Scielo RSS <![CDATA[Perspectivas em Ciência da Informação]]> http://www.scielo.br/rss.php?pid=1413-993620140005&lang=es vol. 19 num. SPE lang. es <![CDATA[SciELO Logo]]> http://www.scielo.br/img/en/fbpelogp.gif http://www.scielo.br <![CDATA[<b>Apresentação</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-99362014000500001&lng=es&nrm=iso&tlng=es <![CDATA[<b>Editorial</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-99362014000500002&lng=es&nrm=iso&tlng=es <![CDATA[<b>The library in digital spaces and times: old and new challenges</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-99362014000500003&lng=es&nrm=iso&tlng=es o presente trabalho - desenvolvido na forma de ensaio - examina as possibilidades de convivência entre a biblioteca e os processos de comunicação de base digital. Para tanto, primeiramente analisam-se as implicações daquilo que vem se chamando de cultura digital para a formação cultural individual e social, destacando os limites e os equívocos conceituais e práticos consequentes do fascínio da tecnologia e da banalização do conhecimento; num segundo momento, apresentam-se as bases de uma política pública de biblioteca efetivamente democrática.<hr/>The present study - developed in the form an essay - examines the possibilities of coexistence between the library and the communication processes of digital basis. To do so, first we analyze the implications of what has been called digital culture for personal and social cultural development, highlighting the limits and the conceptual and practical misunderstandings that result from the fascination of technology and trivialization of knowledge; following this, we present the foundations of an effective democratic public policy in library. <![CDATA[<b>The social role of public libraries in the twenty-first century and the case of the superintendent of public libraries of Minas Gerais</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-99362014000500004&lng=es&nrm=iso&tlng=es O presente trabalho aborda a biblioteca pública, seu significado, importância social e desafios na contemporaneidade e tenta esclarecer, ainda que de forma sucinta, o surgimento das bibliotecas públicas e os conceitos utilizados para este termo, que irão embasar sua atuação e a construção de suas políticas. Discute qual a importância social da biblioteca pública no século XXI e como sua atuação tem se tornado fundamental como espaço de diálogo e exercício da cidadania, além de se configurar em um centro de promoção cultural, na medida em que acolhe e articula as diversas manifestações artísticas e cultuais. Aponta os principais desafios que as bibliotecas públicas enfrentam hoje, seja na elaboração de políticas públicas voltadas para o livro e para leitura, seja na captação de recursos via mecanismos alternativos de financiamento, como forma de viabilizarem suas ações. Ao final, descreve a atuação da Superintendência de Bibliotecas Públicas e Suplemento Literário de Minas Gerais como gestora da Biblioteca Pública Estadual Luiz de Bessa, considerada a maior biblioteca do estado, e também as ações do Sistema Estadual de Bibliotecas Públicas Municipais, que possui uma rede de 839 bibliotecas, distribuídas em 801 municípios mineiros.<hr/>This work addresses the public library, its significance, importance and challenges in contemporary social, tries to clarify, albeit briefly, the emergence of public libraries and concepts used for this term, which will support its operations and building policies. Which discusses the social importance of the public library in the twenty-first century, and how their performance has become critical as a space for dialogue and citizenship, as well as set up a center of cultural promotion, in that it gathers and articulates the various manifestations artistic and cultic. Highlights the main challenges that public libraries face today, or in the elaboration of public policies for the book and reading, either in funding through alternative funding mechanisms, in order to make viable their actions. At the end, describes the performance of the Superintendent of Public Libraries as manager of the Biblioteca Pública Estadual Luiz de Bessa, considered the largest library in the state, and also the actions of the Sistema Estadual de Bibliotecas Públicas Municipais, which has a network of 839 libraries, distributed 801 municipalities of Minas Gerais. <![CDATA[<b>Revivingi experiences: focus on reading in communities</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-99362014000500005&lng=es&nrm=iso&tlng=es Este artigo teve como objetivo recuperar, de forma destacada, duas experiências de trabalho de extensão na UFMG: o carro-biblioteca da ECI\UFMG e a implantação das Bibliotecas Públicas e Biblioteca Móvel do COLTEC\UFMG. A estas experiências somaram-se ainda as informações sobre as atividades de extensão, através de Carros-Biblioteca, realizadas no âmbito da Biblioteca Pública Estadual Luiz de Bessa e pelo SESC. Revendo estas experiências torna-se patente a importância destas ações para as comunidades, mas, revelam-se também as dificuldades/limitações para a continuidade e ampliação destes serviços que são de caráter significativo para a população. Destaca-se também que os projetos visam permitir o acesso à leitura em comunidades com carências socioculturais, mas, demostram, de forma crítica, a realidade e os desafios dos municípios de Caparaó e Alto Caparaó na administração e manutenção das bibliotecas lá instaladas. Argumenta-se ainda, como aspecto significativo, a necessidade de articulação das comunidades, de forma a reivindicarem junto aos gestores públicos o atendimento aos direitos da população.<hr/>This article aims to retrieve, prominently, two experiences of short duration academic work at UFMG: mobile car-library at ECI \ UFMG and the implementation of the Public Libraries and the Mobile Library COLTEC \ UFMG. To these experiences still added up the information on the extension activities through mobile car-library, held within the State Public Library Luiz de Bessa and the SESC. By reviewing these experiences, it becomes evident the importance of these actions for the communities, but also reveals the difficulties / limitations to the continuation and expansion of these services which are of a significant nature to the population. Yet, it highlights that the projects aimto enable access to reading in communities with socio-cultural needs, and on the other sideit demonstrates, critically, the reality and challenges of Caparaóand Alto Caparaó municipalitiesin the administration and maintenance of libraries installed. Yet it is argued, as a significant aspect, the need to articulate the communities, in order to claim together with public service managers the rights of the population. <![CDATA[<b>Library and education in dialogue: repatriate light/hope</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-99362014000500006&lng=es&nrm=iso&tlng=es Discute-se a relação biblioteca e educação e aponta-se que a interlocução entre as instituições ainda não se realiza da forma proposta no nível do discurso. Destaca-se que apesar do reconhecimento da necessidade dessa interação a situação paradoxal permanece, ou seja, bibliotecários e professores ainda atuam separadamente. Argumenta-se sobre a identidade educativa presente nas duas funções, considerando que o cerne de ambas é a dimensão informacional. Aponta a relevância dos processos reflexivos como elemento importante para orientar a ação. Propõe-se o repensar da atuação dos profissionais, através da conjugação de uma perspectiva utópica, da competência e do compromisso profissional. Advoga a relevância de que a juventude participe dos bens culturais como mecanismo de esperança e cidadania. Indicam-se algumas possibilidades de concretizar a interlocução biblioteca e educação e defende-se, a importância de viabilizar a tríade informação, conhecimento e imaginação.<hr/>It is discussed the relationship "Library and Education" and it is pointed out that the dialogue between these institutions is not yet performed in the way proposed by the discourse. It is noteworthy that despite the recognition of the necessity of this interaction it remains a paradoxical situation, in other words librarians and teachers still act separately. We argue about the educational identity present in this two functions, considering that the core of both is the informational dimension. It is pointed out the relevance of reflective processes as an important element for guiding the action. It is proposed to rethink the role of professionals, through the combination of a utopian perspective, competence and professional commitment. It defends the importance that youth should participate in the cultural assets as a mechanism of hope and citizenship. It presents a number of possibilities to realize the dialogue between library and education and it defends the importance of making the triad information, knowledge and imagination. <![CDATA[<b>Heterotopias, world common and public libraries</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-99362014000500007&lng=es&nrm=iso&tlng=es Este artigo propõe um estudo conceitual sobre as bibliotecas públicas em contexto brasileiro. Para isso, analisou-se o papel social das bibliotecas públicas no Brasil a partir dos conceitos de heterotopia de Foucault e de mundo comum, proposto por Arendt. Como principais resultados, chamou-se a atenção para a correlação potencial entre os conceitos de heterotopia e mundo comum na concepção de bibliotecas públicas e suas repercussões nas experiências e memórias afetivas dos usuários da Biblioteca Pública Mário de Andrade, em São Paulo (SP), e da Biblioteca Pública Estadual Luiz de Bessa, em Belo Horizonte (MG).<hr/>This paper proposes a conceptual study about public libraries in Brazilian context. To do this, it was analyzed the social role of public libraries in Brazil from the concepts of heterotopia by Foucault and common world, proposed by Arendt. As main results, we draw attention to the potential correlation between the concepts of heterotopia and common world in the conception of public libraries and its impact on the experiences and the emotional memories of users of the public Library Mário de Andrade, São Paulo (SP), and the State Public Library Luiz de Bessa, Belo Horizonte (MG). <![CDATA[<b>Public library</b>: <b>space of public opinion formation ?</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-99362014000500008&lng=es&nrm=iso&tlng=es O artigo trata da questão da biblioteca como espaço de formação da opinião pública no Brasil. O referencial teórico central é a obra de Habermas relativa à esfera pública e à formação da opinião pública. No plano empírico é realizada uma análise sociológica e histórica dos distintos significados da biblioteca e da leitura na constituição de uma esfera pública no Brasil. A conclusão principal é que a biblioteca pública pode se constituir como um dos espaços de formação da opinião pública e de promoção de ações criticas no âmbito da leitura e da formação do leitor. Para que essa potencialidade se efetive é necessário ainda que as políticas e ações governamentais, nos planos educacional e cultural, tenham como foco central a redução das desigualdades de classe e de raça, vigentes na sociedade brasileira.<hr/>This paper investigates library as a space for forming public opinion in Brazil. The theoretical framework is Habermas work about the public sphere and the construction of public opinion. To understand the public sphere constitution&rsquo;s in Brazil was realized a historical research about different meanings of the library and reading. The main conclusion is that the public library can be an area of forming public opinion and at the same time promote critical actions in lecture and lector formation. For this potential to become true it is necessary that government policies and actions, educationally and culturally, have a central focus on reducing inequalities of class and race, prevailing in Brazilian society. <![CDATA[<b>Public library in Brazil: federal policies 1990-2006</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-99362014000500009&lng=es&nrm=iso&tlng=es As bibliotecas públicas tem sido objeto de discussões e políticas governamentais em todo o mundo, principalmente na chamada era da informação. No Brasil, elas estiveram presentes no discurso de políticas públicas governamentais desde a redemocratização do país, em fins do século XX. A análise dessas políticas demonstra que não foi possível ainda prover o básico: não existe ainda, finda a primeira década do século seguinte, pelo menos uma biblioteca em cada município do país. O fracasso dessa meta básica pode ser explicado por questões conceituais, direcionamento dos investimentos, inconsistências nos marcos legais, distribuição de funções entre os agentes institucionais, falta de formação de pessoal para a implementação das políticas, além de problemas estruturais e arraigados da forma de fazer política no Brasil, que se mantém ao longo dos governos, ditatoriais ou democráticos. O Plano Nacional do Livro e da Leitura, lançado no final do ano 2006, se apresenta com um discurso inovador cuja implementação real, contudo, não faz parte desse estudo.<hr/>The public libraries have been the subject of discussions and government policies around the world, especially in the information age. In Brazil, they were present in the discourse of government policies since the democratization of the country in the end of twentieth century. The analysis of these policies demonstrates that still wasn&rsquo;t possible to provide the basics: there isn&rsquo;t yet, at the end of the first decade of the next century, at least one library in each city of the country. The failure of the basic goal can be explained by conceptual questions, directing investments, inconsistencies in the legal guides, distribution of functions between institutional agents, deficiency training of staff for the implementation of policies, also structural and entrenched problems of how to make policy in Brazil, which remains over the governments democratic or dictatorial. The Plano Nacional do Livro e da Leitura, initiated at the end of 2006, presents an innovative discourse which actual implementation, however, is not part of this study. <![CDATA[<b>Public libraries in the public sphere: librarian’s strategies for cultural mobilization and sociopolitical activism</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-99362014000500010&lng=es&nrm=iso&tlng=es Aborda a biblioteca pública como instituição social no espaço público, as estratégias de mobilização e o bibliotecário como agente público protagonista nesse cenário. A partir do cenário da Sociedade da Informação e do paradigma do acesso à informação apresenta e discute os conceitos e funções da biblioteca pública na atualidade e defende a presença do bibliotecário como agente público articulador local. Discute o perfil, as competências e habilidades desse profissional. Destaca os mecanismos e as estratégias que o bibliotecário pode utilizar para fomentar a mobilização da sociedade em prol das bibliotecas públicas. Conclui que é possível identificar mudanças no cenário das bibliotecas públicas no Brasil, no entanto, reafirma a necessidade de maiores investimentos intelectuais, conceituais, políticos, econômicos e culturais.<hr/>Presents the public library as a social institution in the public sphere, the strategies for cultural mobilization and the librarian as a protagonist in this scenario. Discusses the public library concepts and its functions on the information society and advocates the librarian&rsquo;s role as a social agent at the communities. Discusses the profile, competencies and professional skills of librarians. Highlights the procedures and strategies that could be used by the librarians to increase the mobilization in support public libraries. Concludes that there are some changes in this scenario, but marks the need for intelectual, conceptual, political, economical and cultural investiments. <![CDATA[<b>Public library and identity: perceptions intersubjectives anchor in the Luiz de Bessa</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-99362014000500011&lng=es&nrm=iso&tlng=es Este artigo tem por objetivo discutir sobre a participação das bibliotecas públicas no processo de elaboração intersubjetiva de referenciais identitários, tendo como aportes teóricos os conceitos de identidade e enraizamento. Para tanto, adota-se por premissa que a identidade se dá a ver como um discurso em permanente elaboração, expresso e potencializado através do contato com o outro nas inúmeras esferas de socialização que fomentam a existência de uma coletividade, dinâmica estimulada, também, pelas bibliotecas públicas, em virtude do estatuto representacional que atravessa seus acervos, serviços e setores. Proposições confirmadas por meio da análise das histórias de vida de dois usuários da Biblioteca Pública Estadual Luiz de Bessa. Ao evidenciarem nos depoimentos os distintos pontos de ancoragem que sustentam suas referências interpessoais e a importância da Luiz de Bessa - dimensões simbólicas, afetivas e estruturais - ao longo desse processo formativo, as narrativas erigidas pelos depoentes revelam que a Biblioteca se posta como lugar de enraizamento para os discursos identitários por eles forjados.<hr/>The aim of this essay is to discuss the participation of public libraries in the intersubjective development process of identity references. It was tailored as theoretical framework the concepts of identity and rootedness. For such, adopt as a premise that identity is to be seen as a discourse in constant development, expressed and enhanced through the contact with each other in many spheres of socialization that ensure the existence of a collectivity, stimulated dynamic, also by public libraries because of the representational status that crosses their collections and services sectors. The propositions were confirmed by the analysis of the life stories of two users of the library "Biblioteca Pública Estadual Luiz de Bessa". Evidencing in the statements the different anchor points that support their interpersonal references and the importance of Luiz de Bessa - symbolic dimensions, affective and structural - throughout this formative process, the narratives erected by the deponents reveal that the Library exerts a force of impregnating on their individual biographies and put itself as a place of rooting of the identity discourses forged by them. <![CDATA[<b>The public library and the domains of memory, mediation and social identity</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-99362014000500012&lng=es&nrm=iso&tlng=es Como resultado de pesquisa bibliográfica o texto aborda brevemente o percurso histórico da biblioteca enquanto espaço social de cultura, buscando evidenciar os contextos que fizeram emergir três paradigmas que nortearam o trabalho da biblioteca: da conservação, difusão e apropriação cultural. Tais paradigmas definiram as funções da biblioteca pública. Entretanto, o paradigma da apropriação cultural foi promotor de uma consciência mais clara quanto ao lugar relevante da mediação da informação. Ao posicionar a apropriação cultural na centralidade da missão desse ambiente social, os comportamentos e necessidades dos seus usuários conquistaram o status de objeto de atenção para o desenvolvimento do trabalho com a informação, tornando mais evidente a condição da biblioteca enquanto espaço de mediação cultural. Esse debate aponta a urgência de ressignificação das atividades e práticas culturais desenvolvidas pela biblioteca, como também de suas práticas gestoras, de modo a assegurar uma perspectiva dialógica do seu trabalho, necessária ao processo de mediação e apropriação da informação. Conclui-se que a constituição e preservação da memória foram elementos determinantes do aparecimento da biblioteca, enquanto o "olhar" para os comportamentos e necessidades dos usuários foi determinante dos debates acerca da mediação e apropriação da informação. Na atualidade a biblioteca pública é convocada a atuar tanto no domínio da memória, quanto da mediação e da identidade social, desenvolvendo ações orientadas por esses três paradigmas que circunscreveram sua própria existência. Transitar pelos paradigmas da conservação, da difusão e da apropriação cultural é o desafio a ser enfrentado pela biblioteca pública no cumprimento de sua missão social.<hr/>As a result of literature search, the present work briefly discusses the historical background of the library as a cultural space, evidencing the contexts that did emerge three paradigms, guides of library&rsquo;s work: the preservation, dissemination and cultural appropriation. Such paradigms defined the functions of the public library. However, the paradigm of cultural appropriation was promoter of the clearer awareness about the relevant place of the mediation of information. By positioning the centrality of cultural appropriation in the mission of this social environment, behaviors and needs of its users acquired an attention status for the development of working with the information, making it clear the condition of the library as a space of cultural mediation. This debate highlights the urgency in reframing cultural practices and activities developed by the library, and also their management practices, to ensure a dialogical perspective of its work, requirement for mediation and appropriation of the information. In conclusion, the formation and preservation of memories were crucial elements to cause library&rsquo;s appearance, whereas the "look" for behaviors and needs of its users was crucial for debates about mediation and appropriation of the information. At present, the public library is called to act in the domains of memory, mediation and social identity, developing actions guided by these three paradigms that circumscribed their own existence. Go through the paradigms of conservation, dissemination and cultural appropriation is the challenge to be faced by the public library. <![CDATA[<b>Mediation and library: a dialetical perspective</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-99362014000500013&lng=es&nrm=iso&tlng=es O artigo apresenta e discute os diferentes empregos do conceito mediação, enfocando a Ciência da Informação e Biblioteconomia brasileiras, tendo em vista apontar uma perspectiva, com ênfase na dialética, para se pensar a mediação no âmbito das bibliotecas públicas.<hr/>The article aims at presenting and discussing the different uses of the term mediation emphasizing the Brazilian Information Science and Library,pointing out a dialectical perspective to think about mediation in the scope of public libraries. <![CDATA[<b>Public library and aducation: notes on the role of the library to</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-99362014000500014&lng=es&nrm=iso&tlng=es Este artigo propõe algumas reflexões sobre o papel da biblioteca pública e da educação brasileiras hoje, no que se refere à formação de leitores. Essa é uma questão que continua atual e relevante, tendo em vista duas realidades de difícil interrelação: a permanência de altos índices de analfabetismo e iletrismo no país e as novas maneiras de ler e se comunicar que vieram com a revolução digital. O papel do mediador da leitura é também questionado neste artigo.<hr/>This article offers some thoughts on the role of the public library and the brazilian education today, regarding the formation of readers. This is an issue that continues being current and relevant, bearing in mind two realities of difficult interrelationship: the permanence of high levels of illiteracy in Brazil and the new ways of reading and communicating that came with the digital revolution. The role of the mediator of reading is also discussed in this paper. <![CDATA[<b>Past experiences, present debate: the child school library of institute of education Caetano de Campos (1936-1966)</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-99362014000500015&lng=es&nrm=iso&tlng=es A partir do estudo de caso sobre as práticas instauradas na Biblioteca Escolar Infantil do Instituto de Educação Caetano de Campos, entre 1936 e 1966, durante a gestão da professora-bibliotecária Iracema Marques da Silveira e de alunos-bibliotecários, pretendo interrogar acerca do lugar social, atuação política e estratégias de mobilização cultural das bibliotecas infantis e escolares, estabelecendo um diálogo passado e presente, constituído pela (des)continuidade de ações e propostas. Para tanto, o texto está organizado em três partes. Na primeira, aborda a disseminação de bibliotecas infantis públicas e escolares nos anos 1930 como recurso para promoção da leitura. A seguir, detém-se na experiência realizada na Escola Caetano de Campos. Por fim, traça alguns comentários a título de problematização.<hr/>The article presents a case study of school practices of Child School Library of Institute of Education Caetano de Campos, between 1936 and 1966, under the administration of teacher-librarian Iracema Marques da Silveira and her students-librarians. It aims to understand the social place, political acting and cultural strategies of child and school libraries, regarding present and past in theirs (dis)continuity. To do so, the article is structured into three parts. The first one is about the spread of public child and school libraries in the 1930s as a way to promote reading. The second is a narrative of Institute of Education Caetano de Campos experience. The last part sketches some comments in order to instate a discussion. <![CDATA[<b>Old problems ? Public collections, librarians, and reading scenes in the history of the public library</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-99362014000500016&lng=es&nrm=iso&tlng=es O artigo tem como objetivo discutir quatro grandes preocupações que têm sido permanentes na história das bibliotecas públicas: o público e o acesso; a constituição dos acervos; o controle sobre os modos de ler; e o papel do profissional responsável por essa instituição. Essas quatro preocupações são discutidas a partir da reconstrução de cenas que as expressaram em diferentes momentos históricos, no Brasil e em outros países. Constatamos que: há uma tensão, ao longo da história, entre atender às demandas do público leitor e as leituras consideradas benéficas pelos bibliotecários e professores na constituição dos acervos das bibliotecas; o par leitura e instrução-educação tem se sobreposto ao par leitura e lazer-diversão na constituição dos acervos; há uma tentativa de controle também dos modos de ler na biblioteca; gradativamente, os papéis atribuídos aos bibliotecários têm se complexificado - de conservador a mediador da leitura.<hr/>This article aims to discuss four major concerns that have been standing in the history of public libraries: the public and the access; the creation of collections; the control over the ways of reading; the role of the professional in charge of the institution. We discussed these four concerns using the reconstruction of scenes that expressed them in different historical moments, in Brazil and in other countries. We found that: there is a tension, throughout history, between the demands of the readers and the readings considered beneficial by librarians and teachers in the constitution of the collections; reading has been associated with instruction and education more than with leisure and fun, in the constitution of collections; there is also an attempt to control the ways of reading in the library; gradually, the roles of the librarian have complexified - from a conservative to a reading mediator. <![CDATA[<b>Public and school libraries in the speeches of Cecília Meireles and Armanda Alvaro Alberto: collections and readings practices</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-99362014000500017&lng=es&nrm=iso&tlng=es Apresenta um panorama dos discursos educacionais de Cecília Meireles e Armanda Álvaro Alberto que, nas décadas de 1930 e 1940, lutaram por uma educação pública, leiga e de qualidade. O artigo relata o engajamento de ambas com questões ligadas às Bibliotecas Públicas e Escolares e recupera as ideias de Cecília Meireles e Armanda Álvaro Alberto sobre temas como: a escolha de livros para crianças; a construção de uma literatura infantil com características e peculiaridades próprias; projetos educativos; formação do acervo e os estudos sobre as leituras de crianças e jovens. Além disso, são descritas algumas experiências daquela que é considerada a primeira biblioteca pública infantil no Brasil, o "Pavilhão Mourisco", iniciativa de Cecília Meireles, assim como os projetos de leitura voltados para crianças, adolescentes e adultos de Armanda Álvaro Alberto. Ademais, discute-se a importância das bibliotecas para o desenvolvimento sócio-educativo de crianças, jovens e adultos e a presença decisiva do bibliotecário como mediador da tríade livro-leitura-biblioteca.<hr/>It Presents an overview of the educational discourses of Cecília Meireles and Armanda Álvaro Alberto who, in the 1930s and 1940s, fought for a public, lay and quality education. The article reports the engagement of both women with issues related to Public and School Libraries and retrieves the ideas of Cecília Meireles and Armanda Álvaro Alberto on topics such as: choosing books for children; the construction of a children's literature with its own characteristics and peculiarities; educational projects; Creation of collection and studies on the readings practices of children and juveniles. Furthermore, some experiences of what is considered the first children's public library in Brazil, "Pavilhão Mourisco", an initiative of Cecília Meireles, as well as reading projects aimed at children, teenagers and adults created by Armanda Álvaro Alberto. Moreover, it is discussed the importance of libraries to the socio - educational development of children, juveniles and adults and the decisive presence of the librarian as the mediator of the Triad book-reading-library. <![CDATA[<b>Public library and its political project: between conformation and thought</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-99362014000500018&lng=es&nrm=iso&tlng=es Este ensaio discute a função da biblioteca pública, tendo como eixo as crenças que sustentam suas proposições e serviços. Entre o prioritário atendimento a demandas da comunidade e oferta de serviços tradicionais e a proposição de um projeto que tenha no horizonte a educação intelectual da população por meio da letra, a biblioteca pública busca seu lugar entre a conformação e o pensamento. Uma ou outra concepção norteará toda a ação bibliotecária, desde a seleção do acervo bibliográfico às atividades a serem desenvolvidas.<hr/>This essay discusses the role of the public library, having as the axis the beliefs that support their propositions and services. Among the priority care of community&rsquo;sdemands,the offering of traditional services and the proposition of a project that aims the intellectual education of the population through the letter, the public library seeks its place among the conformation and thought. One of the conceptualdesign will guide all librarianaction, from the selection of a bibliographic collection to activities to be developed.