Scielo RSS <![CDATA[Avaliação: Revista da Avaliação da Educação Superior (Campinas)]]> http://www.scielo.br/rss.php?pid=1414-407720120002&lang=en vol. 17 num. 2 lang. en <![CDATA[SciELO Logo]]> http://www.scielo.br/img/en/fbpelogp.gif http://www.scielo.br <![CDATA[<b>Editorial</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1414-40772012000200001&lng=en&nrm=iso&tlng=en <![CDATA[<b>The current higher education evaluation public policy and the impact on the teaching profession</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1414-40772012000200002&lng=en&nrm=iso&tlng=en Neste artigo discorre-se, sucintamente, sobre a crise do capital e a implementação das políticas neoliberais cuja intencionalidade foi a de conter a crise de rentabilidade. Tendo essas questões como pano de fundo, situam-se as políticas de avaliação da educação superior formuladas no governo FHC e atualiza o debate sobre a avaliação na gestão do presidente Lula. Destaca os aspectos gerais da Lei n.10.861/2004 que criou o atual Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (SINAES) e reflete sobre qual a tendência dessa política, a partir da edição, pelo governo, em 2008, dos índices, Conceito Preliminar de Curso (CPC) e Índice Geral dos Cursos (IGC). Estes índices podem provavelmente alterar a lógica formativa do SINAES, gerando nas IES uma certa "descrença" com a proposta inicial do SINAES. Na parte final, expõem, com base em uma pesquisa empírica realizada em duas IES, quais são os aspectos da docência universitária que estão sendo modificados e/ou ressignificados para atender às demandas do Estado Avaliador em conformidade com o modo de produção e a atual política de avaliação. Os resultados mostraram que alguns aspectos relativos à docência estão sendo alterados após o resultado da autoavaliação institucional, por exemplo, na IES privada, os aspectos relativos ao relacionamento professor X aluno, e, na IES pública, o da condução da aula.<hr/>This article briefly discusses the crisis of capital and the implementation of neoliberal policies whose intent was to contain the crisis of profitability. Taking these issues as background, we discuss the higher education evaluation policy developed during Cardoso´s presidency, updating the debate on evaluation which occurred during the administration of President Lula. It highlights the general aspects of Law n.10.861/2004 that created the current System of National Higher Education Evaluation (SINAES) and reflects on the tendency of this policy, considering the creation by the government in 2008, of the Preliminary Program Grade, known as CPC, and the General Program Index, known as IGC. These indices are likely to change the formative logic of SINAES, generating in higher education institutions a "disbelief" with regard to the original proposal of SINAES. In the final part, the article presents, based on empirical research carried out in two HEIs, aspects of university teaching that are being modified and / or re-signified to meet the demands of the Evaluative State in accordance with the mode of production and the current evaluation policy. The results showed that some aspects of teaching are being changed after the results of institutional self-evaluation, namely, in private HEIs, the aspects relating to student- teacher relations, and, in public HEIs, the way of teaching a class. <![CDATA[<b>Institutional evaluation at the Agostinho Neto University (Angola) and state regulation</b>: <b>perspectives, practices and challenges</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1414-40772012000200003&lng=en&nrm=iso&tlng=en A avaliação institucional nas universidades tem vindo a assumir-se em Angola como uma dimensão importante da administração e gestão universitária, enquanto mecanismo de prestação de contas e factor de regulação e desenvolvimento organizacional. Assim, os órgãos de gestão das universidades, confrontados com as exigências de qualidade e de credibilização social, sujeitam-se à avaliação institucional visando a monitorização do seu desenvolvimento e a melhoria da qualidade educativa. Com este texto pretende-se analisar e compreender a relevância, a pertinência e o lugar da avaliação institucional na Universidade Agostinho Neto, partindo da análise das justificações (argumentos, representações) de vários gestores universitários, bem como das lógicas subjacentes à política de avaliação institucional, adoptando para o efeito três perspectivas distintas de análise organizacional.<hr/>Institutional evaluation in universities has been assumed in Angola as an important dimension of university administration and management, as a mechanism of accountability and as a factor of regulation and organizational development. Thus, the management structures of universities, faced with the demands of quality and social credibility, subject themselves to institutional evaluation in order to monitor its development and improve educational quality. With this paper we intend to analyze and understand the importance, relevance and place of institutional evaluation at Agostinho Neto University, analyzing the justifications (arguments, representations) of several university administrators, as well as the underlying logic of institutional evaluation policy, adopting for this purpose three different perspectives of organizational analysis. <![CDATA[<b>Conceptual dichotomies of higher education evaluaton</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1414-40772012000200004&lng=en&nrm=iso&tlng=en O presente ensaio resulta de um resgate das concepções que envolvem a Avaliação no âmbito das Políticas para a Educação Superior, explicitando as conceituações dicotômicas encontradas na literatura especializada. Tal resgate busca contribuir para o aprofundamento dos debates e versará em torno dos elementos conceituais que compõem e que são fundamentais para a compreensão da Avaliação da Educação Superior, aqui metodologicamente organizados em dicotomias, dentre as quais pode-se citar: Qualidade Social x Qualidade Eficiência, Avaliação Quantitativa x Avaliação Qualitativa, Avaliação de Processo x Avaliação de Produto, Avaliação Global x Avaliação Pontual, Avaliação Contextualizada x Avaliação Descontextualizada, Avaliação Externa x Avaliação Interna, Avaliação Formativa x Avaliação Punitiva, entre outras. Tais aspectos aqui trazidos enquanto dicotomias revelam a existência de um cenário plural nos debates e posições sobre o tema da Avaliação da Educação Superior, presentes tanto no campo da gestão acadêmica e administrativa das Instituições de Ensino Superior quanto da gestão pública.<hr/>This essay is the result of a recovery of concepts on the subject of Evaluation in relation to the Policies for Higher Education, explaining the dichotomous concepts found in specialized literature. Such recovery attempts to contribute to deepening discussions and will focus around the conceptual elements that comprise and are fundamental to understanding the Evaluation of Higher Education, here methodically organized into dichotomies, among which we can mention: Social Quality x Efficiency Quality , Quantitative Evaluation x Qualitative Evaluation, Process Evaluation x Product Evaluation, Overall Evaluation x Punctual Evaluation, Contextual Evaluation x Decontextualized Evaluation, External Evaluation x Internal Evaluation, Formative Evaluation x Punitive Evaluation, among others. Such aspects - presented here as dichotomies - reveal the existence of a plural scenario concerning discussions and positions about Higher Education Evaluation, present not only in the field of academic and administrative management of Higher Education institutions but also in public administration. <![CDATA[<b>Reflexivity in health</b>: <b>phenomenological research on the reflective process prevalent among graduates in physical education</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1414-40772012000200005&lng=en&nrm=iso&tlng=en O presente trabalho buscou identificar e compreender como se dão os processos reflexivos prevalentes na relação interpessoal constituída na atuação pré-profissional de formandos em um curso na área da educação física. Tendo em vista este objetivo, utilizou-se a fenomenologia como um método capaz de identificar o sentido das coisas dadas à consciência. Optou-se também pela utilização adaptada de um roteiro de supervisão para psicólogos do esporte por abordar amplamente os variados aspectos da experiência relacional em contexto de atendimento. Os resultados apontam para a prevalência do modo de pensamento mecanicista como plano de fundo de uma reflexividade causal e restrita durante a atuação pré-profissional destes formandos. Assim, uma atuação dirigida à reflexibilidade, possibilita uma abertura ao relacionamento interpessoal de maneira a incluir o sujeito a quem a prática se destina como agente do processo, e não como objeto de intervenção. O método fenomenológico pode auxiliar na manutenção e constante aprimoramento deste processo reflexivo, uma vez que permite compreender as dimensões de ordem existencial da atividade física.<hr/>This study sought to identify and understand how to give the reflective processes prevalent in interpersonal relationships formed in the pre-professional performance of graduates in a in physical education program. Toward this goal, we used phenomenology as a method capable of identifying the meaning of things given to consciousness. The choice was made for the use of a supervision script for sport psychologists because of its approach of widely varied aspects of relational experience in the context to address the widely varied aspects of human experience in context of care. The results indicate the prevalence of a mechanistic way of thinking as the background of a causal and restricted reflexivity during the pre-professional performance of these graduates. Thus, an action directed at reflexivity enables an opening to interpersonal relationship so as to include the subject to whom the practice is intended as an agent of the process and not as an object of intervention. The phenomenological method can assist in the maintenance and constant improvement of this reflective process, since it allows us to understand the existential dimensions of physical activity. <![CDATA[<b>Desertion in a physical education program at the Federal University of Piauí</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1414-40772012000200006&lng=en&nrm=iso&tlng=en O presente estudo teve como objetivo investigar os fatores que motivaram a evasão de alunos ingressantes em 2005 no curso de Licenciatura Plena em Educação Física da Universidade Federal do Piauí. Inicialmente, utilizaram-se informações (nome, contato telefônico, período de egressão e endereço) fornecidas pela coordenação do curso a cerca dos 66 alunos ingressantes em 2005 via vestibular. Os demais dados, pessoais e acadêmicos, foram coletados mediante a aplicação de questionários junto aos alunos diplomados em tempo ideal e aos alunos declarados evadidos do curso. A amostra foi composta por 10 alunos diplomados e 11 alunos evadidos. A pesquisa empírica foi realizada no período de agosto a novembro de 2010. Os resultados da pesquisa revelaram que os fatores responsáveis pela evasão dos alunos foram: falta de informações sobre o curso, descontentamento com a profissão, imaturidade ao escolher o curso, pouca interação com o curso, e, simultaneidade de dois cursos. Verificou-se três situações distintas que circundam o processo de evasão do aluno. A primeira é caracterizada pelo abandono do curso de Educação Física para concluir um segundo curso já iniciado; a segunda consiste no abandono do curso para iniciar outro; e a terceira situação caracteriza-se pela evasão total do ensino superior. Conclui-se como principal fator responsável pela evasão do grupo de alunos avaliado, a escolha do curso de maneira equivocada e precipitada por parte do aluno.<hr/>This study aimed to investigate the factors that led to the desertion of new students in 2005 from the undergraduate Physical Education program at the Federal University of Piauí. Initially, we used information (name, phone contact, time of desertion and address) provided by the coordination of the program of about 66 freshmen of the year 2005. Other data, personal and academic, were collected through questionnaires to graduates in optimal time and to students who declared themselves as dropouts. The sample consisted of 10 graduates and 11 dropouts. The empirical research was conducted between August and November 2010. The survey results showed that the factors responsible for student desertion were: lack of information about the program, dissatisfaction with the profession, immaturity in choosing the program, little interaction with the program, and simultaneity of two programs. There are three distinct situations that surround the process of student desertion. The first is characterized by the abandonment of the Physical Education program in order to complete a second program the student has already started and the second is the abandonment of the program to start another, and in the third situation students simple abandon higher education. It was concluded that the main reason students of the group evaluated drop out of the program is the wrong and hurried choice they made. <![CDATA[<b>A methodological instrument for the analysis of the university-government relationship in peripheral countries</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1414-40772012000200007&lng=en&nrm=iso&tlng=en O problema fundacional da relação entre universidade e governo diz respeito à manutenção dele como fomentador do conhecimento produzido por ela, sem que ele venha a interferir nas autonomias de gestão e de pesquisa dela. Ao se combinar os estudos sobre a universidade dos países periféricos e dos países avançados com as análises do processo de tomada de decisão se pode delinear um instrumental que permita verificar o quanto as autonomias da universidade são constringidas pelo governo. No caso brasileiro, a aplicação desse instrumental mostra que, apesar de tanto se falar sobre a intervenção governamental na universidade, é a própria comunidade de pesquisa, que conta com o apoio dos burocratas das agências de apoio à pesquisa, que ditam os rumos das autonomias da universidade.<hr/>The foundational problem of the relationship between university and government concerns the maintenance the government as a fomenter of knowledge produced by the university, without governmental interference in the university´s autonomy in management and research. The combination the studies about the university of the peripheral countries and of the advanced countries with the analysis of decision-making process enables us to build the instruments to verify how government creates constraints on the university´s autonomy. In the Brazilian case, the application of these instruments shows that, despite all the talk about governmental intervention in the university, it is the very research community, who has the support of the bureaucrats of agencies that support research, that dictates the paths of university autonomy. <![CDATA[<b>Evaluation of the presence of environmental sustainability in the education of undergraduate programs at the University of Passo Fundo</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1414-40772012000200008&lng=en&nrm=iso&tlng=en As Instituições de Ensino Superior (IES) são cada vez mais responsáveis por disseminar mudanças em prol da sustentabilidade seja por meio do ensino, pesquisa, extensão ou sua forma de operação, e a necessidade de avaliar a efetividade destas mudanças se faz necessária, para que estas IES sirvam de modelo e inspirem outras instituições. O AISHE é um instrumento desenvolvido especificamente para avaliar a sustentabilidade ambiental nas IES e é por meio desse tipo de metodologia, baseada em indicadores, que se pode afirmar se as práticas adotadas estão sendo efetivas. Este artigo apresenta a aplicação desta ferramenta na Universidade de Passo de Fundo. A pesquisa seguiu as etapas: adaptação do método, aplicação da ferramenta para coordenadores, estudantes e professores, construção de gráficos, cálculo de medianas e analise dos resultados. Os resultados mostraram significantes diferenças entre os cursos, demonstrando falta de visão estratégica e de gestão da universidade. No entanto, existem critérios que poderiam ter sido avaliados mais positivamente para todos, se houvesse um planejamento da universidade que definisse nos cursos meios para aprimorarem a sua sustentabilidade ambiental. Dessa forma a existência de uma política e gestão ambiental adequada se faz necessária para que a sustentabilidade seja inserida de forma eficaz no ensino da instituição.<hr/>Higher Education Institutions (HEI's) are becoming more and more responsible for disseminating changes in favor of sustainability, either through teaching, research, extension or its form of operation, and it has therefore become necessary to evaluate the effectiveness of these changes, so that these HEI's may act as models to other institutions. The AISHE is a device developed specifically to evaluate environmental sustainability in HEI's and it is through this kind of methodology, based on indicators, that it is possible to affirm if the adopted practices are indeed effective. This article presents the application of this tool at the University of Passo Fundo. The research followed these steps: adaptation of the method, application of the tool to coordinators, students and teachers, building of graphs, calculation of median and results analysis. The results showed significant differences between the programs, demonstrating a lack of strategic and managerial vision on the part of the university. On the other hand, there are criteria that could be evaluated more positively for all, if there were a university plan that defined for the programs ways to enhance their environmental sustainability. In this way the existence of an environmental policy and management becomes necessary for sustainability to be effectively inserted in the institution´s teaching programs. <![CDATA[<b>Institutional self-evaluation in the decision-making process at HEIs: a case study of SENAC/SC higher education school</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1414-40772012000200009&lng=en&nrm=iso&tlng=en O presente artigo pretende demonstrar em seu contexto a relação existente entre o sistema de autoavaliação institucional e o processo de tomada de decisão, especificamente nas Faculdades de Tecnologia pertencentes à Administração Regional do SENAC-SC. Utilizando uma amostra intencional deste universo, o estudo, realizado em 2010, é caracterizado como descritivo-exploratório, do tipo quali-quantitativo, mediante a aplicação de uma pesquisa bibliográfico-documental, configurada como um estudo multicaso. Nas seis unidades investigadas, foram entrevistados: o diretor da unidade e os coordenadores de áreas (Núcleo Relações com o Mercado, Núcleo Administrativo Financeiro e Núcleos Educacional Básico e do Ensino Superior), aplicando-se um questionário estruturado com questões abertas e fechadas, permitindo a avaliação de aspectos objetivos e quantificáveis e subjetivo-discursivos. Os resultados apontam para a autoavaliação institucional como facilitadora do processo decisório, provendo informações que permitem avaliar determinada situação. Adicionalmente, identificam os pontos fortes e fracos da IES e que melhoram a qualidade das decisões estratégicas, o que confirma a existência da relação pressuposta acima, bem como a importância do processo de autoavaliação institucional. Mostram, ainda, a necessidade de revisão da estrutura, visando aprimorar a apropriação dos dados levantados pela autoavaliação e aplicados como suporte no processo de tomada de decisão das instituições do universo analisado. Por fim, a hipótese de pesquisa, em base a esses resultados, acabou sendo validada, ratificando tal relação.<hr/>This article presents, briefly, the master thesis that gave rise and that analyzes the institutional self-evaluation and the decision-making process at SENAC-SC and the relationship between them. By using an intentional sample of six technology universities belonging to the regional administration of SENAC-SC, this research, carried out in June and July 2010 (cross-sectional basis, i.e., during the current year), had the main purpose of analyzing the institutional self-evaluation and its influence over the decision-making process, supplemented by its specific purposes that were: describe these two processes; identify the appropriation of the results from the institutional self-evaluation in the SENAC-SC universities; and list and discuss those elements that either make it easier or difficult to appropriate such results in the decision-making process within the institution. The study was characterized as a qualitative/quantitative-type descriptive-exploratory study upon the application of a bibliographic-documentary research configured as a multi-case study. Interviews were carried out at each investigated university with: The director of the unit and the area coordinators (market relationship core, administrative/financial core and basic and superior education core), who are understood as the managers of these institutions. A structured questionnaire was applied, containing open and closed-type questions, in the mentioned period, in order to evaluate not only objective and aspects, but also subjective-discursive aspects. The main results have confirmed the existence of the above-assumed relationship, including the importance of the institutional self-evaluation process. In addition and in attention to the specific goals, they indicate that notwithstanding such importance, its structure needs to be revised in order to improve such relationship and improve the appropriation of the surveyed data by the self-evaluation and apply them as an auxiliary means for the decision-making process of the universities in the analyzed universe. The research hypothesis, which was predicting that the institutional self-evaluation, when established in an institution, influences with the provision of subsidies, the decision-making process, was validated by the results. <![CDATA[<b>Student participation in the publications of graduate schools: a comparative study between public and private administration pro</b><b>grams</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1414-40772012000200010&lng=en&nrm=iso&tlng=en Este estudo analisa a participação discente nas publicações de programas públicos e privados de pós-graduação em Administração brasileiros entre 2000 e 2008, bem como possíveis diferenças nas participações por tipo de publicação. Realizou-se um levantamento incluindo 2.995 publicações de 38 programas de pós-graduação em Administração, no intervalo entre 2000 e 2008, a partir de dados secundários da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes). Os resultados indicam que a participação discente nas publicações dos programas de pós-graduação em Administração é maior entre os programas de instituições de ensino superior (IES) públicas do que nas privadas ao longo da série. Já a participação em relação ao total publicado pelos respectivos segmentos é maior entre os programas de IES públicas no início do intervalo 2000-2008, mas se tornou não significativamente diferente nos últimos anos da série. A participação discente nas publicações dos programas de IES privadas está aumentando em uma razão maior do que a verificada em programas de IES públicas.<hr/>This study analyses the student participation in publications of Administration graduate programs, in Brazil, between public and private programs, as well as possible differences in participation by type of publication. A survey was conducted to collect data of 2,995 publications from 38 Administration graduate programs, corresponding to the period between 2000 and 2008, based on secondary data of Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes). Results indicate that student participation in the publications is higher in public programs than in private ones throughout the series. The participation in relation to each segment was higher among the programs of public institutions at the beginning of the interval 2000-2008, but became not significantly different in the last years of the series. Student participation in publications of the private segment is increasing at a rate greater than that seen in the programs of public institutions. <![CDATA[<b>Between practiced rhetoric and perceived reality in the process of teacher training</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1414-40772012000200011&lng=en&nrm=iso&tlng=en Este artigo visa compreender como vem acontecendo o processo de formação de professores universitários, por meio do Estágio Docência, em duas instituições de ensino superior, uma pública e outra privada, situadas no estado de Minas Gerais. Durante o desenvolvimento deste trabalho surgiu a necessidade de comparar o que os pós-graduandos afirmavam ser a importância do Estágio Docência e o que, de fato, era realizado durante as suas aulas na graduação. Isto foi feito no intuito de tentar confrontar o discurso e a prática dos professores estagiários. Neste sentido, o objetivo é comparar os resultados entre os grupos investigados, identificando traços comuns e díspares nas duas instituições de ensino superior estudadas. Para tanto, optou-se pela triangulação de dados entre as respostas dos professores estagiários que ministraram aulas na graduação e as respostas dos discentes sobre o seu desempenho. Com isso, foi possível identificar que os professores que estavam mais motivados apresentaram melhor desempenho. Observou-se que a motivação destes professores estava relacionada à aquisição de experiência em sala de aula e a necessidade de adquirir uma proximidade com as atividades docentes. Além disso, afirmaram que a docência para eles teria um caráter não só profissional, mas também pessoal. Outra questão percebida nesta investigação foi que os professores, de modo geral, não conseguiram vincular teoria e prática de maneira plena. Porém, notou-se que os professores estagiários entendiam a importância desta articulação, mas a falta de prática, muitas vezes, era um limitante. E esta prática estava relacionada não só a prática de ministrar aulas, mas também à vivência de mercado. Neste sentido, a Instituição de Ensino Superior (IES) privada apresentou um método de ensino diferenciado, sendo que nesta instituição o pós-graduando pode vivenciar outras três experiências: Pesquisa, Empresa e Projeto Social. Os pós-graduandos da IES pública também foram questionados sobre a possibilidade de optar por outras vivências. O resultado disso foi que a maioria (84,71%) afirmou que embora estas vivências não pudessem substituir o Estágio Docência, seriam práticas interessantes por serem complementares à docência. Percebe-se então que a junção de outras possibilidades de vivenciar a prática, como em laboratórios de aprendizagem, constituiria uma alternativa à formação de professores universitários por viabilizar a construção destes profissionais, de maneira mais completa.<hr/>This paper aims to understand the training process of university teachers, through Teaching Assistantship in two higher education institutions, one public and the other one private, located in the state of Minas Gerais. During the development of this work it became necessary to compare what the graduate students claimed to be the important in the Teaching Assistantship and what actually was done during their undergraduate classes. This was done in order to try to confront the discourse and practice of student teachers. In this sense, the objective is to compare the results between the groups investigated, identifying common and disparate features in the two higher education institutions studied. To this end, we opted for the triangulation of data between the responses of student teachers who taught undergraduate classes and the responses of students on their performance. Thus, it was possible to identify that teachers who were more motivated showed better performance. It was observed that the motivation of these teachers was related to the acquisition of experience in the classroom and to their need to acquire a closeness to the teaching activities. Moreover, they claimed that for them teaching had not only a professional but also a personal character. Another issue that was perceived in this investigation showed that teachers generally failed to link theory and practice to the fullest.However, it was noted that teaching assistants understand the importance of this connection, but the lack of practice, was often a limiting factor. And this practice was not only related to the practice of classroom teaching, but also to market experience. In this sense, the private Higher Education Institution (HEI) presented a distinct method of teaching, and this institution graduate students could experience other three situations: Research, Business and Social Project. The graduate students of public HEIs were also asked about the possibility of opting for other experiences. The result was that the majority (84.71%) stated that although these experiences could not replace the Teaching Assistantship, these would be interesting practices because they are complementary to teaching. It can be seen, therefore, that the addition of other opportunities to experience the practice, like in learning laboratories, would provide an alternative to university teacher training, for it makes possible the construction of these professionals, more fully. <![CDATA[<b>Perceptions and experiences on assessment: a study with higher education students</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1414-40772012000200012&lng=en&nrm=iso&tlng=en Neste artigo apresentamos dados de um estudo mais vasto no âmbito de uma dissertação de Mestrado em Ciências da Educação - área de especialização em Avaliação, cujo objetivo consistiu em conhecer as perceções dos estudantes universitários sobre a avaliação, em particular sobre os métodos de avaliação mais utilizados e a relação entre avaliação e aprendizagem. Os dados foram recolhidos através de um inquérito por questionário, aplicado ao 3º ano de diferentes cursos (Educação, Engenharia, Medicina, Educação Básica e Psicologia) da Universidade do Minho. No total, participaram 254 estudantes. Os dados revelam que os aspetos que os estudantes mais associam à avaliação são a aprendizagem, os testes/exames, a verificação de conhecimentos e as notas/classificações, sendo o conflito, o receio/medo e a imposição os menos ligados ao processo avaliativo. Globalmente, e em relação aos métodos de avaliação, as apresentações orais em grupo, os testes e os relatórios de grupo são os mais utilizados na perspetiva dos alunos, sendo menos frequentes o ensaio individual, o ensaio em grupo e os testes orais, destacando-se, portanto, os que apelam mais ao trabalho de grupo em detrimento do individual. Neste artigo, discutem-se ainda os métodos tradicionais versus métodos alternativos de avaliação quanto à sua eficácia na perspetiva dos alunos e respetivas implicações.<hr/>This article presents data from a Master's thesis in Education - Specialization in Evaluation. It aimed at investigating students' perceptions on assessment in the context of higher education. The main goal is to get to know higher education students' views of assessment, particularly in regard to methods of assessment most used in higher education and the relationship between assessment and learning taking the perspective of students. Data were collected through a questionnaire to 3rd year undergraduate students in different programmes (Education, Engineering, Medicine, Basic Education and Psychology) at the University of Minho. In total, 254 students participated in the study. Findings suggest that the key aspects that students associate with assessment are learning, exams, verification of knowledge and marks. Data also reveal that conflict, fear and imposition are the aspects that students associate less with assessment. In regard to assessment methods, oral presentations in group, tests and group reports are the most used ones according to students. Faculty used less frequently methods such as individual essay, group essay and oral tests, which points to the use of rather collective methods in detriment to individual ones. This paper also discusses traditional versus alternative methods in terms of efficacy according to students' perspective and their implications. <![CDATA[<b>Time changed; did women change? Memories of higher education women professors</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1414-40772012000200013&lng=en&nrm=iso&tlng=en O artigo refere-se a pesquisa sobre histórias de vida de mulheres que atuam como docentes no ensino superior, no curso de pós-graduação em educação de uma universidade do Estado de São Paulo, desde seus processos formativos aos seus desafios no exercício da docência universitária. Esses dados foram cruzados com informações prestadas voluntariamente acerca das interfaces da profissão com a vida pessoal, como família de origem, casamento e filhos, assim como as expectativas sociais acerca da identidade dos papeis sexuais. Os dados foram coletados por meio de depoimentos de caráter livre, cujo objetivo foi verificar se as conquistas das mulheres nos anos de 1960/70, derivadas do movimento feminista no Brasil tiveram repercussão no seu trabalho e seu cotidiano. Buscou-se detectar se as relações de gênero da sociedade tiveram impacto na sua vida e nas suas realizações profissionais.<hr/>The article refers to a research carried out on the life history of women who are Higher Education professors and teach at the graduate program in Education at the University of the State of São Paulo, from their educational processes to the challenges they had to face at their teaching careers at the university. These data were analyzed along with the information provided voluntarily concerning the interface of their professional and their personal life, such as family origin, marriage and maternity, as well as the social expectations regarding gender roles. The data were collected through free testimonials whose main objective was to observe whether the achievement of women, during the 60's and 70's, were somehow influenced by the feminist movement in Brazil and showed repercussions on their work and daily life. It was intended to detect if the gender relations in society had any impact on their lives and on their professional accomplishments.