofaciais, incluindo os portadores de fissuras labiopalatinas e nascidos no município de Campos dos Goytacazes (RJ) entre 01/01/1999 e 31/12/2004. A seguir, foi feito levantamento junto ao Setor de Dados Vitais da SMS, onde todos os sujeitos da amostra (63) tiveram suas DNV localizadas. Constatou-se que apenas 53,3% das DNV apresentavam o registro de malformação no primeiro item e a subnotificação ocorreu em todos os tipos de fissura, sendo maior na fissura palatina (70%). Quanto à descrição (2º item), a fissura palatina apresentou o maior número de erros, sendo descrita corretamente em 25% dos casos. Todos os documentos estudados apresentaram o código da malformação (3º item) em branco. Não houve diferença estatística entre os diferentes profissionais quanto ao preenchimento dos formulários. Deste modo, concluiu-se que a DNV se mostrou ineficiente no registro das fissuras labiopalatais, em decorrência de falhas no preenchimento, principalmente pela ausência do preenchimento do código da CID-10.<hr/>The objective of this study was to verify the notification of information system for oral clefts in the live births declaration (DNV), studying the 3 items of DNV related to malformation. All the patients' medical records registered in oral cleft reference centers were checked. The inclusion criteria were: a) to have any oral cleft and b) to be born from 01/01/1999 to 12/31/2004. Next step was to raise the information in the vital data sector of Municipal Health Secretary, where all the DNVs identified were subjects with oral clefts (63 children). The first item presented a large subnotification (only 53.3 of the DNVs showed the register of malformation) and all types of clefts were not notified in any scale. Highest sub notification was observed for cleft palate (70 %). Second item (description of malformation) showed similarly a high number of errors referred to palate cleft, identified only in 25 % of the cases. All the documents showed no information about the third item (code of malformation). There was no statistical difference between professionals responsible for filling out the document. In conclusion, the DNV was inefficient to register the oral cleft cases due to imperfections related to 3 items studied, especially in the absence of information about CID-10 codes. <![CDATA[<B>Effectiveness study of the universal newborn hearing screening</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232010000200010&lng=en&nrm=iso&tlng=en Este artigo discute a insuficiência de participação familiar num programa de triagem auditiva neonatal universal. Por se tratar da detecção precoce de alterações auditivas, com a possibilidade de redução dos prejuízos causados por estas, torna-se fundamental a participação familiar durante todo o processo de diagnóstico e reabilitação. O objetivo do texto é compreender a ausência das mães dos lactentes nascidos entre maio de 2002 e junho de 2004 no Centro de Atenção Integral à Saúde da Mulher (CAISM-Unicamp) ao retorno para a segunda avaliação auditiva. Através da caracterização do perfil sociodemográfico das mães, alguns aspectos foram relacionados ao não retorno ao serviço de triagem e três mães selecionadas para entrevista. Concluiu-se que três traços do perfil materno se destacam dentre as que menos retornaram ao serviço: possuir mais de um filho; ter frequência de apenas uma a três consultas pré-natais; e não possuir companheiro. A principal alegação para o não retorno foi de que as perdas auditivas seriam passíveis de identificação pela observação em casa. Assim, além de ser constituída por fatores sociais, a ausência das mães reflete práticas culturais. Considera-se necessária a criação de uma rede de serviços de saúde que oriente gestantes e mães de lactentes sobre as alterações no desenvolvimento infantil.<hr/>This article discusses the insufficiency of family participation in a program of Universal Newborn Hearing Screening. As it is a premature detection of hearing alterations, with the possibility of reduction of damages caused by these, it becomes essential the family participation during all the diagnosis process. The aim of the text is to understand the absence of the mothers of infants born between May 2002 and June 2004 at Center of Integral Attention to the Health of the Woman (Unicamp) when returning to a second hearing evaluation. Through the characterization of social-demographic profiles of the mothers, some aspects were related to the non-returning at the screener service and three mothers were selected to interview. It was concluded that three traces from the mother's profiles are detached among mothers who returned less times: to have more than one child; to have frequency of only one to three prenatal consultations; and not having a partner. The basic allegation for the nonreturning was that the loss of hearing could be identified through observation at home. Besides being constituted by social factors, the absences of the mothers reflect cultural practices. It was considered necessary the creation of a net of health services that guide the mothers of infants about alterations in the infantile development. <![CDATA[<B>Social and biological determinants of infant mortality in population cohort in the city of Passo Fundo, Rio Grande do Sul State</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232010000200011&lng=en&nrm=iso&tlng=en Investigaram-se os determinantes sociais e biológicos da mortalidade infantil de coorte de base populacional com 2.331 nascidos vivos em Passo Fundo (RS) entre fevereiro de 2003 e janeiro de 2004, incluindo os 56 óbitos infantis. Os dados referentes aos óbitos foram acrescidos ao banco de dados da coorte de nascimento, que continha as variáveis sociais e biológicas obtidas nas declarações de nascidos vivos e em entrevistas domiciliares. O coeficiente de mortalidade infantil foi de 22,8%. Análises bivariadas e multivariada com regressão logística e modelo hierarquizado mostraram associados ao óbito infantil: escolaridade materna inferior a oito anos (RR= 5,7; IC 95%: 1,92- 16,75), antecedente de filhos mortos (RR= 3,7 (IC 95%: 1,07-12,10); baixo peso ao nascer, com RR= 6,7 (IC 95%: 2,07-21,65) a 79,7 (IC 95%:14,36-441,92) para nascidos de baixo peso e de muito baixo peso, respectivamente; escores de Apgar < 7 (RR=8,7; IC 95%: 2,85-26,32) e ausência de aleitamento materno (RR=15,75; IC 95%: 6,76-63,68). Por ser a mortalidade infantil determinada socialmente pela baixa escolaridade materna e biologicamente pelos antecedentes de filhos mortos, baixa vitalidade e baixo peso ao nascer, recomenda-se a inclusão desses fatores na classificação de risco para monitoramento da mortalidade infantil em Passo Fundo.<hr/>One investigated the social and biological determinants of infant mortality of a population cohort of 2,331 live births in the period February 2003 to January 2004, in the city of Passo Fundo, Rio Grande do Sul State, including 56 infant deaths. The databank of deaths had been increased to the databank of the birth cohort, which contained the social and biological variables obtained from live birth certificates and with home interviews. The coefficient of infant mortality of this cohort was 22.8%. Multivariate analyses with logistic regression and hierarchic model had shown that the following aspects were significantly associated with infant death: maternal educational level lower than eight years (RR= 5.7; IC 95%: 1.92- 16.75), antecedent of dead children (RR= 3.7 (IC 95%: 1.07-12.10); low birth weight, with RR= 6.7 (IC 95%: 2.07-21.65) to 79.7 (IC 95%:14.36-441.92) for infants of low birth weight and weighing less than 1500g, respectively; Apgar scores < 7 (RR=8.7; IC 95%: 2.85-26.32) and absence of breastfeeding (RR=15.75; IC 95%: 6.7663.68). As infant mortality in Passo Fundo is socially determined by the low maternal educational level and biologically determined by birth conditions, low birth weight and interruption of breastfeeding, one recommend the inclusion of these factors in the classification of risk for follow up of infant mortality in Passo Fundo. <![CDATA[<B>The influence of feeding methods in the development of nonnutritive sucking habits in childhood</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232010000200012&lng=en&nrm=iso&tlng=en O estudo analisou a relação entre o padrão de aleitamento e o desenvolvimento de hábitos de sucção não-nutritivos em crianças de 12 a 36 meses de idade, de creches públicas na cidade de João Pessoa (PB). A amostra constou de 292 crianças, de ambos os gêneros e a coleta de dados abrangeu entrevistas com as mães/responsáveis. As informações dos formulários consistiam na descrição da frequência e duração dos hábitos de sucção não-nutritivos, bem como dos métodos de aleitamento. Os dados foram analisados através do programa SPSS, realizando-se distribuições de frequências e os testes estatísticos do qui-quadrado e Exato de Fisher. Observou-se que, com relação à presença de hábitos de sucção não-nutritivos, 69,2% das crianças tinham algum tipo de hábito, sendo 61,6% a sucção de chupeta e 8,2% a sucção digital. De toda a amostra, 10,2% realizaram aleitamento natural exclusivo, 4,9%, o aleitamento artificial exclusivo e 84,9%, o aleitamento misto. Considerando os tipos de aleitamento, 83,8% das crianças realizaram aleitamento natural exclusivo durante os seis primeiros meses de vida. O padrão de aleitamento apresentou associação significativa com a presença de hábitos de sucção não-nutritivos. Quanto maior a duração do aleitamento natural exclusivo, menor a prevalência de hábitos de sucção não-nutritivos e o padrão de aleitamento.<hr/>This study verified the relationship between nonnutritive sucking habits and feeding methods in children from 12 to 36 months of age, attending public nursery schools in the city of João Pessoa, Paraíba State. The sample consisted of 292 children of both gender and the data were collected by interviewing the children's mothers or minders. The information of the forms consisted on the description of the frequency and duration of the nonnutritive sucking habits, as well as on the feeding methods. The data were analyzed through the statistical program SPSS, taking place distributions of frequencies and qui-square test and Fisher Exact. In relation to the presence of nonnutritive sucking habits, 69.2% of the children had some type of habit, being 61.6% the pacifier sucking and 8.2% the digital sucking. From the entire sample, 10.2% presented exclusive breastfeeding, 4.9% were just bottle-fed and 84.9% were breast-fed and bottle-fed. Considering the methods of feeding, 83.8% of the children presented exclusive breastfeeding during the first 6 months of life. The feeding methods presented significant association with the presence of nonnutritive sucking habits. As larger the duration of the exclusive breastfeeding, smaller the prevalence of sucking habits. <![CDATA[<B>Family Health Program and children palliative care</B>: <B>listening the relatives of technology dependent children</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232010000200013&lng=en&nrm=iso&tlng=en O estudo discute um modelo de cuidados paliativos infantis baseado na Saúde da Família quando da assistência domiciliar, articulado com os demais níveis de atenção e nas demandas das famílias. Participaram do estudo dezoito membros de nove famílias de crianças do Instituto Fernandes Figueira (IFF), das quais quatro estão assistidas pelo Programa de Assistência Domiciliar Interdisciplinar (PADI), três internadas aguardando a inclusão no programa e duas internadas e já pertencentes ao PADI. O PADI foi estudado por ser o único que oferece cuidados paliativos infantis na rede pública de saúde. Os resultados demonstram-se positivos quanto ao vínculo estabelecido com a equipe; o acolhimento; o conhecimento pelos familiares acerca da doença e a dinâmica entre o PADI e o IFF. Como pontos negativos, aparecem as dificuldades, que vão desde a implantação do programa até sua continuidade e que quase todos os familiares referem agravos ou doenças. Concluiu-se que, apesar do PADI se apresentar como a forma encontrada pelo IFF para a desospitalização, os cuidados domiciliares pela Saúde da Família, bem articulados com a rede, seria o ideal por ser o nível de assistência adequado para tal.<hr/>This study discusses the creation of a new children palliative care program based on the Family Health Program, considering the level of care at home and yielding to family requests. The study focused on eighteen members of nine families of technology dependent children (TDC) who were hospital patients at Instituto Fernandes Figueira (IFF): four who are being assisted by its palliative care program Programa de Assistência Domiciliar Interdisciplinar (PADI); three who were inpatients waiting for inclusion in the Program, and finally two inpatients already included in PADI. PADI was chosen because it is the only child palliative care program in Brazil. The results are positive in regards to the connection established between the families and the health care team, the reception of the children, the explanation to the family concerning the disease, and the functional dynamics between the PADI and IFF. As negative points, difficulties arose as a result of the implementation of the program, from its continuity to the worsening or illness of the entire family. In conclusion, although the PADI is the IFF's way of discharging patients, the domiciliary cares taken by the Family Health Program, well articulated with the healthcare system, would be ideal for being the adequate assistance for such. <![CDATA[<B>Project Learning Health in School</B>: <B>the experience of positive impact on the quality of life and health determinants of members of a community school in Vitória, Espírito Santo State</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232010000200014&lng=en&nrm=iso&tlng=en Estudo descritivo, de abordagem quantitativa, para avaliar as estratégias realizadas pelo enfermeiro no ambiente escolar de um Centro Municipal de Educação Infantil, através do Projeto de Extensão Aprendendo Saúde na Escola, e ainda analisar o perfil das crianças atendidas. A pesquisa foi realizada com uma amostra de 350 atendimentos de enfermagem. Verificamos que em dez alunos foram encontradas lesões corporais sugestivas de violência/negligência familiar. Estavam registradas atividades educativas, abordando os seguintes temas: dengue, higiene pessoal, parasitose e destino dos resíduos sólidos. Constatamos que 4,6% das crianças atendidas estavam desnutridas, 6,4% encontravam-se em risco nutricional e que 80% das crianças atendidas não apresentavam uma higiene oral adequada, demonstrada através da presença de cáries. Na avaliação dos professores sobre a atuação do projeto, foi possível identificar relatos sobre a diminuição dos episódios de violência doméstica contra a criança. O projeto tem proporcionado a ação do trabalho interdisciplinar, favorecendo as atividades de promoção de saúde tendo a escola como um espaço da atenção básica, devendo ser entendido como um núcleo motivador da atuação participativa dos profissionais de saúde na comunidade escolar.<hr/>A descriptive study, using a quantitative approach to evaluate the strategies carried through by nurses in a school environment of a Municipal Center of Children Education, through the Project of Extension Learning Health in the School, and still to analyze the profile of the children attended. The research was carried through with a sample of 350 nursing attendances. We verify that in 10 pupils had been found suggestive corporal lesions of family violence/negligence. They were registered educative activities, involving the following subjects: dengue, personal hygiene, parasitosis and the destination of the solid residues. We evidence that 4.6% of the children attended were unfed, and that 6.4% were in nutritional risk, and that 80% of children did not presented an adequate oral hygiene, demonstrated through the presence of caries. In the evaluation of the professors about the performance of the project it was possible to identify stories on the reduction of the episodes of domestic violence against the child. The Project has provided to the action of the Interdisciplinary work favoring the health promotion activities having the school as a space of the Basic Attention, and need to be understood as a motivator nucleus of the participatory performance of the health professionals in the pertaining to school community. <![CDATA[<B>Health at school</B>: <B>a brief history</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232010000200015&lng=en&nrm=iso&tlng=en Discute o nascimento histórico da saúde escolar no mundo e no Brasil. Apresenta a Iniciativa Regional Escolas Promotoras de Saúde - um discurso de múltiplos olhares e trabalho articulado entre a educação, saúde e sociedade -, como modelo alternativo de atenção à saúde na escola recomendado, pela Organização Pan-Americana de Saúde, para os países do Caribe e da América Latina. Considera que o olhar atento aos Parâmetros Curriculares Nacionais é condição fundamental para que os profissionais de saúde sensíveis à questão da educação em saúde na escola contribuam para que a mesma compareça na educação fundamental com um enfoque crítico, interdisciplinar e transversal e, finalmente, apresenta as diretrizes da nova política nacional de saúde na escola pública.<hr/>It involves the historical birth of school health in the world and Brazil. It shows a regional initiative of Health Promoting Schools - a discourse of multiple viewings and joint work among education, health and society -, as an alternative model of attention to school health, recommended by Pan American Health Organization, to the Caribbean and Latin American Countries. Finally, it takes into account that a detailed observation of the National Curriculum Parameters is an essential condition so that health professionals, who are sensitive to the school health education issue, can contribute to its inclusion in the fundamental education with a critical, interdisciplinary and transversal approach, presenting the guidelines of a new national health polices at public schools. <![CDATA[<B>Orofacial aspects of childhood abuse and dental negligence</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232010000200016&lng=en&nrm=iso&tlng=en O objetivo deste artigo foi identificar os principais aspectos orofaciais dos maus-tratos infantis e da negligência odontológica, contribuindo com a identificação destas vítimas no ambiente odontológico. Foi realizada uma pesquisa bibliográfica nas bases de dados Adolec, MEDLINE, LILACS e BBO. Utilizaram-se como descritores: maus-tratos infantis, manifestações bucais, odontólogos, papel (figurativo) e responsabilidade legal. Verificou-se que os maus-tratos infantis acontecem em geral em domicílio e os ferimentos orofaciais decorrentes incluem trauma, queimaduras e lacerações dos tecidos duros e moles, marcas de mordida e hematomas em vários estágios de cura. Pode haver ferimentos que envolvem outras partes do corpo próximas à cavidade bucal, como hematoma periorbital e contusão nasal. Quanto ao abuso sexual, muitas vítimas não apresentam nenhum sinal físico associado; assim, indicadores comportamentais devem ser observados. A imediata identificação e o relato de maus-tratos infantis e da negligência odontológica pelo cirurgião-dentista são essenciais para a proteção das crianças, sendo fundamental uma maior atuação destes profissionais, através do registro e denúncia dos casos suspeitos às agências de proteção à criança.<hr/>The aim of this paper was to identify the main oral and dental aspects of childhood abuse and dental neglect, contributing to the identification of these victims in a dental office. A bibliographic research was carried out, in ADOLEC, MEDLINE, LILACS and BBO databases. The following key words were used: child abuse, oral manifestations, dentists; role; liability, legal. It was verified that violence against children happens in general at home and the resulting orofacial injuries encompass: injuries, burns and lacerations on soft and hard tissues, bite marks and gradually-healed wounds. It can have wounds in other parts of the body next to the oral cavity, such as periorbital wound and nasal injury. Regarding sexual abuse, many victims do not present any associated physic signs; therefore, behavioral indicators must be observed. The immediate recognition and report of childhood abuse and dental negligence by dental surgeon are essential for children protection. Therefore, it is critical to define more effective action from those professionals, by registration and denunciation of suspect cases to child protection agencies. <![CDATA[<B>Breastfeeding in premature babies</B>: <B>speech-language and audiology performance based on education for health promotion concepts</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232010000200017&lng=en&nrm=iso&tlng=en O artigo relata experiência de atuação fonoaudiológica baseada nos pressupostos da educação em saúde direcionada à promoção do aleitamento exclusivo em prematuros internados em uma maternidade de referência em alto risco. No trabalho desenvolvido, estratégias multiprofissionais realizadas com grupos e de forma individualizada foram combinadas, criando espaços dialógicos com as puérperas e seus familiares e a prevalência de aleitamento materno exclusivo aumentou nos últimos três anos na enfermaria. Houve grande participação dos envolvidos nas atividades propostas, desde a admissão da puérpera na enfermaria ao processo da alta hospitalar. A estratégia adotada permitiu detectar as intervenções mais efetivas e as que deverão ser reformuladas com toda equipe. Do ponto de vista teórico e metodológico, a experiência também permitiu observar os limites e potencialidades de ações que aproximam a área do saber científico e a promoção do aleitamento materno efetiva em atividades transdisciplinares. Considerar a educação em saúde como disciplina de ação significa dizer que o trabalho é dirigido para atuar sobre o conhecimento das pessoas, para que elas desenvolvam juízo crítico e capacidade de intervenção sobre suas próprias vidas e sobre o ambiente com o qual interagem e, assim, criarem condições para se apropriarem de sua própria existência.<hr/>This paper reports an experience of a speech-language and audiology (SLP) team based on health promotion and education to contribute for the maintainance of exclusive breastfeeding in premature newborns in a high-risk maternity. In the process, a multiprofessional group and individual strategies were combined, producing dialogic settings along with puerperals and their families. Exclusive breastfeeding increased comparing with the last three years before these approach and greater participation of the team and relatives involved in these activities since the pregnant admission until discharge. The analisys of the strategies used allowed the team to identify the most effective actions to improve longer lasting exclusive breastfeeding and those that ought to be reformulated. From a theoretical and methodological point of view, this experience also allowed to observe the limits and possibilities of the actions that are related to closer areas of scientific knowledge and the effective promotion of exclusive breastfeeding in transdisciplinary activities. Considering health promotion and education as a discipline, it means that the efforts are highly directed to act on the people knowledge and self-care, mainly to contribute to the development of critical judgment and ability to decide what would be better and possible in health care and in managing of their own lives. <![CDATA[<B>Prevalence and factors associated with the adhesion of children in highly active antiretroviral therapy in three urban centers in Southern Brazil</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232010000200018&lng=en&nrm=iso&tlng=en O presente estudo verificou a prevalência e fatores associados à adesão de crianças na terapia antirretroviral (TARV), em três centros urbanos do Sul do Brasil: Passo Fundo, Canoas e Cachoeira do Sul. A população do estudo foi de 44 crianças, de dezoito meses a treze anos de idade, em TARV. Os dados foram coletados através de um questionário sociodemográfico com os cuidadores, visando conhecer sexo, idade, escolaridade, esquema de tratamento e estado clínico das crianças, bem como renda, idade e escolaridade do cuidador. Considerou-se adesão quando a TARV atingiu 95% do regime prescrito. O delineamento do estudo foi analítico transversal. Os dados foram analisados de forma descritiva (frequência, percentual) e através de análise bivariada (qui-quadrado), cruzando-se o desfecho (adesão à TARV) com as variáveis independentes: estado clínico, esquema de tratamento e dados sociodemográficos da criança e do cuidador. Os resultados mostraram uma adesão de 82% do total das crianças estudadas. A análise bivariada não apontou associações significativas entre a adesão e as variáveis independentes. Foi encontrada uma possível tendência linear de aumento da adesão em função do melhor estado clínico da criança. O alto percentual de adesão obtido no presente estudo está de acordo com o encontrado na literatura.<hr/>This study verified the prevalence and associated factors to the adhesion of children in Highly Active Antiretroviral Therapy (HAART), in three urban centers in Southern Brazil: Passo Fundo, Canoas and Cachoeira do Sul. The population of the study consisted of 44 children, between 18 months to 13 years old, in HAART. Data was collected by applying a socio-demographic questionnaire with the caregivers, aiming to know the children's sex, age, schooling, treatment type and clinical state, as well as the caregiver's income, age and schooling. Adhesion was considered when the effectiveness of the HAART was at least 95% of the prescribed regimen. The design of the study was analytical and transversal. Data analysis was performed by descriptive analysis (frequency, percentage) and bivariate analysis (chi-square test), crossing the outcome variable (adhesion to HAART) and the independent variables (sociodemographic, clinical state, treatment type, caregiver's age and schooling). The results showed 82% of adhesion in the studied children. The bivariate analysis did not point out significant associations between adhesion and independent variables. A possible linear tendency to increase the adhesion as a function of the improvement of the physical state was observed. <![CDATA[<B>Neonatal and maternal morbidity related to the type of delivery</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232010000200019&lng=en&nrm=iso&tlng=en Foi realizada uma análise da morbidade neonatal e materna e a mortalidade neonatal de acordo com o tipo de parto, cesariana ou vaginal. Foram estudadas prospectivamente 170 parturientes sem complicações gestacionais e com nascimento a termo: Grupo 1 (n = 95), puérpera com parto por via vaginal, Grupo 2 (n = 75), puérpera submetida à cesariana. Parâmetros maternos e fetais foram avaliados. Foi observada maior incidência de partos por via vaginal nas pacientes que estudaram até o ensino fundamental incompleto (p = 0,0045). Houve prevalência maior de partos prévios por via vaginal no Grupo 1 e de cesáreas no Grupo 2 (p < 0,001). Observou preferência de 78 (82,1%) das mulheres do Grupo 1 pelo parto vaginal contra apenas 28 (37,3%) das mulheres do Grupo 2, pela cesárea (p = 0,0002). Houve dor intensa no pós-operatório nas pacientes submetidas a parto cesáreo (oito casos) (p = 0,018). Traumas obstétricos foram verificados em catorze recém-nascidos do Grupo 1 e em sete do Grupo 2 (p = 0,28). Concluímos que existe maior morbidade neonatal em recém-natos de parto por via vaginal quando comparada com neonatos de cesárea e maior morbidade materna em puérperas com parto cesariana.<hr/>An evaluation of infant morbimortality and mother morbidity was undertaken according to the type of delivery. A prospective study was undertaken on 170 puerperal patients divided into two groups: Group 1 (n = 95), natural or vaginal delivery, Group 2 (n = 75), submitted to caesarean delivery. Complications in mothers were classified in small, moderate and severe. The infant parameters were: period of pregnancy, weight on birth, Apgar score, necessity of intensive care and neurological disorders. Mothers who had not completed elementary school (p=0.0045) had more vaginal delivery. Previous vaginal deliveries were more common in Group 1 than caesarean section in Group 2 (p = < 0.001) (OR = 104.00; 21.11 < OR < 610.99). In Group 1, vaginal delivery was preferred by 78 (82,1%) of mothers comparing to 28 (37.3%) from Group 2, who preferred caesarean section (p = 0.0002) (OR = 4; 1.77 < OR < 9.17). Post-operative was more intense and frequent after caesarean section (8 cases) than patients of Group 1 (2 cases) (p = 0.018) (OR = 0.18; 0.03 < OR < 0.96). Obstetric trauma was found in 14 deliveries of Group 1 and 7 of Group 2 (p = 0.28). Infant hospitalization was greater in Group 2 (3.43 +/- 0.70 days) in comparison with Group 1 (2.71 +/- 0.67 days) (p < 0.0001). The infant morbidity was greater after vaginal deliveries, but maternal morbidity was greater after caesarean deliveries. <![CDATA[<B>Prevalence of mouth breathing in children from an elementary school</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232010000200020&lng=en&nrm=iso&tlng=en Pretende-se identificar a prevalência de respiradores bucais em crianças de uma escola do ensino fundamental. Foram aplicados 496 questionários aos pais ou responsáveis das crianças de 1ª à 4ª série de uma escola fundamental, para identificar respiradores bucais. O questionário incluía questões sobre hábitos, sono, comportamento, alimentação, cuidados pessoais e respiração. Para comparar as variáveis entre respiradores bucais e nasais, foi utilizado o teste de Mann-Whitney e qui-quadrado. Para medir o efeito da exposição das variáveis explicativas sobre o desfecho primário, foi utilizada regressão logística e sua magnitude foi calculada por meio do odds ratio. A significância estatística foi estipulada em 5%. A taxa de devolução dos questionários foi de 84,5%. A prevalência de respiração bucal nessa população foi 56,8%. A mediana de idade foi sete anos (6-9). Não houve diferença estatisticamente significante entre os gêneros, 49,1% masculino e 50,9% feminino. O modelo final de regressão logística identificou as variáveis baba, dorme bem (associação negativa) e ronca como fatores que predizem a ocorrência da respiração bucal. A prevalência de respiradores bucais foi semelhante à encontrada na literatura pesquisada. As variáveis babar, roncar e dormir bem (associação negativa) podem predizer a ocorrência da respiração bucal.<hr/>The objective of this article is to identify the prevalence of mouth breathing in children from an elementary school. 496 questionnaires were answered by 1st and 4th grade children's parents or sponsors in order to identify mouth-breathing. There were questions about habits, sleeping, behavior, eating, personal care and breathing. Mann-Whitney and the Chi-square tests were used to compare the variables between mouth-breathing and nose-breathing among the groups. To measure the exposure effect of the explanatory variables on mouse breathing, the test of logistic regression was used and its magnitude was calculated through Odds Ratio. The statistical significance was set at 5%, and the rate of returned questionnaires was 84.5%. The prevalence of the mouthbreathing over this population was 56.8%. The average age was 7 years old (6-9). There was no significant statistical difference between genders, considering 49.1% male and 50.9% female. The final model of logistic regression identified the variables dribble, sleeps well (negative association) and snores as factors that predict the occurrence of the mouth-breathing. The prevalence of mouthbreathing was similar to related in the literature. The variables dribble, sleeps well (negative association) and snores may be factors that predict the occurrence of mouth-breathing. <![CDATA[<B>Impact of delivering the news about Down syndrome on parents</B>: <B>life stories</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232010000200021&lng=en&nrm=iso&tlng=en Este trabalho teve como objetivo conhecer e discutir as reações e sentimentos vivenciados por um grupo de pais de crianças com síndrome de Down referentes ao impacto da notícia e do diagnóstico. Participaram da pesquisa quatro casais, que têm filhos com o diagnóstico de síndrome de Down. Os dados foram coletados através de uma entrevista semi-estruturada e os resultados foram analisados de forma qualitativa. Os resultados indicaram que todos os casais relataram o sentimento de perda do filho idealizado. Pode-se perceber, a partir deste estudo, a necessidade da capacitação profissional, uma vez que o impacto gerado por este momento pode interferir na dinâmica familiar e, consequentemente, no desenvolvimento da criança.<hr/>This paper aimed to know and discuss a group of parents of Down syndrome children reactions and feelings and the impact of the news and diagnostic. Four couples whose children received the diagnostic of Down syndrome participated in this research. Data were collected through a semi-structured interview and the results were qualitatively analyzed, using categories. Results indicated that all four couples relate the feeling of loss of the idealized son. It can be observed from this study the need for professional capacitating because the impact of the moment the family receive the news can interfere in the family's dynamic, as well as in the child's development. <![CDATA[<B>The hospitalization and the process of becoming ill through the children's and adolescents' perspective with cystic fibrosis and osteogenesis imperfecta</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232010000200022&lng=en&nrm=iso&tlng=en O presente artigo visa discutir os resultados de uma pesquisa realizada em um hospital localizado no município do Rio de Janeiro, considerado referência em saúde da criança, do adolescente e da mulher. Analisamos os significados da hospitalização e do adoecimento crônico na infância e adolescência pela perspectiva de crianças e adolescentes com fibrose cística e osteogênese imperfeita durante suas internações hospitalares com vistas a explorar suas vivências e suas possibilidades de expressão enquanto sujeitos de conhecimento. Para tanto, privilegiamos a observação e a construção de suas produções mediadas pelo suporte lúdico, utilizando o desenho e/ou história como relevantes vias de acesso aos conteúdos infanto-juvenis. Os dados advindos desse estudo apontam para a capacidade de aquisição e produção de conhecimento que crianças e jovens possuem acerca de sua situação de adoecimento.<hr/>The present article intends to discuss the results of a study completed in a hospital located in the municipal district of Rio de Janeiro, considered most prominent for child, adolescent and woman's health. We analyzed the meanings of hospitalization and chronic illness in childhood and adolescence through the perspective of children and adolescents with cystic fibrosis and osteogenesis imperfecta during their hospitalizations in order to explore their experience and communicative possibilities as knowledgeable informants. Hence, we privileged the observation and the construction of their productions through games, using drawings and/or story-telling as a relevant approach to childhood and adolescence contents. The data collected signify the acquisition and knowledge production capacity of children and adolescents concerning their illness processes. <![CDATA[<B>Knowledge of health professionals about the rights of hospitalized children</B>: <B>an exploratory study</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232010000200023&lng=en&nrm=iso&tlng=en No Brasil, ao longo dos anos, os direitos da criança e do adolescente têm sido reiteradamente proclamados, inclusive os relacionados ao contexto hospitalar, mas nem sempre respeitados. O baixo conhecimento dos direitos pelos profissionais de saúde pode ser um fator que contribui para essa não observância. Objetivou-se compreender como os profissionais de saúde que lidam com crianças internadas percebem estes direitos e de suas famílias. Pesquisa de natureza descritiva com análise qualitativa, utilizando entrevistas semi-estruturadas. Foram realizadas onze entrevistas com profissionais de saúde, de um hospital pediátrico da cidade de Fortaleza (CE), no ano de 2006. A análise dos dados aconteceu após múltiplas leituras, sendo estes interpretados com o referencial relativo aos temas elaborados. Surgiram duas temáticas: conhecimento dos direitos das crianças pela equipe multiprofissional e garantia dos direitos das crianças. Concluímos que o conhecimento pelos profissionais de saúde dos direitos da criança é parcial, principalmente os contidos no Estatuto da Criança e do Adolescente, com tendência a que eles identifiquem aqueles relacionados à esfera de suas práticas profissionais específicas. A garantia dos direitos da criança, contudo, é um dos objetivos do hospital e um desejo de quase todos os profissionais.<hr/>Along the years, the rights of children and adolescents including those related to hospital context have been proclaimed in Brazil. The low level of knowledge by health professionals about the rights can be a factor that contributes to that non observance. In this paper, we tried to understand how health professionals who deal with inpatient children on a daily basis perceive children's and their families' rights. It was a research of descriptive aspect with qualitative analysis using semi-structured interviews. Eleven interviews have been carried out with health professionals of a pediatrics hospital in the city of Fortaleza, capital of the state of Ceará, during 2006. The analysis of the data happened after a process of multiple readings and these were interpreted with the reference regarding the elaborated topics. The analysis resulted in two themes: Knowledge of children's rights by the multi-professional team and Guarantee of children's rights. We can conclude that health professionals know children's rights partially, especially those rights contained in the ECA (Children and Adolescent's Statute), with a tendency to see mainly those rights which were limited to their professional category: the guarantee of children's rights is one of the objectives of the hospital and a desire of almost all professionals. <![CDATA[<B>Humanized attention in neonatal intensive-care unit</B>: <B>senses and limitations identified by health professionals</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232010000200024&lng=en&nrm=iso&tlng=en O presente estudo objetivou analisar, sob a ótica dos profissionais de saúde, a proposta de atenção humanizada e detectar os sentidos e os limites identificados por eles para a oferta desta forma de assistência. Trata-se de um estudo exploratório qualitativo. Foi entrevistado um grupo de doze trabalhadores que fazem parte da equipe multiprofissional de uma UTI neonatal. A pesquisa demonstrou que existem importantes pontos de impedimentos para a oferta da assistência humanizada, como a falta de recursos materiais e humanos, influenciando a sobrecarga de trabalho, conflitos de relacionamento e a falta de infraestrutura, tanto para os trabalhadores como para conduzir as iniciativas de humanização, como o alojamento de nutrizes. Este estudo revelou que, embora existam obstáculos, os profissionais criam estratégicas para atender ao que foi preconizado na Política Nacional de Humanização do Ministério da Saúde.<hr/>The present study aims at analyzing, from the point of view of health professionals, the proposal of humanized care and at detecting the senses and limits, identified by those professionals to the provision of such care. It was an exploratory and qualitative study where a group of twelve professionals from a multiprofessional team in a neonatal Intensive-Care Unit were interviewed. The survey showed that there are significant obstacles to the provision of humanized care, such as lack of material and human resources, which increase the workload, relationship conflicts and absence of infrastructure both to professionals and to the performance of humanization initiatives, as, for instance, Breastfeeding Mother Accommodations. The study showed that despite difficulties, professionals come up with strategies to accomplish what is laid down in the National Humanization Policy by the Ministry of Health. <![CDATA[<B>Mandatory reporting of child abuse by professionals of Family Health Teams</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232010000200025&lng=en&nrm=iso&tlng=en Diante da dimensão do problema da violência contra criança e adolescente para a saúde coletiva, este artigo analisa o processo de notificação de maus-tratos em crianças e adolescentes por médicos, enfermeiros e cirurgiões-dentistas da Estratégia Saúde da Família em Fortaleza (CE), no exercício de sua práxis. Trata-se de um estudo de corte transversal com a participação de 359 profissionais, cadastrados nas Equipes de Saúde da Família (ESF). Utilizou-se um questionário, cujo dados coletados foram organizados, codificados, tabulados e submetidos à análise estatística descritiva e a cálculos das medidas de significância, através do teste qui-quadrado de Pearson (χ2) com respectivo valor de p < 0,05, no programa Statistical Package Social Sciences-SPSS. Observa-se que 52% dos profissionais não conhecem a ficha de notificação e 69% nunca participaram de treinamento na área. O tempo de formação é estatisticamente significante na notificação de casos (p=0,002), ou seja, quanto maior o tempo de formado, mais o profissional adota a prática da notificação no seu cotidiano. Conclui-se que a notificação de maus-tratos infanto-juvenis por profissionais da ESF ainda ocorre de maneira pontual e assistemática e o incremento de programas de formação continuada e a ampliação das redes de suporte profissional poderão reduzir o grau de insegurança e incrementar o número de notificações.<hr/>Against the dimension of the problem on violence against child and adolescent for the public health, this article analyzes the process of notification of violence in children and adolescents for doctors, nurses and dentists by the family health teams in Fortaleza, Ceará State, in the exercise of professional practice. It is treated as a study of cut-traverse with the participation of 359 professionals, registered as Family Health Teams (FHT). The questionnaire was applied, and the data collected were organized, codified, tabulated and submitted to a descriptive statistical analysis and calculations of statistics measures significant, through the Qui-square Test of Pearson (χ2) with respective value of p = 0.05, in the program Statistical Social Package Sciences-SPSS, version 13.0 to Windows. It was observed that 52% of the professionals don't know the notification record and 69% never participated on training in the area. The time of formation is significant statistics in the notification of cases (p=0.002). The conclusion is that the notification of child abuse for professionals of FHT happens on a punctual way instead of a systematic, in that sense, the development of programs of continuous training and the amplification of the nets of professional support they can reduce the insecurity degree and to increase the number of notifications of cases of child abuse. <![CDATA[<B>Neonatal screening</B>: <B>the challenge of an universal and effective coverage</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232010000200026&lng=en&nrm=iso&tlng=en Programas de triagem neonatal (PTN) visam detectar portadores de várias doenças congênitas em recém-natos assintomáticos para uma intervenção efetiva. A coleta do teste é a primeira etapa do processo, devendo ser universal e precoce. Foi feita revisão sobre cobertura e momento de coleta em PTN de diversos países. A busca foi realizada em fontes diversas, de 1998 e 2008, com descritores "triagem neonatal" e "cobertura". A falta de desenho de estudo típico impediu o rigor necessário a uma revisão sistemática. Os dados foram agrupados em macrorregiões. O Canadá teve cobertura de 71% em 2006. A Europa teve cobertura de 69% em 2004, com dados de 38 países. Na Ásia e Pacífico, houve dados de dezenove países. No Oriente Médio e Norte da África, houve dados de quatro países. Na América Latina, a cobertura foi de 49% em 2005, com dados de catorze países. No Brasil, a cobertura foi de 80% em 2005. Sobre o momento da coleta, houve doze relatos. A transição epidemiológica contribuiu para o êxito dos PTN. Regiões mais desenvolvidas têm coberturas e momento de coleta mais adequados. No Brasil, a iniciativa do governo ampliou o acesso ao teste, mas coletas tardias indicam a necessidade de ações educativas e de organizações profissionais na definição de diretrizes específicas.<hr/>Newborn screening programs (NSP) aim to detect carriers of several congenital diseases among asymptomatic infants in order to warrant effective intervention. Specimen collection is the first step of a process that should be done in an universal and timely manner. A review of coverage and time of collection was done in NSP of several countries. The search was made in various sources, from 1998 to 2008, with "neonatal screening" and "coverage" as key words. The lack of a typical study design did not allow to the rigor required for a systematic review. Data were grouped in macro-regions. Canada had coverage of 71% in 2006 while the European coverage was of 69% in 2004, with data of 38 countries. In Asia and Pacific region, there were data of 19 countries. In Middle East and North Africa, there were data of 4 countries. In Latin America, the coverage was 49% in 2005, with data of 14 countries. In Brazil, coverage was 80%. Twelve reports had information about timeliness. The conclusion is that epidemiological transition has contributed to NSP success. Developed regions had more universal and timelier collection. In Brazil, government initiative increased access to the NSP, but late collections lead to the need of educational actions and participation of professional organizations in developing specific guidelines definition. <![CDATA[<B>Iron status and serum retinol levels among children and adolescents attended by a Family Health Strategy team in Itajaí, Santa Catarina State</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232010000200027&lng=en&nrm=iso&tlng=en Este trabalho visa determinar prevalências de deficiência de ferro e vitamina A em crianças e adolescentes atendidos por equipe de Saúde da Família de Itajaí (SC) e avaliar relações entre o estado de ferro e o retinol sérico. Realizou-se um censo nutricional das famílias cadastradas. Coletaram-se dados socioeconômicos e demográficos. Avaliou-se a concentração de hemoglobina, hematócrito, ferro e retinol séricos. Participaram do estudo 31 das 156 famílias cadastradas. Apenas 39,1% das crianças e 62,0% dos adolescentes coletaram amostras sanguíneas. A renda média per capita foi 1,68±1,00 salários mínimos. Nenhum dos pais ou mães era analfabeto. Residiam em domicílio próprio 80,6% das famílias. Todos os domicílios apresentavam esgoto e abastecimento de água por rede pública e 87,1% eram de alvenaria. Diagnosticou-se deficiência de ferro em 16,7% das crianças e 19,3% dos adolescentes, e deficiência de vitamina A em apenas uma criança. Observaram-se correlações significativas para o ferro e retinol séricos entre crianças e entre adolescentes para a concentração de hemoglobina, hematócrito e retinol sérico. Encontraram-se prevalências leves de deficiência de ferro e vitamina A, possivelmente devido às características socioeconômicas e demográficas.<hr/>The objective of this article is to determine prevalence of iron and vitamin A deficiencies among children and adolescents attended by a Family Health Strategy team in Itajaí, Santa Catarina State, and to assess relations between iron status and serum retinol. A nutritional census of the families was carried out. Socioeconomic and demographic data were collected. Hemoglobin concentration, hematocrite, serum iron and retinal were determined. Thirty-one out of the 156 enrolled families participated in the study. Only 39.1% of the children and 62.0% of the adolescents had their blood samples collected. Mean per capita income was 1.68±1.00 minimum wages. None of the parents was illiterate and most families (80.6%) owned their homes. All homes had public sewage and water supply, and 87.1% were made of brickwork. Iron deficiency was diagnosed in 16.7% of the children and 19.3% of the adolescents. Only one child had vitamin A deficiency. Significant correlations were found between serum iron and retinol among children, and among adolescents between serum retinol and hemoglobin concentration and hematocrite. We found mild prevalences of iron and vitamin A deficiencies, possibly due to the socioeconomic and demographic characteristics. <![CDATA[<B>Children health care evaluation (0-5 years) according to users' perceptions in the Family Health Strategy of Teresópolis, Rio de Janeiro State</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232010000200028&lng=en&nrm=iso&tlng=en O PSF representa um dos principais programas públicos em saúde no Brasil, cobrindo em 2006 um total de 5.601 municípios (91,8%). O estudo avaliou o PSF do município de Teresópolis (RJ) por meio da percepção e das informações prestadas pelos responsáveis por crianças na faixa de 0-5 anos e que utilizam estes serviços, por meio de questionários aplicados aos responsáveis nos próprios módulos de atendimento ou em visitas domiciliares. Resultados foram comparados entre áreas urbanas e rurais e diferenças significativas foram observadas para determinados itens e elevado vínculo da clientela ao programa e uma percepção predominantemente positiva sobre o estado de saúde das crianças. O acesso se mostrou adequado segundo os critérios utilizados quando se refere ao atendimento de rotina. Os pontos críticos observados incluem baixa cobertura de visitas domiciliares, dificuldades na realização de exames solicitados e no fornecimento regular de medicamentos. As áreas rurais apresentaram um número elevado de crianças que trataram condições agudas em casa sem assistência médica. A satisfação manifestada pelos usuários quanto aos médicos, aos agentes de saúde, aos profissionais de enfermagem e ao conjunto dos serviços foi elevada. A clientela não visitada por agentes de saúde apresentou menor acesso à distribuição de medicamentos.<hr/>Family Health Strategy represents one of the major public programs in Brazil covering 5,601 municipalities in 2006 (91.8%). This study evaluated Teresópolis Family Health Strategy through information and perceptions of adults responsible for children around 0-5 years that used those health services. It was used evaluation forms answered by family in waiting rooms or during home visiting. Results for urban and rural areas were compared and significant differences were observed in some issues. Major findings include users' strong ties with the program and a highly positive perception about the children health status. Access was satisfactory as to use criteria when relating to regular care proceedings. Critical points observed include: low coverage of home visiting, bad access to labs and image exams and to systematic delivery of medicines. Rural areas presented a high number of children who treated acute clinical conditions at home without doctor assistance. Users satisfaction as to physicians, nurses, health community agents and services were high level. Users not regularly visited at home presented lower access to medicine delivery. <![CDATA[<B>Impact of disability in siblings</B>: <B>life stories</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232010000200029&lng=en&nrm=iso&tlng=en Quando uma criança nasce com deficiência, a expectativa da família necessita ser revista, pois se trata de uma situação inesperada, exigindo o ajuste às mudanças de planos. Devido ao significado do relacionamento fraterno, mudanças na saúde e no funcionamento de um irmão irão afetar os outros. As relações com um irmão deficiente dependerão das características da deficiência, além do significado compartilhado na família. O objetivo desta pesquisa foi analisar as repercussões da deficiência para os irmãos, investigando os sentimentos e reações que permeiam as vivências desses indivíduos. Realizouse um grupo de discussão. Os resultados apontaram que cada indivíduo dá significado a vivência com um irmão deficiente segundo seus recursos e história de vida. Os irmãos apresentaram sentimentos negativos como raiva, vergonha e culpa e também ganhos como maturidade, independência e altruísmo. Pode-se concluir que o impacto da deficiência nos irmãos compreende vivências negativas e positivas e que, portanto, deve ser considerado segundo uma rede de influências e peculiaridades intrínsecas das relações familiares. Evidencia-se a necessidade de que esses irmãos sejam assistidos de forma adequada, visando à ampliação dos recursos disponíveis.<hr/>When a disabled child is born all the family's expectations need to be reviewed because it is an unexpected situation and needs the family system to be adjusted to the new situation. Due to the meaning that sibling relations acquire during lifetime, changes in health and functioning of a sibling will affect the others. Relations with a disabled sibling will depend on features of disability as well as its meaning shared by the family. The aim of this research was to analyze the manifestation of disability for siblings of disabled people, investigating feelings and reactions that pervade their experiences. A discussion group of siblings was created. Results indicated that each person signifies the experience of a disabled sibling according to his/her resources and life histories. The siblings showed negative feelings, such as rage, shame and guilty, as well as gains, such as maturity, independence and altruism. It can be concluded that impact of disability in siblings involves negative and positive experiences and therefore it must be considered according to a network of influences and idiosyncrasies within family relations. It is necessary that siblings are adequately supported, aiming the strengthening of their available resources. <![CDATA[<B>Eating disorders in the view of teenage girls from Florianópolis, Santa Catarina State</B>: <B>a phenomenological approach</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232010000200030&lng=en&nrm=iso&tlng=en O presente trabalho objetiva compreender o significado da experiência vivida por adolescentes do sexo feminino com transtorno alimentar (TA), com ênfase nos aspectos relacionados à alimentação, a partir de uma perspectiva fenomenológica. Entrevistamos sete adolescentes com TA, atendidas em hospitais e clínicas de Florianópolis (SC). Na análise das entrevistas, procuramos identificar as unidades de significado, categorizandoas para apreensão da estrutura geral da vivência, extraindo a estrutura do vivido. Foram identificadas nove unidades de significado: o que representa a comida, hábito alimentar, alimentos que deixaram de ser consumidos, alimentos que passaram a ser consumidos, consumo de refrigerantes, escolhas alimentares, composição das refeições, hábito alimentar da família e alimentação saudável. As unidades de significado revelaram, entre outros, o sofrimento das adolescentes, seja por engordar, não se achar magra suficiente, comer demais, não comer, provocar vômito, tomar laxante/diurético, tentar suicídio, ver pais sofrendo, não se sentirem compreendidas. A pesquisa proporcionou contemplar o fenômeno pelo prisma da relação com a comida, confirmando como esta relação está ligada ao emocional. Também mostrou como é viver com TA na visão das adolescentes, procurando enxergar esses transtornos segundo suas óticas e sentimentos.<hr/>The article aims to understand the meaning of the teenagers' experience of having ED (eating disorders), underscoring the aspects related to eating, from a phenomenological perspective. Seven female teenagers with ED being taken care in Florianópolis, Santa Catarina State, were interviewed. A categorization was made to reach the perception of the general structure of the experience, extracting the structure of the past experience. Nine signification units that assessed the life experience were identified: the representation of the food, eating habits, food that no longer were eaten, food that they had began eating, the use of soda, food choices, the composition of the meals, family eating habits and healthy food. These showed the suffering that permeates the existence of all the interviewed teenagers, whether for gaining weight, or not considering themselves thin enough, eating too much, not eating at all, forcing vomiting, taking laxatives and diuretics, trying to commit suicide, seeing the parents suffering, not feeling understood by the others, or by themselves. This research allowed us to study this phenomenon from another angle, the relation with the food, confirming how much the way our relation to food is connected to emotional matters. It also allowed showing how it is to live with an ED from the view of each of the interviewed teenagers. <![CDATA[<B>Anthropometric evaluation and food intake of preschool children at municipal educational centers, in South of Minas Gerais State, Brazil</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232010000200031&lng=en&nrm=iso&tlng=en Objetivou-se avaliar as condições socioeconômicas, o estado nutricional e o consumo alimentar de pré-escolares assistidos pelos Centros Educacionais Municipais (CEM) de Alfenas (MG). Foi realizado um estudo transversal, com 186 crianças. Avaliou-se o perfil socioeconômico, peso, estatura, idade, sexo e o consumo alimentar pelo instrumento de pesagem direta dos alimentos. Observou-se renda familiar de um a três salários mínimos, ensino fundamental incompleto, casa própria com saneamento básico, quatro a cinco habitantes por domicílio, dos quais, na maioria dois trabalhavam. A média de idade foi de 49,2 ± 12,9 meses. A baixa estatura foi o desvio nutricional mais prevalente (20,5%). 72,6 % das crianças apresentaram ingestão energética abaixo da necessidade energética estimada (EER). Ao estratificar por faixa etária, de um a três anos, 78,4% das crianças apresentaram ingestão acima da EER e de quatro a seis anos, 74,1% apresentaram ingestão abaixo da EER. Todas as crianças apresentaram baixo consumo de cálcio e a maioria apresentou consumo abaixo da necessidade média estimada (EAR) para ferro. Apesar de alguns fatores biossocioeconômicos serem favoráveis, os desvios nutricionais e a ingestão inadequada de nutrientes estavam presentes, tornando-se necessária implementação de programa de controle nutricional nos CEM.<hr/>The objective of this article is to evaluate socioeconomic conditions, nutritional status and food intake of preschool children assisted at Municipal Educational Centers (CEMs) of Alfenas, Minas Gerais State, Brazil. A transverse study involving 186 children was performed. The socioeconomic profile, weight, height, age, sex and food intake by a direct weighting tool were evaluated. It was observed an income family of one to three minimum wages, incomplete fundamental learning, private house with basic sanitation, four to five inhabitants per house of whom two worked at most. The average age was 49.2 ± 12.9 months. The stunting rates were more prevalent among the children (20.5%). The whole, 72.6% of children have energy intake below Estimated Energy Intake (EER). However, when stratifying for age group, 78.4% of the children from 1 to 3 years old have high energy intake and 74.1% from 4 to 6 years old have inadequate energy intake. All children presented consumption below the Adequate Intake (AI) of calcium and most of them below to Estimated Average Requirement (EAR) of iron. Despite some biosocioeconomic factors be favorable to the nutritional status, malnutrition, and inadequate nutrient intake were present, which demanded the implementation of nutritional programs in CEMs. <![CDATA[<B>Hearing evaluation on newborn babies and its ethical implications</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232010000200032&lng=en&nrm=iso&tlng=en O estudo tem por finalidade examinar a produção bibliográfica que investigou o uso do teste das emissões otoacústicas em recém-nascidos realizado em hospitais, dando ênfase à aprovação do referido artigo junto ao Comitê de Ética em Pesquisa. O método constitui-se numa revisão bibliográfica de artigos nacionais publicados em revistas brasileiras. A busca se deu por meio de bancos de dados da Biblioteca Virtual em Saúde (BVS) (http://www.bireme.br), e site de busca (http://www.google.com.br), referentes aos anos de 2004 a 2006, usando os descritores emissões otoacústicas e triagem auditiva ou expressões equivalentes em neonatos, em hospitais. Outro meio foi a busca manual nas listas de referências dos artigos selecionados. Após aplicação dos critérios de inclusão, foram selecionados nove artigos em cinco tipos de revistas. A citação da aprovação do Comitê de Ética e assinatura do termo de consentimento livre e esclarecido pelo responsável estiveram presentes na grande maioria dos artigos, demonstrando a preocupação e respeito dos pesquisadores da área para com o sujeito participante no estudo.<hr/>The study has as purpose to examine the bibliographic production that investigates the use of the test of otoacoustic emissions in newborn babies done in hospitals. It gives emphasis in the approval of the mentioned article along the Research Ethics Committee. The method consists on bibliographic revision of national articles published in Brazilian journals. The research was realized in databases of the virtual library in health (http://www.bireme.br) and at the search engine Google (http://www.google.com.br), considering the period of 2004 to 2006. The key words used were: otoacoustic emissions and hearing triage or equivalent expressions in newborn babies in hospitals. Another source was the manual search in reference lists of the selected articles. After the application of the inclusion rules, nine articles were selected in five different journals. The citation of the approval of the Ethics Committee and the signature of the Free Consent Term, which were cleared by the responsible, were present in the majority of the articles and it demonstrates the concern and respect of the researchers of this area with the participant citizen on the study. <![CDATA[<B>Evaluation of the National Program of Integrated and Referential Actions (PAIR) to confront the child and adolescents sexual violence, in Feira de Santana, Bahia State, Brazil</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232010000200033&lng=en&nrm=iso&tlng=en No Brasil, a violência sexual contra crianças e adolescentes é um desafio para a agenda das políticas públicas de enfrentamento e prevenção. Pretendemos apresentar a avaliação das ações do PAIR implementadas em Feira de Santana, quanto à articulação política e institucional, fortalecimento e atuação da rede de atendimento às vítimas de violência, no período de 2003 a 2006. Trata-se de um estudo descritivo, com dados primários, a partir das entrevistas realizadas com profissionais das instâncias de atendimento (38), comissão do PAIR local (11) e informantes-chave da comunidade (78), utilizando análise quantitativa e qualitativa. A avaliação das capacitações do PAIR quanto à articulação política e institucional foi considerada adequada, ressaltando o apoio estadual, federal e gestores municipais. Os processos de capacitação foram considerados estratégicos para o desempenho profissional individual e articulação com a rede (atitudes, participação). Os resultados do estudo nos três segmentos da comunidade sugerem a necessidade de integração da rede social (Conselhos de Direitos e Tutelares), programas de intervenções e proteção, do trabalho com a mídia (formação e informação qualificadas), comprometimento de gestores e técnicos e continuidade das ações, como estratégias para o enfrentamento da violência sexual em Feira de Santana.<hr/>In Brazil, sexual violence against children and adolescents is a challenge for the public policies of prevention and intervention. The objective of this article is to present the evaluation of PAIR actions implemented in Feira de Santana city, on political and institutional integration, strength and performance of the Network Care for the violence victims in the period of 20032006. It was used a descriptive study with primary data based on interviews with professionals from the Institutions of care (38), Municipal Committee of PAIR (11) and key community informants (78), using quantitative and qualitative analysis. The evaluation of the PAIR capabilities, as the political and institutional integration was deemed appropriate, highlighting the support of state, federal and municipal managers. The processes of training were considered strategic to the individual professional performance with the Network (attitudes, participation). The results of the three segments of the community suggest the need of a social Network integration (Rights and Guardianship Councils), programs of assistance and protection, the work with the media (qualified training and information), involvement of managers and technicians and the continuity of actions, as strategies to face the sexual violence in Feira de Santana. <![CDATA[<b>Breastfeeding prevalence before and after the implementation of a children's morbid mortality reduction program in the municipality of Campo Mourão, Paraná State</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232010000200034&lng=en&nrm=iso&tlng=en A avaliação dos serviços de saúde contribui para a reformulação e estabelecimento de novas práticas sanitárias e melhora dos indicadores de saúde. Este estudo objetivou descrever a prevalência de aleitamento materno no sexto mês, em crianças nascidas antes e após a implantação de um programa de redução de morbimortalidade infantil, no município de Campo Mourão (PR) e verificar a cobertura das ações de apoio à amamentação. Foram entrevistadas 197 mães que tiveram um filho nascido antes e outro após a implantação do programa. A prevalência de aleitamento materno exclusivo no sexto mês de vida foi de 34,0% e de 36,5%, respectivamente, para os nascidos antes e após a implantação. Quanto à cobertura, 16,2% das mulheres participaram de pelo menos uma palestra educativa, 87,8% foram visitadas pela equipe durante a internação no puerpério, 79,7% receberam material educativo e 77,2% receberam material para cuidado ao recém-nascido. Este estudo evidenciou baixo impacto do programa na prevalência do aleitamento materno. Sugere-se que outros estudos avaliativos sejam realizados com frequência, para que o planejamento das ações e das condutas do programa cumpra com os objetivos de melhor atender à saúde da mulher e da criança.<hr/>Health services evaluation contributes to the reformulation and establishment of new health practices and improvement of health indicators. The purpose of this study was to describe breastfeeding prevalence in the sixth month in children who were born before and after the implementation of a children's morbid mortality reduction program, in the municipality of Campo Mourão, Paraná State, and to verify the scope of actions to support breastfeeding. One hundred ninety-seven mothers, who had a child born before and after the implementation of the program, were interviewed. In their sixth month of life exclusive breastfeeding prevalence was 34.0% and 36.5%, respectively, for those born before and after the implementation. As for coverage, 16.2% of women took part in at least one educational lecture, 87.8% were interviewed by the group during admission to puerperium, 79.7% received educational material and 77.2% received material for the newly-born care. This study provided evidence of low impact of the program on breastfeeding prevalence. Other evaluative studies are suggested, so that the planning of actions and procedures of the program achieve their goal which is to provide a better care for the woman and child. <![CDATA[<b>A review of events that expose children to elemental mercury in the United States</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232010000200035&lng=en&nrm=iso&tlng=en Concern for children exposed to elemental mercury prompted the Agency for Toxic Substances and Disease Registry and the Centers for Disease Control and Prevention to review the sources of elemental mercury exposures in children, describe the location and proportion of children affected, and make recommendations on how to prevent these exposures. In this review, we excluded mercury exposures from coal-burning facilities, dental amalgams, fish consumption, medical waste incinerators, or thimerosal-containing vaccines. We reviewed federal, state, and regional programs with data on mercury releases along with published reports of children exposed to elemental mercury in the United States. We selected all mercury-related events that were documented to expose (or potentially expose) children. Primary exposure locations were at home, at school, and at others such as industrial property not adequately remediated or medical facilities. Exposure to small spills from broken thermometers was the most common scenario; however, reports of such exposures are declining. The information reviewed suggests that most releases do not lead to demonstrable harm if the exposure period is short and the mercury is properly cleaned up. Primary prevention should include health education and policy initiatives.<hr/>Uma preocupação pela exposição de crianças ao elemento mercúrio estimulou a Agência para Substâncias Tóxicas e Registro de Doenças e os Centros para Controle e Prevenção de Doenças a rever as fontes de exposição a este elemento por crianças, descrever a locação e proporção de crianças afetadas e fazer recomendações de como prevenir essas exposições. Nesta análise, foi excluída a exposição a mercúrio em instalações de queima de carvão, amálgamas dentários, consumo de peixes, incineradores de lixo hospitalar ou vacinas contendo timerosal. Analisamos programas regionais, estaduais e federais com dados sobre liberação de mercúrio, juntamente com relatórios de crianças expostas ao elemento nos Estados Unidos. Selecionamos todos os eventos relacionados ao mercúrio que documentaram exposição (ou potencial exposição) de crianças. As principais localidades de exposição foram em casa, na escola e outras como indústrias não adequadas ou instalações médicas. A exposição a pequenos derramamentos de termômetros quebrados foram o cenário mais comum; todavia, relatos de tais exposições estão diminuindo. A informação analisada sugere que a maior parte dos comunicados não conduz a danos demonstráveis se o período de exposição for curto e o mercúrio for devidamente limpo. A prevenção primária deve incluir educação em saúde e iniciativas de políticas. <![CDATA[<B>Evaluation of breastfeeding support</B>: <B>meanings from mothers receiving care at primary health care units in the State of Rio de Janeiro</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232010000200036&lng=en&nrm=iso&tlng=en O presente trabalho objetivou compreender os significados expressos por mulheres usuárias de unidades básicas de saúde acerca do apoio recebido para amamentar. Foi realizado um estudo em 24 unidades básicas de saúde do Estado do Rio de Janeiro, para investigar o porquê das gestantes e mães terem se sentido apoiadas (ou não) pela unidade para amamentar. Utilizando a abordagem fenomenológica heideggeriana, a partir da fala das mulheres, foram construídas cinco estruturas de significação: "nenhum apoio", "apoio dúbio", "apoio como incentivo", "apoio no manejo" e "parceria". Perguntadas também quanto a sugestões sobre como a unidade poderia ajudá-las a amamentar, foi identificada ainda a estrutura de significação "apoio continuado", sendo que uma parcela das mulheres não emitiu sugestão, alegando não ter sugestão a dar ou já estar satisfeita com a atuação da unidade. As mulheres apontaram para possibilidades assistenciais calcadas na singularidade da clientela e na autenticidade da relação entre a equipe de saúde e as usuárias. Nesse processo, a solicitude necessita estar incorporada à prática das unidades básicas de saúde, para que estas possam se constituir em um espaço efetivo de promoção, proteção e apoio à amamentação.<hr/>This article aims at understanding the meanings expressed by women concerning the breastfeeding support received at primary health care (PHC) units. A study was conducted in 24 PHC units in the State of Rio de Janeiro for the purpose of investigating why pregnant women and mothers felt supported (or not) by these units regarding breastfeeding. Heidegger's phenomenological approach was used to develop five structures of meaning, evincing the breastfeeding support provided as "none", "dubious", "incentive", "guidance", and "partnership". When the mothers were asked for suggestions about how the unit could help them breastfeed, their answers generated a new structure of meaning: "continuous support". Some women gave no suggestions, stating that they had none or were satisfied with the support provided. The women indicated possibilities for care based on the singularity of the clientele and on the authenticity of the health-care staff / user relationship. In that process, solicitude needs to be incorporated into the practice of PHC units, so that they can be an effective space for breastfeeding promotion, protection, and support. <![CDATA[<b><i>A mente do seu filho</i></b>: <b><i>como estimular as crianças e identificar os distúrbios psicológicos na infância</i></b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232010000200037&lng=en&nrm=iso&tlng=en O presente trabalho objetivou compreender os significados expressos por mulheres usuárias de unidades básicas de saúde acerca do apoio recebido para amamentar. Foi realizado um estudo em 24 unidades básicas de saúde do Estado do Rio de Janeiro, para investigar o porquê das gestantes e mães terem se sentido apoiadas (ou não) pela unidade para amamentar. Utilizando a abordagem fenomenológica heideggeriana, a partir da fala das mulheres, foram construídas cinco estruturas de significação: "nenhum apoio", "apoio dúbio", "apoio como incentivo", "apoio no manejo" e "parceria". Perguntadas também quanto a sugestões sobre como a unidade poderia ajudá-las a amamentar, foi identificada ainda a estrutura de significação "apoio continuado", sendo que uma parcela das mulheres não emitiu sugestão, alegando não ter sugestão a dar ou já estar satisfeita com a atuação da unidade. As mulheres apontaram para possibilidades assistenciais calcadas na singularidade da clientela e na autenticidade da relação entre a equipe de saúde e as usuárias. Nesse processo, a solicitude necessita estar incorporada à prática das unidades básicas de saúde, para que estas possam se constituir em um espaço efetivo de promoção, proteção e apoio à amamentação.<hr/>This article aims at understanding the meanings expressed by women concerning the breastfeeding support received at primary health care (PHC) units. A study was conducted in 24 PHC units in the State of Rio de Janeiro for the purpose of investigating why pregnant women and mothers felt supported (or not) by these units regarding breastfeeding. Heidegger's phenomenological approach was used to develop five structures of meaning, evincing the breastfeeding support provided as "none", "dubious", "incentive", "guidance", and "partnership". When the mothers were asked for suggestions about how the unit could help them breastfeed, their answers generated a new structure of meaning: "continuous support". Some women gave no suggestions, stating that they had none or were satisfied with the support provided. The women indicated possibilities for care based on the singularity of the clientele and on the authenticity of the health-care staff / user relationship. In that process, solicitude needs to be incorporated into the practice of PHC units, so that they can be an effective space for breastfeeding promotion, protection, and support.