Scielo RSS <![CDATA[Cadernos Saúde Coletiva]]> http://www.scielo.br/rss.php?pid=1414-462X20160001&lang=en vol. 24 num. 1 lang. en <![CDATA[SciELO Logo]]> http://www.scielo.br/img/en/fbpelogp.gif http://www.scielo.br <![CDATA[Environmental and Occupational Health in the Amazon]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1414-462X2016000100001&lng=en&nrm=iso&tlng=en <![CDATA[Deforestation and malaria incidence in the legal Amazon Region between 1996 and 2012]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1414-462X2016000100003&lng=en&nrm=iso&tlng=en Abstract Malaria is a major public health problem, and Brazil is the largest contributor in America to the number of cases. In the country, the Amazon concentrates around 99.5% of the cases. This article aims to compare trends in deforestation rate and the parasite index of malaria in the Amazon region between 1996 and 2012. The annual crude rate of deforestation and the Annual Parasite Index (API) of malaria between 1996 and 2012 were estimated. The rate of deforestation has great variability among the states every year, and a similar situation is observed for malaria API over the studied period. There are important variations across the states within this period. The historical series of crude deforestation rate and malaria API have markedly similar trends; with a 1-2 years lag between them, suggesting that the occurrence of fluctuations in deforestation numbers impacts malaria numbers in a period immediately following. The mapping of deforested areas and the analysis of temporal series are therefore useful in the analysis of malaria.<hr/>Resumo A malária é um problema de saúde pública, sendo o Brasil, na América, o país que mais contribui com o número de casos. A Amazônia Legal concentra a maioria dos casos, cerca de 99,5%. O objetivo deste artigo é comparar as tendências da taxa de desflorestamento e o índice parasitário por malária na região da Amazônia Legal entre 1996 e 2012. Foram estimados a taxa bruta anual de desflorestamento e o Índice Parasitário Anual de Malária entre 1996 e 2012, para a Amazômia Legal e seus estados. Obtiveram-se a série histórica dos dois indicadores e as estatísticas descritivas por ano e por estado. A taxa de desflorestamento apresenta grande variabilidade entre os estados, ano a ano, e situação semelhante é observada para o IPA de malária no período. Há variação importante quando são observados os estados dentro do mesmo período. As séries históricas da taxa bruta de desflorestamento e do IPA de malária apresentam tendências semelhantes, com um lag de 1-2 anos entre elas, sugerindo que as oscilações nos números de desflorestamento impactam os números de malária em período imediatamente posterior. O mapeamento das áreas desflorestadas e a análise de séries temporais, portanto, são úteis na análise da malária. <![CDATA[Occupational accidents related to cattle slaughter in Mato Grosso, Brazil]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1414-462X2016000100009&lng=en&nrm=iso&tlng=en Resumo Introdução A criação de gado no sul da Amazônia tem crescido rapidamente, sendo que o Mato Grosso é um dos primeiros estados na produção de carne. Esse crescimento permitiu a contratação de mais trabalhadores para a atividade de refrigeração, trazendo um aumento de acidentes de trabalho nesse setor. Objetivo Analisar a influência de abate de gado nos acidentes de trabalho e sua distribuição espacial no estado de Mato Grosso, Brasil. Métodos Estudo ecológico que investigou a autocorrelação espacial global das taxas de acidentes de trabalho e o número de bovinos abatidos em municípios de Mato Grosso, usando a estatística Moran “global” pelo método LISA e, posteriormente, uma regressão múltipla espacial, tendo como variáveis de exposição o abate de cabeças de gado e, como variável resposta, a taxa de acidentes de trabalho. Resultados Foram encontrados padrões espaciais globais na distribuição do número de cabeças de gado abatidas. Na regressão múltipla, foram observadas correlações estatisticamente significantes entre o número de bovinos abatidos e a taxa de acidentes de trabalho. Conclusão O abate de gado está relacionado ao aumento do número de acidentes de trabalho no Estado de Mato Grosso, Brasil.<hr/>Abstract Introduction Cattle rising in the southern Amazon have grown rapidly, being Mato Grosso one of the top states in meat production. This growth led to the hiring of more workers to the chilling activity, increasing the number of workplace accidents in this sector. Objective To analyze the influence of slaughter cattle on occupational accidents and their spatial distribution in the state of Mato Grosso, Brazil. Methods This is the first ecological study investigating the global spatial autocorrelation of the occupational accident rate and the number of slaughtered cattle in Mato Grosso municipalities; this study used the statistic Moran “global” by LISA method and subsequently held a spatial linear regression, with cattle slaughter exposure variables and as an outcome it showed the rate of workplace accidents. Results The study showed a global spatial pattern of number of cattle slaughtered. Statistically significant correlations were observed, in multiple regression analysis, between the number of cattle slaughtered and rate of occupational accidents. Conclusion The cattle slaughter is related to the increase of industrial accidents in the State of Mato Grosso, Brazil. <![CDATA[Surveillance of the drinking water quality din the Legal Amazon: analysis of vulnerable areas]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1414-462X2016000100014&lng=en&nrm=iso&tlng=en Abstract Low quality drinking water has been directly correlated to the occurrence of waterborne illnesses in northern Brazil. To minimize health risks related to the water supply, the Ministry of Health has proposed the implementation of the National Program for the Surveillance of Drinking Water Quality (VIGIAGUA) in Brazilian municipalities. Focusing on the Legal Amazon region, the present study demonstrates a historical account of the percentage of municipalities included in the VIGIAGUA program in place, which in 2013 reached 45.1% of the region municipalities. This study also identifies vulnerable areas in terms of the water quality in the states of Amapá, Amazonas and Maranhão. With this analysis of the current status of the drinking water supply, this study intends to support and direct the strategic efforts of environmental health monitoring in the region.<hr/>Resumo A baixa qualidade da água para consumo humano está diretamente relacionada à ocorrência de doenças de transmissão hídrica. Para minimizar riscos à saúde e vulnerabilidades relacionadas ao abastecimento de água, o Ministério da Saúde propõe a implantação do Programa Nacional de Vigilância da Qualidade da Água para Consumo Humano (Vigiagua) aos municípios brasileiros. Focando na região da Amazônia Legal, o presente estudo demonstra uma série histórica do percentual de municípios com o programa Vigiagua implantado, atingindo em 2013 a marca de 45,1% dos municípios dessa região. O estudo ainda identifica áreas muito vulneráveis nos estados do Amapá, Amazonas e Maranhão para a questão da qualidade da água. Com esta análise da situação do abastecimento de água para consumo humano pretende-se subsidiar e direcionar as ações estratégicas da vigilância em saúde ambiental na região. <![CDATA[Blood antioxidant nutrients in riparian villagers of the Brazilian Amazon: its associations with wet/dry seasons and modulation by sociodemographic determinants]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1414-462X2016000100021&lng=en&nrm=iso&tlng=en Abstract This study associates blood antioxidants like copper (Cu), manganese (Mn), selenium (Se), zinc (Zn), β-carotene, lycopene and vitamins (A and E) to sociodemographic features and seasonality in communities from the Tapajós River region, Brazilian Amazon. We observed increased Mn, Se and Zn levels compared to the average Brazilian population, whereas this is only the case for β-carotene in the rainy season. Lycopene levels fall within the reference range, although lower than those found in other Brazilian regions. Cu, Se, Zn, β-carotene, lycopene and vitamin E levels vary among seasons. β-carotene, Mn and Se vary among communities. Se and Zn vary with smoking habits and sex, respectively. In addition, β-carotene and vitamins (A and E) are altered by alcohol consumption. Villagers who both farmed and fished present higher Cu and lower β-carotene levels than participants with a single occupation. Vitamin E levels depend upon the individual state of origin. These data provide important baseline information for antioxidant status in this Amazonian riparian population.<hr/>Resumo O presente estudo reporta as concentrações plasmáticas dos antioxidantes cobre (Cu), manganês (Mn), selênio (Se), zinco (Zn), β-caroteno, licopeno e vitaminas (A e E) em moradores da região do Rio Tapajós, Pará, Amazônia, e as relaciona com características sociodemográficas e sazonalidade (seca e cheia). Os teores de Mn, Se e Zn foram acima dos valores de referência (VR) e daqueles achados em outras regiões do Brasil, enquanto para o β-caroteno tal achado ocorreu apenas na estação da cheia. Os valores de licopeno foram dentro dos VR, porém abaixo dos achados em outras regiões do Brasil. Os níveis de Cu, Se, Zn, β-caroteno, licopeno e vitamina E variaram entre as estações. Variação intercomunitária foi constatada para β-caroteno, Mn e Se. Os teores de Se e Zn foram alterados, respectivamente, por tabagismo e sexo. Os níveis de β-caroteno e vitaminas (A e E) alteraram-se com o consumo de bebida alcoólica. A vitamina E foi dependente do estado de origem. Participantes que desempenhavam ambas as profissões de agricultor e pescador apresentavam teores de Cu superiores e de β-caroteno inferiores comparativamente àqueles que desempenhavam uma única profissão. Esses dados fornecem informações sobre os teores de antioxidantes para essa população amazônica. <![CDATA[Metabolic syndrome, components and associated factors in adults aged 40 years or older from a city in southern Brazil]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1414-462X2016000100032&lng=en&nrm=iso&tlng=en Resumo Objetivo Estimar a prevalência de síndrome metabólica (SM), de seus componentes e fatores associados em adultos de 40 anos ou mais. Métodos Estudo transversal, de base populacional, com 1.180 residentes em um município brasileiro de médio porte da Região Sul. Realizaram-se entrevistas domiciliares, avaliações antropométricas e exames laboratoriais. A SM foi definida de acordo com o critério harmonizado de 2009. Foram analisadas variáveis sociodemográficas, comportamentais e de utilização de serviços de saúde. Utilizaram-se o teste de qui-quadrado, exato de Fisher e teste de Wald na análise de múltiplos fatores pela regressão de Poisson. Resultados Entre os entrevistados, 959 (81,3%) realizaram exames laboratoriais e medidas antropométricas. A prevalência de SM foi de 53,7%, mais elevada em mulheres e em idades mais avançadas. A presença de cinco componentes da SM foi observada em 12% dos participantes (15,8% mulheres e 7,3% homens). Após ajustes, apenas a idade se associou à SM. Conclusão A elevada prevalência de SM e de seus componentes, distinta em cada sexo e grupo etário, aponta a necessidade de ações de enfrentamento com abordagens coletivas e estabelecimento de metas terapêuticas individuais.<hr/>Abstract Aims To estimate the prevalence of Metabolic Syndrome (MS), its components and associated factors in adults aged 40 years or older. Methods Cross-sectional population-based study, with 1180 residents in a Southern Brazilian medium-sized municipality. We conducted household interviews, anthropometric measurements and laboratory tests. MS was defined according to the harmonized criteria of 2009. Sociodemographic, behavioral variables, and health services utilization were analyzed. The tests used were Chi-square, Fisher's exact test and the Wald test in the analysis of multiple factors by Poisson regression. Results Among the respondents, 959 (81.3%) performed laboratory tests and anthropometric measures. The prevalence of MS was 53.7% higher in women and in older ages. The presence of five MS components was observed in 12.0% (women – 15.8%, men – 7.3%). Age was the only variable associated with MS after adjustments. Conclusion The high prevalence of MS and its components, different in each sex and age group, indicates the need for coping with collective action approaches and establishment of individual therapeutic goals. <![CDATA[Cancer incidence and mortality in rural workers in the Brazilian Western Amazon]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1414-462X2016000100041&lng=en&nrm=iso&tlng=en Abstract Aim To conduct an exploratory study about cancer incidence and mortality in rural workers in the state of Acre, Brazil. Methods The Proportional Cancer Incidence Ratio (PCIR) was calculated for rural male workers who live in Rio Branco, Acre, with histological diagnosis of cancer, and the Cancer Mortality Odds Ratio (CMOR) comparing cancer deaths occurred in rural workers in the state of Acre with those occurred in people with other occupations in the period from 2007 to 2012. Results High and statistically significant PCIR were observed for tumors of larynx, PCIR = 7.55 (95% CI 4.23-12.46); melanoma, PCIR = 11.44 (95% CI 6.55-18.54); and non – Hodgkin lymphoma, PCIR = 10.00 (95% CI 5.17-17.50) compared to the population of Rio Branco. Regarding the mortality compared analysis, we can observe CMOR = 6.94 (95% CI 1.73-27.89) for pancreatic cancer and CMOR = 13.89 (95% CI 1.25-153.60) for cancer of the urinary tract. Conclusion The results suggest an increase in the incidence estimates of mortality for selected tumor sites among rural workers that are consistent with the literature.<hr/>Resumo Objetivo Realizar um estudo exploratório sobre a incidência e mortalidade por câncer em trabalhadores rurais do estado do Acre, Brasil. Metodologia Foram calculadas a Razão Proporcional de Incidência de Câncer (PCIR) para os trabalhadores rurais residentes em Rio Branco, Acre, com diagnóstico de neoplasia e a Razão de Chances de Mortalidade por Câncer (CMOR), comparando-se os óbitos por câncer de trabalhadores rurais no estado do Acre com aqueles ocorridos com indivíduos de outras ocupações no período de 2007 a 2012. Resultados PCIR elevadas e estatisticamente significativas foram observadas para os tumores de laringe, PCIR = 7,55 (95% IC - 4,23-12,46), melanoma, PCIR = 11,44 (95% IC - 6,55-18,54) e linfoma não Hodgkin, PCIR = 10 (95% IC - 5,17-17,50) em relação à população de Rio Branco. Quanto à análise comparada da mortalidade, foram encontradas CMOR = 6,94 (95% IC - 1,73-27,89) para câncer de pâncreas e CMOR = 13,89 (95% IC - 1,25-153,60) para neoplasias do trato urinário. Conclusão Os resultados observados sugerem uma elevação nas estimativas de incidência e mortalidade de localizações tumorais selecionadas entre os trabalhadores rurais, consistentes com a literatura. <![CDATA[Health Regulation: challenges to the Unified Health System governance]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1414-462X2016000100049&lng=en&nrm=iso&tlng=en Resumo O Sistema Único de Saúde tem desenvolvido estratégias de racionalização do uso dos recursos, expressas no sistema de regulação. Nesse sentido, o desafio que o sistema enfrenta refere-se à capacidade de organizar as atividades desse sistema. Este artigo tem como objetivo descrever a política de regulação adotada no âmbito do SUS, considerando seus elementos conceituais e operacionais, com foco na atenção às urgências. Trata-se de um estudo descritivo, baseado em fontes secundárias. Toma como ponto de partida a definição de regulação, derivada da economia, e descreve o processo e instrumentos de estruturação de um sistema de organização da oferta e demanda em saúde. A definição de responsabilidades entre os gestores conforma um processo de organização de um sistema de governança direcionado à efetiva regulação do sistema, em especial para ordenação da oferta e demanda em uma de suas áreas mais sensíveis – a atenção às urgências e emergências. A estruturação e funcionamento da rede de serviços nessa área podem se beneficiar do controle do fluxo e da qualidade de serviços, dependendo da capacidade de uso dos elementos constitutivos do sistema de regulação, com ênfase na sua governança.<hr/>Abstract The Unified Health System (SUS) has rationalized the use of resources, which is expressed in the regulation system. Thus, the challenge faced by the system refers to the ability of organizing its own activities. This article aims to describe the regulatory policy adopted by SUS, considering its conceptual and operational elements, focusing on the attention to the emergencies. This is a descriptive study, based on secondary sources. It takes as a starting point the definition of regulation, derived from Economics and describes the processes and tools for the structuring of an organization system of supply and demand in health. The definition of responsibilities among managers forms an organizing process of a governance system directed to an effective regulation, especially for ordering of supply and demand in one of its most sensitive areas - attention to urgency and emergency care. The structuring and operation of network services in this area can benefit itself from the flow control and from the services quality, depending on the usability of the constitutive components from the regulatory system, emphasizing its governance. <![CDATA[Aportes de los estudios comparativos para la comprensión de las políticas y sistemas de salud en países de América Latina]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1414-462X2016000100055&lng=en&nrm=iso&tlng=en Resumen Introducción el objetivo del trabajo es realizar un mapeo en los estudios comparados para identificar las fortalezas y alcances que los mismos tienen en relación a su capacidad para explicar los factores que condicionaron/estimularon los procesos de reforma orientados por la lógica de mercado y de privatización en diversos países y aquellos factores que limitaron o contribuyeron a revertir dicho proceso. Métodos revisión bibliográfica. Resultados existe una extensa literatura que ha estudiado los procesos de reforma de salud desde una perspectiva comparada, en los cuales se destaca el peso de las instituciones, los procesos de toma de decisiones, los actores involucrados como las coyunturas críticas. La producción de estudios comparativos tanto de políticas y sistemas de salud de países europeos entre sí y de los mismos con las políticas y sistemas de salud de Canadá y Estados Unidos, ha permitido el desarrollo de debates y reformulaciones teóricas relevantes en términos de hallazgos así como de propuestas teóricas y políticas. En la producción académica de los países de la región no se observa el mismo nivel de desarrollo. Conclusión avanzar en esta línea de trabajos resulta fundamental para una mejor comprensión de los procesos actuales como para pensar en alternativas de cambio posibles.<hr/>Resumo Introdução o estudo teve como objetivo realizar um mapeamento nos estudos comparativos para identificar os pontos fortes e o escopo que eles têm em relação à sua capacidade para explicar os fatores que condicionaram/estimularam o processo de reforma guiado pela lógica do mercado e a privatização em vários países como aqueles fatores que contribuíram para limitar ou reverter o processo. Métodos revisão bibliográfica. Resultados Existe uma extensa literatura que tem estudado os processos de reforma da saúde em uma perspectiva comparada, que salienta o peso das instituições, processos de tomada de decisão e os grupos interessados, como as conjunturas críticas. A produção de estudos comparativos das políticas e sistemas de saúde em países europeus, e deles com as políticas e sistemas de saúde do Canadá e dos Estados Unidos tem permitido o desenvolvimento de discussões e reformulações teóricas relevantes em termos de resultados e de propostas teóricas e políticas. Na produção acadêmica dos países da região não se observa o mesmo nível de desenvolvimento. Conclusão o progresso nessa área de trabalho é essencial para uma melhor compreensão dos processos atuais como para pensar sobre possíveis alternativas de mudança. <![CDATA[Demographic aging characterization in the city of Rio de Janeiro: contributions to sustainable public policies]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1414-462X2016000100063&lng=en&nrm=iso&tlng=en Resumo Objetivo Descrever o estágio do envelhecimento populacional no município do Rio de Janeiro. Métodos Estudo ecológico tendo como unidades de observação os 160 bairros que compõem o município, utilizando indicadores sociais e demográficos construídos a partir de informações do Censo 2010. Realizou-se análise exploratória por meio de mapas temáticos e determinou-se a dependência espacial pelo Índice de Moran Global. Para agrupar bairros em estágios semelhantes do envelhecimento foi realizada uma análise de agrupamento a partir do método K-means. Resultados Encontraram-se três grupos de bairros em estágios diferentes de envelhecimento populacional, identificando-se uma tendência espacial no sentido oeste-leste com os bairros da “Zona Sul” se encontrando no estágio mais avançado de envelhecimento. Conclusão O estudo identificou as diferenças no processo de envelhecimento populacional e na composição etária dos bairros, apontando para a necessidade de políticas de saúde pública específicas que contemplem as particularidades desse processo em cada localidade, visando garantir um envelhecimento sustentável.<hr/>Abstract Objective Describe the stage of population aging in the city of Rio de Janeiro. Methods Ecological study with the 160 city neighborhoods as observational units, using social and demographic indicators built with information from the 2010 census. The exploratory analysis was undertaken with thematic maps, and the spatial dependence was measured with the Global Moran’s Index. K-means clustering was used for grouping neighborhoods with similar aging stages. Results Three neighborhood clusters in different stages of population aging were found and a spatial trend in the west-east direction was identified, with neighborhoods in the ‘South Zone’ in a more advanced stage of population aging. Conclusion The study identified differences in the population aging process and in the age composition of neighborhoods, indicating the need for specific public health policies that allow for the particularities of this process in each location, aiming a sustainable population aging. <![CDATA[Effects of prenatal exposure to methylmercury in children auditory processing]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1414-462X2016000100070&lng=en&nrm=iso&tlng=en Abstract Objective: to assess the central auditory processing of children exposed to mercury during the prenatal period. Design/Study sample: this study evaluated 90 children age eight to ten years, of both genders divided into two groups according to the levels of mercury exposure during the prenatal period: the study group (SG) was composed of children who had total mercury levels in umbilical cord blood samples equal or higher than 8µg/L, and the control group (CG) of children who had Mercury levels lower than 8µg/L. The procedures included a questionnaire, tonal threshold audiometry, word recognition audiometry, tests that assess auditory processing skills; and analysis of the total levels of mercury in umbilical cord blood samples collected at birth. Result: The SG presented mean total mercury in umbilical cord blood of 19.36µg/L and the CG had mean of 4.78µg/L. Regarding the tests that assess central auditory processing, the SG showed worse performance than the CG, and there was a statistically significant difference observed in the Staggered Spondaic Word Test. Conclusion: Children presented disorders in the tests that assess central auditory processing, indicating a possible effect of prenatal exposure to mercury in the central auditory system.<hr/>Resumo Tema: Processamento auditivo central e exposição pré-natal ao mercúrio. Objetivo: Avaliar processamento auditivo central de crianças expostas ao mercúrio no período pré-natal. Método: Foram avaliadas 90 crianças com idade de 8 a 10 anos, de ambos os sexos, categorizadas em dois grupos de acordo com os níveis de mercúrio na exposição pré-natal. O grupo de estudo (GE) foi composto por crianças que apresentaram teor de mercúrio total em amostras de sangue do cordão umbilical igual ou superior a 8 µg/L, e o grupo de controle (GC), por crianças que apresentaram teor inferior a 8 µg/L. Os procedimentos incluíram questionário, audiometria tonal liminar, logoaudiometria, testes que avaliam habilidades do processamento auditivo e análise dos teores de mercúrio total em amostras de sangue do cordão umbilical coletadas ao nascimento. Resultado: A média de mercúrio total no sangue do cordão umbilical do GE foi de 19,36 µg/L e o do GC, de 4,78 µg/L. Nos testes que avaliam o processamento auditivo central, o GE apresentou desempenho inferior ao GC, sendo observada diferença estatisticamente significante para o Staggered Spondaic Word Test. Conclusão: As crianças apresentaram alteração em testes que avaliam o processamento auditivo central, indicando um possível efeito da exposição pré-natal ao mercúrio no sistema auditivo central. <![CDATA[Environmental education booklet as a prevention strategy for leptospirosis in a relocated urban community]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1414-462X2016000100077&lng=en&nrm=iso&tlng=en Resumo A leptospirose é uma doença comum em locais urbanizados sem saneamento básico. A bactéria causadora é transmitida pelos roedores e pode contaminar os cães e estes, as pessoas, sendo a enfermidade considerada zoonótica. O objetivo deste estudo foi conhecer os riscos ambientais à saúde dos moradores de um novo reassentamento urbano, identificando problemas e construindo possíveis soluções, concretizadas em um material de educação ambiental com as demandas específicas encontradas nessa comunidade. Foram realizadas entrevistas domiciliares com perguntas sobre os hábitos e costumes das pessoas com relação aos cuidados com os animais de estimação, presença de animais sinantrópicos nos domicílios e manejo dos resíduos sólidos domésticos. Também foram efetuadas 142 coletas de amostras de sangue nos cães destes domicílios, para sorologia anti-leptospira, das quais 26 (18,3%) foram soropositivas; as sorovariedades mais frequentes foram Icterohaemoragiae (46%) e Canicola (26,9%). A partir dos dados obtidos nas entrevistas domiciliares e dos resultados das análises sanguíneas dos cães, foi possível perceber os principais problemas ambientais e os riscos à saúde a que essa comunidade estava exposta. Foi então elaborado um material educativo para dar respostas e orientações aos problemas ambientais específicos observados e apontados pela comunidade.<hr/>Abstract Leptospirosis is a common disease in urbanized locations without basic sanitation. The bacteria is transmitted by rodents and can infect dogs that in turn can transmit the disease to people, with the disease being classified as zoonotic. This study aimed to discover what were the environmental health risks for residents of a new urban resettlement, identifying problems and building possible solutions that were implemented into an environmental education material meeting the specific demands encountered in this community. Home interviews were performed, with questions about habits and behavior of the community related to petcare, presence of synanthropic animals in the household and management of solid waste. The group collected 142 blood samples of dogs belonging to these households, for anti-Leptospiral serology. The results were 26 (18.3%) positive, and the most frequent serovars were Icterohaemoragiae (46%) and Canicola (26.9%). From the data obtained from household interviews and blood tests results from dogs, it was possible to observe the main environmental problems and health risks that this community was subject to. It was then developed an educational material to provide answers and guidance to specific environmental problems observed and raised by the community. <![CDATA[Stunting and associated factors in children aged 6 to 24 months attended in the Southwest of Bahia Health Units]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1414-462X2016000100084&lng=en&nrm=iso&tlng=en Resumo Objetivo Avaliar a prevalência e os fatores associados ao déficit estatural em crianças de 6 a 24 meses. Metodologia Trata-se de um estudo transversal realizado com 360 crianças atendidas em todas as unidades de saúde da zona urbana do município de Vitória da Conquista, BA. Foi aplicado um questionário para coleta de informações e foram aferidas medidas antropométricas de peso e estatura. O estado nutricional foi avaliado de acordo com os pontos de corte para os índices antropométricos preconizados pela Organização Mundial de Saúde. A associação entre os fatores em estudo e o déficit estatural foi verificada através da análise de regressão de Poisson, com variâncias robustas. Resultados A prevalência de déficit estatural nas crianças avaliadas foi de 13,6%. Os fatores que se associaram ao desfecho foram: ausência de trabalho paterno (RP: 2,46; IC 95%: 1,34-4,49) e baixo peso ao nascer (RP: 2,29; IC 95%: 1,27-4,13). Conclusão Os resultados mostram uma prevalência considerável do déficit de estatura entre as crianças menores de 2 anos, destacando a importância do monitoramento nutricional e a influência de fatores obstétricos e socioeconômicos.<hr/>Abstract Objective To assess the prevalence and factors associated with stunting among 6 to 24-month old children. Methodology This was a cross-sectional study including 360 children attended in all health units in the urban area of Vitória da Conquista - BA. A questionnaire was used to collect information and we evaluated anthropometric measures of weight and height. Nutritional status was evaluated according to the cutoff points for anthropometric indexes recommended by the World Health Organization. The association among the studied factors and stunting was assessed by Poisson regression with robust variance. Results The prevalence of stunting in the assessed children was 13.6%. The factors associated with the outcome were: father’s unemployment (PR: 2.46; 95% CI: 1.34 to 4.49) and low birth weight (OR: 2.29; 95% CI: 1.27 to 4.13). Conclusion The results show a significant prevalence of stunting among children under two years old, emphasizing the importance of nutritional monitoring and the influence of obstetric and socioeconomic factors. <![CDATA[Use of the Self-Reporting Questionnaire (SQR-20) for determination of physical and psycho-emotional symptoms in employees of a metallurgical industry located at Vale do Paraíba – Sao Paulo state - Brazil]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1414-462X2016000100092&lng=en&nrm=iso&tlng=en Resumo Introdução Sintomas como insônia, fadiga, irritabilidade, esquecimento, dificuldade de concentração e queixas somáticas podem sinalizar a existência dos transtornos mentais comuns (TMC). Rastrear e prevenir a integridade da saúde mental dos trabalhadores se faz necessário atualmente. Assim, objetivou-se investigar a associação dos TMC e as variáveis idade, trabalho em turnos e função desempenhada em funcionários de uma indústria metalúrgica do Vale do Paraíba, interior de São Paulo. Método Utilizou-se a versão brasileira do Self-Reporting Questionnaire (SRQ-20). Foram avaliados 77 funcionários (idades entre 20 e 50 anos, média de 35±6 anos). Resultados O segundo turno obteve maior frequência de afetados, com 72%, e na faixa etária entre 33 e 34 anos, com 22%. Entre as variáveis associadas ao humor depressivo-ansioso, verificou-se que a maioria sentia-se nervosa, tensa ou preocupada. Para os sintomas somáticos, a maior parte relatou dores de cabeça frequentes. Quanto ao decréscimo de energia vital, cansar-se com facilidade foi o componente mais influente. Avaliando os pensamentos depressivos, a maioria perdeu o interesse pelas coisas. Evidenciou-se que os ajudantes (31%) e os empilhadeiristas (40%) eram os mais afetados. Conclusão No presente estudo, o SRQ-20 foi eficaz em avaliar os TMC para rastreamento da saúde mental em âmbito ocupacional.<hr/>Abstract Introduction Symptoms such as insomnia, fatigue, irritability, forgetfulness, difficulty concentrating, and somatic complaints may signal the existence of Common Mental Disorders (CMD). Therefore, tracking these disorders with the aim of preserving the integrity of workers' mental health is currently required. The objective of this study was to investigate the association of CMDs with the variables age, shiftwork, and role in employees of a metallurgical industry located at the region of Vale do Paraiba, Sao Paulo state, Brazil. Method The Brazilian version of the Self-Reporting Questionnaire (SRQ-20) was used as analytical tool. Results Seventy-seven workers aged 20-50 years were evaluated. The results show that the second work shift presented a higher frequency of affected workers (72%), with 22% of them aged 33-34 years. With respect to the variables associated with depressive-anxious mood, most workers reported feeling nervous, tense or worried. For somatic symptoms, most workers reported frequent headaches. Regarding vital energy decrease, feeling tired easily was detected as the most influential component. For assessment of depressive thoughts, most workers reported frequent loss of interest. The results also show that general assistants (31%) and forklift operators (40%) are the most affected workers. Conclusion The SRQ-20 was effective in assessing CMDs to track occupational mental health. <![CDATA[Telemedicine in the Family Health Strategy: an assessment of applicability in the context of PET Project]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1414-462X2016000100099&lng=en&nrm=iso&tlng=en Resumo Introdução: Ferramentas de web e teleconferência visando aumentar a resolubilidade da Atenção Básica (AB) são ferramentas de grande valor na articulação com a atenção secundária. Objetivo: Avaliar a segunda opinião formativa através de web e teleconferência em unidades de atenção primária e secundária integrantes do PET-Saúde. Método: Foi realizado um estudo transversal incluindo oito equipes de Saúde da Família, conectadas por ferramentas de telessaúde a um centro de atenção secundária em saúde, ligado a uma instituição de ensino superior, na qual um cardiologista e um alergologista atuaram como médicos consultores. Resultado: Foram geradas 103 consultorias – 44 em Cardiologia e 59 em Alergia Respiratória e Cutânea. Identificou-se que a idade dos assistidos foi maior na segunda opinião da Cardiologia; homens prevaleceram na Cardiologia e mulheres na Alergologia. Na Atenção Básica, resolubilidade ótima ou boa em 75% dos casos. Na Cardiologia, as dúvidas quanto à solicitação e interpretação de exames complementares/condução do tratamento representaram 75% dos casos. Na Alergologia, as dúvidas no diagnóstico, 90% deles. Principais diagnósticos na Cardiologia: hipertensão arterial sistêmica, insuficiência cardíaca congestiva e arritmia sinusal. Na Alergologia: asma e dermatite atópica. Conclusão: O estudo revela potencial e relevância da telemedicina na formação, assistência e pesquisa no SUS.<hr/>Abstract Introduction: web and teleconferencing tools to increase the resolution of Primary Care Health (PHC) are valuable tools in conjunction with secondary care. Objective: To evaluate the second formative opinion by web and teleconference in PHC and secondary health center among members of the PET-Health. Method: We performed a cross-sectional study including eight Family Health teams, connected by telehealth tools to a center of secondary health care, attached to a higher education institution, where a cardiologist and an allergist acted as medical consultants. Result: We generated 103 consultancies - 44 in cardiology and 59 in respiratory and skin allergy. It was found that the assisted age was higher in the second opinion of Cardiology; men prevailed in cardiology and women in allergy. In PHC, we found great or good resolving in 75% of the cases. In cardiology application and interpretation uncertainty of additional tests/driving treatment accounted for 75% of cases. In allergy, the diagnosis uncertainty accounted for 90% of them. The main diagnostics in cardiology were hypertension, congestive heart failure and sinus arrhythmia. In allergy they were asthma and atopic dermatitis. Conclusion: The study reveals potential and relevance of telemedicine training, assistance and research in the SUS. <![CDATA[Plasma cortisol levels in Brazilians college students with poor sleep quality]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1414-462X2016000100105&lng=en&nrm=iso&tlng=en Resumo Objetivo Analisar a associação entre níveis plasmáticos de cortisol e qualidade do sono em universitários. Método Estudo quantitativo tipo transversal desenvolvido com 688 estudantes universitários. Foram avaliados indicadores sociodemográficos, qualidade do sono e os níveis plasmáticos de cortisol. Na análise da associação foi utilizada a Regressão Robusta de Poisson. Resultados Aproximadamente 95% e 7% da amostra apresentavam, respectivamente, má qualidade do sono e níveis elevados de cortisol. Esses demoravam 16-30 minutos para iniciar seu sono (p = 0,030), cuja eficiência era de 65-74% (p = 0,021) e possuíam carga horária superior àqueles com níveis normais de cortisol (p = 0,021). As chances de um estudante universitário com níveis plasmáticos de cortisol elevados apresentar má qualidade do sono foram similares à dos bons dormidores e sem relevância estatística significante (p = 0,124). Conclusão Não houve associação estatisticamente significante entre níveis plasmáticos de cortisol e qualidade do sono em estudantes universitários.<hr/>Abstract Aim To investigate the association between sleep quality in Brazilian university students and plasma cortisol levels. Method A cross-sectional study conducted with 688 university students assessing sociodemographic indicators, quality of sleep and cortisol levels. We used Poisson robust regression to assess the association. Results Approximately 95% and 7% of the sample showed poor sleep quality and high levels of cortisol, respectively. These lingered 16-30 minutes to fall asleeep (p = 0.030), with 65-74% efficiency (p = 0.021) and greater workload those with normal levels of cortisol (p = 0.021). The chances of a college student, with high plasma cortisol levels, to present poor sleep quality were similar to good sleepers and with no significant statistical significance (p = 0.124). Conclusion There was no statistically significant association between plasma cortisol levels of and quality of sleep in college students. <![CDATA[Blood pressure control in hypertensive elderly women attended in a Family Health Unit and associated factors]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1414-462X2016000100111&lng=en&nrm=iso&tlng=en Resumo Introdução A hipertensão arterial sistêmica é uma doença crônica de alta prevalência e com baixas taxas de controle. Este estudo objetivou analisar o controle da pressão arterial em idosas hipertensas acompanhadas em uma Unidade de Saúde da Família e os fatores associados. Métodos Estudo transversal, com análise de dados de prontuários de 190 idosas hipertensas. Foram consideradas controladas as pacientes com nível de pressão arterial menor do que 140/90 mmHg. Para a análise estatística, calcularam-se a razão de prevalência e o intervalo de confiança de 95% para a ocorrência de controle ou não da presão arterial, segundo a associação de alguns fatores. As análises multivariadas foram conduzidas por meio de regressão logística. Resultados Das 190 pacientes em acompanhamento, 108 (56,8%) apresentavam a pressão arterial controlada. Na análise de regressão logística, as variáveis possuir mais de 70 anos (p = 0,033) e residir na área mais afastada da unidade de saúde (p = 0,002) estiveram associadas ao não controle da pressão arterial. Conclusão Embora o percentual de controle da pressão arterial seja elevado na população estudada quando comparado com dados da literatura, medidas devem ser implantadas para o aumento desse percentual, para evitar futuras complicações.<hr/>Abstract Introduction Hypertension is a chronic disease with high prevalence and low control rates. This study aimed to analyze the blood pressure control in hypertensive elderly followed up in a Family Health Unit and its associated factors. Methods Cross-sectional study, with patient records analysis of 190 hypertensive elderly women. Patients’ blood pressure was considered to be under control if lower than 140/90mmHg. For statistical analysis, we calculated the prevalence ratio and 95% confidence interval for controlled and not controled blood pressure, according to the association of some factors. Multivariate analyzes were conducted using logistic regression. Results Of the 190 patients followed up, 108 (56.8%) had controlled blood pressure. In logistic regression analysis, the variables of being older than 70 years (p = 0.03) and reside in the area furthest from the facility (p = 0.002) were associated with uncontrolled blood pressure. Conclusion Although the control rate in this population is high when compared with literature, measurements should be implemented to increase this rate and avoid future complications. <![CDATA[Agreement assessment between hemoglobin and hematocrit to detect anemia prevalence in children less than 5 years old]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1414-462X2016000100118&lng=en&nrm=iso&tlng=en Abstract This study aimed to assess the extent of agreement between hemoglobin (Hb) and hematocrit (Ht), while also verifying whether anemia prevalence can be determined by hematocrit cut-off points. A hundred pairs of capillary Hb and Ht of children less than 5 years old were analyzed. The Hb and Ht concentrations were measured using HemoCue and microhematocrit centrifuge, respectively. The Bland and Altman’s method was used to assess the agreement between ‘observed Hb’ and ‘Hb estimated through Ht’ (Hb = Ht/3). The ROC curve was constructed based on the reference to anemia classification according to Hb. The subjects were classified according to the status of anemia obtained through the Ht, also evaluating the agreement regarding Hb. The area under the ROC curve identified that Ht &lt;35% correctly classified 85% of subjects with Hb &lt;11.0 g/dL. However, the cut-off point of &lt;33% showed higher kappa (k = 0.49 against 0.41) and higher relative agreement (82% vs. 74%) compared to Ht &lt;35%. Our findings indicate that capillary Hb and Ht could be used either together or separately to assess the prevalence of anemia. Considering the need to identify iron deficiency anemia with a single indicator in population studies, the use of Ht would be simpler and cost-saving.<hr/>Resumo O objetivo deste estudo foi avaliar o grau de concordância entre a hemoglobina (Hb) e o hematócrito (Ht), para verificar se a prevalência de anemia pode ser determinada pelo hematócrito. Cem pares de Hb e Ht capilar de crianças menores de 5 anos de idade foram analisados. A concentração de Ht e Hb foi medida utilizando centrífuga para microhematócrito e HemoCue, respectivamente. A análise de Bland e Altman foi utilizada para avaliar as diferenças entre os valores observados de Hb e de Hb estimada através de hematócrito (Hb = Ht / 3). A curva ROC foi calculada com referência à classificação de anemia ferropriva, a partir dos resultados de Hb. Os indivíduos foram classificados de acordo com o estado de anemia a partir do Ht, comparando com a avaliação obtida a partir da Hb. A área sob a curva ROC permite identificar que Ht &lt;35% corretamente classificava 85% dos indivíduos com Hb &lt;11,0 g/dL. No entanto, o ponto de corte Ht &lt;33% apresentou maior kappa (k = 0,49 contra 0,41) e concordância relativa mais elevada (82% vs. 74%) em comparação com Ht &lt;35%. A hemoglobina e o hematócrito capilar podem ser usados em conjunto ou separadamente para avaliar a prevalência de anemia. Considerando a necessidade de identificar a anemia ferropriva com um único indicador em estudos populacionais, a utilização do Ht seria mais simples e econômica. <![CDATA[Operative groups in Primary Health Care as a discussion and education practice: a review]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1414-462X2016000100124&lng=en&nrm=iso&tlng=en Resumo Introdução: É indispensável que os profissionais da saúde se informem sobre os fenômenos grupais, pois sua organização como modalidade de atenção coletiva é cada vez mais frequente nos serviços de saúde. Assim, o objetivo deste estudo foi analisar, através de uma revisão da literatura, os resultados de ações educativas na Atenção Primária em Saúde através da utilização de grupos operativos encontrados. Método: Busca eletrônica nas bases de dados Medline, Scielo, LILACS e Web of Science, sem restrição de idioma e ano de publicação, realizada por dois pesquisadores independentes. Resultado: A estratégia de busca retornou 143 estudos, no entanto somente 10 estudos foram incluídos. Aplicados em diferentes populações, percebemos que os grupos voltados para a educação em saúde na Atenção Primária funcionam como estratégia eficiente, na qual se abre espaço para a escuta das necessidades e para a informação. Além disso, medidas objetivas demonstram melhora no autocuidado, estilo de vida, abandono de vícios, comportamentos de risco etc. Conclusão: Os grupos operativos estão inseridos no cuidado à saúde na Atenção Primária como um processo prático e eficiente. Todos os estudos alcançaram resultados positivos na promoção, prevenção e educação em saúde.<hr/>Abstract Introduction: It is essential that health professionals learn about group phenomena, since its organization as a form of collective attention is increasing in health services. Thus, this study aimed to analyze, through a literature review, the results of educational activities in primary health care through the use of operative groups. Method: We conducted an electronic search in Medline, SciELO, LILACS and Web of Science, without restrictions of language and year of publication, the search was performed by two independent researches. Result: The search strategy returned 143 studies, however only ten studies were included. The health education groups in primary healthy care are efficient strategies when applied in different populations, opening a space to listening and informing. Additionally, objective measures show improvement in self-care, lifestyle, abandoning addictions, risk behavior, etc. Conclusion: The operative groups are included in primary health care as a practical and efficient process. All studies achieved positive results in the promotion, prevention and health education.