Scielo RSS <![CDATA[Revista de Nutrição]]> http://www.scielo.br/rss.php?pid=1415-527320170001&lang=pt vol. 30 num. 1 lang. pt <![CDATA[SciELO Logo]]> http://www.scielo.br/img/en/fbpelogp.gif http://www.scielo.br <![CDATA[Cenário da pesquisa em Alimentação Coletiva no Brasil]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1415-52732017000100001&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt ABSTRACT Objective: The present study aims to investigate the scenario of research on Food Service in Brazil based on the Stricto Sensu Graduate Programs in Nutrition, research groups, and scientific production. Methods: A search of the research lines including studies related to this topic and the researchers engaged in those studies was conducted. The research groups were identified on the Directory of Research Groups in Brazil website and the profile of the scientific production was based on articles included in the Scientific Electronic Library Online database. Articles published in international journals that were related to research lines focused on food production were also searched and analyzed. Results: The search identified only two graduate programs with research lines that describe the food production as the object of study although 13 graduate programs carry out research related to Food Service, especially focused on nutritional and sanitary aspects of food. The same trend was observed in the national articles. The internationalization of these two research line results from the academic publication in 22 different journals over the past 5 years. Thirty five professors were identified and most of them hold a PhD in Food Science and Technology. The number of research groups increased from two in 2000 to twenty nine in 2010. Conclusion: The inclusion of Food Service in graduate programs is still limited. The main trend observed is towards a closer relationship with Food Science and Technology in terms of the lines of research, professional qualification, and published studies.<hr/>RESUMO Objetivo: Busca-se uma aproximação com o cenário da pesquisa em Alimentação Coletiva no Brasil a partir dos programas de pós-graduação Stricto Sensu pertencentes à área da Nutrição, dos grupos de pesquisa e da produção científica. Métodos: Foi realizado levantamento das linhas de pesquisa em que são desenvolvidos trabalhos de interesse, bem como de docentes vinculados a estas linhas. Para identificação dos grupos de pesquisa, empregou-se o site do Diretório de Grupos de Pesquisa no Brasil e o recorte da produção científica foi baseado nos artigos publicados no Scientific Eletronic Library Online. Também foi investigada a publicação internacional vinculada às linhas de pesquisa que se voltam à produção de refeições. Resultados: Apenas dois programas possuem linhas de pesquisa que descrevem a produção de refeições como objeto de estudo, embora 13 programas de pós-graduação desenvolvam estudos em interface com a Alimentação Coletiva voltados, principalmente, para aspectos nutricionais e sanitários dos alimentos. Essa tendência também foi observada nos artigos nacionais. A internacionalização nas duas linhas de pesquisa destacadas ocorreu por meio da publicação em 22 revistas diferentes nos últimos cinco anos. Entre os 35 docentes identificados, a maioria possui doutoramento na área de Ciência e Tecnologia de Alimentos. O número de grupos de pesquisa cresceu de dois, no ano 2000, para 29, em 2010. Conclusão: A inserção da Alimentação Coletiva na pós-graduação é limitada. A principal tendência é de aproximação com a Ciência e Tecnologia de Alimentos no que se refere às linhas de pesquisa, qualificação docente e trabalhos publicados. <![CDATA[Absorção intestinal de ferro e cálcio de fórmulas infantis à base de leite de vaca e de soja em filhotes de ratos recém-desmamados]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1415-52732017000100013&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt ABSTRACT Objective: This study aimed to compare the intestinal absorption of iron and calcium between soy-based and cow's milk-based infant formulas in weanling rats. Methods: Twenty male Wistar rats, twenty-one days old on the first day of weaning, were used in this experiment, divided in two Groups, one Group was fed soy protein-based infant formula the other, cow's milk protein-based infant formula. During the study period (ten consecutive days) the animals received food and water ad libitum. Hematocrit and hemoglobin were evaluated on the first, fifth, and tenth days by the Wintrobe and cyanomethemoglobin methods. Feces and urine were collected, beginning on the fifth day, for three consecutive days. On the tenth day, hepatic iron content was also analyzed. Hepatic iron as well as fecal and urinary iron and calcium analyses were performed using an atomic absorption spectrophotometer. At thirty-one days of age, the animals were anesthetized with ketamine and xylazine and sacrificed by exsanguination via the vena cava. Results: The final concentration of hemoglobin in the group soy-based infant formula and milk-based infant formula were: 10.3±1.3g/dL and 10.9±1.0g/dL (p=0.310). The apparent absorption of iron and calcium, in that order, were: 73.4±10.2% and 70.2±9.5%; 97.2±0.7% and 97.6±1.0% (p=0.501; p=0.290). The apparent calcium retention was: 88.4% ±2.2 and 88.6±2.6% (p=0.848). Hepatic iron content was: 522.0±121.1mg/g and 527.8±80.5mg/g (p=0.907) . Conclusion: Intestinal iron and calcium absorption from soy-based infant formula is similar to that from milk-based infant formula in weanling rats.<hr/>RESUMO Objetivo: Este estudo objetivou comparar a absorção intestinal de ferro e cálcio entre fórmulas infantis à base de leite de vaca e de soja em ratos recém-desmamados. Métodos: Vinte ratos machos Wistar, com 21 dias de vida e no primeiro dia do desmame foram utilizados neste experimento, divididos em dois grupos: um alimentado com fórmula infantil à base de proteína de soja e o outro com fórmula infantil à base de proteína do leite de vaca. Durante o período de estudo (10 dias consecutivos), os ratos receberam dieta e água ad libitum. Hematócrito e hemoglobina foram mensurados no primeiro, quinto e décimo dia pelo método de Wintrobe e da cianometaemoglobina. As fezes e a urina foram recolhidas a partir do quinto dia durante durante três dias consecutivos. No décimo dia, o conteúdo de ferro hepático também foi analisado. O conteúdo de ferro hepático e a análise de ferro e cálcio nas fezes e na urina foram realizados utilizando espectrofotômetro de absorção atômica. Aos 31 dias de vida, os animais foram anestesiados com ketamina e xilasina e sacrificados por exsanguinação da veia vaca. Resultados: A concentração final de hemoglobina no grupo fórmula infantil à base de soja e fórmula infantil à base de leite de vaca foram 10,3±1,3g/dL e 10,9± 1,0g/dL (p=0,310), respectivamente. A absorção aparente de ferro e cálcio foi de: 73,4±10,2% e 70,2±9,5%, para o primeiro grupo; e 97,2±0,7% e 97,6±1,0%, para o segundo (p=0,501; p=0,290). A retenção aparente de cálcio foi: 88,4±2,2% e 88,6±2,6% (p=0,848). O teor de ferro hepático foi: 522,0±121,1µg/g e 527,8±80,5µg/g (p=0,907), respectivamente. Conclusão: A absorção intestinal de ferro e cálcio da fórmula infantil à base de soja é similar à da fórmula infantil à base de leite em ratos recém-desmamados. <![CDATA[Vitamina C reduz o efeito obesogênico e hiperglicemiante do açúcar invertido em ratos pré-diabéticos]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1415-52732017000100023&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt ABSTRACT Objective: To evaluate whether vitamin C can help to prevent obesity and hyperglycemia in Wistar rats treated with excess invert sugar to induce prediabetes. Methods: One hundred-day-old Male Wistar rats with a mean weight of 336.58±23.43g were randomly assigned to the following groups: (1) control, receiving water (C); (2) invert sugar control, receiving a 32% watery solution of invert sugar; (3) vitamin C control, receiving a watery solution of vitamin C (60mg/L), and (4) vitamin C plus invert sugar, receiving a watery solution of vitamin C and invert sugar. All animals had access to chow and water ad libitum and were treated for 17 weeks. Prediabetes was assessed according to two criteria: obesity (based on body mass indexand peritoneal fat content) and impaired glucose tolerance (assessed by the intraperitoneal glucose tolerance test and expressed as area under the curve) . Results: Group invert sugar control gained significantly more weight (p=0.035) and visceral fat (p&lt;0.001) than groups vitamin C control and vitamin C plus invert sugar. Consequently, groups vitamin C control and vitamin C plus invert sugar had gained as little body mass index as group C by the end of the experiment. Vitamin C decreased the fasting glycemia of both groups supplemented with vitamin C and normalized the glucose tolerance of group vitamin C plus invert sugar, whose area under the curve matched that of group C. Conclusion: Vitamin C has anti-obesogenic and glycemia-lowering effects in Wistar rats, which might be promising to prediabetics. Future studies are needed to understand the anti-obesogenic and anti-hyperglycemic mechanisms of vitamin C in prediabetes.<hr/>RESUMO Objetivo: Avaliar o efeito da vitamina C na prevenção da obesidade e da hiperglicemia, em ratos Wistar tratados com sobrecarga de açúcar invertido, para induzir o estágio de pré-diabetes. Métodos: Ratos Wistar machos (100 dias de vida e peso médio de 336,58±23,43g) foram distribuídos aleatoriamente nos grupos: (1) controle água; (2) controle açúcar invertido, recebendo 32% de açúcar invertido diluído em água; (3) controle vitamina C, recebendo vitamina C (60mg/L) diluído em água e, (4) açúcar invertido+vitamina C, tratados com vitamina C e açúcar invertido diluídos em água. Todos os animais receberam ração e água ad libitum, sendo tratados por 17 semanas. O estágio de pré-diabetes foi avaliado considerando-se obesidade (índice de massa corporal e quantidade de gordura peritoneal) e tolerância à glicose diminuída (Teste de Tolerância à Glicose Intraperitoneal, expresso pela área sob a curva) . Resultados: Os grupos vitamina C e açúcar invertido + vitamina C apresentaram redução significativa do peso (p=0,035) e da gordura visceral (p&lt;0,001) em relação ao grupo açúcar invertido. Consequentemente, verificou-se uma diminuição do índice de massa corporal dos grupos vitamina C e açúcar invertido+vitamina C, assemelhando-se ao do grupo C no final do experimento. A vitamina C reduziu a glicemia de jejum dos animais de ambos os grupos suplementados com Vitamina C e normalizou a tolerância à glicose do grupo açúcar invertido+vitamina C, igualando-se a área sob a curva a do grupo C. Conclusão: A suplementação de vitamina C teve efeito anti-obesogênico e hipoglicemiante, mostrando-se promissora no pré-diabetes. Estudos futuros são necessários para entender os mecanismos anti-obesogênicos e anti-hiperglicemiantes da vitamina C no pré-diabetes. <![CDATA[Fatores associados aos deficit nutricionais entre crianças africanas menores de cinco anos, Bom Jesus, Angola]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1415-52732017000100033&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt ABSTRACT Objective: To identify the determinants of wasting and stunting in children under five years old in the commune of Bom Jesus, Angola Methods: A population-based cross-sectional study was conducted with 742 children in 2010, and nutritional deficits were defined by World Health Organization criteria. Prevalence ratios and associated factors of wasting and stunting were estimated using Poisson regression with robust variance, using a conceptual hierarchical model Results: For both deficits, there were significant differences in the prevalence ratios according to the children's neighborhood and age. Boys and those children living in households whose water supply came from the river or lake, as well those with recent expulsion of parasites and infections were more likely to present stunting. Children of fathers with higher number of children or that which the fathers were not living at home and whose mothers were 25-34 years old were less likely to have wasting Conclusion: It was identified independent variables from different levels of determination of malnutrition, standing out the basic sanitation conditions and family structure as important predictors of the nutritional deficits. The knowledge of the associated factors of malnutrition may contribute for subside public policies in planning interventions to improve the childhood nutrition status in Bom Jesus and communes with similar characteristics in Angola.<hr/>RESUMO Objetivo: Identificar os determinantes dos deficit estatural (índice altura/idade) e ponderal (índice peso/altura) entre crianças menores de cinco anos da Comuna de Bom Jesus, Angola. Métodos: O estudo, transversal de base populacional, foi conduzido entre 742 crianças no ano de 2010 e os deficit nutricionais foram definidos de acordo com os criterios da Organização Mundial da Saúde. Razões de prevalência e fatores associados aos deficit nutricionais foram estimados mediante regressão de Poisson com variância robusta, utilizando-se modelo conceitual de análise hierarquizado. Resultados: Para ambos os índices houve diferença significativa nas razões de prevalência de acordo com bairro de moradia e idade da criança. Crianças do sexo masculino e aquelas que residiam em domicílios cujo abastecimento de água era proveniente do rio ou lago, tão bem quanto aquelas que apresentaram expulsão de parasitas e infecções nos 15 dias anteriores à pesquisa, tiveram maior probabilidade de acometimento estatural. Para o deficit de peso/altura, menor probabilidade de acometimento foi observada entre crianças cujas mães tinham idade entre 25-34 ano. Conclusão: Foram identificadas variáveis independentes de diferentes níveis de determinação da desnutrição, destacando--se as condições sanitárias básicas e a estrutura familiar como importantes fatores associados aos deficit nutricionais. O conhecimento acerca dos determinantes da desnutrição pode subsidiar políticas públicas no planejamento de intervenções que visem melhorar o estado nutricional infantil em Bom Jesus e comunas com características semelhantes em Angola. <![CDATA[Excesso de peso em pré-escolares: o papel do consumo alimentar]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1415-52732017000100045&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt ABSTRACT Objective: The study aimed to compare the food intake of overweight/obese and normal weight preschoolers and to verify whether excess weight is associated with low birth weight, catch-up growth, early weaning, and physical activity/inactivity Methods: This case-control study was conducted in family healthcare units of the city of Olinda, Pernambuco, from May to August 2014 Results: A total of 253 children were studied, 84 with 'excess weight' and 164 with 'normal weight'. In the 'overweight/obese' and 'normal weight' groups, 77% and 43% of the children, respectively, had high calorie intake. The 'overweight/obese' group had lower fruit intake, higher maternal education level, higher family income, higher maternal excess weight, and presence of catch-up growth and inactivity Conclusion: The results suggest that food intake has an important role, but that other variables contribute to excess weight in children. Recognition of the problem's many causes should guide the public policies directed at this age group to prevent this nutritional disorder.<hr/>RESUMO Objetivo: Comparar o consumo alimentar entre pré-escolares com excesso de peso e eutróficos e verificar a associação do baixo peso ao nascer, presença de catch-up growth, desmame precoce e atividade física/sedentarismo com o excesso de peso Métodos: Realizado um estudo caso-controle em Unidades de Saúde da Família da cidade de Olinda, Pernambuco, de maio a agosto de 2014 Resultados: Foram estudadas 253 crianças, sendo 84 com excesso de peso e 169 eutróficas. No grupo excesso de peso, 77% apresentavam consumo calórico excessivo e, no grupo eutrófico, 43%. Observou-se menor consumo de fruta no grupo excesso de peso, assim como maior escolaridade materna, maior renda familiar, excesso de peso materno, presença de catch-up growth e comportamento sedentário Conclusão: Os resultados sugerem que o consumo alimentar apresenta papel importante, mas que outras variáveis contribuem para o excesso de peso infantil. O reconhecimento de que o problema tem origem multicausal deve nortear as políticas públicas voltadas para o grupo etário estudado com o objetivo de prevenir esse agravo nutricional. <![CDATA[Evolução do estado nutricional e sintomatologia intestinal e extra intestinal em pacientes com doença celíaca e sensibilidade ao glúten não celíaca submetidos à orientação dietética especializada]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1415-52732017000100057&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt ABSTRACT Objective: To investigate the nutritional status variation and symptomatology of patients with celiac disease and non-celiac gluten sensitivity after specialized dietary advice Methods: This prospective study included 80 patients with celiac disease and non-celiac gluten sensitivity. Clinical, metabolic, and nutritional variables were collected from medical records, and the symptomatology was investigated by the Metabolic Screening Questionnaire. The variables were assessed on two occasions (T1 - before dietary advice and T2 - after dietary advice) with an interval of three months between T1 and T2 Results: The median age was 42 years. The prevalences of celiac disease and non-celiac gluten sensitivity were 66.2% and 33.8%, respectively. Normal weight prevailed at T1 (58.8%) and T2 (56.3%), but 30.0% of the patients at T1 and 34.9% of the patients at T2 had excess weight. The two conditions had similar symptomatology. The most frequent signs and symptoms on both occasions involved the gastrointestinal tract, followed by energy/activity and emotions. All symptoms decreased significantly after the introduction of a proper diet Conclusion: The patients were normal weight on both study occasions (T1 and T2), and the symptoms improved after dietary advice. Thus, we reinforce the importance of proper dietary management in both clinical conditions to make dietary adjustments that improve these individuals' symptomatology.<hr/>RESUMO Objetivo: Investigar a evolução do estado nutricional e a sintomatologia de pacientes com doença celíaca e sensibilidade ao glúten não celíaca após orientação dietética especializada Métodos: O estudo prospectivo foi realizado com 80 pacientes portadores da doença celíaca e de sensibilidade ao glúten não celíaca. A coleta das variáveis clínicas, metabólicas e nutricionais foi feita por análise dos prontuários, enquanto a sintomatologia foi investigada por meio de Questionário de Rastreamento Metabólico. As variáveis foram avaliadas em dois momentos (T1 - antes da orientação dietética e T2 - após orientação dietética), com intervalo de 3 meses entre T1 e T2 Resultados: A mediana de idade foi de 42 anos. A prevalência de doença celíaca e de sensibilidade ao glúten não celíaca foi de 66,2% e 33,8%, respectivamente. A eutrofia prevaleceu como estado nutricional de T1 (58,8%) e T2 (56,3%), porém 30,0% dos pacientes em T1 e 34,9% em T2 apresentaram excesso de peso. A sintomatologia foi similar entre as duas enfermidades. Os sinais e sintomas mais frequentes nos dois tempos foram os do trato digestório, seguido pelos relacionados à energia/atividade e às emoções. Todos os sintomas diminuíram significativamente após a introdução da dieta Conclusão: Os pacientes apresentaram estado nutricional de eutrofia nos dois momentos avaliados (T1 e T2) e houve redução dos sintomas após as orientações nutricionais. Dessa forma, reitera-se a importância do manejo dietético adequado para ambas as enfermidades clínicas a fim de adequar a dieta que favoreça a melhora da sintomatologia apresentada por esses indivíduos. <![CDATA[Excesso de peso gestacional e prática de aleitamento materno exclusivo entre mulheres de baixo nível socioeconômico]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1415-52732017000100069&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt ABSTRACT Objective: To investigate the impact of excessive maternal weight on the early discontinuation of exclusive breastfeeding Methods: This is a longitudinal study including mother-infant dyads of low socioeconomic status receiving prenatal care in Health Care Centers in Porto Alegre, Rio Grande do Sul, Brazil. A structured questionnaire was administered to women in the last trimester of pregnancy, including weight measurements. Another interview was conducted six months after delivery, and data on infant feeding practices were collected and maternal height was measured. Maternal nutritional status was assessed using body mass index values according to gestational age. Discontinuation of exclusive breastfeeding before 4 months was considered a low duration rate Results: A total of 619 mother-infant dyads were evaluated. The prevalence of maternal overweight in the third trimester of pregnancy was 51%. The median duration of exclusive breastfeeding was 2.0 months. After adjustment for possible confounding factors, no association between maternal overweight and early discontinuation of exclusive breastfeeding was identified. Maternal smoking was identified as a risk factor (1.23, 95%CI=1.13-1.35) for early discontinuation of exclusive breastfeeding Conclusion: Excessive maternal weight was not confirmed as a risk factor for early discontinuation of exclusive breastfeeding. However, women who reported being smokers had a higher risk of early discontinuation of exclusive breastfeeding than those who did not smoke. This indicates the need for public health interventions to promote smoking cessation during pregnancy and in the postpartum period because of the deleterious effects of this habit on maternal and infant health.<hr/>RESUMO Objetivo: Investigar o impacto do excesso de peso gestacional na interrupção precoce do aleitamento materno exclusivo. Métodos: Estudo longitudinal com binômios mãe-filho de baixo nível socioeconômico atendidos em Unidades de Saúde de Porto Alegre, Brasil. Foi aplicado questionário estruturado às mulheres no último trimestre de gestação com mensuração de peso. Seis meses após o parto ocorreu nova entrevista onde foram obtidos dados sobre prática alimentar da criança e a altura materna foi mensurada. O estado nutricional gestacional foi avaliado por meio do índice de massa corporal de acordo com a idade gestacional. Foi considerada interrupção precoce do aleitamento materno exclusivo a interrupção anterior aos 4 meses de vida da criança. Resultados: Analisaram-se 619 binômios mãe-filho. A prevalência de excesso de peso no terceiro trimestre de gestação foi de 51%. A duração mediana do aleitamento materno exclusivo foi de 2,0 meses. Após análise ajustada, não foi identificado efeito do excesso de peso gestacional na interrupção precoce do aleitamento materno exclusivo. Em contrapartida, o tabagismo materno foi identificado como fator de risco (1,23, IC95%=1,13-1,35) para interrupção precoce do aleitamento materno exclusivo. Conclusão: O excesso de peso materno não confirmou-se como fator de risco para interrupção precoce do aleitamento materno exclusivo. Contudo, as mulheres que se declararam fumantes apresentaram maior risco de interromper a prática do que aquelas que não fumavam. Isso reforça a necessidade de ações de saúde pública as quais promovam a cessação do tabagismo no período gestacional e no puerpério em virtude das consequências deletérias deste hábito à saúde materno-infantil. <![CDATA[Consumo de lácteos e derivados no Brasil está associado com fatores socioeconômicos e demográficos: resultados do Inquérito Nacional de Alimentação 2008-2009]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1415-52732017000100079&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt ABSTRACT Objective: To estimate the consumption of dairy products in the Brazilian population. Methods: Data from two non-consecutive food records from 34,003 individuals (aged ³10 years) in the first Brazilian nationally representative dietary survey (2008-2009) were used to estimate the dairy products intake. Dairy products were divided into four major subgroups: cow's milk, cheese, yogurt and other dairy products. Absolute and relative frequencies of individuals in the population who reported consumption of dairy products in at least one of the two-day food record according to sex, age, geographic region and levels of per capita monthly family income were calculated. Moreover, the mean consumption of dairy products, as well as their nutritional contribution in total energy, protein, calcium, phosphorus and magnesium intake was estimated. Results: It was observed that only 43.0% of the population reported consuming dairy products, being the milk subgroup the most frequently consumed (21.1%). The prevalence of consumption was higher among females, elderly, residents of the South region, and among individuals from higher per capita monthly family income. The nutritional contribution of dairy products was less than 10.0% of total energy intake and for most nutrients and the mean daily consumption are justified was 101.8g. Conclusion: Therefore, in view of the low intake of dairy products by Brazilian population and the nutritional benefits associated with this food group, public health strategies to increase dairy consumption are justified.<hr/>RESUMO Objetivo: Estimar o consumo de produtos lácteos pela população brasileira. Métodos: Dados de consumo alimentar obtidos por meio de registro alimentar de dois dias não-consecutivos de 34.003 indivíduos com 10 anos ou mais de idade participantes do Primeiro Inquérito Nacional de Alimentação (2008-2009) foram utilizados para estimar o consumo de produtos lácteos. Os produtos lácteos foram divididos em quatro subgrupos maiores: leite, queijo, iogurte e outros lácteos. Frequências absolutas e relativas de indivíduos da população que reportaram consumir os produtos lácteos em pelo menos um dos registros alimentares foram calculadas conforme sexo, idade, região geográfica e níveis de renda familiar mensal per capita. Além disso, estimou-se a quantidade média de consumo dos produtos lácteos, assim como sua contribuição para a ingestão de energia total, proteína, cálcio, fósforo e magnésio. Resultados: Observou-se que apenas 43,0% da população consome produtos lácteos, sendo o leite o produto mais frequentemente consumido (21,1%). A prevalência de consumo foi superior entre o sexo feminino, os idosos e os indivíduos residentes na região Sul e pertencentes aos maiores estratos de renda familiar per capita. A contribuição nutricional dos produtos lácteos para a ingestão de energia e para a maioria dos nutrientes avaliados foi inferior a 10,0% e seu consumo médio diário foi de 101.8g. Conclusão: Tendo em vista o baixo consumo de produtos lácteos pela população brasileira e os benefícios associados a este grupo de alimentos, justificam-se estratégias de saúde pública para o aumento do consumo deste grupo de alimentos. <![CDATA[Avaliação de um aplicativo móvel para a estimativa de ingestão alimentar]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1415-52732017000100091&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt ABSTRACT Objective: Evaluate the use of the Nutrabem (São Paulo, Brasil) mobile application as a tool for measurement of food intake among university students. Methods: Cross-sectional study of a random sample of 40 undergraduate students at the Universidade Federal de São Paulo, Campus Baixada Santista. Food intake data were estimated using the Nutrabem app and the 24-hour dietary recall. Intakes of energy, carbohydrates, proteins, lipids, calcium, iron, and vitamin C were calculated. The intake of food groups and diet quality were evaluated by the Diet Quality Index associated with the Digital Food Guide. The agreement between the methods was assessed using the Pearson's correlation coefficient and the Student' t-test. Results: Strong correlations were observed between energy (0.77), carbohydrates (0.82) and protein (0.83). The groups: poultry, fish, and eggs; beef and pork; refined grains and breads; and fruits and legumes showed strong correlations (between 0.76 and 0.85). There were moderate correlations (0.59 and 0.71) between the groups sugars and sweets; whole grains, tubers and roots, milk and dairy products, animal fats, and the Diet Quality Index associated with the Digital Food Guide scores. Vegetables and leafy greens, nuts, and vegetable oils showed weak correlations (0.31 and 0.43). Homogeneity assessment revealed similarity between the results obtained by both methods (p&gt;0.05) . Conclusion: The Nutrabem app can be used as a tool to assess dietary intake among university students since it produces results similar to those obtained by the 24-hour dietary recall method.<hr/>RESUMO Objetivo: Avaliar a utilização do aplicativo Nutrabem (São Paulo) como recurso para a medida da ingestão alimentar entre universitários. Métodos: Estudo transversal conduzido em uma amostra aleatória com 40 universitários adultos da Universidade Federal de São Paulo, Campus Baixada Santista. Os dados de ingestão alimentar foram estimados por meio do aplicativo Nutrabem e pelo Recordatório de 24 horas; foram calculados os valores de ingestão de energia, carboidratos, proteínas, lipídeos, cálcio, ferro e vitamina C; avaliou-se ainda a ingestão segundo grupos alimentares e qualidade da dieta conforme o Índice de Qualidade da Dieta associado ao Guia Alimentar Digital. A concordância entre os métodos foi estimada pelo coeficiente de correlação linear Pearson e Teste-t. Resultados: Foram observadas correlações fortes para energia (0,77), carboidratos (0,82) e proteínas (0,83). Os grupos aves, pescados e ovos, carnes bovina e suína, cereais e pães refinados, frutas e leguminosas apresentaram correlações fortes (entre 0,76 e 0,85); açúcares e doces, cereais integrais, tubérculos e raízes, leite e derivados, gorduras de origem animal e a pontuação do Índice de Qualidade da Dieta associado ao Guia Alimentar Digital apresentam correlações moderadas (0,59 e 0,71); hortaliças, oleaginosas e os óleos vegetais apresentam correlações fracas (valores entre 0,31 e 0,43). A avaliação de homogeneidade dos dados mostrou haver semelhança entre os resultados obtidos por ambos os métodos (p&gt;0,05) . Conclusão: O aplicativo Nutrabem pode ser mais uma ferramenta no estudo de ingestão alimentar de jovens universitários, uma vez que produz resultados semelhantes aos obtidos pelo Recordatório de 24 horas. <![CDATA[Pirâmide alimentar cetogênica para pacientes com epilepsia refratária: da teoria à prática clínica]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1415-52732017000100099&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt ABSTRACT Objective: To develop a graphical representation in the form of a food pyramid for a ketogenic diet for dietary treatment in children and adolescents with refractory epilepsy. Methods: The pyramid was constructed based on: the estimation of energy requirements for different age groups, macronutrient distribution, food groups, and the number of servings and respective amounts of food according to the ketogenic diet. Serving sizes were based on the calculation of energy and macronutrient requirements according to age and nutritional status. Results: The pyramid was divided into three tiers and 5 food groups (fats, proteins, type 1 vegetables, type 2 vegetables, and fruits). Four portion size lists were defined for the following age groups: 1-3 years, 4-6 years, 7-10 years, and 11-19 years. Conclusion: The ketogenic diet food pyramid can be used as nutritional guidance for patients undergoing this dietary therapy by illustrating the variety of foods that can be eaten during the treatment, optimizing adherence to the treatment, and guaranteeing beneficial effects on seizure control.<hr/>RESUMO Objetivo: Desenvolver uma representação gráfica sob a forma de pirâmide alimentar para a dieta cetogênica destinada a crianças e adolescentes com indicação de tratamento dietético da epilepsia refratária. Métodos: A construção foi baseada na estimativa da necessidade energética por faixa etária, na distribuição de macronutrientes, nos grupos alimentares, no número de porções e nas respectivas quantidades de alimentos a serem ofertados de forma a atender as recomendações da dieta cetogênica. O porcionamento dos alimentos foi feito baseado no cálculo da necessidade energética e na distribuição de macronutriente segundo a faixa etária e estado nutricional. Resultados: A pirâmide foi dividida em três estratos e em cinco grupos alimentares (gorduras, proteínas, hortaliças tipo 1, hortaliças tipo 2 e frutas). Foram elaboradas quatro listas de porcionamento para as seguintes faixas etárias 1 a 3 anos, 4 a 6 anos, 7 a 10 anos e 11 a 19 anos. Conclusão: A utilização da pirâmide alimentar da dieta cetogênica facilitará a orientação inicial dos pacientes submetidos a essa terapia nutricional, ilustrando a diversidade de alimentos que podem ser ofertados durante o tratamento e otimizando, assim, a aderência ao mesmo e a manutenção dos efeitos benéficos de controle de crises. <![CDATA[Modelização da Vigilância Alimentar e Nutricional na Atenção Primária em Saúde]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1415-52732017000100109&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt ABSTRACT Objective: To describe the modeling stages of food and nutrition surveillance in the Primary Health Care of the Unified Health Care System, considering its activities, objectives, and goals Methods: Document analysis and semi-structured interviews were used for identifying the components, describe the intervention, and identify potential assessment users. Results: The results include identification of the objectives and goals of the intervention, the required inputs, activities, and expected effects. The intervention was then modeled based on these data. The use of the theoretical logic model optimizes times, resources, definition of the indicators that require monitoring, and the aspects that require assessment, identifying more clearly the contribution of the intervention to the results Conclusion: Modeling enabled the description of food and nutrition surveillance based on its components and may guide the development of viable plans to monitor food and nutrition surveillance actions so that modeling can be established as a local intersectoral planning instrument.<hr/>RESUMO Objetivo: Descrever as etapas de modelização da vigilância alimentar e nutricional na Atenção Primária em Saúde no Sistema Único de Saúde, considerando suas atividades, objetivos e metas. Métodos: Foram utilizadas as técnicas de análise documental e entrevistas semi-estruturadas para identificar os componentes, descrever a intervenção e identificar os potenciais usuários da avaliação. Resultados: Foram identificados os objetivos e metas da intervenção, os insumos necessários, as atividades e os efeitos esperados. A partir dessas informações, a intervenção foi modelizada. A utilização do modelo lógico teórico otimiza tempo, recursos, definição de indicadores a serem monitorados e aspectos a serem avaliados, identificando com mais clareza qual a contribuição da intervenção para o alcance dos resultados. Conclusão: A modelização possibilitou descrever a vigilância alimentar e nutricional a partir de seus componentes e poderá orientar a elaboração de planos viáveis de monitoramento das ações da vigilância alimentar e nutricional para sua efetivação como um instrumento de planejamento intersetorial em nível local. <![CDATA[Contaminação por parasitas intestinais em hortaliças comercializadas em uma área do Vale do Jequitinhonha, Minas Gerais, Brasil]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1415-52732017000100127&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt ABSTRACT Objective: The present study aimed to evaluate the presence of helminthes and intestinal protozoa in vegetables commercialized in Diamantina, a municipality located at Jequitinhonha Valley, one of the poorest regions of the world. Methods: A total of 108 specimens, including lettuce, green onion and rocket, were monthly collected from the most popular open street market, green grocery and supermarket of the municipality. The samples were processed by a concentration method and evaluated by light microscopy for parasitological identification. Results: The percentage of contamination was 50.9% (55/108), with predominance of nematode larvae (36.5%), cysts of Entamoeba coli (26.0%) and eggs of hookworms/Strongyloides spp. (12.9%). Lettuce showed greater contamination rate (61.1%) and samples from the open street market were more contaminated (77.8%). Information collected at each point of sale pointed the field cultivation as the critical step for such contaminations. Conclusion: Vegetables marketed in Diamantina presents a wide variety of intestinal parasites, which may represent a potential risk to the health of consumers of fresh vegetables.<hr/>RESUMO Objetivo: O presente estudo teve como objetivo avaliar a presença de helmintos e protozoários intestinais em hortaliças comercializados em Diamantina, um município localizado no Vale do Jequitinhonha, uma das regiões mais pobres do mundo. Métodos: Cento e oito exemplares, incluindo alface, cebolinha e rúcula, foram mensalmente coletados em uma feira livre, uma quitanda e um supermercado do município. As amostras foram processadas por um método de concentração e avaliadas por microscopia óptica para pesquisa de estruturas parasitárias. Resultados: O percentual global de contaminação foi de 50,9% (55/108), com predominância de larvas de nematódeos (36,5%), cistos de Entamoeba coli e ovos de ancilostomídeos/Strongyloides spp. (12,9%). A alface demonstrou a maior taxa de contaminação (61,1%) e as amostras da feira livre foram as mais contaminadas (77,8%). Informações coletadas em cada ponto de venda apontaram o cultivo em campo como a etapa crítica para a contaminação. Conclusão: Hortaliças comercializadas em Diamantina apresentam uma ampla variedade de parasitas intestinais, o que representa um risco potencial à saúde dos consumidores da área. <![CDATA[Instrumento iconográfico para orientação da classificação de alimentos do Guia Alimentar para a População Brasileira]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1415-52732017000100137&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt ABSTRACT This communication describes an instrument for food and nutrition education of food categories based on the new classification according to type of commercial processing, used by the Dietary Guidelines for the Brazilian Population published by the Ministry of Health. The instrument uses, in a practical and schematic manner, the visual resources of food "circles", colors and images. This scheme aims to guide the most appropriate and healthy proportions, as follows: the largest circle contains the foods that should be consumed in the greatest amounts, and so on, until the smallest circle. The front of the circles presents images of foods of each food category, and the back contains a brief explanation about what the foods are and the recommended intake for each category. The instrument aims to mediate and facilitate the guidance of this classification by using a pictorial resource, helping individuals to make food choices autonomously. It is not only aimed at the population, but also at health professionals and educators who seek to promote the population's health. The instrument may be used as a visual aid in individual nutrition care and in groups of food and nutrition education.<hr/>RESUMO Esta comunicação descreve um instrumento para educação alimentar e nutricional de categorias de alimentos de acordo com a nova classificação baseada no tipo de processamento industrial, usada no Guia Alimentar para a População Brasileira do Ministério da Saúde. O instrumento foi desenvolvido utilizando-se de forma prática e esquemática os recursos visuais de proporção dos "círculos", cores e imagens de alimentos. Esse esquema é usado para orientar as proporções mais adequadas e saudáveis, de modo que, no círculo maior, constam os alimentos que devem ser consumidos em maior quantidade e, no menor deles, os que devem ser consumidos em menor quantidade. Utilizando-se da face principal de cada círculo, são apresentadas imagens de alimentos os quais representam cada categoria alimentar e, no verso, uma breve explicação sobre o que são e as recomendações de ingestão de cada categoria. O instrumento visa mediar e facilitar a orientação dessa classificação por meio de recurso visual iconográfico, de modo a apoiar indivíduos em escolhas alimentares com autonomia. Dirige-se à população e, também, a profissionais de saúde e educadores que buscam a promoção da saúde na população. O instrumento pode ser utilizado como material de apoio em atendimentos nutricionais individuais e em grupos de educação alimentar e nutricional. <![CDATA[ERRATUM]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1415-52732017000100145&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt ABSTRACT This communication describes an instrument for food and nutrition education of food categories based on the new classification according to type of commercial processing, used by the Dietary Guidelines for the Brazilian Population published by the Ministry of Health. The instrument uses, in a practical and schematic manner, the visual resources of food "circles", colors and images. This scheme aims to guide the most appropriate and healthy proportions, as follows: the largest circle contains the foods that should be consumed in the greatest amounts, and so on, until the smallest circle. The front of the circles presents images of foods of each food category, and the back contains a brief explanation about what the foods are and the recommended intake for each category. The instrument aims to mediate and facilitate the guidance of this classification by using a pictorial resource, helping individuals to make food choices autonomously. It is not only aimed at the population, but also at health professionals and educators who seek to promote the population's health. The instrument may be used as a visual aid in individual nutrition care and in groups of food and nutrition education.<hr/>RESUMO Esta comunicação descreve um instrumento para educação alimentar e nutricional de categorias de alimentos de acordo com a nova classificação baseada no tipo de processamento industrial, usada no Guia Alimentar para a População Brasileira do Ministério da Saúde. O instrumento foi desenvolvido utilizando-se de forma prática e esquemática os recursos visuais de proporção dos "círculos", cores e imagens de alimentos. Esse esquema é usado para orientar as proporções mais adequadas e saudáveis, de modo que, no círculo maior, constam os alimentos que devem ser consumidos em maior quantidade e, no menor deles, os que devem ser consumidos em menor quantidade. Utilizando-se da face principal de cada círculo, são apresentadas imagens de alimentos os quais representam cada categoria alimentar e, no verso, uma breve explicação sobre o que são e as recomendações de ingestão de cada categoria. O instrumento visa mediar e facilitar a orientação dessa classificação por meio de recurso visual iconográfico, de modo a apoiar indivíduos em escolhas alimentares com autonomia. Dirige-se à população e, também, a profissionais de saúde e educadores que buscam a promoção da saúde na população. O instrumento pode ser utilizado como material de apoio em atendimentos nutricionais individuais e em grupos de educação alimentar e nutricional.