Scielo RSS <![CDATA[Ágora: Estudos em Teoria Psicanalítica]]> http://www.scielo.br/rss.php?pid=1516-149820160002&lang=es vol. 19 num. 2 lang. es <![CDATA[SciELO Logo]]> http://www.scielo.br/img/en/fbpelogp.gif http://www.scielo.br <![CDATA[Editorial]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1516-14982016000200163&lng=es&nrm=iso&tlng=es <![CDATA[O gozo da insatisfação na relação sexual]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1516-14982016000200165&lng=es&nrm=iso&tlng=es RESUMO: O gozo feminino é considerado por Lacan como Outro em relação ao do homem. Em todo caso, este gozo é difícil de ser discernido, ainda mais que ele pode, como nos mostra a clínica, ser facilmente simulado por uma mulher. Mas por que uma mulher se coloca na posição de simular um orgasmo? O que está em jogo para ela nessa prática? Tentaremos mostrar que a simulação não é apenas sinônimo de frigidez. Não que ela não o possa ser, mas a simulação é também fonte de prazer para uma mulher e, de forma pardoxal, algo capaz de favorecer o "encontro" com o outro.<hr/>ABSTRACT: The enjoyment of the dissatisfaction in the sexual relationship. The feminine enjoyment is considered by Lacan, as "Other", compared to the enjoyment of the man. Anyway, it is difficult to enclose, especially since enjoyment can be, as shown by the clinic, easily simulated by a woman. But why does a woman put herself in the position of simulating the orgasm? What are the stakes of this practice? We would try to show that faking orgasm is not only a synonymous of frigidity. It could be, of course, but it is also a spring of pleasure for a woman and, paradoxically, an expedient capable of making possible the "gathering" with the other. <![CDATA[CHARACTERPATHY, THE POSITION OF THE INDIVIDUAL IN THE FIELD OF JOUISSANCE AND THE STRUGGLE TO BUILD AN ANALYZABLE SYMPTOM]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1516-14982016000200175&lng=es&nrm=iso&tlng=es RESUMO: Caracteropatia, a posição do sujeito no campo do gozo e as dificuldades na instalação do sintoma como analisável. Ao resgatarmos a noção de caráter em alguns teóricos da psicanálise, localizamos nele um operador teórico-clínico importante para a investigação de manifestações de sofrimento psíquico. O caráter supõe algo mais arcaico do que o sintoma, portanto, anterior ao estágio de formação do sintoma. As caracteropatias, ou patologias do caráter, são formas de apresentação subjetiva nas quais predominam as saídas do sujeito pela via do ato em detrimento da palavra e do sentido. Elas trazem desafios na instalação do sintoma como analisável, devido ao modo de gozo de difícil sintomatização apresentado pelo sujeito. Com isso em vista, abordaremos também algumas contribuições quanto à direção do tratamento nesses casos.<hr/>ABSTRACT: As we introduce the concept of character, formulated by some theorists of psychoanalysis, we are able to spot an important theoretical and clinical device to investigate the manifestations of psychic distress. The character presumes something more archaic than the symptom; therefore it emerges before its formation. The pathologies of the character, also called characteropathies, are subjective presentation forms in which the outputs of the subject through the act to the detriment of the word and the meaning predominate. They bring challenges in the installation of the symptom as analyzable, due to the jouissance of difficult symptomatization presented by the subject. Bearing this in mind, we will also approach some contributions concerning the direction of the treatment in such cases. <![CDATA[WHEN A WOMAN IS MOTHER: FEMININE JOUISSANCE IN MOTHERHOOD]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1516-14982016000200191&lng=es&nrm=iso&tlng=es ABSTRACT: From the clinical listening of women concerning the strains of motherhood, this article intends to discuss the indications of Sigmund Freud and Jacques Lacan regarding the comings and goings of the feminine and the maternal positions. This article proposes that Lacan's writings on the matter of jouissance make it possible to discuss the relation between feminine and maternal through a path other than that of complementarity but neither one of exclusion, insofar as that relation may be taken within the condition of supplementarity.<hr/>RESUMO: Quando uma mulher é mãe: o gozo feminino na maternidade. A partir da escuta clínica de mulheres acerca dos impasses da maternidade, este artigo pretende problematizar as indicações de Sigmund Freud e Jacques Lacan com relação aos encontros e desencontros das posições feminina e materna. Este artigo propõe que o trabalho de Lacan sobre o campo do gozo torna possível problematizar a relação entre o feminino e o materno por uma via que não seja a da complementaridade ou tampouco a da exclusão, na medida em que tal relação possa ser tomada na condição de suplementaridade. <![CDATA[PERVERSE MANIFESTATIONS IN A MELACHOLIC STRUCTURE]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1516-14982016000200209&lng=es&nrm=iso&tlng=es ABSTRACT: This study aims to describe the expression of perverse traits operating in a melancholic personality structure. The definition of the basic concepts of structure, organization of personality and character traits is made. The characteristics of the melancholic structure and perverse organization are described and through the study of a single case, we seek to demonstrate the psychodynamics of a melancholic personality structure and identify the manifestation of perverse traits. The clinical discussion focuses on the acting of the perverse traits over melancholy. The paper demonstrates the importance of understanding these dynamics and diagnostic aspects to the clinical practice in psychoanalysis. Furthermore, it was possible to conclude that perverse manifestations may occur in different personality structures, not being exclusive of perverse organizations of the self.<hr/>RESUMO: Manifestações perversas em uma estrutura melancólica. O presente trabalho busca descrever a manifestação de traços de funcionamento perversos em uma estrutura de personalidade melancólica. São definidos os conceitos de estrutura de base, organização da personalidade e traços de caráter. As características da estrutura melancólica e da organização perversa são descritas e, através de um estudo de caso único, busca-se demonstrar a psicodinâmica de uma estrutura de personalidade melancólica, bem como identificar os traços de caráter perversos manifestos. A discussão clínica enfoca a atuação de traços perversos na melancolia. Ao final, demonstra-se a importância da compreensão diagnóstica e dinâmica desses aspectos para a prática na clínica psicanalítica. Além disso, foi possível constatar que manifestações perversas podem ocorrer em diferentes estruturas de personalidade, não sendo exclusivas das organizações perversas do self. <![CDATA[CONSIDERATIONS ABOUT THE PERMANENCE OF THE SUGGESTION IN THE CONTEXT OF TRANSFER: AN INTRODUCTORY STUDY IN THE FREUDIAN TEXT]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1516-14982016000200227&lng=es&nrm=iso&tlng=es ABSTRACT: The article is based on the hypothesis that suggestion - abandoned as a technique since the beginning of psychoanalysis - once understood as a process inherent of psychic functioning, remains active in transference. It relates suggestion, symptom and dream in order to show that, since the beginning of Freud's work, the permanence of suggestion in transference is linked to something that escapes the analyst's control. Freud's papers, from his first publications to Dora, are analyzed.<hr/>RESUMO: Considerações sobre a perenidade da sugestão no âmbito da transferência: um estudo introdutório no texto freudiano. O artigo apoia-se na hipótese de que a sugestão - abandonada como técnica nos primórdios da psicanálise - uma vez compreendida como processo inerente ao funcionamento psíquico permanece atuante na transferência. Relaciona sugestão, sintoma e sonho visando evidenciar que, já no início da obra freudiana, a perenidade da sugestão no âmbito da transferência encontra-se associada ao que desta última escapa ao controle do analista. Para tal, percorre textos que vão das primeiras publicações à Dora. <![CDATA[FROM THE SEXUAL DIFFERENCE TO SEXUATION]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1516-14982016000200243&lng=es&nrm=iso&tlng=es ABSTRACT: The author revisits a route in Lacan's production that is located between the work "The Signification of the Phallus" and the seminar "Encore", to demonstrate the shift that occurs in the field of psychoanalysis, in regard to the location and function of marking the sexual difference in the structural web of the subject's constitution. As the operator of this twist, the author refers to the notion of jouissance and to the sexuation mathemes developed by Lacan, which led to a consideration of sexuatinno longer distinguished solely by the phallus and the "ideal types" of each sex, but by the field of jouissance, there included the feminine jouissance.<hr/>RESUMO: Da diferença sexual à sexuação. O autor revisita um percurso na obra de Lacan que se localiza entre o escrito "A Significação do Falo" e o seminário "Encore", para demonstrar o deslocamento que ocorre no campo da psicanálise, no que tange a localização e a função de balizamento da diferença sexual na trama estrutural da constituição do sujeito. Como operador desta torção o autor se refere a noção de gozo e aos matemas da sexuação desenvolvidos por Lacan, que determinaram uma consideração da sexuação não mais unicamente abalizado pelo falo e pelos "tipos ideais" de cada sexo, mas pelo campo do gozo, onde inclui-se ai, o gozo feminino <![CDATA[A politização do monstro]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1516-14982016000200257&lng=es&nrm=iso&tlng=es RESUMO: As Erínias tinham por função despertar o ódio e a sideração. A politização das Erínias em As Eumênides, de Ésquilo, e sua transformação em Benevolentes seres de fala participam da elaboração na poética do discurso trágico de uma palavra que subjetiva a culpa e o ódio.<hr/>ABSTRACT: The monster's politicization. The role of the Erinyes was to rouse fury and sideration. The politicization of the Erinyes in The Eumenides of Aeschylus and their change into benevolent beings of speech participate in the creation of the poetics of tragic discourse of a word which subjectivities guilty and hatred. <![CDATA[A pulsão: da encarnação à transferência]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1516-14982016000200265&lng=es&nrm=iso&tlng=es Resumo: A pulsão pode ser entendida como articulação de uma pressão contínua a uma forma descontínua (representante-representativo), paradoxo que constitui um impossível da representação. Três versões deste impossível são explorados: 1) o mistério cristão da Encarnação e a narrativa da Anunciação podem ser interpretados como invenções culturais visando dar conta da interseção originária Real/Simbólico; 2) os pintores do Renascimento buscaram lidar com este irrepresentável no seio da representação graças à invenção de figurae, "pan de tableau" fora do sistema representativo; 3) estes efeitos de "pan" como dissolução da forma podem ser encontrados na transferência, porém com funções diferentes conforme apareçam no início ou no fim da análise.<hr/>Abstract: The drive: from Incarnation to transference. The drive can be understood as the articulation of a continuous pressure to a discontinuous form (representative-representational), a paradox that constitutes an impossible in the presentation. Three versions of this impossible are explored: 1) the Christian mystery of Incarnation and the narrative of the Annunciation can be interpreted as cultural inventions which attempt to account for the originating intersection Real/Symbolic; 2) the painters of the Renaissance have tried to deal with this non-representable which lies at the heart of the representation thanks to the invention of figurae, "pan" outside the representational system; 3) these effects of "pan" as dissolution can be found in the transference, but in different functions depending on whether they appear at the beginning or at the end of a psychoanalytical cure. <![CDATA[THE SPECIFICITY OF LANGUAGE IN PSYCHOANALYSIS]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1516-14982016000200279&lng=es&nrm=iso&tlng=es ABSTRACT: The following article aims to discuss the conceptions of language proposed in Freud's work, considering the specificity of the notion of representation, and to point out its consequences in clinical practice. In the representation theory, it is possible to conceive a notion of language characterized by heterogeneity (representation of the word and representation of the thing) that its effect of meaning is produced through a complex of associations and their linkage to an intensive approach (instinctual representative). From this model, it is assumed that the language exceeds its semantic function and the representational system is not restricted to the field of rationality and verbalization.<hr/>RESUMO: A especificidade da linguagem na psicanálise. O artigo tem por objetivo discutir a concepção de linguagem proposta na obra freudiana, considerando a especificidade da noção de representação e apontar seus desdobramentos na prática clinica. Na teoria de representação é possível conceber uma noção de linguagem caracterizada pela heterogeneidade (representação da palavra e representação da coisa) em que seu efeito de significação é produzido através de um complexo de associações e sua vinculação a uma abordagem intensiva (representante pulsional). A partir deste modelo, admite-se que a linguagem excede a sua função semântica e o regime representacional não se restringe ao campo da racionalidade e da verbalização. <![CDATA[SUBLIMATION AS A PARADIGM OF THE PSYCHE CONSTITUTION: METAPSYCHOLOGY AND THEORETICAL-CLINICAL DEVELOPMENTS]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1516-14982016000200295&lng=es&nrm=iso&tlng=es ABSTRACT: The present study aims at understanding sublimation as a psychic event inextricably linked to the advent of the subject, being then characterized as a singular and paradigmatic subjectivation process in what regards the psychic constitution. We begin with a brief theoretical- conceptual review with respect to Freud's process of sublimation, as well as the return and deepening carried out by Lacan, and considering contemporary articulations on the subject, we relate its importance, long neglected, with regard to the aspects and theoretical-clinical developments, as well as its fundamental importance with respect to understanding the psychic constitution within the psychoanalytic framework.<hr/>RESUMO: A sublimação como paradigma da constituição psíquica: metapsicologia e desdobramentos teórico-clínicos. O presente estudo presta-se a uma compreensão da sublimação como um evento psíquico inextricavelmente atrelado ao advento do sujeito, caracterizando-se assim como um processo de subjetivação singular e paradigmático no que se refere à constituição psíquica. Iniciamos com uma breve revisão teórico-conceitual com relação ao processo sublimatório em Freud, bem como sua retomada e aprofundamento efetuados por J. Lacan, e considerando articulações contemporâneas sobre a temática relacionamos sua importância, há muito tempo negligenciada, no que se refere aos aspectos e desdobramentos teórico-clínicos, bem como sua fundamental importância no que diz respeito à compreensão da constituição psíquica dentro do referencial psicanalítico. <![CDATA[Condensation, Trauma and Perceptive Density of Language - Freud with Jorge Luis Borges]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1516-14982016000200311&lng=es&nrm=iso&tlng=es ABSTRACT: This essay examines the question of perceptual vividness, which will lead to an exploration of condensation in its articulation with trauma. A hypothesis is then formulated around the existence of two different types of reproduction of the traces inscribed in the psychic apparatus: one to do with memory, the other with re-living. Jorge Luis Borges' story 'The Aleph' helps us to think about those traces as the letter - and about its relationship with perception as traumatic excess.<hr/>RESUMO: A Condensação, o Trauma e a Densidade Perceptiva da Linguagem - Freud com Jorge Luís Borges. O exame da questão da vivacidade perceptiva no sonho leva, neste ensaio, à condensação em sua articulação com o trauma. Formula-se então a hipótese da existência de dois tipos diferentes de reprodução dos traços inscritos no aparelho psíquico: um de memória e outro de revivescência. O conto "O Aleph", de Jorge Luís Borges, ajuda a pensar o traço como letra e sua relação com a percepção como um excesso traumático. <![CDATA[Winnicott's style and its implications: a study on authorization, authenticity and influence in psychoanalysis]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1516-14982016000200325&lng=es&nrm=iso&tlng=es ABSTRACT: The article focuses on the consequences of Winnicott's style for his work and for the psychoanalysis inspired by his work. Within this framework, the article discusses possibilities and deadlocks for an appropriation of Winnicott's work and the complex relation between his work and dogmatism, formation, innovation and filiation.<hr/>RESUMO: O estilo de Winnicott e suas implicações: um estudo sobre autenticidade, filiação e influência em psicanálise. O artigo se propõe a abordar as consequências do estilo de Winnicott para sua produção e para a psicanálise inspirada por seu trabalho. Discute-se, nesse enquadre, as possibilidade e entraves para uma apropriação do trabalho de Winnicott e a complexa relação de sua obra com o dogmatismo, a formação e a inovação. <![CDATA[Harmfulness of the autistic object to its indispensability for autism clinically in psychoanalysis]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1516-14982016000200339&lng=es&nrm=iso&tlng=es ABSTRACT: In this paper we examine the concept of the autistic object in the psychoanalytic treatment of individuals with autism. Comparison is made between the concepts of two authors, Frances Tustin and Jean-Claude Maleval, both dedicated researchers in the area. Tustin identifies the function of autistic objects in the treatment of the autistic body image. Differentiation between autism and schizophrenia is presented. Maleval enhances the perception of Tustin, by highlighting the role of dynamism in autistic objects, as a promoter of the libidinal animation of autists. The paper concludes by assessing the consequences of privileging one or another theoretical conception of the autistic object clinically.<hr/>RESUMO: Da nocividade do objeto autístico à sua imprescindibilidade para a clínica do autismo em psicanálise. O artigo procura salientar o lugar especial do objeto autístico no tratamento psicanalítico dos autistas. Para fundamentá-lo, coteja a concepção de dois autores que se dedicaram à sua investigação, Frances Tustin e Jean-Claude Maleval. Tustin identifica a função dos objetos autísticos no tratamento da imagem corporal do autista. Uma diferenciação entre autismo e esquizofrenia é apresentada. Maleval amplia a percepção de Tustin, destacando a função de dinamismo dos objetos autísticos, promotora de uma animação libidinal do autista. O artigo conclui por avaliar as consequências de se privilegiar uma ou outra concepção teórica do objeto autístico para a clínica com autistas.