Scielo RSS <![CDATA[Revista de Administração Contemporânea]]> http://www.scielo.br/rss.php?pid=1415-655520200001&lang=en vol. 24 num. 1 lang. en <![CDATA[SciELO Logo]]> http://www.scielo.br/img/en/fbpelogp.gif http://www.scielo.br <![CDATA[The importance of Open Science in Business research]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1415-65552020000100001&lng=en&nrm=iso&tlng=en <![CDATA[Expansion of Brazilian Federal Universities: Is It Possible to Raise Economic Impacts?]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1415-65552020000100003&lng=en&nrm=iso&tlng=en Resumo A investigação dos efeitos de um campus universitário sobre a economia local é ainda incipiente no Brasil. Mesmo em nível internacional, são raros estudos que utilizem métodos robustos de estimação desses efeitos e, muito menos, que busquem diferenciá-los ao longo do tempo. Neste artigo avaliam-se os impactos iniciais da política de expansão das universidades federais ocorrida na década de 2000 sobre as economias municipais. Para tanto, partindo de um amplo conjunto de dados socioeconômicos, aplica-se a técnica de pareamento por escore de propensão e, em seguida, estima-se o Efeito Tratamento sobre Tratados pela política. Os resultados indicam que a expansão da rede federal elevou a renda per capita dos municípios beneficiados entre 3,5% e 5,8%, em média, mas que não houve ganho adicional relacionado ao tempo de implantação dos campi. Este padrão sugere que os novos campi foram capazes de gerar um impulso inicial sobre o nível de demanda local, fruto dos gastos envolvidos na implantação e funcionamento, mas sinaliza para uma possível dificuldade em gerar saltos de produtividade normalmente esperados com a implantação dessas estruturas. Neste caso, seria possível buscar um maior retorno desses investimentos a partir da reavaliação dos critérios para criação de novos campi e da melhor focalização das ações daqueles já existentes.<hr/>Abstract The investigation of the effects of the implantation of university units on the local development is still incipient in Brazil. Even at the international level, few studies use robust methods to estimate the impacts of these structures, let alone seek to differentiate them over time. This paper evaluates the initial impacts of the federal universities' expansion policy in the 2000s on municipal economies, based on production and income indicators. Based on a broad data set for Brazilian municipalities, we apply the propensity score matching technique and then estimate Treatment Effect on Treated by the policy. The results indicate that the implementation of the new campuses was able to raise the per capita income of the benefited municipalities by 3.5% to 5.8%, on average, but that there was no additional gain from the time of implementation of the campuses. The absence of campus maturation effect points to a difficulty in generating the productivity jumps normally expected with the implementation of these structures. In this case, it would be possible to seek a greater return from these investments by reevaluating the criteria for creating new campuses and by better focusing on the actions of existing ones. <![CDATA[Gift-giving, Love Styles, and Sacrifice: An Analysis Among Romantic Partners]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1415-65552020000100025&lng=en&nrm=iso&tlng=en Resumo Indo além da análise do ato de presentear a partir de uma única perspectiva amorosa, este artigo teve por objetivo compreender o gift-giving por meio dos tipos de amor vivenciados nos relacionamentos românticos, investigando a frequência, as razões do ato de presentear entre casais e a percepção sacrificial. Mediante um survey, 257 pessoas participaram da pesquisa. Os resultados revelaram que o amor caracterizado pelo erotismo e paixão (Eros) é o estilo primário predominante entre os casais, guiando os indivíduos a presentearem com maior frequência, mediante o motivo social. Já dentre os estilos secundários de amor, observamos que o altruísta (Ágape) tende a ser o que mais frequentemente induz o gift-giving, gerando uma percepção sacrificial do ofertante. Vimos também que o sacrifício pode ser percebido no ato de presentear em outras formas de amor para além do Ágape. O estudo contribui com a literatura ao revelar que o gift-giving pode variar conforme os estilos de amor e que a percepção de sacrifício no ato de presentear tem relação com tais estilos. Desse modo, propomos o desenvolvimento de reflexões e investigações voltadas às consequências das formas de amar no comportamento do consumidor, destacando a teoria dos estilos de amor pela sua capacidade de proporcionar novas interpretações sobre relações de consumo.<hr/>Abstract Going beyond analyzing gift-giving from a single love perspective, this paper aimed to understand the gift-giving from the love types experienced in romantic relationships, investigating the frequency, the reasons for the act of giving gifts among couples, and the sacrificial perception. Through a survey, 257 people participated in the research. The results revealed that the love characterized by eroticism and passion (Eros) is the predominant primary style among couples and is the one that guides individuals to gift more frequently through the social motive. Among the secondary love styles, we observed that the altruist (Agape) tends to be what most often induces gift-giving, generating a sacrificial perception of the offerer. We also saw that the sacrifice can be perceived in the gift-giving in other forms of love besides the Agape style. The study contributes to the literature by revealing that the gift-giving can vary according to the love styles and that the perception of sacrifice in this act is related to these styles. Thus, we propose the development of reflections and investigations focused on the consequences of love forms on consumer behavior, highlighting love styles theory for its ability to provide new interpretations of consumer relations. <![CDATA[Work Engagement in the Public Service: A Multicultural Model]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1415-65552020000100049&lng=en&nrm=iso&tlng=en Resumo O objetivo deste estudo é propor um modelo para medir o engajamento no trabalho no serviço público brasileiro e português. A pesquisa é sustentada por meio de uma revisão da literatura que busca delinear a área do comportamento organizacional, os estudos transculturais e o modelo teórico hipotético, que apresenta a visão ontológica do trabalho. A unidade de análise são instituições públicas de ambos os países, a amostra, que é do tipo conveniência, foi composta de 609 respondentes servidores públicos. Foram utilizados três instrumentos de pesquisa: o questionário Articulación entre la Persona y la organización (APO) de Ramos, Jordão e Morais (2012); a Escala de Satisfação no Trabalho (EST) de Siqueira (2008); e a ferramenta Utrecht Work Engagement Scale (UWES) de Schaufeli, Bakker e Salanova (2006). Os resultados não rejeitaram as hipóteses do modelo, tanto da amostra portuguesa como brasileira, e a comparação entre elas mostra que de maneira geral os portugueses são mais satisfeitos e mais engajados no trabalho do que os brasileiros. A exceção foi observada apenas nos fatores hipotéticos Promoção e Salário.<hr/>Abstract The objective of this study is to propose a model to measure work engagement in Brazilian and Portuguese public service. The research is supported by a review of the literature that seeks to delineate the area of organizational behavior, the cross - cultural studies and the hypothetical theoretical model, which presents the ontological vision of the work. The unit of analysis are public institutions of both countries, the sample, which is of the convenience type, was composed of 609 respondents public servants. Three research instruments were used: the Articulación entre la Persona y la organización (APO) of Ramos, Jordão and Morais (2012); the Escala de Satisfação no Trabalho (EST) by Siqueira (2008); and the Utrecht Work Engagement Scale (UWES) tool by Schaufeli, Bakker and Salanova (2006). The results did not reject the hypotheses of the model, both of the Portuguese and Brazilian samples, and the comparison between them shows that in general the Portuguese are more satisfied and more engaged in the work than the Brazilians. The exception was observed only in the hypothetical factors Promotion and Salary. <![CDATA[Opacity, Risk, Performance and Inflows in Hedge Funds]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1415-65552020000100077&lng=en&nrm=iso&tlng=en Abstract This article analyzes the relationship between opaque assets and the risks, returns and inflows of hedge funds. In particular, we use a unique dataset containing information required by a Brazilian regulator to evaluate the amount invested by funds in forward and future contracts, swaps and options in the context of qualified and non-qualified investors. Our results show a positive association between the positions in derivatives and the variations in risk and a negative association between derivatives (especially swaps) and the funds' monthly performances. This means that the use of more derivatives is related to higher risk (total and systematic) without the benefit of higher return. Hedge funds adopting leveraged operations with derivatives also present a lower annual performance. In general, there is significant evidence that swaps are related to fund inflows in a negative way with regard to qualified and non-qualified investors.<hr/>Resumo O presente artigo avalia a relação entre ativos opacos e o risco, retorno e captação dos fundos multimercados. Em particular, empregou-se uma base de dados considerada única, por conter informações requeridas pelo órgão regulador brasileiro para avaliar o montante investido pelos fundos em contratos a termo, contratos futuros, swaps e opções. Foram considerados fundos direcionados tanto para investidores qualificados quanto não qualificados. Nossos resultados apontam para associação positiva entre derivativos e a variação do risco, mas negativa para a relação entre derivativos (especialmente swaps) e as medidas de desempenho mensais desses fundos. Dessa forma, o uso de derivativos esteve relacionado a um incremento de risco dos fundos (total e sistemático) sem necessariamente estar vinculado ao benefício de um maior retorno. Observou-se também que fundos multimercados que adotam operações de alavancagem com derivativos apresentam, no geral, uma menor medida de performance anual. Adicionalmente, existe evidencia de que swaps estão relacionados a captação do fundo de forma negativa (independentemente desses fundos serem direcionados a investidores qualificados ou não qualificados). <![CDATA[Innovation Capabilities in an Inter-Organizational Network in Brazilian Amazon]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1415-65552020000100100&lng=en&nrm=iso&tlng=en Resumo O artigo analisa as capacidades de inovação em uma rede interorganizacional para o estabelecimento de negócios baseados em biotecnologia aplicada a ativos da biodiversidade na Amazônia brasileira. Trata-se de um estudo de caso de uma rede de inovação para o desenvolvimento e comercialização de uma linha de compostos antioxidantes de um fruto regional - o açaí (Euterpe oleracea) -, no estado do Pará. A rede é formada por uma universidade pública, uma pequena empresa de base tecnológica que desenvolve produtos de alto valor agregado baseado na biodiversidade e uma agroindústria de processamento e comercialização de produtos frutíferos da região amazônica. O artigo mostra que a articulação em uma rede interorganizacional é capaz de congregar capacidades necessárias ao processo de inovação que individualmente as organizações locais não teriam condições de desenvolver. No caso estudado, essa concatenação de capacidades possibilitou a exploração de uma oportunidade biotecnológica no âmbito da cadeia produtiva do açaí com a criação de uma linha de produtos competitivos. Entretanto, limitações quanto à apropriabilidade da inovação são entraves à efetiva exploração econômica da linha de produtos pelas organizações inovadoras no formato interorganizacional.<hr/>Abstract This article analyzes innovation capabilities in an inter-organizational network for businesses based on biotechnology applied on biodiversity assets in the Brazilian Amazon. It is a case study about an innovation network for development and commercialization of an antioxidant compounds line of a local fruit called açai (Euterpe oleracea) in the state of Pará. The network is formed by a public university, a small technology-based company that develops high value-added products based on biodiversity, and an agribusiness company that processes, markets, and distributes products made from fruits of the Amazon region. The study shows that the capabilities found in an inter-organizational network produce innovation processes that the network's members would not be able to develop alone. In the case researched, the network connecting the organizations' capabilities enabled the exploration of biotechnological opportunities within the açaí production chain by creating competitive products. However, limitations linked to innovation appropriability prevent those innovative organizations, operating as an inter-organizational network, economically explore this product line.