Scielo RSS <![CDATA[Revista de Economia Contemporânea]]> http://www.scielo.br/rss.php?pid=1415-984820160002&lang=pt vol. 20 num. 2 lang. pt <![CDATA[SciELO Logo]]> http://www.scielo.br/img/en/fbpelogp.gif http://www.scielo.br <![CDATA[NOTA EXPLORATÓRIA SOBRE O CONSUMO E A CLASSIFICAÇÃO SOCIOECONÔMICA NO BRASIL BASEADA EM EVIDÊNCIAS DA PESQUISA DE ORÇAMENTO FAMILIAR]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1415-98482016000200207&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt ABSTRACT The present study aims at analysing different stratification criteria used in Brazil by market research companies and academia, taking into account family profiles based on socioeconomic and demographic variables. It presents different strata profiles generated by two nationally well-known stratification criteria based on survey data from the two last editions of the Brazilian Family Expenditure Survey (2002/2003 and 2008/2009)and it also provides evidence on patterns of change over time. The evidence corroborates that an economic improvement took place from 2003 to 2009 for those individuals classified in the lower socioeconomic stratum, together with an increase of total and per capita average income, and an increase of expenses. On the other hand, a visible reduction of savings for families in all economic strata and higher levels of household indebtedness was also noticed.<hr/>RESUMO O objetivo desta nota é analisar diferentes critérios de estratificação utilizados no Brasil, tendo em conta os perfis de família e considerando variáveis socioeconômicas, demográficas e de endividamento. Os diferentes perfis dos estratos socioeconômicos são gerados por dois critérios de estratificação nacionalmente conhecidos, com base nos dados das duas últimas edições da Pesquisa de Orçamento Familiar (2002/2003 e 2008/2009). Assim, é possível comparar o resultado dos distintos critérios de classificação e identificar características específicas das mudanças de padrão ao longo do tempo. O artigo confirma uma melhoria econômica de 2003 a 2009 para os indivíduos classificados no estrato socioeconômico mais baixo, juntamente com um aumento da renda média total e per capita, e um aumento de despesas. Por outro lado, também foram observadas redução do nível de poupança das famílias e elevação nos níveis de endividamento. <![CDATA[VOLATILIDADE DA TAXA DE CÂMBIO E SEUS EFEITOS SOBRE O FLUXO DE COMÉRCIO DOS PAÍSES DA AMÉRICA DO SUL]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1415-98482016000200229&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt RESUMO Diante da importância da taxa de câmbio no comércio externo, considerando que suas flutuações podem modificar a escala de preços entre os países, a presente pesquisa buscou identificar o impacto da volatilidade da taxa de câmbio real bilateral sobre o fluxo de comércio entre os países da América do Sul. Para tal, foi estimado um modelo gravitacional utilizando uma amostra de nove países, entre 1998 e 2012. O método utilizado na estimação foi o modelo Poisson-Pseudo Maximum Likehood (PPML). Os resultados mostraram que a instabilidade cambial é prejudicial à relação de comércio entre países da América do Sul, já que maior incerteza cambial leva os agentes econômicos, a longo prazo, a reduzir suas atividades no comércio internacional, dada maior exposição ao risco. Outro resultado importante foi a constatação de que os países membros do Mercosul, de fato, têm o comércio favorecido diante das vantagens oferecidas pelo bloco, como a redução de tarifas comerciais. Quanto à variável utilizada para captar o efeito da crise do subprime em 2008, verificou-se aumento no fluxo comercializado pelos países sul-americanos nesse período.<hr/>ABSTRACT Due to the importance of the exchange rate in foreign trade and given that fluctuations in the exchange rate can modify the scale of prices among countries, this research aimed to identify the impact of the volatility of bilateral real exchange rate on trade flows among the South American countries. For that purpose, a gravity model was estimated using a sample of nine countries for a period between 1997 and 2011. The method used in the estimation of equations was the Poisson-Pseudo Maximum Likehood (PPML) model. The results showed that instability in exchange rates is detrimental to trade relations among the countries of South America, since greater exchange rate uncertainty pushes economic agents, in the long run, towards reducing their international trade activities due to high exposure to risk. Another important result was that Mercosul member countries have indeed benefited from the advantages offered by the block, such as the reduction of trade tariffs. Regarding the variable used to detect the effect of the subprime crisis in 2008, it was found an increase in the trade flow by South American countries in this period. <![CDATA[UM ESTUDO DA RIQUEZA FINANCEIRA DO BRASIL A PARTIR DA MATRIZ DE PATRIMÔNIO FINANCEIRO DO IBGE]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1415-98482016000200250&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt RESUMO Este texto procura extrair das contas financeiras (2005-2009), das contas de patrimônio (2004-2009) e da matriz de patrimônio financeiro (2009), publicadas pelo IBGE, um retrato tão preciso quanto possível do tamanho e da composição da riqueza financeira no Brasil. O texto inova ao calcular as posições financeiras intrassetoriais, bem como no próprio modo de apresentação da matriz de patrimônio. Outra contribuição consiste em cruzar os dados do IBGE com aqueles das Demonstrações Financeiras do Banco Central, o que permite, para alguns fins, desfazer o duvidoso agregado em que se confundem os números da autoridade monetária com aqueles das demais instituições financeiras.<hr/>ABSTRACT This paper aims to extract a picture as detailed as possible of the size and structure of the financial wealth in Brazil, using the financial accounts (2005-2009), the balance sheet accounts (2004-2009) and the balance sheet matrix for the year 2009. Two contributions made by this paper are the calculation of the intrasectoral financial positions, as well as the very presentation of the balance sheet matrix. Furthermore, based on the Brazilian Central Bank financial statements, the paper manages to unwind, for some purposes, the dubious aggregate in which the Monetary Authority figures are mixed with those of the other financial firms. <![CDATA[TEORIA ECONÔMICA E POLÍTICA DE INOVAÇÃO]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1415-98482016000200281&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt RESUMO O objetivo do trabalho, como o seu título indica, consiste em identificar a teoria econômica que informa a política tecnológica. A metodologia utilizada está fundamentada em revisão de literatura, na qual se procurou verificar o lugar que a inovação ocupa em diferentes escolas do pensamento econômico. A literatura resenhada mostra que a teoria neoclássica e a teoria evolucionária são aquelas abordagens que têm se ocupado de maneira mais direta com a política industrial, nela incluída a política de inovação. As avaliações críticas sobre a teoria neoclássica são de que a sua ótica baseada nas "falhas de mercado" apresenta deficiências no tratamento da inovação, o que a torna limitada enquanto base conceitual para a política pública. A teoria evolucionária, com o seu conceito de sistema de inovação, dá um tratamento analítico mais elaborado ao processo de geração e difusão tecnológica, preconizando uma política pública baseada na ótica sistêmica da inovação.<hr/>ABSTRACT This paper aims to, as its title proposes, identify the segment of economic theory that speaks of technological policy. The methodology used is based on literature review, which sought to verify the place that innovation holds in different schools of economic thought. The literature review shows that the neoclassical theory and the evolutionary theory are the approaches that have been mostly concerned with industrial policy issues, including the innovation policy related ones. Critics of the neoclassical theory argue that its "market failure"-based perspective presents shortcomings when it comes to the treatment of innovation, which makes it limited as a conceptual basis for public policy. Evolutionary theory with its concept of innovation system gives a more elaborate analytical treatment to the process of technology creation and diffusion, since it advocates for public policy based on a systemic innovation perspective. <![CDATA[DESEMPREGO E QUALIFICAÇÃO DA MÃO DE OBRA NO BRASIL]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1415-98482016000200308&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt RESUMO Baseado no cenário do mercado de trabalho brasileiro na última década e inspirado pelas teorias da Busca do Emprego e do Capital Humano, o artigo em questão objetiva analisar o desemprego no Brasil através da perspectiva da qualificação da mão de obra entre 2002 e 2011, com base nos dados da Pesquisa Mensal de Emprego (IBGE). Os resultados se derivam de uma análise dinâmica que permite interpretar as mudanças no mercado de trabalho com base nas probabilidades de um indivíduo transitar entre as condições de emprego, desemprego e inatividade, e representam importante contribuição ao avanço da literatura sobre o tema, já que a maior parte dos estudos existentes apresenta uma análise de corte transversal de dados originados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (IBGE), apontando apenas para taxas de desemprego estáticas. Para isso, utilizaram-se dois métodos de análise: um estudo univariado de matrizes de transição para cada um dos aspectos microeconômicos considerados e uma análise econométrica multivariada, por meio de um modelo Logit Multinomial. Dentre os resultados principais, constatou-se que as variáveis sexo, condição no domicílio, idade e escolaridade têm grande influência nas chances de um indivíduo conseguir emprego. Levando em consideração a qualificação do trabalhador, os resultados mostram que quanto mais escolarizado, menor o efeito adverso das características pessoais de um indivíduo, e que o grupo dos semiqualificados (aqueles que tem entre 4 e 10 anos de estudo) são os mais sensíveis a tais efeitos no sucesso pela busca do emprego. Por fim, o estudo mostra que os trabalhadores menos qualificados foram os que mais se beneficiaram com a mudança do cenário do mercado de trabalho brasileiro no período analisado.<hr/>ABSTRACT Inspired by the theories of the Job Search and the Human Capital, this paper investigates the Brazilian job market with a view to analyze unemployment in Brazil between 2002 and 2011. It focuses the workforce skill levels and is based on data from the monthly employment survey published by IBGE. A dynamic analysis was conducted, which allowed interpreting the changes in the labor market based on the probability of an individual to transition among the conditions of employment, unemployment and inactivity. Two methods were employed in this investigation: a univariate study of transition matrices, which were applied to each of the microeconomics aspects considered and a multivariate econometrics analysis derived from a Multinomial Logit model. Several important results were found. Primarily, variables such as sex, role in the family, age and education have been found to have a significant influence on one's success in job search. The results reveal that the higher the level of education a worker has, the lower the influence of the aforementioned variables on the success of this worker's job search. Furthermore, those workers considered semi-qualified are the most sensitive to the influence of said traits on their chances of employment. Finally, the study shows that individuals in the group considered less qualified benefited the most from the changes in the Brazilian job market during the period under study. The results give an important contribution to the advancement of the literature on the subject, since most of the existing studies use a cross-sectional analysis of national household surveys, pointing only to static unemployment rates. <![CDATA[O MODELO ESTRUTURA-CONDUTA-DESEMPENHO E A TEORIA EVOLUCIONÁRIA NEOSCHUMPETERIANA: UMA PROPOSTA DE INTEGRAÇÃO TEÓRICA]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1415-98482016000200336&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt RESUMO O texto objetiva integrar o modelo Estrutura-Conduta-Desempenho (E-C-D) e a teoria evolucionária neoschumpeteriana apresentando um enriquecedor marco teórico para analisar o desempenho industrial, bem como os fatores que afetam o desempenho das nações. Observa-se, do ponto de vista de atuação das empresas, que as variáveis presentes na estrutura, na conduta e no desempenho são altamente influenciadas pelas revoluções tecnológicas e pelo o paradigma tecnoeconômico insti­tuído. Consequentemente, o que determina a competitividade das indústrias locais e as potencialidades dos países avançarem em suas condições de desenvolvimento é a capacidade das firmas, através de suas rotinas e inovação, de desenvolverem e incorporarem tecnologias de ponta, o que modifica sua organização e forma de atuação no mercado.<hr/>ABSTRACT The paper is an attempt to integrate the Structure-Conduct-Performance model (S-C-P) and the neo-Schumpeterian evolutionary theory into a rich theoretical framework directed to analyze industrial performance and the factors that affect the performance of nations. It is observed, from the point of view of firm's action, that the variables related to structure, conduct and performance are highly influenced by technological revolutions and the techno-economic paradigm. Consequently, what determines the competitiveness of local industries and the potential of advancing countries in their development conditions is the ability of firms, by means of their routines and innovation, to incorporate and develop new technologies, which in turn modify its organization and operation of the market. <![CDATA[EFEITOS DISTRIBUTIVOS DO SALÁRIO MÍNIMO NO MERCADO DE TRABALHO DA REGIÃO NORDESTE]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1415-98482016000200359&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt RESUMO Este artigo investiga a contribuição do salário mínimo (SM) no processo de desconcentração dos rendimentos do mercado de trabalho da região Nordeste do Brasil no período 2002-2012. Os microdados utilizados são oriundos da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD) do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Utilizou-se a metodologia de simulação proposta em DiNardo, Fortin e Lemieux (1996), que estimaram as funções densidade Kernel contrafactuais. As simulações foram realizadas para pessoas do gênero feminino e masculino. Os resultados revelaram que, por meio das decomposições, o salário mínimo, o grau de formalização e os atributos pessoais tiveram impactos desconcentradores naquele grupo de trabalhadores. Apenas para os homens, o efeito desconcentrador do salário mínimo é mais intenso na amostra quando comparado às mulheres. Em síntese, as simulações revelam a importância do salário mínimo na redução da dispersão dos rendimentos do trabalho no período estudado.<hr/>ABSTRACT This paper investigates the impact of the minimum wage (MW) on the distribution ofearnings in the labor market of the Northeast Region of Brazil in the 2002-2012 period. The analysis was based on the simulation methodology proposed by DiNardo, Fortin and Lemieux (1996) that estimate counter factual Kernel density functions, and used the microdata provided by the National Sample Survey (PNAD) of the Brazilian Institute of Geography and Statistics (IBGE). Sample data covered a population of females and males. The results revealed that the minimum wage, the degree of formalization in labor relations, and the set of individual attributes had a positive impact on the distribution of earnings among both female and male workers. However, for men, the de-concentrating effect of the minimum wage is more intense compared to women. In summary, the results suggest that the minimum wage has been important to reduce the dispersion of labor income in recent years.