Scielo RSS <![CDATA[Interface - Comunicação, Saúde, Educação]]> http://www.scielo.br/rss.php?pid=1414-328319970002&lang=es vol. 1 num. 1 lang. es <![CDATA[SciELO Logo]]> http://www.scielo.br/img/en/fbpelogp.gif http://www.scielo.br <link>http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1414-32831997000200001&lng=es&nrm=iso&tlng=es</link> <description/> </item> <item> <title><![CDATA[<b>Models of communication and health practices</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1414-32831997000200002&lng=es&nrm=iso&tlng=es <![CDATA[<b>The classroom as a space for communication: reflections on the theme</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1414-32831997000200003&lng=es&nrm=iso&tlng=es <![CDATA[<b>Notes on education: the transition toward a new paradigm</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1414-32831997000200004&lng=es&nrm=iso&tlng=es <![CDATA[<b>Subsidies to the building up of the educational practice</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1414-32831997000200005&lng=es&nrm=iso&tlng=es <![CDATA[<b>Education and the historical and dialectical materialism</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1414-32831997000200006&lng=es&nrm=iso&tlng=es <![CDATA[<b>Emancipation: reason, science and education</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1414-32831997000200007&lng=es&nrm=iso&tlng=es <![CDATA[<b>Some notes on qualitative research and phenomenology</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1414-32831997000200008&lng=es&nrm=iso&tlng=es <![CDATA[<b>When technique meets ethics</b>: <b>the exercise of judgment and decision making in the daily medical routine</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1414-32831997000200009&lng=es&nrm=iso&tlng=es A autora objetiva discutir a participação da educação médica, ao assumir a ética como sua questão, na atual crise da medicina. Caracterizando a ética e a técnica como dimensões consubstanciais da prática médica, elege o julgamento clínico e o âmbito prático da ação como esferas mais apropriadas para exame. Evidencia a inseparabilidade daquelas dimensões, ao mostrar a presença do que chama "os contrários surpreendentes" no trabalho médico, entre eles, a arte e a ciência. Caracteriza então este trabalho, como situação de "conflito de deveres", examinando sua qualificação de "ato difícil". Discute o apelo à ética, próprio desta situação, inscrevendo-a na técnica e conclui que esta inscrição ampara a intervenção, da perspectiva humana e social. A tomada da decisão em bases contrárias burocratiza a técnica, alienando o médico da responsabilização social de seu ato. Por tudo isso, adverte que a educação médica deve considerar a inclusão da problemática ética de duas perspectivas aliadas: como disciplina e como exercício prático.<hr/>The author aims at discussing the role of medical education, while ethics is part of it , in the current crisis faced by Medicine. By characterizing ethics and technique as consubstancial dimensions of the medical practice, she elects the clinical judgment and the practical aspect of the action the most appropriate spheres to be studied. She makes evident the inseparability of these dimensions by pointing out the presence of what she calls "surprising opposites" in medical practice; among them, art and science. Thus, she characterizes the present work as a situation of "conflict of obligations" and considers its qualification a "difficult task". She discusses the appeal to ethics, proper of this situation, inscribing it in technique and concludes this inscription supports the intervention of ethics, from both the human and social perspectives. The making of decisions grounded on an opposite basis makes technique bureaucratic and exempts doctors from being considered responsible for their acts by society. Therefore, the author warns that medical education should include ethics, which would be focused from 2 stand points: as a discipline and as a practice. <![CDATA[<b>The simulated judgment of the São Paulo State Regional Council of Medicine</b>: <b>the process of teaching medical ethics</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1414-32831997000200010&lng=es&nrm=iso&tlng=es O julgamento simulado reproduz a dinâmica de um julgamento em que os envolvidos são substituidos por representações da realidade, podendo tornar-se importante estratégia para o ensino da ética médica.<hr/>Simulated judgment reproduces the dynamics of a judgment where those involved are replaced by representations of reality and they may become an important strategy to be used while teaching medical ethics <![CDATA[<b>UNI: a new initiative in the training of health professionals</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1414-32831997000200011&lng=es&nrm=iso&tlng=es O projeto UNI é uma iniciativa da Fundação W. K. Kellogg que começou a ser implantada em Botucatu em 1993, pressupondo um esforço de cooperação entre a Universidade, serviços locais de saúde e organizações comunitárias. O principal objetivo do UNI é apoiar o desenvolvimento integrado de modelos inovadores de ensino, dos sistemas locais de saúde e da ação comunitária. Em Botucatu, o Projeto UNI toma forma numa parceria entre a Faculdade de Medicina de Botucatu (FMB), a Secretaria de Saúde e Meio Ambiente da Prefeitura e a União das Associações e Sociedade de Amigos de Bairro do Município, a Unasab’s. A gestão partilhada é a marca registrada do Projeto, que se encontra agora em sua segunda fase de execução e já está sendo transformado na Fundação UNI. Por meio dessa iniciativa, o UNI vem delineando uma nova maneira de integrar parceiros e desenvolver modelos. Abre, assim, caminhos para a formação de profissionais de Saúde que articulem os avanços científicos e tecnológicos à necessidade de nossa gente.<hr/>The UNI Project is an initiative of the W.K.Kellogg Foundation, which started in Botucatu in 1993 and presupposes an effort toward cooperation among the university, local health services and community organizations. The main purpose of the UNI Program is to support the integrated development of innovative models of teaching, local health services and community participation. In Botucatu, the UNI Project is a partnership which includes the Botucatu Medical School (FMB), the Municipal Health and Environment Office and the Union of Associations and Societies of Municipal Communities, the Unasabs. Shared management is the project’s trademark. The project is now going through its second phase of operation and is being transformed into the UNI Foundation. The foundation is a UNI initiative that allows the outlining of a new way to integrate partners and develop models. It favors the training of health professionals so that they adapt scientific and technological advances to our people’s needs. <![CDATA[<b>The integration of communication, health and education</b>: <b>the experience of the UNI-Botucatu</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1414-32831997000200012&lng=es&nrm=iso&tlng=es Relata-se experiência inicial de trabalho com as áreas de Comunicação e Educação em Saúde em projeto de cooperação entre universidade, serviços de saúde e organizações comunitárias para o desenvolvimento integrado de modelos inovadores de ensino, de sistemas locais de saúde e de ação comunitária. Apresenta-se proposta de operacionalização de ações de Comunicação e Educação em Saúde, com ênfase na interação serviços-comunidade. Nesta busca-se não só fortalecer as instâncias formais de participação dos usuários, mas ainda desenvolver outros espaços de comunicação e interação serviços-comunidade, procurando, assim, transformar progressivamente "pacientes" em "usuários-cidadãos".<hr/>We report the experience of working with Communication and Education in the Health area in a cooperation project including the university, health services and community organizations for the integrated development of innovative models of teaching, local health systems and community participation. We present a proposal for the operation of Communication and Education in health, emphasizing the interaction service-community. In the community, not only the strengthening of the user’s formal instances of participation are sought but also the development of other spaces for communication and interaction between the services and community. Thus, "patients" will be able to be progressively transformed into "citizen-users". <![CDATA[<b>Dialogando com a Filosofia: notas introdutórias</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1414-32831997000200013&lng=es&nrm=iso&tlng=es Relata-se experiência inicial de trabalho com as áreas de Comunicação e Educação em Saúde em projeto de cooperação entre universidade, serviços de saúde e organizações comunitárias para o desenvolvimento integrado de modelos inovadores de ensino, de sistemas locais de saúde e de ação comunitária. Apresenta-se proposta de operacionalização de ações de Comunicação e Educação em Saúde, com ênfase na interação serviços-comunidade. Nesta busca-se não só fortalecer as instâncias formais de participação dos usuários, mas ainda desenvolver outros espaços de comunicação e interação serviços-comunidade, procurando, assim, transformar progressivamente "pacientes" em "usuários-cidadãos".<hr/>We report the experience of working with Communication and Education in the Health area in a cooperation project including the university, health services and community organizations for the integrated development of innovative models of teaching, local health systems and community participation. We present a proposal for the operation of Communication and Education in health, emphasizing the interaction service-community. In the community, not only the strengthening of the user’s formal instances of participation are sought but also the development of other spaces for communication and interaction between the services and community. Thus, "patients" will be able to be progressively transformed into "citizen-users". <![CDATA[<b>Etnocentrismo</b>: <b>inconsciente, imaginário e preconceito no universo das organizações educativas</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1414-32831997000200014&lng=es&nrm=iso&tlng=es Relata-se experiência inicial de trabalho com as áreas de Comunicação e Educação em Saúde em projeto de cooperação entre universidade, serviços de saúde e organizações comunitárias para o desenvolvimento integrado de modelos inovadores de ensino, de sistemas locais de saúde e de ação comunitária. Apresenta-se proposta de operacionalização de ações de Comunicação e Educação em Saúde, com ênfase na interação serviços-comunidade. Nesta busca-se não só fortalecer as instâncias formais de participação dos usuários, mas ainda desenvolver outros espaços de comunicação e interação serviços-comunidade, procurando, assim, transformar progressivamente "pacientes" em "usuários-cidadãos".<hr/>We report the experience of working with Communication and Education in the Health area in a cooperation project including the university, health services and community organizations for the integrated development of innovative models of teaching, local health systems and community participation. We present a proposal for the operation of Communication and Education in health, emphasizing the interaction service-community. In the community, not only the strengthening of the user’s formal instances of participation are sought but also the development of other spaces for communication and interaction between the services and community. Thus, "patients" will be able to be progressively transformed into "citizen-users". <![CDATA[<b>A prática pedagógica como processo de comunicação - a relação professor-aluno como eixo</b>: <b>o ponto de vista psicológico</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1414-32831997000200015&lng=es&nrm=iso&tlng=es Relata-se experiência inicial de trabalho com as áreas de Comunicação e Educação em Saúde em projeto de cooperação entre universidade, serviços de saúde e organizações comunitárias para o desenvolvimento integrado de modelos inovadores de ensino, de sistemas locais de saúde e de ação comunitária. Apresenta-se proposta de operacionalização de ações de Comunicação e Educação em Saúde, com ênfase na interação serviços-comunidade. Nesta busca-se não só fortalecer as instâncias formais de participação dos usuários, mas ainda desenvolver outros espaços de comunicação e interação serviços-comunidade, procurando, assim, transformar progressivamente "pacientes" em "usuários-cidadãos".<hr/>We report the experience of working with Communication and Education in the Health area in a cooperation project including the university, health services and community organizations for the integrated development of innovative models of teaching, local health systems and community participation. We present a proposal for the operation of Communication and Education in health, emphasizing the interaction service-community. In the community, not only the strengthening of the user’s formal instances of participation are sought but also the development of other spaces for communication and interaction between the services and community. Thus, "patients" will be able to be progressively transformed into "citizen-users". <![CDATA[<b>Ensino médico</b>: <b>o que sabemos?</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1414-32831997000200016&lng=es&nrm=iso&tlng=es Relata-se experiência inicial de trabalho com as áreas de Comunicação e Educação em Saúde em projeto de cooperação entre universidade, serviços de saúde e organizações comunitárias para o desenvolvimento integrado de modelos inovadores de ensino, de sistemas locais de saúde e de ação comunitária. Apresenta-se proposta de operacionalização de ações de Comunicação e Educação em Saúde, com ênfase na interação serviços-comunidade. Nesta busca-se não só fortalecer as instâncias formais de participação dos usuários, mas ainda desenvolver outros espaços de comunicação e interação serviços-comunidade, procurando, assim, transformar progressivamente "pacientes" em "usuários-cidadãos".<hr/>We report the experience of working with Communication and Education in the Health area in a cooperation project including the university, health services and community organizations for the integrated development of innovative models of teaching, local health systems and community participation. We present a proposal for the operation of Communication and Education in health, emphasizing the interaction service-community. In the community, not only the strengthening of the user’s formal instances of participation are sought but also the development of other spaces for communication and interaction between the services and community. Thus, "patients" will be able to be progressively transformed into "citizen-users". <![CDATA[<b>A Lenda dos Anjos</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1414-32831997000200017&lng=es&nrm=iso&tlng=es Relata-se experiência inicial de trabalho com as áreas de Comunicação e Educação em Saúde em projeto de cooperação entre universidade, serviços de saúde e organizações comunitárias para o desenvolvimento integrado de modelos inovadores de ensino, de sistemas locais de saúde e de ação comunitária. Apresenta-se proposta de operacionalização de ações de Comunicação e Educação em Saúde, com ênfase na interação serviços-comunidade. Nesta busca-se não só fortalecer as instâncias formais de participação dos usuários, mas ainda desenvolver outros espaços de comunicação e interação serviços-comunidade, procurando, assim, transformar progressivamente "pacientes" em "usuários-cidadãos".<hr/>We report the experience of working with Communication and Education in the Health area in a cooperation project including the university, health services and community organizations for the integrated development of innovative models of teaching, local health systems and community participation. We present a proposal for the operation of Communication and Education in health, emphasizing the interaction service-community. In the community, not only the strengthening of the user’s formal instances of participation are sought but also the development of other spaces for communication and interaction between the services and community. Thus, "patients" will be able to be progressively transformed into "citizen-users". <![CDATA[<b>A aventura da universidade</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1414-32831997000200018&lng=es&nrm=iso&tlng=es Relata-se experiência inicial de trabalho com as áreas de Comunicação e Educação em Saúde em projeto de cooperação entre universidade, serviços de saúde e organizações comunitárias para o desenvolvimento integrado de modelos inovadores de ensino, de sistemas locais de saúde e de ação comunitária. Apresenta-se proposta de operacionalização de ações de Comunicação e Educação em Saúde, com ênfase na interação serviços-comunidade. Nesta busca-se não só fortalecer as instâncias formais de participação dos usuários, mas ainda desenvolver outros espaços de comunicação e interação serviços-comunidade, procurando, assim, transformar progressivamente "pacientes" em "usuários-cidadãos".<hr/>We report the experience of working with Communication and Education in the Health area in a cooperation project including the university, health services and community organizations for the integrated development of innovative models of teaching, local health systems and community participation. We present a proposal for the operation of Communication and Education in health, emphasizing the interaction service-community. In the community, not only the strengthening of the user’s formal instances of participation are sought but also the development of other spaces for communication and interaction between the services and community. Thus, "patients" will be able to be progressively transformed into "citizen-users". <![CDATA[<b>A doença e o doente</b>: <b>relatos de vivências hospitalares. Um estudo das relações entre medicina e psicologia</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1414-32831997000200019&lng=es&nrm=iso&tlng=es Relata-se experiência inicial de trabalho com as áreas de Comunicação e Educação em Saúde em projeto de cooperação entre universidade, serviços de saúde e organizações comunitárias para o desenvolvimento integrado de modelos inovadores de ensino, de sistemas locais de saúde e de ação comunitária. Apresenta-se proposta de operacionalização de ações de Comunicação e Educação em Saúde, com ênfase na interação serviços-comunidade. Nesta busca-se não só fortalecer as instâncias formais de participação dos usuários, mas ainda desenvolver outros espaços de comunicação e interação serviços-comunidade, procurando, assim, transformar progressivamente "pacientes" em "usuários-cidadãos".<hr/>We report the experience of working with Communication and Education in the Health area in a cooperation project including the university, health services and community organizations for the integrated development of innovative models of teaching, local health systems and community participation. We present a proposal for the operation of Communication and Education in health, emphasizing the interaction service-community. In the community, not only the strengthening of the user’s formal instances of participation are sought but also the development of other spaces for communication and interaction between the services and community. Thus, "patients" will be able to be progressively transformed into "citizen-users". <![CDATA[<b>Formação continuada de docentes na universidade</b>: <b>protótipo de um sistema hipermídia de educação à distância</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1414-32831997000200020&lng=es&nrm=iso&tlng=es Relata-se experiência inicial de trabalho com as áreas de Comunicação e Educação em Saúde em projeto de cooperação entre universidade, serviços de saúde e organizações comunitárias para o desenvolvimento integrado de modelos inovadores de ensino, de sistemas locais de saúde e de ação comunitária. Apresenta-se proposta de operacionalização de ações de Comunicação e Educação em Saúde, com ênfase na interação serviços-comunidade. Nesta busca-se não só fortalecer as instâncias formais de participação dos usuários, mas ainda desenvolver outros espaços de comunicação e interação serviços-comunidade, procurando, assim, transformar progressivamente "pacientes" em "usuários-cidadãos".<hr/>We report the experience of working with Communication and Education in the Health area in a cooperation project including the university, health services and community organizations for the integrated development of innovative models of teaching, local health systems and community participation. We present a proposal for the operation of Communication and Education in health, emphasizing the interaction service-community. In the community, not only the strengthening of the user’s formal instances of participation are sought but also the development of other spaces for communication and interaction between the services and community. Thus, "patients" will be able to be progressively transformed into "citizen-users". <![CDATA[<b>Jornalismo, saúde e cidadania</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1414-32831997000200021&lng=es&nrm=iso&tlng=es Relata-se experiência inicial de trabalho com as áreas de Comunicação e Educação em Saúde em projeto de cooperação entre universidade, serviços de saúde e organizações comunitárias para o desenvolvimento integrado de modelos inovadores de ensino, de sistemas locais de saúde e de ação comunitária. Apresenta-se proposta de operacionalização de ações de Comunicação e Educação em Saúde, com ênfase na interação serviços-comunidade. Nesta busca-se não só fortalecer as instâncias formais de participação dos usuários, mas ainda desenvolver outros espaços de comunicação e interação serviços-comunidade, procurando, assim, transformar progressivamente "pacientes" em "usuários-cidadãos".<hr/>We report the experience of working with Communication and Education in the Health area in a cooperation project including the university, health services and community organizations for the integrated development of innovative models of teaching, local health systems and community participation. We present a proposal for the operation of Communication and Education in health, emphasizing the interaction service-community. In the community, not only the strengthening of the user’s formal instances of participation are sought but also the development of other spaces for communication and interaction between the services and community. Thus, "patients" will be able to be progressively transformed into "citizen-users". <![CDATA[<b>Fragmentos de uma reflexão sobre ensino na universidade</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1414-32831997000200022&lng=es&nrm=iso&tlng=es Relata-se experiência inicial de trabalho com as áreas de Comunicação e Educação em Saúde em projeto de cooperação entre universidade, serviços de saúde e organizações comunitárias para o desenvolvimento integrado de modelos inovadores de ensino, de sistemas locais de saúde e de ação comunitária. Apresenta-se proposta de operacionalização de ações de Comunicação e Educação em Saúde, com ênfase na interação serviços-comunidade. Nesta busca-se não só fortalecer as instâncias formais de participação dos usuários, mas ainda desenvolver outros espaços de comunicação e interação serviços-comunidade, procurando, assim, transformar progressivamente "pacientes" em "usuários-cidadãos".<hr/>We report the experience of working with Communication and Education in the Health area in a cooperation project including the university, health services and community organizations for the integrated development of innovative models of teaching, local health systems and community participation. We present a proposal for the operation of Communication and Education in health, emphasizing the interaction service-community. In the community, not only the strengthening of the user’s formal instances of participation are sought but also the development of other spaces for communication and interaction between the services and community. Thus, "patients" will be able to be progressively transformed into "citizen-users". <![CDATA[<b>Clonagem</b>: <b>antes e depois da "Dolly"</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1414-32831997000200023&lng=es&nrm=iso&tlng=es Relata-se experiência inicial de trabalho com as áreas de Comunicação e Educação em Saúde em projeto de cooperação entre universidade, serviços de saúde e organizações comunitárias para o desenvolvimento integrado de modelos inovadores de ensino, de sistemas locais de saúde e de ação comunitária. Apresenta-se proposta de operacionalização de ações de Comunicação e Educação em Saúde, com ênfase na interação serviços-comunidade. Nesta busca-se não só fortalecer as instâncias formais de participação dos usuários, mas ainda desenvolver outros espaços de comunicação e interação serviços-comunidade, procurando, assim, transformar progressivamente "pacientes" em "usuários-cidadãos".<hr/>We report the experience of working with Communication and Education in the Health area in a cooperation project including the university, health services and community organizations for the integrated development of innovative models of teaching, local health systems and community participation. We present a proposal for the operation of Communication and Education in health, emphasizing the interaction service-community. In the community, not only the strengthening of the user’s formal instances of participation are sought but also the development of other spaces for communication and interaction between the services and community. Thus, "patients" will be able to be progressively transformed into "citizen-users". <![CDATA[<b>A crise da ciência</b>: <b>o rei (não) está nu</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1414-32831997000200024&lng=es&nrm=iso&tlng=es Relata-se experiência inicial de trabalho com as áreas de Comunicação e Educação em Saúde em projeto de cooperação entre universidade, serviços de saúde e organizações comunitárias para o desenvolvimento integrado de modelos inovadores de ensino, de sistemas locais de saúde e de ação comunitária. Apresenta-se proposta de operacionalização de ações de Comunicação e Educação em Saúde, com ênfase na interação serviços-comunidade. Nesta busca-se não só fortalecer as instâncias formais de participação dos usuários, mas ainda desenvolver outros espaços de comunicação e interação serviços-comunidade, procurando, assim, transformar progressivamente "pacientes" em "usuários-cidadãos".<hr/>We report the experience of working with Communication and Education in the Health area in a cooperation project including the university, health services and community organizations for the integrated development of innovative models of teaching, local health systems and community participation. We present a proposal for the operation of Communication and Education in health, emphasizing the interaction service-community. In the community, not only the strengthening of the user’s formal instances of participation are sought but also the development of other spaces for communication and interaction between the services and community. Thus, "patients" will be able to be progressively transformed into "citizen-users".