Scielo RSS <![CDATA[Avaliação: Revista da Avaliação da Educação Superior (Campinas)]]> http://www.scielo.br/rss.php?pid=1414-407720180001&lang=en vol. 23 num. 1 lang. en <![CDATA[SciELO Logo]]> http://www.scielo.br/img/en/fbpelogp.gif http://www.scielo.br <![CDATA[Assessment: institutional and political dilemmas and conflicts]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1414-40772018000100001&lng=en&nrm=iso&tlng=en <![CDATA[Global higher education evaluation: on accreditation, rankings and learning outcomes]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1414-40772018000100005&lng=en&nrm=iso&tlng=en Resumo: Desde as décadas finais do século XX, a globalização tem impactado as políticas educacionais, criando uma agenda globalmente estruturada para a educação (DALE, 2010). Nos sistemas educativos nacionais surgiu preocupação pela avaliação e, no caso da educação superior, políticas relativas à aferição da sua qualidade começaram em torno dos anos de 1980, sendo essa a primeira fase do Estado Avaliador (AFONSO, 2013; NEAVE, 2012). Nesse marco, o texto analisa as tendências atuais de avaliação da educação superior em nível global desde fins do século XX até o presente, através de três políticas: a acreditação/avaliação da educação superior; os rankings internacionais de universidades e a avaliação de resultados de aprendizagem. Pretende-se analisar essas três políticas e verificar se elas estão conduzindo a educação superior à fase pós-Estado Avaliador (AFONSO, 2013), em que cada vez os Estados Nacionais terão menos autonomia perante outras instituições que compõem a governança global da educação superior (DALE, 2010).<hr/> Abstract: Since the last decades of the twentieth century, globalization has impacted the educational policies, creating a globally structured agenda for education (DALE, 2010). Around the 1980’s, the concern about evaluation appeared in national education systems. At the same time, in the case of higher education, policies of quality assurance started to be created. Those policies are considered as the first phase of the Evaluative State (AFONSO, 2013; NEAVE, 2012). In this framework, the paper analyses the current trends in evaluation of higher education on a global level, since the late twentieth century to the present, by means of three policies: the accreditation/evaluation of higher education; the international rankings of universities, and the assessment of student learning outcomes. I intend to verify whether those three policies are leading higher education to the post Evaluative State-phase (AFONSO, 2013), in which nation-states would have less autonomy than other institutions that make up the global governance of higher education (DALE, 2010). <![CDATA[Aesthetics and engineering: beyond technological rationality]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1414-40772018000100023&lng=en&nrm=iso&tlng=en Resumo: O objetivo deste artigo é apreender a racionalidade tecnológica no contexto da Universidade Tecnológica Federal do Paraná. Única no país com esta denominação, ela tem a maioria dos seus cursos voltados para a formação de engenheiros no Brasil. No âmbito dessa formação, incluímos o estudo da estética, como discussão alternativa, por entendê-la significativa na formação social do sujeito enquanto dimensão emancipatória gerada no movimento de criação e de inovação tecnológica e que hoje é deixada em segundo plano nesse contexto. Este artigo constituiu-se a partir da revisão das ideias de Marcuse, Adorno, Habermas e Horkheimer, Rancière, os quais abordam a presente temática sob a perspetiva da autonomia do sujeito em oposição às interpretações normativas e tecnocráticas da sociedade.<hr/>Abstract: The purpose of this article is to understand the technological rationality within the context of the Federal Technological University of Paraná. Unique in the country under that name, the majority of its courses aim at training engineers in Brazil. Along with this training we include the study of the aesthetics, as an alternative argument, by assuming its significance in the social training of the subject as an emancipatory dimension generated by the movement of creation and technological innovation and which today is left in the background within this context. This article results from the review of Marcuse, Adorno, Horkheimer, Habermas and Rancière’s ideas, which address the referred themes according to the perspective of the individual´s autonomy as opposed to the normative and technocratic interpretations of society. <![CDATA[The right for education and high public education expansion policies in Mozambique: stagnation, privatization and exclusion (1986-2008)]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1414-40772018000100037&lng=en&nrm=iso&tlng=en Resumo: O presente texto é parte de uma pesquisa centrada na compreensão dos desdobramentos do processo da reforma do Estado moçambicano, iniciado em 1984, no campo das políticas de expansão do acesso ao ensino superior público. Nosso objectivo aqui é tão somente o de examinar o que consideramos serem as principais tendências das políticas de expansão do ensino superior público no país num horizonte temporal de 20 anos (1986-2006). A tese que defendemos é a de que, no referido período, podem ser identificadas três tendências das políticas de expansão do acesso ao ensino superior público no país: a estagnação da expansão (1986-2006); a expansão privatista, com a institucionalização dos chamos cursos de Graduação Pós-Laborais (2000-2007) e a expansão excludente (2005-2008), considerando os cursos oferecidos pelas novas instituições de ensino superior público criadas entre 2005 e 2008. Essas três tendências, em nosso entender, estão na direcção oposta ao direito humano à educação superior tal como é referenciado na documentação internacional produzida pela Organização das Nações Unidas (ONU).<hr/>Abstract: The present text is a part of an inquiry centered on the comprehension of the unfolding of the Mozambique state reform process, started in 1984, in the subject of expansive policies for the access to the high public education. Here, our aim is to examine what we consider to be the main tendencies of the expansive policies of the high public education in the country, in a temporal horizon of 20 years (1986-2006). The thesis we sustain is that, in the referred period, can be identified three tendencies of the expansive policies for the access to the high public teaching/education in the country: the expansion stagnation (1986-2006); the private expansion, with the establishment of the called courses of Post-Labor Graduation (2000-2007) and the excluding expansion (2005-2008), considering the courses offered by the new institutions of the high public education created between 2005-2008. From our understanding, these three tendencies are in the opposite direction to the human right for the high public education as it´s referred in the international documentation produced by the United Nations. <![CDATA[Integration of evaluative processes in a brazilian university]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1414-40772018000100058&lng=en&nrm=iso&tlng=en Resumo: A partir da concepção inicial de que o Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior - Sinaes deslocou-se para um processo marcadamente regulatório, este artigo traz um breve retrospecto das mudanças ocorridas desde a sua instituição em 2004. Ademais, considerando que a avaliação tem recebido cada vez mais destaque no contexto da busca por propostas e soluções, é apresentado um modelo, elaborado após a realização de uma meta-avaliação em uma universidade pública, que pretende integrar os processos avaliativos internos e externos, o que propicia múltiplas análises capazes de subsidiar a gestão da universidade.<hr/> Abstract: From the early conception that Sinaes (Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior - National Higher Education Evaluation System) shifted to a distinctly regulatory process, this paper brings a brief review of changes since its establishment in 2004. Moreover, by considering that evaluation has been increasingly featured in the context of the search for proposals and solutions, it is presented a model designed after carrying out a meta-evaluation in one public university that aims to integrate the internal and external evaluation processes, which provides multiple analyzes able to support the management of the university. <![CDATA[Profile of Brazilian World Class and potential World Class universities]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1414-40772018000100075&lng=en&nrm=iso&tlng=en Resumo: O texto tem por objetivo analisar o perfil das universidades brasileiras que estão na condição de Universidade de Classe Mundial (UCM) e as com potencial para atingir essa condição. O estudo é documental com características exploratórias. O corpus documental é composto pelos rankings Academic Ranking of World Universities (ARWU), Times Highter Education Ranking (THE) e Quacquarelli Symonds World University Ranking (QS), divulgados no período de 2011-2015; pelos dados fornecidos pela rede mundial de computadores nos anuários da UERJ, UNICAMP, USP e UNESP; no orçamento de São Paulo 2014, nos dados da CAPES (2015), no INEP e nos sítios das universidades. Constata-se três universidades consolidadas na condição de UCM (USP, Unicamp e UFRJ) e três em consolidação (UNESP, UFRGS e UFMG). A UNESP, a UFRGS e a UFRJ têm tendência ascendente nos rankings; a USP, a Unicamp e a UFMG têm tendência descendente. Constata-se potencial para atingir a condição de UCM em 11 universidades: PUC-RJ, PUC-RS, UERJ, UFBA, UFPR, UFSC, UFSCar, UTV, UnB, PUC-SP e a Unifesp. As UCM brasileiras são públicas, com média de idade de 72 anos e com percentual de 76,49 de alunos na graduação e 23,51% na pós-graduação. O estado de São Paulo apresenta o maior percentual de alunos de pós-graduação e um nível mais elevado de investimento (custo anual por aluno). Conclui-se que as universidades que pertencem à Classe Mundial apresentam em comum publicações em periódicos indexados em base de dados como a SCIE, a SSCI, a Thomson Reuters e o Scopus.<hr/>Abstract: The text aims to analyze the profile of Brazilian universities that are in the World Class University condition (UCM) and the potential to achieve this condition. The study is document-based with exploratory features. The documental corpus consists of the Academic Ranking of World Universities (ARWU), the Times Highter Education Rankings (THE) and the Quacquarelli Symonds World University Ranking (QS), disclosed in the 2011-2015 period; the data provided by the World Wide Web in the yearbooks of UERJ, Unicamp, USP and UNESP; the budget of São Paulo in 2014, data from CAPES (2015), INEP and the websites of the universities. We note that there are three consolidated universities provided UCM (USP, Unicamp and UFRJ) and three in consolidation (UNESP, UFRGS and UFMG). UNESP, UFRGS and the UFRJ have upward trend in the rankings; USP, Unicamp and UFMG have downward trend. It finds potential to reach the UCM condition in 11 universities: PUC-RJ, PUC-RS, UERJ, UFBA, UFPR, UFSC, UFSCar, UTV, UNB, PUC-SP and Unifesp. Brazilian UCM are public, with a mean age of 72 years and with a percentage of 76.49 students in undergraduate and 23.51% in graduate school. The state of São Paulo has the highest percentage of graduate students and a higher level of investment (annual cost per student). The study found that universities that belong to the World Class have in common publications in journals indexed in databases like SCIE, the SSCI, Thomson Reuters and Scopus. <![CDATA[Monitoring graduates: aids for the evaluation of Higher Education Institutions]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1414-40772018000100104&lng=en&nrm=iso&tlng=en Resumo: Este artigo apresenta um estudo sobre as possibilidades da avaliação institucional no ensino superior através do acompanhamento de alunos egressos. Para tanto, além de uma revisão de demandas contextuais, regulamentar e teórica, o artigo apresenta uma pesquisa empírica realizada junto ao Centro Universitário Católica de Quixadá. A pesquisa utilizou de método quantitativo e amostral para a coleta de dados junto a 1.074 alunos egressos de dez cursos de graduação. A pesquisa investigou quatro categorias de análise: perfil sócio econômico, efetividade profissional, avaliação do curso e relação com a instituição. Tais categorias resultam em diferentes tipos de indicadores: de contexto, de recursos, de produtos e de processos, cujas análises proporcionarão elementos para subsidiar o aprimoramento da avaliação, do planejamento e da qualidade educacional da instituição.<hr/> Abstract: This article presents a study on the possibilities of institutional assessment in higher education through monitoring of alumni. Therefore, in addition to a review of contextual demands, regulatory and theoretical, the article presents an empirical research conducted at the Centro Universitário Católica de Quixadá. The research used quantitative and sampling method for collecting data from the 1,074 students coming from ten undergraduate courses. The research investigated four categories of analysis: socioeconomic profile, professional effectiveness, evaluation of the course and relationship with the institution. Such categories result in different types of indicators of context, resources, products and processes, whose analyzes provide elements to support the improvement of evaluation, planning and educational institution's quality. <![CDATA[Growth of scientific activity in Brazilian federal universities: analysis by thematic areas]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1414-40772018000100126&lng=en&nrm=iso&tlng=en Resumo: Brasil tem experimentado um crescimento científico bastante notável e o desenvolvimento do sistema público de ensino superior, sustentado principalmente pelos Programas de Pós-Graduação, desempenha um papel central. Diversas políticas públicas para promover o crescimento, a qualidade e a internacionalização das universidades tiveram um impacto evidente no sistema científico. Propõe-se descrever e analisar de que maneira tais políticas afetaram o crescimento em diferentes áreas temáticas. Considera-se como indicadores de insumos o número de alunos matriculados e professores doutores vinculados a Programas de Pós-Graduação, extraídos do sistema GeoCapes e como saída, as publicações científicas do Brasil indexadas na base de dados internacional Web of Science. Examinou-se o período 2004-2012, com foco do estudo centrando-se no caso das universidades federais brasileiras. Através de indicadores bibliométricos e estatísticos observou-se que os novos critérios de avaliação de professores e universidades têm modificado o perfil da atividade tradicional de disciplinas científicas, o que resulta particularmente evidente em áreas como Ciências Humanas e Sociais.<hr/>Abstract: Brazil has experienced rather remarkable scientific growth and development of the public higher education system, mainly supported by the Graduate Programs, play a central role. Several public policies to promote growth, quality and internationalization of universities had have a certain impact in the scientific system. It is proposed to describe and analyze such political way to affect the growth in different thematic areas. It is considered as indicators of inputs the number of students and professors doctors bound by Graduate Programs, extracted from the GeoCapes system, and as output, scientific publications in Brazil indexed in the international database Web of Science. It was examined the period 2004-2012, with study focus focusing on the case of Brazilian federal universities. Through bibliometric and statistical indicators it was observed that the new criteria for evaluating teachers and universities have modified the profile of the traditional activity of scientific disciplines, which results particularly evident in areas such as Social Sciences and Humanities. <![CDATA[Education Indicators in Higher Education Brazilian: possible interactions between performance and characteristics of the students]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1414-40772018000100157&lng=en&nrm=iso&tlng=en Resumo: A discussão sobre aproveitamento escolar e sua relação com a origem social é investigada pela sociologia da educação desde a segunda metade do século XX. No Brasil, em específico, vem se produzindo um grande volume de pesquisas sobre essa temática no nível da educação básica, a partir de análises que discutem desempenho alcançado, verificado por meio de resultados de avaliações educacionais de larga escala, e características socioeconômicas dos alunos. No entanto, sob essa perspectiva, pouco tem se pesquisado no ensino superior. Nesta linha, este artigo analisa a relação entre o aproveitamento acadêmico de alunos de graduação brasileiros e seu contexto socioeconômico. Foi feito estudo empírico baseado nos dados do Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (ENADE), obtendo-se evidências sobre as características que influenciam no desempenho dos alunos, tais como etnia, renda e tipo de instituição de ensino. Vale destacar o efeito compensador que parece existir entre a elevada escolaridade dos pais e a baixa renda familiar.<hr/> Abstract: The relationship between social group position and educational performance has been debated by sociologists since the second half of the twentieth century. In Brazil, in particular , a large volume of research on this subject focused on the basic education level has been produced, from analyses about performance achieved, verified by results of large-scale educational assessments, and socioeconomic characteristics of the students. However, from this perspective, little has been studied in higher education. In this paper, the objective is to analyze such relationship among undergraduate Brazilian students. Through statistical analyses, based on the “Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (ENADE)”, we have obtained consistent evidences about the correspondence between the social characteristics of students, such as race and family income, and their performance in the college. <![CDATA[External evaluation, self-evaluation and PDI]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1414-40772018000100178&lng=en&nrm=iso&tlng=en Resumo: Este artigo tem como objetivos discutir o significado da institucionalização do instrumento de avaliação institucional externa do Sinaes e analisar, na perspectiva do instrumento em vigor, os efeitos produzidos para avaliação pelos indicadores de qualidade criados em 2008. No primeiro caso, discute a importância atribuída nesse instrumento ao Plano de Desenvolvimento Institucional e à autoavaliação. No segundo caso, compara o Conceito Institucional, referência de qualidade da avaliação institucional, e o Índice Geral de Cursos, referência de qualidade extraída a partir do Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes, como medidas para avaliar a implementação daquele plano. A comparação se baseia em resultados das avaliações de 116 instituições de educação superior, cujos cursos obtiveram CPC satisfatório nos três ciclos avaliativos do Sinaes, mostrando semelhanças e diferenças encontradas nesses resultados. As conclusões indicam que a divulgação desarticulada do IGC e do conceito institucional, é expressão da reduzida relevância atribuída ao PDI no processo avaliativo e na gestão das instituições, sugerindo que o aprimoramento do Sinaes demanda imprimir tratamento mais orgânico aos três componentes deste sistema, e mudanças na forma de divulgação.<hr/>Abstract: This article has the purpose to discuss the meaning of the Sinaes external institutional evaluation instrument, and to analyze, from the view of the actual tool, the evaluation’s effects produced by the quality indicators created in 2008. First, it discusses the relevance assigned on that instrument to Institutional Development Plan and to self-evaluation. Second, it compares the Institutional Concept, institutional quality, and the General Courses Indicator, a reference of quality extracted from the National Survey of Student Performance, as procedures for evaluate that plan. The comparison is based on the evaluation’s results of 116 higher education institutions, whose courses obtained satisfactory CPC in three Sinaes’ evaluations cycles, showing its similitudes and differences. The conclusions indicated that the disconnected publicizing of IGC and of the institutional concept expresses the little relevance attributed to IDP in the evaluative process and even in the institutions management. It suggests that Sinaes improvement demands a more organic treatment of the system’s components, and introducing of changes in its publicizing way. <![CDATA[The PRÓ-SAÚDE and its dilemma in the private university]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1414-40772018000100198&lng=en&nrm=iso&tlng=en Resumo: A necessidade de readequação da formação de profissionais de saúde tem exigido aproximações entre universidade, serviços de saúde e demandas da população. Nessa direção, o Programa de Reorientação da Formação dos Profissionais de Saúde (Pró-Saúde) busca incentivar a efetivação das diretrizes curriculares para os cursos de graduação em saúde através de uma articulação entre escola e serviços. Este estudo investigou o desenvolvimento desse programa no contexto universitário. Foram coletados dados sobre a experiência de um programa do Pró-Saúde numa universidade privada (2008-2011) por meio de entrevistas, observação participante e análise de documentos institucionais, enfocando a percepção de docentes sobre a gestão e condições de participação e implantação do projeto. Análise de conteúdo revelou as tensões conhecidas na formação em saúde, porém, foram intensificadas pelo programa ao estreitar relações entre universidade, mercado e identidade profissional. Evidenciou-se que os editais do Pró-Saúde induzem a mudança na formação de profissionais de saúde e que o programa sofre restrições devido às modalidades dos contratos de trabalho dos docentes em universidades privadas. O estudo aponta também a necessidade de estabelecer monitoramentos e investimentos contínuos, de ampliar a difusão de informações e o compartilhamento dos projetos entre seus municípios e universidades, bem como a adoção de uma metodologia de gestão de mudança para acompanhar os processos, e assim rever estratégias diante dos caminhos da reorientação da formação em saúde.<hr/>Abstract: The need for readjustment of health professional training has required approaches between universities, health services and demands of the population. In this direction, the Program for Reorientation of Health Professional Training (Pro-Health) seeks to encourage the accomplishment of the health curriculum guidelines in undergraduate courses through an articulation between school and health services. This study investigated the development of this program within a university context. Data on the Pro-Health experience of a private university (2008-2011) were collected through interviews, participant observation, and analysis of institutional documents, focussing on the teacher's perception of the management, the conditions of participation and the implementation process of the project. Content analysis showed the usual tensions within health education, which, however, were intensified as the program strengthened the relationships between university, market and professional identity. It also evidenced how the Pro-Health policies induce changes in health education and how the program was restricted trough the terms of the labor contract of the professors of private universities. The study also highlights the need to monitor the projects and to make continuous investments, to expand the dissemination of information and to share projects between municipalities and universities, as well the adoption of a change management methodology to monitor the development processes of the projects and, in this manner, making possible the revision of strategies of reorientation of health training. <![CDATA[Institutional assessment in a brazilian multi-campus public university: processes and challenges in management qualification]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1414-40772018000100217&lng=en&nrm=iso&tlng=en Resumo: O artigo objetiva refletir sobre os processos que compõem a avaliação institucional de uma universidade multicâmpus e suas contribuições na melhoria da gestão. A pesquisa, de natureza qualitativa, tem sua abordagem centrada em um estudo de caso com foco em uma IES pública situada no Estado do Paraná/Brasil. O estudo parte das ações adotadas pela instituição no atendimento da legislação bem como de suas políticas internas de avaliação e os desdobramentos na gestão. As reflexões se pautam em uma análise documental com base na legislação nacional e nos documentos da universidade como o Relatório de Gestão e o Relatório de Autoavaliação Institucional, dentre outros, sendo essas associadas a uma pesquisa participante. As práticas avaliativas instituídas nos treze câmpus da IES permitem as seguintes conclusões: a) mudanças e inovações fazem parte da sociedade e a universidade atua como indutora dessas inovações, por meio do ensino, da pesquisa, da extensão e da gestão; b) vencer o desafio de crescer quantitativamente e qualitativamente passa pela definição de indicadores e de processos avaliativos consistentes; c) os progressos em torno da avaliação institucional possibilitam a melhoria da gestão universitária. Uma IES tecnológica com estrutura multicâmpus enfrenta desafios constantes que exigem decisões coletivas, planejamento e reorganização para que os objetivos da avaliação institucional sejam alcançados, em sintonia entre o macro contexto da universidade e as questões locais/regionais.<hr/>Abstract: The article aims to reflect on the processes that make up the institutional assessment of a multi-campus university and its contributions in improving the management. The qualitative research has its approach centered on a case study focused on a public IES in the State of Paraná / Brazil. The study starts in the actions taken by the institution in compliance with legislation and internal assessment policies and developments in management. The reflections are guided on a documentary analysis based on the national legislation and university documents, such as the Management Report and the Institutional Self-Assessment Report, among others, being associated with a participant research. Assessment practices instituted in thirteen campus of IES allow the following conclusions: a) changes and innovations are part of society and the university acts as an inducer of these innovations, through teaching, research, extension and management; b) overcome the challenge of growing quantitatively and qualitatively goes through the definition of indicators and consistent assessment processes; c) progress around the institutional assessment allow improvement of university management. A technological IES with multi-campus structure faces constant challenges that require collective decisions, planning and reorganization so that the institutional assessment objectives are achieved aligned between the university's macro context and local / regional issues. <![CDATA[MERCOSUR Degree Accreditation System (ARCU-SUR) at the Faculty of Agronomy of the University of the Republic - Uruguay]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1414-40772018000100244&lng=en&nrm=iso&tlng=en Resumen: La participación en el ARCU-SUR, plantea en las carreras el debate sobre la calidad y su aseguramiento, así como la respuesta institucional a la misma. Irrumpen en la agenda temas derivados como el reconocimiento de títulos, la nueva institucionalidad, la relación público - privado y universidad - estado. Este artículo realizará una revisión sobre los fundamentos, resultados e impactos producidos en la Facultad de Agronomía de la Universidad de la República, Uruguay, por el Mecanismo Experimental de Acreditación de Carreras de Grado del MERCOSUR (MEXA) y el Sistema de Acreditación ARCU-SUR, centrándose en los efectos derivados, pero explora retrospectivamente la evolución institucional en las políticas de evaluación .<hr/>Resumo A participação no ARCU-SUR coloca nos cursos superiores o debate sobre a qualidade e garantia, bem como a resposta institucional a ela. Entram as questões suscitadas quanto ao reconhecimento dos diplomas, as novas instituições, a agenda de relação público - privada e universidade - estado. Este artigo fará uma revisão dos fundamentos, resultados e impactos na Faculdade de Agronomia da Universidade da República, Uruguai, pelo Mecanismo Experimental de Acreditação de Cursos de Graduação do MERCOSUL (MEXA) e o Sistema de Acreditação ARCU-SUR e concentrando-se nos efeitos colaterais, mas em retrospecto explora a evolução institucional nas políticas de avaliação.<hr/>Abstract: Participation in the ARCU-SUR poses in racing the debate on the quality and assurance as well as the institutional response to it. Burst into the issues arising as the recognition of diplomas, the new institutions, the public-private and university-state relations. This article presents a review of the fundaments, results and impacts at the Faculty of Agronomy of the University of the Republic, Uruguay, by the Experimental Mechanism of Accreditation of Degree of MERCOSUR (MEXA) Accreditation System ARCU -SUR and focusing on spillover effects, but in retrospect explores the institutional evolution in policy evaluation. <![CDATA[Multiplying effects of research collaboration networks. An international study]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1414-40772018000100263&lng=en&nrm=iso&tlng=en Resumo: Em todas as áreas de conhecimento os produtos de pesquisa estão a ser notados nas publicações de pesquisadores que trabalham em redes de pesquisa. Os efeitos multiplicadores das redes são vistos como uma das benesses do trabalho colaborativo, pois que ampliam os créditos de avaliação individual. Contudo, há outros elementos nas estruturas do trabalho intelectual originado nas redes que têm tanta relevância quanto o fator produtividade multiplicada. Neste artigo mostramos alguns destes elementos ou fatores multiplicadores do trabalho operado nas redes de pesquisa e identificados nos seus ecossistemas biográficos e cognitivos. Enfocamos estudos de caso de redes de pesquisa e colaboração de quatro países, Colômbia, Portugal, Uruguai e Brasil. Dentre os efeitos multiplicadores, destacamos os elementos que ligam uma rede; como e por que os pesquisadores trabalham em colaboração; os tipos de colaboração; ciclos de vida das redes; as formas de articulação; as inter-relações e o foco nas audiências para produção de conhecimento.<hr/>Abstract: In all areas of knowledge, research products are being noticed in the publications of researchers working on research networks. The multiplying effects of networks are seen as one of the benefits of collaborative work, since they increase individual assessment credits. However, there are other elements in the intellectual work structures originated in networks that have as much relevance as the multiplied productivity factor. In this article we show some of these elements or multiplier factors of the work carried out in the research networks and identified in their biographical and cognitive ecosystems. We focus on case studies of research and collaboration networks from four countries, Colombia, Portugal, Uruguay and Brazil. Among the multiplier effects, we highlight the elements that connect a network; how and why researchers work collaboratively; types of collaboration; network life cycles; the forms of articulation; the interrelationships, and the focus on the audience for knowledge production. <![CDATA[ERRATA]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1414-40772018000100287&lng=en&nrm=iso&tlng=en Resumo: Em todas as áreas de conhecimento os produtos de pesquisa estão a ser notados nas publicações de pesquisadores que trabalham em redes de pesquisa. Os efeitos multiplicadores das redes são vistos como uma das benesses do trabalho colaborativo, pois que ampliam os créditos de avaliação individual. Contudo, há outros elementos nas estruturas do trabalho intelectual originado nas redes que têm tanta relevância quanto o fator produtividade multiplicada. Neste artigo mostramos alguns destes elementos ou fatores multiplicadores do trabalho operado nas redes de pesquisa e identificados nos seus ecossistemas biográficos e cognitivos. Enfocamos estudos de caso de redes de pesquisa e colaboração de quatro países, Colômbia, Portugal, Uruguai e Brasil. Dentre os efeitos multiplicadores, destacamos os elementos que ligam uma rede; como e por que os pesquisadores trabalham em colaboração; os tipos de colaboração; ciclos de vida das redes; as formas de articulação; as inter-relações e o foco nas audiências para produção de conhecimento.<hr/>Abstract: In all areas of knowledge, research products are being noticed in the publications of researchers working on research networks. The multiplying effects of networks are seen as one of the benefits of collaborative work, since they increase individual assessment credits. However, there are other elements in the intellectual work structures originated in networks that have as much relevance as the multiplied productivity factor. In this article we show some of these elements or multiplier factors of the work carried out in the research networks and identified in their biographical and cognitive ecosystems. We focus on case studies of research and collaboration networks from four countries, Colombia, Portugal, Uruguay and Brazil. Among the multiplier effects, we highlight the elements that connect a network; how and why researchers work collaboratively; types of collaboration; network life cycles; the forms of articulation; the interrelationships, and the focus on the audience for knowledge production.