Scielo RSS <![CDATA[Revista de Administração Contemporânea]]> http://www.scielo.br/rss.php?pid=1415-655520150001&lang=pt vol. 19 num. 1 lang. pt <![CDATA[SciELO Logo]]> http://www.scielo.br/img/en/fbpelogp.gif http://www.scielo.br <![CDATA[Editorial]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1415-65552015000100001&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt <![CDATA[Desafios da Editoração de Periódicos Científicos no Brasil]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1415-65552015000100002&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt <![CDATA[Síntese dos Principais Critérios, Métodos e Subproblemas da Seleção de Fornecedores Multicritério]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1415-65552015000100003&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt O objetivo do presente artigo é identificar na literatura quais são os principais critérios considerados no processo de decisão, os principais métodos individuais e combinados e os subproblemas da seleção de fornecedores no contexto multicritério. Cabe ressaltar que as tarefas de avaliar e identificar os melhores fornecedores para um novo produto ou serviço são essenciais ao gerenciamento da cadeia de suprimentos (GCS). Para executá-las apropriadamente, considerando-se a natureza multicritério da seleção de fornecedores, torna-se necessária a inclusão de uma abordagem de agregação dos critérios, cuja escolha depende basicamente dos objetivos da decisão, tipos de critérios a serem utilizados e racionalidade do decisor. Para atingir o objetivo proposto, optou-se por utilizar o procedimento da revisão sistemática da literatura que segue o protocolo proposto por Cronin, Ryan e Coughlan (2008), abrangendo artigos publicados nas bases ISI Web of Knowledge e Scopus, no período de 2001 a 2012. Além de sintetizar o conhecimento acerca do tema, o artigo ressalta os principais critérios, métodos e subproblemas da seleção de fornecedores, com isso, contribui ao identificar os aspectos que devem ser desenvolvidos em estudos futuros e ao apresentar aos gestores abordagens existentes para a tomada de decisões relativa à seleção de fornecedores de forma sistematizada.<hr/>The purpose of this paper is to identify the main criteria considered in supplier selection, the main methods used and sub-problems in a multicriteria context. The tasks of identifying the best suppliers of new products or services or even for evaluating the performance of an existing supplier is essential to supply chain management (SCM). In order to perform these tasks properly, and considering the multicriteria nature of supplier selection, it is necessary to include an approach using aggregation of criteria, primarily chosen depending on the objectives of the decision, types of criteria to be used and the rationality of the decision maker. In order to achieve this objective this research used a systematic literature review of articles published in ISI Web of Knowledge and Scopus for the period 2001-2012 following the protocol proposed by Cronin, Ryan and Coughlan (2008). In addition to synthesizing knowledge about the subject, the article highlights the key criteria, methods and sub-problems of selection of suppliers, contributing by identifying the aspects that should be developed in future studies. It also provides managers with existing approaches to making decisions about supplier selection in a systematic way. <![CDATA[Evaluating Supply Chain Management: A Methodology Based on a Theoretical Model]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1415-65552015000100004&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Despite the increasing interest in supply chain management (SCM) by researchers and practitioners, there is still a lack of academic literature concerning topics such as methodologies to guide and support SCM evaluation. Most developed methodologies have been provided by consulting companies and are restricted in their publication and use. This article presents a methodology for evaluating companies’ degree of adherence to a SCM conceptual model. The methodology is based on Cooper, Lambert and Pagh’s original contribution and involves analysis of eleven referential axes established from key business processes, horizontal structures, and initiatives &amp; practices. We analyze the applicability of the proposed model based on findings from interviews with experts - academics and practitioners - as well as from case studies of three focal firms and their supply chains. In general terms, the methodology can be considered a diagnostic instrument that allows companies to evaluate their maturity regarding SCM practices. From this diagnosis, firms can identify and implement activities to improve degree of adherence to the reference model and achieve SCM benefits. The methodology aims to contribute to SCM theory development. It is an initial, but structured, reference for translating a theoretical approach into practical aspects.<hr/>Apesar do crescente interesse quanto à Gestão da Cadeia de Suprimentos (GCS) por parte de pesquisadores e profissionais, ainda há uma lacuna na literatura no que tange às metodologias que orientam e apoiam a avaliação da GCS. As metodologias mais desenvolvidas foram fornecidas por empresas de consultoria e apresentam restrições para publicação e uso. Neste trabalho, é proposta uma metodologia para avaliar o grau de adesão das empresas a partir de um modelo conceitual de GCS. A metodologia é baseada na contribuição original de Cooper, Lambert e Pagh e envolve a análise de 11 eixos referenciais que foram estabelecidos por meio de processos-chave de negócios. A aplicabilidade do modelo proposto foi analisada a partir dos resultados de entrevistas com acadêmicos e profissionais, bem como em relação a um estudo de caso desenvolvido em três empresas focais e suas cadeias. Em termos gerais, a metodologia pode ser considerada como um instrumento de diagnóstico que permite às empresas avaliarem a maturidade de suas práticas em GCS. Por meio dessa gestão, as empresas podem identificar e implementar ações para melhorar o grau de aderência ao modelo de referência e usufruir dos benefícios atribuídos à GCS. <![CDATA[Mercado Voluntário de Carbono: Análises de Cobenefícios de Projetos Brasileiros]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1415-65552015000100005&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Este estudo apresenta resultados parciais de uma pesquisa que teve por objetivo identificar e analisar os cobenefícios em prol do desenvolvimento sustentável de projetos do mercado voluntário de carbono no Brasil para além da redução de gases de efeito estufa. Para tanto, foram realizadas pesquisas exploratórias, análise documental e estudos de casos ilustrativos, tendo como base a matriz analítica construída a partir de estudos da United Nations Framework Conventions on Climate Change (UNFCCC) sobre cobenefícios oriundos do mercado regulado de carbono. Os resultados revelaram que dois dos quatro projetos analisados apresentaram maiores avanços na promoção do desenvolvimento sustentável, o que difere dos achados da UNFCCC (2011) e de Boyd et al (2009). O resultado parcial sinaliza maior potencial do mercado voluntário em comparação ao mercado regulado de carbono para contribuição ao desenvolvimento sustentável em âmbito local, dada sua maior flexibilidade e a diversidade de atores, assim como a exigência, por parte de alguns padrões de certificação, da demonstração do alcance dos cobenefícios declarados. Ademais, notou-se que alguns cobenefícios estimulam a ocorrência de outros nas localidades onde se desenvolvem e que os projetos com melhores contribuições estavam registrados em padrões de certificação que exigem o atendimento a indicadores que vão além da redução de emissão de gases de efeito estufa.<hr/>This study presents partial results of a research that aims to examine the co-benefits of sustainable development of the voluntary carbon market in Brazil. Therefore, we carried out exploratory research, document analysis and illustrative case studies, based on the analytical matrix constructed from the United Nations Framework Conventions on Climate Change (UNFCCC) studies on co-benefits from the regulated carbon market. The results presented showed that two of the four projects had greater advances in promoting sustainable development, contradicting the results of the UNFCCC (2011) and Boyd et al (2009) in their studies on the regulated market. The achieved result confirms the major potential market for voluntary contribution to the sustainable development at the local scale, given greater flexibility and diversity of actors. Moreover, it was found that some co-stimulate other benefits in the local communities where they were developed, besides the more advanced projects that were registered in the International Standards that require the attendance of indicators that go beyond the reduction of greenhouse gases. <![CDATA[A Regulamentação Ambiental Conduzindo Estratégias Ecoinovativas na Indústria de Papel e Celulose]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1415-65552015000100006&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Objetivou-se analisar, neste estudo, a associação da regulamentação ambiental com a adoção de estratégias de ecoinovação proativas e reativas na indústria brasileira de celulose, papel e produtos de papel. A metodologia foi baseada na abordagem quantitativa, utilizando a estratégia de levantamento de corte transversal, por meio de um questionário on-line autoadministrado, respondido por 117 empresas do setor, de todos os portes e de todas as regiões do Brasil. Para a análise dos dados, foi utilizada a estatística inferencial pela análise de regressão logística. Os principais resultados apontam que as organizações participantes deste estudo consideram a regulamentação ambiental como condutora de estratégias de ecoinovação proativas, de forma mais contundente que as reativas, em oposição à literatura anterior. Este resultado se insere na perspectiva evolucionista, a qual postula que as empresas veem a regulamentação ambiental menos como custo e mais como oportunidade, orientando-as para melhoria de produtividade e competitividade.<hr/>This study aimed to analyze the association of environmental regulation with the adoption of both proactive and reactive eco-innovation strategies in the Brazilian pulp, paper, and paper product industry. Methodology was based on a quantitative approach, using a cross-sectional survey by means of a self-administered online questionnaire answered by 117 sector companies of all sizes and Brazilian regions. Data analysis consisted of inferential statistics with logistic regression analysis. The main results show that the organizations participating in this study consider environmental regulation as conducive of proactive, more than reactive, eco-innovation strategies, as opposed to previous literature. This result fits into the evolutionary perspective, which postulates that companies see environmental regulation as less a cost and more an opportunity, directing them to improve productivity and competitiveness. <![CDATA[Educação Corporativa e Desenvolvimento de Lideranças em Empresas <em>Multisite</em>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1415-65552015000100007&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt No mundo empresarial, as mudanças são cada vez mais rápidas. A aprendizagem, no contexto organizacional, transforma-se e nasce a Educação Corporativa (EC), definida como um conjunto de estratégias educacionais contínuas que visam ao desenvolvimento de competências para o negócio. Nesse contexto, o desenvolvimento de lideranças é uma necessidade das organizações que estruturam programas com o uso de diferentes estratégias e Tecnologias da Informação e Comunicação (TIC). O objetivo desta pesquisa é identificar quais estratégias e TIC vêm sendo utilizadas na Educação Corporativa para o desenvolvimento de lideranças em organizações multisite. A pesquisa é exploratória e qualitativa. Foram realizadas entrevistas com 12 empresas da região metropolitana de Porto Alegre – RS (em um total de 24 entrevistados) escolhidas por acessibilidade. Os resultados indicam que a maioria das empresas ainda não adota a EC em sua totalidade. As estratégias de ensino e aprendizagem mais utilizadas são: aulas expositivas e debates; a modalidade presencial predomina e a utilização das TIC é limitada, sendo as tecnologias utilizadas os Ambientes Virtuais de Aprendizagem e ferramentas da Web 2.0. O principal desafio para o desenvolvim ento de lideranças nessas empresas multisite é a aprendizagem e disseminação da cultura organizacional.<hr/>Nowadays in the business world, changes occur faster and faster. Learning in the organizational context turns into Corporate Education (CE), defined as a set of continuous educational strategies aimed at developing competences for business. Leadership development is an organizational need; therefore, many companies structure educational programs through different strategies and Information and Communication Technologies (ICT) applications. The objective of this research is to identify strategies and ICT that have been used in corporate education for leadership development in multisite organizations. The research was exploratory and qualitative, based on interviews in twelve companies located in the metropolitan region of Porto Alegre (the capital of the Brazilian state Rio Grande do Sul), with 24 people interviewed in total. The results indicate that the majority of the companies have not yet adopted the C approach as a whole. The most used strategies for teaching and learning are lectures and debates. Face to face training dominates and ICT use is limited, basically the technologies used are Virtual Learning Environments and Web 2.0 tools. The main challenge for leadership development in these multisite companies is learning and dissemination of their organizational culture. <![CDATA[Motivações da Comunicação Boca a Boca Eletrônica Positiva entre Consumidores no Facebook]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1415-65552015000100008&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Este estudo buscou investigar as motivações subjacentes ao comportamento de comunicação boca a boca eletrônica (BAB-e) positiva sobre produtos, serviços e marcas no site de redes sociais Facebook, no contexto brasileiro. Para tanto, foram desenvolvidas hipóteses de pesquisa e um modelo teórico para se entender as motivações da comunicação BAB-e positiva nesse contexto. A fim de testar a validade do modelo proposto, um levantamento amostral foi conduzido com 468 usuários do site no Brasil. Os dados foram analisados por meio de modelos de equações estruturais. Os resultados sugerem como motivações significantes a preocupação com outros consumidores e o desejo de interação social, assim como os desejos de extravasar emoções positivas e de ajudar a empresa. A hipótese que previu que as recompensas econômicas afetam positivamente a comunicação BAB-e positiva não foi confirmada, assim, sugerindo que as motivações deste comportamento no Facebook são de natureza social e psicológica mais do que puramente econômica. O teste empírico deu suporte ao papel moderador da força dos laços sociais na relação entre preocupação com outros consumidores e comunicação BAB-e positiva.<hr/>The purpose of the present study is to investigate the underlying motivations for positive electronic word of mouth (eWOM) behavior about products, services and brands by Brazilian Facebook users. Research hypotheses and a theoretical model were developed to further our understanding of positive eWOM communication motivations. A survey was conducted with 468 Facebook users in Brazil in order to empirically test the validity of the proposed model. Data was analyzed using structural equations models. Results suggest that concern for other consumers, the desire to engage in social interactions, as well as the desire to share positive emotions and help companies are significant motivations. The hypothesis which predicted that economic rewards are correlated with positive eWOM communication was not confirmed, suggesting that social and psychological motivations are more correlated with eWOM behavior than purely economic reasons for Brazilian Facebook users. The empirical test supported the moderating role of tie strength in the relationship between concern for other consumers and positive eWOM communication. <![CDATA[Crescimento Organizacional: Uma Ideologia Gerencial?]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1415-65552015000100009&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Este estudo buscou investigar as motivações subjacentes ao comportamento de comunicação boca a boca eletrônica (BAB-e) positiva sobre produtos, serviços e marcas no site de redes sociais Facebook, no contexto brasileiro. Para tanto, foram desenvolvidas hipóteses de pesquisa e um modelo teórico para se entender as motivações da comunicação BAB-e positiva nesse contexto. A fim de testar a validade do modelo proposto, um levantamento amostral foi conduzido com 468 usuários do site no Brasil. Os dados foram analisados por meio de modelos de equações estruturais. Os resultados sugerem como motivações significantes a preocupação com outros consumidores e o desejo de interação social, assim como os desejos de extravasar emoções positivas e de ajudar a empresa. A hipótese que previu que as recompensas econômicas afetam positivamente a comunicação BAB-e positiva não foi confirmada, assim, sugerindo que as motivações deste comportamento no Facebook são de natureza social e psicológica mais do que puramente econômica. O teste empírico deu suporte ao papel moderador da força dos laços sociais na relação entre preocupação com outros consumidores e comunicação BAB-e positiva.<hr/>The purpose of the present study is to investigate the underlying motivations for positive electronic word of mouth (eWOM) behavior about products, services and brands by Brazilian Facebook users. Research hypotheses and a theoretical model were developed to further our understanding of positive eWOM communication motivations. A survey was conducted with 468 Facebook users in Brazil in order to empirically test the validity of the proposed model. Data was analyzed using structural equations models. Results suggest that concern for other consumers, the desire to engage in social interactions, as well as the desire to share positive emotions and help companies are significant motivations. The hypothesis which predicted that economic rewards are correlated with positive eWOM communication was not confirmed, suggesting that social and psychological motivations are more correlated with eWOM behavior than purely economic reasons for Brazilian Facebook users. The empirical test supported the moderating role of tie strength in the relationship between concern for other consumers and positive eWOM communication. <![CDATA[Réplica 1 - Crescimento Organizacional, Tamanho das Firmas e Valor Econômico]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1415-65552015000100010&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Este estudo buscou investigar as motivações subjacentes ao comportamento de comunicação boca a boca eletrônica (BAB-e) positiva sobre produtos, serviços e marcas no site de redes sociais Facebook, no contexto brasileiro. Para tanto, foram desenvolvidas hipóteses de pesquisa e um modelo teórico para se entender as motivações da comunicação BAB-e positiva nesse contexto. A fim de testar a validade do modelo proposto, um levantamento amostral foi conduzido com 468 usuários do site no Brasil. Os dados foram analisados por meio de modelos de equações estruturais. Os resultados sugerem como motivações significantes a preocupação com outros consumidores e o desejo de interação social, assim como os desejos de extravasar emoções positivas e de ajudar a empresa. A hipótese que previu que as recompensas econômicas afetam positivamente a comunicação BAB-e positiva não foi confirmada, assim, sugerindo que as motivações deste comportamento no Facebook são de natureza social e psicológica mais do que puramente econômica. O teste empírico deu suporte ao papel moderador da força dos laços sociais na relação entre preocupação com outros consumidores e comunicação BAB-e positiva.<hr/>The purpose of the present study is to investigate the underlying motivations for positive electronic word of mouth (eWOM) behavior about products, services and brands by Brazilian Facebook users. Research hypotheses and a theoretical model were developed to further our understanding of positive eWOM communication motivations. A survey was conducted with 468 Facebook users in Brazil in order to empirically test the validity of the proposed model. Data was analyzed using structural equations models. Results suggest that concern for other consumers, the desire to engage in social interactions, as well as the desire to share positive emotions and help companies are significant motivations. The hypothesis which predicted that economic rewards are correlated with positive eWOM communication was not confirmed, suggesting that social and psychological motivations are more correlated with eWOM behavior than purely economic reasons for Brazilian Facebook users. The empirical test supported the moderating role of tie strength in the relationship between concern for other consumers and positive eWOM communication. <![CDATA[Réplica 2 - Promovendo (De)crescimento em/dos Estudos Organizacionais e de Gestão]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1415-65552015000100011&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Este estudo buscou investigar as motivações subjacentes ao comportamento de comunicação boca a boca eletrônica (BAB-e) positiva sobre produtos, serviços e marcas no site de redes sociais Facebook, no contexto brasileiro. Para tanto, foram desenvolvidas hipóteses de pesquisa e um modelo teórico para se entender as motivações da comunicação BAB-e positiva nesse contexto. A fim de testar a validade do modelo proposto, um levantamento amostral foi conduzido com 468 usuários do site no Brasil. Os dados foram analisados por meio de modelos de equações estruturais. Os resultados sugerem como motivações significantes a preocupação com outros consumidores e o desejo de interação social, assim como os desejos de extravasar emoções positivas e de ajudar a empresa. A hipótese que previu que as recompensas econômicas afetam positivamente a comunicação BAB-e positiva não foi confirmada, assim, sugerindo que as motivações deste comportamento no Facebook são de natureza social e psicológica mais do que puramente econômica. O teste empírico deu suporte ao papel moderador da força dos laços sociais na relação entre preocupação com outros consumidores e comunicação BAB-e positiva.<hr/>The purpose of the present study is to investigate the underlying motivations for positive electronic word of mouth (eWOM) behavior about products, services and brands by Brazilian Facebook users. Research hypotheses and a theoretical model were developed to further our understanding of positive eWOM communication motivations. A survey was conducted with 468 Facebook users in Brazil in order to empirically test the validity of the proposed model. Data was analyzed using structural equations models. Results suggest that concern for other consumers, the desire to engage in social interactions, as well as the desire to share positive emotions and help companies are significant motivations. The hypothesis which predicted that economic rewards are correlated with positive eWOM communication was not confirmed, suggesting that social and psychological motivations are more correlated with eWOM behavior than purely economic reasons for Brazilian Facebook users. The empirical test supported the moderating role of tie strength in the relationship between concern for other consumers and positive eWOM communication. <![CDATA[Tréplica - Davi e Golias: Possibilidades de Ruptura ao Gigantismo em Estudos Organizacionais e de Gestão]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1415-65552015000100012&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Este estudo buscou investigar as motivações subjacentes ao comportamento de comunicação boca a boca eletrônica (BAB-e) positiva sobre produtos, serviços e marcas no site de redes sociais Facebook, no contexto brasileiro. Para tanto, foram desenvolvidas hipóteses de pesquisa e um modelo teórico para se entender as motivações da comunicação BAB-e positiva nesse contexto. A fim de testar a validade do modelo proposto, um levantamento amostral foi conduzido com 468 usuários do site no Brasil. Os dados foram analisados por meio de modelos de equações estruturais. Os resultados sugerem como motivações significantes a preocupação com outros consumidores e o desejo de interação social, assim como os desejos de extravasar emoções positivas e de ajudar a empresa. A hipótese que previu que as recompensas econômicas afetam positivamente a comunicação BAB-e positiva não foi confirmada, assim, sugerindo que as motivações deste comportamento no Facebook são de natureza social e psicológica mais do que puramente econômica. O teste empírico deu suporte ao papel moderador da força dos laços sociais na relação entre preocupação com outros consumidores e comunicação BAB-e positiva.<hr/>The purpose of the present study is to investigate the underlying motivations for positive electronic word of mouth (eWOM) behavior about products, services and brands by Brazilian Facebook users. Research hypotheses and a theoretical model were developed to further our understanding of positive eWOM communication motivations. A survey was conducted with 468 Facebook users in Brazil in order to empirically test the validity of the proposed model. Data was analyzed using structural equations models. Results suggest that concern for other consumers, the desire to engage in social interactions, as well as the desire to share positive emotions and help companies are significant motivations. The hypothesis which predicted that economic rewards are correlated with positive eWOM communication was not confirmed, suggesting that social and psychological motivations are more correlated with eWOM behavior than purely economic reasons for Brazilian Facebook users. The empirical test supported the moderating role of tie strength in the relationship between concern for other consumers and positive eWOM communication. <![CDATA[A Intersetorialidade na Agenda das Políticas Sociais]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1415-65552015000100013&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Este estudo buscou investigar as motivações subjacentes ao comportamento de comunicação boca a boca eletrônica (BAB-e) positiva sobre produtos, serviços e marcas no site de redes sociais Facebook, no contexto brasileiro. Para tanto, foram desenvolvidas hipóteses de pesquisa e um modelo teórico para se entender as motivações da comunicação BAB-e positiva nesse contexto. A fim de testar a validade do modelo proposto, um levantamento amostral foi conduzido com 468 usuários do site no Brasil. Os dados foram analisados por meio de modelos de equações estruturais. Os resultados sugerem como motivações significantes a preocupação com outros consumidores e o desejo de interação social, assim como os desejos de extravasar emoções positivas e de ajudar a empresa. A hipótese que previu que as recompensas econômicas afetam positivamente a comunicação BAB-e positiva não foi confirmada, assim, sugerindo que as motivações deste comportamento no Facebook são de natureza social e psicológica mais do que puramente econômica. O teste empírico deu suporte ao papel moderador da força dos laços sociais na relação entre preocupação com outros consumidores e comunicação BAB-e positiva.<hr/>The purpose of the present study is to investigate the underlying motivations for positive electronic word of mouth (eWOM) behavior about products, services and brands by Brazilian Facebook users. Research hypotheses and a theoretical model were developed to further our understanding of positive eWOM communication motivations. A survey was conducted with 468 Facebook users in Brazil in order to empirically test the validity of the proposed model. Data was analyzed using structural equations models. Results suggest that concern for other consumers, the desire to engage in social interactions, as well as the desire to share positive emotions and help companies are significant motivations. The hypothesis which predicted that economic rewards are correlated with positive eWOM communication was not confirmed, suggesting that social and psychological motivations are more correlated with eWOM behavior than purely economic reasons for Brazilian Facebook users. The empirical test supported the moderating role of tie strength in the relationship between concern for other consumers and positive eWOM communication.