Scielo RSS <![CDATA[Perspectivas em Ciência da Informação]]> http://www.scielo.br/rss.php?pid=1413-993620130004&lang=en vol. 18 num. 4 lang. en <![CDATA[SciELO Logo]]> http://www.scielo.br/img/en/fbpelogp.gif http://www.scielo.br <![CDATA[<b>Editorial</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-99362013000400001&lng=en&nrm=iso&tlng=en <![CDATA[<b>Information retrieval to knowledge retrieval</b>: <b>reflections and proposals</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-99362013000400002&lng=en&nrm=iso&tlng=en Apresenta reflexões e propostas da recuperação da informação ao que hoje é chamado de recuperação do conhecimento. Este último se trata de um termo relativamente novo, que, ainda, tem muito a ser discutido e estudado. Sendo assim, o que artigo apresenta é um debate sobre a recuperação da informação, em que explanamos sobre os vários autores que tratam o assunto, bem como sobre algumas ferramentas para a recuperação da informação, como classificação, tesauros, taxonomias e ontologias, que, também, poderiam ser utilizadas para a recuperação do conhecimento, de forma tão eficiente quanto para recuperação da informação. O que se pretende não é definir o escopo da recuperação do conhecimento, mas lançar uma discussão sobre o tema, a fim de angariar novas contribuições e definições sobre o assunto.<hr/>Presents ideas and proposals of information retrieval to what is now called the recovery of knowledge. The latter is a relatively new term that still has much to be discussed and studied. Thus, the article presents is that a debate on information retrieval, in which expounded on the various authors treat the subject as well as some tools for information retrieval and classification, thesauri, taxonomies and ontologies, which could also be used for the recovery of knowledge as efficiently as for information retrieval. The intention is not to define the scope of the RC, but to launch a discussion on the subject, in order to raise new contributions and definitions on the subject. <![CDATA[<b>Visual representations to information retrieval in BDTD-UFPE</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-99362013000400003&lng=en&nrm=iso&tlng=en Analisa a aplicabilidade de visualizações, como interfaces amigáveis para Sistemas de Recuperação de Informação (SRIs), bem como discute a construção de representação visual de informações para o SRI da Biblioteca Digital de Teses e Dissertações (BDTD) da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE). A metodologia consiste em estudo de caso, envolvendo análise do uso de visualizações em sites de SRIs e discussão dos caminhos percorridos para construção de visualizações para recuperação de teses e dissertações do Programa de Pós-Graduação em Direto da UFPE. Conclui-se que interfaces de SRIs, que disponibilizam visualizações, transmitem informações de forma agradável e interativa, possibilitando a recuperação de documentos relevantes e garantido melhor socialização dos conhecimentos. Entretanto, a escolha da visualização a ser construída para determinado SRI, deve levar em conta não só as vantagens do uso das mesmas pelo usuário, mas, também, o atendimento aos requisitos de organização da informação necessários para construção de cada visualização.<hr/>This article analyzes the applicability of visualizations as friendly interfaces for Information Retrieval Systems (IRSs) and discusses the construction of visual representation of information to the IRS of the Digital Library of Theses and Dissertations (BDTD) at Federal University of Pernambuco (UFPE). The methodology consists of case study involving analysis of the use of visualizations in SRIs sites, and discussion of the paths chosen to build visualizations for retrieval of theses and dissertations of the Law Graduate Program at UFPE. We conclude that SRI interfaces that provide visualizations convey information so enjoyable and interactive, allowing the retrieval of relevant documents and ensuring better socialization of knowledge. However, the choice of one visualization to be built for a specific SRI, should take into account not only the advantages for users of using the same, but also meeting the requirements of information organizing required for construction of each visualization. <![CDATA[<b>Proposal of an ontology as a reference model in the field of Historical Organizational Memory</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-99362013000400004&lng=en&nrm=iso&tlng=en A Memória Organizacional Histórica é constituída dos principais documentos que registram a trajetória de uma Instituição. As ontologias visam a dar sentido ao conteúdo destes repositórios, valendo-se da relação semântica dos termos que representam esse domínio. O presente estudo estabelece bases para a proposição de uma ontologia que sirva como modelo de referência no domínio da Memória Organizacional Histórica, a fim de promover precisão nas respostas dos sistemas de busca e recuperação da informação. O universo desta pesquisa exploratória é representado pelas empresas participantes do Fórum Permanente de Gestão do Conhecimento, Comunicação e Memória da Associação Brasileira de Comunicação Empresarial (ABERJE), que já possuem iniciativas em Memória Organizacional Histórica (MOH). Identifica-se, entre outros aspectos, se estas empresas utilizam alguma forma padronizada de representação da informação, como vocabulários controlados, taxonomias ou tesauros. A coleta de dados foi feita com entrevistas em campo, seguida da análise de conteúdo e descrição dos resultados obtidos. Pretende-se que essa ontologia sirva como um modelo de referência para projetos de Memória Organizacional Histórica, podendo ser extensível pelos especialistas do domínio, a partir dos conceitos declarados e inter-relacionados nesta proposta, a tipologia documental, a coleções, a assuntos cobertos pelo acervo, público-alvo e canal de disseminação das informações.<hr/>The Historical Organizational Memory consists of the main documents that register the trajectory of an institution. The ontologies aim to make sense of the content of these repositories, using the semantic relationship of the terms that can represent the area. This work establishes the basis for proposing an ontology that serves as a reference model in the Historical Memory Organization field, promoting accurate responses from search engines and information retrieval. The universe of this research is represented by companies participating in the Permanent Forum on Knowledge Management, Communication and Memory of the Brazilian Association of Business Communication (ABERJE), which already have initiatives in Historical Organizational Memory (HOM). It identifies, among other things, whether companies use a standardized instrument of information representation, such as controlled vocabularies, taxonomies and thesauri. We used the exploratory research, interviews with data collection, followed by content analysis and description of the results. It is intended that this ontology will serve as a reference model for Historical Organizational Memory projects, which can be extended by domain experts from the declared and interrelated concepts in this proposal: types of documents, collections, subjects covered by the items, the target audience and information dissemination channels. <![CDATA[<b>Bibliometric analysis of themes competitive intelligence, knowledge management and organizational knowledge in institutional repository university of Brasília</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-99362013000400005&lng=en&nrm=iso&tlng=en Trata da análise dos temas Inteligência Competitiva (IC), Gestão do Conhecimento (GC) e Conhecimento Organizacional (CO), no Repositório Institucional da Universidade da Brasília (RIUnB), que está disponível em acesso aberto desde setembro de 2008. O objetivo é verificar a produção científica sobre as áreas de pesquisa, a partir dos documentos que constam no RIUnB. O método de trabalho consistiu nos estudos bibliométricos, a fim de se inteirar sobre a produção de trabalhos referentes ao conhecimento resultante do desenvolvimento de pesquisas no âmbito institucional, para conhecer a comunidade. Os resultados apontam para um crescimento notório desses temas na ciência da informação, com perspectiva de crescimento em outras áreas: administração, engenharia elétrica, educação e gestão social e trabalho, demonstrando sua potencial interdisciplinaridade; houve maior concentração de publicação nos temas gestão do conhecimento, conhecimento organizacional e inteligência competitiva, respectivamente, e existe uma concentração dessas publicações em três pesquisadores na comunidade da Faculdade de Ciência da Informação (FCI). Conclui-se que os temas são mais frequentes na área de ciência da informação, entretanto, nota-se o seu aparecimento em outras áreas do conhecimento, na UnB: administração, engenharia elétrica, educação e gestão social e do trabalho. Esses dados podem revelar uma tendência de consolidação dos temas de pesquisa em outras áreas.<hr/>This analysis of topics Competitive Intelligence (CI), Knowledge Management (KM) and Organizational Knowledge (CO) in the Institutional Repository of the University of Brasília (RIUnB) which is available in open access since September 2008. The aim is to check the scientific literature on the research areas from the documents listed in RIUnB. The working method consisted in bibliometric studies, in order to learn about the production of works relating to knowledge resulting from research development at the institutional level to know the community. The results indicate a remarkable growth of these themes in information science, with growth prospects in other areas: administration, electrical engineering, management and education and social work, demonstrating its potential interdisciplinarity, there was a higher concentration of publishing on issues of knowledge management, organizational knowledge and competitive intelligence, respectively, and there is a concentration of such publications in three community researchers in the Faculty of Information Science (FCI). We conclude that the issues are more frequent in the area of information science, however, note its appearance in other areas of knowledge in UNB: administration, electrical engineering, education and social management and labor. These data may reveal a trend of consolidation of research topics in other areas. <![CDATA[<b>Analysis and evaluation of spanish university websites from Bologna process</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-99362013000400006&lng=en&nrm=iso&tlng=en El presente trabajo evalúa el estado de las webs institucionales de universidades públicas y privadas de España después de su adaptación al Espacio Europeo de Educación Superior (EEES). A partir de una guía de indicadores, elaborada por los autores, que atiende a aspectos relacionados con la construcción, diseño y desarrollo de sitios web, se valora el grado de mejora alcanzado en sus sitios web online públicos, la calidad de la información disponible y el uso de estrategias de comunicación que respondan a las nuevas necesidades y demandas de los usuarios.<hr/>Este artigo avalia o estado das alianças institucionais públicas e universidades privadas em Espanha após a sua adaptação ao Espaço Europeu de Educação Superior (EEES). Como um guia para indicadores desenvolvidos pelos autores, que leva em consideração aspectos relacionados com o desenvolvimento do projeto, construção e website, avalia o grau de melhoria alcançado em seus sites públicos on-line, a qualidade da informação disponível e o uso de estratégias de comunicação que respondam às necessidades de mudança e demandas dos usuários.<hr/>This study evaluates the institutional websites of public and private universities in Spain after its adaptation to the European Higuer Education Area (EHEA). From a quality indicators guide developed by the authors, which takes into aspects related to the construction, design and website development, assesses the level of improvement achieved in public online sites, the quality of information available and the use of communication strategies that meet the new needs and demands of users. <![CDATA[<b>Knowledge organization from a postcolonial perspective</b>: <b>paraconsistency routes</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-99362013000400007&lng=en&nrm=iso&tlng=en Los procesos de producción, transmisión y organización del conocimiento son interferidos, como el resto de las prácticas simbólicas, por acciones colonizantes culturales y cognitivas desde los inicios de su sistematización. La desclasificación propone la rehabilitación de viejos valores desterrados por el pensamiento hegemónico como la estesia, la incertidumbre, la provisionalidad, la retórica o la contradicción con el fin de obtener una organización del conocimiento emancipante y autonarrativa quebrando los límites de la matriz cognitiva que sustenta el proyecto epistémico occidental, ahora exponencialmente impulsado por la digitalidad. En este artículo se aborda, específicamente desde una perspectiva paraconsistente, el estatuto imposible de los conceptos cerrados y sus jerarquías y se establecen tres postulados teóricos de trabajo para quebrar y abrir sus límites.<hr/>The processus of production, transmission and organization of knowledge are interfered, as other symbolic practices, by colonizing cultural and cognitive actions since the beginning of its systematization. "Declassification" proposes the rehabilitation of old values, banished by hegemonic thinking, such as aesthesia, uncertainty, temporarity, rhetoric or contradiction in order to obtain a self-narrative and emancipation-oriented knowledge organization, breaking the bounds of the cognitive matrix which is behind the western epistemic project, now exponentially launched by digitality. In this article the impossible closed concepts statute and its hierarchies are specifically addressed from a paraconsistent perspective, and three principles of work are theoretically set in order to break and open their limits. <![CDATA[<b>Compliance with the law of access to information by federal authorities of Brazil</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-99362013000400008&lng=en&nrm=iso&tlng=en Este estudo analisa a conformidade dos sítios eletrônicos das autarquias federais, em relação à Lei de Acesso a Informação. A pesquisa é exploratória e descritiva com abordagem quantitativa, cujo instrumento é uma Listagem de Verificação com dezenove itens. Os resultados demonstraram que, em média, 66% da amostra cumpriram com os itens e, em pontos específicos, como classificação das informações sigilosas, cópias de contratos, disponibilização de relatórios em formatos de planilha/texto e estruturação da informação, houve descumprimento acima de 90%.<hr/>This study examines the compliance of websites of federal autarchies in relation to the determinations of Access to Information Act. The research is exploratory and descriptive quantitative approach, which is an instrument Listing Verification with nineteen items. The results showed that, on average, 66% of the sample met the items, and specific points, such as classification of sensitive information, copies of contracts, provision of reports in spreadsheet formats / text and structuring information noncompliance was above 90 %. <![CDATA[<b>Images/memories of the Public Library of Santa Catarina</b>: <b>a reading of volatile memory photography by fixed (1980 - 2011)</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-99362013000400009&lng=en&nrm=iso&tlng=en O objeto de investigação foi um conjunto de mais de quatro mil fotografias da Biblioteca Pública do Estado de Santa Catarina (BPSC), produzidas pela instituição ou por instituições parceiras, como a Universidade do Estado de Santa Catarina. Pretendeu-se apreender as representações eivadas ao longo do tempo sobre a biblioteca, através da fotografia. Trata-se de um estudo descritivo quanti - qualitativo, que adotou princípios dos estudos culturais e procedimentos a partir do campo da Antropologia, a fotoetnografia. Esse material visual também dialogou com os dados analisados nos relatórios administrativos compreendidos no período de 1980 a 2011 da biblioteca. O estudo revela intensa ação cultural; descortina uma instituição preocupada com a formação continuada, quer de seus funcionários, quer de interessados da comunidade local; estampa um edifício conhecimento em meio aos estabelecimentos financeiros e comerciais da capital catarinense; aponta uma representação dos fazeres da biblioteca (as práticas bibliotecárias que dão andamento ao cotidiano da biblioteca); revela formas das ações de limpeza e manutenção desse edifício; e o mobiliário e os equipamentos estampados pela fotografia mostram as diferentes fases tecnológicas da biblioteca. As imagens estampam, enquanto noção de representação, uma instituição pública de leitura que se movimenta em favor do público infantil, um lugar de formação e lazer para o adulto, um espaço sempre disponível à espera de seus consulentes, leitores ou utilizadores e representa uma memória para (RE)CONHECER a Biblioteca Pública de Santa Catarina.<hr/>The object of investigation was a set of more than four thousand photographs of the Public Library of the State of Santa Catarina (BPSC), produced by the institution or partner institutions such as the University of the State of Santa Catarina. It was intended to seize the representations tainted over time about the library through photography. This is a descriptive quantitative and qualitative, which adopted principles of cultural studies and procedures from the field of Antropolgia the fotoetnografia. This visual material also spoke with the data analyzed in administrative reports included in the period 1980 to 2011 the library. The study reveals intense cultural action; reveals an institution concerned with continuing education, or its employees or stakeholders of the local community; stamp a building knowledge among the financial institutions and the commercial capital of Santa Catarina; shows a representation of the doings of the library (library practices that give the daily progress of the library), reveals ways of cleaning and maintenance actions that building, furniture and equipment for the printed photograph shows the different stages of technological library. The images adorn the notion of representation as an institution pubic reading that moves in favor of the child audience, a place of leisure and training for adults, a space always available waiting for their consultants, readers or users and represents a memory for (RE) KNOW the Public Library of Santa Catarina. <![CDATA[<b>Collective Intelligence</b>: <b>an overview on Pierre Lévy's production</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-99362013000400010&lng=en&nrm=iso&tlng=en A inteligência coletiva é tema interdisciplinar e tem sido explorado pelas mais diversas áreas do conhecimento. Como proposta totalmente ligada ao conceito de informação e às tecnologias da informação e comunicação, considera-se como pertinente a discussão do tema no escopo da Ciência da Informação. Para tanto, realizou-se um estudo descritivo e exploratório a partir da obra de Pierre Lévy, identificando os preceitos sobre inteligência coletiva, suas ambiências e implicações. A pesquisa é de cunho documental e se foca em determinar o estado da arte da produção sobre inteligência coletiva, verificando o que tem sido produzido por Pierre Lévy e por outros autores sobre o tema, a fim de apontar quais as possíveis intervenções da Ciência da Informação nos estudos acerca de inteligência coletiva. O estudo mostrou que no campo de Ciência da Informação existem poucas investigações de nível teórico sobre inteligência coletiva. Apesar disso, discussões sobre a representação e organização da inteligência coletiva em ambientes digitais têm sido recorrentes na atualidade, abrindo assim novos campos de aproximação entre a Ciência da Informação e a investigação conceitual e prática em inteligência coletiva.<hr/>Collective intelligence is an interdisciplinary subject and it has been explored for many different knowledge areas. As a proposal totally tied to the concept of information and information technologies and communication, it is considered as relevant the discussion about the topic within the scope of Information Science. Therefore, a descriptive and exploratory study was carried out from Pierre Levy's work, identifying the precepts of collective intelligence and its ambiences and implications. The research is documental, focusing on determining the state of the art of the production about collective intelligence, verifying what was produced by Pierre Lévy and by other authors about the subject, in order to point out what possible interventions of Information Science on studies about collective intelligence. The research showed that that in the field of Information Science there is little research on the theoretical level about collective intelligence. Nevertheless, discussions about the representation and organization of collective intelligence in digital environments have been recurrent in the present, thus opening new fields of approach between Information Science and conceptual research and practice in collective intelligence. <![CDATA[<b>Readings on user and use of information in Information Science</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-99362013000400011&lng=en&nrm=iso&tlng=en Considerando aspectos da literatura internacional da área de Ciência da Informação (CI) relacionados aos temas necessidade, busca, comportamento e uso da informação, objetivou-se explorar a trajetória histórica e as interpretações sobre os conceitos usuário e uso de informação, tomando, como referencial de apoio, as noções de sistema de informação e de agência dos sujeitos. Para tanto, foi delimitado como corpus 15 revisões de literatura da Annual Review of Information Science and Technology (ARIST) - que trouxeram um panorama teórico sobre os conceitos estudados. A análise dessas revisões foi instrumentalizada com as tipificações sobre uso de informação propostas por Rachel Anne Fleming-May, que permitiu situar as duas fases iniciais identificadas, que se particularizam por orbitar a noção de sistema de informação, sendo a primeira fase caracterizada por uma concepção mais estática de sistema e a segunda por uma acepção mais dinâmica. Por fim, observou-se, na literatura da ARIST, uma terceira e última fase, que passou a ser mais bem visualizada a partir da década de 2000. Naquela década, os estudos passaram a considerar, complementarmente às fases anteriores, a agência dos sujeitos a partir das noções de interação e de contexto, em ações de uso, produção e apropriação de informação e de conhecimento.<hr/>Considering aspects of international literature in the area of Information Science (IS) regarding need, search, behavior and use of information, this study aims to explore the historical path and interpretations of the concepts of user and use of information, under the support reference of the notions of information system and subject agency. For such, a corpus was formed with 15 literature reviews of the Annual Review of Information Science and Technology - ARIST - which brought a theoretical panorama on the concepts here studied. The analysis of these reviews was tooled with categorizations of the use of information proposed by Rachel Anne Fleming-May, making it possible to situate two initial phases identified, particularized for orbiting a notion of information system, being the first phase characterized by a more static conception of system and the second by a more dynamic meaning. Finally, a third and last phase was found in reading ARIST, which was better visualized after the year 2000. In the first decade of the 21st century, studies started considering, complementarily to previous phases, the agency of subjects from the notions of interaction and context, in actions of use, production and appropriation of information and knowledge. <![CDATA[<b>Transformations in the perceptions of museums in the context of the Bibliographic Movement</b>: <b>the museum conceptions of Paul Otlet and Otto Neurath</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-99362013000400012&lng=en&nrm=iso&tlng=en O artigo analisa as concepções de museu de Paul Otlet e Otto Neurath, que podem ser considerados expoentes do Movimento Bibliográfico, movimento este surgido na transição do século XIX para o século XX, que visava à ordenação do conhecimento registrado para sua disseminação, acesso e uso. São analisados os museus criados por Otlet e Neurath, bem como seus projetos museológicos não concretizados e a influência mútua exercida entre eles, destacando-se, enquanto princípios de suas concepções museológicas, a importância do papel social dos museus, a visualização e a primazia das ideias apresentadas ao público pela instituição, em detrimento da originalidade e raridade dos objetos exibidos.<hr/>The article analyses the museum conceptions of Paul Otlet and Otto Neurath, which can be considered exponents of the Bibliographical Movement, a movement arisen in the transition of the 19th century to the 20th century that sought the organization of the recorded knowledge to its dissemination, access and use. The museums created by Otlet and Neurath are analysed, as well as their museological projects that weren't implemented and the mutual influence between them, highlighting as principles of their museological conceptions the importance of the social role of museums, visualization and the precedence of the ideas conveyed to the public by the institution instead of the originality and rarity of the objects displayed. <![CDATA[<b>The performance of Disco Oneyda Alvarenga in the construction of intangible heritage</b>: <b>reviewing a trajectory</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-99362013000400013&lng=en&nrm=iso&tlng=en Este artigo apresenta o histórico, a organização e o significado da Discoteca Oneyda Alvarenga, bem como o trabalho realizado pela instituição, em termos dos processos de construção do patrimônio cultural imaterial, evidenciando a sua originalidade e inovação em acervos musicológicos e etnográficos. A constituição do acervo etnográfico, com gravação em suporte não convencional, resultou das viagens e estudos promovidos pela Missão de Pesquisas Folclóricas e a este se soma outros trabalhos pioneiros no Brasil, que inauguraram os projetos de pesquisa científica dedicados à cultura brasileira. Todos os materiais recolhidos pela Missão foram organizados por Oneyda Alvarenga e encontram-se disponíveis à consulta pública na Discoteca Oneyda Alvarenga, na cidade de São Paulo, no Centro Cultural São Paulo (CCSP). A discussão deste tema, no âmbito da Ciência da Informação, tem como objetivo evidenciar a importância da produção de conhecimento e informação acerca da manutenção e gerenciamento de acervos não convencionais, destacando-se os aspectos referentes ao patrimônio cultural, folclore e acervo audiovisual, com vistas a ampliar a reflexão desta discussão na área.<hr/>This article presents the historical, organization and meaning of "Discoteca Oneyda Alvarenga", as well as the work of the institution in terms of building processes of incorporeal cultural heritage, showing their originality and innovation in musicological and ethnographic collections. The constitution of the ethnographic collection, in support unconventional recorded, was created as a result of travel and studies sponsored by the Folklore Research Mission and this adds other pioneering work in Brazil, who inaugurated the scientific research projects dedicated to Brazilian culture. All materials collected by the Mission were organized by Oneyda Alvarenga and are available for public consultation at the "Discoteca Oneyda Alvarenga", in the city of São Paulo, at São Paulo exhibition center. The discussion of this matter in the context of Information Science aims to highlight the importance of the production of knowledge and information about the maintenance and management of unconventional collections, highlighting aspects related to cultural heritage, folklore and audiovisual collection in order to enlarge the reflection of this discussion in the area. <![CDATA[<b>Developing the information literacy</b>: <b>the experience of the Library Science course of UFPA with people from the criminal system and relatives attended by the Fábrica Esperança</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-99362013000400014&lng=en&nrm=iso&tlng=en O presente trabalho faz um registro da experiência extensionista, no contexto da Faculdade de Biblioteconomia do Instituto de Ciências Sociais Aplicadas da Universidade Federal do Pará. Trata-se do projeto "Construindo a competência informacional através de estratégias de fortalecimento do uso educativo das Tecnologias de Informação e Comunicação", que, entre os meses de agosto e dezembro de 2011, concentrou as ações entre os egressos do sistema penal e familiares atendidos pela Fábrica Esperança. Partindo da pesquisa-ação, os sujeitos em foco foram envolvidos em atividades orientadas para o desenvolvimento das competências informacionais, em uma carga horária total de 160h. Entre docentes, discentes e pessoal técnico, a experiência permitiu refletir sobre o conceito de competência informacional, o qual se coloca como fundamental para se pensar a inclusão e a cidadania na sociedade da informação.<hr/>The present work makes a register of the extensionist experience in the context of the Faculdade de Biblioteconomia of the Instituto de Ciências Sociais Aplicadas of the Universidade Federal do Pará. This is the project "Building the information literacy through of the strategies of consolidating of the educative use of the Technologies of Information", that among the months of August to December of 2011 concentrated the actions between the people from of the criminal system and relatives attended by the Fábrica Esperança. From the research-action, the subjects in focus were involved in oriented activities to the development of the information literacy in a total hourly load of 160 hours. Among professors, universitarians and technicians, the experience allowed to reflect about the concept of the information literacy, which is basic to think the inclusion and citizenship in the information society. <![CDATA[<b>Information Science</b>: <b>historical, delimitation of the field and its perspective on the area of Communication</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-99362013000400015&lng=en&nrm=iso&tlng=en A partir de Saracevic, que aponta a Comunicação como um dos campos interdisciplinares da Ciência da Informação (C.I), este artigo procura estabelecer algumas relações entre essas duas áreas do conhecimento. Primeiramente, reflete sobre o histórico da Ciência da Informação e os três paradigmas (físico, cognitivo e social) que contribuíram para a delimitação do campo. Em seguida, discute a respeito das diferenças entre uma ciência moderna e uma ciência pós-moderna, assinalando que as duas se relacionam com a Ciência da Informação. Por fim, questiona a interdisciplinaridade da C.I e faz algumas considerações sobre os pontos que a separam e a aproximam da Comunicação, enquanto disciplina.<hr/>From Saracevic, which points the Communication as an interdisciplinary field of Information Science (CI), this article seeks to establish some relations between these two areas of knowledge. First, it reflects about the history of Information Science and the three paradigms (physical, cognitive and social) that contributed to the delimitation of the field. Then, it discusses about the differences between a modern science and a postmodern science, noting that the two are related to Information Science. Finally, it questions the interdisciplinarity in CI and does some considerations about the points that separate and approach the Information Science from the communication as a discipline. <![CDATA[Organização do conhecimento em bibliotecas digitais de teses e dissertações: uma abordagem baseada na classificação facetada e taxonomias dinâmicas]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-99362013000400016&lng=en&nrm=iso&tlng=en A partir de Saracevic, que aponta a Comunicação como um dos campos interdisciplinares da Ciência da Informação (C.I), este artigo procura estabelecer algumas relações entre essas duas áreas do conhecimento. Primeiramente, reflete sobre o histórico da Ciência da Informação e os três paradigmas (físico, cognitivo e social) que contribuíram para a delimitação do campo. Em seguida, discute a respeito das diferenças entre uma ciência moderna e uma ciência pós-moderna, assinalando que as duas se relacionam com a Ciência da Informação. Por fim, questiona a interdisciplinaridade da C.I e faz algumas considerações sobre os pontos que a separam e a aproximam da Comunicação, enquanto disciplina.<hr/>From Saracevic, which points the Communication as an interdisciplinary field of Information Science (CI), this article seeks to establish some relations between these two areas of knowledge. First, it reflects about the history of Information Science and the three paradigms (physical, cognitive and social) that contributed to the delimitation of the field. Then, it discusses about the differences between a modern science and a postmodern science, noting that the two are related to Information Science. Finally, it questions the interdisciplinarity in CI and does some considerations about the points that separate and approach the Information Science from the communication as a discipline. <![CDATA[Recuperação da informação através de busca comparada em domínio específico, baseado em expressões multipalavras]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-99362013000400017&lng=en&nrm=iso&tlng=en A partir de Saracevic, que aponta a Comunicação como um dos campos interdisciplinares da Ciência da Informação (C.I), este artigo procura estabelecer algumas relações entre essas duas áreas do conhecimento. Primeiramente, reflete sobre o histórico da Ciência da Informação e os três paradigmas (físico, cognitivo e social) que contribuíram para a delimitação do campo. Em seguida, discute a respeito das diferenças entre uma ciência moderna e uma ciência pós-moderna, assinalando que as duas se relacionam com a Ciência da Informação. Por fim, questiona a interdisciplinaridade da C.I e faz algumas considerações sobre os pontos que a separam e a aproximam da Comunicação, enquanto disciplina.<hr/>From Saracevic, which points the Communication as an interdisciplinary field of Information Science (CI), this article seeks to establish some relations between these two areas of knowledge. First, it reflects about the history of Information Science and the three paradigms (physical, cognitive and social) that contributed to the delimitation of the field. Then, it discusses about the differences between a modern science and a postmodern science, noting that the two are related to Information Science. Finally, it questions the interdisciplinarity in CI and does some considerations about the points that separate and approach the Information Science from the communication as a discipline. <![CDATA[A dinâmica de conhecimento e inovação no setor elétrico brasileiro: proposta de um conjunto de indicadores gerenciais]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-99362013000400018&lng=en&nrm=iso&tlng=en A partir de Saracevic, que aponta a Comunicação como um dos campos interdisciplinares da Ciência da Informação (C.I), este artigo procura estabelecer algumas relações entre essas duas áreas do conhecimento. Primeiramente, reflete sobre o histórico da Ciência da Informação e os três paradigmas (físico, cognitivo e social) que contribuíram para a delimitação do campo. Em seguida, discute a respeito das diferenças entre uma ciência moderna e uma ciência pós-moderna, assinalando que as duas se relacionam com a Ciência da Informação. Por fim, questiona a interdisciplinaridade da C.I e faz algumas considerações sobre os pontos que a separam e a aproximam da Comunicação, enquanto disciplina.<hr/>From Saracevic, which points the Communication as an interdisciplinary field of Information Science (CI), this article seeks to establish some relations between these two areas of knowledge. First, it reflects about the history of Information Science and the three paradigms (physical, cognitive and social) that contributed to the delimitation of the field. Then, it discusses about the differences between a modern science and a postmodern science, noting that the two are related to Information Science. Finally, it questions the interdisciplinarity in CI and does some considerations about the points that separate and approach the Information Science from the communication as a discipline. <![CDATA[Bulas de medicamentos comercializados no Brasil enquanto fontes de informação: em foco a qualidade da informação nelas contidas após a Resolução - RDC nº 47/2009 da ANVISA]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-99362013000400019&lng=en&nrm=iso&tlng=en A partir de Saracevic, que aponta a Comunicação como um dos campos interdisciplinares da Ciência da Informação (C.I), este artigo procura estabelecer algumas relações entre essas duas áreas do conhecimento. Primeiramente, reflete sobre o histórico da Ciência da Informação e os três paradigmas (físico, cognitivo e social) que contribuíram para a delimitação do campo. Em seguida, discute a respeito das diferenças entre uma ciência moderna e uma ciência pós-moderna, assinalando que as duas se relacionam com a Ciência da Informação. Por fim, questiona a interdisciplinaridade da C.I e faz algumas considerações sobre os pontos que a separam e a aproximam da Comunicação, enquanto disciplina.<hr/>From Saracevic, which points the Communication as an interdisciplinary field of Information Science (CI), this article seeks to establish some relations between these two areas of knowledge. First, it reflects about the history of Information Science and the three paradigms (physical, cognitive and social) that contributed to the delimitation of the field. Then, it discusses about the differences between a modern science and a postmodern science, noting that the two are related to Information Science. Finally, it questions the interdisciplinarity in CI and does some considerations about the points that separate and approach the Information Science from the communication as a discipline. <![CDATA[Políticas públicas de arquivo: a gestão documental do Arquivo Público do Estado do Espírito Santo]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-99362013000400020&lng=en&nrm=iso&tlng=en A partir de Saracevic, que aponta a Comunicação como um dos campos interdisciplinares da Ciência da Informação (C.I), este artigo procura estabelecer algumas relações entre essas duas áreas do conhecimento. Primeiramente, reflete sobre o histórico da Ciência da Informação e os três paradigmas (físico, cognitivo e social) que contribuíram para a delimitação do campo. Em seguida, discute a respeito das diferenças entre uma ciência moderna e uma ciência pós-moderna, assinalando que as duas se relacionam com a Ciência da Informação. Por fim, questiona a interdisciplinaridade da C.I e faz algumas considerações sobre os pontos que a separam e a aproximam da Comunicação, enquanto disciplina.<hr/>From Saracevic, which points the Communication as an interdisciplinary field of Information Science (CI), this article seeks to establish some relations between these two areas of knowledge. First, it reflects about the history of Information Science and the three paradigms (physical, cognitive and social) that contributed to the delimitation of the field. Then, it discusses about the differences between a modern science and a postmodern science, noting that the two are related to Information Science. Finally, it questions the interdisciplinarity in CI and does some considerations about the points that separate and approach the Information Science from the communication as a discipline.