Scielo RSS <![CDATA[Revista de Administração Contemporânea]]> http://www.scielo.br/rss.php?pid=1415-655520160002&lang=en vol. 20 num. 2 lang. en <![CDATA[SciELO Logo]]> http://www.scielo.br/img/en/fbpelogp.gif http://www.scielo.br <![CDATA[Editorial]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1415-65552016000200001&lng=en&nrm=iso&tlng=en <![CDATA[Forecast Techniques: A Comparative Study]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1415-65552016000200135&lng=en&nrm=iso&tlng=en Resumo As tecnologias futuras podem afetar o negócio da empresa, e sua prospecção é um passo importante no planejamento, especialmente das empresas que atuam em tecnologias de ponta. O objetivo deste trabalho é realizar um estudo teórico comparativo sobre as principais técnicas de prospecção de tecnologias futuras, avaliadas em relação a seis critérios: custo para operacionalização; número necessário de pessoas; tempo necessário para obter o resultado; complexidade da operacionalização, ou seja, facilidade de aplicação; tipo de análise (subjetiva ou objetiva), sendo as técnicas quantitativas consideradas como mais objetivas; confiabilidade dos resultados (consistência e replicabilidade). Com esse estudo comparativo, são fornecidos parâmetros para ajudar as empresas na seleção das técnicas prospectivas mais adequadas, de acordo com suas necessidades. Em termos metodológicos, é uma pesquisa de natureza qualitativa. Quanto ao propósito, constitui uma pesquisa descritiva que utiliza levantamento bibliográfico e pesquisa documental como métodos de coleta de dados. Conclui-se que é vantajoso usar várias técnicas simultaneamente, proporcionando mais eficiência e fazendo com que as previsões sejam mais robustas. Por fim, espera-se que este artigo inicie um debate sobre os critérios de seleção de técnicas de prospecção de tecnologias futuras.<hr/>Abstract Future technologies may affect a company’s business, and prediction of such technologies is an important step in the planning process, especially regarding cutting-edge technology industries. The objective of this paper is to develop a comparative theoretical study on key techniques aimed at predicting future technologies, evaluated according to six criteria: operation costs; required number of people; required time to obtain results; operation complexity, that is, ease of implementing techniques; analysis type (subjective or objective), wherein quantitative techniques are considered more objective; and reliability of results (consistency and replicability). Thus, this study provides parameters to assist companies in selecting the most suitable prospective techniques, according to their needs. The research methodology is qualitative, and the study scope is a descriptive analysis using bibliographic and documentary research as data collection methods. The conclusion is that it is advantageous to use several methods simultaneously, providing higher efficiency and producing better assessments. Finally, it is hoped that this article launches a debate on the assigned criteria for techniques used to predict future technologies. <![CDATA[Effects of Live and Mechanized Music in Retail Environments]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1415-65552016000200154&lng=en&nrm=iso&tlng=en Resumo Este artigo teve o objetivo de analisar o efeito da música ao vivo, comparada à música mecanizada, além da ausência de música, sobre o comportamento do consumidor em ambientes supermercadistas. Foram realizados dois experimentos de campo, em dois supermercados. Os resultados dos dois estudos mostram evidências empíricas de que a música ao vivo, comparada à música mecanizada (e à sua ausência), é capaz de influenciar os aspectos afetivos dos consumidores, levando os mesmos a avaliarem o ambiente de varejo de forma mais positiva, a apresentarem intenções de comportamento mais favoráveis, como recomendar a empresa para amigos, fazer comentários positivos, entre outros. Além disso, a música ao vivo mostra-se mais influente sobre o comportamento do consumidor quando estes estão menos concentrados com a atividade de compra.<hr/>Abstract This article aimed to analyze the effect of live music, compared to mechanized music, and the absence of music on consumer behavior in supermarket environments. Two field experiments were conducted in two supermarkets. The results of both studies show empirical evidence that live music, as compared to mechanized music (and the absence of music), is able to influence consumers’ affective aspects, leading them to assess the retail environment more positively, to show more favorable behavioral intentions, such as recommending the company to friends and making positive comments, among others. In addition, live music seems to be more influential on consumer behavior when they are less concentrated on buying activity. <![CDATA[Social Skills and Attitudes for Teamwork: Scale Development]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1415-65552016000200175&lng=en&nrm=iso&tlng=en Resumo Este estudo objetivou desenvolver uma escala de medida com foco em componentes afetivos de competências (atitudes e habilidades sociais) para Trabalho em Equipe (AHTE), em grupos de pesquisa. A escala foi desenvolvida com base em pesquisas anteriores e nos estudos de Odelius e Sena (2009) e Odelius et al. (2011). Os dados foram coletados por meio de entrevistas, que submetidas à análise de conteúdo, subsidiaram a elaboração de questionário. Este, após ser submetido à análise semântica e teórica, foi testado e depois respondido por 396 participantes de grupos de pesquisa. A análise fatorial policórica revelou o agrupamento das competências em quatro fatores (abertura à diversidade humana, habilidades sociais, cooperação, responsabilidade), responsáveis por 55% da variância total explicada, com índice de confiabilidade α = 0,96. Os resultados são parcialmente semelhantes aos realizados em outros contextos. Ao final, são apontadas direções para realização de novas pesquisas.<hr/>Abstract A scale for measurement of Teamwork Attitudes and Skills (TAS) of research groups (components of competencies) is developed in this study, based on previous research and studies by Odelius and Sena (2009) and Odelius et al. (2011). Data were collected by means of interviews and questionnaires. Interview data were submitted to content analysis, and then used to develop a questionnaire. This questionnaire was submitted to judges for theoretical and semantic validation and was pre-tested. It was then answered by 396 participants of research groups. Factor analysis of ordinal variables revealed four competency factors (openness to human diversity; social skills, cooperation, and responsibility) that represent 55% of total variance explained, with reliability α = 0.96. The results are partially similar to those carried out in other contexts. Directions for further research are indicated at the end of the paper. <![CDATA[The Impact of Internal Marketing on the Market Orientation of Brazilian Companies]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1415-65552016000200197&lng=en&nrm=iso&tlng=en Resumo O conceito de marketing interno refere-se à visualização dos colaboradores como consumidores internos e assinala a necessidade de ouvir e satisfazer os colaboradores como requisito e satisfação dos colaboradores como requisitos para a satisfação dos clientes da empresa. Este artigo centra-se, assim, na influência do marketing interno na adoção de uma cultura empresarial orientada para os clientes, i.e., na orientação para o mercado. Com base na operacionalização do conceito de marketing interno de Lings e Greenley (2005), propõe-se um modelo conceitual das relações entre os conceitos de orientação para o mercado interno e orientação para o mercado. Os resultados de um estudo empírico baseado na aplicação de um questionário a 109 empresas brasileiras de diversos setores econômicos corroboram o modelo de investigação proposto. Desta forma, verificou-se que a adoção de um comportamento orientado para o mercado interno – nomeadamente as dimensões relativas à divulgação de informações e implementação de respostas – influencia a orientação para o mercado externo e suas dimensões (produção de informações, divulgação de informações e resposta).<hr/>Abstract The internal marketing concept refers to visualizing employees as internal consumers and emphasizes the need to listen to and satisfy employees as a requisite to satisfying company customers. This paper focuses, then, on the influence of internal marketing on the adoption of a corporate culture oriented to customers; i.e., a marketing orientation. Based on operationalization of the internal marketing concept from Lings and Greenley (2005), we propose a conceptual model for connections between the internal market orientation and market orientation concepts. The results of an empirical study based on a questionnaire applied to 109 Brazilian firms from several economic sectors corroborate the proposed model. The adoption of internal market oriented behavior, particularly the dimensions relative to the dissemination of information and implementation of responses, influences external market orientation and its dimensions (information production, information disclosure and response). <![CDATA[Does the Perception of Fairness in Management Control Systems Increase Manager Commitment and Confidence?]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1415-65552016000200216&lng=en&nrm=iso&tlng=en Resumo Este estudo objetiva verificar se a percepção de justiça em relação às dimensões dos Sistemas de Controle Gerencial aumenta o comprometimento e a confiança dos gestores. Para tal, foi realizada pesquisa de natureza descritiva por meio de levantamento, tendo como população as 500 empresas listadas entre as Melhores e Maiores da Revista Exame, das quais 180 aceitaram participar do estudo, e a amostra constituiu-se dos 67 respondentes. O instrumento de pesquisa utilizado compõe-se de 26 assertivas, com escalas de medidas intervalares Likert de sete pontos. As hipóteses enunciadas na pesquisa foram testadas com aplicação da técnica estatística de análise multivariada denominada Modelagem de Equações Estruturais. Os resultados da pesquisa demonstram que o princípio da controlabilidade e a utilização de múltiplos indicadores de desempenho aumentam a percepção de justiça distributiva e processual; a percepção de justiça das dimensões interacional e processual aumenta o comprometimento dos gestores; e a confiança dos gestores é influenciada pela percepção de justiça distributiva e interacional. Com base nesses resultados, conclui-se que o comprometimento e a confiança dos gestores podem ser fatores atitudinais e comportamentais preponderantes na diminuição de ações retaliatórias causadas pelo sentimento de injustiça organizacional.<hr/>Abstract The goal of this is study is to determine whether the perception of fairness regarding the dimensions of the Management Control Systems increases managers’ commitment and confidence. Thus, a descriptive research was carried out through a survey of 500 companies listed among the Best and Biggest by Exame Magazine, from which 180 agreed to participate in the study. The final sample consisted of 67 respondents. The instrument used consists of 26 statements, with seven-point Likert interval scales of measurement. The assumptions made in the study were tested with the application of a statistical multivariate analysis technique called Structural Equation Modeling. The survey results show that the controllability principle and the use of multiple performance indicators increase the perception of distributive and procedural fairness; the perception of interactional and procedural fairness dimensions increase managers’ commitment; and managers’ confidence is influenced by perceptions of distributive and interactional fairness. Based on these results we conclude that managers’ commitment and confidence can be prominent attitudinal and behavioral factors in reducing retaliatory actions caused by a sense of organizational unfairness. <![CDATA[Exploration, Exploitation, and Organizational Coordination Mechanisms]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1415-65552016000200238&lng=en&nrm=iso&tlng=en Abstract This paper presents an empirical relationship among exploration, exploitation, and organizational coordination mechanisms, classified as the centralization of decision-making, formalization, and connectedness. In order to analyze the findings of this survey, we used two techniques: Principal Component Analysis (PCA) and Partial Least Squares Path Modeling (PLS-PM). Our analysis was supported by 249 answers from managers of companies located in Brazil (convenience sampling). Contrary to expectations, centralization and exploitation were negatively associated. Our data supports the research hypothesis that formalization is positively associated with exploitation. Although the relationship between formalization and exploration were significant, the result is contrary to the research hypothesis that we made. The relationships among connectedness and exploitation, and connectedness and exploration were both positive and significant. This relationship means that the more connectedness increases, the higher the likelihood of exploitation and exploration.<hr/>Resumo Este artigo apresenta uma relação empírica entre exploração, explotação e mecanismos de coordenação organizacional, classificados como centralização de tomada de decisão, formalização e conectividade. Para analisar os resultados desta survey, nós utilizamos duas técnicas: Principal Component Analysis (PCA) e Partial Least Squares Path Modeling (PLS-PM). Nossa análise foi baseada nas respostas de 249 gestores de empresas localizadas no Brasil (amostragem por conveniência). Contrário às nossas expectativas, centralização e explotação se associaram com sinal negativo. Nossos dados revelaram que a formalização se associou positivamente com explotação. Embora a relação entre formalização e exploração tenha sido considerada significante, o resultado foi contrário à hipótese de pesquisa enunciada. Os relacionamentos entre conectividade e explotação e conectividade com exploração foram considerados positivos e significantes. Este relacionamento significa que quanto mais aumenta a conectividade, maior é a probabilidade de ocorrer exploração e explotação.