Scielo RSS <![CDATA[Revista CEFAC]]> http://www.scielo.br/rss.php?pid=1516-184620170004&lang=en vol. 19 num. 4 lang. en <![CDATA[SciELO Logo]]> http://www.scielo.br/img/en/fbpelogp.gif http://www.scielo.br <![CDATA[EDITORIAL]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1516-18462017000400441&lng=en&nrm=iso&tlng=en <![CDATA[Hospital cognitive screening of patients with no related complaints]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1516-18462017000400443&lng=en&nrm=iso&tlng=en ABSTRACT Purposes: to characterize the cognitive performance hospitalized adults and elderly patients with no complaints, check the effect of education and age and correlate the results. Methods: cognitive screening was carried out by the Mini Mental State Examination (MEM) and the Verbal Fluency Test, semantics (FVS) and phonological (FVF) in 25 adults and elderly with no cognitive changes complaints admitted in an internal medicine ward. For statistical analyses, the one-way Anova, followed by post hoc Tukey, the bivariate Person correlation and the nonparametric Fisher’s tests were used. Results: a high frequency of cognitive impairment and a moderate correlation among the three tests applied were verified. The educational factor influenced the results of the MEM, the FVF and FVS tests, while the age factor significantly influenced the evidence of MEM and FVS. Conclusion: the data demonstrated that cognitive screening in hospitalized patients without related complaints is important, and that age and education are paramount factors in cognitive performance.<hr/>RESUMO Objetivos: caracterizar o desempenho cognitivo de adultos e idosos hospitalizados, sem queixas, considerando o efeito da escolaridade e da idade, e correlacionar os resultados encontrados. Métodos: foi realizado rastreio cognitivo por meio do Miniexame do Estado Mental (MEM) e do Teste de Fluência Verbal, semântica (FVS) e fonológica (FVF), em 25 adultos e idosos sem queixas de alterações cognitivas internados em uma enfermaria de clínica médica. Para as análises estatísticas foi utilizado o teste Anova one way, seguido do teste Post Hoc de Tukey, do teste de correlação bivariada de Pearson e do teste exato de Fisher (não paramétrico) para associação dos resultados. Resultados: evidenciou-se alta frequência de alterações cognitivas e correlação moderada entre os três testes aplicados. O fator escolaridade influenciou os resultados do MEM, do Teste de FVF e FVS, enquanto o fator idade influenciou significantemente apenas as provas de MEM e FVS. Conclusão: os dados demonstram a importância do rastreio cognitivo em pacientes hospitalizados sem queixas relacionadas e, que a idade e a escolaridade são fatores importantes no desempenho cognitivo. <![CDATA[Insalubrity in speech therapy and audiology: a brief review]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1516-18462017000400451&lng=en&nrm=iso&tlng=en ABSTRACT Purpose: to expose in a brief discussion the questions about the insalubrity pertinent to speech therapists and audiologists’ performance. Methods: a review of the Portal of Legislation of the Brazilian Federal Government about labor laws, health and health professionals was carried out. Results: according to NR-15, activities that are above the level of tolerance foreseen in the regulations are considered unhealthy activities, in which the performance of speech-language therapists and audiologists is directly related to the tolerance limits for biological agents. Conclusion: speech therapists and audiologists as well as several other health professionals present occupational risks in their work. The Brazilian legislation is broad, however, it is necessary to analyze these professionals more deeply with regard to their health.<hr/>RESUMO Objetivo: expor em uma breve discussão as questões sobre a insalubridade pertinentes a atuação do fonoaudiólogo. Métodos: foi realizada uma revisão do Portal da Legislação do Governo Federal Brasileiro no que diz respeito às leis trabalhistas, a insalubridade e aos profissionais de saúde. Foram utilizados também, cartilhas e recomendações do Conselho Federal de Fonoaudiologia. Resultados: de acordo com a NR-15, são consideradas atividades insalubres as que se desenvolvem acima do nível de tolerância previstos na mencionada normativa, em que a atuação do fonoaudiólogo está diretamente relacionada aos limites de tolerância para agentes biológicos. Conclusão: o fonoaudiólogo, bem como diversos outros profissionais da área da saúde, apresenta riscos ocupacionais em sua atuação. A legislação brasileira é ampla, porém, destaca-se a necessidade de analisar com maior profundidade esses profissionais no que tange a saúde desses trabalhadores. <![CDATA[Proposal for an augmentative and alternative communication conversational analysis protocol]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1516-18462017000400455&lng=en&nrm=iso&tlng=en ABSTRACT Purpose: to propose an assessment of communication that includes the conversational analysis of children who have cerebral palsy, with complex communication needs and their interlocutors. Methods: a propositional study type of a speech language and hearing science assessment tool whose methodological flowchart was divided into five phases. Results: the final version of the protocol consisted of fifty-four items divided into three parts: (a) communicative means, acts of speech, topic maintenance and dialogue turn-taking, common to the dyads; (b) acts of child speech, use of resource, thematic maintenance and dialogue turn-taking and (c) speaker speech acts, encouragement of the use of the communication resource, theme maintenance and dialogue turn-taking. All assessment items receive a score by the assessment record according to presented linguistic behavior. Conclusion: this study showed the development and creation of a conversation evaluation protocol for children with cerebral palsy and their interlocutors. It can be used to evaluate the means, the communicative acts and adjacent-pairs observed in conversational contexts, leading the initial clinical speech language and hearing assessment process to the introduction, maintenance and general use of the Augmentative and Alternative Communication with different interlocutors and environments.<hr/>RESUMO Objetivo: propor um protocolo para avaliação da comunicação que contemple a análise conversacional de crianças com encefalopatia crônica não evolutiva com necessidades complexas de comunicação e seus interlocutores. Métodos: estudo do tipo propositivo de um instrumento de avaliação fonoaudiológica, cujo fluxograma metodológico foi dividido em cinco fases. Resultados: a versão final do protocolo é composta por 54 itens divididos em três partes: (a) meios comunicativos, atos de fala, manutenção temática e turno de diálogos comuns às díades; (b) atos de fala da criança, uso do recurso, manutenção temática e turno de diálogo e (c) atos de fala do interlocutor, incentivo ao uso do recurso comunicativo, manutenção temática e turno de diálogo. Todos os itens da avaliação recebem uma pontuação por registro de avaliação, conforme o comportamento linguístico apresentado. Conclusão: o presente estudo apresentou o desenvolvimento e a criação de um protocolo de avaliação da conversação para crianças com encefalopatia crônica não evolutiva e seus interlocutores. Esse poderá ser utilizado para avaliar os meios, os atos comunicativos e os pares adjacentes observados em contexto conversacional, conduzindo o processo de avaliação fonoaudiológica inicial da linguagem para a introdução, manutenção e generalização do uso da Comunicação Suplementar e Alternativa com diferentes interlocutores e ambientes. <![CDATA[Oral communication and auditory skills of hearing impaired children and adolescents and the speech therapy rehabilitation process]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1516-18462017000400465&lng=en&nrm=iso&tlng=en ABSTRACT Purpose: to analyze auditory and oral communication behaviors in a group of children and adolescents, users of cochlear implants and to establish a relationship with factors that interfere with aural rehabilitation. Methods: participants were 13 children or adolescents with profound bilateral sensorineural hearing loss. Standardized procedures were applied to check: the auditory and oral communication behaviors of participants and their relationships with the child's age at diagnosis period; the interval between diagnosis and intervention, adaptation onset of the cochlear implant; the hearing age and aural rehabilitation period. Results: statistically significant data were found to correlate the interval between diagnosis and intervention with the scores in the evaluation procedures of oral communication. Conclusion: there was a significant impact on the development of oral communication when the period elapsed between the diagnosis and intervention was analyzed, in such way that the faster the intervention time, the better the results. It was also evident that the earlier the beginning of the use of cochlear implants, the greater the hearing age, and the longer the rehabilitation period, the better the scores in the procedures that evaluated auditory and verbal development.<hr/>RESUMO Objetivo: analisar os comportamentos auditivos e de comunicação oral em um grupo de crianças e adolescentes usuários de implante coclear e estabelecer relações com fatores que interferem na reabilitação auditiva. Métodos: participaram deste estudo 13 crianças ou adolescentes com deficiência auditiva sensorioneural profunda bilateral. Foram aplicados procedimentos padronizados para verificar: o comportamento auditivo e de comunicação oral dos participantes e estabelecidas relações com a idade da criança no período do diagnóstico; o intervalo entre o diagnóstico e a intervenção, época de ativação do implante coclear; a idade auditiva e o período de reabilitação auditiva. Resultados: foram encontrados dados estatisticamente significantes ao correlacionar o intervalo entre o diagnóstico e a intervenção com os escores dos procedimentos de avaliação da comunicação oral. Conclusão: houve impacto significante no desenvolvimento da comunicação oral quando analisado o período transcorrido entre o diagnóstico e a intervenção, de tal forma que quanto mais rápida a intervenção, melhores os resultados. Foi evidente também que quanto mais precoce o início da utilização do implante coclear, maior idade auditiva e maior o período de reabilitação, melhores foram os escores nos procedimentos que avaliaram desenvolvimento auditivo e verbal. <![CDATA[Knowledge of parents regarding newborn screening test, after accessing the website “Babies’ Portal” - Heel prick test]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1516-18462017000400475&lng=en&nrm=iso&tlng=en ABSTRACT Purpose: to assess the knowledge of mothers about the heel prick test, develop contents on this test to make it available on the "Babies’ Portal" website, evaluate and validate the informative material developed. Methods: this study was conducted in three stages, that is, the first stage which is about a descriptive study involving 105 mothers of newborn children before performing the neonatal screening "Heel Prick Test", the second one consisting in the development of the website "Babies’ Portal", and the third stage, the evaluation and validation of this material carried out by 20 parents of children between zero and 36 months old, who underwent the neonatal screening Heel Prick Test by accessing the website “Babies’ Portal”. Results: although the interviewed mothers knew that their children had the right to be tested, they showed no knowledge of the diseases that can be prevented, time of diagnosis, nor the consequences arising from the lack of early diagnosis and treatment. The website creation and validation gathered basic information about the Heel Prick Test, and the participants regarded the content from satisfactory to excellent. Conclusion: it is necessary that families know not only about the procedures their children will undergo, but also the reason they are performed and the consequences of failing in doing so.<hr/>RESUMO Objetivo: verificar conhecimento de mães sobre o Teste do Pezinho, desenvolver conteúdos sobre este teste” para disponibilizar no website “Portal dos Bebês”, avaliar e validar o material informativo desenvolvido. Métodos: este estudo foi realizado em três fases. A primeira trata-se de um estudo descritivo com a participação de 105 mães de crianças recém-nascidas, antes de realizar a triagem neonatal “Teste do Pezinho”. A segunda consistiu da elaboração de um website no site “Portal dos Bebês” e na terceira fase foi realizada a avaliação e validação deste material por 20 pais de crianças, com idades entre zero a trinta e seis meses, que realizaram a triagem neonatal, Teste do Pezinho, por meio do acesso ao site ”Portal dos Bebês”. Resultados: apesar das mães entrevistadas saberem que os filhos têm direito à realização do Teste, não demonstraram conhecimento acerca das doenças que podem ser prevenidas, época do diagnóstico, as sequelas advindas da falta do diagnóstico e tratamento precoce. A criação e validação do website reuniu as informações básicas a respeito do Teste do Pezinho e os conteúdos foram avaliados como satisfatórios a excelente pelos participantes. Conclusão: é necessário que as famílias tenham o conhecimento não somente dos procedimentos a que irão submeter os seus filhos, mas o porquê de estarem realizando-os, e as consequências, caso não o façam. <![CDATA[Health care networks: the role of the family health team in child hearing loss]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1516-18462017000400484&lng=en&nrm=iso&tlng=en ABSTRACT Purpose: to understand the network performance of family health staff on child hearing loss. Methods: a qualitative case-study research. Data collection consisted in three focus groups of family health staff from district IV in the city of Recife. Data were analyzed by meaning condensation. Results: most professionals perform their functions individually, which might weaken the comprehensive health care. Additionally, the lack of interaction with other complexity levels to meet the various actions and the absence of counter-reference required by the staff prevents the child's ongoing care. Conclusion: the teams’ organization and their relationships with other health care services are surrounded by weaknesses that make assistance ineffective regarding hearing health.<hr/>RESUMO Objetivo: compreender a atuação em rede da equipe de saúde da família diante da perda auditiva infantil. Métodos: trata-se de uma pesquisa qualitativa a partir do estudo de caso. A coleta de dados consistiu na realização de três grupos focais com as equipes de saúde da família do distrito sanitário IV, no município de Recife. Os dados foram analisados pela condensação de significados. Resultados: a maioria dos profissionais desempenham suas funções de modo individualizado, o que pode fragilizar a assistência integral à saúde. Associados a isso, a falta de articulação com os demais níveis de complexidade para atender as diversas ações requeridas pela equipe impossibilita o cuidado contínuo da criança. Conclusão: a organização das equipes e suas relações com outros serviços assistenciais são envoltas por fragilidades que tornam a assistência pouco efetiva no que diz respeito à saúde auditiva. <![CDATA[Associativism and quality of life among undergraduate students in dentistry]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1516-18462017000400493&lng=en&nrm=iso&tlng=en ABSTRACT Objective: to analyze the relationship between student participation in associations and the way they perceive their quality of life. Methods: a study of one hundred and sixty students of Federal University of Santa Catarina (UFSC) Dentistry course belonging to the first, fifth, eighth and tenth semesters in Florianopolis, SC, Brazil. The theoretical basis is the Public Health approach, that, under the wider concept of health, considers associations as health promoters. A sociodemographic questionnaire, a questionnaire on associativism and the WHOQOL-Bref were used for data collection. Results: the results indicate that the participation of Dentistry students in associations improves self-evaluation of quality of life, satisfaction in personal relationships and reduces the frequency of negative feelings. Conclusion: students who participate in voluntary associations are associated with a better quality of life, promoting a more adequate professional formation. In this way, the participation of students in associations should be stimulated by the University. This perspective of analysis values social aspects in the perspective of health and can be a pioneering study in a field where there is still much to be studied, and can bring substantial contributions to the field of collective health and health as a whole.<hr/>RESUMO Objetivo: analisar a relação entre a participação dos estudantes em associações e o modo como percebem sua qualidade de vida. Métodos: estudo realizado com cento e sessenta estudantes do curso de Odontologia da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) pertencentes ao primeiro, quinto, oitavo e décimo semestres, em Florianópolis (SC), Brasil. A base teórica é a abordagem da Saúde Coletiva que, sob o conceito ampliado de saúde, considera as associações como promotoras de saúde. Para coleta de dados foi utilizado um questionário sociodemográfico, um questionário sobre associativismo e o WHOQOL-Bref. Resultados: os resultados indicam que a participação dos estudantes de Odontologia em associações melhora a auto avaliação da qualidade de vida, a satisfação quanto às relações pessoais e reduz a frequência de sentimentos negativos. Conclusão: estudantes que participam de associações voluntárias apresentam associação com melhor qualidade de vida, promovendo uma formação profissional mais adequada. Dessa forma, a participação dos estudantes em associações deve ser estimulada pela Universidade. Esta perspectiva de análise valoriza o social no olhar da saúde e pode ser um estudo pioneiro num campo onde ainda há muito a ser estudado, podendo trazer contribuições substanciais para o campo da saúde coletiva e da saúde como um todo. <![CDATA[Readiness for oral feeding and oral motor function in preterm infants]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1516-18462017000400503&lng=en&nrm=iso&tlng=en ABSTRACT Objective: this study aimed at investigating the Schedule Oral Motor Assessment (SOMA) tool to be used with preterm infants and to compare its results with the Preterm Oral Feeding Readiness Assessment Scale (POFRAS) to start oral feeding. Methods: a cross-sectional and quantitative study, consisting in a sample of 45 healthy and clinically stable preterm infants, assessed at their first oral feeding with two tools: the Schedule Oral Motor Assessment and Preterm Oral Feeding Readiness Assessment Scale. Stata 10.0 software was used for data analysis. Results: 10 preterm infants with readiness for oral feeding showed normal oral motor function, and 16, presented with oral motor dysfunction, did not show readiness for feeding (p &lt;0.05). The time of transition for full oral feeding was 13.5 (± 8.1) days for preterm infants with better results in both assessment tools, and 17.7 (± 10.9) days for those who did not show readiness for oral feeding and had oral motor dysfunction to initiate oral feeding, resulting in a given clinical relevance, even showing no significance (p&gt; 0.05). Conclusion: these results suggest that the Schedule Oral Motor Assessment can be an adjunctive method for evaluation of the oral motor function at the first oral feeding in preterm infants.<hr/>RESUMO Objetivo: investigar o Schedule Oral Motor Assessment (SOMA) para utilização com recém-nascidos pré-termo, e comparar seus resultados com o Preterm Oral Feeding Readiness Scale (POFRAS) na liberação da alimentação por via oral. Métodos: trabalho de caráter transversal e quantitativo. Estudo composto por uma amostra de 45 recém-nascidos pré-termo, saudáveis e clinicamente estáveis, avaliados no momento da liberação da alimentação por via oral. Neste momento foi realizada a avaliação do POFRAS e do SOMA. Para a análise dos dados foi utilizado o software Stata 10.0. Resultados: todos 10 recém-nascidos pré-termo que apresentaram prontidão para alimentação por via oral tinham função motora oral normal, e, os 16 que apresentaram disfunção motora oral, esses não apresentavam prontidão para a mamada (p&lt;0,05). O tempo de transição de alimentação por via oral foi de 13,5 (±8,1) dias nos recém-nascidos pré-termo, com melhores resultados nas duas avaliações, e de 17,7 (±10,9) dias aos que não apresentaram prontidão para a alimentação oral e tiveram disfunção motora oral no momento da liberação da via oral, resultando em um dado com relevância clínica mesmo não apresentando significância (p&gt;0,05). Conclusão: estes resultados sugerem que o SOMA pode ser um método complementar para avaliação da função oral-motora no momento da liberação da via oral de recém-nascido pré-termo. <![CDATA[Content evidence of a spectrographic analysis protocol]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1516-18462017000400510&lng=en&nrm=iso&tlng=en ABSTRACT Objective: to verify the content evidence of a spectrographic analysis protocol. Methods: a methodological study in which five speech therapists who assessed the clarity and the relevance of the protocol were selected. The Content Validity Index (CVI) was used to investigate the level of agreement among judges regarding overall aspects, items and domains of the protocol. Results: most judges considered the overall aspects of the protocol as comprehensive. As for clarity, 17 items showed an excellent content validity (CVI ≥ 0.78), three showed a good content validity (0.60 ≤ CVI ≤ 0.77) and two items were judged as poor (CVI ≤ 0.59). As for relevance, 19 items obtained an excellent content validity (CVI ≥ 0.78) and three had a good content validity (0.60 ≤ CVI ≤ 0.77). The judges suggested adding items related to vocal signal normality in all domains. After the analysis, 18 items required no reformulation, five items were added, three were reformulated and one was excluded. Conclusion: the proposed protocol was regarded as a comprehensive one. The items presented a good to excellent content validity as for clarity and relevance. After this validation step, the protocol ended up presenting 25 items distributed into five domains.<hr/>RESUMO Objetivo: verificar a evidência de conteúdo de um protocolo de análise espectrográfica. Métodos: trata-se de um estudo metodológico. Foram selecionados cinco fonoaudiólogos que avaliaram a clareza e relevância do protocolo. Utilizou-se o Índice de Validade de Conteúdo (IVC) para investigar o nível de concordância entre os juízes quanto ao aspecto global, itens e domínios do protocolo. Resultados: a maioria dos juízes considerou o aspecto global do protocolo abrangente. Quanto à clareza, 17 itens demonstraram validade de conteúdo excelente (IVC≥ 0,78), três obtiveram boa validade de conteúdo (0,60 ≤ IVC≤ 0,77) e dois itens foram julgados como ruins (IVC≤ 0,59). Com relação à relevância, 19 itens obtiveram excelente validade de conteúdo (IVC≥ 0,78) e três foram avaliados com boa validade de conteúdo (0,60 ≤ IVC≤ 0,77). Os juízes sugeriram a inserção de itens relativos à normalidade do sinal vocal em todos os domínios. Após análise, 18 itens mantiveram-se sem reformulação, cinco itens foram inseridos, três itens foram reformulados e um item foi excluído. Conclusão: o protocolo proposto foi considerado abrangente. Os itens apresentaram validade de conteúdo de boa a excelente quanto à clareza e relevância. Após essa etapa de validação, o protocolo passou a apresentar 25 itens, distribuídos entre os cinco domínios. <![CDATA[Augmentative and alternative communication: from qualification to speech, language and hearing science clinical practice]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1516-18462017000400529&lng=en&nrm=iso&tlng=en ABSTRACT Purpose: to investigate the qualification of the speech language and hearing therapists and their clinical performance with Augmentative and Alternative Communication. Methods: a descriptive, transversal, individual and contemporary study. Data were collected through a questionnaire, filled by twenty-four speech therapists, selected by a convenience sample. Content analysis was chosen for data study. Results: regarding access to the information media, all speech therapists in the sample presented the initiative to supply the absence of language training with Augmentative and Alternative Communication by different means. Regarding the dual focus on intervention, all speech therapists were favorable to this practice. However, according to experience, they reported resistance from the family, school and other therapists. The results showed two different types of introduction implementation and use of Augmentative and Alternative Communication, predominantly formed by strategies contemplating the pragmatic use of language through the contextualization of significant activities for the user. The other way used the Picture Exchange Communication System. Conclusion: the speech-language and hearing therapists in the present study inserted different interlocutors in the intervention, guided by implicit or explicit linguistic principles, by theoretical frameworks specific to the area of Augmentative and Alternative Communication knowledge, by global neuromotor elements and, finally, by principles of functionality and general wellness.<hr/>RESUMO Objetivo: investigar a formação do fonoaudiólogo e sua atuação clínica com a Comunicação Suplementar e Alternativa. Métodos: estudo descritivo, de caráter transversal, individual e contemporâneo. Os dados foram coletados por meio de questionário, preenchido por vinte e quatro fonoaudiólogas, selecionadas por amostra de conveniência. Elegeu-se a análise de conteúdo para estudo dos dados. Resultados: quanto ao acesso aos meios de informação todas as fonoaudiólogas da amostra apresentaram a iniciativa de suprir a ausência da formação em linguagem com Comunicação Suplementar e Alternativa por diferentes meios. Em relação ao foco duplo na intervenção todos os fonoaudiólogos foram favoráveis a essa prática, entretanto relataram, conforme a experiência, resistência da família, da escola e de outros terapeutas. Os resultados mostraram dois tipos diferentes de implementação da introdução e uso da Comunicação Suplementar e Alternativa, sendo predominantemente por estratégias que contemplem o uso pragmático da linguagem por meio de contextualização de atividades significativas para o usuário. A outra forma foi o uso do Picture Exchange Communication System. Conclusão: os fonoaudiólogos investigados na presente pesquisa inseriram diferentes interlocutores na intervenção e guiaram-se em princípios linguísticos implícitos ou explícitos, em referenciais teóricos específicos à área do conhecimento Comunicação Suplementar e Alternativa, em elementos neuromotores globais e, por fim, em princípios de funcionalidade e bem-estar geral. <![CDATA[Development of feeding skills in preterm infants: a critical literature review]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1516-18462017000400539&lng=en&nrm=iso&tlng=en ABSTRACT Infants born prematurely have problems in developing feeding skills due to their immaturity. To describe this, a critical review of national and international literature was carried out from May to September 2016. The information was reviewed from Scielo, Pubmed and Cochrane, and also specialized journals using the following key words: “Feeding development preterm”, “feeding skills preterm infants”, “feeding transition preterm”, “lumpy food babies”, “solid food preterm”, “transition solid food infant”, “preterm children weaning food”, “solids in preterm infants”, also searched in Spanish and Portuguese. Publications were included if they shared similar purpose as the present revision, and published in the last 5 years, encompassing articles of systematic literature review or researches which studied preterm children aged between 0 and 10. Studies showed that transition food started earlier in preterm infants, who also showed more feeding problems. It is necessary to have common criteria in terms of assessment methodologies in order to be able to characterize this group in a better way. Parents of preterm infants would benefit from advise and information about developing eating skills, resulting in earlier intervention and management of feeding and eating problems.<hr/>RESUMEN Debido a la inmadurez que presentan los lactantes prematuros, el desarrollo de habilidades de alimentación se ve interferido. Mediante la revisión sistemática de la literatura internacional y nacional se intentó describir este proceso. Se realizó una búsqueda entre mayo y septiembre del 2016 en Scielo, Pubmed y Cochrame y revistas especializadas utilizando los descriptores: “Feeding development preterm”, “feeding skills preterm infants”, “feeding transition preterm”, “lumpy food babies”, “solid food preterm”, “transition solid food infant”, “preterm children weaning food”, “solids in preterm infants”, tanto en español como en portugués. Se consideraron publicaciones que tuvieran directa relación con el objetivo de esta revisión realizadas en los últimos 5 años, artículos de revisión sistemática de la literatura o investigaciones experimentales cuyo objeto de estudio fueran niños prematuros entre 0 y 10 años. Las investigaciones mostraron que la incorporación de consistencias es más temprana en niños prematuros que de término y que presentan mayores dificultades de alimentación. Se requiere aunar criterios en cuanto a metodologías de evaluación para poder caracterizar a este grupo de mejor manera. Padres y cuidadores de prematuros requieren manejar información completa en relación a la alimentación complementaria para que esta sea exitosa, logrando una pesquisa oportuna y un adecuado manejo. <![CDATA[How to avoid bias in systematic reviews of observational studies]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1516-18462017000400551&lng=en&nrm=iso&tlng=en ABSTRACT Although systematic reviews have numerous advantages, they are vulnerable to biases that can mask the true results of the study and therefore should be interpreted with caution. This article aims at critically reviewing the literature about systematic reviews of observational studies, emphasizing the errors that can affect this type of study design and possible strategies to overcome these errors. This is an integrative literature review whose search was conducted in the databases States National Library of Medicine, Scientific Electronic Library Online and Google Scholar. The following descriptors were used: review, bias (epidemiology) and observational studies as the subject, including relevant books and documents which were consulted. Data collection was conducted between June and July 2016. The most known errors present in the design of systematic reviews were those related to the selection and publication. Although this type of study is subject to possible errors, preventive measures used during the planning of systematic reviews and even during and after their implementation can help ensure scientific rigor. This literature can serve as an important tool for the development and interpretation of systematic reviews of observational studies.<hr/>RESUMO Embora as revisões sistemáticas tenham inúmeras vantagens, eles são vulneráveis a vieses que podem mascarar os verdadeiros resultados do estudo e, portanto, devem ser interpretados com cautela. A proposta deste artigo é revisar criticamente a literatura acerca das revisões sistemáticas de estudos observacionais, enfatizando os erros que podem afetar este tipo de desenho de estudo e as possíveis estratégias para superar esses erros. Trata-se de uma revisão integrativa da literatura. A pesquisa bibliográfica foi conduzida nas bases de dados: States National Library of Medicine, Scientific Electronic Library Online, e Google Scholar. Para a busca em bases de dados foram utilizados os descritores: revisão, viés (epidemiologia) e estudos observacionais como assunto. Também foram consultados livros e documentos com relevância para o tema. A coleta dos dados foi realizada entre junho e julho de 2016. Os erros mais conhecidos, presentes no delineamento de revisões sistemáticas, foram os relacionados com a seleção e publicação. Embora este tipo de estudo esteja sujeito a possíveis erros, as medidas preventivas postas em prática durante o planejamento de revisões sistemáticas e até mesmo durante e após a sua execução podem ajudar a garantir o rigor científico. Esta revisão da literatura pode servir como um instrumento importante para o desenvolvimento e interpretação de revisões sistemáticas de estudos observacionais. <![CDATA[Contributions of neuroimaging in singing voice studies: a systematic review]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1516-18462017000400556&lng=en&nrm=iso&tlng=en ABSTRACT It is assumed that singing is a highly complex activity, which requires the activation and interconnection of sensorimotor areas. The aim of the current research was to present the evidence from neuroimaging studies in the performance of the motor and sensory system in the process of singing. Research articles on the characteristics of human singing analyzed by neuroimaging, which were published between 1990 and 2016, and indexed and listed in databases such as PubMed, BIREME, Lilacs, Web of Science, Scopus, and EBSCO were chosen for this systematic review. A total of 9 articles, employing magnetoencephalography, functional magnetic resonance imaging, positron emission tomography, and electrocorticography were chosen. These neuroimaging approaches enabled the identification of a neural network interconnecting the spoken and singing voice, to identify, modulate, and correct pitch. This network changed with the singer's training, variations in melodic structure and harmonized singing, amusia, and the relationship among the brain areas that are responsible for speech, singing, and the persistence of musicality. Since knowledge of the neural networks that control singing is still scarce, the use of neuroimaging methods to elucidate these pathways should be a focus of future research.<hr/>RESUMO Admite-se que o canto seja uma atividade de alta complexidade pois requer ativação e interconexão de áreas sensório-motoras. Esta pesquisa teve como objetivo apresentar as evidências originadas por estudos de neuroimagem sobre a atuação do sistema motor e sensitivo na produção do canto. Na construção da revisão sistemática, foram premissas o período de publicação entre 1990 e 2016, artigos publicados em periódicos indexados e constantes nas bases de dados PubMed, BIREME, Lilacs, Web of Science, Scopus ou EBSCO, referentes a estudos sobre características do canto humano analisadas por neuroimagem. Os nove artigos analisados, com emprego de magnetoencefalografia, imagem por ressonância magnética funcional, tomografia por emissão de pósitrons ou eletrocorticografia, possibilitaram comprovar existência de uma rede neuronal interligada entre a modalidade falada e cantada para identificação, modulação e correção de violações de pitch, que podem ser alteradas com o treinamento do cantor, bem como alteração da estrutura melódica e harmonização do canto, amusia, relação entre áreas cerebrais responsáveis pela fala, canto e persistência da musicalidade. Assim, o conhecimento das áreas cerebrais e das interconexões necessárias ao canto ainda é escasso e deve ser um tema de pesquisas no futuro, empregando métodos de neuroimagem. <![CDATA[Cerebral palsy dysphagia: a systematic review]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1516-18462017000400565&lng=en&nrm=iso&tlng=en ABSTRACT Cerebral palsy (CP) encompasses a group of definitive and non-progressive conditions, with a non-progressive character and its installation in neonatal period. Motor disorders caused by CP may lead to changes in swallowing, resulting in limitations in the activities that are attributed to non-progressive disorders that do not reach the developing child's brain. This article reviews the clinical aspects of dysphagia in CP and the treatments in the area. Only papers published in the period from 2009 to 2017 were considered, using a methodological strategy for electronic search in the databases SciELO-Brazil, Lilacs and Medline/Pubmed. The present research analyzed 24 articles, regarding the year of publication, sample and instruments used, verifying that Speech Therapists and other staff involved in the improvement and rehabilitation of cognitive functions have provided better rehabilitation conditions, despite the need for more therapy and diagnostic studies.<hr/>RESUMO A paralisia cerebral engloba um grupo de afecções definitivas e não progressivas no sistema nervoso central sem caráter progressivo e de instalação no período neonatal. Os distúrbios motores ocasionados pela paralisia cerebral podem acarretar alterações na deglutição ocasionando limitações de atividade que são atribuídas a distúrbios não progressivos que ocorrem no cérebro infantil em desenvolvimento. Esse artigo revisa os aspectos clínicos da disfagia na paralisia cerebral e as terapêuticas existentes na área. Foram considerados apenas os trabalhos publicados no período de 2009 a 2017, e utilizou-se como estratégia metodológica uma busca eletrônica nas bases de dados: SciELO-Brasil, Lilacs e Medline/Pubmed. A presente pesquisa analisou 24 artigos, resumidamente, quanto ao ano de publicação, amostra e instrumentos utilizados, constatando que o Fonoaudiólogo e os demais profissionais envolvidos no aperfeiçoamento e reabilitação das funções cognitivas têm criado melhores condições de reabilitação, apesar da necessidade de mais estudos nas áreas de terapia e diagnóstico. <![CDATA[Interface between psychoanalysis and speech language and hearing sciences: a literature review]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1516-18462017000400575&lng=en&nrm=iso&tlng=en ABSTRACT The aim of this study was to verify the Brazilian and international scientific productions by correlating Speech Language and Hearing Sciences and Psychoanalysis. A literature review was performed using the databases BVS, Scielo, Scopus and PubMed. The used descriptors were “Fonoaudiologia”, “Psicanálise”, “Comunicação”, “Speech Therapy”, “Psychoanalysis” and “Communication”, identifying 65 full articles between the years 1980 and 2015. The analysis was performed using a “Protocol for article classification”. It was verified that Original Articles are the most published type, SCOPUS and BVS being the most common databases. There is a predominance of articles in the Portuguese language, followed by English, French and German. Several specialties of Speech Language and Hearing Sciences presented interface with Psychoanalysis, especially Language and Neuropsychology. The studies were published mainly in Psychology journals, also found in the area of audiology and interdisciplinary area. This review showed the psychoanalytic interference in speech language and hearing clinic, highlighting the need for further studies correlating both areas that may contribute to the work of these professionals and, consequently, enable an improvement in the quality of life of psychic subjects.<hr/>RESUMO O objetivo deste estudo foi verificar na literatura brasileira e internacional produções científicas correlacionando a Fonoaudiologia e a Psicanálise. Foi realizada revisão de literatura utilizando as bases de dados BVS, Scielo, Scopus e PubMed. Foram utilizados os descritores “Fonoaudiologia”, “Psicanálise”, “Comunicação”, “Speech Therapy”, “Psychoanalysis” e “Communication” e identificados 65 artigos completos entre os anos de 1980 a 2015. A análise foi realizada por meio de um “Protocolo de Classificação de Artigos”. Foi possível verificar que o tipo de trabalho mais publicado é o Artigo Original. Observou-se que SCOPUS e BVS foram as bases de dados mais comuns. Há um predomínio de artigos no idioma português, seguido por inglês, francês e alemão. Várias especialidades da Fonoaudiologia apresentaram interface com a psicanálise, especialmente, Linguagem e Neuropsicologia. Os trabalhos foram publicados principalmente em periódicos da Psicologia, sendo encontrados também na área da Fonoaudiologia e da Interdisciplinar. Este trabalho de revisão evidenciou a interferência psicanalítica na clínica fonoaudiológica, verificando a necessidade de mais estudos relacionando ambas as áreas que possam contribuir para a atuação desses profissionais e, consequentemente, possibilitar uma melhora na qualidade de vida do sujeito psíquico.