Scielo RSS <![CDATA[Revista de Economia Contemporânea]]> http://www.scielo.br/rss.php?pid=1415-984820160001&lang=pt vol. 20 num. 1 lang. pt <![CDATA[SciELO Logo]]> http://www.scielo.br/img/en/fbpelogp.gif http://www.scielo.br <![CDATA[DO ESTRANGULAMENTO EXTERNO À MORATÓRIA: A NEGOCIAÇÃO BRASILEIRA COM O FMI NO GOVERNO FIGUEIREDO (1979-1985)]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1415-98482016000100005&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt RESUMO O processo de endividamento externo adotado nos anos 1970 esteve diretamente associado à necessidade de financiamento do II PND. A necessidade de legitimação do regime discricionário compeliu o governo a inserir a economia brasileira de modo imprudente no circuito financeiro internacional. Após o segundo choque do petróleo, em 1979, a política econômica da tecnocracia resumiu-se a administrar a crise do balanço de pagamentos. Estabeleceu-se, então, uma longa e hesitante negociação com o FMI e com os credores internacionais, e as divergências dela decorrentes ensejaram a decretação da moratória da dívida externa anos depois.<hr/>ABSTRACT External indebtedness process adopted in the 1970s was directly associated with borrowing of the II PND. The need for legitimacy of discretionary regime compelled the government to enter the Brazilian economy recklessly in the international financial system. After the second oil shock in 1979, the economic policy of technocracy came down to manage the balance of payments crisis. It was established, then, a long and hesitant negotiation with the IMF and international creditors, whose differences entailed tried the declaration of moratorium on foreign debt years later. <![CDATA[POLÍTICA INDUSTRIAL COMO INSTITUIÇÃO DESENVOLVIMENTISTA: UMA CRÍTICA AO "NOVO DESENVOLVIMENTISMO" BASEADA NAS EXPERIÊNCIAS DE BRASIL E COREIA DO SUL]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1415-98482016000100028&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt RESUMO O artigo analisa a política industrial como instituição desenvolvimentista necessária ao desenvolvimento de economias retardatárias, contrastando os casos brasileiro e sul-coreano. Apesar das singularidades das economias analisadas, destaca-se que a industrialização, como estratégia de desenvolvimento, constitui-se um padrão de regularidade enquanto instituição desenvolvimentista fundamental. Argumenta-se que isso não está contemplado nas proposições "novo-desenvolvimentistas", que reforçam a importância da indústria para o desenvolvimento econômico nacional, mas destacam a política cambial como principal instrumento de política industrial, cuja validade é considerada restrita, ao passo que as instituições desenvolvimentistas, como a política industrial ativa, são elaboradas visando a um desenvolvimento econômico consistente no longo prazo, com mudança estrutural.<hr/>ABSTRACT This article examines the industrial policy as a developmental institution required for the development of the latecomer economies by comparing the case studies of Brazil and South Korea. Despite the uniqueness of the economies in analysis, it is emphasized that industrialization, as a development strategy, forms a regular pattern while it is a fundamental developmental institution. It is argued that this was not considered in the "new developmental" propositions, which reinforce the importance of the industry to the National economic development, but value the exchange rate policy as the main instrument of the industrial policy, whose validity is considered restricted, while the developmental institutions, as the active industrial policy, are developed to establish a consistent economic development in the long term and with structural change. <![CDATA[O IMPACTO DOS INVESTIMENTOS EM PESQUISA & DESENVOLVIMENTO NO DESEMPENHO DAS EMPRESAS]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1415-98482016000100058&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt RESUMO O presente trabalho analisou os impactos dos esforços inovativos, medidos pelos investimentos em Pesquisa e Desenvolvimento, sobre o crescimento das vendas, considerando diferentes "graus de proximidade" com a fronteira. Para testar a hipótese, foi construído um modelo de regressão multinível considerando 1.500 firmas com dados financeiros de 2012. Foi calculada a Produtividade Total dos Fatores de cada firma e construído um índice de proximidade com a fronteira (firma com maior produtividade). Os resultados demonstram que firmas situadas próximo à fronteira empregam os recursos de P&amp;D com maior eficiência, obtendo estimativas de crescimento superior em relação às firmas mais afastadas.<hr/>ABSTRACT This study examined the impact of innovative efforts, measured by investment in Research and Development, on sales growth, taking into account different "degrees of proximity" to the frontier. To test the hypothesis, we built a regression model with multilevel data to assess financial data of 1,500 firms from year 2012. We estimated the Total Factor Productivity of each firm and built an index of proximity to the frontier (firm with higher productivity). The results show that firms closer to the frontier employ R&amp;D resources more efficiently, as their growth estimates are higher than those of firms situated further behind the frontier. <![CDATA[COMMODITY CURRENCIES: UM FENÔMENO REAL NO BRASIL?]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1415-98482016000100092&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt RESUMO Este trabalho tem por objetivo investigar o possível enquadramento que a moeda brasileira, o real, possa ter no modelo de commodity currencies. As evidências encontradas mostram uma correlação significativa da trajetória percorrida pelo real na última década com o esquema de commodity currencies, em que a taxa de câmbio do país tende a acompanhar a evolução dos preços internacionais das commodities, grupo de produtos básicos advindos principalmente dos setores agrícola e mineral.<hr/>ABSTRACT This work aims to investigate the role that the Brazilian currency, Real, may play on the commodity currencies model. The evidences show a significant correlation between the trajectory followed by Real in the last decade and the commodity currencies scheme, where the country's exchange rate tends to follow the evolution of the international commodity prices, understand as a group of products mainly originating from agricultural and mineral sectors. <![CDATA[REGIME DE METAS DE INFLAÇÃO: ANÁLISE COMPARATIVA E EVIDÊNCIAS EMPÍRICAS PARA PAÍSES EMERGENTES SELECIONADOS]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1415-98482016000100113&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt RESUMO O objetivo deste artigo é analisar o regime de metas de inflação (RMI) no Brasil à luz das experiências de outros países emergentes selecionados, quais sejam: África do Sul, Chile, Colômbia, Coreia do Sul e México. Para tanto, há uma exposição dos contextos nos quais o RMI foi adotado nesses países, bem como uma comparação entre os arranjos desses regimes, para se distinguir suas principais características. Por fim, é estimado um modelo autorregressivo com vetores de correção de erros (VEC) para cada país selecionado, de modo a criar condições para uma análise da eficácia do RMI nessas economias. Os resultados empíricos da pesquisa sugerem que os Regimes de Metas de inflação mais flexíveis (África do Sul, Chile, Colômbia, Coreia do Sul) são relativamente mais eficazes em termos de combate à inflação que os regimes mais rígidos (Brasil e México).<hr/>ABSTRACT The objective of this paper is to analyze the inflation targeting regime (ITR) in Brazil in the light of the experiences of other selected emerging countries, namely: South Africa, Chile, Colombia, South Korea and Mexico. To that end, there is an exposition of the contexts in which ITR was adopted in the selected countries, as well as a comparison between the arrangements of these regimes, to distinguish its main features. Lastly, an autoregressive model is estimated with vector error correction (VEC) for each country in the sample, in order to set the conditions for an analysis of the efficiency of ITR in these economies. The empirical results of the research suggest that the most flexible inflation targeting regimes (South Africa, Chile, Colombia, South Korea) are relatively more efficient in terms of curbing inflation than more rigid regimes (Brazil and Mexico). <![CDATA[NÃO NEUTRALIDADE FISCAL, GASTOS PÚBLICOS E AGENTES HETEROGÊNEOS]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1415-98482016000100144&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt RESUMO O objetivo deste estudo é verificar se a política fiscal é não neutra em um ambiente de endogeneidade dos gastos públicos com agentes heterogêneos. Considerou-se que a política fiscal pode ser conduzida por dois instrumentos, a saber, os impostos lump-sum e os gastos públicos. Para alcançar o objetivo proposto construiu-se um modelo novo keynesiano a partir dos trabalhos de Blanchard (1985) e Leith e Thadden (2008). Os resultados do sistema dinâmico indicam que as políticas monetária e fiscal devam ser ativas, o que denota para a não neutralidade da política fiscal.<hr/>ABSTRACT The objective of this study is to verify if fiscal policy is not neutral in an endogeneity of public spending environment with heterogeneous agents. Fiscal policy is herein considered as being conducted by two instruments, namely the lump-sum taxes and public spending. To achieve the proposed objective it has been built up a new Keynesian model based on the works by Blanchard (1985) and Leith &amp; Thadden (2008). The results of the dynamic system indicate that monetary and fiscal policies should be active, which reveals the non-neutrality of fiscal policy. <![CDATA[A POBREZA MULTIDIMENSIONAL NO ESTADO DA BAHIA DIMINUIU? EVIDÊNCIAS A PARTIR DA ABORDAGEM DE BOURGUIGNON E CHAKRAVARTY]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1415-98482016000100177&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt RESUMO A maioria das análises sobre o fenômeno da pobreza tem dado um enfoque especial a sua estrutura unidimensional, em que se considera a insuficiência de renda dos indivíduos. Destarte, mais recentemente muitos pesquisadores têm abordado a pobreza do ponto de vista multidimensional, considerando outros aspectos além da renda. Nesse sentido, este artigo tem por objetivo investigar a pobreza multidimensional no estado da Bahia no período compreendido entre 2006 e 2013. Para tanto, utilizou-se a recente metodologia proposta por Bourguignon e Chakravarty (2003), considerando a abordagem das necessidades básicas e a teoria das capacitações. Assim, para o cálculo dos indicadores de privação por dimensão, seus gaps e os respectivos índices de pobreza multidimensional, foram utilizados dados da Pesquisa Nacional por Amostragem de Domiciliar (PNAD). Os resultados apontam uma retração de 4,41% da pobreza multidimensional no estado da Bahia, enquanto nas áreas rural e urbana, a proporção de pobres diminuiu 5,61% e 4,39% respectivamente. Por outro lado, quando se trata dos grupos que compõem a análise, a redução da pobreza para os gêneros masculino e feminino foi relativamente equitativa. Entretanto, pode-se destacar significativa retração do indicador relacionado às crianças em 5,47% no período analisado.<hr/>ABSTRACT Most analysis of the poverty phenomenon have given special focus to their one-dimensional structure, which is defined as insufficient income of individuals. However, more recently many researchers have addressed the multidimensional poverty perspective, taking into consideration other aspects in addition to income. With that respect, this article aims to investigate the multidimensional poverty in the state of Bahia in the period between 2006 and 2013. To this end, a recent methodology proposed by Bourguignon and Chakravarty (2003) has been employed, based on the basic needs approach and the theory of training. For the sake of calculating the size deprivation indicators, related gaps and multidimensional poverty rates, we used data from the National Survey by Household Sampling (PNAD/IBGE) .The results show that multidimensional poverty has decrease by 4.41% in the state of Bahia, while in rural and urban areas, the proportion of poor declined by 5.61% and 4.39% respectively. On the other hand, when it comes to the groups that make up the analysis, poverty reduction for males and females was relatively fair. However, it can highlight significant retraction of the children related indicator in 5.47% in the period analyzed.